SlideShare uma empresa Scribd logo
Sermão de Santo António aos Peixes

Padre António Vieira
Capítulo V
 No capítulo V do Sermão, Vieira

repreende os vícios de quatro peixes
com o intuito de os evidenciar nos
Homens.
Capítulo V
Roncador
Comportamento
e características

Traços humanos
representados

Personagens
com esse
comportamento

•Pequenos

•Arrogância

• São Pedro;

•Emitem um
som grave

•Orgulho

• Golias;

•Soberba

• Caifás e
Pilatos.

•Vaidade

Contraste com Santo
António

António tinha saber e
poder, mas não se
vangloriava.
Capítulo V
O

que costuma transformar
roncadores (arrogantes)?
SABER

os

homens

em

PODER

calar e imitar Santo António

detinha o poder e a
sabedoria

"(...)ninguém houve jamais que
o ouvisse falar em saber ou
poder (...)"

Caifás e Pilatos

"(...) roncava de
saber (...)"

"(...) roncava de
poder (...)"
Capítulo V
Pegador
Comportamento
e características

Traços humanos
representados

•Pequenos

•Oportunismo

•Ficam-se a
peixes grandes
ou a lemes dos
navios

•Parasitismo
social
•Subserviência

Personagens
com esse
comportamento

Contraste com Santo
António

• Seguidores de
Herodes

Santo António
«pegou-se» apenas
a Cristo e segui-O.

• os que
Nabucodonosor
sustentava
Capítulo V
 Qual é o defeito dos homens que se pegou as estes

peixes?
RONHA

Manha

Astúcia

Ronha

Esperteza

Malícia
Capítulo V
 Este peixe é "mais astuto que generoso" porque …

vive às custas dos peixes
maiores.

 os "pegadores" que Padre António Vieira pretende

atingir são…
pessoas que se associam a
quem tem mais poder
passando a depender delas.
Capítulo V
 Voadores
Comportamento
e características

Traços humanos
representados

Peixes de
grandes
barbatanas que
saltam para fora
de água como
se voassem.

Ambição
desmedida

Personagens
com esse
comportamento

• Simão Mago;
• Ícaro.

Contraste com Santo
António

António tinha o poder
da sabedoria mas
não se vangloriou.
Capítulo V
 Os peixes voadores não são aves porque têm…

espinhas e escamas.

 os "pegadores" que Padre António Vieira pretende

atingir são…
pessoas que se associam a
quem tem mais poder
passando a depender delas.
Capítulo V
 Contra-argumento: “Dir-me-eis, voador, que vos deu Deus

maiores barbatanas que aos outros de vosso tamanho”

Refutação: Isso não é motivo para utilizarem barbatanas grandes como asas,
pois voar traz-lhes mais perigos.

perigos de peixe

perigos de ave

Este é o castigo por ambicionarem ser melhor do que os
outros.
Esta ambição faz com que sejam mais infelizes que
todos os outros peixes.
Capítulo V
Polvo
Comportamento
e características

•Tem um capelo,
tentáculos e um
corpo mole.
•Pode camuflarse.

Traços humanos
representados

•Hipocrisia
•Traição
•Dissimulação
•Disfarce

Personagens
com esse
comportamento

• Judas

Contraste com Santo
António

António foi sincero e
verdadeiro (nunca
enganou).
Capítulo V
 O polvo aparenta ser, mas na verdade é…

monge

O maior traidor do
mar.

estrela
brandura e
mansidão

Comparações que descrevem as
qualidades que o polvo aparenta
ter, mas que, de facto, não
passam de uma "aparência tão
modesta" e "hipocrisia tão santa".

S. Basílio e Santo Ambrósio
têm igual opinião. (reforço
da argumentação do orador)
Capítulo V
 A traição do polvo consiste em se vestir ou pintar das

mesmas cores de todas aquelas cores a que está pegado
Capítulo V
 Orador refere que também na terra existem traidores, mais

concretamente os moradores e colonos do Maranhão que
enganam e roubam os índios de diversas maneiras.…

Santo António surge
como a antítese do
polvo.

puro exemplar da candura,
da sinceridade e da verdade, onde nunca houve
dolo, fingimento ou engano.”
Capítulo V
 Alegoricamente, Padre António Vieira repreende os vícios de quatro

peixes que, na verdade, funcionam como símbolos dos vícios dos
colonos de São Luís do Maranhão.

soberba

parasitismo

ambição

traição

Contrastam
com o exemplo
que devem
imitar: Santo
António

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereira
David Caçador
 
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos PeixesEstrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
António Fernandes
 
O resumo de Os Maias
O resumo de Os MaiasO resumo de Os Maias
O resumo de Os Maias
António Fernandes
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
Aparecida Mallagoli
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
Helena Coutinho
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
Daniel Sousa
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
ameliapadrao
 
Cesario Verde Ave Marias Ana Catarina E Ana Sofia
Cesario Verde   Ave Marias   Ana Catarina E Ana SofiaCesario Verde   Ave Marias   Ana Catarina E Ana Sofia
Cesario Verde Ave Marias Ana Catarina E Ana Sofia
Joana Azevedo
 
Frei luís de sousa
Frei luís de sousaFrei luís de sousa
Frei luís de sousa
Margarida Tomaz
 
Cap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geralCap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geral
Helena Coutinho
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
Maria Teresa Soveral
 
Louvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixesLouvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixes
Dina Baptista
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
gracacruz
 
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Alexandra Madail
 
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixes
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixesEstrutura do sermão de sto antónio aos peixes
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixes
beonline5
 
Um mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadosoUm mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadoso
Helena Coutinho
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
Liliana Matos
 
Os Maias - personagens
Os Maias - personagensOs Maias - personagens
Os Maias - personagens
António Fernandes
 
Corrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os MaiasCorrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os Maias
mauro dinis
 

Mais procurados (20)

Gil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereiraGil vicente, farsa de inês pereira
Gil vicente, farsa de inês pereira
 
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos PeixesEstrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
Estrutura do Sermão de Santo António aos Peixes
 
O resumo de Os Maias
O resumo de Os MaiasO resumo de Os Maias
O resumo de Os Maias
 
Amor de perdição
Amor de perdiçãoAmor de perdição
Amor de perdição
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
 
Cesario Verde Ave Marias Ana Catarina E Ana Sofia
Cesario Verde   Ave Marias   Ana Catarina E Ana SofiaCesario Verde   Ave Marias   Ana Catarina E Ana Sofia
Cesario Verde Ave Marias Ana Catarina E Ana Sofia
 
Frei luís de sousa
Frei luís de sousaFrei luís de sousa
Frei luís de sousa
 
Cap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geralCap iv repreensões geral
Cap iv repreensões geral
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
 
Louvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixesLouvor das virtudes aos peixes
Louvor das virtudes aos peixes
 
Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"Power point "Frei Luís de Sousa"
Power point "Frei Luís de Sousa"
 
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António VieiraCapítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
Capítulo III Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
 
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixes
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixesEstrutura do sermão de sto antónio aos peixes
Estrutura do sermão de sto antónio aos peixes
 
Um mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadosoUm mover de olhos brando e piadoso
Um mover de olhos brando e piadoso
 
Sermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixesSermao de santo antonio aos peixes
Sermao de santo antonio aos peixes
 
Os Maias - personagens
Os Maias - personagensOs Maias - personagens
Os Maias - personagens
 
Corrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os MaiasCorrida De Cavalos - Os Maias
Corrida De Cavalos - Os Maias
 

Destaque

Cap vi
Cap viCap vi
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
EuniceCarmo
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e IIISermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Dina Baptista
 
Redução da Camada de Ozono
Redução da Camada de OzonoRedução da Camada de Ozono
Redução da Camada de Ozono
Fajac
 
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRAApresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
ecolealcamara
 
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensõesSermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
Maria João Maia
 
A Filosofia E Outros Saberes
A Filosofia E Outros SaberesA Filosofia E Outros Saberes
A Filosofia E Outros Saberes
João Lamas
 
Características da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica AcrobáticaCaracterísticas da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica Acrobática
waldeck
 
Ginástica acrobática
Ginástica acrobáticaGinástica acrobática
Ginástica acrobática
franciscaf
 

Destaque (9)

Cap vi
Cap viCap vi
Cap vi
 
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo VSermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
Sermão de santo antónio aos peixes - Capítulo V
 
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e IIISermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
Sermão de Santo António aos Peixes - Cap. II e III
 
Redução da Camada de Ozono
Redução da Camada de OzonoRedução da Camada de Ozono
Redução da Camada de Ozono
 
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRAApresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
Apresentação peixes SERMÃO Pd ANTÓNIO VIEIRA
 
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensõesSermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
Sermão de santo antonio aos peixes - resumo dos louvores e repreensões
 
A Filosofia E Outros Saberes
A Filosofia E Outros SaberesA Filosofia E Outros Saberes
A Filosofia E Outros Saberes
 
Características da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica AcrobáticaCaracterísticas da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica Acrobática
 
Ginástica acrobática
Ginástica acrobáticaGinástica acrobática
Ginástica acrobática
 

Semelhante a Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira

Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixesResumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
Cristina Lourenço
 
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticosResumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
Inácio Vitorino
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
Rafael Nadal
 
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo vSermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
Rita Magalhães
 
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdfSermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
brunabrogueira
 
Sermão Santo António
Sermão Santo AntónioSermão Santo António
Sermão Santo António
mariavaicomletras
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
luisprista
 
Portugues8 2
Portugues8 2Portugues8 2
Portugues8 2
Pedro Vaz
 
Sermão de Santo António aos peixes
Sermão de Santo António aos peixes Sermão de Santo António aos peixes
Sermão de Santo António aos peixes
nanasimao
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
Jose Pinto Cardoso
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
vermar2010
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
marfat
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
marfat
 

Semelhante a Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira (20)

Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixesResumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes
 
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticosResumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
Resumo do-sermao-de-santo-antonio-aos-peixes.pdf recursos estilisticos
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
 
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo vSermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
Sermao de S. Antonio aos peixes - Capítulo v
 
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdfSermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
Sermão de Santo António aos Peixes- cap III IV e V.pdf
 
Sermão Santo António
Sermão Santo AntónioSermão Santo António
Sermão Santo António
 
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 43-44
 
Portugues8 2
Portugues8 2Portugues8 2
Portugues8 2
 
Sermão de Santo António aos peixes
Sermão de Santo António aos peixes Sermão de Santo António aos peixes
Sermão de Santo António aos peixes
 
Sermodesantoantnioaospeixes
SermodesantoantnioaospeixesSermodesantoantnioaospeixes
Sermodesantoantnioaospeixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)Sermão de santo antónio aos peixes(2)
Sermão de santo antónio aos peixes(2)
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixesSermão de santo antónio aos peixes
Sermão de santo antónio aos peixes
 
Sermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos PeixesSermão de Santo António aos Peixes
Sermão de Santo António aos Peixes
 

Capítulo V Sermão Santo António aos Peixes Padre António Vieira

  • 1. Sermão de Santo António aos Peixes Padre António Vieira
  • 2. Capítulo V  No capítulo V do Sermão, Vieira repreende os vícios de quatro peixes com o intuito de os evidenciar nos Homens.
  • 3. Capítulo V Roncador Comportamento e características Traços humanos representados Personagens com esse comportamento •Pequenos •Arrogância • São Pedro; •Emitem um som grave •Orgulho • Golias; •Soberba • Caifás e Pilatos. •Vaidade Contraste com Santo António António tinha saber e poder, mas não se vangloriava.
  • 4. Capítulo V O que costuma transformar roncadores (arrogantes)? SABER os homens em PODER calar e imitar Santo António detinha o poder e a sabedoria "(...)ninguém houve jamais que o ouvisse falar em saber ou poder (...)" Caifás e Pilatos "(...) roncava de saber (...)" "(...) roncava de poder (...)"
  • 5. Capítulo V Pegador Comportamento e características Traços humanos representados •Pequenos •Oportunismo •Ficam-se a peixes grandes ou a lemes dos navios •Parasitismo social •Subserviência Personagens com esse comportamento Contraste com Santo António • Seguidores de Herodes Santo António «pegou-se» apenas a Cristo e segui-O. • os que Nabucodonosor sustentava
  • 6. Capítulo V  Qual é o defeito dos homens que se pegou as estes peixes? RONHA Manha Astúcia Ronha Esperteza Malícia
  • 7. Capítulo V  Este peixe é "mais astuto que generoso" porque … vive às custas dos peixes maiores.  os "pegadores" que Padre António Vieira pretende atingir são… pessoas que se associam a quem tem mais poder passando a depender delas.
  • 8. Capítulo V  Voadores Comportamento e características Traços humanos representados Peixes de grandes barbatanas que saltam para fora de água como se voassem. Ambição desmedida Personagens com esse comportamento • Simão Mago; • Ícaro. Contraste com Santo António António tinha o poder da sabedoria mas não se vangloriou.
  • 9. Capítulo V  Os peixes voadores não são aves porque têm… espinhas e escamas.  os "pegadores" que Padre António Vieira pretende atingir são… pessoas que se associam a quem tem mais poder passando a depender delas.
  • 10. Capítulo V  Contra-argumento: “Dir-me-eis, voador, que vos deu Deus maiores barbatanas que aos outros de vosso tamanho” Refutação: Isso não é motivo para utilizarem barbatanas grandes como asas, pois voar traz-lhes mais perigos. perigos de peixe perigos de ave Este é o castigo por ambicionarem ser melhor do que os outros. Esta ambição faz com que sejam mais infelizes que todos os outros peixes.
  • 11. Capítulo V Polvo Comportamento e características •Tem um capelo, tentáculos e um corpo mole. •Pode camuflarse. Traços humanos representados •Hipocrisia •Traição •Dissimulação •Disfarce Personagens com esse comportamento • Judas Contraste com Santo António António foi sincero e verdadeiro (nunca enganou).
  • 12. Capítulo V  O polvo aparenta ser, mas na verdade é… monge O maior traidor do mar. estrela brandura e mansidão Comparações que descrevem as qualidades que o polvo aparenta ter, mas que, de facto, não passam de uma "aparência tão modesta" e "hipocrisia tão santa". S. Basílio e Santo Ambrósio têm igual opinião. (reforço da argumentação do orador)
  • 13. Capítulo V  A traição do polvo consiste em se vestir ou pintar das mesmas cores de todas aquelas cores a que está pegado
  • 14. Capítulo V  Orador refere que também na terra existem traidores, mais concretamente os moradores e colonos do Maranhão que enganam e roubam os índios de diversas maneiras.… Santo António surge como a antítese do polvo. puro exemplar da candura, da sinceridade e da verdade, onde nunca houve dolo, fingimento ou engano.”
  • 15. Capítulo V  Alegoricamente, Padre António Vieira repreende os vícios de quatro peixes que, na verdade, funcionam como símbolos dos vícios dos colonos de São Luís do Maranhão. soberba parasitismo ambição traição Contrastam com o exemplo que devem imitar: Santo António