Erosao dos rios

4.944 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.944
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
123
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Erosao dos rios

  1. 1. O meio natural Rios e cursos de água Rios e cursos de água = Acção modeladora dos rios = = Acção modeladora dos rios =Pedro Damião Geografia
  2. 2. A acção modeladora dos cursos de água
  3. 3. A acção modeladora dos cursos de água Erosão modelaç e modelação do relevoErosão ou desgaste Transporte Acumulaç Acumulação Águas correntes Materiais arrancados Deposição dos materiais arrancam são transportados no fundo do leito os materiais do solo quando o rio não(calhaus, dissolução) consegue transportarMontante / Na scente Jusante / Foz
  4. 4. A acção modeladora dos cursos de água Capacidade erosiva do rio depende de: Caudal ou volume de água Velocidade da água Inclinaç Inclinação do leito do rioMontante / Nascente Jusante / Foz Calhaus Areias finas
  5. 5. A acção modeladora dos cursos de água
  6. 6. A acção modeladora dos cursos de água
  7. 7. Acumulação de sedimentos fluviais – Assoreamento
  8. 8. A acção modeladora dos cursos de águaCurso alto ou superior mé Curso médio Curso inferior
  9. 9. A acção modeladora dos cursos de águaCurso alto ou superior Maior declive Maior velocidade da água Maior desgaste / erosão Vale estreito e profundo (V fechado) Blocos e calhaus grandes
  10. 10. A acção modeladora dos cursos de água méCurso médio Declive mais suave Menor velocidade da água Erosão das margens / Transporte Vale em V aberto (recuo das vertentes) Calhaus rolados
  11. 11. A acção modeladora dos cursos de águaCurso inferior Declive muito fraco Velocidade reduzida Fraca capacidade de desgaste Acumulaç Acumulação de materiais Vale largo e de margens baixas Sedimentos e areias
  12. 12. A acção modeladora dos cursos de água
  13. 13. A acção modeladora dos cursos de águaPerfil transversal e Perfil longitudinal
  14. 14. A acção modeladora dos cursos de água Tipos de vales V fechado V aberto aberto e largo
  15. 15. Perfis longitudinais e transversais – Douro e Tejo
  16. 16. Tipos de leito dos riosLeito normal -- éé oo sulco por onde normalmente correm as águas ee os Leito normal sulco por onde normalmente correm as águas osmateriais que elas transportam. materiais que elas transportam.Leito de inundação ou leito maior --ééooespaço do vale que ééinundavél em Leito de inundação ou leito maior espaço do vale que inundavél emépoca de cheias. Uma inundação ocorre quando oonivel das águas ultrapassa época de cheias. Uma inundação ocorre quando nivel das águas ultrapassaos limites do leito normal, submergindo aa área circundante, ou seja, aa os limites do leito normal, submergindo área circundante, ou seja,planicie de inundação. planicie de inundação.Leito de estiagem ou Leito menor -- corresponde àà zona ocupada por uma Leito de estiagem ou Leito menor corresponde zona ocupada por umaquantidade menor de água, como acontece, por exemplo, durante ooverão. quantidade menor de água, como acontece, por exemplo, durante verão.
  17. 17. Tipos de leito dos rios Leito de cheia Leito normal Leito de estiagem
  18. 18. A acção modeladora dos cursos de água
  19. 19. Rio Tejo: de montante para jusante
  20. 20. Rio Tejo: de montante para jusante Tejo InternacionalPortugal Espanha
  21. 21. Rio Tejo: de montante para jusante
  22. 22. Rio Tejo: de montante para jusante
  23. 23. A acção modeladora dos cursos de águaMeandros

×