SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Actividades Experimentais Identificação de alguns nutrientes em alimentos: ,[object Object]
Glícidos
LípidosProf. Tânia Reis							  CN6
Material e Reagentes 2 tubos de ensaio Pipeta graduada Pipeta Pasteur Suporte de tubos de ensaio Solução de hidróxido de sódio Solução de sulfato de cobre Água Leite 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
Procedimento: Identifica dois tubos de ensaio, com as letras A e B. Mede, com a pipeta, 2 ml de água e 2 ml de leite. Coloca a água no tubo A e o leite no tubo B. Adiciona, a cada tubo de ensaio, 4 ml de hidróxido de sódio. Junta, a cada tubo, 3 a 5 gotas de solução de sulfato de cobre e agita os tubos suavemente. Observa os resultados. 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
Tubo A Tubo B 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
Informação: O aparecimento de uma coloração violeta, depois da adição de hidróxido de sódio e do sulfato de cobre, indica a presença de proteínas. Proteínas 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
Observação: Tubo B Tubo A 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
1ª Investigação:Identificação de Proteínas Discussão: Que grupos de nutrientes se identificou no tubo de ensaio que continha o leite? Justifica a tua resposta com base na informação. No tubo que continha o leite identificaram-se proteínas, já que os reagentes indicadores mudaram de cor para violeta, indicando assim a presença de proteínas.
Material e reagentes: 4 vidros de relógio Pipeta de Pasteur Lugol Um pedaço de pão Rodelas de cenoura Uma batata descascada Um pacotinho de açúcar 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
Procedimento: Coloca sobre os vidros de relógio umpedaço de batata descascada, um pedaço de pão, um pouco de açúcar e uma rodela de cenoura. Com o conta-gotas, coloca duas a três gotas de lugol sobre cada um dos alimentos. 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
Informação: O lugol identifica a presença de amido (um nutriente que faz parte do grupo dos glícidos) pois na sua presença adquire uma cor azul intensa. Glícidos 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
[object Object],Cenoura Açúcar Batata Pão 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
2ª Investigação:Identificação de Glícidos Discussão: Qual o nutriente que se identificou na batata? Justifica a tua resposta com base na informação recebida. Na batata, tal como no pão e na cenoura, identificou-se amido, já que o lugol alterou a sua cor (castanho) para azul escuro, indicando assim a presença de amido, nutriente que pertence aos glícidos.
3ª Investigação:Identificação de Lípidos Material e reagentes: 2 tubos de ensaio Suporte de tubos de ensaio Pipeta de Pasteur Pipeta graduada Sudão III Água Azeite
3ª Investigação:Identificação de Lípidos Procedimento: Identifica dois tubos de ensaio, com as letras A e B. Coloca 2 ml de água em cada tubo. Adiciona, no tubo A, 2 ml de azeite. Junta, a cada tubo, cerca de 4 a 5 gotas de Sudão III.
3ª Investigação:Identificação de Lípidos Informação: O Sudão III identifica a presença de lípidos formando uma película de cor vermelha à superfície. Lípidos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquemaPaulo Portelada
 
Cesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-SistematizaçãoCesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-SistematizaçãoDina Baptista
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Raquel Antunes
 
Ficha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadasFicha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadaszedobarco3
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Inês Moreira
 
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoTeste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoRonaldo Figo
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas713773
 
Teste digestivo 9º b
Teste digestivo 9º bTeste digestivo 9º b
Teste digestivo 9º bMINEDU
 
Actividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientesActividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientesTânia Reis
 
Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º anoLuis Antonio
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo713773
 
Pronominalização - exercícios
Pronominalização - exercíciosPronominalização - exercícios
Pronominalização - exercíciosLurdes Augusto
 
Método Científico
Método CientíficoMétodo Científico
Método Científicomargaridabt
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadoresgracacruz
 
Ensaio Filosófico
Ensaio FilosóficoEnsaio Filosófico
Ensaio Filosóficonanasimao
 

Mais procurados (20)

10º testes leya
10º testes leya10º testes leya
10º testes leya
 
Orações coordenadas e subordinadas esquema
Orações coordenadas e subordinadas   esquemaOrações coordenadas e subordinadas   esquema
Orações coordenadas e subordinadas esquema
 
Cesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-SistematizaçãoCesário Verde-Sistematização
Cesário Verde-Sistematização
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Ficha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadasFicha de orações subordinadas
Ficha de orações subordinadas
 
Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"Análise do episódio "Inês de Castro"
Análise do episódio "Inês de Castro"
 
Teste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadasTeste 9º os lusíadas
Teste 9º os lusíadas
 
Teste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 anoTeste poesia trovadoresca 10 ano
Teste poesia trovadoresca 10 ano
 
Categorias da narrativa
Categorias da narrativaCategorias da narrativa
Categorias da narrativa
 
Sílabas Métricas
Sílabas MétricasSílabas Métricas
Sílabas Métricas
 
Teste digestivo 9º b
Teste digestivo 9º bTeste digestivo 9º b
Teste digestivo 9º b
 
Actividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientesActividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientes
 
Gramática 11º ano
Gramática 11º anoGramática 11º ano
Gramática 11º ano
 
Funções sintáticas
Funções sintáticasFunções sintáticas
Funções sintáticas
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo
 
Pronominalização - exercícios
Pronominalização - exercíciosPronominalização - exercícios
Pronominalização - exercícios
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
 
Método Científico
Método CientíficoMétodo Científico
Método Científico
 
Modificadores
ModificadoresModificadores
Modificadores
 
Ensaio Filosófico
Ensaio FilosóficoEnsaio Filosófico
Ensaio Filosófico
 

Destaque

Reação do Iodo ao Amido
Reação do Iodo ao AmidoReação do Iodo ao Amido
Reação do Iodo ao AmidoANiteroi
 
Actividade experimental digestão
Actividade experimental digestãoActividade experimental digestão
Actividade experimental digestãoTânia Reis
 
Relatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínasRelatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínasIlana Moura
 
Funções Basicas do Alimento no Corpo Humano
Funções Basicas do Alimento no Corpo HumanoFunções Basicas do Alimento no Corpo Humano
Funções Basicas do Alimento no Corpo Humanopatgunu
 
Elaborar Um Relatorio
Elaborar Um RelatorioElaborar Um Relatorio
Elaborar Um RelatorioJose Vieira
 
Meu pe de laranja lima ( amanda )
Meu pe de laranja lima ( amanda )Meu pe de laranja lima ( amanda )
Meu pe de laranja lima ( amanda )amanda pedro
 
Ficha leitur pé de laranja lima
Ficha leitur  pé de laranja limaFicha leitur  pé de laranja lima
Ficha leitur pé de laranja limabibliotecap
 

Destaque (8)

Reação do Iodo ao Amido
Reação do Iodo ao AmidoReação do Iodo ao Amido
Reação do Iodo ao Amido
 
Actividade experimental digestão
Actividade experimental digestãoActividade experimental digestão
Actividade experimental digestão
 
Relatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínasRelatório precipitação das proteínas
Relatório precipitação das proteínas
 
Funções Basicas do Alimento no Corpo Humano
Funções Basicas do Alimento no Corpo HumanoFunções Basicas do Alimento no Corpo Humano
Funções Basicas do Alimento no Corpo Humano
 
Elaborar Um Relatorio
Elaborar Um RelatorioElaborar Um Relatorio
Elaborar Um Relatorio
 
AMIDO NA PANIFICAÇÃO
AMIDO NA PANIFICAÇÃOAMIDO NA PANIFICAÇÃO
AMIDO NA PANIFICAÇÃO
 
Meu pe de laranja lima ( amanda )
Meu pe de laranja lima ( amanda )Meu pe de laranja lima ( amanda )
Meu pe de laranja lima ( amanda )
 
Ficha leitur pé de laranja lima
Ficha leitur  pé de laranja limaFicha leitur  pé de laranja lima
Ficha leitur pé de laranja lima
 

Mais de Tânia Reis

Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaTânia Reis
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentespTânia Reis
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra pTânia Reis
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço pTânia Reis
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaçoTânia Reis
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivosTânia Reis
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida Tânia Reis
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaTânia Reis
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialTânia Reis
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço pTânia Reis
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratórioTânia Reis
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatórioTânia Reis
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonalTânia Reis
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedadeTânia Reis
 

Mais de Tânia Reis (20)

ficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdfficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdf
 
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vida
 
Princ geologia
Princ geologiaPrinc geologia
Princ geologia
 
Etapasp
EtapaspEtapasp
Etapasp
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentesp
 
Datacaop
DatacaopDatacaop
Datacaop
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra p
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacial
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
 

Actividades experimentais

  • 1.
  • 4. Material e Reagentes 2 tubos de ensaio Pipeta graduada Pipeta Pasteur Suporte de tubos de ensaio Solução de hidróxido de sódio Solução de sulfato de cobre Água Leite 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
  • 5. Procedimento: Identifica dois tubos de ensaio, com as letras A e B. Mede, com a pipeta, 2 ml de água e 2 ml de leite. Coloca a água no tubo A e o leite no tubo B. Adiciona, a cada tubo de ensaio, 4 ml de hidróxido de sódio. Junta, a cada tubo, 3 a 5 gotas de solução de sulfato de cobre e agita os tubos suavemente. Observa os resultados. 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
  • 6. Tubo A Tubo B 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
  • 7. Informação: O aparecimento de uma coloração violeta, depois da adição de hidróxido de sódio e do sulfato de cobre, indica a presença de proteínas. Proteínas 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
  • 8. Observação: Tubo B Tubo A 1ª Investigação:Identificação de Proteínas
  • 9. 1ª Investigação:Identificação de Proteínas Discussão: Que grupos de nutrientes se identificou no tubo de ensaio que continha o leite? Justifica a tua resposta com base na informação. No tubo que continha o leite identificaram-se proteínas, já que os reagentes indicadores mudaram de cor para violeta, indicando assim a presença de proteínas.
  • 10. Material e reagentes: 4 vidros de relógio Pipeta de Pasteur Lugol Um pedaço de pão Rodelas de cenoura Uma batata descascada Um pacotinho de açúcar 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
  • 11. Procedimento: Coloca sobre os vidros de relógio umpedaço de batata descascada, um pedaço de pão, um pouco de açúcar e uma rodela de cenoura. Com o conta-gotas, coloca duas a três gotas de lugol sobre cada um dos alimentos. 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
  • 12. Informação: O lugol identifica a presença de amido (um nutriente que faz parte do grupo dos glícidos) pois na sua presença adquire uma cor azul intensa. Glícidos 2ª Investigação:Identificação de Glícidos
  • 13.
  • 14. 2ª Investigação:Identificação de Glícidos Discussão: Qual o nutriente que se identificou na batata? Justifica a tua resposta com base na informação recebida. Na batata, tal como no pão e na cenoura, identificou-se amido, já que o lugol alterou a sua cor (castanho) para azul escuro, indicando assim a presença de amido, nutriente que pertence aos glícidos.
  • 15. 3ª Investigação:Identificação de Lípidos Material e reagentes: 2 tubos de ensaio Suporte de tubos de ensaio Pipeta de Pasteur Pipeta graduada Sudão III Água Azeite
  • 16. 3ª Investigação:Identificação de Lípidos Procedimento: Identifica dois tubos de ensaio, com as letras A e B. Coloca 2 ml de água em cada tubo. Adiciona, no tubo A, 2 ml de azeite. Junta, a cada tubo, cerca de 4 a 5 gotas de Sudão III.
  • 17. 3ª Investigação:Identificação de Lípidos Informação: O Sudão III identifica a presença de lípidos formando uma película de cor vermelha à superfície. Lípidos
  • 18.
  • 19. 3ª Investigação:Identificação de Lípidos Discussão: Que grupo de nutrientes se identificou no azeite? Justifica a tua resposta com base na informação recebida. No azeite identificaram-se lípidos já que, na presença deste nutriente, o Sudão III forma um precipitado vermelho, insolúvel.