SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Tânia Reis
•   Orientação
•   Medição do Tempo
•   Calendário Lunar
•   Astronomia
•   Constelações

                       Ursa Menor
ASTRONOMIA
Página 10




            Teoria Geocêntrica    Teoria Heliocêntrica


                   Terra centro           Sol   centro
   Defendida por Aristóteles (séc. IV a.C.)
   Proposta por Cláudio Ptolomeu (séc.II d.C.)
   Apoiada pela Igreja Cristã
   Defendia que:
     A Terra se situava no centro do Universo.
     Terra era imóvel.
     Todos os outros astros, inclusivamente o Sol, giravam em
      torno da Terra, em órbitas circulares.
 Geo = Terra, cêntrica = centro
 Proposta por Nicolau Copérnico (séc. XVI).
 Contestada pela Igreja Cristã
 Defendia que:
    O Sol situava-se no centro do Universo e que todos os
     corpos celestes giravam em torno dele, em órbitas
     circulares.
    A Terra era móvel e girava em torno do Sol (translação) e
     em torno de si mesma (rotação).
 Helio = Sol, cêntrica = centro
O movimento de rotação da Terra
explica o aparente movimento do Sol
e,        consequentemente,        o
aparecimento dos dias e das noites,
enquanto que o movimento de
translação da Terra em volta do Sol
explica a alternância de estações.
• A sua teoria
  heliocêntrica foi
  publicada no ano de sua
  morte, em 1543, mas
  havia sido desenvolvida,
  há décadas atrás. Ele
  sabia das
  consequências que suas
  teorias poderiam lhe
  trazer.
• Copérnico só autorizou
                                a publicação de sua
                                obra, no dia de sua
                                morte, mesmo assim, o
                                homem encarregado da
                                publicação, deixou um
                                prefácio afirmando que
                                os estudo não era real,
Foram vendidos 500              era apenas fruto de
exemplares, um marco para a     observações e teorias.
época.
• Defendida por Galileu
  Galilei, que obteve
  provas de que o Sol se
  situava no centro do
  Sistema Solar, utilizando
  para isso o primeiro
  telescópio (luneta)
  inventado por si
  próprio.
• Esta teoria não foi aceite pela Igreja Cristã
  nem pela comunidade científica. Galileu foi
  preso e condenado pela Inquisição. Foi
  obrigado a abjurar as suas ideias sob a pena
  de Morte na fogueira.
• Na bíblia do Rei James, Crônicas 16:30 declara que "o mundo
  também deve ser estável, não se move". O Salmo 104:5 diz [o
  Senhor] Quem lançou as bases da terra, que não devem ser
  removidos para sempre. Eclesiastes 1:5 declara que "o Sol
  nasce, e se põe, e volta para o lugar onde estava.
• Galileu Galilei defendeu o heliocentrismo, e alegou que eles
  não eram contrários a estas passagens na Escritura. Ele
  assumiu a posição de Agostinho sobre a Bíblia: não tomar
  todas as passagens literalmente quando a escritura em
  questão é um livro de poesia e músicas, não um livro de
  instruções ou história. Os autores da Bíblia escreviam da
  perspetiva do mundo terrestre, e deste ponto de vista o sol
  nasce e se põe. De fato, é a rotação da Terra que dá a
  impressão que o Sol está se movimentando pelo céu.
• Descobriu que as órbitas dos planetas em torno do
  Sol eram elípticas e não circulares.
 Situado no braço Orion da galáxia Via Láctea.
 8 Planetas Principais (giram em torno do Sol)
 Planetas Secundários ou Satélites Naturais
  (giram em torno dos planetas principais. Ex.:
  Lua)
 O Sol está no centro do Sistema Solar, não no
  centro do Universo.
 As órbitas dos planetas não são circulares mas
  sim elípticas.
 Outros corpos celestes: Asteróides (cintura de
  asteróides), Cometas e Meteoritos.
• Atividade 1 – página 12
• Questões de exploração – página 13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelos do Universo
Modelos do UniversoModelos do Universo
Modelos do Universo
fbsantos
 
Teoria geocêntrica
Teoria geocêntricaTeoria geocêntrica
Teoria geocêntrica
rukka
 
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntricoPassagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
O mundo da FÍSICA
 
Newton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNewton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismo
NeticiaMatos
 
Modelos do universo
Modelos do universoModelos do universo
Modelos do universo
Patrícia Santos
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
Daiany Barbosa
 
Terra no espaço
Terra no espaçoTerra no espaço
Terra no espaço
catiacsantos
 
Afinal o que e um planeta
Afinal o que e um planetaAfinal o que e um planeta
Afinal o que e um planeta
Campus Party Brasil
 
evolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomiaevolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomia
geologia 12
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Débora Sales
 
Nicolau Copérnico
Nicolau CopérnicoNicolau Copérnico
Nicolau Copérnico
Ygor Castro
 
A Terra No EspaçO
A Terra No EspaçOA Terra No EspaçO
A Terra No EspaçO
Tânia Reis
 
A terra e o universo
A terra e o universoA terra e o universo
A terra e o universo
Kethlin Ruas
 
Os corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaçoOs corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaço
Luise Moura
 
Teoria do Universo
Teoria do UniversoTeoria do Universo
Teoria do Universo
Leila nny
 
Apresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentricoApresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentrico
Antonio Fernandes
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
Ruan Florencio
 
Nicolau copernico
Nicolau copernicoNicolau copernico
Nicolau copernico
Vítor Santos
 
Nicolau copérnico
Nicolau copérnicoNicolau copérnico
Nicolau copérnico
aliecgraca1070
 

Mais procurados (19)

Modelos do Universo
Modelos do UniversoModelos do Universo
Modelos do Universo
 
Teoria geocêntrica
Teoria geocêntricaTeoria geocêntrica
Teoria geocêntrica
 
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntricoPassagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
Passagem do modelo geocêntrico para o heliocêntrico
 
Newton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNewton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismo
 
Modelos do universo
Modelos do universoModelos do universo
Modelos do universo
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
 
Terra no espaço
Terra no espaçoTerra no espaço
Terra no espaço
 
Afinal o que e um planeta
Afinal o que e um planetaAfinal o que e um planeta
Afinal o que e um planeta
 
evolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomiaevolução histórica da Astronomia
evolução histórica da Astronomia
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
 
Nicolau Copérnico
Nicolau CopérnicoNicolau Copérnico
Nicolau Copérnico
 
A Terra No EspaçO
A Terra No EspaçOA Terra No EspaçO
A Terra No EspaçO
 
A terra e o universo
A terra e o universoA terra e o universo
A terra e o universo
 
Os corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaçoOs corpos celestes no espaço
Os corpos celestes no espaço
 
Teoria do Universo
Teoria do UniversoTeoria do Universo
Teoria do Universo
 
Apresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentricoApresentação I geocentricoheliocentrico
Apresentação I geocentricoheliocentrico
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Nicolau copernico
Nicolau copernicoNicolau copernico
Nicolau copernico
 
Nicolau copérnico
Nicolau copérnicoNicolau copérnico
Nicolau copérnico
 

Destaque

Laboratório Aberto
Laboratório AbertoLaboratório Aberto
Laboratório Aberto
esbocage
 
Instrução de segurança
Instrução de segurançaInstrução de segurança
Instrução de segurança
EEB Pautilia de Sousa Braga Veras
 
Inventario de laboratorio 1era parte
Inventario de laboratorio 1era parteInventario de laboratorio 1era parte
Inventario de laboratorio 1era parte
Crimson Moon
 
Actividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientesActividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientes
Tânia Reis
 
Atividade experimental
Atividade experimentalAtividade experimental
Atividade experimental
Mina Covas
 
Protocolo experimental
Protocolo experimentalProtocolo experimental
Protocolo experimental
piefohmania
 
Material básico de laboratorio
Material básico de laboratorioMaterial básico de laboratorio
Material básico de laboratorio
Damián Gómez Sarmiento
 
SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
SEGURANÇA NO LABORATÓRIOSEGURANÇA NO LABORATÓRIO
SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
professor_jair
 
Protocolo experimental a princesa e a ervilha
Protocolo experimental a princesa e a ervilhaProtocolo experimental a princesa e a ervilha
Protocolo experimental a princesa e a ervilha
Luísa Marques
 
Material laboratorio
Material laboratorioMaterial laboratorio
Material laboratorio
Jose Sepulcre Guilabert
 
Princ geologia
Princ geologiaPrinc geologia
Princ geologia
Tânia Reis
 
Actividades experimentais
Actividades experimentaisActividades experimentais
Actividades experimentais
Tânia Reis
 
Protocolos experimentais
Protocolos experimentaisProtocolos experimentais
Protocolos experimentais
susanapnp
 
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
David Azevedo
 
Guia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-aplGuia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-apl
Elisandra Ribeiro Carvalho
 
Lista de materiais de química
Lista de materiais de químicaLista de materiais de química
Lista de materiais de química
Nai Mariano
 
Projeto feira de ciências
Projeto feira de ciênciasProjeto feira de ciências
Projeto feira de ciências
Ailton Gordiano
 
Aula de materiais de Laboratório
Aula de materiais de LaboratórioAula de materiais de Laboratório
Aula de materiais de Laboratório
Paulo Marcelo Pontes
 
Manual de atividades práticas
Manual de atividades práticasManual de atividades práticas
Manual de atividades práticas
Jéssica Rodrigues'
 
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Maria José Ramalho
 

Destaque (20)

Laboratório Aberto
Laboratório AbertoLaboratório Aberto
Laboratório Aberto
 
Instrução de segurança
Instrução de segurançaInstrução de segurança
Instrução de segurança
 
Inventario de laboratorio 1era parte
Inventario de laboratorio 1era parteInventario de laboratorio 1era parte
Inventario de laboratorio 1era parte
 
Actividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientesActividade experimental nutrientes
Actividade experimental nutrientes
 
Atividade experimental
Atividade experimentalAtividade experimental
Atividade experimental
 
Protocolo experimental
Protocolo experimentalProtocolo experimental
Protocolo experimental
 
Material básico de laboratorio
Material básico de laboratorioMaterial básico de laboratorio
Material básico de laboratorio
 
SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
SEGURANÇA NO LABORATÓRIOSEGURANÇA NO LABORATÓRIO
SEGURANÇA NO LABORATÓRIO
 
Protocolo experimental a princesa e a ervilha
Protocolo experimental a princesa e a ervilhaProtocolo experimental a princesa e a ervilha
Protocolo experimental a princesa e a ervilha
 
Material laboratorio
Material laboratorioMaterial laboratorio
Material laboratorio
 
Princ geologia
Princ geologiaPrinc geologia
Princ geologia
 
Actividades experimentais
Actividades experimentaisActividades experimentais
Actividades experimentais
 
Protocolos experimentais
Protocolos experimentaisProtocolos experimentais
Protocolos experimentais
 
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.Atividades experimentais. Experiências com o ar.
Atividades experimentais. Experiências com o ar.
 
Guia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-aplGuia do-colaborador-m3-apl
Guia do-colaborador-m3-apl
 
Lista de materiais de química
Lista de materiais de químicaLista de materiais de química
Lista de materiais de química
 
Projeto feira de ciências
Projeto feira de ciênciasProjeto feira de ciências
Projeto feira de ciências
 
Aula de materiais de Laboratório
Aula de materiais de LaboratórioAula de materiais de Laboratório
Aula de materiais de Laboratório
 
Manual de atividades práticas
Manual de atividades práticasManual de atividades práticas
Manual de atividades práticas
 
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
Ciências experimentais no 1º ciclo 2012 2013
 

Semelhante a A terra no espaço p

A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
Tânia Reis
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Paulo Ricardo Csc
 
Espaço
EspaçoEspaço
Espaço
Tânia Reis
 
O modelo de cosmo
O modelo de cosmoO modelo de cosmo
O modelo de cosmo
dudulopescrd
 
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoioMaterial OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
eing2010
 
I nicolau copérnico
I nicolau copérnicoI nicolau copérnico
I nicolau copérnico
Amorim Albert
 
Nicolau copérnico
Nicolau copérnicoNicolau copérnico
Nicolau copérnico
bruna-winchester42
 
Aula 02- A história da astronomia (mundo antigo) -
Aula 02-  A história da astronomia  (mundo antigo) -Aula 02-  A história da astronomia  (mundo antigo) -
Aula 02- A história da astronomia (mundo antigo) -
Universidade Federal de Goiás- UFG
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
mariagrave
 
Aula 2 a origem da terra
Aula 2   a origem da terraAula 2   a origem da terra
Aula 2 a origem da terra
Clarissa Gomes
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solar
Liliane Morgado
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Débora Sales
 
Cn7 ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
Cn7   ciência, tecnologia, sociedade e ambienteCn7   ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
Cn7 ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
Carolina Cunha
 
Slide a luneta de galileu
Slide   a luneta de galileuSlide   a luneta de galileu
Slide a luneta de galileu
alinycristinafernandes
 
(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo
pmsa
 
(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo
pmsa
 
Física gravitação
Física   gravitaçãoFísica   gravitação
Física gravitação
Washington Soares Alves
 
Astronomia aula2 janete pdf
Astronomia aula2 janete pdfAstronomia aula2 janete pdf
Astronomia aula2 janete pdf
Janete Garcia de Freitas
 
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdfsaraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
profamaildon1994
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Sara Marques
 

Semelhante a A terra no espaço p (20)

A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
 
Espaço
EspaçoEspaço
Espaço
 
O modelo de cosmo
O modelo de cosmoO modelo de cosmo
O modelo de cosmo
 
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoioMaterial OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
 
I nicolau copérnico
I nicolau copérnicoI nicolau copérnico
I nicolau copérnico
 
Nicolau copérnico
Nicolau copérnicoNicolau copérnico
Nicolau copérnico
 
Aula 02- A história da astronomia (mundo antigo) -
Aula 02-  A história da astronomia  (mundo antigo) -Aula 02-  A história da astronomia  (mundo antigo) -
Aula 02- A história da astronomia (mundo antigo) -
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
 
Aula 2 a origem da terra
Aula 2   a origem da terraAula 2   a origem da terra
Aula 2 a origem da terra
 
Introdução sistema solar
Introdução   sistema solarIntrodução   sistema solar
Introdução sistema solar
 
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
Evolucoxcriao 1º ano - mod 1
 
Cn7 ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
Cn7   ciência, tecnologia, sociedade e ambienteCn7   ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
Cn7 ciência, tecnologia, sociedade e ambiente
 
Slide a luneta de galileu
Slide   a luneta de galileuSlide   a luneta de galileu
Slide a luneta de galileu
 
(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo
 
(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo(1)Breve HistóRia Do Universo
(1)Breve HistóRia Do Universo
 
Física gravitação
Física   gravitaçãoFísica   gravitação
Física gravitação
 
Astronomia aula2 janete pdf
Astronomia aula2 janete pdfAstronomia aula2 janete pdf
Astronomia aula2 janete pdf
 
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdfsaraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
saraquimica-150219123028-conversion-gate01.pdf
 
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big BangOrigem do Universo, Teoria do Big Bang
Origem do Universo, Teoria do Big Bang
 

Mais de Tânia Reis

ficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdfficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdf
Tânia Reis
 
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Tânia Reis
 
Etapasp
EtapaspEtapasp
Etapasp
Tânia Reis
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentesp
Tânia Reis
 
Datacaop
DatacaopDatacaop
Datacaop
Tânia Reis
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra p
Tânia Reis
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
Tânia Reis
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
Tânia Reis
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida
Tânia Reis
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
Tânia Reis
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacial
Tânia Reis
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Tânia Reis
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Tânia Reis
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
Tânia Reis
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Tânia Reis
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
Tânia Reis
 
4localização material genético
4localização material genético4localização material genético
4localização material genético
Tânia Reis
 
3hereditariedade
3hereditariedade3hereditariedade
3hereditariedade
Tânia Reis
 
2mendel
2mendel2mendel
2mendel
Tânia Reis
 
1hereditariedade
1hereditariedade1hereditariedade
1hereditariedade
Tânia Reis
 

Mais de Tânia Reis (20)

ficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdfficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdf
 
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vida
 
Etapasp
EtapaspEtapasp
Etapasp
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentesp
 
Datacaop
DatacaopDatacaop
Datacaop
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra p
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacial
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
 
4localização material genético
4localização material genético4localização material genético
4localização material genético
 
3hereditariedade
3hereditariedade3hereditariedade
3hereditariedade
 
2mendel
2mendel2mendel
2mendel
 
1hereditariedade
1hereditariedade1hereditariedade
1hereditariedade
 

A terra no espaço p

  • 2. Orientação • Medição do Tempo • Calendário Lunar • Astronomia • Constelações Ursa Menor
  • 4. Página 10 Teoria Geocêntrica Teoria Heliocêntrica Terra centro Sol centro
  • 5.
  • 6.
  • 7. Defendida por Aristóteles (séc. IV a.C.)  Proposta por Cláudio Ptolomeu (séc.II d.C.)  Apoiada pela Igreja Cristã  Defendia que:  A Terra se situava no centro do Universo.  Terra era imóvel.  Todos os outros astros, inclusivamente o Sol, giravam em torno da Terra, em órbitas circulares.  Geo = Terra, cêntrica = centro
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.  Proposta por Nicolau Copérnico (séc. XVI).  Contestada pela Igreja Cristã  Defendia que:  O Sol situava-se no centro do Universo e que todos os corpos celestes giravam em torno dele, em órbitas circulares.  A Terra era móvel e girava em torno do Sol (translação) e em torno de si mesma (rotação).  Helio = Sol, cêntrica = centro
  • 12. O movimento de rotação da Terra explica o aparente movimento do Sol e, consequentemente, o aparecimento dos dias e das noites, enquanto que o movimento de translação da Terra em volta do Sol explica a alternância de estações.
  • 13. • A sua teoria heliocêntrica foi publicada no ano de sua morte, em 1543, mas havia sido desenvolvida, há décadas atrás. Ele sabia das consequências que suas teorias poderiam lhe trazer.
  • 14. • Copérnico só autorizou a publicação de sua obra, no dia de sua morte, mesmo assim, o homem encarregado da publicação, deixou um prefácio afirmando que os estudo não era real, Foram vendidos 500 era apenas fruto de exemplares, um marco para a observações e teorias. época.
  • 15. • Defendida por Galileu Galilei, que obteve provas de que o Sol se situava no centro do Sistema Solar, utilizando para isso o primeiro telescópio (luneta) inventado por si próprio.
  • 16. • Esta teoria não foi aceite pela Igreja Cristã nem pela comunidade científica. Galileu foi preso e condenado pela Inquisição. Foi obrigado a abjurar as suas ideias sob a pena de Morte na fogueira.
  • 17. • Na bíblia do Rei James, Crônicas 16:30 declara que "o mundo também deve ser estável, não se move". O Salmo 104:5 diz [o Senhor] Quem lançou as bases da terra, que não devem ser removidos para sempre. Eclesiastes 1:5 declara que "o Sol nasce, e se põe, e volta para o lugar onde estava. • Galileu Galilei defendeu o heliocentrismo, e alegou que eles não eram contrários a estas passagens na Escritura. Ele assumiu a posição de Agostinho sobre a Bíblia: não tomar todas as passagens literalmente quando a escritura em questão é um livro de poesia e músicas, não um livro de instruções ou história. Os autores da Bíblia escreviam da perspetiva do mundo terrestre, e deste ponto de vista o sol nasce e se põe. De fato, é a rotação da Terra que dá a impressão que o Sol está se movimentando pelo céu.
  • 18.
  • 19.
  • 20. • Descobriu que as órbitas dos planetas em torno do Sol eram elípticas e não circulares.
  • 21.
  • 22.  Situado no braço Orion da galáxia Via Láctea.  8 Planetas Principais (giram em torno do Sol)  Planetas Secundários ou Satélites Naturais (giram em torno dos planetas principais. Ex.: Lua)
  • 23.  O Sol está no centro do Sistema Solar, não no centro do Universo.  As órbitas dos planetas não são circulares mas sim elípticas.  Outros corpos celestes: Asteróides (cintura de asteróides), Cometas e Meteoritos.
  • 24. • Atividade 1 – página 12 • Questões de exploração – página 13