SlideShare uma empresa Scribd logo
Presidência de Classe




Reunião de Treinamento das Auxiliares
 Org. das Moças -Estaca Itatiba
TREINAMENTO DAS PRESIDÊNCIAS DE CLASSES

Os membros da presidência das Moças treinam e
aconselham a presidência da classe para o grupo
etário que lhes foi designada .As consultoras das
Moças podem auxiliar .As lideres adultas ensinam
técnicas de liderança e ajudam as presidências de
     classe a cumprir suas responsabilidades.
Fé é um princípio de ação :Ajudamos
as Moças dando-lhes oportunidades
para agir e aplicar o que aprenderam
RESPONSABILIDADES DAS PRESIDÊNCIAS
            DE CLASSE :
‡ CUIDAR DE CADA MEMBRO DA CLASSE .

‡ REALIZAR REUNIÕES DE PRESIDÊNCIAS DE CLASSE .

‡ AJUDAR A PLANEJAR E REALIZAR REUNIÕES E ATIVIDADES
  PARA A CLASSE .

‡ PARTICIPAR DO COMITÊ DA JUVENTUDE DO BISPADO.

‡ MANTER REGISTROS ( SECRETÁRIA )

‡ VISITAR A CLASSE DAS MENINAS DE 11 ANOS .

           Fontes:(manual de instr.págs218 á 219)
UMA PRESIDÊNCIA DE CLASSE EFICAZ :

           1-REUNI hSE
          REGULARMENTE
          2-PLANEJA COMO CUMPRIR
          RESPONSABILIDADES
          3-RECEBEM INSTRUÇÕES
          4-CUMPREM DESIGNAÇÕES
´...Todos precisamos erguer-nos e
proclamar a verdade .Caminhem com fé e
  sejam fiéis .Façam o bem .Ajudem os
 outros e proporcionem glória á grande
   causa do Senhor Jesus Cristo nestes
             últimos Dias ...µ

          Gordon B. Hincley
´Porque o filho do homem veio salvar o que se tinha perdido ,Que vos
parece ?Se algum homem tiver cem ovelhas ,e uma delas se desgarrar ,
 não irá pelos montes , deixando as noventa e nove , em busca da que se
 desgarrou ? E , se por ventura a acha , em verdade vos digo que maior
      prazer tem por aquela do que pelas noventa e nove que não se
 desgarraram . Assim também não é vontade de vosso Pai , que está nos
               Céus , que um destes pequeninos se perca .´
                           Mateus 18 :11 -14
DEDAN
DISCUSSÕES DE DOMINGO A NOITE
DEDAN-Discussões de Domingo á Noite

‡ São planejadas e realizadas sob a direção do
  bispado.Devem ser interessantes para os jovens e
  abordar assuntos que contribuirão para seu
  crescimento espiritual .Os temas baseados em Para
  o Vigor da Juventude são em particular adequados .
‡ Ocasionalmente o bispado pode trazer convidados
  para participar .
                      fonte: Manual de instr . Da Igreja vol 2 pág 223
AS DISCUSSÕES DE DOMINGO Á NOITE
  PODEM SER REALIZADAS EM QUALQUER
DOMINGO .EXCETO O DE JEJUM .O BISPADO
DETERMINA SUA FREQUÊNCIA E O COMITÊ DA
    JUVENTUDE DO BISPADO MARCA-AS .




   *Os rapazes e moças podem reunir-se
     separadamente ou em conjunto .
                         Manual de Instruções da Igreja vol. 2 pág 223
O DEDAN NOS AJUDARÁ A CONHECER NOSSOS JOVENS
            ‡ O QUE ELES PENSAM ?

        QUAIS SÃO SUAS DIFICULDADES ?

           ‡ DO QUE ELES GOSTAM ?

         ‡ QUEM SÃO SEUS FAMILIARES ?

           ‡ COMO ELES APLICAM OS
           PADRÕES DO EVANGELHO NO
                 SEU DIA DIA ?
Em verdade eu digo ;Os
    Homens devem ocupar-se
 zelosamente numa boa causa e
fazer muitas coisas de sua livre
e espontânea vontade e realizar
 muita retidão .Pois neles está o
 poder e nisso são seus próprios
árbitros.E se os homens fizerem
     o bem ,de modo algum
   perderão sua recompensa .µ

        D & C 58:27-28

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento missionários de ala
Treinamento missionários de alaTreinamento missionários de ala
Treinamento missionários de ala
Pedro Caldas
 
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo SacerdótesTreinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
Marcio Roberto Patelli
 
Oreintações gerais sobre min. recepção
Oreintações gerais sobre min. recepçãoOreintações gerais sobre min. recepção
Oreintações gerais sobre min. recepção
Ana EEverton
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovens
Patricia Montenegro
 
Planejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIBPlanejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIB
Primeira Igreja Batista de Joinville
 
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Bernadetecebs .
 
Carta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-CrentesCarta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-Crentes
Cristian Carvalho
 
Manual da igreja Anciãos cap. 8
Manual da igreja Anciãos   cap. 8Manual da igreja Anciãos   cap. 8
Manual da igreja Anciãos cap. 8
Gilson Barbosa
 
Grupos pequenos
Grupos pequenosGrupos pequenos
Grupos pequenos
Cíntia Santana
 
BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS
Deonice E Orlando Sazonov
 
Revista Sou catequista -revista digital
Revista Sou catequista -revista digitalRevista Sou catequista -revista digital
Revista Sou catequista -revista digital
Bernadetecebs .
 
Texto 10 plano de ação pastoral - exemplo
Texto 10   plano de ação pastoral - exemploTexto 10   plano de ação pastoral - exemplo
Texto 10 plano de ação pastoral - exemplo
Paulo Dias Nogueira
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
Natalino das Neves Neves
 
Integracao
IntegracaoIntegracao
Treinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDTreinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASD
Gilson Barbosa
 
Estudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenosEstudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenos
Euripedes Costa
 
Treinamento para presidência do quórum de élderes
Treinamento para presidência do quórum de élderesTreinamento para presidência do quórum de élderes
Treinamento para presidência do quórum de élderes
Marcio Roberto Patelli
 
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
Iasd Pedra Badejo
 
Formação para catequistas
Formação para catequistasFormação para catequistas
Formação para catequistas
Alexandre Alves Rocha
 

Mais procurados (19)

Treinamento missionários de ala
Treinamento missionários de alaTreinamento missionários de ala
Treinamento missionários de ala
 
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo SacerdótesTreinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
Treinamento como Organizar o Quórum de Élderes e o Grupo de Sumo Sacerdótes
 
Oreintações gerais sobre min. recepção
Oreintações gerais sobre min. recepçãoOreintações gerais sobre min. recepção
Oreintações gerais sobre min. recepção
 
Dicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovensDicas para trabalhar com os jovens
Dicas para trabalhar com os jovens
 
Planejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIBPlanejamento Estratégico PIB
Planejamento Estratégico PIB
 
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
Roteiro para Encontro de Grupos de Jovens - subsídio
 
Carta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-CrentesCarta Convite aos Não-Crentes
Carta Convite aos Não-Crentes
 
Manual da igreja Anciãos cap. 8
Manual da igreja Anciãos   cap. 8Manual da igreja Anciãos   cap. 8
Manual da igreja Anciãos cap. 8
 
Grupos pequenos
Grupos pequenosGrupos pequenos
Grupos pequenos
 
BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS BEABÁ DAS CÉLULAS
BEABÁ DAS CÉLULAS
 
Revista Sou catequista -revista digital
Revista Sou catequista -revista digitalRevista Sou catequista -revista digital
Revista Sou catequista -revista digital
 
Texto 10 plano de ação pastoral - exemplo
Texto 10   plano de ação pastoral - exemploTexto 10   plano de ação pastoral - exemplo
Texto 10 plano de ação pastoral - exemplo
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
 
Integracao
IntegracaoIntegracao
Integracao
 
Treinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASDTreinamento Diáconos IASD
Treinamento Diáconos IASD
 
Estudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenosEstudo para grupos pequenos
Estudo para grupos pequenos
 
Treinamento para presidência do quórum de élderes
Treinamento para presidência do quórum de élderesTreinamento para presidência do quórum de élderes
Treinamento para presidência do quórum de élderes
 
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
Plano da Igreja de Pedra Badejo do ano 2014
 
Formação para catequistas
Formação para catequistasFormação para catequistas
Formação para catequistas
 

Semelhante a 37380069 treinamneto-para-presi-de-classes-da-estaca-itatiba-mara

Testemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De DesbravadoresTestemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De Desbravadores
Clube de Lideres Online
 
Testemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De DesbravadoresTestemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De Desbravadores
Clube de Lideres Online
 
Unidade 4 - Missão - aula 6
Unidade 4 - Missão - aula 6Unidade 4 - Missão - aula 6
Unidade 4 - Missão - aula 6
Igreja Metodista
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreações
Ismael Rosa
 
100brincadeiras 130224131438-phpapp01
100brincadeiras 130224131438-phpapp01100brincadeiras 130224131438-phpapp01
100brincadeiras 130224131438-phpapp01
Pedro Mateus
 
Unidade 4 - Missão - aula 5
Unidade 4 - Missão - aula 5Unidade 4 - Missão - aula 5
Unidade 4 - Missão - aula 5
Igreja Metodista
 
Boletim237
Boletim237Boletim237
Unidade 4 - Missão - aula 3
Unidade 4 - Missão - aula 3Unidade 4 - Missão - aula 3
Unidade 4 - Missão - aula 3
Igreja Metodista
 
liderança
liderançaliderança
Jornal ha esperença 13 final.corrigido
Jornal ha esperença 13 final.corrigidoJornal ha esperença 13 final.corrigido
Jornal ha esperença 13 final.corrigido
Edson Rodrigues
 
Gmjr
GmjrGmjr
Treinamento embaixadores
Treinamento embaixadoresTreinamento embaixadores
Treinamento embaixadores
Raphael Antoniolli
 
Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817
Adelson R. Dos Santos
 
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
IASD Asa Norte
 
5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptxCristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Martin M Flynn
 
Treinamento para professores da EBD
Treinamento para professores da EBDTreinamento para professores da EBD
Treinamento para professores da EBD
Jose Carlos Rodrigues
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.
Abdias Barreto
 
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
YarlensBrito3
 
Evangelização (1)
Evangelização (1)Evangelização (1)
Evangelização (1)
clebercoliver
 

Semelhante a 37380069 treinamneto-para-presi-de-classes-da-estaca-itatiba-mara (20)

Testemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De DesbravadoresTestemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De Desbravadores
 
Testemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De DesbravadoresTestemunhando No Clube De Desbravadores
Testemunhando No Clube De Desbravadores
 
Unidade 4 - Missão - aula 6
Unidade 4 - Missão - aula 6Unidade 4 - Missão - aula 6
Unidade 4 - Missão - aula 6
 
100 idéias de recreações
100 idéias de recreações100 idéias de recreações
100 idéias de recreações
 
100brincadeiras 130224131438-phpapp01
100brincadeiras 130224131438-phpapp01100brincadeiras 130224131438-phpapp01
100brincadeiras 130224131438-phpapp01
 
Unidade 4 - Missão - aula 5
Unidade 4 - Missão - aula 5Unidade 4 - Missão - aula 5
Unidade 4 - Missão - aula 5
 
Boletim237
Boletim237Boletim237
Boletim237
 
Unidade 4 - Missão - aula 3
Unidade 4 - Missão - aula 3Unidade 4 - Missão - aula 3
Unidade 4 - Missão - aula 3
 
liderança
liderançaliderança
liderança
 
Jornal ha esperença 13 final.corrigido
Jornal ha esperença 13 final.corrigidoJornal ha esperença 13 final.corrigido
Jornal ha esperença 13 final.corrigido
 
Gmjr
GmjrGmjr
Gmjr
 
Treinamento embaixadores
Treinamento embaixadoresTreinamento embaixadores
Treinamento embaixadores
 
Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817Boletim IPC LIMEIRA 270817
Boletim IPC LIMEIRA 270817
 
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
Boletim IASD Asa Norte 17/03/12
 
5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão5. Despertar o sentido vida: missão
5. Despertar o sentido vida: missão
 
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptxCristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
Cristo Vive 7,8,9 (portuguese).pptx
 
Treinamento para professores da EBD
Treinamento para professores da EBDTreinamento para professores da EBD
Treinamento para professores da EBD
 
Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.Treinamento para professores da EBD.
Treinamento para professores da EBD.
 
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
PG JOVEM. Esse tema foi apresentado em uma convenção de jovens.
 
Evangelização (1)
Evangelização (1)Evangelização (1)
Evangelização (1)
 

Mais de Luana Fernanda

Significados dos valores
Significados dos valoresSignificados dos valores
Significados dos valores
Luana Fernanda
 
Treinamento de liderança agosto
Treinamento de liderança agostoTreinamento de liderança agosto
Treinamento de liderança agosto
Luana Fernanda
 
Cinco razões para amar o progresso pessoal
Cinco razões para amar o progresso pessoalCinco razões para amar o progresso pessoal
Cinco razões para amar o progresso pessoal
Luana Fernanda
 
Cartao com o tema das mocas
Cartao com o tema das mocasCartao com o tema das mocas
Cartao com o tema das mocas
Luana Fernanda
 
Aula 40 autodominio
Aula 40 autodominioAula 40 autodominio
Aula 40 autodominio
Luana Fernanda
 
Aula 37 manter a castidade por meio da retidao
Aula 37 manter a castidade por meio da retidaoAula 37 manter a castidade por meio da retidao
Aula 37 manter a castidade por meio da retidaoLuana Fernanda
 
Aula 35 escolhas sabias
Aula 35 escolhas sabiasAula 35 escolhas sabias
Aula 35 escolhas sabias
Luana Fernanda
 
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximoAula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
Luana Fernanda
 
Aula 29 exaltacao
Aula 29 exaltacaoAula 29 exaltacao
Aula 29 exaltacao
Luana Fernanda
 
Aula 28 livre arbitrio
Aula 28 livre arbitrioAula 28 livre arbitrio
Aula 28 livre arbitrioLuana Fernanda
 
Aula 25 a lei do sacrificio
Aula 25 a lei do sacrificioAula 25 a lei do sacrificio
Aula 25 a lei do sacrificio
Luana Fernanda
 
Aula 24 a revelação na vida diária
Aula 24 a revelação na vida diáriaAula 24 a revelação na vida diária
Aula 24 a revelação na vida diária
Luana Fernanda
 
Aula 22 aconselhar com o senhor
Aula 22 aconselhar com o senhorAula 22 aconselhar com o senhor
Aula 22 aconselhar com o senhorLuana Fernanda
 
Aula 21 apoiar os missionarios por carta
Aula 21 apoiar os missionarios por cartaAula 21 apoiar os missionarios por carta
Aula 21 apoiar os missionarios por cartaLuana Fernanda
 
Aula 20 compartilhar o evangelho
Aula 20 compartilhar o evangelhoAula 20 compartilhar o evangelho
Aula 20 compartilhar o evangelho
Luana Fernanda
 
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2Luana Fernanda
 
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoasAula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
Luana Fernanda
 
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradas
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradasAula 18 uma heranca de tradicoes honradas
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradasLuana Fernanda
 
Aula 17 manter registros da historia da familia
Aula 17 manter registros da historia da familiaAula 17 manter registros da historia da familia
Aula 17 manter registros da historia da familiaLuana Fernanda
 

Mais de Luana Fernanda (20)

Significados dos valores
Significados dos valoresSignificados dos valores
Significados dos valores
 
Treinamento de liderança agosto
Treinamento de liderança agostoTreinamento de liderança agosto
Treinamento de liderança agosto
 
Cinco razões para amar o progresso pessoal
Cinco razões para amar o progresso pessoalCinco razões para amar o progresso pessoal
Cinco razões para amar o progresso pessoal
 
Cartao com o tema das mocas
Cartao com o tema das mocasCartao com o tema das mocas
Cartao com o tema das mocas
 
Aula 40 autodominio
Aula 40 autodominioAula 40 autodominio
Aula 40 autodominio
 
Aula 37 manter a castidade por meio da retidao
Aula 37 manter a castidade por meio da retidaoAula 37 manter a castidade por meio da retidao
Aula 37 manter a castidade por meio da retidao
 
Aula 35 escolhas sabias
Aula 35 escolhas sabiasAula 35 escolhas sabias
Aula 35 escolhas sabias
 
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximoAula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
Aula 30 fortalecer o testemunho servindo ao proximo
 
Aula 29 exaltacao
Aula 29 exaltacaoAula 29 exaltacao
Aula 29 exaltacao
 
Aula 28 livre arbitrio
Aula 28 livre arbitrioAula 28 livre arbitrio
Aula 28 livre arbitrio
 
Aula 26 sacramento
Aula 26 sacramentoAula 26 sacramento
Aula 26 sacramento
 
Aula 25 a lei do sacrificio
Aula 25 a lei do sacrificioAula 25 a lei do sacrificio
Aula 25 a lei do sacrificio
 
Aula 24 a revelação na vida diária
Aula 24 a revelação na vida diáriaAula 24 a revelação na vida diária
Aula 24 a revelação na vida diária
 
Aula 22 aconselhar com o senhor
Aula 22 aconselhar com o senhorAula 22 aconselhar com o senhor
Aula 22 aconselhar com o senhor
 
Aula 21 apoiar os missionarios por carta
Aula 21 apoiar os missionarios por cartaAula 21 apoiar os missionarios por carta
Aula 21 apoiar os missionarios por carta
 
Aula 20 compartilhar o evangelho
Aula 20 compartilhar o evangelhoAula 20 compartilhar o evangelho
Aula 20 compartilhar o evangelho
 
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas-2
 
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoasAula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
Aula 19 preparar-se para ensinar outras pessoas
 
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradas
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradasAula 18 uma heranca de tradicoes honradas
Aula 18 uma heranca de tradicoes honradas
 
Aula 17 manter registros da historia da familia
Aula 17 manter registros da historia da familiaAula 17 manter registros da historia da familia
Aula 17 manter registros da historia da familia
 

Último

Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 

Último (20)

Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 

37380069 treinamneto-para-presi-de-classes-da-estaca-itatiba-mara

  • 1. Presidência de Classe Reunião de Treinamento das Auxiliares Org. das Moças -Estaca Itatiba
  • 2. TREINAMENTO DAS PRESIDÊNCIAS DE CLASSES Os membros da presidência das Moças treinam e aconselham a presidência da classe para o grupo etário que lhes foi designada .As consultoras das Moças podem auxiliar .As lideres adultas ensinam técnicas de liderança e ajudam as presidências de classe a cumprir suas responsabilidades.
  • 3. Fé é um princípio de ação :Ajudamos as Moças dando-lhes oportunidades para agir e aplicar o que aprenderam
  • 4. RESPONSABILIDADES DAS PRESIDÊNCIAS DE CLASSE : ‡ CUIDAR DE CADA MEMBRO DA CLASSE . ‡ REALIZAR REUNIÕES DE PRESIDÊNCIAS DE CLASSE . ‡ AJUDAR A PLANEJAR E REALIZAR REUNIÕES E ATIVIDADES PARA A CLASSE . ‡ PARTICIPAR DO COMITÊ DA JUVENTUDE DO BISPADO. ‡ MANTER REGISTROS ( SECRETÁRIA ) ‡ VISITAR A CLASSE DAS MENINAS DE 11 ANOS . Fontes:(manual de instr.págs218 á 219)
  • 5. UMA PRESIDÊNCIA DE CLASSE EFICAZ : 1-REUNI hSE REGULARMENTE 2-PLANEJA COMO CUMPRIR RESPONSABILIDADES 3-RECEBEM INSTRUÇÕES 4-CUMPREM DESIGNAÇÕES
  • 6. ´...Todos precisamos erguer-nos e proclamar a verdade .Caminhem com fé e sejam fiéis .Façam o bem .Ajudem os outros e proporcionem glória á grande causa do Senhor Jesus Cristo nestes últimos Dias ...µ Gordon B. Hincley
  • 7. ´Porque o filho do homem veio salvar o que se tinha perdido ,Que vos parece ?Se algum homem tiver cem ovelhas ,e uma delas se desgarrar , não irá pelos montes , deixando as noventa e nove , em busca da que se desgarrou ? E , se por ventura a acha , em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela do que pelas noventa e nove que não se desgarraram . Assim também não é vontade de vosso Pai , que está nos Céus , que um destes pequeninos se perca .´ Mateus 18 :11 -14
  • 9. DEDAN-Discussões de Domingo á Noite ‡ São planejadas e realizadas sob a direção do bispado.Devem ser interessantes para os jovens e abordar assuntos que contribuirão para seu crescimento espiritual .Os temas baseados em Para o Vigor da Juventude são em particular adequados . ‡ Ocasionalmente o bispado pode trazer convidados para participar . fonte: Manual de instr . Da Igreja vol 2 pág 223
  • 10. AS DISCUSSÕES DE DOMINGO Á NOITE PODEM SER REALIZADAS EM QUALQUER DOMINGO .EXCETO O DE JEJUM .O BISPADO DETERMINA SUA FREQUÊNCIA E O COMITÊ DA JUVENTUDE DO BISPADO MARCA-AS . *Os rapazes e moças podem reunir-se separadamente ou em conjunto . Manual de Instruções da Igreja vol. 2 pág 223
  • 11. O DEDAN NOS AJUDARÁ A CONHECER NOSSOS JOVENS ‡ O QUE ELES PENSAM ? QUAIS SÃO SUAS DIFICULDADES ? ‡ DO QUE ELES GOSTAM ? ‡ QUEM SÃO SEUS FAMILIARES ? ‡ COMO ELES APLICAM OS PADRÕES DO EVANGELHO NO SEU DIA DIA ?
  • 12. Em verdade eu digo ;Os Homens devem ocupar-se zelosamente numa boa causa e fazer muitas coisas de sua livre e espontânea vontade e realizar muita retidão .Pois neles está o poder e nisso são seus próprios árbitros.E se os homens fizerem o bem ,de modo algum perderão sua recompensa .µ D & C 58:27-28