SlideShare uma empresa Scribd logo
LINGUAGEM VISUAL
AULA 03
Pregnância da Forma
Prof. Ms. Elizeu N. Silva
GESTALT
Escola de Psicologia Experimental. Considera os
fenômenos psicológicos como totalidades organizadas,
indivisíveis, articuladas, isto é, como configurações.
Teoria explica o porquê de algumas formas agradarem mais
que outras. Opõe-se ao subjetivismo por apoiar-se na
fisiologia.
Expressão Gestalt: Integração de “partes” em oposição ao
“todo”.
Segundo a Gestalt, o que acontece no cérebro não é
idêntico ao que acontece na retina.
A excitação cerebral não se dá em pontos isolados, mas por
extensão. Não existe, na percepção da forma, um processo
posterior de associação das várias sensações.
A primeira sensação já é de forma, já é global e unificada
Ilusão de ótica
Ilusão de ótica
Ilusão de ótica
Ilusão de ótica
Ilusão de ótica
Pregnância da forma
• substantivo feminino
1 Rubrica: psicologia > forma e estabilidade de uma
percepção, na teoria da forma;
2 qualidade ou virtude do que se impõe ao espírito, do que
produz forte impressão
Dicionário Eletrônico Houaiss.
Condição de estar “prenhe”. Sentido latente.
Alta pregnância
Alta pregnância
Alta pregnância
Alta pregnância
Baixa pregnância
Baixa pregnância
Baixa pregnância
Baixa pregnância
Baixa pregnância
Baixa pregnância
As leis da Gestalt representam o abc da leitura visual das
formas.
Para análises e interpretações das formas, é fundamental
conhecê-las.
• Unidades
• Segregação
• Unificação
• Fechamento
• Continuidade
• Proximidade
• Semelhança
• Pregnância
UNIDADES
Pode ser a representação de
um único objeto, completo em
si mesmo, ou partes de um
todo.
Pode ser entendida, também,
como conjunto de elementos
que constituem o objeto
completo, o “todo”.
As unidades são percebidas
pelas relações que
estabelecem entre si, na
composição do objeto.
SEGREGAÇÃO
Diz respeito à capacidade de
separar os elementos/unidades
compositivos do objeto.
É possível segregar uma ou
mais unidades, dependendo da
relação de
igualdade/desigualdade entre
as partes.
É possível estabelecer níveis
de segregação: unidades
principais, desde que
suficientes para a
interpretação/análise do objeto.
UNIFICAÇÃO
Consiste na igualdade ou
semelhança produzidos pelo
objeto.
Verifica-se quando fatores de
harmonia, equilíbrio, ordem e
coerência estão presentes no
objeto ou composição.
Varia em função de maior ou
menor organização formal.
FECHAMENTO
Importantíssimo para a
formação de unidades
formais.
Obtém-se a sensação de
fechamento da forma pela
continuidade numa ordem
estrutural definida – e
previsível.
Não confundir com o
fechamento físico, obtido
pelo contorno dos objetos.
CONTINUIDADE
Obtém-se boa continuidade quando há
percepção de como as partes se sucedem
de forma organizada numa trajetória
previsível.
PROXIMIDADE
Elementos ópticos próximos tendem a ser vistos juntos, constituindo-
se em totalidades ou unidades dentro do todo.
Estímulos próximos entre si, seja por forma, cor, tamanho, textura,
brilho, peso, direção, entre outros, têm maior tendência de serem
agrupados e constituírem unidades.
SEMELHANÇA
Igualdade de forma e cor contribuem
para a percepção de igualdades.
Ajudam no estabelecimento de
agrupamentos.
Quanto mais semelhantes entre si
(forma, cor, tamanho, peso, direção etc)
maior a tendência a serem agrupados.
Referência bibliográfica
DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. 2. ed. São
Paulo: Martins Fontes, 1997-2000
GOMES FILHO, João. Gestalt do objeto. Sistema de leitura
visual da forma. São Paulo, Ed. Escrituras, 2002.
RIBEIRO, Milton. Planejamento visual gráfico. 8ª ed.
Brasília: LGE Editora, 2003

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Léo Dias
 
AULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visualAULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visual
W.COM
 
Aula 07 metodologia munari
Aula 07   metodologia munariAula 07   metodologia munari
Aula 07 metodologia munari
Marcio Duarte
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Rita Godinho
 
Elementos fundamentais da linguagem visual
Elementos fundamentais da linguagem visualElementos fundamentais da linguagem visual
Elementos fundamentais da linguagem visual
William Marques
 
1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores
Aline Okumura
 
Elementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visualElementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visual
vivi_belon
 
Principios do design
Principios do designPrincipios do design
Principios do design
Iuri Lammel
 
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
Andrea Dalforno
 
Gestalt exemplos na Arquitetura
Gestalt exemplos na ArquiteturaGestalt exemplos na Arquitetura
Gestalt exemplos na Arquitetura
Gisele Pinna
 
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte ISintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Cíntia Dal Bello
 
Design Editorial | Sistemas Tipográficos
Design Editorial | Sistemas TipográficosDesign Editorial | Sistemas Tipográficos
Design Editorial | Sistemas Tipográficos
Fabio Silveira: Designer | Professor
 
elementos da linguagem visual
elementos da linguagem visualelementos da linguagem visual
elementos da linguagem visual
guest1c7f7f
 
METODOLOGIA DE DESIGN
METODOLOGIA DE DESIGNMETODOLOGIA DE DESIGN
METODOLOGIA DE DESIGN
Andrea Dalforno
 
Gestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do DesignGestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do Design
Rodrigo Losina
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da forma
Fernando Mendes
 
Aula 02 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 02   design gráfico na publicidade princípios de designAula 02   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 02 design gráfico na publicidade princípios de design
Elizeu Nascimento Silva
 
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUALLINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
Andrea Dalforno
 
Princípios de design
Princípios de designPrincípios de design
Princípios de design
Tersis Zonato
 
Timeline e historia do design
Timeline e historia do designTimeline e historia do design
Timeline e historia do design
Marcio Duarte
 

Mais procurados (20)

Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
Teoria do design aula 01 [conceitos basicos]
 
AULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visualAULA 2:Fundamentos composicao visual
AULA 2:Fundamentos composicao visual
 
Aula 07 metodologia munari
Aula 07   metodologia munariAula 07   metodologia munari
Aula 07 metodologia munari
 
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
Educação visual e tecnológica ( o ponto e a linha)
 
Elementos fundamentais da linguagem visual
Elementos fundamentais da linguagem visualElementos fundamentais da linguagem visual
Elementos fundamentais da linguagem visual
 
1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores1. Aula Teoria das Cores
1. Aula Teoria das Cores
 
Elementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visualElementos básicos da comunicação visual
Elementos básicos da comunicação visual
 
Principios do design
Principios do designPrincipios do design
Principios do design
 
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
 
Gestalt exemplos na Arquitetura
Gestalt exemplos na ArquiteturaGestalt exemplos na Arquitetura
Gestalt exemplos na Arquitetura
 
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte ISintaxe da Linguagem Visual - parte I
Sintaxe da Linguagem Visual - parte I
 
Design Editorial | Sistemas Tipográficos
Design Editorial | Sistemas TipográficosDesign Editorial | Sistemas Tipográficos
Design Editorial | Sistemas Tipográficos
 
elementos da linguagem visual
elementos da linguagem visualelementos da linguagem visual
elementos da linguagem visual
 
METODOLOGIA DE DESIGN
METODOLOGIA DE DESIGNMETODOLOGIA DE DESIGN
METODOLOGIA DE DESIGN
 
Gestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do DesignGestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do Design
 
Expressão e composição da forma
Expressão e composição da formaExpressão e composição da forma
Expressão e composição da forma
 
Aula 02 design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 02   design gráfico na publicidade princípios de designAula 02   design gráfico na publicidade princípios de design
Aula 02 design gráfico na publicidade princípios de design
 
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUALLINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
LINGUAGEM VISUAL | ELEMENTOS BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO VISUAL
 
Princípios de design
Princípios de designPrincípios de design
Princípios de design
 
Timeline e historia do design
Timeline e historia do designTimeline e historia do design
Timeline e historia do design
 

Destaque

Aula 04 linguagem visual
Aula 04   linguagem visualAula 04   linguagem visual
Aula 04 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 06 linguagem visual
Aula 06   linguagem visualAula 06   linguagem visual
Aula 06 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 linguagem visual
Aula 02   linguagem visualAula 02   linguagem visual
Aula 02 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dadosAula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 04 linguagem gráfica no jornalismo
Aula 04   linguagem gráfica no jornalismoAula 04   linguagem gráfica no jornalismo
Aula 04 linguagem gráfica no jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 06 cores especiais
Aula 06   cores especiaisAula 06   cores especiais
Aula 06 cores especiais
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 Edição de Revistas - Público-alvo
Aula 02   Edição de Revistas - Público-alvoAula 02   Edição de Revistas - Público-alvo
Aula 02 Edição de Revistas - Público-alvo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula EditorialAula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula Editorial
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 teoria da cor
Aula 02   teoria da corAula 02   teoria da cor
Aula 02 teoria da cor
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 linguagem gráfica no jornalismo
Aula 05   linguagem gráfica no jornalismoAula 05   linguagem gráfica no jornalismo
Aula 05 linguagem gráfica no jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 infodesign
Aula 02   infodesignAula 02   infodesign
Aula 02 infodesign
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 teoria da cor
Aula 03   teoria da corAula 03   teoria da cor
Aula 03 teoria da cor
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 01 cim mix de cim
Aula 01 cim mix de cimAula 01 cim mix de cim
Aula 01 cim mix de cim
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 07 impressão 3 d
Aula 07   impressão 3 dAula 07   impressão 3 d
Aula 07 impressão 3 d
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 impressão de dados variáveis
Aula 02   impressão de dados variáveisAula 02   impressão de dados variáveis
Aula 02 impressão de dados variáveis
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 ética e legislação jor
Aula 03   ética e legislação jorAula 03   ética e legislação jor
Aula 03 ética e legislação jor
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integradaAula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucionalAula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucional
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrão
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrãoAula 03 - Infodesign - Cor-padrão
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrão
Elizeu Nascimento Silva
 

Destaque (20)

Aula 04 linguagem visual
Aula 04   linguagem visualAula 04   linguagem visual
Aula 04 linguagem visual
 
Aula 06 linguagem visual
Aula 06   linguagem visualAula 06   linguagem visual
Aula 06 linguagem visual
 
Aula 05 linguagem visual
Aula 05   linguagem visualAula 05   linguagem visual
Aula 05 linguagem visual
 
Aula 02 linguagem visual
Aula 02   linguagem visualAula 02   linguagem visual
Aula 02 linguagem visual
 
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dadosAula 07   teorias do jornalismo jornalismo de dados
Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados
 
Aula 04 linguagem gráfica no jornalismo
Aula 04   linguagem gráfica no jornalismoAula 04   linguagem gráfica no jornalismo
Aula 04 linguagem gráfica no jornalismo
 
Aula 06 cores especiais
Aula 06   cores especiaisAula 06   cores especiais
Aula 06 cores especiais
 
Aula 02 Edição de Revistas - Público-alvo
Aula 02   Edição de Revistas - Público-alvoAula 02   Edição de Revistas - Público-alvo
Aula 02 Edição de Revistas - Público-alvo
 
Aula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula EditorialAula 03 - Fórmula Editorial
Aula 03 - Fórmula Editorial
 
Aula 02 teoria da cor
Aula 02   teoria da corAula 02   teoria da cor
Aula 02 teoria da cor
 
Aula 05 linguagem gráfica no jornalismo
Aula 05   linguagem gráfica no jornalismoAula 05   linguagem gráfica no jornalismo
Aula 05 linguagem gráfica no jornalismo
 
Aula 02 infodesign
Aula 02   infodesignAula 02   infodesign
Aula 02 infodesign
 
Aula 03 teoria da cor
Aula 03   teoria da corAula 03   teoria da cor
Aula 03 teoria da cor
 
Aula 01 cim mix de cim
Aula 01 cim mix de cimAula 01 cim mix de cim
Aula 01 cim mix de cim
 
Aula 07 impressão 3 d
Aula 07   impressão 3 dAula 07   impressão 3 d
Aula 07 impressão 3 d
 
Aula 02 impressão de dados variáveis
Aula 02   impressão de dados variáveisAula 02   impressão de dados variáveis
Aula 02 impressão de dados variáveis
 
Aula 03 ética e legislação jor
Aula 03   ética e legislação jorAula 03   ética e legislação jor
Aula 03 ética e legislação jor
 
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integradaAula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
Aula 03 comunicação institucional o plano de comunicação integrada
 
Aula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucionalAula 02 cim comunicação institucional
Aula 02 cim comunicação institucional
 
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrão
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrãoAula 03 - Infodesign - Cor-padrão
Aula 03 - Infodesign - Cor-padrão
 

Semelhante a Aula 03 linguagem visual

Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Aula 08 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 08   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 08   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 08 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 06 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 06   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 06   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 06 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Elizeu Nascimento Silva
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
carol brandao
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
Camila Casarotto
 
Aula 04 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 04   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 04   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 04 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 07   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 07   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 03 linguagem gráfica jornalismo
Aula 03   linguagem gráfica jornalismoAula 03   linguagem gráfica jornalismo
Aula 03 linguagem gráfica jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 02 linguagem gráfica jornalismo
Aula 02   linguagem gráfica jornalismoAula 02   linguagem gráfica jornalismo
Aula 02 linguagem gráfica jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
Patrycia Patty
 
Teoria da forma
Teoria da formaTeoria da forma
Teoria da forma
lucianosilva00
 
Teoria da forma
Teoria da formaTeoria da forma
Teoria da forma
lucianosilva00
 
ConcepçãO%20 Racionalista[1]
ConcepçãO%20 Racionalista[1]ConcepçãO%20 Racionalista[1]
ConcepçãO%20 Racionalista[1]
paulorodrigomiranda
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
Sandra Domingues
 
Concepção e racionalismo
Concepção e racionalismoConcepção e racionalismo
Concepção e racionalismo
wagnersilva
 
Seminário de concepção racionalista
Seminário de concepção racionalistaSeminário de concepção racionalista
Seminário de concepção racionalista
wagnersilva
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
Priscila Souza
 

Semelhante a Aula 03 linguagem visual (20)

Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
 
Aula 08 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 08   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 08   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 08 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
 
Aula 06 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 06   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 06   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 06 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
 
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt02Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt02
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt02
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
 
Aula 04 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 04   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 04   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 04 design gráfico na publicidade leis da gestalt
 
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 07   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
 
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 05   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 05   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 05 design gráfico na publicidade leis da gestalt
 
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07   design gráfico na publicidade leis da gestaltAula 07   design gráfico na publicidade leis da gestalt
Aula 07 design gráfico na publicidade leis da gestalt
 
Aula 03 linguagem gráfica jornalismo
Aula 03   linguagem gráfica jornalismoAula 03   linguagem gráfica jornalismo
Aula 03 linguagem gráfica jornalismo
 
Aula 02 linguagem gráfica jornalismo
Aula 02   linguagem gráfica jornalismoAula 02   linguagem gráfica jornalismo
Aula 02 linguagem gráfica jornalismo
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
 
Teoria da forma
Teoria da formaTeoria da forma
Teoria da forma
 
Teoria da forma
Teoria da formaTeoria da forma
Teoria da forma
 
ConcepçãO%20 Racionalista[1]
ConcepçãO%20 Racionalista[1]ConcepçãO%20 Racionalista[1]
ConcepçãO%20 Racionalista[1]
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
 
Concepção e racionalismo
Concepção e racionalismoConcepção e racionalismo
Concepção e racionalismo
 
Seminário de concepção racionalista
Seminário de concepção racionalistaSeminário de concepção racionalista
Seminário de concepção racionalista
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
 

Mais de Elizeu Nascimento Silva

Unidade 03 Ainda a tal objetividade
Unidade 03 Ainda a tal objetividadeUnidade 03 Ainda a tal objetividade
Unidade 03 Ainda a tal objetividade
Elizeu Nascimento Silva
 
Unidade02 quem fala no jornalismo
Unidade02 quem fala no jornalismoUnidade02 quem fala no jornalismo
Unidade02 quem fala no jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 15 A Sociedade em Rede
Aula 15   A Sociedade em RedeAula 15   A Sociedade em Rede
Aula 15 A Sociedade em Rede
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva CulturológicaAula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 14 Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
Aula 14   Armand Mattelart - Globalização da ComunicaçãoAula 14   Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
Aula 14 Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart HallAula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais InglesesAula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 06 teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
Aula 06   teorias do jornalismo hipóteses contemporâneasAula 06   teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
Aula 06 teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 01 edição de revistas
Aula 01   edição de revistasAula 01   edição de revistas
Aula 01 edição de revistas
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 04 ética e legislação Jornalismo
Aula 04   ética e legislação JornalismoAula 04   ética e legislação Jornalismo
Aula 04 ética e legislação Jornalismo
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 05 Briefing
Aula 05   BriefingAula 05   Briefing
Aula 05 Briefing
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrãoAula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
Elizeu Nascimento Silva
 
Aula 01 Infodesign
Aula 01   InfodesignAula 01   Infodesign
Aula 01 Infodesign
Elizeu Nascimento Silva
 

Mais de Elizeu Nascimento Silva (13)

Unidade 03 Ainda a tal objetividade
Unidade 03 Ainda a tal objetividadeUnidade 03 Ainda a tal objetividade
Unidade 03 Ainda a tal objetividade
 
Unidade02 quem fala no jornalismo
Unidade02 quem fala no jornalismoUnidade02 quem fala no jornalismo
Unidade02 quem fala no jornalismo
 
Aula 15 A Sociedade em Rede
Aula 15   A Sociedade em RedeAula 15   A Sociedade em Rede
Aula 15 A Sociedade em Rede
 
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva CulturológicaAula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
Aula 09_Edgar Morin e a Perspectiva Culturológica
 
Aula 14 Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
Aula 14   Armand Mattelart - Globalização da ComunicaçãoAula 14   Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
Aula 14 Armand Mattelart - Globalização da Comunicação
 
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart HallAula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
Aula 9c Estudos Culturais - Stuart Hall
 
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais InglesesAula 9B_Estudos Culturais Ingleses
Aula 9B_Estudos Culturais Ingleses
 
Aula 06 teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
Aula 06   teorias do jornalismo hipóteses contemporâneasAula 06   teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
Aula 06 teorias do jornalismo hipóteses contemporâneas
 
Aula 01 edição de revistas
Aula 01   edição de revistasAula 01   edição de revistas
Aula 01 edição de revistas
 
Aula 04 ética e legislação Jornalismo
Aula 04   ética e legislação JornalismoAula 04   ética e legislação Jornalismo
Aula 04 ética e legislação Jornalismo
 
Aula 05 Briefing
Aula 05   BriefingAula 05   Briefing
Aula 05 Briefing
 
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrãoAula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
Aula 04 - Infodesign - Alfabeto-padrão
 
Aula 01 Infodesign
Aula 01   InfodesignAula 01   Infodesign
Aula 01 Infodesign
 

Último

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
Manuais Formação
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
CarinaSoto12
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 

Último (20)

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdfUFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
UFCD_5420_Integração de sistemas de informação - conceitos_índice.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdfthe_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
the_story_garden_5_SB_with_activities.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 

Aula 03 linguagem visual

  • 1. LINGUAGEM VISUAL AULA 03 Pregnância da Forma Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  • 2. GESTALT Escola de Psicologia Experimental. Considera os fenômenos psicológicos como totalidades organizadas, indivisíveis, articuladas, isto é, como configurações. Teoria explica o porquê de algumas formas agradarem mais que outras. Opõe-se ao subjetivismo por apoiar-se na fisiologia.
  • 3. Expressão Gestalt: Integração de “partes” em oposição ao “todo”. Segundo a Gestalt, o que acontece no cérebro não é idêntico ao que acontece na retina. A excitação cerebral não se dá em pontos isolados, mas por extensão. Não existe, na percepção da forma, um processo posterior de associação das várias sensações. A primeira sensação já é de forma, já é global e unificada
  • 9. Pregnância da forma • substantivo feminino 1 Rubrica: psicologia > forma e estabilidade de uma percepção, na teoria da forma; 2 qualidade ou virtude do que se impõe ao espírito, do que produz forte impressão Dicionário Eletrônico Houaiss. Condição de estar “prenhe”. Sentido latente.
  • 20. As leis da Gestalt representam o abc da leitura visual das formas. Para análises e interpretações das formas, é fundamental conhecê-las. • Unidades • Segregação • Unificação • Fechamento • Continuidade • Proximidade • Semelhança • Pregnância
  • 21. UNIDADES Pode ser a representação de um único objeto, completo em si mesmo, ou partes de um todo. Pode ser entendida, também, como conjunto de elementos que constituem o objeto completo, o “todo”. As unidades são percebidas pelas relações que estabelecem entre si, na composição do objeto.
  • 22. SEGREGAÇÃO Diz respeito à capacidade de separar os elementos/unidades compositivos do objeto. É possível segregar uma ou mais unidades, dependendo da relação de igualdade/desigualdade entre as partes. É possível estabelecer níveis de segregação: unidades principais, desde que suficientes para a interpretação/análise do objeto.
  • 23. UNIFICAÇÃO Consiste na igualdade ou semelhança produzidos pelo objeto. Verifica-se quando fatores de harmonia, equilíbrio, ordem e coerência estão presentes no objeto ou composição. Varia em função de maior ou menor organização formal.
  • 24. FECHAMENTO Importantíssimo para a formação de unidades formais. Obtém-se a sensação de fechamento da forma pela continuidade numa ordem estrutural definida – e previsível. Não confundir com o fechamento físico, obtido pelo contorno dos objetos.
  • 25. CONTINUIDADE Obtém-se boa continuidade quando há percepção de como as partes se sucedem de forma organizada numa trajetória previsível.
  • 26. PROXIMIDADE Elementos ópticos próximos tendem a ser vistos juntos, constituindo- se em totalidades ou unidades dentro do todo. Estímulos próximos entre si, seja por forma, cor, tamanho, textura, brilho, peso, direção, entre outros, têm maior tendência de serem agrupados e constituírem unidades.
  • 27. SEMELHANÇA Igualdade de forma e cor contribuem para a percepção de igualdades. Ajudam no estabelecimento de agrupamentos. Quanto mais semelhantes entre si (forma, cor, tamanho, peso, direção etc) maior a tendência a serem agrupados.
  • 28. Referência bibliográfica DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997-2000 GOMES FILHO, João. Gestalt do objeto. Sistema de leitura visual da forma. São Paulo, Ed. Escrituras, 2002. RIBEIRO, Milton. Planejamento visual gráfico. 8ª ed. Brasília: LGE Editora, 2003