SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Básica de Lagares, Felgueiras
                  Ciências Naturais
                       8.º ano



Poluição atmosférica


       - Chuvas ácidas
O que são as chuvas ácidas?

 São uma consequência da poluição atmosférica.

 A chuva ácida é a precipitação que apresenta um valor de pH inferior a 5,6.
Esta precipitação pode ocorrer sob a forma de chuva, neve, nevoeiro ou até
partículas secas.
Como se formam as chuvas ácidas?
 Os óxidos de azoto (NO2)e óxidos de enxofre (SO2) são gases libertados por
fábricas, centrais termoelétricas e pelos automóveis (queima de combustíveis
fósseis).
 Quando chegam à atmosfera, estes gases reagem com o vapor de água e formam
ácidos que precipitam sob a forma de chuva ácida.
Quais as consequências das chuvas
              ácidas?
                                         Morte dos seres vivos aquáticos
 Acidificação da água de rios e lagos
                                            (plâncton, peixes, plantas
                                                  aquáticas…)
Grandes áreas florestais têm sido
 Destruição de grandes massas
                                   destruídas não só por danos
   florestais (desflorestação)
                                  diretos sobre as folhas e raízes
                                  mas também porque as chuvas
                                  ácidas tornam as plantas mais
                                       sensíveis às doenças.
As chuvas ácidas aceleram a
 Corrosão da pedra, metal ou tinta
                                      degradação natural de edifícios
    de edifícios e monumentos
                                      e/ou monumentos, provocando
                                       danos por vezes irreparáveis.
Os danos causados pelas chuvas

 Efeitos sobre o ser humano   ácidas no Homem não são diretos.
                                O verdadeiro perigo resulta dos
                                gases que provocam a poluição
                               atmosférica, que pode conduzir ao
                               aparecimento de irritação ou lesão
                                           pulmonar.
Como prevenir as Chuvas Ácidas?
 •   Reduzir o consumo de energia;

 •   Utilização de transportes públicos ou não poluentes;

 •   Utilizar fontes de energia menos poluentes (renováveis);

 •   Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre;

 •   Instalação de sistemas de tratamento das emissões gasosas nas
     indústrias e nos veículos motorizados.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Chuvas Acidas
Chuvas AcidasChuvas Acidas
Chuvas Acidas
vania12costa
 
Trabalho sobre a poluição
Trabalho sobre a poluiçãoTrabalho sobre a poluição
Trabalho sobre a poluição
Be Carrazeda
 
A Chuva Ácida
A Chuva ÁcidaA Chuva Ácida
A Chuva Ácida
Batigool
 
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicas
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicasCausas Das AlteraçõEs ClimáTicas
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicas
Emília Cabral
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
Carlamspc
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpoint
picoalto
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
Ricardo Pini Caramit
 
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
Gabriel Lima
 
As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
Alcina Barbosa
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
geografianaserpapinto
 
Impacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticasImpacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticas
Grupo2apcm
 
Apresentação do livro de portugues
Apresentação do livro de portuguesApresentação do livro de portugues
Apresentação do livro de portugues
12anogolega
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
Petedanis
 
Noite Fechada, de Cesário Verde
Noite Fechada, de Cesário VerdeNoite Fechada, de Cesário Verde
Noite Fechada, de Cesário Verde
Dina Baptista
 
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºanoEnvironmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
guest80c8c42
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
Ilda Bicacro
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Vitor Perfeito
 
Chuvas ácidas fq
Chuvas ácidas fqChuvas ácidas fq
Chuvas ácidas fq
FilipaFonseca
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
Tânia Reis
 
Atmosfera e-a-radiacao-solar
Atmosfera e-a-radiacao-solarAtmosfera e-a-radiacao-solar
Atmosfera e-a-radiacao-solar
ze almeida
 

Mais procurados (20)

Chuvas Acidas
Chuvas AcidasChuvas Acidas
Chuvas Acidas
 
Trabalho sobre a poluição
Trabalho sobre a poluiçãoTrabalho sobre a poluição
Trabalho sobre a poluição
 
A Chuva Ácida
A Chuva ÁcidaA Chuva Ácida
A Chuva Ácida
 
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicas
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicasCausas Das AlteraçõEs ClimáTicas
Causas Das AlteraçõEs ClimáTicas
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpoint
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
 
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
Efeito estufa - Trabalho de Ciências 8º ano
 
As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
 
Impacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticasImpacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticas
 
Apresentação do livro de portugues
Apresentação do livro de portuguesApresentação do livro de portugues
Apresentação do livro de portugues
 
Poluição da Água
Poluição da ÁguaPoluição da Água
Poluição da Água
 
Noite Fechada, de Cesário Verde
Noite Fechada, de Cesário VerdeNoite Fechada, de Cesário Verde
Noite Fechada, de Cesário Verde
 
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºanoEnvironmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
Environmetal Problems - trabalho ingles 11ºano
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
 
Chuvas ácidas fq
Chuvas ácidas fqChuvas ácidas fq
Chuvas ácidas fq
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Atmosfera e-a-radiacao-solar
Atmosfera e-a-radiacao-solarAtmosfera e-a-radiacao-solar
Atmosfera e-a-radiacao-solar
 

Destaque

Chuvas áCidas
Chuvas áCidasChuvas áCidas
Chuvas áCidas
pedroines141520
 
Chuvas acidas 9e
Chuvas acidas 9eChuvas acidas 9e
Chuvas acidas 9e
Mayjö .
 
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
Catarina'a Silva
 
Camada de ozono
Camada de ozonoCamada de ozono
Camada de ozono
Tiago Silva
 
Catastrofes Naturais
Catastrofes NaturaisCatastrofes Naturais
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp026 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
Deolinda Silva
 
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
Margarida Cardoso
 
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
Margarida Cardoso
 
PoluiçãO Diogo & Pinto
PoluiçãO   Diogo & PintoPoluiçãO   Diogo & Pinto
PoluiçãO Diogo & Pinto
elvira.sequeira
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
agrafador
 
senai chuva acida
senai chuva acidasenai chuva acida
senai chuva acida
Leandro Guss
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
IEDLP
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
Claysson Xavier
 
Smog
SmogSmog
Smog
Mayjö .
 
Smog
SmogSmog
Smog
Mayjö .
 
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemasA influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
Leonardo Alves
 
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Deolinda Silva
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
Ana Castro
 
Aquecimento Global
Aquecimento  GlobalAquecimento  Global
Aquecimento Global
Pdrs
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
Helena Marques
 

Destaque (20)

Chuvas áCidas
Chuvas áCidasChuvas áCidas
Chuvas áCidas
 
Chuvas acidas 9e
Chuvas acidas 9eChuvas acidas 9e
Chuvas acidas 9e
 
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
Relatório Ciências " Chuvas Ácidas"
 
Camada de ozono
Camada de ozonoCamada de ozono
Camada de ozono
 
Catastrofes Naturais
Catastrofes NaturaisCatastrofes Naturais
Catastrofes Naturais
 
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp026 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
6 protecoeconservaodanatureza-110915160059-phpapp02
 
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
4. perturbações no equilibrio dos ecossistemas
 
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria3. fluxo de energia e ciclos de matéria
3. fluxo de energia e ciclos de matéria
 
PoluiçãO Diogo & Pinto
PoluiçãO   Diogo & PintoPoluiçãO   Diogo & Pinto
PoluiçãO Diogo & Pinto
 
Chuvas ácidas
Chuvas ácidasChuvas ácidas
Chuvas ácidas
 
senai chuva acida
senai chuva acidasenai chuva acida
senai chuva acida
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
 
Smog
SmogSmog
Smog
 
Smog
SmogSmog
Smog
 
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemasA influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
 
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
Recursosnaturaisfinal 100504060932-phpapp02
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
 
Aquecimento Global
Aquecimento  GlobalAquecimento  Global
Aquecimento Global
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 

Semelhante a 8.ºano chuvas ácidas

Poluição do ar]
Poluição do ar]Poluição do ar]
Poluição do ar]
escolajoseaniceto
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
jheymer
 
Trabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é EsseTrabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é Esse
guestf69354
 
Chuva ácida
Chuva ácidaChuva ácida
Chuva ácida
Dayane Almeida
 
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosferaImpacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
Grupo2apcm
 
Joana gomes, nº17, 9º4
Joana gomes, nº17, 9º4Joana gomes, nº17, 9º4
Joana gomes, nº17, 9º4
Mayjö .
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
elsamariana
 
Acida
AcidaAcida
Chuva ácida 9f
Chuva ácida 9fChuva ácida 9f
Chuva ácida 9f
Mayjö .
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
afspedrosa
 
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais UrbanosModulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Ap
ApAp
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Ana Tapadinhas
 
Poluição
PoluiçãoPoluição
Poluição
Joana Sousa
 
Catastrofes humanas novo
Catastrofes humanas novoCatastrofes humanas novo
09 catastrofes1
09 catastrofes109 catastrofes1
09 catastrofes1
ruiricardobg
 
Acida
AcidaAcida
Acida
Neila
 
Sobre a poluição do ar
Sobre a poluição do arSobre a poluição do ar
Sobre a poluição do ar
EMEFEzequiel
 
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
Matheus Mayer
 
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptxFenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
AndressaCosta90
 

Semelhante a 8.ºano chuvas ácidas (20)

Poluição do ar]
Poluição do ar]Poluição do ar]
Poluição do ar]
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Trabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é EsseTrabalho De Geografia é Esse
Trabalho De Geografia é Esse
 
Chuva ácida
Chuva ácidaChuva ácida
Chuva ácida
 
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosferaImpacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
Impacto da contaminação no solo, na água e na atmosfera
 
Joana gomes, nº17, 9º4
Joana gomes, nº17, 9º4Joana gomes, nº17, 9º4
Joana gomes, nº17, 9º4
 
Poluiçao
PoluiçaoPoluiçao
Poluiçao
 
Acida
AcidaAcida
Acida
 
Chuva ácida 9f
Chuva ácida 9fChuva ácida 9f
Chuva ácida 9f
 
Poluição atmosférica
Poluição atmosféricaPoluição atmosférica
Poluição atmosférica
 
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais UrbanosModulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
Modulo 08 - Problemas Ambientais Urbanos
 
Ap
ApAp
Ap
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 anoPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas 8 ano
 
Poluição
PoluiçãoPoluição
Poluição
 
Catastrofes humanas novo
Catastrofes humanas novoCatastrofes humanas novo
Catastrofes humanas novo
 
09 catastrofes1
09 catastrofes109 catastrofes1
09 catastrofes1
 
Acida
AcidaAcida
Acida
 
Sobre a poluição do ar
Sobre a poluição do arSobre a poluição do ar
Sobre a poluição do ar
 
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
Aula4 poluio-111027103325-phpapp02
 
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptxFenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
Fenômenos Naturais e impactos socioambientais.pptx
 

Mais de Maria Rocha R

mapa conceitos_evolucao_biologica
mapa conceitos_evolucao_biologicamapa conceitos_evolucao_biologica
mapa conceitos_evolucao_biologica
Maria Rocha R
 
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-128.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
Maria Rocha R
 
9ºano 5.2 vasos sanguíneos
9ºano 5.2 vasos sanguíneos9ºano 5.2 vasos sanguíneos
9ºano 5.2 vasos sanguíneos
Maria Rocha R
 
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
Maria Rocha R
 
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
Maria Rocha R
 
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
Maria Rocha R
 
1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue
Maria Rocha R
 
1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue
Maria Rocha R
 
2.ªlista de objt 9.º 11-12
2.ªlista de objt 9.º 11-122.ªlista de objt 9.º 11-12
2.ªlista de objt 9.º 11-12
Maria Rocha R
 
8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares
Maria Rocha R
 
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
Maria Rocha R
 
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
Maria Rocha R
 
8ºano relações interespecíficas
8ºano relações interespecíficas8ºano relações interespecíficas
8ºano relações interespecíficas
Maria Rocha R
 
8ºano relações intra-específicas
8ºano relações intra-específicas8ºano relações intra-específicas
8ºano relações intra-específicas
Maria Rocha R
 
Portefólio cn 9.ºano
Portefólio cn 9.ºanoPortefólio cn 9.ºano
Portefólio cn 9.ºano
Maria Rocha R
 
1.ªlista de objt 9.º 11-12
1.ªlista de objt 9.º 11-121.ªlista de objt 9.º 11-12
1.ªlista de objt 9.º 11-12
Maria Rocha R
 
Listaobject 1ºteste 11-12
Listaobject 1ºteste 11-12Listaobject 1ºteste 11-12
Listaobject 1ºteste 11-12
Maria Rocha R
 
Grelha dt aulas previstas cn
Grelha dt aulas previstas cnGrelha dt aulas previstas cn
Grelha dt aulas previstas cn
Maria Rocha R
 
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
Maria Rocha R
 
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manualCorreção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
Maria Rocha R
 

Mais de Maria Rocha R (20)

mapa conceitos_evolucao_biologica
mapa conceitos_evolucao_biologicamapa conceitos_evolucao_biologica
mapa conceitos_evolucao_biologica
 
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-128.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
8.ºano_Listaobjet _5ºteste_11-12
 
9ºano 5.2 vasos sanguíneos
9ºano 5.2 vasos sanguíneos9ºano 5.2 vasos sanguíneos
9ºano 5.2 vasos sanguíneos
 
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
 
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
9.ºano ficha de trabalho coracao e circulacao
 
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
9.ºano ficha de trabalho coracao-morfologia_sistole_diastole
 
1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue
 
1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue1 9ºano o sangue
1 9ºano o sangue
 
2.ªlista de objt 9.º 11-12
2.ªlista de objt 9.º 11-122.ªlista de objt 9.º 11-12
2.ªlista de objt 9.º 11-12
 
8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares8ºano cadeias e teias alimentares
8ºano cadeias e teias alimentares
 
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
2.ª Lista de Objetivos - 8.ºano (11-12)
 
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
2.2. regulação hormonal ciclo ovárico e uterino
 
8ºano relações interespecíficas
8ºano relações interespecíficas8ºano relações interespecíficas
8ºano relações interespecíficas
 
8ºano relações intra-específicas
8ºano relações intra-específicas8ºano relações intra-específicas
8ºano relações intra-específicas
 
Portefólio cn 9.ºano
Portefólio cn 9.ºanoPortefólio cn 9.ºano
Portefólio cn 9.ºano
 
1.ªlista de objt 9.º 11-12
1.ªlista de objt 9.º 11-121.ªlista de objt 9.º 11-12
1.ªlista de objt 9.º 11-12
 
Listaobject 1ºteste 11-12
Listaobject 1ºteste 11-12Listaobject 1ºteste 11-12
Listaobject 1ºteste 11-12
 
Grelha dt aulas previstas cn
Grelha dt aulas previstas cnGrelha dt aulas previstas cn
Grelha dt aulas previstas cn
 
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
1.Morfofisiologia do sistema reprodutor
 
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manualCorreção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
Correção da ficha de trabalho das páginas 25 e 26 do manual
 

Último

Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
marcos oliveira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docxPlanejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
Planejamento_Anual_Ensino_Fundamental_2020.docx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 

8.ºano chuvas ácidas

  • 1. Escola Básica de Lagares, Felgueiras Ciências Naturais 8.º ano Poluição atmosférica - Chuvas ácidas
  • 2. O que são as chuvas ácidas?  São uma consequência da poluição atmosférica.  A chuva ácida é a precipitação que apresenta um valor de pH inferior a 5,6. Esta precipitação pode ocorrer sob a forma de chuva, neve, nevoeiro ou até partículas secas.
  • 3. Como se formam as chuvas ácidas?  Os óxidos de azoto (NO2)e óxidos de enxofre (SO2) são gases libertados por fábricas, centrais termoelétricas e pelos automóveis (queima de combustíveis fósseis).
  • 4.  Quando chegam à atmosfera, estes gases reagem com o vapor de água e formam ácidos que precipitam sob a forma de chuva ácida.
  • 5. Quais as consequências das chuvas ácidas? Morte dos seres vivos aquáticos  Acidificação da água de rios e lagos (plâncton, peixes, plantas aquáticas…)
  • 6. Grandes áreas florestais têm sido  Destruição de grandes massas destruídas não só por danos florestais (desflorestação) diretos sobre as folhas e raízes mas também porque as chuvas ácidas tornam as plantas mais sensíveis às doenças.
  • 7. As chuvas ácidas aceleram a  Corrosão da pedra, metal ou tinta degradação natural de edifícios de edifícios e monumentos e/ou monumentos, provocando danos por vezes irreparáveis.
  • 8. Os danos causados pelas chuvas  Efeitos sobre o ser humano ácidas no Homem não são diretos. O verdadeiro perigo resulta dos gases que provocam a poluição atmosférica, que pode conduzir ao aparecimento de irritação ou lesão pulmonar.
  • 9. Como prevenir as Chuvas Ácidas? • Reduzir o consumo de energia; • Utilização de transportes públicos ou não poluentes; • Utilizar fontes de energia menos poluentes (renováveis); • Utilizar combustíveis com baixo teor de enxofre; • Instalação de sistemas de tratamento das emissões gasosas nas indústrias e nos veículos motorizados.