Querer é poder?         Prático, criativo e eficiente, o livro A educação do querer,   da consultora de comunicação Renata...
Para educar a atenção, é necessário aprender a identificar os fatores dedispersão. Abandonar metas ou tarefas no meio do c...
ateliê de criação e experimentação pedagógica do Instituto de Ciências daEducação da Universidade de Barcelona.       De v...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Release - A educação do querer, ferramentas para o autoconhecimento e a auto-expressão

679 visualizações

Publicada em

A educação do querer - ferramentas para o autoconhecimento e a auto-expressão
Por Renata Di Nizo

O objetivo deste livro é que cada um descubra estratégias apropriadas para aprender. Ele trata de comunicação intrapessoal – isto é, de autoconhecimento –, despertando a habilidade que todos temos de nos tornar aptos a executar as mudanças de vida que desejamos. Prático, criativo e eficiente, pode ser utilizado em empresas, escolas, fábricas ou em grupos menores.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
679
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Release - A educação do querer, ferramentas para o autoconhecimento e a auto-expressão

  1. 1. Querer é poder? Prático, criativo e eficiente, o livro A educação do querer, da consultora de comunicação Renata Di Nizo, desperta a habilidade de executar as mudanças que desejamos. Partindo da importância do autoconhecimento, a autora convida o leitor a delinear um caminho para conquistar a vida que deseja. Diz o ditado popular que “querer é poder”. Então por que é tão difícil selivrar de hábitos que prejudicam o bem-estar e até mesmo a saúde? A respostaé simples: querer apenas não basta. É preciso educar a vontade. O livro Aeducação do querer – Ferramentas para o autoconhecimento e a auto-expressão (Editora Ágora, 152 pp., R$ 28,90) trata desse tema. A autoraRenata Di Nizo – consultora de comunicação há mais de vinte anos efundadora da Casa da Comunicação, que presta serviços para grandesempresas – mostra que é possível construir um sistema pessoal deaprendizagem usando ferramentas do dia-a-dia. Sem milagres e fórmulasmágicas, ela propõe uma postura criativa, na vida pessoal e profissional, paralidar com a falta de vontade, evitar a dispersão e educar o querer. O ponto de partida envolve a lapidação dos canais doautoconhecimento. Ou seja, um mergulho dentro de si mesmo. Ao longo dolivro, o leitor é instigado a se questionar para descobrir o que sente e o quequer da vida. É estimulado a resgatar a autonomia, aplicando, comconsciência, recursos já conhecidos em seu cotidiano. “A proposta é rever,passo a passo, a necessária educação da atenção, da vontade e do corpo – donão-verbal. Esses são os alicerces para que a inteligência intrapessoal sedesenvolva. Somente o autoconhecimento, por meio da autopercepção,permite-nos compreender e enriquecer a auto-expressão”, esclarece Renata.
  2. 2. Para educar a atenção, é necessário aprender a identificar os fatores dedispersão. Abandonar metas ou tarefas no meio do caminho, começar muitascoisas sem concluí-las, adiar responsabilidades, não ter motivação paraatender a necessidades e ser evasivo são sintomas claros de dispersão, alerta aautora. Trabalhar as dificuldades de concentração, segundo ela, exigededicação e planejamento minucioso de exercícios que favoreçam a educaçãoda atenção. Planejamento e organização, aliás, são imprescindíveis no processo deeducação do querer. E, quando o desejo aflora, o passo seguinte é colocá-loem prática. Para realizar eficientemente cada tarefa, é preciso estabelecermetas, planejar (o que fazer), organizar (como fazer), executar e saber avaliarresultados, além de saber lidar com imprevistos e tornar-se flexível. Muitasidéias sem ser colocadas em prática tornam as pessoas voláteis e sem direção.Daí a importância de também educar a vontade para ser fiel não somente aospropósitos mais profundos – aqueles que dão sentido à vida –, como tambémpara agir segundo o querer. Assumir responsabilidade pessoal por uma vida melhor, com maisqualidade, compreende também a gerência do humor. “Mais cedo ou maistarde temos de nos confrontar com as evidências: as emoções afetam odesempenho e a capacidade de tomar decisões, tanto na vida pessoal quantono trabalho. Portanto, o primeiro passo é administrar nossas potencialidades,sobretudo o bom humor”, lembra Renata. A educação do corpo é outro foco da autora. “As doenças sãodecorrentes de nossa negligência e sedentarismo. As justificativas para não selevar adiante uma rotina regular de exercícios costumam ser convincentes”,diz a autora. O segredo, segundo ela, está em driblar os obstáculos reais e osaparentes e vencer as resistências. “É preciso persistir até encontrar um estilocondizente com sua natureza. Há uma infinidade de opções. Mas, como tudoque se deseja alcançar, é necessário comprometer-se integralmente com suavontade maior”.A autora Renata Di Nizo viveu doze anos na Europa pesquisando e trabalhandoem projetos de criatividade e expressão. Lá, formou-se em Artes Cênicas pelaEscola Superior de Arte Dramática de Barcelona e, mais tarde, integrou o
  3. 3. ateliê de criação e experimentação pedagógica do Instituto de Ciências daEducação da Universidade de Barcelona. De volta ao Brasil, publicou o livro Sem crise (Editora Elevação, 2001)e fundou sua empresa, a Casa da Comunicação. Realiza palestras, consultoriaindividual e treinamento em expressão, tanto oral como escrita, foco ecriatividade, além de comunicação interpessoal.Livro: A educação do querer – Ferramentas para o autoconhecimento e aauto-expressãoAutora: Renata Di NizoEditora: ÁgoraPreço: R$ 33,90Páginas: 152ISBN: 978-85-7183-028-8Atendimento ao consumidor: 11-3865-9890Site: www.editoraagora.com.br Mais informações com Ana Paula Alencar e Cristiane Del Gaudio (imprensa@gruposummus.com.br) pelos telefones 11-4787-1322 / 11-9771-7336 (Ana Paula) / 11-9578-4813 (Cristiane) Contatos Casa da Comunicação: Fone: (11) 3283-5623 renata@casacom.com.br www.casacom.com.br

×