SlideShare uma empresa Scribd logo
Altair Ramos Neto
Ana Beatriz Farias Saraiva
Bianca Domingues Dias
João Antônio dos Santos Monteiro
Julie Kennya de Lima Ferreira
Vivian Rachel G. Lobo
Professora
Genise Luz de Oliveira
Manaus- AM
2015
TECTÔNICA DE PLACASATEORIA UNIFICADORA
 A Litosfera - é a camada química e sólida mais externa da Terra, formada por solo e
rochas, divididos em 12 placas tectônicas que deslizam, convergem ou se separam
umas em relação às outras à medida que se movem sobre a astenosfera, que é a
camada frágil da parte superior do manto Terrestre, menos resistente e elástica. A
teoria das placas tectônicas descreve o movimento das placas e as forças atuantes
entre elas. Explica também a distribuição de muitas feições geológicas de grandes
proporções que resultam do movimento ao longo dos limites de placa.
INTRODUÇÃO
http://ufrr.br/lapa/images/Menu_Geologia/Figura%2013.jpg
 Por 200 anos diversas teorias
tectônicas
Tectônica das placas
Teoria unificada da geologia
Deriva continental
Movimento de grande proporção
sobre o gelo
Eduard Suess –Terra de
Godwana
Alfred Wegener - Pangéia
A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS
http://falhasespiritismo.6te.net/falha-san-andreas.jpg
EXPANSÃO DO ASSOALHO OCEÂNICO
A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS
 Arthur Holmes (1928) – não apresentou evidências
 Estas surgiram com a exploração do fundo oceânico
http://3.bp.blogspot.com/-
ADJPDRKCM3I/UoUMGJEkMLI/AAAAAAAACdU/kepT3sWr2ho/s640/fototectonica2.jpg
A GRANDE SÍNTESE 1963-1968
J. Tuzo Wilson (1965) – descreveu as tectônicas como “placas”
rígidas.
Possuindo 3 tipos:
Separam-se
Aproximam-se
Deslizam-se lateralmente uma sob a outra
A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS
 A litosfera está
fragmentada em 12 placas
rígidas
 Maior placa: PLACA
PACÍFICA
O MOSAICO DAS PLACAS
Adaptado de Michael C. Klesius
O MOSAICO DAS PLACAS
Adaptado de Michael C. Klesius
LIMITES DE PLACAS
EXISTEMTRÊSTIPOS BÁSICOS DE LIMITES DE PLACAS
1) Limites Divergentes
2) Limites Convergentes
3) LimitesTransformantes
 Limites Obliquos
O MOSAICO DAS PLACAS
LIMITES DIVERGENTES
 Separação de placas nos oceanos
 Separação de placas nos continentes
Adaptado de Michael C. Klesius Adaptado de Michael C. Klesius
Onde as placas colidem frontalmente, elas formam limites convergentes.
LIMITES CONVERGENTES
O MOSAICO DAS PLACAS
Convergência oceano-oceano
Convergência oceano-continente
Adaptado de Michael C. Klesius
LIMITES CONVERGENTES
O MOSAICO DAS PLACAS
Convergência continente-continente
Adaptado de Michael C. Klesius
 Os limites de falhas transformantes são tipicamente encontrados ao longo de
dorsais mesoceânicas, onde o limite divergente tem sua continuidade quebrada,
sendo deslocado num padrão semelhante a um escalonamento.
LIMITES TRANSFORMANTES
O MOSAICO DAS PLACAS
Adaptado de Michael C. Klesius
 Combinação de limite de placas
MOVIMENTO E VELOCIDADE DAS PLACAS
TECTÔNICAS
http://files.professoralexeinowatzki.webnode.com.br/200000101-
7bacb7da06/placas008.jpg
Tipos de movimentos das
placas tectônicas
 Movimento de
convergência
 Movimento divergente
 Movimento
transformante
 Movimento de
afastamento
 Movimento de colisão e
soerguimento
 Movimento de
deslizamento
MOVIMENTO E VELOCIDADE DAS PLACAS
TECTÔNICAS
http://files.professoralexeinowatzki.webnode.com.br/200000101-7bacb7da06/placas008.jpg
A GRANDE RECONSTRUÇÃO
Adaptado de Michael C. Klesius
A FRAGMENTAÇÃO DA PANGÉIA
A GRANDE RECONSTRUÇÃO
Adaptado de Michael C. Klesius
A FRAGMENTAÇÃO DA PANGÉIA
A GRANDE RECONSTRUÇÃO
Adaptado de Michael C. Klesius
A GRANDE RECONSTRUÇÃO
http://3.bp.blogspot.com/-T-8hV0uMjN0/TrmMWzoOckI/AAAAAAAAAIo/zrHLi0GnLuI/s1600/rodinia_the_last_supercontinen_by_spikevalance-
d35vpke%255B1%255D.png
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO
MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
 A convecção é o “motor” que controla os processos tectônicos de
grande proporção. O calor que escapa do interior da terra provoca a
convecção desse material (circulação ascendente e descendente).
http://paleolisboa.com/images/ga_sismologia_conveccao_clip_image002.gif/
 O movimento rápido das
placas é causado pelas
forças gravitacionais
exercidas pelas lascas
mais antigas e frias da
litosfera.
Onde se originaram as forças que movem as placas?
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
 As forças associadas com as lascas mergulhantes e as cristas
elevadas controlam o movimento das placas.
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
Onde se originaram as forças que movem as placas?
As forças que controlam a tectônica de placas envolve diversos tipos de
interações, tais como:
Adaptado de Michael C. Klesius
 A profundidade que o processo de reciclagem alcança no manto é
cerca de 2.900 km abaixo da superfície externa da terra, onde um
limite abrupto separa o manto do núcleo.
A profundidade em que ocorre a reciclagem de
placas
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
 A convecção pode ser dividida em duas camadas: um sistema do
manto superior nos primeiros 700 km, onde ocorre a reciclagem da
litosfera. E o sistema do manto inferior de 700 km de profundidade
até o limite do núcleo-manto.
A profundidade em que ocorre a reciclagem de
placas
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
Adaptado de Michael C. Klesius
 Os cientistas identificaram
dois tipos de correstes de
convecção: as descendentes
e ascendentes.
 Existe um tipo de corrente
ascendente em forma de
jato chamada de pluma de
manto.
A natureza das correntes de convecção
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
http://www.infoescola.com/wp-
content/uploads/2008/10/vulcao.jpg
A natureza das correntes de convecção
A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
Adaptado de Michael C. Klesius
 Por que as placas
tectônicas não foram
descobertas mais
cedo?
 Por que a comunidade
científica demorou
para mudar do
ceticismo a respeito
da deriva continental
para a aceitação da
teoria da tectônica de
placas?
A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO
http://www.teciber.com/wp-
content/uploads/2015/04/terremoto1.jpg
A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO
O que é a teoria da tectônica de placas?
 É uma teoria da geologia que descreve os movimentos de grande
escala que ocorrem na litosfera terrestre, zona de divergência e zona
de convergência.
Quais são as características geológicas dos limites das placas?
 Além dos cinturões de terremotos, muitas feições geológicas de
grandes proporções, como estreitos cinturões de montanhas e
cadeias de vulcões, estão associados com os limites das placas. Os
limites convergentes são representados por fossas de mar profundo,
cinturões de terremotos, montanhas e vulcões. Os limites divergentes
são marcados por atividades vulcânicas e terremotos nas cristas
dorsais mesoceânicas.
A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO
Como pode determinar a idade do assoalho oceânico?
 Isso pode ser feito por meio da comparação de bandas de anomalias magnéticas
mapeadas no fundo oceânico com a sequência de reversões magnéticas
determinada na terra.
Qual é o motor que move a tectônica de placas?
 O sistema da tectônica de placas é movido pela convecção do manto e a energia
vem do calor interno daTerra
1) No contexto do método científico, a teoria de placas não é um dogma, mas
uma teoria confirmada, cuja a força reside em sua simplicidade, generalidade
e consistência com muitos tipos de observações.
2) A teorias podem ser sempre modificadas.
3) A teoria da tectônica, como a da evolução da vida, idade da Terra e da
genética explica tão bem que sobrevive até hoje aos muitos esforços para
destorce-la.
CONCLUSÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relevo
RelevoRelevo
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
Professor
 
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVOAGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
Omar Fürst
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
Márcia Dutra
 
Formação dos continentes
Formação dos continentesFormação dos continentes
Formação dos continentes
Naira Delazari
 
A estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o anoA estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o ano
Nahya Paola Souza
 
Camada interna da terra
Camada interna da terraCamada interna da terra
Camada interna da terra
Evandro Vilas Boas Coelho
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
ANDRÉA FERREIRA
 
Limites placas tectonicas
Limites placas tectonicasLimites placas tectonicas
Limites placas tectonicas
Pelo Siro
 
Movimentos das placas tectônicas
Movimentos das placas tectônicasMovimentos das placas tectônicas
Movimentos das placas tectônicas
Cadernizando
 
A formação da terra
A formação da terraA formação da terra
A formação da terra
Professor
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terra
karolpoa
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terra
dinartegaspar
 
TERRA - Estrutura Geologica
TERRA - Estrutura GeologicaTERRA - Estrutura Geologica
TERRA - Estrutura Geologica
João José Ferreira Tojal
 
6 ano atmosfera
6 ano atmosfera6 ano atmosfera
6 ano atmosfera
crisbassanimedeiros
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
7 de Setembro
 
Camadas da Terra
Camadas da TerraCamadas da Terra
Camadas da Terra
maria brito
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
Simone Peixoto
 
1º ANO -Tempo e Clima
1º ANO -Tempo e Clima1º ANO -Tempo e Clima
1º ANO -Tempo e Clima
ceama
 

Mais procurados (20)

Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Relevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivosRelevo agentes formadores e erosivos
Relevo agentes formadores e erosivos
 
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVOAGENTES INTERNOS DO RELEVO
AGENTES INTERNOS DO RELEVO
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
 
Formação dos continentes
Formação dos continentesFormação dos continentes
Formação dos continentes
 
A estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o anoA estrutura da terra 6o ano
A estrutura da terra 6o ano
 
Camada interna da terra
Camada interna da terraCamada interna da terra
Camada interna da terra
 
Tipos de rochas
Tipos de rochasTipos de rochas
Tipos de rochas
 
Limites placas tectonicas
Limites placas tectonicasLimites placas tectonicas
Limites placas tectonicas
 
Movimentos das placas tectônicas
Movimentos das placas tectônicasMovimentos das placas tectônicas
Movimentos das placas tectônicas
 
A formação da terra
A formação da terraA formação da terra
A formação da terra
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terra
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terra
 
TERRA - Estrutura Geologica
TERRA - Estrutura GeologicaTERRA - Estrutura Geologica
TERRA - Estrutura Geologica
 
6 ano atmosfera
6 ano atmosfera6 ano atmosfera
6 ano atmosfera
 
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores ClimáticosClima - Elementos e Fatores Climáticos
Clima - Elementos e Fatores Climáticos
 
Fenômenos Atmosféricos
Fenômenos AtmosféricosFenômenos Atmosféricos
Fenômenos Atmosféricos
 
Camadas da Terra
Camadas da TerraCamadas da Terra
Camadas da Terra
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
1º ANO -Tempo e Clima
1º ANO -Tempo e Clima1º ANO -Tempo e Clima
1º ANO -Tempo e Clima
 

Destaque

Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
catiacsantos
 
Placas Tectonicas
Placas Tectonicas  Placas Tectonicas
Placas Tectonicas
Lizier
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
Ana Castro
 
Aula 2 tectonica placas
Aula 2 tectonica placasAula 2 tectonica placas
Aula 2 tectonica placas
Terceiro Calhau
 
CN7-Movimento das placas litosfericas
CN7-Movimento das placas litosfericasCN7-Movimento das placas litosfericas
CN7-Movimento das placas litosfericas
Rita Rainho
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACAS
sandranascimento
 
História das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em CiênciasHistória das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em Ciências
Catir
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
Tânia Reis
 
Teste Verificação
Teste VerificaçãoTeste Verificação
Teste Verificação
Lucca
 
Correção da ficha de avaliação
Correção da ficha de avaliação Correção da ficha de avaliação
Correção da ficha de avaliação
Francisca Santos
 
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos OceânicosTeoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
Catir
 
FT1 - Estrutura Interna da Terra
FT1 - Estrutura Interna da TerraFT1 - Estrutura Interna da Terra
FT1 - Estrutura Interna da Terra
Gabriela Bruno
 
XII - PAISAGENS GEOLO
XII - PAISAGENS GEOLOXII - PAISAGENS GEOLO
XII - PAISAGENS GEOLO
sandranascimento
 
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
Francisca Santos
 
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
emanuelcarvalhal765
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º ano
Sofia Ribeiro
 

Destaque (16)

Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
Placas Tectonicas
Placas Tectonicas  Placas Tectonicas
Placas Tectonicas
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
Aula 2 tectonica placas
Aula 2 tectonica placasAula 2 tectonica placas
Aula 2 tectonica placas
 
CN7-Movimento das placas litosfericas
CN7-Movimento das placas litosfericasCN7-Movimento das placas litosfericas
CN7-Movimento das placas litosfericas
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACAS
 
História das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em CiênciasHistória das Ciências e Educação em Ciências
História das Ciências e Educação em Ciências
 
Teoria Da Tectónica De Placas
Teoria Da Tectónica De  PlacasTeoria Da Tectónica De  Placas
Teoria Da Tectónica De Placas
 
Teste Verificação
Teste VerificaçãoTeste Verificação
Teste Verificação
 
Correção da ficha de avaliação
Correção da ficha de avaliação Correção da ficha de avaliação
Correção da ficha de avaliação
 
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos OceânicosTeoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
Teoria Da Mobilidade Dos Fundos Oceânicos
 
FT1 - Estrutura Interna da Terra
FT1 - Estrutura Interna da TerraFT1 - Estrutura Interna da Terra
FT1 - Estrutura Interna da Terra
 
XII - PAISAGENS GEOLO
XII - PAISAGENS GEOLOXII - PAISAGENS GEOLO
XII - PAISAGENS GEOLO
 
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
Ficha de avaliação (Deriva continental, tectónica de placas e fundos oceânicos)
 
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
Ciências naturais 7.º ano - teste Março 2013
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º ano
 

Semelhante a As placas tectônicas

Margens oceanicass
Margens oceanicassMargens oceanicass
Margens oceanicass
Guachaarmando Paulo
 
Aula dinamica interna tectônica
Aula dinamica interna tectônicaAula dinamica interna tectônica
Aula dinamica interna tectônica
Leonardo Alves
 
Tectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptxTectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptx
Isaura Mourão
 
Um pouco sobre o nosso planeta
Um pouco sobre o nosso planeta Um pouco sobre o nosso planeta
Um pouco sobre o nosso planeta
Ritalmeida97
 
Google Earth 2
Google Earth 2Google Earth 2
Google Earth 2
guestfa5e9
 
Nº6 tectónica de placas
Nº6   tectónica de placasNº6   tectónica de placas
Nº6 tectónica de placas
MINEDU
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
Centro Educacional Nilton Oliveira Santos -CENOS
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
alessandraoliveira324
 
Google Earth 2
Google Earth 2Google Earth 2
Google Earth 2
guestb18602
 
A superfície da terra
A superfície da terraA superfície da terra
A superfície da terra
Renata Magalhães
 
Itens 7ºa..
Itens 7ºa..Itens 7ºa..
Itens 7ºa..
Deolinda Silva
 
aula tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
aula  tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdfaula  tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
aula tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
alessandraoliveira324
 
Separação dos continentes
Separação dos continentes Separação dos continentes
Separação dos continentes
ruivaz1994
 
Placas tectónicas
Placas tectónicasPlacas tectónicas
Placas tectónicas
Ybejiejire Ybeji
 
Litosfera e sua Dinâmicas
Litosfera e sua DinâmicasLitosfera e sua Dinâmicas
Litosfera e sua Dinâmicas
Isabelegeografia
 
Bacias sedimentares.pptx
Bacias sedimentares.pptxBacias sedimentares.pptx
Bacias sedimentares.pptx
NoslekSmot
 
Aula 02 20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
Aula 02   20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008Aula 02   20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
Aula 02 20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
Márcia da Silveira
 
Biologia 10º ano
Biologia 10º anoBiologia 10º ano
Biologia 10º ano
inesclimpo
 
Aula1 - Megaestruturas
Aula1 - MegaestruturasAula1 - Megaestruturas
Aula1 - Megaestruturas
Leonardo Felipe
 
Tectónica placas2
Tectónica placas2Tectónica placas2
Tectónica placas2
s1lv1alouro
 

Semelhante a As placas tectônicas (20)

Margens oceanicass
Margens oceanicassMargens oceanicass
Margens oceanicass
 
Aula dinamica interna tectônica
Aula dinamica interna tectônicaAula dinamica interna tectônica
Aula dinamica interna tectônica
 
Tectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptxTectónica de placas (1).pptx
Tectónica de placas (1).pptx
 
Um pouco sobre o nosso planeta
Um pouco sobre o nosso planeta Um pouco sobre o nosso planeta
Um pouco sobre o nosso planeta
 
Google Earth 2
Google Earth 2Google Earth 2
Google Earth 2
 
Nº6 tectónica de placas
Nº6   tectónica de placasNº6   tectónica de placas
Nº6 tectónica de placas
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
 
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
43573_5c3526cc1529b2e8bee27219542e606d (1).pptx
 
Google Earth 2
Google Earth 2Google Earth 2
Google Earth 2
 
A superfície da terra
A superfície da terraA superfície da terra
A superfície da terra
 
Itens 7ºa..
Itens 7ºa..Itens 7ºa..
Itens 7ºa..
 
aula tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
aula  tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdfaula  tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
aula tectônica de placas geogeral 2020 (1).pdf
 
Separação dos continentes
Separação dos continentes Separação dos continentes
Separação dos continentes
 
Placas tectónicas
Placas tectónicasPlacas tectónicas
Placas tectónicas
 
Litosfera e sua Dinâmicas
Litosfera e sua DinâmicasLitosfera e sua Dinâmicas
Litosfera e sua Dinâmicas
 
Bacias sedimentares.pptx
Bacias sedimentares.pptxBacias sedimentares.pptx
Bacias sedimentares.pptx
 
Aula 02 20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
Aula 02   20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008Aula 02   20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
Aula 02 20de%20 petrgrafia%20%20agosto%202008
 
Biologia 10º ano
Biologia 10º anoBiologia 10º ano
Biologia 10º ano
 
Aula1 - Megaestruturas
Aula1 - MegaestruturasAula1 - Megaestruturas
Aula1 - Megaestruturas
 
Tectónica placas2
Tectónica placas2Tectónica placas2
Tectónica placas2
 

Mais de João Monteiro

Aula - Pesca predatória e os impactos ambientais
Aula - Pesca predatória e os impactos ambientaisAula - Pesca predatória e os impactos ambientais
Aula - Pesca predatória e os impactos ambientais
João Monteiro
 
Aula I - Introdução á genética de populações
Aula I - Introdução á genética de populaçõesAula I - Introdução á genética de populações
Aula I - Introdução á genética de populações
João Monteiro
 
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
João Monteiro
 
Física - Cinemática
Física - CinemáticaFísica - Cinemática
Física - Cinemática
João Monteiro
 
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
João Monteiro
 
Apostila de História e introdução á logística
Apostila de História e introdução á logísticaApostila de História e introdução á logística
Apostila de História e introdução á logística
João Monteiro
 
Física II - Dinâmica de Fluidos
Física II - Dinâmica de FluidosFísica II - Dinâmica de Fluidos
Física II - Dinâmica de Fluidos
João Monteiro
 
Consumismo x lixo
Consumismo x lixo Consumismo x lixo
Consumismo x lixo
João Monteiro
 
Micologia médica
Micologia médica Micologia médica
Micologia médica
João Monteiro
 
Classificação e reprodução
Classificação e reproduçãoClassificação e reprodução
Classificação e reprodução
João Monteiro
 
Importância dos fungos
Importância dos fungosImportância dos fungos
Importância dos fungos
João Monteiro
 
Introdução à micologia
Introdução à micologiaIntrodução à micologia
Introdução à micologia
João Monteiro
 
Placenta e membranas cap08
Placenta e membranas cap08Placenta e membranas cap08
Placenta e membranas cap08
João Monteiro
 
Nona semana ao nascimento
Nona semana ao nascimentoNona semana ao nascimento
Nona semana ao nascimento
João Monteiro
 
Quarta à oitava semana
Quarta à oitava semanaQuarta à oitava semana
Quarta à oitava semana
João Monteiro
 
Terceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulaçãoTerceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulação
João Monteiro
 
Primeira e segunda semanas
Primeira e segunda semanasPrimeira e segunda semanas
Primeira e segunda semanas
João Monteiro
 
Livro Introdução à ecologia comportamental
Livro Introdução à ecologia comportamentalLivro Introdução à ecologia comportamental
Livro Introdução à ecologia comportamental
João Monteiro
 
Genetica forense
Genetica forense Genetica forense
Genetica forense
João Monteiro
 
Introdução á paleontologia
Introdução á paleontologiaIntrodução á paleontologia
Introdução á paleontologia
João Monteiro
 

Mais de João Monteiro (20)

Aula - Pesca predatória e os impactos ambientais
Aula - Pesca predatória e os impactos ambientaisAula - Pesca predatória e os impactos ambientais
Aula - Pesca predatória e os impactos ambientais
 
Aula I - Introdução á genética de populações
Aula I - Introdução á genética de populaçõesAula I - Introdução á genética de populações
Aula I - Introdução á genética de populações
 
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
Plano de aula completo Citologia: Tipos e formas de células
 
Física - Cinemática
Física - CinemáticaFísica - Cinemática
Física - Cinemática
 
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
 
Apostila de História e introdução á logística
Apostila de História e introdução á logísticaApostila de História e introdução á logística
Apostila de História e introdução á logística
 
Física II - Dinâmica de Fluidos
Física II - Dinâmica de FluidosFísica II - Dinâmica de Fluidos
Física II - Dinâmica de Fluidos
 
Consumismo x lixo
Consumismo x lixo Consumismo x lixo
Consumismo x lixo
 
Micologia médica
Micologia médica Micologia médica
Micologia médica
 
Classificação e reprodução
Classificação e reproduçãoClassificação e reprodução
Classificação e reprodução
 
Importância dos fungos
Importância dos fungosImportância dos fungos
Importância dos fungos
 
Introdução à micologia
Introdução à micologiaIntrodução à micologia
Introdução à micologia
 
Placenta e membranas cap08
Placenta e membranas cap08Placenta e membranas cap08
Placenta e membranas cap08
 
Nona semana ao nascimento
Nona semana ao nascimentoNona semana ao nascimento
Nona semana ao nascimento
 
Quarta à oitava semana
Quarta à oitava semanaQuarta à oitava semana
Quarta à oitava semana
 
Terceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulaçãoTerceira semana gastrulação
Terceira semana gastrulação
 
Primeira e segunda semanas
Primeira e segunda semanasPrimeira e segunda semanas
Primeira e segunda semanas
 
Livro Introdução à ecologia comportamental
Livro Introdução à ecologia comportamentalLivro Introdução à ecologia comportamental
Livro Introdução à ecologia comportamental
 
Genetica forense
Genetica forense Genetica forense
Genetica forense
 
Introdução á paleontologia
Introdução á paleontologiaIntrodução á paleontologia
Introdução á paleontologia
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

As placas tectônicas

  • 1. Altair Ramos Neto Ana Beatriz Farias Saraiva Bianca Domingues Dias João Antônio dos Santos Monteiro Julie Kennya de Lima Ferreira Vivian Rachel G. Lobo Professora Genise Luz de Oliveira Manaus- AM 2015 TECTÔNICA DE PLACASATEORIA UNIFICADORA
  • 2.  A Litosfera - é a camada química e sólida mais externa da Terra, formada por solo e rochas, divididos em 12 placas tectônicas que deslizam, convergem ou se separam umas em relação às outras à medida que se movem sobre a astenosfera, que é a camada frágil da parte superior do manto Terrestre, menos resistente e elástica. A teoria das placas tectônicas descreve o movimento das placas e as forças atuantes entre elas. Explica também a distribuição de muitas feições geológicas de grandes proporções que resultam do movimento ao longo dos limites de placa. INTRODUÇÃO http://ufrr.br/lapa/images/Menu_Geologia/Figura%2013.jpg
  • 3.  Por 200 anos diversas teorias tectônicas Tectônica das placas Teoria unificada da geologia Deriva continental Movimento de grande proporção sobre o gelo Eduard Suess –Terra de Godwana Alfred Wegener - Pangéia A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS http://falhasespiritismo.6te.net/falha-san-andreas.jpg
  • 4. EXPANSÃO DO ASSOALHO OCEÂNICO A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS  Arthur Holmes (1928) – não apresentou evidências  Estas surgiram com a exploração do fundo oceânico http://3.bp.blogspot.com/- ADJPDRKCM3I/UoUMGJEkMLI/AAAAAAAACdU/kepT3sWr2ho/s640/fototectonica2.jpg
  • 5. A GRANDE SÍNTESE 1963-1968 J. Tuzo Wilson (1965) – descreveu as tectônicas como “placas” rígidas. Possuindo 3 tipos: Separam-se Aproximam-se Deslizam-se lateralmente uma sob a outra A DESCOBERTA DA TECTÔNICA DE PLACAS
  • 6.  A litosfera está fragmentada em 12 placas rígidas  Maior placa: PLACA PACÍFICA O MOSAICO DAS PLACAS Adaptado de Michael C. Klesius
  • 7. O MOSAICO DAS PLACAS Adaptado de Michael C. Klesius LIMITES DE PLACAS EXISTEMTRÊSTIPOS BÁSICOS DE LIMITES DE PLACAS 1) Limites Divergentes 2) Limites Convergentes 3) LimitesTransformantes  Limites Obliquos
  • 8. O MOSAICO DAS PLACAS LIMITES DIVERGENTES  Separação de placas nos oceanos  Separação de placas nos continentes Adaptado de Michael C. Klesius Adaptado de Michael C. Klesius
  • 9. Onde as placas colidem frontalmente, elas formam limites convergentes. LIMITES CONVERGENTES O MOSAICO DAS PLACAS Convergência oceano-oceano Convergência oceano-continente Adaptado de Michael C. Klesius
  • 10. LIMITES CONVERGENTES O MOSAICO DAS PLACAS Convergência continente-continente Adaptado de Michael C. Klesius
  • 11.  Os limites de falhas transformantes são tipicamente encontrados ao longo de dorsais mesoceânicas, onde o limite divergente tem sua continuidade quebrada, sendo deslocado num padrão semelhante a um escalonamento. LIMITES TRANSFORMANTES O MOSAICO DAS PLACAS Adaptado de Michael C. Klesius  Combinação de limite de placas
  • 12. MOVIMENTO E VELOCIDADE DAS PLACAS TECTÔNICAS http://files.professoralexeinowatzki.webnode.com.br/200000101- 7bacb7da06/placas008.jpg Tipos de movimentos das placas tectônicas  Movimento de convergência  Movimento divergente  Movimento transformante  Movimento de afastamento  Movimento de colisão e soerguimento  Movimento de deslizamento
  • 13. MOVIMENTO E VELOCIDADE DAS PLACAS TECTÔNICAS http://files.professoralexeinowatzki.webnode.com.br/200000101-7bacb7da06/placas008.jpg
  • 14. A GRANDE RECONSTRUÇÃO Adaptado de Michael C. Klesius
  • 15. A FRAGMENTAÇÃO DA PANGÉIA A GRANDE RECONSTRUÇÃO Adaptado de Michael C. Klesius
  • 16. A FRAGMENTAÇÃO DA PANGÉIA A GRANDE RECONSTRUÇÃO Adaptado de Michael C. Klesius
  • 18. A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.  A convecção é o “motor” que controla os processos tectônicos de grande proporção. O calor que escapa do interior da terra provoca a convecção desse material (circulação ascendente e descendente). http://paleolisboa.com/images/ga_sismologia_conveccao_clip_image002.gif/
  • 19.  O movimento rápido das placas é causado pelas forças gravitacionais exercidas pelas lascas mais antigas e frias da litosfera. Onde se originaram as forças que movem as placas? A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
  • 20.  As forças associadas com as lascas mergulhantes e as cristas elevadas controlam o movimento das placas. A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS. Onde se originaram as forças que movem as placas? As forças que controlam a tectônica de placas envolve diversos tipos de interações, tais como: Adaptado de Michael C. Klesius
  • 21.  A profundidade que o processo de reciclagem alcança no manto é cerca de 2.900 km abaixo da superfície externa da terra, onde um limite abrupto separa o manto do núcleo. A profundidade em que ocorre a reciclagem de placas A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS.
  • 22.  A convecção pode ser dividida em duas camadas: um sistema do manto superior nos primeiros 700 km, onde ocorre a reciclagem da litosfera. E o sistema do manto inferior de 700 km de profundidade até o limite do núcleo-manto. A profundidade em que ocorre a reciclagem de placas A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS. Adaptado de Michael C. Klesius
  • 23.  Os cientistas identificaram dois tipos de correstes de convecção: as descendentes e ascendentes.  Existe um tipo de corrente ascendente em forma de jato chamada de pluma de manto. A natureza das correntes de convecção A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS. http://www.infoescola.com/wp- content/uploads/2008/10/vulcao.jpg
  • 24. A natureza das correntes de convecção A CONVECÇÃO DO MANTO: O MECANISMO MOTOR DA TECTÔNICA DE PLACAS. Adaptado de Michael C. Klesius
  • 25.  Por que as placas tectônicas não foram descobertas mais cedo?  Por que a comunidade científica demorou para mudar do ceticismo a respeito da deriva continental para a aceitação da teoria da tectônica de placas? A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO http://www.teciber.com/wp- content/uploads/2015/04/terremoto1.jpg
  • 26. A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO O que é a teoria da tectônica de placas?  É uma teoria da geologia que descreve os movimentos de grande escala que ocorrem na litosfera terrestre, zona de divergência e zona de convergência. Quais são as características geológicas dos limites das placas?  Além dos cinturões de terremotos, muitas feições geológicas de grandes proporções, como estreitos cinturões de montanhas e cadeias de vulcões, estão associados com os limites das placas. Os limites convergentes são representados por fossas de mar profundo, cinturões de terremotos, montanhas e vulcões. Os limites divergentes são marcados por atividades vulcânicas e terremotos nas cristas dorsais mesoceânicas.
  • 27. A TEORIA DA TECTÔNICA DE PLACAS E O MÉTODO CIENTÍFICO Como pode determinar a idade do assoalho oceânico?  Isso pode ser feito por meio da comparação de bandas de anomalias magnéticas mapeadas no fundo oceânico com a sequência de reversões magnéticas determinada na terra. Qual é o motor que move a tectônica de placas?  O sistema da tectônica de placas é movido pela convecção do manto e a energia vem do calor interno daTerra
  • 28. 1) No contexto do método científico, a teoria de placas não é um dogma, mas uma teoria confirmada, cuja a força reside em sua simplicidade, generalidade e consistência com muitos tipos de observações. 2) A teorias podem ser sempre modificadas. 3) A teoria da tectônica, como a da evolução da vida, idade da Terra e da genética explica tão bem que sobrevive até hoje aos muitos esforços para destorce-la. CONCLUSÃO