Aula1bioquíMica

4.898 visualizações

Publicada em

slides de bioquimica celular

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
182
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
127
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula1bioquíMica

  1. 1. BIOQUÍMICA 1 PROF. Katia Queiroz ÁGUA SAIS MINERAIS CARBOIDRATOS
  2. 2. COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE MATÉRIA VIVA <ul><li>Principais átomos : C, H, O, N, P, S. </li></ul><ul><li>Principais Moléculas; </li></ul><ul><li>70% a 80% Água </li></ul><ul><li>10% a 15% Proteínas </li></ul><ul><li>2% a 3% Lipídios </li></ul><ul><li>1% Glicídios </li></ul><ul><li>1% Ácidos nucléicos </li></ul><ul><li>1% Sais Minerais </li></ul>
  3. 3. ÁGUA <ul><li>( &quot;hidróxido de hidrogênio&quot; ou &quot;monóxido de hidrogênio&quot; ou ainda &quot;protóxido de hidrogênio&quot; ) é uma substância líquida que parece incolor a olho nu em pequenas quantidades , inodora e insípida , essencial a todas as formas de vida, composta por hidrogênio e oxigênio. </li></ul>
  4. 4. MOLÉCULA DE ÁGUA
  5. 5. PROPRIEDADES DA ÁGUA <ul><li>SOLVENTE UNIVERSAL </li></ul><ul><li>A água dissolve vários tipos de substâncias polares e iônicas (hidrofílicas) , como vários sais e açúcar, e facilita sua interação química, que ajuda metabolismos complexos. </li></ul>
  6. 6. PROPRIEDADES DA ÁGUA <ul><li>ALTO CALOR ESPECÍFICO </li></ul><ul><li>Calor específico é definido como a quantidade de calor que um grama de uma substância precisa absorver para aumentar sua temperatura em 1°C sem que haja mudança de estado físico. Devido ao alto calor específico da água, seres vivos não sofrem variações bruscas de temperatura. </li></ul>
  7. 7. PROPRIEDADES DA ÁGUA <ul><li>CALOR DE VAPORIZAÇÃO </li></ul><ul><li>É a quantidade de calor necessária para que uma substâncias passe de estado líquido para o estado de vapor. Devido ao elevado calor de vaporização da água, uma superfície se resfria quando perde água na forma de vapor </li></ul>
  8. 8. PROPRIEDADES DA ÁGUA <ul><li>CAPILARIDADE </li></ul><ul><li>Quando a extremidade de um tubo fino de paredes hidrófilas é mergulhada na água, as moléculas dessa substância literalmente “sobem pelas paredes” internas do tubo, graças a coesão e a adesão entre as moléculas de água. </li></ul>
  9. 9. FUNÇÕES DA ÁGUA <ul><li>TRANSPORTE DE SUBSTÂNCIAS </li></ul><ul><li>FACILITA REAÇÕES QUÍMICAS </li></ul><ul><li>TERMORREGULAÇÃO </li></ul><ul><li>LUBRIFICANTE </li></ul><ul><li>REAÇÕES DE HIDRÓLISE </li></ul><ul><li>EQUILÍBRIO OSMÓTICO </li></ul><ul><li>EQUILÍBRIO ÁCIDO BASE </li></ul>
  10. 10. TRANSPORTE DE SUBSTÂNCIAS <ul><li>A presença de água permite a difusão nos seres mais primitivos. </li></ul><ul><li>Organismos mais evoluídos apresentam sistemas circulatórios ( hemolinfa, sangue e seiva vegetal). </li></ul><ul><li>A urina é uma maneira de eliminar toxinas. </li></ul><ul><li>As células apresentam-se em estado colóidal (rico em água) o que facilita transporte de substâncias. </li></ul>
  11. 11. FACILITA REAÇÕES QUÍMICAS <ul><li>Reações químicas ocorrem mais facilmente com os reagentes em estado de solução. </li></ul><ul><li>Em algumas reações químicas a união entre moléculas ocorre com formação de água como produto ( síntese por desidratação ). </li></ul><ul><li>Reações de quebra de moléculas em que a água participa como reagente são denominadas reações de hidrólise . </li></ul>
  12. 12. TERMORREGULAÇÃO <ul><li>Seres vivos só podem existir em uma estreita faixa de temperatura. </li></ul><ul><li>A água evita variações bruscas de temperatura dos organismos. </li></ul><ul><li>A transpiração diminui a temperatura corporal de mamíferos. </li></ul>
  13. 13. LUBRIFICANTE <ul><li>Nas articulações e entre os órgãos a água exerce um papel lubrificante para diminuir o atrito entre essas regiões. </li></ul><ul><li>A lágrima diminui o atrito das pálpebras sobre o globo ocular. </li></ul><ul><li>A saliva facilita a deglutição dos alimentos. </li></ul>
  14. 14. VARIAÇÕES NA TAXA DE ÁGUA <ul><li>ESPÉCIE </li></ul><ul><li>Água-viva - 98% de água </li></ul><ul><li>Sementes - 10% de água </li></ul><ul><li>Espécie humana - 70% de água </li></ul>
  15. 15. VARIAÇÕES NA TAXA DE ÁGUA <ul><li>IDADE </li></ul><ul><li>Feto humano – 94% de água </li></ul><ul><li>Recém-nascido – 69% de água </li></ul><ul><li>Adulto – 60% de água </li></ul>
  16. 16. METABOLISMO <ul><li>A quantidade de água é diretamente proporcional à atividade metabólica da célula. </li></ul><ul><li>Neurônio – 80% de água </li></ul><ul><li>Célula óssea – 50% de água </li></ul>
  17. 17. METABOLISMO <ul><li>É o conjunto de processos físicos e de reações que ocorrem em um sistema vivo e resulta na montagem ou quebra de moléculas complexas. É constituído por reações anabólicas e catabólicas. </li></ul><ul><li>Anabolismo = Reações de síntese </li></ul><ul><li>Absorvem energia </li></ul><ul><li>Exemplo: fotossíntese </li></ul><ul><li>Catabolismo = Reações de degradação </li></ul><ul><li>Liberam energia </li></ul><ul><li>Exemplo: respiração </li></ul>
  18. 18. SAIS MINERAIS <ul><li>Encontram-se imobilizados em estruturas com função esquelética e de proteção. </li></ul><ul><li>Sais de silício – encontrado em carapaças de Diatomáceas e espículas de Poríferos. </li></ul><ul><li>Carbonato de Cálcio – forma exoesqueleto de moluscos, cascas de ovos e espículas de Poríferos. </li></ul><ul><li>Fosfato de Cálcio – encontrado no endoesqueleto de vertebrados. </li></ul>
  19. 19. Sais Minerais <ul><li>Dissolvidos em água formam íons. </li></ul><ul><li>Na + /K + </li></ul><ul><li>Equilíbrio osmótico </li></ul><ul><li>Bomba de Na + e K + </li></ul><ul><li>Na + = mais freqüente em animais </li></ul><ul><li>K + = mais freqüente em vegetais </li></ul>
  20. 20. <ul><li>Mg ++ </li></ul><ul><li>Componente da clorofila </li></ul><ul><li>Interação das subunidades dos ribossomos </li></ul><ul><li>Ca ++ </li></ul><ul><li>Coagulação sangüínea </li></ul><ul><li>Contração Muscular </li></ul><ul><li>Componente de ossos e dentes </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Fe ++ </li></ul><ul><li>Componente de hemoglobina e dos citocromos. </li></ul><ul><li>A carência causa anemia ferropriva. </li></ul><ul><li>F - </li></ul><ul><li>Anticariogênico </li></ul><ul><li>O excesso causa anomalias dentais (fluorose) </li></ul>
  22. 22. <ul><li>I- </li></ul><ul><li>Componente de hormônios da tireóide </li></ul><ul><li>A carência leva a bócio carêncial </li></ul><ul><li>PO 4 -3 </li></ul><ul><li>Constituinte de nucleotídeos e do ATP </li></ul><ul><li>Evita variações bruscas de pH da célula </li></ul>
  23. 23. <ul><li>Em vegetais os minerais podem ser classificados como: </li></ul><ul><li>Macronutrientes : C, H, O, N, P, K, S, Ca, Mg. </li></ul><ul><li>Micronutrientes : Fe, B, Mn, Cu, Mb, Cl, Zn </li></ul>
  24. 24. Carboidratos <ul><li>Os carboidratos, glicídios ou hidratos de carbono são substâncias orgânicas compostas de carbono, hidrogênio e oxigênio num arranjo determinado. </li></ul>
  25. 25. Monossacarídeos <ul><li>Fórmula geral: C n (H 2 O) n </li></ul><ul><li>Trioses C 3 H 6 O 3 </li></ul><ul><li>Tetroses C 4 H 8 O 4 </li></ul><ul><li>Pentoses C 5 H 10 O 5 – Ribose </li></ul><ul><li>C 5 H 10 O 4 – Desoxirribose </li></ul><ul><li>Hexoses C 6 H 12 O 6 – Glicose </li></ul><ul><li>Frutose </li></ul><ul><li>Galactose </li></ul>
  26. 26. RIBOSE E DESOXIRRIBOSE São constituintes dos ácidos nucléicos RNA e DNA respectivamente. ribose
  27. 27. GLICOSE <ul><li>Sintetizada durante a fotossíntese </li></ul><ul><li>Representa a única fonte de energia de neurônios e hemácias </li></ul><ul><li>Encontrado no mel, açúcar, frutas e sangue. </li></ul>
  28. 28. FRUTOSE <ul><li>- Encontrada em frutas </li></ul>
  29. 29. GALACTOSE <ul><li>Encontrado no leite </li></ul>
  30. 30. OLIGOSSACARÍDEOS <ul><li>Os oligossacarídeos são formados pela união de duas a dez moléculas de monossacarídeos com a perda de uma molécula de água por ligação (desidratação). Os oligossacarídeos mais importantes são os dissacarídeos. </li></ul><ul><li>SACAROSE </li></ul><ul><li>MALTOSE </li></ul><ul><li>LACTOSE </li></ul>
  31. 31. SÍNTESE POR DESIDRATAÇÃO <ul><li>C 6 H 12 O 6 +C 6 H 12 O 6 C 12 H 22 O 11 </li></ul><ul><li>H 2 O </li></ul>
  32. 32. Síntese x Degradação
  33. 33. SACAROSE <ul><li>Formado pela união de glicose e frutose </li></ul><ul><li>Encontrado na cana de açúcar </li></ul>
  34. 34. MALTOSE <ul><li>Formado pela união de duas moléculas de glicose </li></ul><ul><li>Encontrado no malte </li></ul>
  35. 35. LACTOSE <ul><li>Formado pela união de glicose e galactose </li></ul><ul><li>É encontrado no leite </li></ul>
  36. 36. POLISSACARÍDEOS <ul><li>Os polissacarídeos são moléculas gigantes constituídas por muitos monossacarídeos ligados uns aos outros; são ditos, por esse motivo, polímeros de monossacarídeos. </li></ul><ul><li>- AMIDO </li></ul><ul><li>- GLICOGÊNIO </li></ul><ul><li>- CELULOSE </li></ul><ul><li>- QUITINA </li></ul>
  37. 37. AMIDO <ul><li>É um polímero de glicose (+ de 1400 moléculas de glicose) </li></ul><ul><li>Reserva energética vegetal </li></ul><ul><li>Encontrado em frutos, sementes, caules e raízes </li></ul><ul><li>Detectado pelo corante à base de iodo denominado Lugol. </li></ul>
  38. 38. GLICOGÊNIO <ul><li>Formado por cerca de 30.000 moléculas de glicose </li></ul><ul><li>Polissacarídeo de reserva energética animal e de fungos </li></ul><ul><li>Em animais é encontrado principalmente no fígado e nos músculos </li></ul>
  39. 39. CELULOSE <ul><li>Formada por 4.000 moléculas de glicose </li></ul><ul><li>Reforço esquelético de vegetais </li></ul><ul><li>Digerida por Metazoários que apresentam microrganismo no trato digestório – protozoários (cupim) ou bactérias (boi) </li></ul><ul><li>Não é digerida pelo organismo humano </li></ul><ul><li>Constitui as fibras vegetais de nossa dieta </li></ul>
  40. 40. QUITINA <ul><li>Polissacarídeo que apresente nitrogênio em sua composição </li></ul><ul><li>É encontrado no exoesqueleto de artrópodes, nas cerdas dos anelídeos poliquetas, na rádula de certos moluscos e parede celular de fungos </li></ul>
  41. 41. EXERCÍCIOS <ul><li>1) (PUC-RJ) Leia atentamente e assinale o que for correto. </li></ul><ul><li>(001) A água e os sais minerais são substâncias inorgânicas. </li></ul><ul><li>(002) O metabolismo consta de reações anabólicas e catabólicas. </li></ul><ul><li>(004) A água existente nos seres vivos provém apenas das reações metabólicas. </li></ul><ul><li>(008) A quantidade de água varia de acordo com a espécie considerada. </li></ul><ul><li>(016) Quanto maior o metabolismo, maior a quantidade de água. </li></ul><ul><li>SOMA : 001+002+008+016 = 027 </li></ul>
  42. 42. <ul><li>2) São funções da água no protoplasma celular: </li></ul><ul><li>I - atuar como dissolvente da maioria das substâncias; </li></ul><ul><li>II - não atuar na manutenção do equilíbrio osmótico dos organismos em relação ao meio ambiente; </li></ul><ul><li>III - constituir o meio dispersante dos colóides celulares; </li></ul><ul><li>IV - participar das reações de hidrólise; </li></ul><ul><li>V - agir como ativador enzimático. </li></ul><ul><li>A alternativa que contém as funções VERDADEIRAS é : </li></ul><ul><li>a) I, II, III. d) V, II, III. </li></ul><ul><li>b) I, III, IV. e) I, III, V. </li></ul><ul><li>c) III, IV, V. </li></ul><ul><li>CORRETA : LETRA B </li></ul>
  43. 43. <ul><li>3) (UEM) Folhas de alface foram pesadas, obtendo–se o valor de 63g. Submetidas à secagem em estufa, essa massa se reduziu a 3,6g, ou seja, 5,7% da massa inicial, demonstrando que a água, perdida na evaporação, correspondia a 94,3% da massa das folhas. A seguir, o material seco foi queimado, consumindo a matéria orgânica e deixando apenas o material inorgânico, as cinzas, que pesavam 0,584g, ou seja, apenas 0,93% do peso das folhas frescas. </li></ul><ul><li>Baseando–se nos dados acima, na composição e na fisiologia dos vegetais, assinale o que for correto. </li></ul><ul><li>(001) O material seco é constituído somente por proteínas, por carboidratos e por lipídios produzidos pelo metabolismo dos vegetais. </li></ul><ul><li>(002) As cinzas são constituídas por elementos químicos, entre os quais se encontram Mg , P , K , Ca e Fe . </li></ul><ul><li>(004) Elementos químicos denominados macronutrientes e micronutrientes constituem o material inorgânico das folhas. </li></ul>
  44. 44. <ul><li>(008) Nas folhas, os elementos químicos participam de atividades celulares, como a fotossíntese e a respiração. </li></ul><ul><li>(016) A água presente nas folhas é absorvida, preferencialmente, pelos estômatos e pela epiderme, o que explica a grande evaporação verificada durante o experimento. </li></ul><ul><li>(032) Se o material seco obtido no experimento fosse colocado num vaso, provavelmente seria absorvido pelas raízes das plantas e transportado até as folhas, através do floema. </li></ul><ul><li>SOMA: 002+004+008 = 014 </li></ul>
  45. 45. <ul><li>4) (UFSC) Os sais minerais existem nos seres vivos sob duas formas básicas: dissolvidos em água sob a forma de íons ou como constituintes estruturais. Com relação a esse assunto, podemos afirmar que: </li></ul><ul><li>(001) Os sais de ferro são importantes na dieta, pois entram na formação de várias proteínas, como, por exemplo, a hemoglobina; </li></ul><ul><li>(002) Os sais de iodo, presentes como adicional no sal de cozinha, têm papel fundamental na síntese de hormônios tireoidianos; </li></ul><ul><li>(004) A transmissão do impulso nervoso nos neurônios depende do fluxo de íons fósforo e íons potássio nas células nervosas; </li></ul><ul><li>(008) Na contração muscular, é necessária a presença de íons cálcio para que ocorra o deslizamento das fibrilas contráteis. </li></ul><ul><li>(016) O cálcio participa da composição química de ossos, dentes e conchas de alguns animais. </li></ul><ul><li>SOMA: 001+002+008+016 = 027 </li></ul>
  46. 46. <ul><li>5) (UFPR) Pelo fato dos alimentos ricos em amido serem mais baratos quando comparados àqueles que nos fornecem lipídios e proteínas, os primeiros naturalmente constituem o componente principal da dieta na maior parte do mundo. Em quatro quintos da população mundial que depende principalmente de alimentos vegetais, os carboidratos fornecem pelo menos cerca de 70% e freqüentemente até 90% da ingestão calórica total. Entretanto, nos países ricos, onde a carne e os laticínios são consumidos em quantidades relativamente grandes, os carboidratos fornecem apenas cerca de 45% do total da ingestão calórica diária. Cerca de 40% dos carboidratos da dieta são, nestes países, fornecidos pela sacarose e frutose e o restante pelo amido. Em países menos ricos, o amido fornece praticamente todo o carboidrato ingerido e pouca sacarose é consumida. </li></ul><ul><li>Sobre carboidratos julgue os itens e assinale na Folha de Respostas a soma dos itens corretos. </li></ul><ul><li>(001) Pelo texto podemos inferir que há um maior risco da ocorrência de cárie dental em países ricos. </li></ul>
  47. 47. <ul><li>(002) Podemos encontrar citados no texto, um tipo de oligossacarídeo, um de monossacarídeo e um de polissacarídeo. </li></ul><ul><li>(004) Raízes e sementes são alimentos abundantes na dieta da população de países menos ricos. </li></ul><ul><li>(008) O consumo maior de carboidratos em detrimento de gorduras e proteínas que ocorre na população de países menos ricos torna seus indivíduos menos propensos aos perigos da obesidade. </li></ul><ul><li>(016) A celulose é um carboidrato de alto valor nutritivo para os seres humanos. </li></ul><ul><li>(032) O amido é um tipo de carboidrato com função energética encontrado tanto em células animais quanto em células vegetais. </li></ul><ul><li>SOMA : 002+004 = 006 </li></ul>
  48. 48. <ul><li>6) Regininha, ao acordar, toma seu café da manhã, o qual se compõe de macios e deliciosos pães cobertos por uma camada de açúcar. Em seguida, corta o pão e o recheia com uma caprichada camada de manteiga feita com o leite trazido da fazenda. </li></ul><ul><li>No almoço: picanha “gorda”, uma porção de batatas fritas, arroz à vontade e uma salada de alface com muito azeite. Para a sobremesa, um big sorvete de chocolate que derrete tão rápido que parece nem contribuir para o ganho de alguns quilinhos a mais... </li></ul><ul><li>No lanche, uma saborosa torta de chocolate com recheio de doce de leite. </li></ul><ul><li>E para o jantar? uma pizza calabresa com muita páprica e azeite e, para aliviar a consciência, 1 litro de coca-cola light ! </li></ul><ul><li>Com certeza, fome, ela não sente! </li></ul><ul><li>Considere a dieta de Regininha e assinale a(s) alternativa(s) correta(s). </li></ul><ul><li>(001) Quanto aos lipídios, não encontramos colesterol no café da manhã de Regininha. </li></ul>
  49. 49. <ul><li>(002) Considerando sua dieta alimentar, a personagem é uma boa candidata a doenças cardiovasculares. </li></ul><ul><li>(004) Podemos afirmar que ela não obtém aminoácidos de sua alimentação. </li></ul><ul><li>(008) Essa dieta é rica em carboidratos porém, é pobre em fibras. </li></ul><ul><li>(016) A coca-cola light tem alto poder emagrecedor, sendo fundamental para aliviar o consumo excessivo de lipídios. </li></ul><ul><li>SOMA : 002+008 = 010 </li></ul>
  50. 50. <ul><li>7) (UFMG) Esta tabela mostra o teor de proteínas, carboidratos e lípides em alguns alimentos, expresso em gramas por 100g de peso seco. </li></ul>ALIMENTO PROTEÍNAS CARBOIDRATOS LÍPIDES Carne seca 48,0 0 11,0 Farinha de mandioca 1,3 80,8 0,5 Arroz 8,0 76,5 1,4 Toucinho 9,7 0 64,0
  51. 51. <ul><li>Com base nos dados da tabela, assinale a alternativa que contém a dieta mais adequada para um jogador de futebol antes de uma competição. </li></ul><ul><li>a) Arroz com farinha de mandioca. </li></ul><ul><li>b) Arroz com toucinho. </li></ul><ul><li>c) Carne seca com farinha de mandioca. </li></ul><ul><li>d) Carne seca com toucinho. </li></ul><ul><li>CORRETA : LETRA A </li></ul>

×