Aula 03 linguagem gráfica jornalismo

757 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aula 03 linguagem gráfica jornalismo

  1. 1. LINGUAGEM GRÁFICA NO JORNALISMO AULA 03 Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  2. 2. As leis da Gestalt representam o abc da leitura visual das formas. Para análises e interpretações das formas, é fundamental conhecê-las. • Unidades • Segregação • Unificação • Fechamento • Continuidade • Proximidade • Semelhança • Pregnância
  3. 3. UNIDADES Pode ser a representação de um único objeto, completo em si mesmo, ou partes de um todo. Pode ser entendida, também, como conjunto de elementos que constituem o objeto completo, o “todo”. As unidades são percebidas pelas relações que estabelecem entre si, na composição do objeto.
  4. 4. SEGREGAÇÃO Diz respeito à capacidade de separar os elementos/unidades compositivos do objeto. É possível segregar uma ou mais unidades, dependendo da relação de igualdade/desigualdade entre as partes. É possível estabelecer níveis de segregação: unidades principais, desde que suficientes para a interpretação/análise do objeto.
  5. 5. UNIFICAÇÃO Consiste na igualdade ou semelhança produzidos pelo objeto. Verifica-se quando fatores de harmonia, equilíbrio, ordem e coerência estão presentes no objeto ou composição. Varia em função de maior ou menor organização formal.
  6. 6. FECHAMENTO Importantíssimo para a formação de unidades formais. Obtém-se a sensação de fechamento da forma pela continuidade numa ordem estrutural definida – e previsível. Não confundir com o fechamento físico, obtido pelo contorno dos objetos.
  7. 7. CONTINUIDADE Obtém-se boa continuidade quando há percepção de como as partes se sucedem de forma organizada numa trajetória previsível.
  8. 8. PROXIMIDADE Elementos ópticos próximos tendem a ser vistos juntos, constituindo- se em totalidades ou unidades dentro do todo. Estímulos próximos entre si, seja por forma, cor, tamanho, textura, brilho, peso, direção, entre outros, têm maior tendência de serem agrupados e constituírem unidades.
  9. 9. SEMELHANÇA Igualdade de forma e cor contribuem para a percepção de igualdades. Ajudam no estabelecimento de agrupamentos. Quanto mais semelhantes entre si (forma, cor, tamanho, peso, direção etc) maior a tendência a serem agrupados.
  10. 10. Referência bibliográfica GOMES FILHO, João. Gestalt do objeto. Sistema de leitura visual da forma. São Paulo, Ed. Escrituras, 2002.

×