SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Universidade Estadual do Maranhão – UEMA
Centro de Estudos Superiores de Caxias – CESC
Departamento de Biologia e Quimica
Disciplina: Biologia de Criptogamas
Professora: Nyara Marques




       ESTUDOS SOBRE AS ALGAS
INTRODUÇÃO
   Termo genérico sem valor taxonômico;
   Terrestres e aquaticas;
   Associações: liquens;
   Litoral:
      supra-litoral (não submerso);

      médio-litoral ( temporariamente descoberta nas
       mares baixas);
      infra-litoral (nunca exposta).
INTRODUÇÃO
   Pré-cambriano (produção e acúmulo de O2);
   Ficologia
   Harvey (1836): composição pigmentar;
   Linhagens de algas eucarióticas:




                                            c r o m o f i
       Chlorophyta          Heterokonta
       Rhodophyta           Haptophyta
       Glaucocystophyta     Cryptophyta
       Eglenophyta          Dinophyta




                                            t a s
       Chlorarachniophyta
ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS

1.    Formas unicelulares

    Flagelados     (chlorophyta,     euglenophyta     e
     dinophyta);

    Aflagelados
     (cyanobacterias, chlorophyta, bacillariophyta, dinop
     hyta (ameboides) e rhodophyta
ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS

2.    Formas coloniais

      Unidas   fisicamente   por   mucilagens   e   sem
      ligações citoplasmaticas.

    Colônias amorfas (Sem organização definida)

    Cenóbio    (mais    elaborada   e   complexa)    –
     chlorophytas de água doce.
ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS

3.    Formas pluricelulares

    Filamentosas (linear, foliáceas, cilindricos, etc)

        Filamentos    não ramificados (várias divisões
          em um mesmo plano);

        Filamentos    ramificados (talo crostoso / talo
          pseudoparenquimatoso)
ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS

3.    Formas pluricelulares

    Parenquimatosas          (bidimensional      ou
     tridimensional)

4.    Formas cenocíticas (Filamentos tubulares)
CYANOBACTERIA
CARACTERÍSTICAS BÁSICAS

   Algas azuis;

   Azuis, esverdeadas, avermelhadas ou enegrecidas;

   Procarióticas;

   Clorofila a;

   Ficobiliproteinas (nitrogenio), xantofilas e carotenos;

   Glicogênio;

   Mucopolissacarideo;

   Ausencia de flagelos
ORIGEM

   Primeiros organismos fotossintetizantes com clorofila a;

   Camada de ozônio;

   Fotossíntese estimulada por baixos teores de oxigenio;

   Maioria de água doce / altas salinidades;

   Fontes termais (74ºC)
MORFOLOGIA

   Talo: unicelulares, coloniais ou filamentosas;

   Tricoma   (sequencia    linear   de   celulas)   com
    mucilagem;

   Ramificados ou não ramificados;
CLASSIFICAÇÃO

   ≈ 2.000 espécies / 150 gêneros;

   Divisão: Cyanobacteria

   Classe: Cyanophyceae

    a)   Ordem Chroococcales: unicelulares ou coloniais;

    b)   Ordem Nostocales: filamentosas;

    c)   Ordem      Chamaesiphonales:      reprodução   por
         esporos.
ORGANIZAÇÃO CELULAR

1.    Parede celular:
     a.   Bacterias gram-negativas;
     b.   Camadas        internas     comum     em      todas
          cianobacterias;
     c.   Camadas       externas:   mucilagem   e   condições
          ambientais;
     d.   Mucopeptideo (constituinte)
ORGANIZAÇÃO CELULAR

2.   Bainha:
        Revestimento mucilaginoso;

        Ac. Pécticos e mucopolissacarideo;

3.   Tilacóides:
        Membranas lipoproteicas localizadas na periferia;

        Pigmentos fotossintetizantes.
ORGANIZAÇÃO CELULAR
4.    Pigmentos:

     a)   Clorofila a;

     b)   Ficobiliproteinas (tilacoides)

     c)   Carotenóides

     d)   Xantofilas sem luteína

5.    Carboxissomos:

         Enzima ribulose-difosfato-carboxilase (incorporação do
          CO2)
ORGANIZAÇÃO CELULAR




RIBULOSE (5C) + GAS CARBÔNICO (CO2)   GLICOSE (6C)
ORGANIZAÇÃO CELULAR
6.   Reserva:

        Granulos de amido (glicogênio);

        Grânulos de polifosfato ( cel.adultas)

        Nitrato e fosfato

7.   Vesículas de gás:

        Produzido pela atividade metabólica;

        Formas planctônicas

        Atividade fotossintetica
ORGANIZAÇÃO CELULAR
6.   Ribossomos:

        Semelhantes as de bacterias.
REPRODUÇÃO

   Sem reprodução gamética

   Formas:
     Divisão   simples

     Fragmentação    (filamentosas e coloniais);

     Hormogônios     (filamentosas com fragmentação
     do tricoma na superficie);
REPRODUÇÃO

   Formas:
     Endosporo:    formação de esporos por divisão
     endogena do protoplasto;

     Exósporo:   formação de esporos por divisões da
     porção terminal;

     Acineto   (filamentosas): dormência e germinação.
HETEROCITO

   Célula de conteúdo homogêneo;
   Parede espessa;
   Verde – amarelada;
   Fixação do N2;
   N2 – amônia (nitrogenase);
   Ausência de oxigênio;
   Formação da glutamina
TOXINAS

   Mortes de aves, peixes e mamiferos;

   Odor e sabor em água de abastecimentos;

   Alcaloides   (neurotóxinas):   paralisia   de   m.
    esquelético e respiratório;

   Peptideos (hepatotoxinas): necrose
IMPORTÂNCIA

   Fixação do nitrogênio;

   Redução na utilização de fertilizantes;

   Fontes de proteinas (Spurilina)
IMPORTÂNCIA ECONÔMICA DE ALGAS
              BENTÔNICAS
(RHODOPHYTA, PHAEOPHYTA E CHLOROPHYTA)
ALIMENTAÇÃO

    Homem:

a)   Rodophyta

        Porphyra spp. (nori): sushi

        Eucheuma     spp.   (ágar-ágar):   produção   de
         carragena / alimento.

    Animais: Rações
FICOCOLOÍDES
   Substancias mucilaginosas

   3 tipos:

    a)   Alginatos:

            Parede celular de algas pardas;

            Agentes     gelificantes,     estabilizantes   e
             emulsificantes;

            Sorvetes, cervejas, tintas.
FICOCOLOÍDES
b)   carragenanas:

         Parede celular de algas vermelhas;

         Industria farmaceutica, cosmetica e tintas;

         Queijos, gelatinas e cremes;

c)       Ágar:

          Preparação de meios de cultura
FERTILIZANTES
   Fonte de nitrogenio e potasio;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (18)

Aula reino monera (1)
Aula reino monera (1)Aula reino monera (1)
Aula reino monera (1)
 
Algas uni e pluricelulares
Algas uni e pluricelularesAlgas uni e pluricelulares
Algas uni e pluricelulares
 
Seminário introdução à sistemática
Seminário introdução à sistemáticaSeminário introdução à sistemática
Seminário introdução à sistemática
 
B16 QuimiossíNtese
B16   QuimiossíNteseB16   QuimiossíNtese
B16 QuimiossíNtese
 
Meios de cultura e Técnicas de semeio- MICROBIOLOGIA
Meios de cultura e Técnicas de semeio- MICROBIOLOGIAMeios de cultura e Técnicas de semeio- MICROBIOLOGIA
Meios de cultura e Técnicas de semeio- MICROBIOLOGIA
 
Protoctistas algas
Protoctistas algasProtoctistas algas
Protoctistas algas
 
Apres Algas
Apres AlgasApres Algas
Apres Algas
 
Meio de cultura em microorganismos
Meio de cultura em microorganismosMeio de cultura em microorganismos
Meio de cultura em microorganismos
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino protista
Reino protistaReino protista
Reino protista
 
Reino Protoctista - Algas
Reino Protoctista - AlgasReino Protoctista - Algas
Reino Protoctista - Algas
 
Fungi 2010
Fungi   2010Fungi   2010
Fungi 2010
 
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologiaMicrobiologia aplicada aula08 fisiologia
Microbiologia aplicada aula08 fisiologia
 
Algas filo protista
Algas filo protistaAlgas filo protista
Algas filo protista
 
Biologia 2
Biologia 2Biologia 2
Biologia 2
 
Td 2 biologia i
Td 2   biologia iTd 2   biologia i
Td 2 biologia i
 
Aula algas (21 04-12)
Aula algas (21 04-12)Aula algas (21 04-12)
Aula algas (21 04-12)
 

Destaque

SuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
SuperMED - Aula Temática 01 - ENEMSuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
SuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
emanuel
 
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 20152S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
Ionara Urrutia Moura
 
Aula briófitas (21 04-2012)
Aula briófitas (21 04-2012)Aula briófitas (21 04-2012)
Aula briófitas (21 04-2012)
BotanicaCPVA
 
Taxionomia reino fungi
Taxionomia   reino fungiTaxionomia   reino fungi
Taxionomia reino fungi
Marcos Lopes
 

Destaque (20)

SuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
SuperMED - Aula Temática 01 - ENEMSuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
SuperMED - Aula Temática 01 - ENEM
 
Introdução às algas
Introdução às algas Introdução às algas
Introdução às algas
 
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 20152S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
2S- Só algas resumido com reprodução_ abril 2015
 
2 s aula 3_monera _março_2015
2 s aula 3_monera _março_20152 s aula 3_monera _março_2015
2 s aula 3_monera _março_2015
 
Tipos de algas
Tipos de algasTipos de algas
Tipos de algas
 
Aula completa reino monera
Aula completa reino moneraAula completa reino monera
Aula completa reino monera
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
2S Reino vegetal completo - reprodução
2S Reino vegetal completo - reprodução 2S Reino vegetal completo - reprodução
2S Reino vegetal completo - reprodução
 
Aula briófitas (21 04-2012)
Aula briófitas (21 04-2012)Aula briófitas (21 04-2012)
Aula briófitas (21 04-2012)
 
Bri
BriBri
Bri
 
Nomenclatura iac parte 1
Nomenclatura iac parte 1Nomenclatura iac parte 1
Nomenclatura iac parte 1
 
Taxionomia reino fungi
Taxionomia   reino fungiTaxionomia   reino fungi
Taxionomia reino fungi
 
Vegetais inferiores
Vegetais inferioresVegetais inferiores
Vegetais inferiores
 
Algas
AlgasAlgas
Algas
 
Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Ponto 1
Ponto 1Ponto 1
Ponto 1
 
Aula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth BergerAula 2 Prof. Guth Berger
Aula 2 Prof. Guth Berger
 

Semelhante a Aula 3

SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptxSIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
Felipe2K1
 
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICASREINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
LaianaLessaTeixeiraP
 
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
Igor Machado Moura
 

Semelhante a Aula 3 (20)

Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
Reino Monera (Arqueas e Bactérias)
 
SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptxSIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
SIST., VIRUS, MONERA, PROTISTA, FUNGI.pptx
 
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetaisTaxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
Taxonomia, sistemática e principais grupos de algas e vegetais
 
FILO HAPTOPHYTA
FILO HAPTOPHYTAFILO HAPTOPHYTA
FILO HAPTOPHYTA
 
Algas
AlgasAlgas
Algas
 
Micro ppes2
Micro ppes2Micro ppes2
Micro ppes2
 
Reino protoctista
Reino protoctistaReino protoctista
Reino protoctista
 
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICASREINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
REINO MONERA O MUNDO DAS BACTERIAS BIOLOGICAS
 
Protozoarios
ProtozoariosProtozoarios
Protozoarios
 
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.TutoresReforcoEscolar.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.AulasParticularesApoio.Com.Br - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.aulasapoio.com  - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.aulasapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
www.aulasdebiologiaapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
www.aulasdebiologiaapoio.com - Biologia -  Classificação dos Seres Vivoswww.aulasdebiologiaapoio.com - Biologia -  Classificação dos Seres Vivos
www.aulasdebiologiaapoio.com - Biologia - Classificação dos Seres Vivos
 
reinos microscópicos.pdf
reinos microscópicos.pdfreinos microscópicos.pdf
reinos microscópicos.pdf
 
Algas.pptx
Algas.pptxAlgas.pptx
Algas.pptx
 
Citologia bacteriana
Citologia bacterianaCitologia bacteriana
Citologia bacteriana
 
Classe Calcarea
Classe CalcareaClasse Calcarea
Classe Calcarea
 
Reino protoctistas
Reino protoctistasReino protoctistas
Reino protoctistas
 
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
ClassificaçãO Dos Seres Vivos (2)
 
O reino protoctista
O reino protoctistaO reino protoctista
O reino protoctista
 

Mais de Nyara Marques (7)

Aula 1 curso segurança no trabalho
Aula 1   curso segurança no trabalhoAula 1   curso segurança no trabalho
Aula 1 curso segurança no trabalho
 
Microscopia
MicroscopiaMicroscopia
Microscopia
 
Pcn
PcnPcn
Pcn
 
A função do educador infantil no ensino de ciencias
A função do educador infantil no ensino de cienciasA função do educador infantil no ensino de ciencias
A função do educador infantil no ensino de ciencias
 
Citologia vegetal
Citologia vegetalCitologia vegetal
Citologia vegetal
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
A função do educador infantil no ensino de ciencias
A função do educador infantil no ensino de cienciasA função do educador infantil no ensino de ciencias
A função do educador infantil no ensino de ciencias
 

Último

472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 

Aula 3

  • 1. Universidade Estadual do Maranhão – UEMA Centro de Estudos Superiores de Caxias – CESC Departamento de Biologia e Quimica Disciplina: Biologia de Criptogamas Professora: Nyara Marques ESTUDOS SOBRE AS ALGAS
  • 2. INTRODUÇÃO  Termo genérico sem valor taxonômico;  Terrestres e aquaticas;  Associações: liquens;  Litoral:  supra-litoral (não submerso);  médio-litoral ( temporariamente descoberta nas mares baixas);  infra-litoral (nunca exposta).
  • 3. INTRODUÇÃO  Pré-cambriano (produção e acúmulo de O2);  Ficologia  Harvey (1836): composição pigmentar;  Linhagens de algas eucarióticas: c r o m o f i Chlorophyta Heterokonta Rhodophyta Haptophyta Glaucocystophyta Cryptophyta Eglenophyta Dinophyta t a s Chlorarachniophyta
  • 4. ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS 1. Formas unicelulares  Flagelados (chlorophyta, euglenophyta e dinophyta);  Aflagelados (cyanobacterias, chlorophyta, bacillariophyta, dinop hyta (ameboides) e rhodophyta
  • 5. ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS 2. Formas coloniais Unidas fisicamente por mucilagens e sem ligações citoplasmaticas.  Colônias amorfas (Sem organização definida)  Cenóbio (mais elaborada e complexa) – chlorophytas de água doce.
  • 6. ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS 3. Formas pluricelulares  Filamentosas (linear, foliáceas, cilindricos, etc) Filamentos não ramificados (várias divisões em um mesmo plano); Filamentos ramificados (talo crostoso / talo pseudoparenquimatoso)
  • 7. ORGANIZAÇÃO VEGETATIVA DAS ALGAS 3. Formas pluricelulares  Parenquimatosas (bidimensional ou tridimensional) 4. Formas cenocíticas (Filamentos tubulares)
  • 9. CARACTERÍSTICAS BÁSICAS  Algas azuis;  Azuis, esverdeadas, avermelhadas ou enegrecidas;  Procarióticas;  Clorofila a;  Ficobiliproteinas (nitrogenio), xantofilas e carotenos;  Glicogênio;  Mucopolissacarideo;  Ausencia de flagelos
  • 10. ORIGEM  Primeiros organismos fotossintetizantes com clorofila a;  Camada de ozônio;  Fotossíntese estimulada por baixos teores de oxigenio;  Maioria de água doce / altas salinidades;  Fontes termais (74ºC)
  • 11. MORFOLOGIA  Talo: unicelulares, coloniais ou filamentosas;  Tricoma (sequencia linear de celulas) com mucilagem;  Ramificados ou não ramificados;
  • 12. CLASSIFICAÇÃO  ≈ 2.000 espécies / 150 gêneros;  Divisão: Cyanobacteria  Classe: Cyanophyceae a) Ordem Chroococcales: unicelulares ou coloniais; b) Ordem Nostocales: filamentosas; c) Ordem Chamaesiphonales: reprodução por esporos.
  • 13. ORGANIZAÇÃO CELULAR 1. Parede celular: a. Bacterias gram-negativas; b. Camadas internas comum em todas cianobacterias; c. Camadas externas: mucilagem e condições ambientais; d. Mucopeptideo (constituinte)
  • 14. ORGANIZAÇÃO CELULAR 2. Bainha:  Revestimento mucilaginoso;  Ac. Pécticos e mucopolissacarideo; 3. Tilacóides:  Membranas lipoproteicas localizadas na periferia;  Pigmentos fotossintetizantes.
  • 15. ORGANIZAÇÃO CELULAR 4. Pigmentos: a) Clorofila a; b) Ficobiliproteinas (tilacoides) c) Carotenóides d) Xantofilas sem luteína 5. Carboxissomos:  Enzima ribulose-difosfato-carboxilase (incorporação do CO2)
  • 16. ORGANIZAÇÃO CELULAR RIBULOSE (5C) + GAS CARBÔNICO (CO2) GLICOSE (6C)
  • 17. ORGANIZAÇÃO CELULAR 6. Reserva:  Granulos de amido (glicogênio);  Grânulos de polifosfato ( cel.adultas)  Nitrato e fosfato 7. Vesículas de gás:  Produzido pela atividade metabólica;  Formas planctônicas  Atividade fotossintetica
  • 18. ORGANIZAÇÃO CELULAR 6. Ribossomos:  Semelhantes as de bacterias.
  • 19. REPRODUÇÃO  Sem reprodução gamética  Formas:  Divisão simples  Fragmentação (filamentosas e coloniais);  Hormogônios (filamentosas com fragmentação do tricoma na superficie);
  • 20. REPRODUÇÃO  Formas:  Endosporo: formação de esporos por divisão endogena do protoplasto;  Exósporo: formação de esporos por divisões da porção terminal;  Acineto (filamentosas): dormência e germinação.
  • 21. HETEROCITO  Célula de conteúdo homogêneo;  Parede espessa;  Verde – amarelada;  Fixação do N2;  N2 – amônia (nitrogenase);  Ausência de oxigênio;  Formação da glutamina
  • 22. TOXINAS  Mortes de aves, peixes e mamiferos;  Odor e sabor em água de abastecimentos;  Alcaloides (neurotóxinas): paralisia de m. esquelético e respiratório;  Peptideos (hepatotoxinas): necrose
  • 23. IMPORTÂNCIA  Fixação do nitrogênio;  Redução na utilização de fertilizantes;  Fontes de proteinas (Spurilina)
  • 24. IMPORTÂNCIA ECONÔMICA DE ALGAS BENTÔNICAS (RHODOPHYTA, PHAEOPHYTA E CHLOROPHYTA)
  • 25. ALIMENTAÇÃO  Homem: a) Rodophyta  Porphyra spp. (nori): sushi  Eucheuma spp. (ágar-ágar): produção de carragena / alimento.  Animais: Rações
  • 26. FICOCOLOÍDES  Substancias mucilaginosas  3 tipos: a) Alginatos:  Parede celular de algas pardas;  Agentes gelificantes, estabilizantes e emulsificantes;  Sorvetes, cervejas, tintas.
  • 27. FICOCOLOÍDES b) carragenanas:  Parede celular de algas vermelhas;  Industria farmaceutica, cosmetica e tintas;  Queijos, gelatinas e cremes; c) Ágar:  Preparação de meios de cultura
  • 28. FERTILIZANTES  Fonte de nitrogenio e potasio;