SlideShare uma empresa Scribd logo
Bullying 8 º C Trabalho Realizado: ,[object Object]
Ana Rita Lima............nº 7
Carolina Ramos..........nº 9,[object Object]
Características do Bullying …………………………………………..slide 2
Tipos de Bullying ………………………………………………………..slide 3
Efeitos do Bullying ………………………………………………………slide 4
O que podem fazer os pais para acabar com o bullying……slide 5,[object Object]
O que é o Bullying? Bullying é um termo inglês utilizado para descrever actos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objectivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender. Também existem as vítimas/agressoras, ou autores/alvos, que em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de Bullying pela turma.O Bullying pode ocorrer em situações envolvendo a escola ou faculdade/universidade, o local de trabalho, os vizinhos e até mesmo países. Qualquer que seja a situação, a estrutura de poder é tipicamente evidente entre o agressor e a vítima. Para aqueles fora do relacionamento, parece que o poder do agressor depende somente da percepção da vítima, que parece estar a mais intimidade para oferecer alguma resistência. Todavia, a vítima geralmente tem motivos para temer o agressor, devido às ameaças ou concretizações de violência física/sexual, ou perda dos meios de subsistência. Os actos de Bullying configuram actos ilícitos, não porque não estão autorizados pelo nosso ordenamento jurídico mas por desrespeitarem princípios constitucionais (ex: dignidade da pessoa humana) e o Código Civil, que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indemnizar. A responsabilidade pela prática de actos de Bullying pode se enquadrar também no Código de Defesa do Consumidor, tendo em vista que as escolas prestam serviço aos consumidores e são responsáveis por actos de Bullying que ocorram nesse contexto.
Características do Bullying  Pesquisas indicam que adolescentes agressores têm personalidades autoritárias, combinadas com uma forte necessidade de controlar ou dominar. Também tem sido sugerido que um deficiente sem habilidades sociais e um ponto de vista preconceituoso sobre subordinados podem ser factores de risco em particular. Estudos adicionais têm mostrado que enquanto inveja e ressentimento podem ser motivos para a prática do Bullying, ao contrário da crença popular, há pouca evidência que sugira que os bullies sofram de qualquer deficit de auto-estima. Outros pesquisadores também identificaram a rapidez em se enraivecer e usar a força, em acréscimo a comportamentos agressivos, o acto de encarar as acções de outros como hostis, a preocupação com a auto-imagem e o empenho em acções obsessivas ou rígidas.
Tipos de Bullying Formas usadas para intimidar as vítimas que muitas vezes, se sobrepõem. Acontecem entre os muros da escola e também no exterior. Físico: Qualquer tipo de violência, (estalos, murros, empurrões, etc.) cujo o objectivo é deixar marcas na vítima. Emocional ou Psicológico: Excluir das relações sociais, ameaçar e amedrontar são três das formas que assume esta estratégia. Outro é ridicularizar, gozando com as características, particulares - « gordo! » ou «  caixa de óculos! » Racista: Ofensa que tem como finalidade humilhar com base na cor da pele, e nas diferenças culturais ou religiosas. Ataques de fúria: Fazem transparecer uma irritabilidade latente, explodindo com facilidade, porque se frustram sem razão aparente.Um sintoma que por si só, atravessa toda a adolescência.  Sintomas Somáticos: Como estão ansiosos, podem desenvolver  algumas reacções físicas, como dores de cabeça, de estômago, insónias ou vómitos.Se essas maleitas persistirem, impõem-se redobrar a atenção.
Continuação.... Isolamento: A partir dos 12 anos, o grupo dos amigos ganha uma nova dimensão. Se um jovem refugiar em casa, se recusar atender telefonemas ou rejeitar as solicitações sociais naturais da sua idade, algo vai mal, com toda a certeza. Baixa do Rendimento Escolar: Pedem para não ir á escola e chegam a faltar. E como manifestam maior inquietude física e enormes dificuldades de concentração, especialmente nas aulas, as notas da escola tentem a piorar. Mais um factor de diminuição de auto-estima.  Conflitos entre Irmãos: Na impossibilidade de entrarem com os seus agressores  directos, os jovens descarreguem em casa. Se tiverem irmãos , as discussões com eles ganham outra dimensão. Auto-Agressão: Este sinal é de alerta vermelho e pode denunciar outros problemas típicos de adolescência, como a bulimia. Se um adolescente praticar automutilação usando um x-acto para se cortar, por exemplo, o caso é sério e obriga a uma investigação minuciosa – e apoiada por profissionais de saúde.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Bullying
Bullying  Bullying
Bullying
renatasbk
 
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Elisabete Guedes
 
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de CriancaBullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
flaviamazs
 
O que é o bullying
O que é o bullyingO que é o bullying
O que é o bullying
escola 2/3 Bernardino Machado
 
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos IiLiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
guest06a00c
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
Antonio Reali
 
Bulling trabalho
Bulling trabalhoBulling trabalho
Bulling trabalho
Helena Brown
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Folder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVBFolder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVB
Reginauro Ortega
 
Esteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolarEsteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolar
Licínia Simões
 
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalho
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalhoComo lidar com bullying e assédio no local de trabalho
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalho
Jair Santos
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
Antonio Reali
 
Projeto anti bullyng
Projeto anti bullyngProjeto anti bullyng
Projeto anti bullyng
Francineteproinfo
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
Thais Santos
 
Abuso sexual.01
Abuso sexual.01Abuso sexual.01
Abuso sexual.01
Artemosfera Cia de Artes
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
adajosem
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
Isabel Cabral
 
Bulling power
Bulling powerBulling power
Bulling power
martinsshirlene
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Eduardo Lopes
 
Ppt bullyng
Ppt bullyngPpt bullyng
Ppt bullyng
Rosana Zucoloto
 

Mais procurados (20)

Bullying
Bullying  Bullying
Bullying
 
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]Desdobrável bullying [iac   gulbenkian]
Desdobrável bullying [iac gulbenkian]
 
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de CriancaBullying - Nao e Coisa de Crianca
Bullying - Nao e Coisa de Crianca
 
O que é o bullying
O que é o bullyingO que é o bullying
O que é o bullying
 
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos IiLiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
LiçãO 07 Educando Os Filhos Ii
 
O bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combaterO bullying conhecer para combater
O bullying conhecer para combater
 
Bulling trabalho
Bulling trabalhoBulling trabalho
Bulling trabalho
 
Bullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunosBullying - Entre alunos
Bullying - Entre alunos
 
Folder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVBFolder bullyng da EEOIRVB
Folder bullyng da EEOIRVB
 
Esteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolarEsteja atentoaobullyingescolar
Esteja atentoaobullyingescolar
 
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalho
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalhoComo lidar com bullying e assédio no local de trabalho
Como lidar com bullying e assédio no local de trabalho
 
O bullying conhecer para combater cópia
O bullying conhecer para combater   cópiaO bullying conhecer para combater   cópia
O bullying conhecer para combater cópia
 
Projeto anti bullyng
Projeto anti bullyngProjeto anti bullyng
Projeto anti bullyng
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Abuso sexual.01
Abuso sexual.01Abuso sexual.01
Abuso sexual.01
 
Bullyng
BullyngBullyng
Bullyng
 
Bullying psicológico
Bullying   psicológicoBullying   psicológico
Bullying psicológico
 
Bulling power
Bulling powerBulling power
Bulling power
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Ppt bullyng
Ppt bullyngPpt bullyng
Ppt bullyng
 

Destaque

Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhasAap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
 
Artigo roland bioetica
Artigo roland bioeticaArtigo roland bioetica
Artigo roland bioetica
achanvca
 
Bach, richard juan salvador gaviota (version 2)
Bach, richard   juan salvador gaviota (version 2)Bach, richard   juan salvador gaviota (version 2)
Bach, richard juan salvador gaviota (version 2)
Camilo Guerrero
 
Planejamento de negocios 2013 apostila
Planejamento de negocios 2013   apostilaPlanejamento de negocios 2013   apostila
Planejamento de negocios 2013 apostila
Silvina Ramal
 
Notas dependência 2010
Notas dependência 2010Notas dependência 2010
Notas dependência 2010
João Salto
 
Apresentação DVR Automotivo Dotix
Apresentação DVR Automotivo DotixApresentação DVR Automotivo Dotix
Apresentação DVR Automotivo Dotix
NetPlus
 

Destaque (6)

Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhasAap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
Aap1ºsem2014 grade de análise das respostas para preenchimento das planilhas
 
Artigo roland bioetica
Artigo roland bioeticaArtigo roland bioetica
Artigo roland bioetica
 
Bach, richard juan salvador gaviota (version 2)
Bach, richard   juan salvador gaviota (version 2)Bach, richard   juan salvador gaviota (version 2)
Bach, richard juan salvador gaviota (version 2)
 
Planejamento de negocios 2013 apostila
Planejamento de negocios 2013   apostilaPlanejamento de negocios 2013   apostila
Planejamento de negocios 2013 apostila
 
Notas dependência 2010
Notas dependência 2010Notas dependência 2010
Notas dependência 2010
 
Apresentação DVR Automotivo Dotix
Apresentação DVR Automotivo DotixApresentação DVR Automotivo Dotix
Apresentação DVR Automotivo Dotix
 

Semelhante a Bullying área de projecto

Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
inclusaodigital2011
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
MarshmallowAzul
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
luadeouro
 
Bullying marcelo
Bullying marceloBullying marcelo
Bullying marcelo
Marcelo da Rocha Carvalho
 
Panfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullyingPanfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullying
Faculdade União de Goyazes
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
Fabio Cruz
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
BullyingBullying
Bullying
catherineee
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
catherineee
 
entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
 entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab... entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
Dores Pinto
 
A para quem ainda não sabe
A para quem ainda não sabeA para quem ainda não sabe
A para quem ainda não sabe
29portugal
 
O que é bullying
O que é bullyingO que é bullying
O que é bullying
Escola Dom Inácio
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying liliana (1)
Bullying liliana (1)Bullying liliana (1)
Bullying liliana (1)
Liliana Queirós Fonseca
 
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptxSlide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
TatyaneSantana1
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
Sonia Galves
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
Sonia Galves
 
BULLYING
BULLYINGBULLYING
BULLYING
ParJov
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
Brunaksilva
 

Semelhante a Bullying área de projecto (20)

Bullying na escola
Bullying na escolaBullying na escola
Bullying na escola
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bulling
BullingBulling
Bulling
 
Bullying marcelo
Bullying marceloBullying marcelo
Bullying marcelo
 
Panfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullyingPanfleto sobre bullying
Panfleto sobre bullying
 
Textos sobre bullying
Textos sobre bullyingTextos sobre bullying
Textos sobre bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
 entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab... entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
entrepalavras2 - jornal do Agrupamento de escolas José Silvestre Ribeiro- ab...
 
A para quem ainda não sabe
A para quem ainda não sabeA para quem ainda não sabe
A para quem ainda não sabe
 
O que é bullying
O que é bullyingO que é bullying
O que é bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying liliana (1)
Bullying liliana (1)Bullying liliana (1)
Bullying liliana (1)
 
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptxSlide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
Slide Artigo Científico Jacqueline Kelly Almeida.pptx
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
 
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
C:\Documents And Settings\Aluno\Meus Documentos\Trabalhos Prontos 2010 Sonia\...
 
BULLYING
BULLYINGBULLYING
BULLYING
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Bullying
BullyingBullying
Bullying
 

Último

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 

Último (20)

planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 

Bullying área de projecto

  • 1.
  • 3.
  • 4. Características do Bullying …………………………………………..slide 2
  • 5. Tipos de Bullying ………………………………………………………..slide 3
  • 6. Efeitos do Bullying ………………………………………………………slide 4
  • 7.
  • 8. O que é o Bullying? Bullying é um termo inglês utilizado para descrever actos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos com o objectivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz(es) de se defender. Também existem as vítimas/agressoras, ou autores/alvos, que em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de Bullying pela turma.O Bullying pode ocorrer em situações envolvendo a escola ou faculdade/universidade, o local de trabalho, os vizinhos e até mesmo países. Qualquer que seja a situação, a estrutura de poder é tipicamente evidente entre o agressor e a vítima. Para aqueles fora do relacionamento, parece que o poder do agressor depende somente da percepção da vítima, que parece estar a mais intimidade para oferecer alguma resistência. Todavia, a vítima geralmente tem motivos para temer o agressor, devido às ameaças ou concretizações de violência física/sexual, ou perda dos meios de subsistência. Os actos de Bullying configuram actos ilícitos, não porque não estão autorizados pelo nosso ordenamento jurídico mas por desrespeitarem princípios constitucionais (ex: dignidade da pessoa humana) e o Código Civil, que determina que todo ato ilícito que cause dano a outrem gera o dever de indemnizar. A responsabilidade pela prática de actos de Bullying pode se enquadrar também no Código de Defesa do Consumidor, tendo em vista que as escolas prestam serviço aos consumidores e são responsáveis por actos de Bullying que ocorram nesse contexto.
  • 9. Características do Bullying Pesquisas indicam que adolescentes agressores têm personalidades autoritárias, combinadas com uma forte necessidade de controlar ou dominar. Também tem sido sugerido que um deficiente sem habilidades sociais e um ponto de vista preconceituoso sobre subordinados podem ser factores de risco em particular. Estudos adicionais têm mostrado que enquanto inveja e ressentimento podem ser motivos para a prática do Bullying, ao contrário da crença popular, há pouca evidência que sugira que os bullies sofram de qualquer deficit de auto-estima. Outros pesquisadores também identificaram a rapidez em se enraivecer e usar a força, em acréscimo a comportamentos agressivos, o acto de encarar as acções de outros como hostis, a preocupação com a auto-imagem e o empenho em acções obsessivas ou rígidas.
  • 10. Tipos de Bullying Formas usadas para intimidar as vítimas que muitas vezes, se sobrepõem. Acontecem entre os muros da escola e também no exterior. Físico: Qualquer tipo de violência, (estalos, murros, empurrões, etc.) cujo o objectivo é deixar marcas na vítima. Emocional ou Psicológico: Excluir das relações sociais, ameaçar e amedrontar são três das formas que assume esta estratégia. Outro é ridicularizar, gozando com as características, particulares - « gordo! » ou « caixa de óculos! » Racista: Ofensa que tem como finalidade humilhar com base na cor da pele, e nas diferenças culturais ou religiosas. Ataques de fúria: Fazem transparecer uma irritabilidade latente, explodindo com facilidade, porque se frustram sem razão aparente.Um sintoma que por si só, atravessa toda a adolescência. Sintomas Somáticos: Como estão ansiosos, podem desenvolver algumas reacções físicas, como dores de cabeça, de estômago, insónias ou vómitos.Se essas maleitas persistirem, impõem-se redobrar a atenção.
  • 11. Continuação.... Isolamento: A partir dos 12 anos, o grupo dos amigos ganha uma nova dimensão. Se um jovem refugiar em casa, se recusar atender telefonemas ou rejeitar as solicitações sociais naturais da sua idade, algo vai mal, com toda a certeza. Baixa do Rendimento Escolar: Pedem para não ir á escola e chegam a faltar. E como manifestam maior inquietude física e enormes dificuldades de concentração, especialmente nas aulas, as notas da escola tentem a piorar. Mais um factor de diminuição de auto-estima. Conflitos entre Irmãos: Na impossibilidade de entrarem com os seus agressores directos, os jovens descarreguem em casa. Se tiverem irmãos , as discussões com eles ganham outra dimensão. Auto-Agressão: Este sinal é de alerta vermelho e pode denunciar outros problemas típicos de adolescência, como a bulimia. Se um adolescente praticar automutilação usando um x-acto para se cortar, por exemplo, o caso é sério e obriga a uma investigação minuciosa – e apoiada por profissionais de saúde.
  • 12.
  • 13. Perda de auto-estima;
  • 14. Tristeza e irritação;
  • 15. Medo de expressar emoções;
  • 16. Problemas de relacionamento;
  • 17. Abuso de drogas e álcool;
  • 18.
  • 19. Alta rotatividade do quadro de pessoal;
  • 20. Desrespeito pelos professores;
  • 21. Número de faltas elevado;
  • 22.
  • 23. Continuação... 5. Aprofundar mais o assunto. Se não estiver satisfeito com a forma como a escola está a lidar com a situação, pode contactar a Local Education Authority (Autoridade local para a Educação) e o Conselho Superior da escola. Se este comportamento implicar actos de violência, deve contactar a polícia. Em termos jurídicos, a polícia não pode agir contra uma criança com idade inferior a 10 anos, mas pode fazer um sério aviso ao agressor em frente dos seus pais. Deve seguir os meios correctos e não deve fazer justiça pelas próprias mãos. É importante não confrontar o agressor ou os seus pais, uma vez que essa atitude pode conduzir a discussões graves e trazer mais problemas para si e para o seu filho. Não deixe que o seu filho falte às aulas Mesmo que o seu filho esteja descontente, não deixe que ele falte às aulas. Os pais podem ser acusados de estar a impedir o acesso dos filhos à escola. O melhor que pode fazer é garantir ao seu filho que a situação está a ser resolvida e que ele não tem culpa de nada. SE DESCONFIAR QUE O SEU FILHO ESTÁ A INTIMIDAR OS OUTROS Para além da necessidade de estar atento a sinais que indiquem que o seu filho está a ser vítima de intimidação, deve também estar atento a sinais que indiquem que o seu filho pode estar a intimidar os outros. O seu filho pode estar a copiar um comportamento agressivo sem se aperceber que isso está errado, ou pode ser uma forma de expressar os seus sentimentos, caso esteja a passar por um período difícil. • Fale com o seu filho sobre o porquê desse comportamento e tente explicar-lhe o efeito nefasto que esse comportamento tem nos outros. • Mostre-lhe que ninguém na sua família recorre à agressividade ou à força para obter o que quer que seja e mostre-lhe de que forma pode conviver com os outros sem necessitar de os intimidar. • Discuta a situação com o professor ou director de turma do seu filho para saber de que forma podem, em conjunto com a escola, acabar com o comportamento agressivo. • Certifique-se de que o seu filho sabe que é amado e apoiado e incentive-o bastante sempre que faz algo de bom em relação a terceiros. • Fale regularmente sobre a situação e certifique-se de que não há problemas graves subjacentes a esta fase de intimidação.