SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA SÃO DOMINGOS 
BATERIA DE EXERCÍCIOS – 3º TRIMESTRE 
GEOGRAFIA – 6º ANO 
1. Localize, escrevendo no mapa abaixo, os oceanos da Terra: 
2. Defina os tipos de mares que podemos encontrar: mares abertos, mares fechados, mares interiores. 
3. 
A quantidade de sais minerais presente em determinada 
porção de água, seja ela no rio, lago ou oceano, determina 
sua salinidade. 
Responda qual a origem da salinidade dos mares e oceanos? 
4. Qual a interferência da latitude na variação de temperatura dos oceanos? 
5. 
Formação das ondas é boa para o surfe em Florianópolis 
O tempo é nublado na manhã desta terça-feira em Florianópolis. O vento é quadrante norte forte 
mas não interfere muito na formação das ondas. Isso por ser norte oscilando com norte/oeste pegando 
mais de terral, ainda assim com bastante intensidade dificultando a entrada na onda. 
O mar subiu em relação à ontem, as ondas estão na média de 1 metro de altura. A ondulação é 
leste. Nas praias do leste da ilha, como Joaquina e Praia Mole, a formação é de regular a boa. O mar 
tem boa textura, as ondas estão abrindo e têm um tamanho bom para a prática do esporte. 
Nas praias mais protegidas do sul e norte da ilha, onde o vento sul é terral, muitas ondas, com 
cerca de 1 metro e apresentando séries maiores. A ondulação é de leste. 
No continente, tanto norte quanto sul apresenta boas condições para o surfe mesmo com o vento 
norte/oeste. A água está fria e a previsão é de que a ondulação ganhe força de leste ao decorrer do dia. 
www.clicrbs.com.br/esportes/sc/noticias 
Explique a formação das ondas.
6. Observe o esquema abaixo sobre a variação de maré no planeta e explique com suas palavras o motivo 
da ocorrência das marés altas e baixas. 
7. Observe a distribuição das correntes marítimas no mapa abaixo e responda: 
a) Quanto a temperatura, qual o tipo de corrente que atua no litoral do Brasil? 
b) Qual a relação das correntes frias com a formação dos desertos nos continentes?
É excessivamente úmido devido à alta 
pluviosidade. Por isso, ele apresenta intensas 
variações em suas características. Em algumas 
regiões, apresenta estações bastante 
equilibradas quanto á distribuição das chuvas, 
porém à medida que vai se aproximando dos 
trópicos a estação seca tende a aumentar, 
quando a estação seca é mais prolongada que a 
estação úmida. Se ocorrer o contrário, a estação 
úmida superar a seca, então é caracterizado 
como tropical úmido. 
8. 
Qual a importância dos mangues para os mares e oceanos? 
9. Quais as consequências da contaminação dos mares e oceanos por produtos tóxicos, derramamento de 
petróleo e outros impactos? 
10. Observe a imagem e leia o texto abaixo e responda o que se pede: 
De acordo com os conceitos estudados sobre clima e tempo, escreva nos espaços os termos TEMPO ou 
CLIMA para o texto e para a imagem identificando cada situação. 
a) 
11. Observe a imagem a seguir e responda: 
b)
a) O que são massas de ar? 
b) Identifique as características da massa de ar que atua no estado do Espírito Santo. 
12. O desenho abaixo representa um fenômeno típico quando ocorre o encontro de duas massas de ar. 
Observe e responda o que se pede: 
Explique o que ocorre no encontro das massas de ar fria e quente? Justifique 
13. Observe a imagem e leia a afirmação a seguir: 
“Os raios solares ao penetrarem na atmosfera terrestre a aquecem antes mesmo de atingirem a 
superfície da Terra, sendo assim a única maneira de geração de calor.” 
A afirmativa está correta? Justifique sua resposta com base na representação e nos conceitos sobre 
temperatura atmosférica.
14. Para caracterizarmos melhor a temperatura em um determinado lugar da Terra, devemos conhecer as 
suas temperaturas médias e as suas amplitudes térmicas. 
Observe a tabela abaixo com as temperaturas da cidade de Vitória durante um dia comum do ano: 
Horário Temperatura 
7h00min 20°C 
9h00min 22°C 
11h00min 26°C 
13h00min 30°C 
15h00min 28°C 
17h00min 26°C 
19h00min 24°C 
a) Calcule a temperatura média e amplitude térmica da cidade de Vitória nesse dia: 
b) Elabore um gráfico da variação das temperaturas nesse dia em Vitória. LEMBRE-SE: coloque os valores 
das temperaturas associando-os aos horários de ocorrência. 
15. 
Todos deslocamento de ar sobre a superfície terrestre é denominado VENTO. Observe a imagem acima e 
descreva o processo de formação dos ventos, a partir da numeração, explicando a relação entre a 
ocorrência dos ventos e a pressão atmosférica. 
16. Os climas que atuam sobre a superfície da Terra são muitos variados. A classificação climática leva em 
consideração a atuação das massas de ar, além de outros fatores. Observe o mapa dos climas brasileiros 
abaixo e responda o que se pede: 
Escolha dois climas brasileiros e cite as suas características.
17. O clima pode ser determinado por vários fatores. Observe a tabela abaixo: 
Cidade Latitude Temperatura Média 
Belém 01°28’ Sul 26.8°C 
Vitória 20°19’ Sul 24.7°C 
Buenos Aires 34°30’ Sul 16.5°C 
Punta Arenas 53°00’ Sul 6.7°C 
Indique o fator climático que está sendo representado e explique sua influência sobre o clima. 
18. Observe o climograma abaixo e marque a alternativa correta que indica a qual clima pertence: 
O climograma acima pertence ao clima: 
a) Tropical semi-árido 
b) Tropical de altitude 
c) Equatorial 
d) Subtropical 
e) Desértico 
19. Observe o climograma: 
As características do clima que possui o climograma acima são: 
a) temperaturas elevadas, chuvas bem distribuídas durante o ano, 
não apresentando meses de estiagem, representa o clima tropical 
úmido. 
b) temperaturas baixas, invernos rigorosos, chuvas escassas durante 
o ano, representa o clima subtropical. 
c) temperaturas elevadas, chuvas concentradas durante o inverno, 
representa o clima desértico. 
d) temperaturas elevadas, chuvas mal distribuídas durante o ano 
com concentração durante o verão, representa o clima semi-árido. 
e) temperaturas baixas, chuvas abundantes e bem distribuídas 
durante o ano, representa o clima tropical de altitude.
20. Sobre a amplitude térmica podemos afirmar que: 
I. A amplitude térmica é a variação de temperatura máxima e da temperatura mínima, que pode ser 
calculada entre o dia e a noite, mensalmente ou até mesmo anualmente. 
II. A amplitude térmica pode ser verificada nos fatores climáticos da continentalidade e maritimidade. 
III. A continentalidade se refere à proximidade com o litoral, pois quanto mais próximo estivermos dos 
oceanos as temperaturas são mais amenas, ou seja, não ocorre grandes amplitudes térmicas. 
IV. A maritimidade é o fator que determina um equilíbrio térmico entre o dia a noite nas regiões litorâneas, 
garantindo pequena variação térmica. 
As afirmativas corretas são: 
a) I, III e IV 
b) I, II e III 
c) II, III e IV 
d) I, II e IV 
e) Todas as afirmativas. 
O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida do planeta. As condições 
climáticas da Terra permitem que a água sofra mudanças de fase e a compreensão 
dessas transformações é fundamental para se entender o ciclo da água. Numa 
dessas mudanças, a água ou a umidade da terra absorve o calor dos raios solares. 
Após esse processo de aquecimento, algumas das moléculas de água começam a 
subir para a atmosfera. 
21. 
A transformação descrita no texto acima é a: 
a) fusão 
b) liquefação 
c) evaporação 
d) solidificação 
e) condensação 
22. Sobre o efeito estuda podemos afirmar: 
I. É um fenômeno natural que não permite que a atmosfera da Terra se resfrie de modo excessivo. 
II. O efeito estufa é prejudicial para o planeta em qualquer nível de ocorrência, destruindo os 
ecossistemas, aumentando os níveis dos oceanos. 
III. O efeito estufa, processo natural do planeta, pode ser intensificado pelas ações humanas, como a 
industrialização e a urbanização. 
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s): 
a) Apenas a afirmativa I. 
b) Apenas a afirmativa II. 
c) Apenas a afirmativa III. 
d) As afirmativas I e II 
e) As afirmativas I e III.
23. Observe a imagem a seguir: 
A imagem representa: 
a) o aquecimento global 
b) a inversão térmica 
c) as chuvas ácidas 
d) a diminuição da camada de ozônio 
e) o efeito estufa 
24. 
Qual clima predomina no estado do Espírito Santo? Quais suas características? 
25. Explique o que é maritimidade e continentalidade.
26. 
Tempo seco continua em todo o Paraná 
Os menores índices de umidade relativa do ar no estado chegaram a 16% ontem. Fim de semana 
terá calor 
O calor vai continuar no fim de semana no Paraná. Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, 
há algumas frentes frias próximas, mas elas devem se deslocar rapidamente para o Oeste do 
estado, criando, no máximo, mais nuvens no céu – condição que já seria suficiente para uma ou 
outra pancada de chuva e um alívio na umidade relativa do ar, de acordo com a meteorologista 
Beatriz Porto. “A temperatura, no entanto, deve continuar alta”. Ontem, a temperatura em 
praticamente todo o estado chegou perto dos 30ºC e registrou índices de umidade relativa do ar 
abaixo dos 30%, que é considerado estado de atenção pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 
Paranavaí e Maringá foram as cidades que marcaram o menor índice: 16%. 
www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania 
Explique como ocorre a inversão térmica. 
27. 
A imagem acima retrata as consequências da chuva ácida em ambientes naturais, como florestas. Explique 
quais os motivos mais prováveis da ocorrências de chuvas ácidas. 
28. 
Usina de energia eólica (energia a partir dos ventos) 
Como fontes alternativas de geração de energia, como a eólica, podem colaborar com a redução da 
poluição atmosférica?
29. 
Cite algumas consequências do aquecimento global para o ambiente natural e a sociedade humana. 
GABARITO 
1. Oceanos Atlântico, Pacífico, Índico, Glacial 
Ártico e Glacial Antártico. 
2. Mares abertos são aqueles que possuem 
ligação direta com os oceanos, ou seja, são 
aqueles localizados nos litorais dos continentes, 
exemplo Mar do Brasil. Mares Fechados são 
aqueles que não possuem ligação nenhuma com 
outro mar ou com oceano., exemplo Mar Cáspio. 
Mares Interiores são aqueles que possuem uma 
pequena ligação com outro mar ou com o oceano 
através dos chamados estreitos, exemplo Mar 
Mediterrâneo. 
3. A origem do sal nos mares e oceanos é o 
continente. A água que corre nos rios provoca 
erosão nas rochas dos continentes, retirando, 
entre os sedimentos, sais e minerais, que são 
levados pelo rio até sua foz nos mares. Durante 
milhões de anos esse processo vem ocorrendo. 
Nos mares e oceanos o processo de evaporação 
das águas intensifica ainda mais a concentração 
de sais nos oceanos, pois o que evapora é a 
água, concentrando os sais nesses oceanos e 
mares. 
4. Quanto mais próximo da linha do equador, ou 
seja, da região equatorial, maior a incidência dos 
raios solares e, portanto, maior o aquecimento 
das águas superficiais dos oceanos. Quando nos 
afastamos dessas regiões as temperaturas dos 
oceanos diminuem influenciadas também pelas 
correntes frias provenientes das regiões polares. 
5. As ondas são formadas a partir da atuação dos 
ventos sobre os oceanos, empurrando as águas 
superficiais. Quando essas águas se aproximam 
da costa a distância entre a superfície da onda e 
o fundo do mar diminuem, desacelerando as 
ondas que, então, ganham tamanho ao se 
aproximarem da praia. 
6. As marés ocorrem devido a influência da força 
de atração entre a Lua e a Terra. Quando os 
astros estão próximos a Lua exerce atração nos 
oceanos o que provoca as marés altas. Quando 
os astros se afastam a força diminui e ocorre a 
maré baixa. 
7. 
a) A corrente que atua no Brasil é uma corrente 
quente que tem origem próximo à região 
equatorial. 
b) A ocorrência de correntes frias próximo aos 
litorais dos continentes retira umidade do ar 
atmosférico, provocando chuvas no litoral. As 
massas de ar que seguiriam úmidas para os 
continentes, seguem, então, secas, reduzindo a 
possibilidade de chuvas, sendo um dos fatores 
responsáveis pela formação de desertos. 
8. Os manguezais são áreas bem protegidas nos 
litorais tropicais, na foz de rios, que recebem 
águas do mar, equilibrando a salinidade e 
temperatura do ambiente aquático. Essas áreas 
são aproveitadas pelos organismos marinhos 
para sua reprodução, sendo consideradas 
berçários da vida marinha, pois possuem fonte de 
alimento e condições ideais para reprodução. 
9. A contaminação dos mares e oceanos por 
produtos tóxicos prejudica a reprodução marinha, 
além de contribuir para a extinção de espécies. 
Além disso, a poluição prejudica a própria 
população litorânea que vive da pesca, pois pode 
afetar na quantidade de pescados. Os mares e 
oceanos fazem parte de um ecossistema com 
suas cadeias alimentares, afetar parte desse 
ecossistema significa afetar toda uma cadeia 
alimentar.
10. 
a) TEMPO 
b) CLIMA 
11. 
a) Massas de ar são como grandes “bolsões” de 
ar empurrados pelos ventos. As massas de ar 
possuem características próprias de temperatura, 
pressão e umidade. Carregam das regiões de 
origem para as regiões de destino essas 
características. 
b) No Espírito Santo a massa de ar que atua com 
maior freqüência é a Massa de Ar Tropical 
Atlântica. Possui elevada umidade, pois tem 
origem no meio do oceano Atlântico, e apresenta 
temperaturas elevadas, pois se forma na região 
tropical do planeta onde a incidência de raios 
solares é maior. Essa massa de ar ao entrar no 
continente provoca chuvas durante o ano inteiro. 
12. No encontro de massas de ar fria e quente 
ocorre um “choque” de temperatura e umidade. O 
ar quente sobe enquanto o ar frio desce, 
provocando chuvas e até mesmo queda de 
temperatura. 
13. Não. A afirmativa está incorreta, pois para 
ocorrer a liberação de calor na atmosfera é 
necessário que a superfície terrestre seja 
aquecida. A entrada de raios solares não é 
suficiente para aquecer a atmosfera do planeta. 
Esses raios solares necessitam ser 
transformados em ondas de calor, que só 
ocorrerá em contato com a superfície. 
14. 
a) A temperatura média foi de 25°C, e amplitude 
térmica foi de 10°C. 
b) 
35 
30 
25 
20 
15 
10 
5 
0 
Temperatura 
7h 9h 13h 15h 17h 
Temperatura 
15. Na etapa 1 o vento aquecido, mais leve, sobe 
em direção as partes mais altas (etapa 2). Nas 
porções da atmosfera mais elevadas, o ar se 
resfria (etapa 3), torna-se pesado e retorna para 
as partes mais baixas da atmosfera (etapa 4), 
reiniciando o ciclo do ar. 
16. Clima tropical litorâneo úmido: ocorre nas 
regiões litorâneas, apresenta chuvas durante o 
ano inteiro, com temperaturas sempre elevadas 
com médias de 25ºC. O clima tropical semi-árido 
ocorre na região do sertão nordestino, com 
poucas chuvas e longos períodos de estiagem, 
com temperaturas sempre elevadas com médias 
térmicas de 28°C. O clima tropical é o típico clima 
brasileiro, com períodos bem definidos de chuvas 
e estiagem, ocorre na região central do país, com 
temperaturas médias de 26°C. O clima equatorial 
ocorre na região norte do país, em região 
amazônica, com chuvas quase diárias ao final do 
dia, então apresenta chuvas abundantes e bem 
distribuídas durante o ano, temperaturas sempre 
elevadas com médias de 30°C. O clima 
subtropical ocorre na porção sul do país com 
temperaturas médias de 20°C, inverno rigoroso e 
chuvas bem distribuídas durante o ano, é o clima 
do Brasil que é possível perceber a mudança de 
estação climática. 
17. O fator climático é a latitude. As cidades mais 
próximas à região equatorial possuem médias 
térmicas mais elevadas, enquanto as cidades 
mais afastadas perdem essa influência da região 
mais quente do planeta, e apresentam médias 
térmicas baixas. 
18. e) equatorial 
19. d) temperaturas elevadas, chuvas mal 
distribuídas durante o ano com concentração 
durante o verão, representa o clima semi-árido. 
20. d) I, II e IV 
21. c) evaporação 
22. e) As afirmativas I e III. 
23. b) a inversão térmica 
24. Clima Tropical úmido. É um clima que 
apresenta chuvas bem distribuídas durante o ano, 
temperaturas sempre elevadas, com médias 
térmicas de 25°C, e baixa amplitude térmica. 
Sofre influência da massa de ar tropical atlântica. 
25. Maritimidade é a aproximação dos mares. 
Regiões com estão sob influência da 
maritimidade apresentam baixas amplitudes 
térmicas, pois o mar regula a temperatura da 
atmosfera, evitando elevação ou queda brusca de 
temperatura. Já a continentalidade é um fator 
climático que está associado ao interior do 
continente. Regiões que estão sob sua influência 
possuem uma grande variação de temperatura 
entre os dias e noite e estações do ano, pois não 
possuem a influência da umidade do mar para 
equilibrar essas temperaturas.
26. A inversão térmica ocorre sempre nos 
invernos. Quando o ar mais frio deveria descer 
para porções mais baixas da atmosfera fica 
bloqueado por uma camada de ar quente que se 
interpõe entre a camada superior fria e uma 
camada inferior também fria. A inversão térmica é 
comum ocorrer nos períodos da manhã, quando a 
temperatura próximo à superfície está baixa. 
Também é comum ocorrer em zonas urbanas 
industrializadas, onde as camadas de poluição do 
ar intensificam o fenômeno. 
27. As chuvas ácidas possuem ligação direta com 
a poluição atmosférica. Quanto maior for a 
poluição por gases e outras toxinas mais 
concentrada estará a atmosfera. Quando ocorrem 
as precipitações a água entra em contato com 
essas partículas tóxicas e gases tornando-se 
ácida. 
28. A utilização de fontes alternativas de energia, 
como a eólica, diminuem o uso de usinas de 
carvão, desmatamento de floresta para a 
construção de usinas hidrelétricas, a exploração 
de gases para geração de energia em 
termelétricas. Ou seja, possibilitam um uso mais 
limpo de fontes que não poluem a atmosfera. 
29. O chamado aquecimento global poderá 
provocar a alteração climática de várias partes do 
globo. A intensificação do efeito estufa 
(lembrando que é um fenômeno natural do 
planeta) pelas atividades humanas, como 
industrialização, veículos automotores, 
queimadas de florestas, entre outras fontes 
poluidoras do ar, pode alterar a circulação do ar 
na atmosfera, deslocando chuvas ou 
intensificando-as, juntamente com outros 
fenômenos que podem ocorrem com maior 
freqüência e intensidade como furacões, 
tornados, tempestades tropicais, e também a 
seca em regiões que já possuem, naturalmente, 
climas áridos e semi-áridos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Rogério Bartilotti
 
Apresentação de tempo e clima
Apresentação de tempo e climaApresentação de tempo e clima
Apresentação de tempo e clima
amorimgeo
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
danprofpc
 
6º ano unidade 6
6º ano unidade 6 6º ano unidade 6
6º ano unidade 6
Beth Pettersen
 
Clima
ClimaClima
Clima
ClimaClima
Geografia 6oano-
Geografia 6oano-Geografia 6oano-
Geografia 6oano-
Nivea Neves
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Clima
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Clima www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Clima
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Clima
Aulas De Geografia Apoio
 
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
Tânia Regina
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Climatologia
marcokiko84
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Clima e tempo
Clima e tempoClima e tempo
Clima e tempo
Rodrigo Andrade
 
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
Karol Schmitz
 
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Delmacy Cruz Souza
 
O espaço Natural Brasileiro Clima.
O espaço Natural Brasileiro Clima.O espaço Natural Brasileiro Clima.
O espaço Natural Brasileiro Clima.
Dênis Almeida
 
Geografia, 6º ano tempo e clima (1)
Geografia, 6º ano   tempo e clima (1)Geografia, 6º ano   tempo e clima (1)
Geografia, 6º ano tempo e clima (1)
Nivea Neves
 
Atmosfera e climas
Atmosfera e climasAtmosfera e climas
Atmosfera e climas
Fernando M. Knapik
 
Seminário clima
Seminário climaSeminário clima
Seminário clima
LUIS ABREU
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
Kelmmany Wesley
 
Biomas; Climas; Massas de ar
Biomas; Climas; Massas de arBiomas; Climas; Massas de ar
Biomas; Climas; Massas de ar
Beatriz Ramos
 

Mais procurados (20)

Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
 
Apresentação de tempo e clima
Apresentação de tempo e climaApresentação de tempo e clima
Apresentação de tempo e clima
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
 
6º ano unidade 6
6º ano unidade 6 6º ano unidade 6
6º ano unidade 6
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
Geografia 6oano-
Geografia 6oano-Geografia 6oano-
Geografia 6oano-
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Clima
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Clima www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia - Clima
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Clima
 
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
Diferença entre tempo e clima Massas de ar; Massas de ar que influenciam o cl...
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Climatologia
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Climatologia
 
Clima e tempo
Clima e tempoClima e tempo
Clima e tempo
 
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
Atmosfera e os fenômenos meteorológicos (Geografia)
 
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exerciciosGeografia brasil-natural-clima-exercicios
Geografia brasil-natural-clima-exercicios
 
O espaço Natural Brasileiro Clima.
O espaço Natural Brasileiro Clima.O espaço Natural Brasileiro Clima.
O espaço Natural Brasileiro Clima.
 
Geografia, 6º ano tempo e clima (1)
Geografia, 6º ano   tempo e clima (1)Geografia, 6º ano   tempo e clima (1)
Geografia, 6º ano tempo e clima (1)
 
Atmosfera e climas
Atmosfera e climasAtmosfera e climas
Atmosfera e climas
 
Seminário clima
Seminário climaSeminário clima
Seminário clima
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Biomas; Climas; Massas de ar
Biomas; Climas; Massas de arBiomas; Climas; Massas de ar
Biomas; Climas; Massas de ar
 

Semelhante a 170 4c98e3103814d

06092018072941290.pdf
06092018072941290.pdf06092018072941290.pdf
06092018072941290.pdf
EdicarlosDourado
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Rogério Bartilotti
 
Clima
ClimaClima
1110factoresdeclima
1110factoresdeclima1110factoresdeclima
1110factoresdeclima
leinad1981
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
RILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Atividades sobre climas
Atividades sobre climasAtividades sobre climas
Atividades sobre climas
Atividades Diversas Cláudia
 
Material extraído do site
Material extraído do siteMaterial extraído do site
Material extraído do site
rolonluiz
 
Material extraído do site
Material extraído do siteMaterial extraído do site
Material extraído do site
rolonluiz
 
Geografia 1ano3bim
Geografia  1ano3bimGeografia  1ano3bim
Geografia 1ano3bim
Junior Oliveira
 
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptxCLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
TalyaPinheiro1
 
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
Saulo Lucena
 
MASSA DE AR
MASSA DE ARMASSA DE AR
MASSA DE AR
Nael.Passos
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ProfMario De Mori
 
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdfTemperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
WilderclayMachado1
 
clima e massas de ar.ppt
clima e massas de ar.pptclima e massas de ar.ppt
clima e massas de ar.ppt
daniel936004
 
Geo clima
Geo climaGeo clima
Geo clima
PedroFrancisco84
 
Atmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores ClimaticosAtmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores Climaticos
Vania Leão
 
1 ano clima
1 ano clima1 ano clima
1 ano clima
Geová da Silva
 
Fundamentos da climatologia
Fundamentos da climatologiaFundamentos da climatologia
Fundamentos da climatologia
Beatriz Ramos
 
Aula introdução a climatologia 1
Aula   introdução a climatologia 1Aula   introdução a climatologia 1
Aula introdução a climatologia 1
Omar Fürst
 

Semelhante a 170 4c98e3103814d (20)

06092018072941290.pdf
06092018072941290.pdf06092018072941290.pdf
06092018072941290.pdf
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
 
Clima
ClimaClima
Clima
 
1110factoresdeclima
1110factoresdeclima1110factoresdeclima
1110factoresdeclima
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Atividades sobre climas
Atividades sobre climasAtividades sobre climas
Atividades sobre climas
 
Material extraído do site
Material extraído do siteMaterial extraído do site
Material extraído do site
 
Material extraído do site
Material extraído do siteMaterial extraído do site
Material extraído do site
 
Geografia 1ano3bim
Geografia  1ano3bimGeografia  1ano3bim
Geografia 1ano3bim
 
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptxCLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
CLIMATOLOGIA - ENEM 2023.pptx
 
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
Climatologia - fatores e elementos do clima, fenômenos climáticos e classific...
 
MASSA DE AR
MASSA DE ARMASSA DE AR
MASSA DE AR
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
 
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdfTemperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
Temperatura_do_ar_Modo_de_Compatibilidade-1.pdf
 
clima e massas de ar.ppt
clima e massas de ar.pptclima e massas de ar.ppt
clima e massas de ar.ppt
 
Geo clima
Geo climaGeo clima
Geo clima
 
Atmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores ClimaticosAtmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores Climaticos
 
1 ano clima
1 ano clima1 ano clima
1 ano clima
 
Fundamentos da climatologia
Fundamentos da climatologiaFundamentos da climatologia
Fundamentos da climatologia
 
Aula introdução a climatologia 1
Aula   introdução a climatologia 1Aula   introdução a climatologia 1
Aula introdução a climatologia 1
 

Último

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 

170 4c98e3103814d

  • 1. ESCOLA SÃO DOMINGOS BATERIA DE EXERCÍCIOS – 3º TRIMESTRE GEOGRAFIA – 6º ANO 1. Localize, escrevendo no mapa abaixo, os oceanos da Terra: 2. Defina os tipos de mares que podemos encontrar: mares abertos, mares fechados, mares interiores. 3. A quantidade de sais minerais presente em determinada porção de água, seja ela no rio, lago ou oceano, determina sua salinidade. Responda qual a origem da salinidade dos mares e oceanos? 4. Qual a interferência da latitude na variação de temperatura dos oceanos? 5. Formação das ondas é boa para o surfe em Florianópolis O tempo é nublado na manhã desta terça-feira em Florianópolis. O vento é quadrante norte forte mas não interfere muito na formação das ondas. Isso por ser norte oscilando com norte/oeste pegando mais de terral, ainda assim com bastante intensidade dificultando a entrada na onda. O mar subiu em relação à ontem, as ondas estão na média de 1 metro de altura. A ondulação é leste. Nas praias do leste da ilha, como Joaquina e Praia Mole, a formação é de regular a boa. O mar tem boa textura, as ondas estão abrindo e têm um tamanho bom para a prática do esporte. Nas praias mais protegidas do sul e norte da ilha, onde o vento sul é terral, muitas ondas, com cerca de 1 metro e apresentando séries maiores. A ondulação é de leste. No continente, tanto norte quanto sul apresenta boas condições para o surfe mesmo com o vento norte/oeste. A água está fria e a previsão é de que a ondulação ganhe força de leste ao decorrer do dia. www.clicrbs.com.br/esportes/sc/noticias Explique a formação das ondas.
  • 2. 6. Observe o esquema abaixo sobre a variação de maré no planeta e explique com suas palavras o motivo da ocorrência das marés altas e baixas. 7. Observe a distribuição das correntes marítimas no mapa abaixo e responda: a) Quanto a temperatura, qual o tipo de corrente que atua no litoral do Brasil? b) Qual a relação das correntes frias com a formação dos desertos nos continentes?
  • 3. É excessivamente úmido devido à alta pluviosidade. Por isso, ele apresenta intensas variações em suas características. Em algumas regiões, apresenta estações bastante equilibradas quanto á distribuição das chuvas, porém à medida que vai se aproximando dos trópicos a estação seca tende a aumentar, quando a estação seca é mais prolongada que a estação úmida. Se ocorrer o contrário, a estação úmida superar a seca, então é caracterizado como tropical úmido. 8. Qual a importância dos mangues para os mares e oceanos? 9. Quais as consequências da contaminação dos mares e oceanos por produtos tóxicos, derramamento de petróleo e outros impactos? 10. Observe a imagem e leia o texto abaixo e responda o que se pede: De acordo com os conceitos estudados sobre clima e tempo, escreva nos espaços os termos TEMPO ou CLIMA para o texto e para a imagem identificando cada situação. a) 11. Observe a imagem a seguir e responda: b)
  • 4. a) O que são massas de ar? b) Identifique as características da massa de ar que atua no estado do Espírito Santo. 12. O desenho abaixo representa um fenômeno típico quando ocorre o encontro de duas massas de ar. Observe e responda o que se pede: Explique o que ocorre no encontro das massas de ar fria e quente? Justifique 13. Observe a imagem e leia a afirmação a seguir: “Os raios solares ao penetrarem na atmosfera terrestre a aquecem antes mesmo de atingirem a superfície da Terra, sendo assim a única maneira de geração de calor.” A afirmativa está correta? Justifique sua resposta com base na representação e nos conceitos sobre temperatura atmosférica.
  • 5. 14. Para caracterizarmos melhor a temperatura em um determinado lugar da Terra, devemos conhecer as suas temperaturas médias e as suas amplitudes térmicas. Observe a tabela abaixo com as temperaturas da cidade de Vitória durante um dia comum do ano: Horário Temperatura 7h00min 20°C 9h00min 22°C 11h00min 26°C 13h00min 30°C 15h00min 28°C 17h00min 26°C 19h00min 24°C a) Calcule a temperatura média e amplitude térmica da cidade de Vitória nesse dia: b) Elabore um gráfico da variação das temperaturas nesse dia em Vitória. LEMBRE-SE: coloque os valores das temperaturas associando-os aos horários de ocorrência. 15. Todos deslocamento de ar sobre a superfície terrestre é denominado VENTO. Observe a imagem acima e descreva o processo de formação dos ventos, a partir da numeração, explicando a relação entre a ocorrência dos ventos e a pressão atmosférica. 16. Os climas que atuam sobre a superfície da Terra são muitos variados. A classificação climática leva em consideração a atuação das massas de ar, além de outros fatores. Observe o mapa dos climas brasileiros abaixo e responda o que se pede: Escolha dois climas brasileiros e cite as suas características.
  • 6. 17. O clima pode ser determinado por vários fatores. Observe a tabela abaixo: Cidade Latitude Temperatura Média Belém 01°28’ Sul 26.8°C Vitória 20°19’ Sul 24.7°C Buenos Aires 34°30’ Sul 16.5°C Punta Arenas 53°00’ Sul 6.7°C Indique o fator climático que está sendo representado e explique sua influência sobre o clima. 18. Observe o climograma abaixo e marque a alternativa correta que indica a qual clima pertence: O climograma acima pertence ao clima: a) Tropical semi-árido b) Tropical de altitude c) Equatorial d) Subtropical e) Desértico 19. Observe o climograma: As características do clima que possui o climograma acima são: a) temperaturas elevadas, chuvas bem distribuídas durante o ano, não apresentando meses de estiagem, representa o clima tropical úmido. b) temperaturas baixas, invernos rigorosos, chuvas escassas durante o ano, representa o clima subtropical. c) temperaturas elevadas, chuvas concentradas durante o inverno, representa o clima desértico. d) temperaturas elevadas, chuvas mal distribuídas durante o ano com concentração durante o verão, representa o clima semi-árido. e) temperaturas baixas, chuvas abundantes e bem distribuídas durante o ano, representa o clima tropical de altitude.
  • 7. 20. Sobre a amplitude térmica podemos afirmar que: I. A amplitude térmica é a variação de temperatura máxima e da temperatura mínima, que pode ser calculada entre o dia e a noite, mensalmente ou até mesmo anualmente. II. A amplitude térmica pode ser verificada nos fatores climáticos da continentalidade e maritimidade. III. A continentalidade se refere à proximidade com o litoral, pois quanto mais próximo estivermos dos oceanos as temperaturas são mais amenas, ou seja, não ocorre grandes amplitudes térmicas. IV. A maritimidade é o fator que determina um equilíbrio térmico entre o dia a noite nas regiões litorâneas, garantindo pequena variação térmica. As afirmativas corretas são: a) I, III e IV b) I, II e III c) II, III e IV d) I, II e IV e) Todas as afirmativas. O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida do planeta. As condições climáticas da Terra permitem que a água sofra mudanças de fase e a compreensão dessas transformações é fundamental para se entender o ciclo da água. Numa dessas mudanças, a água ou a umidade da terra absorve o calor dos raios solares. Após esse processo de aquecimento, algumas das moléculas de água começam a subir para a atmosfera. 21. A transformação descrita no texto acima é a: a) fusão b) liquefação c) evaporação d) solidificação e) condensação 22. Sobre o efeito estuda podemos afirmar: I. É um fenômeno natural que não permite que a atmosfera da Terra se resfrie de modo excessivo. II. O efeito estufa é prejudicial para o planeta em qualquer nível de ocorrência, destruindo os ecossistemas, aumentando os níveis dos oceanos. III. O efeito estufa, processo natural do planeta, pode ser intensificado pelas ações humanas, como a industrialização e a urbanização. Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s): a) Apenas a afirmativa I. b) Apenas a afirmativa II. c) Apenas a afirmativa III. d) As afirmativas I e II e) As afirmativas I e III.
  • 8. 23. Observe a imagem a seguir: A imagem representa: a) o aquecimento global b) a inversão térmica c) as chuvas ácidas d) a diminuição da camada de ozônio e) o efeito estufa 24. Qual clima predomina no estado do Espírito Santo? Quais suas características? 25. Explique o que é maritimidade e continentalidade.
  • 9. 26. Tempo seco continua em todo o Paraná Os menores índices de umidade relativa do ar no estado chegaram a 16% ontem. Fim de semana terá calor O calor vai continuar no fim de semana no Paraná. Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, há algumas frentes frias próximas, mas elas devem se deslocar rapidamente para o Oeste do estado, criando, no máximo, mais nuvens no céu – condição que já seria suficiente para uma ou outra pancada de chuva e um alívio na umidade relativa do ar, de acordo com a meteorologista Beatriz Porto. “A temperatura, no entanto, deve continuar alta”. Ontem, a temperatura em praticamente todo o estado chegou perto dos 30ºC e registrou índices de umidade relativa do ar abaixo dos 30%, que é considerado estado de atenção pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Paranavaí e Maringá foram as cidades que marcaram o menor índice: 16%. www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania Explique como ocorre a inversão térmica. 27. A imagem acima retrata as consequências da chuva ácida em ambientes naturais, como florestas. Explique quais os motivos mais prováveis da ocorrências de chuvas ácidas. 28. Usina de energia eólica (energia a partir dos ventos) Como fontes alternativas de geração de energia, como a eólica, podem colaborar com a redução da poluição atmosférica?
  • 10. 29. Cite algumas consequências do aquecimento global para o ambiente natural e a sociedade humana. GABARITO 1. Oceanos Atlântico, Pacífico, Índico, Glacial Ártico e Glacial Antártico. 2. Mares abertos são aqueles que possuem ligação direta com os oceanos, ou seja, são aqueles localizados nos litorais dos continentes, exemplo Mar do Brasil. Mares Fechados são aqueles que não possuem ligação nenhuma com outro mar ou com oceano., exemplo Mar Cáspio. Mares Interiores são aqueles que possuem uma pequena ligação com outro mar ou com o oceano através dos chamados estreitos, exemplo Mar Mediterrâneo. 3. A origem do sal nos mares e oceanos é o continente. A água que corre nos rios provoca erosão nas rochas dos continentes, retirando, entre os sedimentos, sais e minerais, que são levados pelo rio até sua foz nos mares. Durante milhões de anos esse processo vem ocorrendo. Nos mares e oceanos o processo de evaporação das águas intensifica ainda mais a concentração de sais nos oceanos, pois o que evapora é a água, concentrando os sais nesses oceanos e mares. 4. Quanto mais próximo da linha do equador, ou seja, da região equatorial, maior a incidência dos raios solares e, portanto, maior o aquecimento das águas superficiais dos oceanos. Quando nos afastamos dessas regiões as temperaturas dos oceanos diminuem influenciadas também pelas correntes frias provenientes das regiões polares. 5. As ondas são formadas a partir da atuação dos ventos sobre os oceanos, empurrando as águas superficiais. Quando essas águas se aproximam da costa a distância entre a superfície da onda e o fundo do mar diminuem, desacelerando as ondas que, então, ganham tamanho ao se aproximarem da praia. 6. As marés ocorrem devido a influência da força de atração entre a Lua e a Terra. Quando os astros estão próximos a Lua exerce atração nos oceanos o que provoca as marés altas. Quando os astros se afastam a força diminui e ocorre a maré baixa. 7. a) A corrente que atua no Brasil é uma corrente quente que tem origem próximo à região equatorial. b) A ocorrência de correntes frias próximo aos litorais dos continentes retira umidade do ar atmosférico, provocando chuvas no litoral. As massas de ar que seguiriam úmidas para os continentes, seguem, então, secas, reduzindo a possibilidade de chuvas, sendo um dos fatores responsáveis pela formação de desertos. 8. Os manguezais são áreas bem protegidas nos litorais tropicais, na foz de rios, que recebem águas do mar, equilibrando a salinidade e temperatura do ambiente aquático. Essas áreas são aproveitadas pelos organismos marinhos para sua reprodução, sendo consideradas berçários da vida marinha, pois possuem fonte de alimento e condições ideais para reprodução. 9. A contaminação dos mares e oceanos por produtos tóxicos prejudica a reprodução marinha, além de contribuir para a extinção de espécies. Além disso, a poluição prejudica a própria população litorânea que vive da pesca, pois pode afetar na quantidade de pescados. Os mares e oceanos fazem parte de um ecossistema com suas cadeias alimentares, afetar parte desse ecossistema significa afetar toda uma cadeia alimentar.
  • 11. 10. a) TEMPO b) CLIMA 11. a) Massas de ar são como grandes “bolsões” de ar empurrados pelos ventos. As massas de ar possuem características próprias de temperatura, pressão e umidade. Carregam das regiões de origem para as regiões de destino essas características. b) No Espírito Santo a massa de ar que atua com maior freqüência é a Massa de Ar Tropical Atlântica. Possui elevada umidade, pois tem origem no meio do oceano Atlântico, e apresenta temperaturas elevadas, pois se forma na região tropical do planeta onde a incidência de raios solares é maior. Essa massa de ar ao entrar no continente provoca chuvas durante o ano inteiro. 12. No encontro de massas de ar fria e quente ocorre um “choque” de temperatura e umidade. O ar quente sobe enquanto o ar frio desce, provocando chuvas e até mesmo queda de temperatura. 13. Não. A afirmativa está incorreta, pois para ocorrer a liberação de calor na atmosfera é necessário que a superfície terrestre seja aquecida. A entrada de raios solares não é suficiente para aquecer a atmosfera do planeta. Esses raios solares necessitam ser transformados em ondas de calor, que só ocorrerá em contato com a superfície. 14. a) A temperatura média foi de 25°C, e amplitude térmica foi de 10°C. b) 35 30 25 20 15 10 5 0 Temperatura 7h 9h 13h 15h 17h Temperatura 15. Na etapa 1 o vento aquecido, mais leve, sobe em direção as partes mais altas (etapa 2). Nas porções da atmosfera mais elevadas, o ar se resfria (etapa 3), torna-se pesado e retorna para as partes mais baixas da atmosfera (etapa 4), reiniciando o ciclo do ar. 16. Clima tropical litorâneo úmido: ocorre nas regiões litorâneas, apresenta chuvas durante o ano inteiro, com temperaturas sempre elevadas com médias de 25ºC. O clima tropical semi-árido ocorre na região do sertão nordestino, com poucas chuvas e longos períodos de estiagem, com temperaturas sempre elevadas com médias térmicas de 28°C. O clima tropical é o típico clima brasileiro, com períodos bem definidos de chuvas e estiagem, ocorre na região central do país, com temperaturas médias de 26°C. O clima equatorial ocorre na região norte do país, em região amazônica, com chuvas quase diárias ao final do dia, então apresenta chuvas abundantes e bem distribuídas durante o ano, temperaturas sempre elevadas com médias de 30°C. O clima subtropical ocorre na porção sul do país com temperaturas médias de 20°C, inverno rigoroso e chuvas bem distribuídas durante o ano, é o clima do Brasil que é possível perceber a mudança de estação climática. 17. O fator climático é a latitude. As cidades mais próximas à região equatorial possuem médias térmicas mais elevadas, enquanto as cidades mais afastadas perdem essa influência da região mais quente do planeta, e apresentam médias térmicas baixas. 18. e) equatorial 19. d) temperaturas elevadas, chuvas mal distribuídas durante o ano com concentração durante o verão, representa o clima semi-árido. 20. d) I, II e IV 21. c) evaporação 22. e) As afirmativas I e III. 23. b) a inversão térmica 24. Clima Tropical úmido. É um clima que apresenta chuvas bem distribuídas durante o ano, temperaturas sempre elevadas, com médias térmicas de 25°C, e baixa amplitude térmica. Sofre influência da massa de ar tropical atlântica. 25. Maritimidade é a aproximação dos mares. Regiões com estão sob influência da maritimidade apresentam baixas amplitudes térmicas, pois o mar regula a temperatura da atmosfera, evitando elevação ou queda brusca de temperatura. Já a continentalidade é um fator climático que está associado ao interior do continente. Regiões que estão sob sua influência possuem uma grande variação de temperatura entre os dias e noite e estações do ano, pois não possuem a influência da umidade do mar para equilibrar essas temperaturas.
  • 12. 26. A inversão térmica ocorre sempre nos invernos. Quando o ar mais frio deveria descer para porções mais baixas da atmosfera fica bloqueado por uma camada de ar quente que se interpõe entre a camada superior fria e uma camada inferior também fria. A inversão térmica é comum ocorrer nos períodos da manhã, quando a temperatura próximo à superfície está baixa. Também é comum ocorrer em zonas urbanas industrializadas, onde as camadas de poluição do ar intensificam o fenômeno. 27. As chuvas ácidas possuem ligação direta com a poluição atmosférica. Quanto maior for a poluição por gases e outras toxinas mais concentrada estará a atmosfera. Quando ocorrem as precipitações a água entra em contato com essas partículas tóxicas e gases tornando-se ácida. 28. A utilização de fontes alternativas de energia, como a eólica, diminuem o uso de usinas de carvão, desmatamento de floresta para a construção de usinas hidrelétricas, a exploração de gases para geração de energia em termelétricas. Ou seja, possibilitam um uso mais limpo de fontes que não poluem a atmosfera. 29. O chamado aquecimento global poderá provocar a alteração climática de várias partes do globo. A intensificação do efeito estufa (lembrando que é um fenômeno natural do planeta) pelas atividades humanas, como industrialização, veículos automotores, queimadas de florestas, entre outras fontes poluidoras do ar, pode alterar a circulação do ar na atmosfera, deslocando chuvas ou intensificando-as, juntamente com outros fenômenos que podem ocorrem com maior freqüência e intensidade como furacões, tornados, tempestades tropicais, e também a seca em regiões que já possuem, naturalmente, climas áridos e semi-áridos.