SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 50
Por que estou aqui?
POR QUE ESTOU AQUI?
“DE ONDE VIM?”;
“POR QUE ESTOU AQUI?”
E “PARA ONDE VOU?”.
 Segundo Daniel Siegel,
famoso psicólogo
americano, que se dedica
ao estudo do
desenvolvimento do cérebro
adolescente, há quatro
aspectos que compõem a
“essência da adolescência”:
1. entusiasmo emocional
2. entrosamento social
3. busca de novidades
4. criatividade
ESTES QUATRO
ELEMENTOS SÃO CRUCIAIS
DURANTE A
ADOLESCÊNCIA:
1. viver com paixão
2. estar rodeado de
amigos
3. ir atrás de novas ideias
e experiências
4. manter o cérebro
sempre criativo
são experiências que os adolescentes vivem intensamente e são
elas que, quando adultos, mantêm a mente em boa forma.
O cérebro é maleável, muda durante toda a nossa vida, e pode ser
moldado por novas experiências. Podemos, intencionalmente,
procurar essas vivências e afetar positivamente o desenvolvimento
cerebral”.
 Uma solução adequada para essa
realidade é despertar no adolescente o
senso de missão, para que ao servir, o
outro se sinta responsável, não apenas
por sua vida, mas pela do próximo. Isso
porque, quanto mais usam algumas
conexões, melhores e mais complexas
elas se tornam.
 Assim, as experiências que têm durante
a adolescência, hábitos e sensações,
moldarão o adulto que serão.
 Aí, ser o serviço abnegado nesta fase
de busca de identidade fundamental
para o descobrimento do sentido da
vida, de sua missão.
Adolescentes altruístas têm menos chances de sofrer
depressão, diz estudo: http://veja.abril.com.br/ciencia/adolescentes-altruistas-
tem-menos-chances-de-sofrer-depressao-diz-estudo/
MAS O QUE É MISSÃO?
 A missão é um propósito que atrai a pessoa para a
vida.
 Sem propósitos claros e definidos não há um caminho
que possa ser seguido e aqui surge um grande
problema:
– Se não se sabe para onde está indo e nem o que
realmente deseja, nada satisfará.
– O contrário, no entanto, leva ao comprometimento e
engajamento do ser humano em suas atividades.
– Em se tratando de adolescentes, quanto antes a
descoberta de seu propósito for possibilitada, melhor
será a qualidade de sua vida.
O QUE A BÍBLIA FALA
SOBRE MISSÃO?
Deus os abençoou, e lhes disse: Sejam férteis e
multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem
sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos
os animais que se movem pela terra.
Gênesis 1:28
Farei de você um grande povo, e
o abençoarei. Tornarei famoso o
seu nome, e você será uma
bênção.
Gênesis 12:2
Naquele dia, Israel será um mediador entre o Egito e a
Assíria, uma bênção na terra.
Isaias 19:24
Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre
vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a
Judéia e Samaria, e até os confins da terra.
Atos 1:8
O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o
Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres.
Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração
quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das
trevas aos prisioneiros, [...]
Isaias 61:1-3
[...] para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia
da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que
andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião
uma bela coroa em vez de cinzas, [...]
Isaias 61:1-3
[...] o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de
louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão
chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para
manifestação da sua glória.
Isaias 61:1-3
O QUE ELLEN WHITE DIZ SOBRE A
MISSÃO DA JUVENTUDE?
“Satanás… bem sabe não haver outra classe que possa fazer tanto bem,
como os rapazes e moças consagrados a Deus. A juventude quando reta,
pode exercer poderosa influência. Pregadores ou leigos de idade
avançada não podem ter, sobre a juventude, metade da influência que os
jovens consagrados têm sobre seus companheiros” (Mensagem aos
Jovens, p. 204).
Vão jovens, moços e moças e crianças ao trabalho, em nome de Jesus. Unam-se
eles em algum plano ou ordem de ação. Não podeis vós organizar um grupo de
obreiros, e ter ocasiões determinadas para orar juntos e pedir ao Senhor que vos
dê Sua graça, desenvolvendo uma ação unida?” (Mensagem aos Jovens, p.197).
“Como sai o Sol em sua missão de amor, desvanecendo as sombras da
noite e despertando o mundo para a vida, assim os seguidores de Cristo
devem ir em sua missão, difundindo a luz do Céu sobre os que se
encontram nas trevas do erro e do pecado” (O Maior Discurso de Cristo,
p. 39).
“ninguém pode achar que falhou em sua missão, se
aliviou a dor de outra pessoa”.
Charles Dickes
EIS A RAZÃO DE NOSSA EXISTÊNCIA,
EIS A RESPOSTA DO PORQUÊ
ESTARMOS AQUI.
“Nascemos com potenciais que podem ou não se
realizar. E eles só irão se tornar concretos a partir das
mudanças vividas pela mente adolescente. A
adolescência é o momento em que ganhamos a
consciência de quem somos e do que podemos ser –
em que nos tornamos humanos de maneira plena”.
Daniel Siegel
MÃOS À OBRA:
O que podemos fazer pelo próximo
 Escola Cristã de Férias
 Semana Santa
 Impacto Esperança
 Semana de Evangelismo
 AdoleAção
 Projeto Geração Teen
PROJETO GERAÇÃO TEEN:
“Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos,
para o Senhor morremos; de sorte que, quer vivamos ou
morramos, somos do Senhor”.
Romanos 14:8
SEGUEM ALGUMAS IDEIAS
REALIZADAS NO
PROJETO GERAÇÃO
TEEN PARA TRABALHAR A
MISSÃO NA SUA
CLASSE/BASE:
1. KIT RESGATE:
Antes de sairmos para atender à comunidade, precisamos resgatar aqueles
adolescentes que já estiveram conosco.
Então, reúnam sua Classe (base) e escolham um adolescente de cada vez para ser
visitado e acompanhado.
MONTAR UM KIT COM OS
SEGUINTES OBJETOS:
 Foto do adolescente afastado junto
com a galera da base, lição da
Escola Sabatina, um DVD ou CD de
música da Novo Tempo ou outro,
uma caixinha com um recado
carinhoso individual de todos os
componentes da base.
 Após ter montado o Kit, marquem
uma data para visitá-lo. Seria bom
que fosse uma surpresa, mas
combinem antes com algum parente.
PROGRAMA:
 Nessa visita, podem cantar uma música, orar com ele
e acima de tudo dizer que ele faz falta na classe;
mostrar a foto primeiro e abraçá-lo.
 Depois façam um convite para ele vir no próximo
sábado à igreja.
 Deixem alguém responsável para buscá-lo.
 Entreguem em mãos a lição da Escola Sabatina, a
Bíblia e o CD ou DVD de música.
 No final, orem por ele e, antes de sair, deixem a
caixinha com os recados.
2 - KIT SALVAÇÃO:
Escolham um adolescente não adventista para receber este kit e ser
acompanhado por todos da base.
MONTAR UM KIT COM OS
SEGUINTES OBJETOS:
 Um estudo bíblico, uma Bíblia, um
DVD do Pr. Luis Gonçalves ou outro
(vocês encontram no Departamento
Missionário de sua igreja.
 Um convite para um encontro fora do
encontro.
 Ex: O encontro fora do encontro
pode ser um lanche com um filme
educativo na casa de um
componente da base.
PROGRAMA:
 Vocês irão à casa desse adolescente e
levarão o convite para o lanche e o filme.
 Após ter passado o filme, promovam um bate
papo a respeito de esperança e salvação; por
isso que o filme tem que ser bem escolhido.
 Digam a esse adolescente convidado que
vocês gostariam que ele também fizesse parte
de sua base; que vocês se preocupam com
ele e depois ofereçam o kit. Orem por ele e lhe
dê um abraço coletivo; depois perguntem se
ele quer conhecer melhor a Jesus.
3 - KIT CESTA BÁSICA:
Descubram uma família que esteja passando necessidades financeiras.
MONTAR UM KIT COM OS
SEGUINTES OBJETOS:
 Uma cesta de alimentos básicos para essa
família.
 Lembrar das crianças da família e acrescentar
coisas diferentes para elas.
 Montar também uma cesta com um lanche
bem gostoso para a família e fazer uma
refeição especial junto com seu grupo naquele
dia.
 Ex: pães, frutas, bolacha, suco.
 Acrescentar um livro missionário e um DVD do
Pr. Luiz Gonçalves ou outro material.
PROGRAMA:
 Ir com toda a base à casa da família.
 Não precisa fazer nenhum programa ou culto;
será apenas para entregar as cestas e dizer
que esse é um presente dos adolescentes da
Igreja Adventista. Perguntar se podem orar
com a família.
 Esperar uma semana, depois passar por lá,
para ver como eles estão e o que precisam;
deixar uma Bíblia para a família com uma
dedicatória da base e o contato. Orar com
eles.
 Não perder o contato com essa família. E
quando acharem uma oportunidade, o grupo
deve oferecer um curso bíblico.
4. KIT INVERNO
5. KIT VERÃO
DESAFIOS MISSIONÁRIOS
DESAFIO 01 – PÃO DO CÉU
 Junto com sua base, preparem
um pão bem gostoso; coloquem
em uma embalagem bem bonita,
incluindo também um DVD do Pr.
Luiz Gonçalves ou um livro
missionário. Entregar em uma
casa perto da igreja e fazer um
convite a esse vizinho e seus
familiares para o Dia do Amigo
da sua igreja.
DESAFIO 02 – BALÕES
MISSIONÁRIOS
 Conhecem aqueles balões
com gás hélio?
 Amarrem vários folhetos com
propaganda da Novo Tempo
e soltem na praça do seu
bairro. (esses folhetos vocês
encontram no Departamento
Missionário de sua igreja).
DESAFIO 03 – CANTANDO
NO ÔNIBUS.
 Vocês têm coragem?
 Preparem uma música especial, bem
ensaiada com acompanhamento ao
violão ou outros instrumentos práticos.
 Ir com a sua base para um ônibus ou
terminal rodoviário; espalhem-se e
combinem um sinal, depois comecem a
cantar para as pessoas.
 Após a música, distribuam folhetos ou
livros missionários.
DESAFIO 04 – OUTUBRO
ROSA
 No mês de outubro temos a
conscientização contra o câncer de
mama nas mulheres.
 Confeccionar lacinhos de fita rosa
com alfinetes para prender na roupa
das mulheres. Vejam com o
Departamento do Ministério da
Mulher se há algum folheto
específico para esse dia.
 Reunir-se com sua base, e seguir até
uma praça da cidade, para entregar
os lacinhos e os folhetos.
A participação de adolescentes na missão será de grande ajuda
para levar o evangelho aos outros, e eles se sentirão muito felizes.
5. Despertar o sentido vida: missão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igrejaLBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igrejaNatalino das Neves Neves
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivosjouvacy
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDEdnaldo Santos de Jesus
 
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitória
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitóriaBoletim 170 (29 07-2012) - igreja vitória
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitóriaLucas Guimarães
 
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)Ney Bellas
 
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Márcio Pereira
 
A arte perdida de fazer discípulos
A arte perdida de fazer discípulosA arte perdida de fazer discípulos
A arte perdida de fazer discípulosjovensonossoalvo
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)Antonio Filho
 
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇA
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇALIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇA
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇALourinaldo Serafim
 
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e  primários 2016 lição biblica infantilJuniores e  primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e primários 2016 lição biblica infantilMarilene Rangel Rangel
 
apostila-manual-discipulado
apostila-manual-discipuladoapostila-manual-discipulado
apostila-manual-discipuladoBruno Borges
 
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto domésticoNatalino das Neves Neves
 
Aulas juniores setembro e outubro
Aulas juniores setembro e outubroAulas juniores setembro e outubro
Aulas juniores setembro e outubroDanielle da Costa
 
Apostila curso capacitacao 2007
Apostila curso capacitacao 2007Apostila curso capacitacao 2007
Apostila curso capacitacao 2007Mauro RS
 
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.ebddenice
 

Mais procurados (20)

LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igrejaLBJ Lição 10 - A missão social da igreja
LBJ Lição 10 - A missão social da igreja
 
10 motivos
10 motivos10 motivos
10 motivos
 
Ação Jovem 4trimestre 2015
Ação Jovem 4trimestre 2015Ação Jovem 4trimestre 2015
Ação Jovem 4trimestre 2015
 
Manual. discipulado para adolescentes
Manual. discipulado para adolescentesManual. discipulado para adolescentes
Manual. discipulado para adolescentes
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
 
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitória
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitóriaBoletim 170 (29 07-2012) - igreja vitória
Boletim 170 (29 07-2012) - igreja vitória
 
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)
A Importância da EBD para a família (Evangelista Romecir)
 
Curso de aperfeiçoamento da ebd
Curso de aperfeiçoamento da ebdCurso de aperfeiçoamento da ebd
Curso de aperfeiçoamento da ebd
 
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
Adolescentes Cristãos - Como devem ser?
 
A família e a igreja
A família e a igrejaA família e a igreja
A família e a igreja
 
A arte perdida de fazer discípulos
A arte perdida de fazer discípulosA arte perdida de fazer discípulos
A arte perdida de fazer discípulos
 
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
A historia e importancia da ebd(plenária – 01)
 
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇA
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇALIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇA
LIÇÃO 09 - A EVANGELIZAÇÃO DAS CRIANÇA
 
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e  primários 2016 lição biblica infantilJuniores e  primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
 
apostila-manual-discipulado
apostila-manual-discipuladoapostila-manual-discipulado
apostila-manual-discipulado
 
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico
2013 - 2 tri - lição 10 - a necessidade e a urgência do culto doméstico
 
Aulas juniores setembro e outubro
Aulas juniores setembro e outubroAulas juniores setembro e outubro
Aulas juniores setembro e outubro
 
Apostila curso capacitacao 2007
Apostila curso capacitacao 2007Apostila curso capacitacao 2007
Apostila curso capacitacao 2007
 
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.
Lição 08 Educação Cristã Responsabilidade dos Pais.
 
Os benefícios do discipulado em casa
Os benefícios do discipulado em casaOs benefícios do discipulado em casa
Os benefícios do discipulado em casa
 

Semelhante a 5. Despertar o sentido vida: missão

Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.pptReconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.pptLuiz Gomes
 
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casa
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casaAprenda como emagrecer rápido sem sair de casa
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casaliviaoliveira94
 
Revista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoesRevista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoeselianenane24
 
A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!Leonardo Pereira
 
Estudo de pais 33
Estudo de pais 33Estudo de pais 33
Estudo de pais 33Fatoze
 
Estreia 2015 como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.
Estreia 2015  como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.Estreia 2015  como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.
Estreia 2015 como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.Antonio De Assis Ribeiro
 
Campanha mundial de oração para crianças
Campanha mundial de oração para criançasCampanha mundial de oração para crianças
Campanha mundial de oração para criançasadson232
 
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.ppt
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.pptSay-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.ppt
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.pptalessandraoliveira324
 
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)Alice Lirio
 
Boletim Jovem Maio 2012
Boletim Jovem Maio 2012Boletim Jovem Maio 2012
Boletim Jovem Maio 2012willams
 

Semelhante a 5. Despertar o sentido vida: missão (20)

Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.pptReconectando as gerações -  Daphne Kirk - português.ppt
Reconectando as gerações - Daphne Kirk - português.ppt
 
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casa
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casaAprenda como emagrecer rápido sem sair de casa
Aprenda como emagrecer rápido sem sair de casa
 
Evangelho no Lar
Evangelho no LarEvangelho no Lar
Evangelho no Lar
 
Apostilha da celulas
Apostilha da celulasApostilha da celulas
Apostilha da celulas
 
Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009
 
Enc Ja02
Enc Ja02Enc Ja02
Enc Ja02
 
Revista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoesRevista crianca e_missoes
Revista crianca e_missoes
 
Enc Ja01
Enc Ja01Enc Ja01
Enc Ja01
 
A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!
 
Estudo de pais 33
Estudo de pais 33Estudo de pais 33
Estudo de pais 33
 
APOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESEAPOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESE
 
Estreia 2015 como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.
Estreia 2015  como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.Estreia 2015  como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.
Estreia 2015 como Dom Bosco com os jovens, para os jovens.
 
Campanha mundial de oração para crianças
Campanha mundial de oração para criançasCampanha mundial de oração para crianças
Campanha mundial de oração para crianças
 
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.ppt
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.pptSay-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.ppt
Say-Yes-.-apresentação-do-projeto-Diocese-do-PORTO.ppt
 
Profeciasdoapocalipse pg
Profeciasdoapocalipse pgProfeciasdoapocalipse pg
Profeciasdoapocalipse pg
 
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
 
Boletim Jovem Maio 2012
Boletim Jovem Maio 2012Boletim Jovem Maio 2012
Boletim Jovem Maio 2012
 
Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1
 
Planejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da CatequesePlanejamento Semanal da Catequese
Planejamento Semanal da Catequese
 
Extracurricular
ExtracurricularExtracurricular
Extracurricular
 

Mais de Igreja Adventista do Sétimo Dia

Mais de Igreja Adventista do Sétimo Dia (20)

Inspirações sobre a mães
Inspirações sobre a mãesInspirações sobre a mães
Inspirações sobre a mães
 
Estudio Apocalipsis
Estudio ApocalipsisEstudio Apocalipsis
Estudio Apocalipsis
 
4. Bullying: lidando com o mal século
4. Bullying: lidando com o mal século4. Bullying: lidando com o mal século
4. Bullying: lidando com o mal século
 
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
3. Como conquistar a confiança do seu adolescente
 
2. Como fortalecer os relacionamentos na família
2. Como fortalecer os relacionamentos na família2. Como fortalecer os relacionamentos na família
2. Como fortalecer os relacionamentos na família
 
1. Como fortalecer a fé do adolescente
1. Como fortalecer a fé do adolescente1. Como fortalecer a fé do adolescente
1. Como fortalecer a fé do adolescente
 
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
Manual Prático de Marca da IASD [Versão 1.2]
 
Familia feliz
Familia felizFamilia feliz
Familia feliz
 
Estudo Bíblico Fique Leve
Estudo Bíblico Fique LeveEstudo Bíblico Fique Leve
Estudo Bíblico Fique Leve
 
Revista acordes
Revista acordesRevista acordes
Revista acordes
 
A Verdade para o tempo do Fim
A Verdade para o tempo do FimA Verdade para o tempo do Fim
A Verdade para o tempo do Fim
 
Biblia mais PDF
Biblia mais PDFBiblia mais PDF
Biblia mais PDF
 
PPT - Guia do Aspirante 07
PPT - Guia do Aspirante 07PPT - Guia do Aspirante 07
PPT - Guia do Aspirante 07
 
PPT - Guia do Aspirante 08
PPT - Guia do Aspirante 08PPT - Guia do Aspirante 08
PPT - Guia do Aspirante 08
 
PPT - Guia do Aspirante 05
PPT - Guia do Aspirante 05PPT - Guia do Aspirante 05
PPT - Guia do Aspirante 05
 
PPT - Guia do Aspirante 06
PPT - Guia do Aspirante 06PPT - Guia do Aspirante 06
PPT - Guia do Aspirante 06
 
PPT - Guia do Aspirante 03
PPT - Guia do Aspirante 03PPT - Guia do Aspirante 03
PPT - Guia do Aspirante 03
 
PPT - Guia do Aspirante 04
PPT - Guia do Aspirante 04PPT - Guia do Aspirante 04
PPT - Guia do Aspirante 04
 
PPT - Guia do Aspirante 02
PPT - Guia do Aspirante 02PPT - Guia do Aspirante 02
PPT - Guia do Aspirante 02
 
PPT - Guia do Aspirante 01
PPT - Guia do Aspirante 01PPT - Guia do Aspirante 01
PPT - Guia do Aspirante 01
 

Último

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasnarayaskara215
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdfARIANAMENDES11
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 

Último (20)

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 

5. Despertar o sentido vida: missão

  • 1.
  • 2.
  • 3. Por que estou aqui? POR QUE ESTOU AQUI?
  • 4. “DE ONDE VIM?”; “POR QUE ESTOU AQUI?” E “PARA ONDE VOU?”.
  • 5.  Segundo Daniel Siegel, famoso psicólogo americano, que se dedica ao estudo do desenvolvimento do cérebro adolescente, há quatro aspectos que compõem a “essência da adolescência”:
  • 6. 1. entusiasmo emocional 2. entrosamento social 3. busca de novidades 4. criatividade
  • 7. ESTES QUATRO ELEMENTOS SÃO CRUCIAIS DURANTE A ADOLESCÊNCIA: 1. viver com paixão 2. estar rodeado de amigos 3. ir atrás de novas ideias e experiências 4. manter o cérebro sempre criativo
  • 8. são experiências que os adolescentes vivem intensamente e são elas que, quando adultos, mantêm a mente em boa forma.
  • 9. O cérebro é maleável, muda durante toda a nossa vida, e pode ser moldado por novas experiências. Podemos, intencionalmente, procurar essas vivências e afetar positivamente o desenvolvimento cerebral”.
  • 10.  Uma solução adequada para essa realidade é despertar no adolescente o senso de missão, para que ao servir, o outro se sinta responsável, não apenas por sua vida, mas pela do próximo. Isso porque, quanto mais usam algumas conexões, melhores e mais complexas elas se tornam.  Assim, as experiências que têm durante a adolescência, hábitos e sensações, moldarão o adulto que serão.  Aí, ser o serviço abnegado nesta fase de busca de identidade fundamental para o descobrimento do sentido da vida, de sua missão.
  • 11. Adolescentes altruístas têm menos chances de sofrer depressão, diz estudo: http://veja.abril.com.br/ciencia/adolescentes-altruistas- tem-menos-chances-de-sofrer-depressao-diz-estudo/
  • 12. MAS O QUE É MISSÃO?  A missão é um propósito que atrai a pessoa para a vida.  Sem propósitos claros e definidos não há um caminho que possa ser seguido e aqui surge um grande problema: – Se não se sabe para onde está indo e nem o que realmente deseja, nada satisfará. – O contrário, no entanto, leva ao comprometimento e engajamento do ser humano em suas atividades. – Em se tratando de adolescentes, quanto antes a descoberta de seu propósito for possibilitada, melhor será a qualidade de sua vida.
  • 13. O QUE A BÍBLIA FALA SOBRE MISSÃO?
  • 14. Deus os abençoou, e lhes disse: Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra. Gênesis 1:28
  • 15. Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção. Gênesis 12:2
  • 16. Naquele dia, Israel será um mediador entre o Egito e a Assíria, uma bênção na terra. Isaias 19:24
  • 17. Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra. Atos 1:8
  • 18. O Espírito do Soberano Senhor está sobre mim porque o Senhor ungiu-me para levar boas notícias aos pobres. Enviou-me para cuidar dos que estão com o coração quebrantado, anunciar liberdade aos cativos e libertação das trevas aos prisioneiros, [...] Isaias 61:1-3
  • 19. [...] para proclamar o ano da bondade do Senhor e o dia da vingança do nosso Deus; para consolar todos os que andam tristes, e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, [...] Isaias 61:1-3
  • 20. [...] o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Isaias 61:1-3
  • 21. O QUE ELLEN WHITE DIZ SOBRE A MISSÃO DA JUVENTUDE?
  • 22. “Satanás… bem sabe não haver outra classe que possa fazer tanto bem, como os rapazes e moças consagrados a Deus. A juventude quando reta, pode exercer poderosa influência. Pregadores ou leigos de idade avançada não podem ter, sobre a juventude, metade da influência que os jovens consagrados têm sobre seus companheiros” (Mensagem aos Jovens, p. 204).
  • 23. Vão jovens, moços e moças e crianças ao trabalho, em nome de Jesus. Unam-se eles em algum plano ou ordem de ação. Não podeis vós organizar um grupo de obreiros, e ter ocasiões determinadas para orar juntos e pedir ao Senhor que vos dê Sua graça, desenvolvendo uma ação unida?” (Mensagem aos Jovens, p.197).
  • 24. “Como sai o Sol em sua missão de amor, desvanecendo as sombras da noite e despertando o mundo para a vida, assim os seguidores de Cristo devem ir em sua missão, difundindo a luz do Céu sobre os que se encontram nas trevas do erro e do pecado” (O Maior Discurso de Cristo, p. 39).
  • 25. “ninguém pode achar que falhou em sua missão, se aliviou a dor de outra pessoa”. Charles Dickes
  • 26. EIS A RAZÃO DE NOSSA EXISTÊNCIA, EIS A RESPOSTA DO PORQUÊ ESTARMOS AQUI.
  • 27. “Nascemos com potenciais que podem ou não se realizar. E eles só irão se tornar concretos a partir das mudanças vividas pela mente adolescente. A adolescência é o momento em que ganhamos a consciência de quem somos e do que podemos ser – em que nos tornamos humanos de maneira plena”. Daniel Siegel
  • 28. MÃOS À OBRA: O que podemos fazer pelo próximo
  • 29.  Escola Cristã de Férias  Semana Santa  Impacto Esperança  Semana de Evangelismo  AdoleAção  Projeto Geração Teen
  • 31. “Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos; de sorte que, quer vivamos ou morramos, somos do Senhor”. Romanos 14:8
  • 32. SEGUEM ALGUMAS IDEIAS REALIZADAS NO PROJETO GERAÇÃO TEEN PARA TRABALHAR A MISSÃO NA SUA CLASSE/BASE:
  • 33. 1. KIT RESGATE: Antes de sairmos para atender à comunidade, precisamos resgatar aqueles adolescentes que já estiveram conosco. Então, reúnam sua Classe (base) e escolham um adolescente de cada vez para ser visitado e acompanhado.
  • 34. MONTAR UM KIT COM OS SEGUINTES OBJETOS:  Foto do adolescente afastado junto com a galera da base, lição da Escola Sabatina, um DVD ou CD de música da Novo Tempo ou outro, uma caixinha com um recado carinhoso individual de todos os componentes da base.  Após ter montado o Kit, marquem uma data para visitá-lo. Seria bom que fosse uma surpresa, mas combinem antes com algum parente.
  • 35. PROGRAMA:  Nessa visita, podem cantar uma música, orar com ele e acima de tudo dizer que ele faz falta na classe; mostrar a foto primeiro e abraçá-lo.  Depois façam um convite para ele vir no próximo sábado à igreja.  Deixem alguém responsável para buscá-lo.  Entreguem em mãos a lição da Escola Sabatina, a Bíblia e o CD ou DVD de música.  No final, orem por ele e, antes de sair, deixem a caixinha com os recados.
  • 36. 2 - KIT SALVAÇÃO: Escolham um adolescente não adventista para receber este kit e ser acompanhado por todos da base.
  • 37. MONTAR UM KIT COM OS SEGUINTES OBJETOS:  Um estudo bíblico, uma Bíblia, um DVD do Pr. Luis Gonçalves ou outro (vocês encontram no Departamento Missionário de sua igreja.  Um convite para um encontro fora do encontro.  Ex: O encontro fora do encontro pode ser um lanche com um filme educativo na casa de um componente da base.
  • 38. PROGRAMA:  Vocês irão à casa desse adolescente e levarão o convite para o lanche e o filme.  Após ter passado o filme, promovam um bate papo a respeito de esperança e salvação; por isso que o filme tem que ser bem escolhido.  Digam a esse adolescente convidado que vocês gostariam que ele também fizesse parte de sua base; que vocês se preocupam com ele e depois ofereçam o kit. Orem por ele e lhe dê um abraço coletivo; depois perguntem se ele quer conhecer melhor a Jesus.
  • 39. 3 - KIT CESTA BÁSICA: Descubram uma família que esteja passando necessidades financeiras.
  • 40. MONTAR UM KIT COM OS SEGUINTES OBJETOS:  Uma cesta de alimentos básicos para essa família.  Lembrar das crianças da família e acrescentar coisas diferentes para elas.  Montar também uma cesta com um lanche bem gostoso para a família e fazer uma refeição especial junto com seu grupo naquele dia.  Ex: pães, frutas, bolacha, suco.  Acrescentar um livro missionário e um DVD do Pr. Luiz Gonçalves ou outro material.
  • 41. PROGRAMA:  Ir com toda a base à casa da família.  Não precisa fazer nenhum programa ou culto; será apenas para entregar as cestas e dizer que esse é um presente dos adolescentes da Igreja Adventista. Perguntar se podem orar com a família.  Esperar uma semana, depois passar por lá, para ver como eles estão e o que precisam; deixar uma Bíblia para a família com uma dedicatória da base e o contato. Orar com eles.  Não perder o contato com essa família. E quando acharem uma oportunidade, o grupo deve oferecer um curso bíblico.
  • 45. DESAFIO 01 – PÃO DO CÉU  Junto com sua base, preparem um pão bem gostoso; coloquem em uma embalagem bem bonita, incluindo também um DVD do Pr. Luiz Gonçalves ou um livro missionário. Entregar em uma casa perto da igreja e fazer um convite a esse vizinho e seus familiares para o Dia do Amigo da sua igreja.
  • 46. DESAFIO 02 – BALÕES MISSIONÁRIOS  Conhecem aqueles balões com gás hélio?  Amarrem vários folhetos com propaganda da Novo Tempo e soltem na praça do seu bairro. (esses folhetos vocês encontram no Departamento Missionário de sua igreja).
  • 47. DESAFIO 03 – CANTANDO NO ÔNIBUS.  Vocês têm coragem?  Preparem uma música especial, bem ensaiada com acompanhamento ao violão ou outros instrumentos práticos.  Ir com a sua base para um ônibus ou terminal rodoviário; espalhem-se e combinem um sinal, depois comecem a cantar para as pessoas.  Após a música, distribuam folhetos ou livros missionários.
  • 48. DESAFIO 04 – OUTUBRO ROSA  No mês de outubro temos a conscientização contra o câncer de mama nas mulheres.  Confeccionar lacinhos de fita rosa com alfinetes para prender na roupa das mulheres. Vejam com o Departamento do Ministério da Mulher se há algum folheto específico para esse dia.  Reunir-se com sua base, e seguir até uma praça da cidade, para entregar os lacinhos e os folhetos.
  • 49. A participação de adolescentes na missão será de grande ajuda para levar o evangelho aos outros, e eles se sentirão muito felizes.