SlideShare uma empresa Scribd logo
GESTALT
Sistema de leitura visual da forma




                                     Danilo Aroeira
                                      danilo@ad.art.br
                                        www.ad.art.br
Gestalt
 Traduzido do Alemão: “forma”, “figura”;
 “Boa forma”.
 É intimamente ligada à PERCEPÇÃO: o que
 acontece no cérebro não é o mesmo que acontece
 na retina.

 Mente humana + estímulos visuais = PERCEPÇÃO
QUAL DESSAS LINHAS
HORIZONTAIS É MAIOR?
QUAL DESSAS LINHAS
HORIZONTAIS É MAIOR?
Teoria da Gestalt
 Algumas formas agradam mais que as outras.

 Padrões de reconhecimento: organizar o caos.


 O todo é mais do que a soma das
 partes.
QUAL É O MAIOR CÍRCULO
CENTRAL?
QUAL É O MAIOR CÍRCULO
CENTRAL?
Composição
 Layout > texto + imagem

 Mensagem = EXPERIÊNCIA COMPLETA
AS LEIS DA GESTALT
A Teoria da Gestalt tem seus pilares nas
seguintes leis fundamentais:
 Unidades
 Segregação
 Unificação
 Fechamento
 Proximidade
 Semelhança
 Pregnância da forma
1 . Unidades
 Um elemento se encerra nele mesmo.
 Vários elementos podem ser percebidos como um
 todo.
2 . Segregação
 Desigualdade de estímulo.
 Gera hierarquia: importância e ordem de leitura.


        Separação de unidades por
        forma, dimensão e posição:
          Mudança de fonte
          Variações: itálico, bold, etc.
          Corpo de fonte
          Alinhamento
          Cores
SEU OLHAR AQUI
    E depois aqui.



                     Não é legal?
NÃO É
E depois aqui.



                 Não é legal?
3 . Unificação
 Harmonia, equilíbrio visual e coerência da forma:
 igualdade de estímulos produzidos.

 Proximidade e semelhança.
4 . Fechamento
 Formas interrompidas: Preenchimento visual de
 lacunas.
5 . Continuidade
 Tendência dos elementos de acompanharem uns
 aos outros.

 Mantém o movimento para uma direção: pontos,
 linhas, planos, cores, etc.
 Ocorre quando o olho completa o movimento
 através de um objeto e continua para outro.
“Boa continuidade”:
alcançar a melhor
forma, que é mais
estável
estruturalmente.


Círculo, as esferas e
variantes: fluidas,
sem interrupção no
olhar.


Formas orgânicas:
boa continuidade,
suavidade visual.
6 . Proximidade
 Elementos próximos tendem a ser agrupados
 visualmente: unidade dentro do todo.
7 . Semelhança
 Elementos da mesma cor e forma tendem a ser
 agrupados e a constituir unidades.

 Estímulos mais semelhantes e próximos: maior
 tendência a serem agrupados.
8 . Pregnância da Forma
 É a lei básica da percepção da Gestalt

 Simplicidade

 Tendência à harmonia e ao equilíbrio visual
QUANTO MELHOR FOR A ORGANIZAÇÃO
VISUAL DA FORMA DO OBJETO, EM
TERMOS DE FACILIDADE DE
COMPREENSÃO E RAPIDEZ DE LEITURA
OU INTERPRETAÇÃO, MAIOR SERÁ O
GRAU DE PREGNÂNCIA.
DEPENDENDO DO CONCEITO,
COMPLEXIDADE PODE SER UMA OPÇÃO.
ENTRETANTO, EVITE EXCESSO DE
INFORMAÇÃO: REDUZIR RUÍDO, MANTER A
CLAREZA E INTEGRIADDE DA MENSAGEM
AUMENTAM SUA PREGNÂNCIA.




KISS = KEEP IT SIMPLE, STUPID!
Aula 02 - Princípios da Gestalt
Aula 02 - Princípios da Gestalt
Aula 02 - Princípios da Gestalt

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
Silvia Marina Anaruma
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
Heber Coimbra
 
Gestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do DesignGestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do Design
Rodrigo Losina
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
Rute Oliveira
 
Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
Lilian Mascarenhas
 
Psicologia da forma GESTALT
Psicologia da forma GESTALTPsicologia da forma GESTALT
Psicologia da forma GESTALT
Elizabeth Fantauzzi
 
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
De Janks
 
Aula gestalt 01
Aula gestalt 01Aula gestalt 01
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
Artedoiscmb Cmb
 
Gestalt
GestaltGestalt
Psicologia da gestalt
Psicologia da gestaltPsicologia da gestalt
Psicologia da gestalt
Glória Melo
 
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípiosA psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
Ludmila Moura
 
Percepção e gestalt
Percepção e gestaltPercepção e gestalt
Percepção e gestalt
Viviane Carvalho
 
Gestalt
GestaltGestalt
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
Andrea Dalforno
 
Psicologia gestalt
Psicologia gestaltPsicologia gestalt
Psicologia gestalt
Dorothy Dias
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
juju_turttle
 
A historia da gestalt
A historia da gestaltA historia da gestalt
A historia da gestalt
Diego Avila
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
Sandra Domingues
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Denise Lima
 

Mais procurados (20)

Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
 
Leis da Gestalt
Leis da GestaltLeis da Gestalt
Leis da Gestalt
 
Gestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do DesignGestalt - Teoria do Design
Gestalt - Teoria do Design
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
 
Teoria da Gestalt
Teoria da GestaltTeoria da Gestalt
Teoria da Gestalt
 
Psicologia da forma GESTALT
Psicologia da forma GESTALTPsicologia da forma GESTALT
Psicologia da forma GESTALT
 
Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)Gestalt new(fix)
Gestalt new(fix)
 
Aula gestalt 01
Aula gestalt 01Aula gestalt 01
Aula gestalt 01
 
Aula 2 composição visual
Aula  2 composição visualAula  2 composição visual
Aula 2 composição visual
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Psicologia da gestalt
Psicologia da gestaltPsicologia da gestalt
Psicologia da gestalt
 
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípiosA psicologia da Gestalt - histórico e princípios
A psicologia da Gestalt - histórico e princípios
 
Percepção e gestalt
Percepção e gestaltPercepção e gestalt
Percepção e gestalt
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
PERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUALPERCEPÇÃO VISUAL
PERCEPÇÃO VISUAL
 
Psicologia gestalt
Psicologia gestaltPsicologia gestalt
Psicologia gestalt
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
A historia da gestalt
A historia da gestaltA historia da gestalt
A historia da gestalt
 
A teoria de gestalt
A teoria de gestaltA teoria de gestalt
A teoria de gestalt
 
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
Alfabetismo visual elementos_sintaticos2
 

Destaque

Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - Psicologia
Adriane Fernandes
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
Patrícia Filipa Martins
 
Teoria da gestalt parte 1
Teoria da gestalt  parte 1Teoria da gestalt  parte 1
Teoria da gestalt parte 1
Silvia Marina Anaruma
 
tarea 2
tarea 2tarea 2
tarea 2
katuarias
 
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumond
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumondAtividade 3 projeto de artes simone helen drumond
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Leitura de imagens
Leitura de imagensLeitura de imagens
Leitura de imagens
Over Lane
 
Como analisar uma imagem
Como analisar uma imagemComo analisar uma imagem
Como analisar uma imagem
BibliotecaAroes
 

Destaque (7)

Gestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - PsicologiaGestalt Terapia - Psicologia
Gestalt Terapia - Psicologia
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
 
Teoria da gestalt parte 1
Teoria da gestalt  parte 1Teoria da gestalt  parte 1
Teoria da gestalt parte 1
 
tarea 2
tarea 2tarea 2
tarea 2
 
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumond
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumondAtividade 3 projeto de artes simone helen drumond
Atividade 3 projeto de artes simone helen drumond
 
Leitura de imagens
Leitura de imagensLeitura de imagens
Leitura de imagens
 
Como analisar uma imagem
Como analisar uma imagemComo analisar uma imagem
Como analisar uma imagem
 

Semelhante a Aula 02 - Princípios da Gestalt

Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
CEULJI/ULBRA Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
Bruno Mendes
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
carol brandao
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
Priscila Souza
 
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
brandermarlonxavier
 
Leis de gestalt
Leis de gestaltLeis de gestalt
Leis de gestalt
Filipe Serra
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
Patrycia Patty
 
Apostila sobre Gestalt
Apostila sobre GestaltApostila sobre Gestalt
Apostila sobre Gestalt
Doisnovemeia Publicidade
 
Terceira aula
Terceira aulaTerceira aula
Terceira aula
Maninho Walker
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
Misterios10
 
Aula gestalt
Aula gestaltAula gestalt
Aula gestalt
Gabriel Muniz
 
Aula 03 linguagem visual
Aula 03   linguagem visualAula 03   linguagem visual
Aula 03 linguagem visual
Elizeu Nascimento Silva
 
Perceção visual
Perceção visualPerceção visual
Perceção visual
catarinacarvalho260
 
Módulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visualMódulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visual
catarinacarvalho260
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
Luis De Sousa Rodrigues
 
Psicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptxPsicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptx
LetciaSchneider
 
Percepção visual
Percepção visualPercepção visual
Percepção visual
SofiaOliveira96
 
psicologia da gestalt.pptx
psicologia da gestalt.pptxpsicologia da gestalt.pptx
psicologia da gestalt.pptx
Daiana Moreira
 
Design Gráfico: Um resumo
Design Gráfico: Um resumoDesign Gráfico: Um resumo
Design Gráfico: Um resumo
Rafo Barbosa
 
Aula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPEAula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPE
Rodrigo Castro
 

Semelhante a Aula 02 - Princípios da Gestalt (20)

Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da GestaltInterface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
Interface Homem Computador - Aula04 - Principios da Gestalt
 
Teoria de Gestalt
Teoria de GestaltTeoria de Gestalt
Teoria de Gestalt
 
introdução gestalt
introdução gestaltintrodução gestalt
introdução gestalt
 
Gestalt do objeto
Gestalt do objetoGestalt do objeto
Gestalt do objeto
 
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
7 ges-teoria-palestra-outubro-06 ok
 
Leis de gestalt
Leis de gestaltLeis de gestalt
Leis de gestalt
 
A teoria da gestalt
A teoria da gestaltA teoria da gestalt
A teoria da gestalt
 
Apostila sobre Gestalt
Apostila sobre GestaltApostila sobre Gestalt
Apostila sobre Gestalt
 
Terceira aula
Terceira aulaTerceira aula
Terceira aula
 
Gestalt
GestaltGestalt
Gestalt
 
Aula gestalt
Aula gestaltAula gestalt
Aula gestalt
 
Aula 03 linguagem visual
Aula 03   linguagem visualAula 03   linguagem visual
Aula 03 linguagem visual
 
Perceção visual
Perceção visualPerceção visual
Perceção visual
 
Módulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visualMódulo 2 -Perceção visual
Módulo 2 -Perceção visual
 
Perceção e gestalt
Perceção e gestaltPerceção e gestalt
Perceção e gestalt
 
Psicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptxPsicologia Gestalt.pptx
Psicologia Gestalt.pptx
 
Percepção visual
Percepção visualPercepção visual
Percepção visual
 
psicologia da gestalt.pptx
psicologia da gestalt.pptxpsicologia da gestalt.pptx
psicologia da gestalt.pptx
 
Design Gráfico: Um resumo
Design Gráfico: Um resumoDesign Gráfico: Um resumo
Design Gráfico: Um resumo
 
Aula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPEAula sobre Gestalt - FPE
Aula sobre Gestalt - FPE
 

Mais de Danilo Aroeira

Oficina de Ilustração Digital
Oficina de Ilustração DigitalOficina de Ilustração Digital
Oficina de Ilustração Digital
Danilo Aroeira
 
Propaganda: conceitos básicos
Propaganda: conceitos básicosPropaganda: conceitos básicos
Propaganda: conceitos básicos
Danilo Aroeira
 
Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?
Danilo Aroeira
 
Ilustração Digital
Ilustração DigitalIlustração Digital
Ilustração Digital
Danilo Aroeira
 
Palestra identidade visual
Palestra identidade visualPalestra identidade visual
Palestra identidade visual
Danilo Aroeira
 
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
Danilo Aroeira
 
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
Danilo Aroeira
 
Aula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
Aula 12 - Ilustracao e Direção de ArteAula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
Aula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
Danilo Aroeira
 
Aula 11 cor
Aula 11 corAula 11 cor
Aula 11 cor
Danilo Aroeira
 
Aula 05 outdoor
Aula 05 outdoorAula 05 outdoor
Aula 05 outdoor
Danilo Aroeira
 
Aula 04 inspiração
Aula 04 inspiraçãoAula 04 inspiração
Aula 04 inspiração
Danilo Aroeira
 
Aula 03 layout
Aula 03 layoutAula 03 layout
Aula 03 layout
Danilo Aroeira
 
Aula 01 direcao_de_arte_intro
Aula 01 direcao_de_arte_introAula 01 direcao_de_arte_intro
Aula 01 direcao_de_arte_intro
Danilo Aroeira
 

Mais de Danilo Aroeira (13)

Oficina de Ilustração Digital
Oficina de Ilustração DigitalOficina de Ilustração Digital
Oficina de Ilustração Digital
 
Propaganda: conceitos básicos
Propaganda: conceitos básicosPropaganda: conceitos básicos
Propaganda: conceitos básicos
 
Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?
 
Ilustração Digital
Ilustração DigitalIlustração Digital
Ilustração Digital
 
Palestra identidade visual
Palestra identidade visualPalestra identidade visual
Palestra identidade visual
 
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
Aula 14 - Arte sequencial em Propaganda - parte 2
 
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
Aula 13 - Arte sequencial em Propaganda - parte 1
 
Aula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
Aula 12 - Ilustracao e Direção de ArteAula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
Aula 12 - Ilustracao e Direção de Arte
 
Aula 11 cor
Aula 11 corAula 11 cor
Aula 11 cor
 
Aula 05 outdoor
Aula 05 outdoorAula 05 outdoor
Aula 05 outdoor
 
Aula 04 inspiração
Aula 04 inspiraçãoAula 04 inspiração
Aula 04 inspiração
 
Aula 03 layout
Aula 03 layoutAula 03 layout
Aula 03 layout
 
Aula 01 direcao_de_arte_intro
Aula 01 direcao_de_arte_introAula 01 direcao_de_arte_intro
Aula 01 direcao_de_arte_intro
 

Último

OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Aula 02 - Princípios da Gestalt

  • 1. GESTALT Sistema de leitura visual da forma Danilo Aroeira danilo@ad.art.br www.ad.art.br
  • 2. Gestalt Traduzido do Alemão: “forma”, “figura”; “Boa forma”. É intimamente ligada à PERCEPÇÃO: o que acontece no cérebro não é o mesmo que acontece na retina. Mente humana + estímulos visuais = PERCEPÇÃO
  • 5. Teoria da Gestalt Algumas formas agradam mais que as outras. Padrões de reconhecimento: organizar o caos. O todo é mais do que a soma das partes.
  • 6. QUAL É O MAIOR CÍRCULO CENTRAL?
  • 7. QUAL É O MAIOR CÍRCULO CENTRAL?
  • 8. Composição Layout > texto + imagem Mensagem = EXPERIÊNCIA COMPLETA
  • 9. AS LEIS DA GESTALT
  • 10. A Teoria da Gestalt tem seus pilares nas seguintes leis fundamentais: Unidades Segregação Unificação Fechamento Proximidade Semelhança Pregnância da forma
  • 11. 1 . Unidades Um elemento se encerra nele mesmo. Vários elementos podem ser percebidos como um todo.
  • 12.
  • 13. 2 . Segregação Desigualdade de estímulo. Gera hierarquia: importância e ordem de leitura. Separação de unidades por forma, dimensão e posição: Mudança de fonte Variações: itálico, bold, etc. Corpo de fonte Alinhamento Cores
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17. SEU OLHAR AQUI E depois aqui. Não é legal?
  • 18. NÃO É E depois aqui. Não é legal?
  • 19. 3 . Unificação Harmonia, equilíbrio visual e coerência da forma: igualdade de estímulos produzidos. Proximidade e semelhança.
  • 20.
  • 21.
  • 22. 4 . Fechamento Formas interrompidas: Preenchimento visual de lacunas.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. 5 . Continuidade Tendência dos elementos de acompanharem uns aos outros. Mantém o movimento para uma direção: pontos, linhas, planos, cores, etc. Ocorre quando o olho completa o movimento através de um objeto e continua para outro.
  • 29.
  • 30. “Boa continuidade”: alcançar a melhor forma, que é mais estável estruturalmente. Círculo, as esferas e variantes: fluidas, sem interrupção no olhar. Formas orgânicas: boa continuidade, suavidade visual.
  • 31.
  • 32. 6 . Proximidade Elementos próximos tendem a ser agrupados visualmente: unidade dentro do todo.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36. 7 . Semelhança Elementos da mesma cor e forma tendem a ser agrupados e a constituir unidades. Estímulos mais semelhantes e próximos: maior tendência a serem agrupados.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40. 8 . Pregnância da Forma É a lei básica da percepção da Gestalt Simplicidade Tendência à harmonia e ao equilíbrio visual
  • 41.
  • 42. QUANTO MELHOR FOR A ORGANIZAÇÃO VISUAL DA FORMA DO OBJETO, EM TERMOS DE FACILIDADE DE COMPREENSÃO E RAPIDEZ DE LEITURA OU INTERPRETAÇÃO, MAIOR SERÁ O GRAU DE PREGNÂNCIA.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46. DEPENDENDO DO CONCEITO, COMPLEXIDADE PODE SER UMA OPÇÃO.
  • 47.
  • 48. ENTRETANTO, EVITE EXCESSO DE INFORMAÇÃO: REDUZIR RUÍDO, MANTER A CLAREZA E INTEGRIADDE DA MENSAGEM AUMENTAM SUA PREGNÂNCIA. KISS = KEEP IT SIMPLE, STUPID!