SlideShare uma empresa Scribd logo
agressividadeFeito por: Ana Batista nº5 Marta Janicas nº19 Patrícia Borges nº
Introdução
O que é?“Comportamentos		 geram	  comportamentos”Agressão: comportamento físico ou verbal realizado com a intenção de produzir sofrimento, dor ou prejuízo a uma pessoa, objectos ou a si próprio.
Quantos tipos há?FísicaVerbalEmocional
A quem se dirige ?dissimuladadeslocadainibidaabertadirectahostilinstrumentalauto-agressão
O que pode influenciar?
As pessoas são ou ficam agressivas?Ela é importante para nós!
Em crianças…
Em adultos…Tao Te Ching: “ao conhecer os outros demonstra inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria.”Henry Boyle: “A viagem mais importante que fazemos na vida é a de encontrar com os outros o meio-termo.”
Como manifesta?Aprendizagem socialEfeito cumulativo de frustração Agressão por parte de outremFrustração
Pessoas aparentemente calmas…Pessoas autocontroladas tendem a controlar dentro de si o stresse das situações o que leva a aumentar a raiva dentro de si.
No cérebro…1997 – experiencia feita na universidade da Califórnia feita por Raine41 reclusos  -  41 cíveis livres  -> submetidos ao PET-scan
Em família…
Escola: bullyingBully – agressor, pratica bullyingAlvo de bullying– agredido, vítima de bullyingAlvo e bully– umas vezes agressor, outras vezes agredidoTestemunha ocular – não praticam nem sofre bullying, mas vivem no mesmo ambiente.Indicadores de que é vítima:Acções do bully:Colocar apelidos depreciativosAssediarOfenderAmedrontarAmeaçarHumilharAgredirDiscriminarEmpurrarExcluirPerseguirDesprezaraparece com nódoas negras (com frequência)Diz que perdeu dinheiro ou materiais (com frequência)Briga muito com “amigos mais próximos”Mau humor constanteFica quieto e retraídoÉ agressivo com os irmãosEvita sair de casaEm mau aproveitamento escolarDemonstra ansiedade excessiva
Escola: bullyingÉ um problema mundial e pode ocorrer não só em escolasOs pais ao tentarem resolver a questão devem ter cuidado para não expor seu filho. Se tomarem o caminho errado as acções dos bullies podem piorar. Como as escolas devem agir:A direcção da escola deve chamar a atenção do(s) aluno(s) que pratique(m) estes actos e alertar também seus pais dos agressores.Promover acções como:Jogos cooperativosActividades de inclusãoPalestra a respeito de idéiasde como trabalhar em grupo.Mostrar reportagens a respeito das consequências sofridas pelos bullies
No trabalho…
Quais as consequências?
Como lidar com um agressor?Evite contra-atacar; Ajude a pessoa a sentir-se compreendida e encorajá-la a acalmar; Não interrompa nem tente provar o seu ponto de vista;  Demonstre pela expressão facial que está atento; Mantenha o seu tom de voz baixo;  Não argumente;   Termine a conversa dando a entender que no momento não a pode continuar e deixa a ideia de que a continuam noutro dia ou noutra hora.
Como controlar?manter a calma;evitar discussões ou conflitos com outras pessoas;frequentar um psicólogo que o possa ajudar;
Sentimento de culpa Quem comete actos agressivos contra a felicidade e a liberdade de outra, demonstra ignorância ao não conseguir compreender que apesar de momentaneamente esses actos lhe darem um enorme prazer com o passar do tempo esse prazer dissipa-se e dá lugar à culpa.
Conclusão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gerir emoções
Gerir emoçõesGerir emoções
Gerir emoções
Oficina Psicologia
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
guested634f
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
paulo santos
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Renata Sofia
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
Antonino Silva
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
António Moreira
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - Psicologia
Sara Afonso
 
Motivação..
Motivação..Motivação..
Motivação..
bia_chersoni
 
Aprendizagem
AprendizagemAprendizagem
Aprendizagem
Vania Cardoso
 
Psicologia e Motivação
 Psicologia e Motivação Psicologia e Motivação
Psicologia e Motivação
weronicasdj
 
Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1
Jorge Barbosa
 
A terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamentalA terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamental
Ana Larissa Perissini
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
izabelfonseca
 
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
Vitor Manuel de Carvalho
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
2 Ainsword-Bion
2   Ainsword-Bion2   Ainsword-Bion
2 Ainsword-Bion
Henrique Vieira
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
Flávia Cunha Lima
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
veronicasilva
 
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANOOS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
Zoel Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Gerir emoções
Gerir emoçõesGerir emoções
Gerir emoções
 
Emoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e AfectosEmoções, Sentimentos e Afectos
Emoções, Sentimentos e Afectos
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Inteligencia emocional
Inteligencia emocionalInteligencia emocional
Inteligencia emocional
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
 
Atitudes - Psicologia
Atitudes - PsicologiaAtitudes - Psicologia
Atitudes - Psicologia
 
Motivação..
Motivação..Motivação..
Motivação..
 
Aprendizagem
AprendizagemAprendizagem
Aprendizagem
 
Psicologia e Motivação
 Psicologia e Motivação Psicologia e Motivação
Psicologia e Motivação
 
Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1Relações Interpessoais 1
Relações Interpessoais 1
 
A terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamentalA terapia cognitivo comportamental
A terapia cognitivo comportamental
 
Auto estima da Mulher
Auto estima da MulherAuto estima da Mulher
Auto estima da Mulher
 
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.Power point   estereótipos, preconceitos e discriminação.
Power point estereótipos, preconceitos e discriminação.
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
 
2 Ainsword-Bion
2   Ainsword-Bion2   Ainsword-Bion
2 Ainsword-Bion
 
Bullying apresentação-flávia.
Bullying  apresentação-flávia.Bullying  apresentação-flávia.
Bullying apresentação-flávia.
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANOOS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
OS CICLOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO
 

Semelhante a Agressividade

Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
adajosem
 
Bullying área de projecto
Bullying   área de projectoBullying   área de projecto
Bullying área de projecto
gueste6dd3b1
 
Bullying área de projecto
Bullying   área de projectoBullying   área de projecto
Bullying área de projecto
gueste6dd3b1
 
Não ao bullying (1)
Não ao bullying (1)Não ao bullying (1)
Não ao bullying (1)
Karoline Amaral
 
Diga não ao bullyng
Diga não ao bullyngDiga não ao bullyng
Diga não ao bullyng
kakafefe
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Fenomeno bullying
Fenomeno bullyingFenomeno bullying
Fenomeno bullying
Naira Costa
 
Oquefazer
OquefazerOquefazer
Oquefazer
fc7c0809
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
MarceloInacio18
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escola
Patrícia Müller
 
Conflict
ConflictConflict
Conflict
Leonor Alves
 
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.pptApresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
Fabiano Rodrigues
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
JANICEROSSATTO2
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
JohnSouza51
 
bullyng.ppt
bullyng.pptbullyng.ppt
bullyng.ppt
TeresaCristina86
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
WesleyHSS
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
fcodacruz1919
 
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullyingApresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
ElkinRodrguez3
 
Agressividade na Infância
Agressividade na InfânciaAgressividade na Infância
Agressividade na Infância
Wagner Luiz Garcia Teodoro
 
Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying? Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying?
MuriloMorotti
 

Semelhante a Agressividade (20)

Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying área de projecto
Bullying   área de projectoBullying   área de projecto
Bullying área de projecto
 
Bullying área de projecto
Bullying   área de projectoBullying   área de projecto
Bullying área de projecto
 
Não ao bullying (1)
Não ao bullying (1)Não ao bullying (1)
Não ao bullying (1)
 
Diga não ao bullyng
Diga não ao bullyngDiga não ao bullyng
Diga não ao bullyng
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
 
Fenomeno bullying
Fenomeno bullyingFenomeno bullying
Fenomeno bullying
 
Oquefazer
OquefazerOquefazer
Oquefazer
 
cartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdfcartilhasaudementalnaescola.pdf
cartilhasaudementalnaescola.pdf
 
Cartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escolaCartilha saudementalna escola
Cartilha saudementalna escola
 
Conflict
ConflictConflict
Conflict
 
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.pptApresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
Apresentação sequência mostra de videos sobre bullying.ppt
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
 
bullyng.ppt
bullyng.pptbullyng.ppt
bullyng.ppt
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
 
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.pptapresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
apresentacao-sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying.ppt
 
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullyingApresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
Apresentacao sequencia-mostra-de-videos-sobre-bullying
 
Agressividade na Infância
Agressividade na InfânciaAgressividade na Infância
Agressividade na Infância
 
Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying? Por que as pessoas fazem bullying?
Por que as pessoas fazem bullying?
 

Último

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 

Agressividade

  • 1. agressividadeFeito por: Ana Batista nº5 Marta Janicas nº19 Patrícia Borges nº
  • 3. O que é?“Comportamentos geram comportamentos”Agressão: comportamento físico ou verbal realizado com a intenção de produzir sofrimento, dor ou prejuízo a uma pessoa, objectos ou a si próprio.
  • 5. A quem se dirige ?dissimuladadeslocadainibidaabertadirectahostilinstrumentalauto-agressão
  • 6. O que pode influenciar?
  • 7. As pessoas são ou ficam agressivas?Ela é importante para nós!
  • 9. Em adultos…Tao Te Ching: “ao conhecer os outros demonstra inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria.”Henry Boyle: “A viagem mais importante que fazemos na vida é a de encontrar com os outros o meio-termo.”
  • 10. Como manifesta?Aprendizagem socialEfeito cumulativo de frustração Agressão por parte de outremFrustração
  • 11. Pessoas aparentemente calmas…Pessoas autocontroladas tendem a controlar dentro de si o stresse das situações o que leva a aumentar a raiva dentro de si.
  • 12. No cérebro…1997 – experiencia feita na universidade da Califórnia feita por Raine41 reclusos - 41 cíveis livres -> submetidos ao PET-scan
  • 14. Escola: bullyingBully – agressor, pratica bullyingAlvo de bullying– agredido, vítima de bullyingAlvo e bully– umas vezes agressor, outras vezes agredidoTestemunha ocular – não praticam nem sofre bullying, mas vivem no mesmo ambiente.Indicadores de que é vítima:Acções do bully:Colocar apelidos depreciativosAssediarOfenderAmedrontarAmeaçarHumilharAgredirDiscriminarEmpurrarExcluirPerseguirDesprezaraparece com nódoas negras (com frequência)Diz que perdeu dinheiro ou materiais (com frequência)Briga muito com “amigos mais próximos”Mau humor constanteFica quieto e retraídoÉ agressivo com os irmãosEvita sair de casaEm mau aproveitamento escolarDemonstra ansiedade excessiva
  • 15. Escola: bullyingÉ um problema mundial e pode ocorrer não só em escolasOs pais ao tentarem resolver a questão devem ter cuidado para não expor seu filho. Se tomarem o caminho errado as acções dos bullies podem piorar. Como as escolas devem agir:A direcção da escola deve chamar a atenção do(s) aluno(s) que pratique(m) estes actos e alertar também seus pais dos agressores.Promover acções como:Jogos cooperativosActividades de inclusãoPalestra a respeito de idéiasde como trabalhar em grupo.Mostrar reportagens a respeito das consequências sofridas pelos bullies
  • 18. Como lidar com um agressor?Evite contra-atacar; Ajude a pessoa a sentir-se compreendida e encorajá-la a acalmar; Não interrompa nem tente provar o seu ponto de vista;  Demonstre pela expressão facial que está atento; Mantenha o seu tom de voz baixo;  Não argumente;   Termine a conversa dando a entender que no momento não a pode continuar e deixa a ideia de que a continuam noutro dia ou noutra hora.
  • 19. Como controlar?manter a calma;evitar discussões ou conflitos com outras pessoas;frequentar um psicólogo que o possa ajudar;
  • 20. Sentimento de culpa Quem comete actos agressivos contra a felicidade e a liberdade de outra, demonstra ignorância ao não conseguir compreender que apesar de momentaneamente esses actos lhe darem um enorme prazer com o passar do tempo esse prazer dissipa-se e dá lugar à culpa.