SlideShare uma empresa Scribd logo
Aula 01 – Conhecendo a Escola Cedaspy
 Apresentação Cedaspy
 Metodologia Cedaspy
 Por que estudar no Cedaspy
 Oportunidades
 Sistema de Avaliação
Apresentaçao do Cedaspy
Fundado em 1984, o Cedaspy teve sua origem em Curitiba (PR) na época
ministrando os primeiros cursos de informática a população da região, uma vez que o país
também estava se adequando as tecnologias que vinha surgindo em nosso mundo.
Preocupados sempre com a qualidade de ensino, os gestores desta organização
foram se dedicando diariamente a desenvolver um bom material para as aulas com uma equipe de
ensino qualificada e empenhada a promover a educação tecnológica para nossos alunos.
Ao longo destas três décadas, o Cedaspy está presente em todo território
nacional com uma Equipe de Ensino com mais de 200 profissionais, uma Sede Administrativa em
Curitiba e centenas de profissionais que trabalham constantemente a fim de manter uma escola
séria, inovadora, atualizada e forte.
Assim,
apresentamos nossa história
e convidamos você, aluno do
Cedaspy, para fazer parte desta
turma que adora
Tecnologia, porém, com um
foco em seu Futuro
Profissional que, sem dúvida,
é a nossa prioridade!
Minha Unidade Cedaspy
Abaixo, anote as informações de sua Unidade Cedaspy
Contatos Nome do Profissional E-mail:
Gerente:
____________________@cedaspy.com.br
Supervisor Acadêmico:
____________________@cedaspy.com.br
Coordenador de Ensino:
____________________@cedaspy.com.br
Instrutor:
____________________@cedaspy.com.br
Tel. da Unidade: ( ) _____________________ Minha Turma: ______________________________
Metodologia
Há muitos anos, a
Educação tem se mostrado prioridade na
vida de qualquer cidadão e, pensando nesta
necessidade, nossa escola sempre se
preocupou com o aprendizado de
nossos alunos, pois sabemos que o que
ensinamos em nossos cursos irão lhe servir
não somente na vida profissional, mas
também no seu dia-a-dia.
Nossa preocupação não
se limita apenas ao “ensinar”, mas sim em
“fazer aprender”, e com esta finalidade
propomos aos nossos profissionais do ensino que ao lecionar suas aulas, a planejem com
qualidade, com conteúdos significativos e que principalmente atendam aos diferentes estilos de
aprendizagem, pois é certo de que o aprender se dá por várias formas.
Em nossa escola, o aluno terá tempo suficiente para assistir as aulas, tirar as suas
dúvidas, desenvolver seu raciocínio mediante o conteúdo ministrado pelo professor e ainda poder
executar as diversas tarefas apresentadas por ele.
Esta metodologia, é claro, se dá através de equipamentos de qualidade, com o
uso de recursos multimídia, Lousa Digital e um amplo laboratório de aplicação.
Ao longo do Curso, serão propostas diferentes atividades acadêmicas pelos
professores, adequando-se aos variados módulos apresentados e frisando sempre Qualificação
Profissional que nossos alunos precisam. Aproveite o curso e faça a diferença no Mercado de
Trabalho!
Por que estudar no Cedaspy
Uma escola forte e de bons princípios, sem dúvida alguma irá priorizar sua maior
riqueza, no caso, o prestígio para com nossos alunos.
Estudando no Cedaspy, o aluno terá
de imediato um Treinamento de Capacitação
Profissional – TCP, com material organizado por
nossa Instituição com apoio dos instrutores de
todo o Brasil, apostilas atualizadas e focadas com
a crescente evolução do Mercado, laboratórios
com bons equipamentos e o principal: aulas
com qualidade e fundamentação profissional.
Oferecemos a oportunidade
para todos os alunos participarem de Cursos, Oficinas,
Palestras e outros treinamentos que as Unidades afiliadas são livres para elaborar.
Curso CFI – Curso para Formaçao de
Instrutores
Uma ótima oportunidade para nossos alunos já veteranos no Curso Profissional
de Capacitação de se capacitarem e estarem à frente na sua formação profissional com um bom
currículo e a prática das mais variadas atividades do mundo do trabalho.
O CFI – Curso para Formação de Instrutores é uma iniciativa do Cedaspy para
capacitar os jovens interessados em uma carreira de trabalho que une a boa vontade, dedicação e
muito conhecimento tecnológico para que estimule sua preparação para o mercado.
Disponível em todas as Unidades, o CFI ao longo dos anos, tem auxiliado
milhares de jovens, alunos e ex-
alunos de nossa escola, uma vez
que o Curso oferece aulas
voltadas para o mundo do
trabalho, revisão de conteúdos dos
módulos cursados, dicas para bons
comportamentos nas
organizações de modo geral,
técnicas de entrevista, testes
vocacionais e ainda a prática da
Metodologia usada em nossa escola.
Informe-se em sua Unidade sobre os procedimentos para participar deste Curso,
como período de inscrições e os requisitos necessários para se candidatar. Boa sorte!
Sistema de Avaliaçao
Como toda escola, nossa Metodologia também se preocupa com os resultados
das aulas que lecionamos e uma forma de medir este aprendizado se dá através de métodos
avaliativos que utilizamos.
Não estamos preocupados exatamente com uma média aritmética, como na
maioria das escolas, mas ressaltamos que se o aluno não está atingindo o resultado esperado,
então devemos propor-lhe diferentes maneiras para ajuda-lo, até que seja satisfatório.
Entretanto, iremos com base nesta
Metodologia de Ensino ministrar as aulas e,
semanalmente, propor aos alunos uma
forma de avaliar seu aprendizado, através
de provas, trabalhos, atividades
extraclasse, avaliações parciais e
bimestrais, objetivando sempre o resultado
de todo este processo para que no final,
nosso aluno receba seu Certificado de
Conclusão de Curso, contente com o trabalho realizado por nossos profissionais.
Vamos nos apresentar???
Neste momento, seu professor irá realizar algumas dinâmicas para fomentar a
sua interação no ambiente que você frequentará por muitos dias. Aproveite para se informar
sobre seus colegas, sua turma, seu professor, saber um pouco mais sobre os objetivos de seus
amigos e as suas expectativas para sua vida profissional.
Atividade I
Professor: Sugerimos aqui uma Dinâmica de Quebra Gelo para promover uma
melhor interação em sua turma.
Faça esta tarefa no laboratório
prático e encaminhe mais
sugestões para
ensino@cedaspy.com.br
Seja criativo,
explore as diferentes dinâmicas
propostas no endereço abaixo e
faça aquelas em que sentir
segurança, pois o objetivo final de
qualquer dinâmica é romper as distâncias entre as pessoas e priorizar a interação entre o grupo
presente.
Dica:
Acesse: http://www.esoterikha.com e navegue pelo link: Dinâmicas de Grupos.
Atividade II
DINÂMICA DE QUEBRA GELO - APRESENTAÇÃO COM OS ALUNOS DA SALA.
Ex.: Dinâmica “Batata Quente”.
• O professor pegará uma caneta e irá passá-la mão de cada aluno, cantando e batendo na
palma junto com a turma: “batata quente, quente, quente, quente, queimou!”
• Quando “queimar”, o aluno se apresenta para a turma, fala o nome, idade e por que
resolveu fazer o Aperfeiçoamento Informática em nossa escola.
• O professor poderá ficar de costas para a turma e realizar a brincadeira com mais ou
menos uns 7 alunos.
• Fica a critério do professor questionar outros detalhes do aluno ou apenas os exemplos
citados anteriormente.
ATIVIDADE III
No navegador de sua preferência, acessar o site do cedaspy, para conhecer melhor a nossa escola
e as demais unidades filiadas.
Atividade IV
Resolva a CRUZADINHA
1. CIDADE ONDE FOI FUNDADO O CEDASPY
2. CURSO PARA FORMAÇÃO DE ...
3. RECURSO MULTIMÍDIA UTILIZADO EM NOSSAS AULAS
4. ÁREA DE QUALIFICAÇÃO DA NOSSA EQUIPE DE ENSINO
5. O CEDASPY MINISTRA CURSOS DE CAPACITAÇÃO ...
6. A MAIOR PREOCUPAÇÃO DO CEDASPY É FAZER O ALUNO...
1. C
2. E
3. D
4. A
5. S
6. P
Y
ATIVIDADE V
Acesse a sua rede social preferida e adicione 3 colegas da sala.
Aula 02 – Apresentando os Módulos
 Apresentação dos Cursos
 Objetivos
 Profissões indicadas- Conhecendo o Site do Cedaspy
Nosso curso profissionalizante é composto de diversos módulos que abrangem
conhecimentos exigidos pelo mercado de trabalho. Nesta aula vamos apresentar os conteúdos de
cada uma de nossas apostilas.
1)Sistemas Operacionais
É nesta fase que a maioria
de nossos alunos está iniciando o nosso
Curso Profissionalizante e procuramos,
além de recepcioná-los com muita atenção,
apresentar todo o Cronograma que iremos
trabalhar ao longo destes 20 meses de
curso.
Neste módulo, esperamos
que cada aluno tenha não apenas o
conhecimento básico da informação, mas
que o finalize sabendo operar o computador indiferente do Sistema Operacional que irá utilizar no
Mercado de Trabalho.
Abordaremos para tanto, os princípios da Informática, com a apresentação do
computador, seu funcionamento, a utilização da Internet como ferramenta de trabalho, pesquisa,
entretenimento, o correio eletrônico e os mais variados serviços advindos deste meio de
comunicação. É certo que serão trabalhados os Sistemas Operacionais mais conhecidos, pois são
os mais influentes no mercado de trabalho.
Assim, ao término desta fase, nosso aluno poderá trabalhar com Sistemas
Operacionais Windows e Linux e seus concorrentes, estando apto para exercício profissional nas
diversas áreas, tais como: digitador, balconista, assistente de suporte e outras profissões
relacionadas.
2) Apresentaçoes Multimídia – Publicidade e
Propaganda
Um módulo perfeito para diversas profissões. O profissional que deseja
apresentar, divulgar ou compartilhar suas ideias e conceitos nas mais variadas situações poderá
usufruir de muitos recursos apresentados nesta etapa.
Procuramos ofertar a nossos alunos diversas ferramentas de apresentações e
publicidade, além de oferecemos muitas maneiras de como apresentar bem o seu trabalho no
cotidiano.
O aluno poderá utilizar destes recursos
atuando em diferentes profissões, tais como: professor,
palestrante, vendedor, supervisor, gerentes comerciais,
etc. Isto sem citar sua jornada acadêmica, durante os
constantes trabalhos que irá apresentar para seus colegas
de sala.
Trabalharemos com o design, a
formatação e os recursos multimídia disponibilizados nos
variados programas existente atualmente. Se prepare
para este momento!
3) Ambiente Web
Sabemos que hoje a Internet é, sem dúvida, uma das
maiores fonte de informações da humanidade. Crianças,
jovens ou pessoas da meia idade estão a cada vez mais
utilizando esta rede, que vem facilitando a vida de muitas
pessoas em diferentes situações.
Daremos ênfase nos diversos meios de
comunicações, na pesquisa e nos recursos virtuais, porém, uma das maiores
preocupações é que nosso aluno saiba utilizar a Internet para sua vida pessoal e profissional, quer
para realizar transações eletrônicas, bancárias ou comercias, ou até mesmo enquanto estiver nas
organizações realizando diferentes tarefas no trabalho.
Serão abordados o uso de algumas redes sociais, que também integram esta
evolução da comunicação sem deixarmos de demonstrar a importância da Computação em
Nuvem, o e-learning e os benefícios da Educação à Distância, hoje tão bem difundida em nosso
país.
Ao finalizar este módulo, o aluno será capaz de executar diversos programas de
comunicação, usar os serviços de correio eletrônico, trabalhar com diferentes softwares e ainda
exercitar suas tarefas rotineiras de trabalho e pesquisa com os benefícios da comunicação virtual,
sala de bate-papo, links para fontes externas de informações, vídeos e teleconferências, por
exemplo.
4) Redes Sociais
Você deve estar se perguntando: por que estudar um módulo de Redes Sociais?
Para responder a esta pergunta preparamos um excelente material que irá abordar muito além do
compartilhamento de ideias, dos círculos de
amizades e até mesmo do
entretenimento.
Nossa proposta é que nossos
alunos tenham acesso aos benefícios que as
redes sociais apresentam, de
maneira que possam aproveitá- los para
sua vida escolar e até mesmo
profissional. Iremos demonstrar as vantagens e desvantagens presentes no partilhar das
informações quer pessoais ou não, além de notificá-los quanto a necessidade de estar navegando
em ambiente seguro.
De outro lado, estaremos focando o uso das redes sociais nas organizações, a
maneira como muitos executivos analisam os perfis de seus candidatos através das redes sociais e
como realizam o processo seletivo em suas contratações.
Assim, nossos alunos poderão utilizar as redes sociais para muitas tarefas,
sabendo que o divertido pode estar muito além do entretenimento, isto é, como há gostos e
interesses distintos para cada pessoa, mostraremos que é possível falar de relacionamentos,
profissões, política e tudo mais que seja de interesse comum para a sociedade. Divirta-se!
5) Produçao de Documentos Profissionais
A partir desta etapa, podemos afirmar que o aluno matriculado neste módulo irá
usar as mais ricas ferramentas para edição de textos profissionais.
Priorizaremos os
softwares processadores de textos
utilizados no mercado de
trabalho e abordaremos em
todas as aulas um desafio para que
cada aluno seja capaz de
produzir variados documentos, tais
como: cartas, currículos, ofícios,
envelopes, jornais, trabalhos
acadêmicos, anúncios, entre outros.
Dessa forma, serão aplicadas as formatações distintas
para cada documento, valorizando as dicas de digitação, postura, bem como as normatizações
existentes e exigidas por muitos estabelecimentos, principalmente os de ensino.
O aluno poderá trabalhar como: Auxiliar de Escritório, Auxiliar Administrativo,
Recepcionista, Assistente de Recursos Humanos e nas diferentes rotinas administrativas.
6) Administraçao Financeira – Pessoal e
Profissional
Aí está uma ótima oportunidade de realizar um módulo que realmente irá
auxiliar na boa conduta financeira, quer
pessoal ou profissional de nossos alunos.
Nesta etapa, o aluno
certamente já realizou outros módulos do
curso e está mais “amadurecido” para poder
acompanhar um ritmo mais “puxado” de
nosso curso. Assim, poderá encarar certos desafios com as ferramentas de planilhas eletrônicas
que de imediato irá auxiliá-lo em muitas tarefas administrativas, financeiras, pessoais ou
profissionais.
Com o apoio dos diferentes softwares designados para esta finalidade, o aluno
não precisará se preocupar com cálculos matemáticos, pois o próprio software irá auxiliá-lo para
esta atividade.
Assim, irá aprender a criar gráficos e tabelas demonstrativas, elaborar folhas de
pagamentos, relatórios financeiros, cálculos de encargos e despesas trabalhistas, além de poder
utilizar seu conhecimento para seu próprio controle de orçamento doméstico.
7) Design Grafico
Aqui chegamos a uma excelente oportunidade para uma carreira de sucesso. O
profissional habilitado em Design irá desenvolver inúmeros trabalhos gráficos, com habilidades
nas artes visuais aplicadas em livros, jornais, revistas, anúncios, outdoors, panfletos além
desenvolver logomarcas para diversas empresas auxiliando sua publicidade e expansão de
mercado.
Este profissional será capaz de desenvolver excelentes materiais gráficos
utilizados em diversas campanhas
publicitárias além de produzir projetos
trabalhados com a mídia digital, hoje cada vez mais
presente na computação gráfica.
Ao concluir esta etapa, o
aluno estará apto para trabalhar em agências de
publicidade, design, gráficas, empresas que
possuem departamento de marketing e
propaganda, além de poder exercer sua habilidade como profissional autônomo.
8) Desenvolvimento de Sites
Nesta etapa, o aluno terá mais uma
oportunidade para acertar na profissão, onde
forneceremos uma boa perspectiva para sucesso
profissional. De posse com este conhecimento o
aluno terá condições de desenvolver páginas para
internet através de websites, divulgando
diferentes produtos, conceitos e ideias pela
grande rede.
Através do equilíbrio de
imagens, ícones, textos e hipertextos, este
futuro profissional irá projetar os elementos
gráficos visuais de maneira atrativa, nas diferentes mídias virtuais
de acesso a internet.
Uma questão muito importante neste módulo é o fato desta profissão, como
muitas outras, exigir ousadia, observação, atenção a detalhes, bom relacionamento entre grupos e
equipes, sensibilidade e, bom senso, concentração e um ótimo vocabulário, com domínio da
própria língua e até mesmo o uso do inglês, hoje presente em diversos softwares e ambientes
virtuais.
9) Manutençao e Configuraçao de Micros
Tempos atrás, saber montar e desmontar um computador era para muitos uma
grande curiosidade. Entretanto, com a crescente evolução da Informática, observamos que os
programas de computador vêm se desenvolvendo de forma cada vez mais acelerada e a cada dia o
hardware (parte física da máquina) vem se moldando às novas tecnologias, utilizando uma
arquitetura simples e ao mesmo tempo sofisticada.
Assim,
torna-se importante não
apenas o conhecimento
prático e técnico, mas
principalmente a
habilidade de diagnosticar falhas,
interpretar os diferentes erros e
conflitos de configuração que o
computador apresenta e entender
os melhores critérios para uma boa manutenção do
equipamento.
É com este desafio que oferecemos aos nossos alunos o conhecimento
fundamental da informática, da evolução dos computadores por suas muitas gerações, o
funcionamento dos diversos elementos que o compõe, sua estrutura física e lógica e
principalmente sua configuração, na qual muitos técnicos por falta de um bom preparo ainda tem
muita dificuldade em realizar um bom trabalho e eficaz.
Ao concluir esta etapa o aluno estará apto para trabalhar como assistente de
suporte, consultor ou técnico de informática, e até mesmo com profissional autônomo, atuando
em empresas através de prestação de serviços terceirizados, por exemplo.
10) Projeto Final
Finalizaremos aqui nossa proposta
do Curso Profissional de Computação. Cremos
que nossos alunos poderão por em prática todo
conhecimento adquirido nos módulos
anteriores.
Seu desafio será
desenvolver um projeto de uma empresa que poderá
ser fictícia. Vejam bem: a empresa poderá ser fictícia,
porém o projeto é REAL! Inicialmente será passada a
proposta e os objetivos do módulo e, em seguida, a cada aula realizada o professor irá solicitar
algumas atividades que darão início ao projeto de sua empresa.
Aproveite nesta fase para relembrar algumas aulas já realizadas no decorrer do
curso. Agora você irá unir o conhecimento adquirido à prática de construção de seu projeto.
Em contrapartida, iremos trabalhar os conteúdos relacionados à Liderança,
Empreendedorismo e surpreendê-los com as mais importantes rotinas de trabalho de uma
organização.
Esperamos que, ao finalizar este módulo, encerre-se apenas uma etapa em sua
vida, pois certamente você irá muito além do que estamos te propondo, e poderá voltar para
nossa casa sempre que precisar se atualizar. Estaremos de portas abertas para recebê-lo!
Conhecendo o Site Cedaspy
Agora que você já conhece nossos módulos, seu professor irá apresentar o nosso
site. Navegue pelas diversos links, leia as matérias, os depoimentos e não se esqueça de fazer o
seu cadastro em nossa Área Restrita. É rápido, simples e fácil.
Após fazer o seu cadastro em nossa Área Restrita, você fica sempre atualizado
com
as
notícias de nossa Central de Ensino, poderá realizar provas, simulados, participar de nossas
enquetes, publicar trabalhos e acesso ao correio eletrônico. Faça já seu cadastro!
Atividade 1
Pesquise e responda:
Módulos que estudarei Conteúdo do Módulo Profissões relacionadas Programas que estudarei
1 Sistemas Operacionais
2 Apresentações de Multimídia
3 Ambiente Web
4 Redes Sociais
5 Produção de Documentos Profissionais
6 Administração Financeira
7 Design Gráfico
8 Desenvolvimento de Sites
9 Manutenção e Configuração de Micros
10 Projeto Final
Sistemas Operacionais
Atividade 2
Em programa próprio, crie uma apresentação com o nome dos Módulos do cedaspy e
uma imagem para representar cada módulo.
Para casa
1) Encontre as Profissões abaixno Caça-Palavras:
SECRETÁRIA / SEGURANÇA / ARQUITETO / PADEIRO / PINTOR / FUNILEIRO /
ENFERMEIRA / BALCONISTA / OFFICEBOY / MOTORISTA / COBRADOR / CORRETOR /
TAXISTA / CAIXA / MANICURE / CABELEIREIRA / RECEPCIONISTA / VIGIA / BARBEIRO
VENDEDOR / GARÇOM / FEIRANTE / MOTOBOY / FAXINEIRA / COPEIRA / CONDUTOR /
TELEMARKETING.
Sistemas Operacionais
2) Encontre as 7 diferenças nas figuras abaixo:
Sistemas Operacionais
Aula 03 – O computador perfeito
 Conceito de Informática
 As Novas Tecnologias da Informação e Comunicação - NTICS
 Conceito de Hardware
 Dicas ao comprar um computador
Conceito de Informatica
Se definirmos a Informática segundo os dicionários da língua
portuguesa certamente encontraremos: “Tratamento automático da informação, ou
seja, o emprego da ciência da informação com o computador eletrônico. Tem como
base a informação, que por sua vez
é resultante da evolução do
conceito de documentação; teoria
da informação”.
Assim,
compreendemos que a
Informática é a ciência
que trata a informação,
através de tecnologia eletrônica.
Mas como esta ciência pode influenciar em nossas vidas? Para
responder esta pergunta, basta parar e refletir nos diversos recursos eletrônicos que
utilizamos em nosso dia-a-dia, tais como: celulares, smartphones, tablets, notebook e
os próprios computadores pessoais, cada vez mais presentes nos lares e
indiscutivelmente nas organizações.
Vemos a informática presente em diversas áreas, tanto sociais,
humanas, biológicas, na engenharia, na cultura, e muitas outras, o que evidencia sua
relevância para a humanidade.
Para você, futuro profissional é fundamental não apenas o
conhecimento desta ciência, como também a habilidade em realizar as diversas tarefas
Sistemas Operacionais
que poderá exercer no mercado de trabalho, através do manuseio de equipamentos
eletrônicos e os mais variados aplicativos existentes.
As Novas Tecnologias da Informaçao
A Tecnologia da Informação na sociedade, de certo modo, não traz
apenas uma novidade a ser explorada. Ela também modifica
a maneira com a qual nos comportamos, nos auxilia nas
tarefas escolares, no pensar e no agir, nos desafios com a
internet e a segurança dos dados, nas transações
eletrônicas, no comércio, no lazer, na pesquisa e
entretenimento.
Na educação, ela serve como
excelente apoio nas diferentes matérias estudadaspor
nossos alunos, indiferentemente do grau de instrução
que o mesmo está realizando, mediando a aprendizagem através da contextualização
com as disciplinas aprendidas em cada área do conhecimento.
As Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICS)
englobam um extenso conjunto de tecnologias, advindos da evolução do século XX,
facilitando a vida dos usuários, substituindo o esforço físico pelo conforto de seus
recursos. Através dela, nos comunicamos em diferentes
meios, digitalizamos e disponibilizamos muito conteúdo
na internet, aumentando este imenso repositório de
informação.
O uso das mídias digitais, da
videoconferência, das redes sociais, da comunicação
instantânea, do correio eletrônico e dos diversos
equipamentos portáteis, vem com frequência auxiliar o
homem a desempenhar suas atividades, quer do
trabalho, do ensino, como também do entretenimento.
Sistemas Operacionais
Outro fato relevante é que tais recursos também encurtam as
distâncias geográficas e até mesmo aproximam as pessoas uma das outras, através do
alcance da informação e interatividade existente.
Por outro lado, nas organizações este processo não é muito
diferente: são muitos os casos em que
a falta de tecnologia da informação
dentro de uma empresa, pode trazer
uma série de prejuízos para seus
empreendedores.
Através dos
equipamentos de informática e seus
programas, é possível auxiliar as mais
variadas atividades do trabalho, como
a elaboração de documentos, criação
de relatórios, elaboração de tabelas e gráficos,
auxílio na transmissão de arquivos, apoio na apresentação de recursos, divulgação de
produtos através das mídias digitais e impressas sem falar de sua relevância na saúde,
na agricultura, na política, na segurança e outras áreas de nossa utilização.
Conceito de Hardware
Entendemos a palavra “Hardware” como Conjunto de unidades
físicas, componentes, circuitos integrados, discos e mecanismos que compõem um
computador ou seus periféricos. Tais componentes são requisitos mínimos e
necessários para que um pacote específico de programas possa funcionar.
São exemplos: teclado, monitor, mouse, impressora, caixa de som,
memória, processador, placa-mãe, etc.
Sistemas Operacionais
Mas e agora, qual computador comprar?
A dúvida de qual computador comprar é algo que preocupa muita
gente. Para resolver este problema, iremos lhe informar quais são os componentes
mais importantes na escolha de seu computador.
O processador é um dos equipamentos mais relevantes para a
máquina. Tal componente é capaz de transformar todas as entradas de dados em
informações úteis ao usuário.
Este dispositivo é tão importante que na hora de pensarmos em qual
computador comprar, devemos antes nos perguntar
para qual finalidade este equipamento nos será útil,
isto porque nas aplicações básicas, como acesso a
internet, uso de softwares de vídeo e áudio,
aplicativos de escritórios e jogos leves é
dispensável o uso de processadores top de
linha.
Uma máquina de baixo custo
serásuficiente para estas tarefas, ainda que seu desempenho seja um pouco mais
baixo, seu aproveitamento será adequado às suas necessidades.
De outro lado, se o usuário precisa de um equipamento mais
potente, pois deseja rodar jogos mais pesados, ou até mesmo software de computação
gráfica, editoração eletrônica, é interessante que o mesmo possua um computador
com um processador mais veloz.
As linhas de processadores da Intel,
Core 2 Duo, Core I3, Core I5 ou Core I7 ou seus
concorrentes, Phenom X2, Phenom X3, Phenom X4
ou Phenom X6 da AMD são boas referências para a
Sistemas Operacionais
situação acima, sendo rápidos o suficiente para executar aplicações mais exigentes.
Vale lembrar que, por serem produtos melhores, seu custo é
relativamente maior, porém você poderá contar com um produto de qualidade, que
atenderá à sua necessidade e certamente não se arrependerá de sua escolha.
Assim como o processador, a memória também é um dispositivo
importante na hora da aquisição do equipamento. Nas versões mais recentes dos
Sistemas Operacionais Windows e Linux, um
computador com 1GB de memóriaseria
suficiente para as aplicações básicas.
Entretanto, com as constantes atualizações
dos programas e a exigência do processador
nas transformações dos dados, recomenda-se
que o computador tenha ao menos 4 GB de Memória
RAM1, atendendo à demanda de suas operações.
Nota: no Módulo de Manutenção de Micros iremos nos aprofundar
melhor nos detalhes e nas especificações técnicas do computador.
1
Memória RAM: principal memória do computador. Armazena, temporariamente, dados e instruções
de que o processador necessita para execução de tarefas
Sistemas Operacionais
Atividade 1
Em um Editor de Texto digite o nome de 5 profissões e dois benefícios da informática
para esta profissão, você poderá colocar imagens para melhor ilustrar seu trabalho.
Atividade 2 - Questionário
a) O que significa a palavra informática?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
b) Cite 5 vantagens que a Tecnologia da Informação trouxe para as pessoas?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
c) O que é hardware?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
d) Cite o nome de 4 tipos de hardware?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
e) Para que serve o processador ou CPU?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
f) Qual é nome da memória principal do computador?
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
_____________________________________________________________
Sistemas Operacionais
Para casa
PREENCHA a tabela abaixo com itens para montar um computador e informe os seus
respectivos valores. Dica: Use a Internet, faça um rascunho e depois o digite, seguindo
o exemplo abaixo. Use um programa de seu conhecimento.
PEÇA FABRICANTE PREÇO (EM REAIS)
Placa-mãe GA-EP31-DS3L (exemplo) Gigabyte R$ 262,11
Mouse Óptico c/ Scroll sem Fio Preto (exemplo) Force Line R$ 46,90
Total:
Sistemas Operacionais
Aula 04 – Software
 Conceito de Software
 Software Livre X Software Gratuito
 Software Proprietários
 Aquisição de Softwares
 Pirataria de Software
Conceito de Software
Chamamos de Software qualquer programa ou conjunto de
programas que instrui o hardware sobre a maneira como ele deve executar uma
tarefa. Ele trata a informação de forma automática e intermedeia a comunicação entre
o homem e máquina.
Para uma melhor organização, separamos estes programas em
diferentes categorias, sendo:
 Sistemas Operacionais: este software pode ser visto como o
administrador geral do computador, sendo o principal programa
da máquina, capaz de gerenciar tanto o hardware como
software e demais dispositivos
 Aplicativos: programas utilizados nas diversas tarefas básicas do
usuário, realizando a parte prática do nosso dia-a-dia, podendo
ser recomendados tanto para atividades das empresas, na
Sistemas Operacionais
elaboração de documentos, relatórios, auxiliando o dia-dia das
pessoas nas organizações ou até mesmo para atividades
pessoais.
 Linguagens de programação: programas utilizados para o
desenvolvimento dos mais variados softwares, através de
ferramentas de edição de textos, interpretadores e
compiladores.
 Utilitários: complementam as funções dos softwares
aplicativos, auxiliando em tarefas práticas ao usuário, como:
cópia de arquivos (backup), compactação de dados,
desfragmentação e limpeza de disco, como também na
prevenção de vírus e ameaças virtuais ao computador.
 Automação: responsáveis pelas automações industriais,
comerciais de serviços. São exemplos os programas de
desenho industrial, softwares de gerenciamento bancários,
controle financeiro e até mesmo softwares usados na
robótica.
De modo geral, existem outros softwares utilizados para diferentes áreas, tais como:
computação gráfica, multimídia e hipermídia, realidade
virtual, tutoriais e educativos. No decorrer de nosso curso,
seu professor te orientará em atividades que poderão ser
trabalhadas todos estes programas, de maneira que você
possa aprender muito mais.
Software Livre X Software Gratuito
É comum nos depararmos com
certa dúvida sobre Software Livre e Software
Gratuito. Para esclarecer a esta questão,
podemos definir como Software Livre todo
programa que pode ser usado, copiado,
Sistemas Operacionais
estudado, modificado e até mesmo redistribuído sem qualquer impedimento.
Entretanto é importante que este software seja avaliado pela licença GPL (General
Public License - Licença Pública Geral), que organiza diversos projetos para programas
de livre distribuição.Um Software Livre não necessariamente significa que não poderá
ser comercializado, isto é, poderá ser de uso, de desenvolvimento e distribuição
comercial.
Já um Software Gratuito é aquele que pode não ter seu código fonte
aberto, e possuir licenças restritivas, não sendo comercializável e não autorizando sua
redistribuição ou modificação.
Alguns Softwares Livres:
a) AMSN: software de comunicação instantânea como o MSN da
Microsoft
b) Firefox : navegador da internet
c) KPDF: visualizador de arquivos em formato PDF
d) Samba: programa que permite colocar computadores em redes
facilitando o compartilhamento de arquivos.
Exemplos de Softwares Gratuitos:
a) Ares Galaxy – compartilhador de arquivos
b) CCleaner – software utilitário que auxilia na remoção de arquivos
temporários
c) Packet Tracer – programa educacional desenvolvido para
simulação de redes de
computadores
d) Skype – software de
comunicação pela web
integrando conexão de voz
sobre IP.
Sistemas Operacionais
Software Proprietario
Ao contrário dos Softwares Livres, um
programa Proprietário é aquele que não permite sua
redistribuição ou qualquer modificação em seu código
fonte, sem a prévia autorização de seu desenvolvedor,
que poderá inclusive cobrar para tal, sendo necessário
adquirir sua licença.
Exemplos: pacote Office da Microsoft,
CorelDraw da Corel Corporation , Dreamweaver da Adobe,
Nero da Ahead Software AG.
Aquisiçao de Softwares
Agora que você já sabe diferenciar Software Livre, de Software
Gratuito e de Software Proprietário, deve ainda saber que existem diversas maneiras
para você adquirir seus programas.
Você poderá comprar Software
Proprietário direto do fornecedor ou de uma
empresa representante, como o caso do Pacote
Office da Microsoft ou dos Produtos da Adobe –
PhotoShop e Illustrator, por exemplo.
Existe ainda a possibilidade de baixar estes programas da Internet
através de sites específicos, como o Baixaki, Superdownloads e Techtudo, por
exemplo.Mesmo nestes sites, você
encontrará programas que são proprietários
e que terão um prazo para você conhecê-lo
antes mesmo de comprá-lo. Como também
irá encontrar softwares inteiramente gratuitos e diversos programas de livre
distribuição.
Sistemas Operacionais
Saiba mais sobre Licenciamento de Software
GPL: a Licença Pública Geral GNU acompanha os pacotes distribuídos pelo Projeto GNU
(General Public License). É a mais utilizada, sendo adotada pelo Linux. Ela impede que o
software seja integrado em um software proprietário e garante os direitos autorais.
BSD: a licença BSD foi inicialmente utilizada nos softwares da Berkeley Software
Distribution. Ela impõe poucas restrições sobre as formas de uso, alterações e
redistribuição do software e, por isso, é chamada de copycenter. O programa pode ser
vendido e não precisa incluir o código fonte.
Software em Domínio Público: o autor do software relega a propriedade do programa
e este se torna bem comum, ou seja, não possui copyright. Entretanto, o autor pode
restringir que modificações sejam feitas.
Copyleft: retira barreiras à utilização, difusão e modificação do software, mas
impedem a utilização não-autorizada. Ele requer que as alterações sejam livres,
passando adiante a liberdade de copiá-lo e modificá-lo novamente.
Software proprietário: é aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são proibidos
pelo autor em determinado grau. É necessário solicitar permissão ou pagar para
utilizar. Pode ser freeware, shareware, trial ou demo.
Freeware: software proprietário que é disponibilizado gratuitamente, mas não pode
ser modificado.
Shareware: é o software disponibilizado gratuitamente por um período de tempo ou
com algumas funções abertas, mas que implica no posterior pagamento pela sua
licença.
Trial: versão de teste de vários softwares. É disponibilizada algumas funções,
geralmente por 30 dias, para que o usuário experimente o programa para saber se ele
atende às suas necessidades.
Demo: versão de demonstração, semelhante ao Trial. É possível usar o programa por
um tempo ou com apenas algumas funções disponíveis.
Software Comercial: é o software desenvolvido com o objetivo de lucrar.
Open Source: o software de código aberto é aquele que disponibiliza seu código fonte e
restringe-se aos termos técnicos da questão. Pode ser livre, ou proprietário. Algumas
empresas como IBM, HP, Intel e Nokia investem em software de código aberto.
Fonte: UOL Tecnologia
Sistemas Operacionais
Atençao! Vocesabe o que e Software
Pirata?
Ao adquirir um programa
proprietário, você precisa estar ciente que
deverá pagar suas licenças de acordo as
recomendações de seu desenvolvedor, para
poder registrá-lo e usufruir de seus recursos,
por exemplo, poder manter este programa
sempre atualizado.
Entende-se por pirataria toda
reprodução, cópia, venda ou distribuição do produto sem a devida autorização ou
pagamento de seus direito autorais. Assim, a pirataria além de ilegal é também
considerada Crime, e a pena por este delito pode variar de país para país. No Brasil a
lei 10.695, de 01 /07/2003 é quem prevê crime com pena de reclusão de 2 a 4 anos e
multa.
Para impedir a Pirataria, muitas empresas optam por ativar seus
produtos pela internet, através do fornecimento de chaves de ativação, identificando
fisicamente o computador que será utilizado e, uma vez ativado, o usuário poderá
reinstalá-lo várias vezes nos casos de uma eventual manutenção no computador.
Sistemas Operacionais
Atividade 1
No site do Google, pesquise sobre licenciamento de software, copie a informação e
cole-a em um Editor de Texto.
 GPL:
 Software proprietário:
 Freeware:
 Shareware:
 Trial:
 Demo:
 Software Comercial:
 Open Source:
Atividade 2
No Programa de apresentação, desenvolva um trabalho com imagens dos seguintes
softwares: Sistemas Operacionais, Aplicativos, Utilitários, Utilize a tecla PRINTSCREEN
para capturar as imagens ou a Ferramenta Captura do Windows 7. Capriche em seu
trabalho!
Atividade 3
Com apoio da Apostila, pesquise a finalidade de cada item abaixo:
 GPL: _________________________________________________________
 BSD: _________________________________________________________
 Copyleft: ______________________________________________________
 Freeware: _____________________________________________________
 Shareware: ____________________________________________________
 Trial: _________________________________________________________
Para casa
Pesquise e cite 3 exemplos de softwares para os grupos abaixo:
 Comunicação instantânea: _________________________________________________
 Visualizador de arquivos PDF: _______________________________________________
 Remoção de Arquivos Temporários: __________________________________________
 Navegador para Internet: __________________________________________________
 Sistemas Operacionais: ____________________________________________________
 Software Proprietário:_____________________________________________________
 Linguagem de Programação:________________________________________________
Sistemas Operacionais
Aula 05 – Sistemas Operacionais
Conceito de Sistema Operacional
Conhecendo os Sistemas:
 Windows
 Linux
 MAC OS
 Chrome OS
 Android
Trabalhando com Máquina Virtual
Conceito de Sistema Operacional
Por muito tempo, o Sistema Operacional foi compreendido como um
conjunto de programas desenvolvido para gerenciar o hardware do computador. Isto
porque por volta dos anos 60 sua participação no gerenciamento da máquina fosse de
extrema necessidade.
Hoje, podemos dizer que tal sistema é capaz de gerenciar não apenas
sua parte física, como também toda a parte lógica, interagindo com o homem através
de inúmeras aplicações.Pode-se ainda afirmar que é o principal programa a ser
instalado no computador, facilitando a instalação dos demais softwares, como:
editores de textos, planilhas eletrônicas, navegadores, jogos, antivírus e outros. Sem o
Sistema Operacional nada disso seria possível!
Podemos definir o Sistema Operacional como um software
gerenciador de recursos tanto de hardware(processador, memória, dispositivos de
entrada e saída e de comunicação) como também desoftware, através de aplicações e
gerenciamento de processos, isto é, para cada tarefa a ser executada o próprio sistema
poderá gerenciar um recurso a ser utilizado.
Sistemas Operacionais
Você pode se perguntar: Mas como este poderoso Sistema pode
administrar o nosso computador? Para responder a esta pergunta, precisamos
entender que o Sistema Operacional consegue gerenciar os recursos anteriormente
citados através de seu núcleo, também chamado de cerne ou Kernel (do inglês), ou
seja, através deste componente, é possível administrar as tarefas mais complexas que
o processador realiza; melhorar a comunicação entre a máquina e o homem, por meio
de interatividade e a comunicação com os dispositivos e suas aplicações.
Sistema Operacional Windows
O Windows é um dos mais conhecidos e populares Sistemas
Operacionais. Em pouco tempo conquistou um espaço muito abrangente na história da
informática.
Desenvolvido pela empresa Microsoft desde o início da década de 80,
este programa apresentava uma interface gráfica atrativa que
dispensava a execução e
interpretação de comandos,
muito utilizado em seu
antecessor, MS-DOS2.
O fato é
que com este novo
sistema, a comunicação
e interação entre o
usuário e a máquina
foram se tornando mais
prazerosa, ao passo que surgiam dois elementos igualmente
importantes: o uso dos ícones e o próprio mouse – o primeiro representandoo acesso
a um arquivo ou pasta do computador e o segundo, auxiliando as tarefas da nova
interface gráfica que se instalava.
2
MS DOS – Sistema Operacional limitado, que não possui interface gráfica atrativa, muito utilizado nos
anos 80 e meados dos anos 90, sendo subsistido pelo Microsoft Windows.
Sistemas Operacionais
Ainda “preso” ao Sistema DOS, as primeiras versões do Windows
apresentavam uma interface nova, porém com certa dependência de seu precursor.
Entretanto, foi graças a este sistema que muitos outros programas tiveram suas
inovações relacionadasàs interfaces e interatividade com o usuário.
Algumas características do Sistema Operacional Windows:
a) Sistema baseado em janelas – por isso “Windows”
b) Sistema Multitarefa – capaz de administrar diversas tarefas ao
mesmo tempo
c) Desenvolvido tanto para uso doméstico quanto empresarial
d) Maior popularidade para os computadores pessoais
e) Visual agradável e fácil
f) Software Proprietário e de uso comercial
Sistema Operacional Linux
O Sistema Operacional Linux é considerado um sistema de grande
porte e que tem muitos recursos atrativos, foi desenvolvido por Linus Benedict
Torvalds, no início da década de 90 e,
atualmente é um dos Sistemas
Operacionais que mais cresce no mundo,
isto porque, ao contrário dos softwares
proprietários, este programa é de livre
distribuição e conta com milhares de
desenvolvedores que o mantém
atualizado, seguro e muito competente
em suas aplicações.
Sistemas Operacionais
Derivado do Sistema Operacional Unix, que desde os anos 60 foi
considerado um dos maiores sistemas operacionais para máquinas de grande porte,
Linus Torvalds, como assim é
conhecido,
desenvolveu o Sistema
Linux para que o
mesmo pudesse ser
instalado tanto em
máquinas básicas sem
muita exigência de
hardware, como em
equipamentos mais
sofisticados, desde que
fosse multitarefa e tão
bom quanto o Unix.
Sendo um software livre, o Linux está licenciado pela GPL, entidade
que autoriza aos interessados sua distribuição ou cópia de acordo com suas regras.
Paralelo aos demais programas de livre distribuição, hoje o Linux é considerado um
sistema moderno, estável e seguro, tanto para computadores pessoais quanto para
servidores.
Vantagens do Sistema Operacional Linux:
a) Robusto e estável – a independência na execução de suas tarefas
permite a este sistema que rode por muitos meses sem que
desligue ou necessite ser reiniciado, uma característica
importantíssima para máquinas servidoras.
b) Acessível – por ser um software de livre distribuição, o Linux
pode ser instalado em quantos computadores forem necessários.
c) Flexível–poder ser adaptável a qualquer empresa, uma vez que
possui código fonte aberto, possibilitando o desenvolvimento de
diferentes sistemas que rodem em sua plataforma.
Sistemas Operacionais
d) Seguro – por se tratar de um sistema robusto, o Linux possui uma
“imunidade” a certas ameaças, principalmente de vírus, privando
pela segurança de seus milhares de usuários.
Algumas empresas que distribuem Linux ou que desenvolvem
softwares livres para sua plataforma:
a) RedHat
b) Fedora
c) Ubuntu
d) Debian
e) OpenSuse
f) Mandriva
g) Kurumim
h) Gentoo
i) Slackware
j) Knoppix
Atenção: Você é livre para escolher qualquer uma dessas
distribuições. Opte pela que mais lhe interessa, usando como critério a facilidade de
suporte, manutenção e atualização que o sistema disponibilizar.
Sistema Operacional Mac OS
O Macintosh Operating System, nome dado ao Mac OS, é um
sistema desenvolvido pela empresa Apple no ano de 1984, muito utilizado em seus
computadores pessoais, denominados Macintosh.
Assim, como os modelos de sistemas operacionais daquela época, as
primeiras versões do Mac OS apresentavam as mesmas dificuldades que os seus
concorrentes, isto é, eramonotarefa (atividade comum a sistemas que executam uma
tarefa por vez), além de nãopossuir a melhor interface gráfica.
Sistemas Operacionais
No entanto, a partir da 7ª versão deste sistema, houve muitas
modificações capazes de
torná-lo um software
atrativo e confiável.
Passou a ser considerado
multitarefa, permitindo o
compartilhamento de
arquivos em rede, tendo
uma resolução gráfica
definida e suporte a
recursos multimídia.
Atualmente, o Mac OS X é comercializado na versão denominada
Lion. Sendo um software proprietário, este sistema é recomendável ser instalado nas
plataformas das máquinas desenvolvidas nos padrões da empresa Apple. Entretanto,
comas crescentes atualizações, fica difícil afirmar qual a versão mais importante,
porém vale ressaltar que estas mudanças decorrem da necessidade de manter um
sistema seguro, estável e com muitas novidades em suas aplicações.
Sistema Operacional Chrome OS
Desenvolvido pela empresa Google, este sistema foi projetado para
máquinas portáteis que, devido ao seu baixo desempenho, pudessem rodar um
sistema integralmente dedicado à
internet.
Baseado no Linux, o Sistema
Operacional Chrome foi
recentemente lançado ao público e
licenciado pela GPL. Será,em curto
prazo, desenvolvido para
máquinas com fabricação direta
da Google, com hardware
Sistemas Operacionais
próprio, para usuários que utilizammuito a internet em seus trabalhos, facilitando a
organização de seus arquivos na nuvem3.
Empresas como Acer e Samsung estão desenvolvendo máquinas apropriadas para
suportar o Chrome OS, através de lançamento em notebook ou em Chromebooks, isto
é, máquinas com funcionalidades similares ao smartphones que objetivam praticidade,
leveza, bateria de longa duração e funcionalidades que mantêm o computador sempre
conectado.
Outro detalhe interessante dos Chromebooks é que alguns serviços
da Google estarão disponíveis mesmos Off-line como o caso do Google Calender, Docs
e o Gmail, além de serem máquinas mais rápidas durante a inicialização do sistema.
Sistema Operacional Android
O Sistema Operacional Android foi desenvolvido pela Google, que
também é a empresa responsável por suas atualizações. Está classificado para
tecnologia móvel como telefones,
smartphones e tablets.
Baseado no
Sistema Operacional Linux, o
Android também é um software de
livre distribuição licenciado pela
GPL. Conta com uma integração
direta dos serviços da Google,
através de navegadores e aplicativos que o fazem um sistema atrativo e multitarefa,
interagindo com usuário através de serviços de comunicações sem fio e Bluetooth4.
3
Computação em Nuvem: forma de armazenamento na internet através de conexões com servidores,
possibilitando o acesso direto a qualquer momento, dispensando o uso de programas específicos.
4
Bluetooth: recurso que permite conexão e troca de informações entre dispositivos como telefones
celulares, notebooks, computadores, impressoras, câmeras digitais e consoles de videogames.
Sistemas Operacionais
Por ser um software de código aberto, a empresa Google deixa livre
aos interessados
em desenvolver
aplicativos para os
dispositivos
Android e ainda
contempla com
premiações aos
desenvolvedores
que criam tais
programas para
serem utilizados
em celulares que usam sua plataforma.
Empresas como Motorola e Samsung são exemplos de fabricantes de
celulares que utilizam a plataforma Android. Ambas desenvolvem pesquisas para
avançarem suas tecnologias estendendo a outros equipamentos, como o caso de
câmeras digitais, projeto da empresa Samsung.
Por se tratar de um
Sistema Operacional novo e com muitos
projetos ainda em fase de
desenvolvimento e estudo, pode-se
afirmar que em curto prazomuitas
empresas interessadas neste fascinante
sistema irão desenvolver computadores
portáteis que trabalhem com o Android,
concorrendo até mesmo com sistemas
mais potentes de computadores
domésticos ou corporativos. Basta
aguardar e acompanhar as novidades do
mercado!
Sistemas Operacionais
Trabalhando com Maquina Virtual
Você sabia que é possível conhecer todos estes Sistemas
anteriormente citados fazendo uso de Máquinas Virtuais?Pois é, para entender
melhor, vamos primeiramente definir o conceito de uma Máquina Virtual:
Máquina Virtual é o nome dado a um programa capaz de simular
diversos sistemas operacionais simultaneamente, com funcionamento real, não
comprometendo a quantidade de sistemas configurados.
Embora nosso objetivo neste módulo não seja detalhar as instruções
e uma máquina
virtual, vale ressaltar
sua importância para
o dia-a-dia, uma vez
que instalado em seu
computador, você
poderá usufruir deste
recurso até mesmo
para criar ambientes
seguros ou de teste
de aplicativos, que o
ajudarão a manter
seu computador funcionando melhor e livre de programas indesejados.
Seu professor irá demonstrar o funcionamento desta Máquina e você
poderá usá-la também em sua casa, desde que tenha um computador com boa
capacidade de memória RAM, aquela memória que estudamos na 3º aula desta
apostila. Você se lembra? Veja abaixo a lista de alguns sites indicados:
http://www.baixaki.com.br/download/virtualbox.htm
http://www.superdownloads.com.br/download/168/virtual-box/
https://www.virtualbox.org
Sistemas Operacionais
Atividade 1
Crie uma apresentação em um programa de sua preferência sobre os Sistemas
Operacionais; copie um texto comentando sobre sua origem e cole-o usando o recurso
COLAR ESPECIAL (sem formatação). Coloque uma imagem para melhor ilustrar seu
trabalho.
 Windows XP
 Windows 7
 Windows 8
 Linux Ubuntu
 Linux Debian
 Mac Os Leopard
 Mac Os X
 Android
Atividade 2 – Encontre as palavras abaixo
Para casa
Acesse o endereço abaixo e PESQUISE A
Cruzadinha DE INFORMÁTICA:
http://www.infodicas.com.br – LINK JOGOS.
Sistemas Operacionais
Aula 06 – Conhecendo o Microsoft Windows – Parte I
Principais Acessórios
Configurações Básicas
 Temas
 Proteção de tela
Microsoft Windows
Por ser o mais popular Sistema Operacional, seria indiscutível não
apresentar os recursos que este poderoso software tem a nos oferecer. Assim, iremos
demonstrar como seus recursos poderão ser utilizados em nosso dia-a-dia enquanto
usuários praticantes deste ambiente multitarefa.
Nossa preocupação,
na verdade, não está em apresentar
as versões do Sistema, uma vez que
a essência de suas funcionalidades
sempre serão as mesmas, sendo
importante destacar que a cada
nova etapa os recursos se
modificam, aperfeiçoam-se e
apresentam um design mais
sofisticado e atrativo.
Principais Acessorios
Os acessórios do Windows são ótimos recursos para as tarefas do
cotidiano. Muitas vezes são pouco explorados e até mesmo ignorados por
apresentarem recursos simples, mas que ao serem analisados, é possível explorar suas
funções e valorizar suas potencialidades. Vejamos:
Sistemas Operacionais
Bloco de Notas: é um programa básico usado para exibir ou editar
arquivos de texto. Suas funções poderão ser utilizadas desde uma simples anotação,
como uma receita de bolo, tópicos de reunião como também criações de páginas para
internet, através de comandos específicos que poderão ser editados em sua
plataforma.
Visão do Editor de Texto - Bloco de Notas
Bloco de Notas utilizado para criação de códigos HTML
Sistemas Operacionais
Calculadora:software utilizado para executar cálculos simples, como
adição, subtração, multiplicação e divisão, embora também disponibilize recursos
avançados como: calculadora de programação, científica e estatística.
É possível realizar cálculos clicando nos botões da calculadora ou
digitando os cálculos usando o teclado. Fique atento se em seu teclado a tecla Num
Lock está ativa, o que permitirá o funcionamento dos números e seus operadores.
Modelo Calculadora Científica Modelo Calculadora Programador
Modelo Calculadora Estatística
Modelo Calculadora Padrão
Sistemas Operacionais
Paint:é um recurso do Windows que permite criar desenhos em uma
página em branco, através de ferramentas de edição e formatação de imagens.Você
encontrará muitas ferramentas na Faixa de Opções, que aparece perto da parte
superior da janela.
Ao explorar este programa, seu professor orientará o uso das
ferramentas e suas aplicações.
Caixa de Ferramentas do Paint
Modelo de trabalho editado no Paint
Sistemas Operacionais
WordPad: é um programa de edição de documentos. Diferencia-se
do Bloco de Notas por permitir formatações e inserção de elementos gráficos, como o
uso de imagens.
Notas Autoadesivas: acessório utilizado para criar uma lista de
tarefas que você poderá realizar, como por exemplo, algum compromisso ou
anotaçãode um contato telefônico. Elas podem ser usadas também nos Tablet PC ou
em qualquer computador. São simples e de fácil utilização.
Janela WordPad
Sistemas Operacionais
Ferramenta de Captura:ferramentaútil para obter uma captura de
tela ou recorte de qualquer objeto na tela e, em seguida, anotar, colar, salvar ou
compartilhar a imagem.
Você pode capturar diferentes tipos de recorte:
Recorte de Formato Livre: permite desenhar uma forma livre em torno de um objeto.
Captura Retangular: Permite arrastar o cursor em torno de um objeto para formar um
retângulo.
Captura de Janela:permite a captura de uma janela pré-selecionada, como por
exemplo, de um navegador ou caixa de diálogo a ser capturada.
Recorte de Tela Cheia: Captura toda a tela.
Assim, fazer uso dos Acessórios
émuito interessante. Em resumo eles apresentam
as seguintes características:
 São fáceis de utilizar
 São práticos e acessíveis
 Podem ser comparados aos
recursos que necessitamos no
dia-a-dia de um escritório.
 Complementam diversas
tarefas as quais executamos
rotineiramente.
Sistemas Operacionais
Configuraçoes Basicas
Agora que você já conhece alguns dos Acessórios do Windows
também poderá explorar algumas configurações:
Temas: são combinações de imagens, cores e sons que podem ser
aplicados em seu computador. Estes elementos podem incluir um plano de fundo de
área de trabalho, uma proteção de tela, uma janela de borda personalizada e até um
esquema de som. Alguns temas podem também incluir ícones de área de trabalho e
ponteiros
de mouse.
Proteção de Tela:são
animações disponíveis no sistema que tornam
seu ambiente mais atrativo. É possível criar o
seu próprio protetor de tela usando imagens
pessoais salvas no computador, como também
baixar da internet. Mas, muita atenção: alguns
sites de proteções de tela poderão vir com
vírus. Fique atento!
Sistemas Operacionais
Atividade 1
É hora de testar seus conhecimentos. Copie uma receita da Culinária, cole-a no bloco
de notas e salve na sua pasta.
Atividade 2
No Programa Paint, crie os desenhos abaixo e capriche em suas cores. Ao final, salve a
atividade em sua pasta.
1 2 3
4 5 6
7 8
Use sua criatividade e
faça um desenho bem
legal!!
Sistemas Operacionais
Atividade 3
Em um site de busca, vá em imagens e digite: “Desenhos para colorir”. Salve 3
desenhos na pasta Minhas Imagens de seu computador. No Paint, abra as imagens e
aplique cores à sua maneira! Veja o exemplo abaixo.
Atividade 4
1) Acesse as configurações de tela de seu computador, baixe um tema através da
opção “Obter mais temas online” e aplique na Área de trabalho.
2) Utilizando as Notas Adesivas e coloque um recado na Área de Trabalho para
seu professor avaliar.
3) Altere a Proteção de Tela para “Bolhas” e configure o tempo para 5 minutos.
Sistemas Operacionais
Aula 07 – Conhecendo o Microsoft Windows – Parte II
Painel de Controle
 Data / Hora
 Contas de Usuário
 Configurações do Mouse
Gerenciamento de Arquivos
Painel de Controle
O Painel de Controle é um ambiente útil para alterarmos as
configurações do Windows. Além de permitir o controle visual do sistema, ainda
administra os recursos instalados no computador, desde os ajustes básicos como a
data/hora até as Ferramentas Administrativas do Sistema, Controle de Hardware e
Software da máquina.
Se desejar outras exibições, escolha no canto superior direito as
opções “Ícones Pequenos” ou “Ícones Grandes”.
Painel de Controle - Modo de Exibição por Categoria
Sistemas Operacionais
Data / Hora
Você poderá ajustar a data e a
hora do sistema toda a vez que julgar
necessário. Evite deixar desatualizada, pois os
arquivos do sistema operacional são
organizados pelo relógio e alguns aplicativos
poderão não funcionar corretamente.
GadGets
São recursos
disponibilizados na área de trabalho do
Windows, instalados no computador, que
permitem certos aplicativos atrativos como
calendário, previsão do tempo, controle de
desempenho do processador e memória,
conversor de moedas entre outros. Você
pode movê-lo, redimensioná-lo e alterar suas
opções.
Contas de Usuário
Este recurso permite ao usuário do
computador um acesso restrito em um ambiente
personalizado, isto é, através da conta de usuário,
você poderá manter suas preferências pessoais, como proteção de tela, plano de
fundo e conteúdo navegado pela internet, além de criar um ambiente com pastas
exclusivas do responsável pela conta, o que favorece a privacidade do indivíduo. Desta
forma é possível compartilhar o computador com diferentes pessoas, gerenciando a
conta através de senha.
Existem diferentes tipos de Contas de Usuário. Cada tipo oferece
nível diferente de controle do computador:
Sistemas Operacionais
A conta Padrão é para o dia-a-dia, geralmente disponível para
qualquer usuário, embora possa ter controle de senha.
A conta Administrador oferece mais controle sobre um computador
e só deve ser usada quando necessário. Ela permite o acesso total ao computador e é
livres para configurá-lo como desejar.
A conta Convidado destina-se principalmente às pessoas que
precisam usar temporariamente um computador, como um parente ou amigo que
precise realizar alguma tarefa momentânea em seu computador.
Mouse
Nas Propriedades do
Mouse, o usuário poderá configurar as
funções dos botões, alternando para
usuário destro ou canhoto, além de permitir
controlar a velocidade do duplo clique,
facilitando acesso a um determinado
arquivo ou pasta.
Na Guia Ponteiros, é
possível escolher um formato para o cursor
de forma personalizada. Em Opções do
Ponteiro, o usuário poderá controlar a velocidade e visibilidade deste cursor,
deixando-o mais acessível às suas necessidades.
Sistemas Operacionais
Gerenciando Arquivos no Windows
Explorer
Chamamos de Windows Explorer o ambiente que organiza e gerencia
os arquivos e pasta do computador. Nas versões mais recentes do Windows, tal
gerenciamento pode ser realizado através de Bibliotecas, isto é, uma forma de reunir
arquivos que não necessariamente precisam estar no mesmo local para serem
organizados ou visualizados.
Desta forma, poder-se criar uma coleção de arquivos e inclusão de
pastas sem a necessidade movê-los do seu local de origem. Por padrão, o Windows
apresentam 4 Bibliotecas distintas, sendo: Documentos, Músicas, Imagens e Vídeos,
mas nada impede que você crie suas próprias bibliotecas e inclua o conteúdo que
desejar.
Clicando em ‘Nova Biblioteca’, você poderá fazer inclusão de pastas
e, consequentemente, seus arquivos de diferentes locais.
Sistemas Operacionais
Nestas Bibliotecas, você poderá criar pastas e subpastas a fim de
organizar seus arquivos.
Através do Botão ‘Organizar por’, é possível visualizar toda a
estrutura destas pastas e arquivos em diferentes modos: Autor, Data da Modificação,
Marca, Pasta, Tipo e Nome. Tal recurso facilita a busca de seus documentos e gerencia
o ambiente de visualização de arquivos.
No lado esquerdo do
Windows Explorer, você
poderá visualizar as
Pastas principais do
Gerenciador. Nela, será
possível organizar seus
conteúdos de modo
simples e prático.
Tarefas comuns em um gerenciador de arquivos:
 Criar pastas
 Copiar, mover, recortar,
renomear, excluir, restaurar
arquivos e pastas.
Sistemas Operacionais
Nomes e Extensões de Arquivos
Todos os arquivos utilizados em um computador devem possuir um
nome e uma extensão. Esta extensão é necessária para que o Sistema Operacional
direcione qual o programa irá abrir ou executar este arquivo.
Ex: um arquivo com o nome “bolo de fubá.rtf” é um arquivo de
documento do WordPad que também poderá ser aberto no Microsoft Word.
Algumas extensões conhecidas:
Extensão Tipo de Arquivo Sugestão de Software
.docx Arquivo Documento Microsoft Word
.jpg Arquivo de Formato de Imagem Photo-Paint, PhotoShop, Paint
.sys Arquivo de Sistema Microsoft Windows
.exe Arquivo Executável Qualquer programa instalador do Windows
.pdf Arquivo de documento portátil Adobe Reader e Foxit Reader
Tamanho dos Arquivos
Toda informação armazenada através de arquivos, ocupa um espaço
no disco rígido5 do computador. Dessa forma, todo arquivo, indiferente de sua
extensão, terá um tamanho que é medido em bytes6.
Para uma melhor compreensão, imagine os sistemas básicos de
medidas que usamos no dia-a-dia, tais como grama, litro, metros, etc. Para cada
situação será necessária uma grandeza: Veja o exemplo:
“Patrícia comprou 100g de presunto para fazer um lanche”
“Sueli trouxe 1 litro de leite para fazer um bolo”
“A distância da casa de Paulo até a casa de Marcos é de 300m”
5
Disco rígido: Dispositivo de alta capacidade de armazenamento de arquivos e programas no
computador.
6
Byte: Em processamento de dados, grupos de dígitos binários, geralmente oito, que o computador
opera como uma unidade simples.
Sistemas Operacionais
Na informática usamos a Linguagem Binária, composta de dois dígitos
importantes: 0 e 1. A estes dígitos damos o nome de bit – Binary Digit ou Dígito
Binário.
Para que computador reconheça um caracter digitado ou
armazenado serão necessários 8 combinações binárias: Veja o exemplo:
A = 8 bits = 0100 0001
O nome ANA possui = 24 BITS = 0100 00010100 11100100 0001
Desta forma para simplificar, foi criada a seguinte tabela:
Como identificar tamanho de arquivos e pastas
Para visualizar o tamanho dos
arquivos ou pasta, você poderá observar
diretamente pelo Windows Explorer ou clicando
com o botão direito sobre o arquivo, seguido da
opção ‘propriedades’.
A N A
Sistemas Operacionais
Atividade 1
1) Utilize o Painel de Controle e crie uma conta de usuário. Coloque uma senha e
uma imagem para o Perfil do Usuário. Acesse esta nova conta para realizar as
próximas atividades.
2) Nesta conta, altere:
a. O “Tema” do Windows,
b. Mude a barra de barra de tarefas para a parte superior,
c. Adicione 3 gadgets,
d. Coloque protetor de tela,
e. Mude o ponteiro do mouse.
Atividade 2
1) No Gerenciador de
Arquivos do Windows,
crie a estrutura de pastas,
conforme a imagem.
2) Na Internet, copie o texto
de uma receita culinária,
cole no Programa
WordPad e salve na pasta
referente a receita de:
doce, pudim, massas,
sopa...
Atividade 3
1) Ainda no Gerenciador de
arquivos do Windows
Explorer, crie outra estrutura
de pastas, sobre Pontos
Turísticos Brasileiros.
2) Na Internet, SALVE 2
imagens dentro da pasta de
cada ponto turístico,
conforme se vê no exemplo
ao lado.
Sistemas Operacionais
Atividade 4
1) Pesquise na internet e instale o programa Rocket Dock. Configure nele os
ícones que você mais utiliza. Deixe seu ambiente de trabalho atrativo e
personalizado.
Para casa
1) Explique a função do Painel de Controle
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
2) Descubra a função dos seguintes recursos do Painel de Controle
a) Backup e Restauração:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
b) Ferramentas Admirativas:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
c) Opção de Pastas:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
d) Windows Update:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
e) Firewall do Windows:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
f) Região e Idioma:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
g) Programas e Recursos:
____________________________________________________________________
____________________________________________________________________
Sistemas Operacionais
Aula 08 – Correio Eletrônico
Conceito
 Webmail
 Criando Mensagens
 Formatação de Mensagens
 Uso de Anexo
 Spam
Configurações Básicas
Conceito de Correio Eletronico
O Correio Eletrônico é um serviço da Internet cujo objetivo está
relacionado à comunicação entre
duas ou mais entidades
comunicantes, através da troca de
mensagens utilizando um
computador ou qualquer
dispositivo conectado à Web.
Este serviço é
um dos mais antigos recursos,
presente desde o final da década
de 60 na comunicação militar, no
período de Guerra Fria, pelo
exército norte-americano
É comum darmos o
nome e-mail (eletronicmail) ao correio
eletrônico, que nada mais é do que mensagens que enviamos diariamente nas
empresas ou quando em uso pessoal.
Atualmente, milhares de pessoas utilizam desta ferramenta para se
comunicar e enviar documentos, arquivos, fotos, relatórios em geral através de anexo,
recurso que abordaremos em breve.
Sistemas Operacionais
Composiçao do E-mail
Todo endereço eletrônico é composto por um nome de usuário e um
domínio, que representa o servidor ao qual estará vinculado o
e-mail.
O email pode ser criado usando nome da pessoa, ex.:
carlosolivetto@yahoo.com.br, ou poderá ser criando como
um apelido: kaka16@yahoo.com.br, sendo yahoo o
servidor ou a empresa que está fornecendo o serviço ao
usuário.
Todo endereço eletrônico vem acompanhado do símbolo @ logo
após o nome do usuário, desta forma vinculando-o ao servidor do correio eletrônico.
Webmail
Com o passar dos anos, muitas empresas começaram a oferecer
serviços de correio eletrônico com acesso direto via browser7, inclusive gratuitamente.
Desta forma, é dispensado o uso de softwares específicos para envio e recebimento de
mensagens, como o Microsoft Outlook, por exemplo.
Criando uma Conta de Correio
Eletronico
Para criar sua conta, você poderá usar um dos serviços gratuitos de e-
mail como: Gmail, Hotmail e Yahoo!Uma vez cadastrado, poderá enviar suas
mensagens e criar uma lista de amigos para se comunicar quando quiser, estando
conectado à Internet de qualquer lugar do mundo.
7
Browser: Software de navegação na internet, ex: Mozilla Firefox, Google Chrome e Internet Explorer.
Sistemas Operacionais
Como sugestão, iremos criar uma conta de e-mail usando os serviços
da empresa Yahoo!, mas seu professor poderá sugerir outros servidores gratuitos e
atrativos também.
Preenchendo um cadastro com as informações pessoais, basta
escolher um nome de usuário, cadastrar uma senha e começar a usar.8
8
Cadastro de Conta de E-mail: seu professor irá demonstrar as instruções necessárias nesta fase.
Sistemas Operacionais
Criando Mensagens
Agora que você já criou sua conta,
poderá se comunicar com seus amigos sempre que
estiver conectado a internet. Veja como é simples:
Na imagem abaixo, observe que
nosso personagem “Carlos” está enviando uma mensagem a seus amigos “Roberta” e
“Paulo” e, junto com a mensagem, ele anexou sua foto. Observe ainda que “Carlos”
formatou a mensagem, alterando a cor, o tipo e o tamanho da fonte. Outro detalhe
interessante é assinar a mensagem como ocorre no mesmo exemplo.
Configuraçoes do E-mail
Você pode personalizar seu e-mail sempre
que quiser, deixando um ambiente mais agradável e a seu
gosto.Basta clicar em Opções e depois emTemas. Escolha as
cores ou layout que preferir e clique em concluído.
Após clicar no botão “Enviar”, você
poderá adicionar seus amigos em
uma lista de contatos. Desta
forma, quando precisar escrever
novas mensagens, os endereços já
estarão gravados.
Sistemas Operacionais
Próximo ao nome, clique em “Minha Conta”. Neste ambiente você
poderá configurar dados pessoais, como alterar sua senha, informações, dicas de
segurança e detalhes de seu perfil.
Sistemas Operacionais
Dicas
Quando criar suas mensagens não se esqueça do campo “assunto”.
Capriche neste momento, pois dependendo do que a pessoa interprente ao ler o
assunto, tanto poderá se interessar em abrí-la como também poderá excluí-la antes
mesmo que a tenha lido.
Componha as suas mensagens de modo simples e objetivo. Assine
sempre suas mensagens, principalmente se o cabeçalho não deixar evidente o seu
nome.
Deixe pré-configurado uma assinatura eletrônica contendo seus
dados de contato, como nome, telefone e e-mail. Isto irá facilitar o retorno de suas
mensagens e transmitirá certa formalidade em sua comunicação.
Não gere SPAM9! Resista e não encaminhe mensagens em massa,
por mais tentadoras que elas sejam. Isto trará um certo desconforto às pessoas que
fazem parte de sua rede de contatos.
Ao criar suas contas de e-mail, evite usar apelidos bizarros ou
esquisitos. Pode até ser engraçado para alguns momentos, mas, pense que você
também irá usar sua conta para contactar empresas, encaminhar currículos, além de
ser útil também nos compromissos do dia-a-dia.
9
Spam: O termo Spam é atribuído a mensagens eletrônicas não-solicitadas enviadas em massa.
Sistemas Operacionais
Atividade 1
1) Vamos criar uma conta de email. Utilize um dos serviços de email gratuito
(Hotmail, Gmail ou Yahoo). Lembre-se das dicas aprendidas nesta aula!
2) Acesse sua conta de email e:
a. mude o tema
b. crie uma assinatura
c. adicione 3 contatos de email dos colegas da sala
3) Envie por email, a atividade gravada em sua pasta na aula anterior para os 3
colegas. Anexe 2 Receitas Culinárias e 2 imagens de Pontos Turísticos.
Atividade 2
Nos serviços de correio eletrônico é possível organizar seus email em pastas e criar
regras ou filtros para direcionar as mensagens para pastas específicas. Dessa forma,
para que sua conta fique mais organizada, faça:
a) Crie uma pasta chamada CEDASPY.
b) Utilizando o Hotmail clique em Opções > Mais opções > Regras para classificar
novas mensagens. Clique no botão “Nova” e crie regras direcionando as
mensagens dos 3 colegas que você adicionou para a pasta CEDASPY.
Atividade 3
Sistemas Operacionais
01) RECURSO UTILIZADO PARA PERSONALIZAR A APARÊNCIA DE SEU E-MAIL.
02) SERVIÇO DE E-MAIL NA INTERNET
03) SOFTWARE PARA NAVEGAÇÃO NA INTERNET
04) IDENTIFICA O SERVIDOR A QUAL O E-MAIL ESTÁ VINCULADO
05) MENSAGEM ELETRÔNICA NÃO SOLICITADA ENVIADA EM MASSA.
06) ENDEREÇO ELETRÔNICO
Para Casa
1) O que é Correio Eletrônico?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
2) Quando surgiu este serviço?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
3) O que podemos enviar através desta ferramenta?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
4) Qual a diferença entre E-mail e Webmail?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
5) Existem duas contas de e-mail iguais? Por quê?
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
6) Pesquise o nome de 10 serviços de e-mail gratuitos.
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
Sistemas Operacionais
Aula 09 – Trabalhando com o Linux
Conhecendo o Linux
 Ambiente de Trabalho
 Configurações
 Aplicativos básicos
 Navegação
 Central de Programas
Conhecendo o Linux
Na aula 05 já estudamos sobre o Sistema Operacional Linux. Falamos
sobre sua história e suas vantagens frente aos seus concorrentes.Agora iremos
apresentar como você poderá acessar este Sistema através de uma Máquina Virtual.
No exemplo abaixo, usamos a Máquina Virtual da Oracle,conhecido
como Virtual Box, para acessar o Linux. Para isso, basta selecionarmos a distribuição e
clicar nobotão Iniciar. Aguarde o carregamento do Sistema e comece a utilizar!
O Cedaspy vem apostando fortemente na Distribuição Ubuntu para o
conhecimento de nossos alunos. Além de ser um software organizado e confiável,
apresenta uma interface gráfica amigável e atrativa.Apesar de usarmos tal distribuição
como referência, seu professor també poderá apresetar outras distribuições, uma vez
que é possível ter múltiplas versões utilizando uma máquina virtual. (ver exemplo na
pág. 35)
Oracle VM Virtual Box - exemplo de máquina virtual
Sistemas Operacionais
Linux Ubuntu
Após acessar o Ubuntu pela Máquina Virtual, você poderá trabalhar
com todos os recursos disponíveis pelo sistema operacional, como se estivesse
acessando o programa em uma máquina comum.
Aproveitamos
neste momento para
apresentar as facilidades que o
programa possui e as
possibilidades de poder utilizá-
lo para muitas tarefas que
trabalhamos com os outros
sistemas operacionais, como o
Microsoft Windows, por
exemplo. Você pode poderá
personalizar seu ambiente de
trabalho toda a vez que achar
necessário, substituindo o papel de parede, trocando a aparência das janelas como
também suas cores.
Ambiente Gráfico do Ubuntu 11.10
Sistemas Operacionais
Configurações
Também é importante demonstrar que o Ambiente de Configuração
do Linux é simples e acessível. Nele, você poderá ajustar suas preferências tais como:
ajuste do mouse, teclado,
contas de usuário, protetor
de tela, data e hora entre
outros.
Um detalhe importante do
Linux é que para que as
configurações escolhidas
possam entrar em vigor, será
solicitada uma senha do
administrador, isto evitará
que outro usuário venha
modificar suas preferências ou até mesmo comprometer a usabilidade do programa.
Você pode notar que na imagem abaixo, vemos a barra de tarefas,
que no Linux iremos chamar simplesmente de PaineL. Nele é vísivel o acesso aos
programas instalados, locais das pastas e documentos do usuário, configurações do
sistema, data e hora, mensagens, ambiente para troca de sessão ou usuário e ajuste de
áudio. Ao acessar o item “Aplicativos”, aparecerá uma lista de programas que é
possível utilizar no Linux, tais como: acessórios, aplicativos para escritório, gráficos,
internet e recursos multimídia.
No exemplo a seguir, trabalharemos com o BROffice Writer, Editor de
Texto semelhante ao Microsoft Word.
Sistemas Operacionais
Neste programa, o usuário poderá criar diversos tipos de
documentos, como cartas, currículos, trabalhos escolares, declarações, etc. Além de
contar com recursos práticos de formatações que darão ao documento uma aparência
mais profissional. Ainda compõe este pacote outros aplicativos úteis para muitas
tarefas, tais como:
 BrOffice Calc – Gerenciador de Planilhas Eletrônicas
 BrOffice Draw – Editor de desenhos
 BrOffice Impress – Editor de Apresentações Gráficas
 BrOffice Math – Editor de fórmulas matemáticas
 BrOffice Base – Gestor de base de dados
Além destes aplicativos, existem diversos programas que utilizamos
para Internet, como softwares navegadores e de mensagens instantâneas.
Navegador Chromium da Google Navegador Firefox da Fundação Mozilla
Sistemas Operacionais
Acessórios do Linux
O KolourPaint é um aplicativo de
desenho que permite a edição e
formatação de imagens de
maneira atrativa. Caso você não
encontre o aplicativo na lista dos
programas, poderá adicioná-lo
pela Central de Programas do
Linux ou através do seu
Gerenciador de Pacotes. No
próximo capítulo você irá
aprender como realizar esta
tarefa.
A Calculadora
Outro elemento muito útil é a Calculadora.
Está disponível em diferentes modelos, e
você poderá utilizá-la de acordo com sua
necessidade. Veja:
 Modo Básica
 Modo Avançada
 Modo Financeira
 Modo Programável
Central de Programas
Outro fato relevante do Linux é o de permitir que o próprio usuário
tenha acesso a Central de Programas. Desta forma, é possível adicionar novos
aplicativos a qualquer momento quefor necessário. Com este recurso é fácil
Kolour Paint
Sistemas Operacionais
incrementar softwares gratuitos e aprovados por diversas autoridades que
recomendam o Linux.
Também é possível instalar os programas de acordo com a
classificação que possuem, ou seja, os aplicativos geralmente são organizados em
grupos conforme se vê na imagem abaixo:
No exemplo que se segue, vamos instalar um aplicativo comum que
certamente você vai gostar: AMSN – software de Mensagens Instantâneas.
Depois de instalado, você terá
acesso a todas as configurações do Software MSN da
Microsoft, inclusive usando as mesmas credenciais.
Vale lembrar que o exemplo citado é apenas um dos
modelos de comunicadores instantâneos, mas como
já citado anteriormente, existem vários
desenvolvedores que criam diversos aplicativos
semelhantes, dando opção de escolha ao usuário.
Sistemas Operacionais
Atividade 1
a) Através do programa Virtual Box, acesse o Sistema Operacional Linux Ubuntu.
b) Mude o Tema do Ubuntu.
c) Mude a barra de tarefas de lugar.
Atividade 2
Na Internet, copie um texto sobre “O Sistema Operacional Linux Ubuntu”, cole no
programa BrOffice Impress. Aplique formatações no texto, borda da página,
capitulares no parágrafo e imagem. Salve em documentos.
Atividade 3
No programa KolourPaint faça 3 desenhos livres e preencha com as cores de sua
preferência. Se quiser, redesenhe as figuras que você criou na Aula 06.
Atividade 4
1) Ative uma Proteção de Tela.
2) Além de jogos repetitivos como Paciência, o Ubuntu disponibiliza jogos que
exercitam raciocínio lógico, cálculos e desafios como: Gbrainy, Mahjongg e
Sudoku. Localize esses jogos e descubra como eles funcionam.
Para casa
Pesquise 5 Distribuições Linux e preencha as informações abaixo.
Nome da Distribuição Empresa Responsável Ano de Criação Nome do Criador
Sistemas Operacionais
Aula 10 – Trabalhando com o Linux – Parte II
 Gerenciando Arquivos com o Nautilus
 Contas de Usuário
 Adicionar e Remover Programas
 Reprodução de áudio e vídeo
Conhecendo o Nautilus
O Linux possui um Gerenciador de Arquivos chamado Nautilus, que
compermite aos usuários, organizar seus mais variados documentos, fotos, trabalhos,
videos, ambiente de rede, entre outros arquivos e pastas.
Para acessar, clique em Locais, e em seguida Computador. Observe
que irá aparecer um ambiente semelhante à imagem abaixo:
As tarefas realizadas neste Gerenciador são semelhantes ao Windows
Explorer. É possível: copiar, colar, recortar, mover, excluir, restaurar e renomear
arquivos e pastas.
Sistemas Operacionais
Criando pastas
Ao Clicar com o botão direito do mouse
dentro do Nautilus, aparece a opção Criar pasta. Você
poderá adicionar nesta pasta seus arquivos ou até
mesmos subpastas, de acordo com sua necessidade.
Modos de Exibição
Você pode ainda visualizar os arquivos em sua pasta de diferentes
maneiras. Basta clicar na opção Zoom e adequá-lo à sua melhor escolha.
Ao lado do Zoom, é possível escolher os modos de visualização: visão
em ícones, em lista ou compacta.
Visão ícones Visão Compacta
Visão Lista
Sistemas Operacionais
Excluir e Restaurar objetos
Ao excluir um arquivo,
diferente de outros
gerenciadores, o
Nautilus não pergunta
se você tem certeza
desta ação. Apenas o
envia para a Lixeira.
Assim, se desejar, você
poderá restaurar ou
eliminar o arquivo
definitivamente.
Editando suas Preferências
Para maiores ajustes, é possível personalizar suas preferências no
Gerenciador Nautilus. Clique em Editar / Preferências e aproveite de todo o ambiente
configurável.
Veja algumas Guias interessantes:
Guia Visões: é possível ajustar os modos de
exibição de arquivos e pastas tal como na barra
de ferramentas já visto no modelo acima.
Guia Comportamentos: você pode optar por
abrir um arquivo com duplo clique ou clique
simples, além de escolher as opções de uso da
Lixeira.
Guia Exibir: é possível escolher como será
identificado o arquivo, você poderá optar por
tipo, data, tamanho, entre outras opções, de
acordo com sua preferência.
Sistemas Operacionais
Contas de Usuario
Para o bom uso do Computador, nada melhor do que privacidade. No
Linux, é possível administrar contas de usuários e grupos de maneira fácil e prática.
Desta forma, você poderá atribuir permissões e restrições quanto ao uso damáquina
de acordo com as necessidades de cada perfil.
Clique em Sistema, Administração e depois emUsuários e Grupos.
Para cada usuário
criado é importante
que seja cadastrada
uma senha a qual
irá atribuir as
tarefas executadas
somente com a
permissão do
responsável pela
conta.
Um detalhe interessante é que, para criar um novo usuário, será
solicitada a senha da conta que se está utilizando, geralmente a do administrador.
Após este passo, é possível escolher todas as permissões do usuário, clicando em
Configurações Avançadas.
Após gerar o usuário, clique
noícone , localizado
no Painel de Tarefas, ao
lado do nome de sua conta
e escolha a opção “Alternar
de”. Dessa forma, você
poderá escolher outras
contas para fazer acesso.
Sistemas Operacionais
Uma vez logado em sua conta, você é livre para personalizar seu
ambiente de trabalho, como por exemplo alterando o papel de parede, padronizando
o acesso aos programas instalados, configurando painel de tarefas, entre outras
tarefas.
Gerenciador de Pacotes Synaptic
Para adicionar programas no Linux, basta acessar seu gerenciador de
programas pelo menu Sistema / Administração / Gerenciador de Pacotes Synaptic.
Você poderá pesquisar diretamente pelo nome do programa, e ao ser
localizado, o gerenciador irá informar quais são os arquivos necessários para sua
instalação e posterior utilização.Por se tratar de um ambiente de configuração, uma
senha será solicitada toda vez que o programa for acessado.
No exemplo que se segue vamos
instalar o Kaffeine, um software reprodutor multimidia,
tal como o Media Player do Windows. Basta clicar em
Pesquisar e digitar pelo nome do aplicativo.
Sistemas Operacionais
Apesar de ser um programa utilizado para interface KDE, é possível
instalar seus complementos para que rode perfeitamente no ambiente Gnome, do
Ubuntu.
Uma vez localizado o arquivo, clique 2 vezes na caixa de seleção,
confirme a lista de complementos se porventura aparecer e confirme sua ação no
botão Aplicar.
Após concluir a instalação, o
programa estará disponível
para uso. O tempo que irá
demorar para baixar o
programa dependerá de sua
conexão e do tamanho do
arquivo solicitado.
Além do Kaffeine o Linux
também possui outros
programas de áudio e vídeo,
gravação de CD e DVD, basta
acessar o menu Aplicativos /
Multimídia e escolhe o aplicativo.
Sistemas Operacionais
Atividade 1
1) Através do programa Virtual Box, acesse o Sistema Operacional Linux Ubuntu.
2) Crie uma conta de usuário e acesse sua conta.
Atividade 2
1) Acesse o Gerenciador de Arquivos Nautilus e crie a seguinte estrutura de
pastas:
2) No site de busca, salvar 3 imagens referente aos Pontos Turísticos
Internacionais
Atividade 3
Acesse o Gerenciador de Pacotes Synaptic e instale o programa Kaffeine.
Atividade 4
Utilizando a Central de Programas do Ubuntu, baixe e instale o AMSN. Entre com seu
usuário e senha e envie uma mensagem instantânea para 2 colegas falando sobre o
Ubuntu.
Sistemas Operacionais
Aula 11 – Periféricos
 Conceito de periféricos
 Principais periféricos
 Configurando periféricos no Windows
Perifericos
Chamamos de Periféricos os dispositivos conectados ao computador
que, enviam ou recebem dados da CPU. Cada periférico pode ter sua função distinta e,
juntos, auxiliam nossas atividades, facilitando a comunicação do usuário com a
máquina propriamente dita.
Em geral, são classificados por dispositivos de Entrada e Saída,
embora alguns possuam funções mistas, isto é, realizando a entrada como também a
saída dos dados, como veremos logo em seguida.
Perifericos de Entrada
São dispositivos que transmitem informações do usuário para o
computador. Veja alguns exemplo: mouse, teclado, scanner, microfone, leitor de
código de barras.
Teclado: um dispositivo muito útil na entrada de dados e que possui
modelos diversificados e adequados aos diferentes tipos de computadores e
necessiadades do usuários. Abaixo alguns modelos:
Modelo de teclado para jogos Modelo de Teclado para Canhotos
Sistemas Operacionais
Mouse: dispositivo que facilita a ação do usuário com os aplicativos e
suas interfaces gráficas. É utilizado na seleção, apontamento e arraste de arquivos e
pastas, além de ser útil na edição de textos e no trabalho de tratamento de imagens.
Modelo de Teclado Flexível
Mouse Comum Mouse para Jogos
Trackball
Mouse Biométrico
Modelo de Teclado Ergonômico
Sistemas Operacionais
Webcam: Periférico de entrada que captura imagens estáticas e em
movimento. Utilizada para vídeo conferências.
Scanner: dispositivo conhecido como digitalizador. Faz a captura de
imagens impressas (foto, livros, documentos) através da decodificação de reflexos
gerados por impulsos luminosos.
Modeo de Scanner PortátilModelo de Scanner de Mesa Scanner c/ Alimentador de Folhas
Sistemas Operacionais
Perifericos de Saída
Periféricos de Saída são aqueles dispositivos responsáveis pelo
retorno de um dado processado, ou seja, eles mandam as informações da máquina
para o usuário. São exemplos: monitor, impressora, caixa de som, projetor multimídia,
entre outros.
Monitor: Principal periférico de saída, exibe ao usuário as principais
informações do sistema.Os principais tipos são: CRT, LCD Plasma, OLED.
Impressora: dispositivo utilizado na transferência de uma informação
em arquivo do tipo texto ou imagem. São muito utilizadas tanto nas empresas ou em
ambiente domésticos como modelos de alta definição e qualidade, sendo referência
na área de computação gráfica, por exemplo.
Modelo de Monitor CRT
Modelo de Monitor LCD
Modelo de Monitor de Plasma Modelo de Monitor LED
Sistemas Operacionais
Impressora de Impacto: são modelos antigos de impressoras, nas
quais o item “qualidade de impressão” não é o objetivo principal, todavia, são
referências para impressões de baixo custo, como por exemplos na emissão de notas
fiscais.
Impressora de Jato de Tinta: utilizam um cartucho de tinta que vai
de 3 à 30 ml. Algumas têm uma ótima qualidade de impressão quase se igualando às
de Laser. São as impressoras mais utilizadas.
Impressora a Laser: Se o assunto é qualidade, esta impressora é uma
das melhores, além de serem econômicas. Seu método de impressão preferencial é em
tipografia e funcionam de modo semelhante ao das fotocopiadoras.
Impressora Térmica: são utilizadas em bancos ou empresas que
imprimem notas fiscais ou extratos. Embora sua qualidade seja muito boa, com o
tempo as informações impressas se perdem, devido o papel térmico utilizado se
desbotar com facilidade.
Modelo de Impressora Matricial Modelo de Impressora Jato de Tinta
Modelo de Impressora Laser Modelo de Impressora Térmica
Sistemas Operacionais
Perifericos com Funçoes Mistas
Estes dispositivos são caracterizados como Entrada e Saída de dados,
por enviarem informações ao processador e devolvê-las também ao usuário final. São
exemplos: monitor touch screen, lousa digital, modem, placas ou adaptadores (placa
de rede e som).
A lousa digital é um recurso que vêm
revolucionando as salas de aula: é
praticamente um computador, mas com uma
tela de proporções grandes. A aula fica muito
atrativa e os professores podem usar de
recursos visuais de maneira que sua aula
fique mais produtiva.
O modem é um dispositivo utilizado na
conexão com a Internet. Realiza um processo
chamado modulação e demodulaçao de
sinais, convertendo os mesmos do
computador para internet e da Internet para
o computador.
As câmeras digitaisrevolucionaram o
processo de captura de imagens,
contribuindo para a popularização da
fotografia ou da técnica cinematográfica
digital.
Modelo de Lousa Digital
Exemplo de Modem
Modelo de Máquina Digital
Sistemas Operacionais
Atualmente é comum um periférico substituir as funções de outros
periféricos, como é o caso da Webcam, que vem acoplado captura de voz,
desprezando o uso de um microfone. O mesmo ocorre com as impressoras
multifuncionais, que além da impressão faz a digitalização das imagens, dispensando
um scanner.
Além dos periféricos citados anteriormente, existem dezenas de
dispositivos que fazem a entrada e saída dos dados ao computador, no entanto seu
professor irá orientá-lo, através de pesquisas, conhecer as novidades do mercado e as
diferentes funções dos periféricos.
Configurando Perifericos no Windows
Com a Tecnologia Plug and Play (que quer dizer Ligar e Usar), não é
necessário ao usuário instalar ou configurar alguns dispositivos manualmente. No
entanto, se ao conectar um algum dispositivo ao computador e o mesmo não
funcionar corretamente ou não iniciar o processo de instalação automático, você
poderá acessar o Painel de Controle do Windows ou diretamente pelo menu Iniciar /
Dispositivos e Impressoras, clique em Adicionar um dispositivo.
Neste momento, o próprio Sistema Operacional irá procurar por
novos componentes a serem instalados no computador e, uma vez encontrado, dará
início a instalação.
Sistemas Operacionais
Atividade 1
1) Em um site de pesquisa, salve na sua pasta imagens de boa qualidade sobre
Periféricos de Entrada, Periféricos de Saída e Periféricos Mistos.
2) Com o auxílio de seu professor, crie um álbum de fotografias usando um
Software de Apresentação sobre os Periféricos. Identifique o nome e o preço
de cada periférico.
Atividade 2
1. São exemplos de periféricos que acumulam a função de entrada e saída de
dados:
I) Modem a) As respostas I e II estão corretas
II) Monitor Touch Screen b) As respostas III e IV estão corretas
III) Teclado c) As respostas I e III estão corretas
IV) Scanner d) As respostas III e V estão corretas
V) Monitor
Atividade 3 – Faça o Caça-Palavras:
Sistemas Operacionais
Para casa:
Pesquise a História dos periféricos abaixo detalhando Nome do Criador, ano de criação
e a sua aplicação no dia a dia.
a. Mouse
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
b. Leitor de Código de Brarras
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
c. Monitor LCD
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
d. Impressora Matricial
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
e. Scanner de Mão
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
f. TrackBall
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
Sistemas Operacionais
Aula 12 – Memórias
 O que são Memórias
 Classificação
 Memórias Auxiliares
Memorias
A memória do computador possui função de armazenamento de
dados. Desta forma, a mesma trabalha em sincronismo com o processador, guardando
os dados que serão transformados em informações úteis ao usuário.
Em geral, a memória pode armazenar dados tanto temporariamente
como permanentemente, e para cada situação há um modelo apropriado.
Memoria RAM
Esta memória, também conhecida como Memória Principal, é o
dispositivo de armazenamento mais utilizado no computador, iniciando suas funções a
partir do momento que o mesmo é ligado.
A Memória RAM – Random
Access Memory – ou simplesmente Memória de
Acesso Randômico, possui a característica de ser
volátil, isto é, depende de energia para
armazenar dados. Desta forma, toda a vez que o
computador é desligado, as informações
contidas nela desaparecem, forçando ao usuário
armazenar suas informações importantes em
memórias secundárias.
Outra característica relevante é a velocidade de armazenamento, o
que ao passar dos anos vem se tornando cada vez mais rápidas e com capacidade de
armanezamento razoável, deixando o computador mais veloz e com ótimo
desempenho.
Sistemas Operacionais
No módulo de Manutenção e Configuração de Micros serão
abordados detalhes técnicos desta memória, como frequência, armazenamento e os
modelos mais utilizados no mercado. Aguarde!
Memoria ROM
Esta memória, também conhecida por Memória Somente Leitura
(Read Only Memory), possui forma de armazenamento permanente, de maneira que
são utilizadas durante a gravação de informações úteis para o funcionamento dos
dispositivos conectados no computador, feitas pelo fabricante do mesmo.
Por ser somente leitura, é vedada ao usuário gravar as informações
pessoais ou de qualquer necessidade. Já para o funcionamento da máquina é
importante que estejam gravadas todas as informações relevantes à sua inicialização.
Desta forma, quando o computador é desligado, os dados gravados
nesta memória não se perdem e, ao ser ligado
novamente, as rotinas de inicialização da
máquina entram em funcionamento, uma vez
que o próprio fabricante já deixou as instruções
de carregamento dos arquivos, bem como os
teste de dispositivos físicios pré-configurados,
bastando apenas inicialização da máquina e o
suporte ao Sistema Operacional.
Memorias Auxiliares
Estas memórias desempenham funções importantes ao usuário
quanto ao armazenamento de informações pessoais e arquivos diversos: documentos,
fotos, músicas, vídeos entre outros. Além destas funções, também armazenam o
próprio Sistema Operacional, como é o caso do disco rígido. Abaixo alguns exemplos
de memória secundárias, como também são conhecidas:
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais
Apostila Sistemas Operacionais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
Dịch vụ viết thuê đề tài trọn gói 🥳🥳 Liên hệ ZALO/TELE: 0917.193.864 ❤❤
 
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
Minh Tri Lam
 
Chapter 7 memory & i/o
Chapter 7  memory & i/oChapter 7  memory & i/o
Chapter 7 memory & i/o
SHREEHARI WADAWADAGI
 
List of 8085 programs
List of 8085 programsList of 8085 programs
Flags registers
Flags registersFlags registers
Flags registers
saman Iftikhar
 
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàngthiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
nataliej4
 
Chapter 5 counter1
Chapter 5 counter1Chapter 5 counter1
Chapter 5 counter1
CT Sabariah Salihin
 
Nand and nor
Nand and norNand and nor
Nand and nor
Zahida Pervaiz
 
Digital electronics- BCD & Decoder
Digital electronics- BCD & DecoderDigital electronics- BCD & Decoder
Digital electronics- BCD & Decoder
Pritam Shil
 
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND CPIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
raosandy11
 
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood KhattakMicroprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
Fawad Masood
 
Static and Dynamic Read/Write memories
Static and Dynamic Read/Write memoriesStatic and Dynamic Read/Write memories
Static and Dynamic Read/Write memories
Abhilash Nair
 
Shift register
Shift registerShift register
Shift register
Ashwini Yadav
 
Programming with 8085-Microprocessor and interfacing
Programming with 8085-Microprocessor and interfacingProgramming with 8085-Microprocessor and interfacing
Programming with 8085-Microprocessor and interfacing
Amitabh Shukla
 
ITI REPORT HEMANTH
ITI REPORT HEMANTHITI REPORT HEMANTH
ITI REPORT HEMANTH
Hemanth Kumar HG
 
Two’s complement
Two’s complementTwo’s complement
Two’s complement
mayannpolisticoLNU
 
Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
 Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05 Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
Cristian Ortiz Gómez
 
8051 micro controllers Instruction set
8051 micro controllers Instruction set 8051 micro controllers Instruction set
8051 micro controllers Instruction set
Nitin Ahire
 

Mais procurados (18)

Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
Nghiên cứu kỹ thuật ghép kênh tín hiệu số nâng cao hiệu suất sử dụng băng tần...
 
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
MSSQL SERVER 2008 REPLICATION (PEER TO PEER)
 
Chapter 7 memory & i/o
Chapter 7  memory & i/oChapter 7  memory & i/o
Chapter 7 memory & i/o
 
List of 8085 programs
List of 8085 programsList of 8085 programs
List of 8085 programs
 
Flags registers
Flags registersFlags registers
Flags registers
 
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàngthiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
thiết kế mạng máy tính cho building của ngân hàng
 
Chapter 5 counter1
Chapter 5 counter1Chapter 5 counter1
Chapter 5 counter1
 
Nand and nor
Nand and norNand and nor
Nand and nor
 
Digital electronics- BCD & Decoder
Digital electronics- BCD & DecoderDigital electronics- BCD & Decoder
Digital electronics- BCD & Decoder
 
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND CPIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
PIC18 TIMER PROGRAMMING IN ASSEMBLY AND C
 
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood KhattakMicroprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
Microprocessor Use Of Emulator 8088/86 Thermometer By Fawad Masood Khattak
 
Static and Dynamic Read/Write memories
Static and Dynamic Read/Write memoriesStatic and Dynamic Read/Write memories
Static and Dynamic Read/Write memories
 
Shift register
Shift registerShift register
Shift register
 
Programming with 8085-Microprocessor and interfacing
Programming with 8085-Microprocessor and interfacingProgramming with 8085-Microprocessor and interfacing
Programming with 8085-Microprocessor and interfacing
 
ITI REPORT HEMANTH
ITI REPORT HEMANTHITI REPORT HEMANTH
ITI REPORT HEMANTH
 
Two’s complement
Two’s complementTwo’s complement
Two’s complement
 
Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
 Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05 Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
Laboratorio de Microcomputadoras - Práctica 05
 
8051 micro controllers Instruction set
8051 micro controllers Instruction set 8051 micro controllers Instruction set
8051 micro controllers Instruction set
 

Destaque

Proepe - Programa de Orientação Estudantil
Proepe - Programa de Orientação EstudantilProepe - Programa de Orientação Estudantil
Proepe - Programa de Orientação Estudantil
Danilo Fernandes
 
Apostila sistemas operacionais
Apostila sistemas operacionaisApostila sistemas operacionais
Apostila sistemas operacionais
fernandao777
 
Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Aula 2 Sistema operacional - Cedaspy
Aula 2 Sistema operacional - CedaspyAula 2 Sistema operacional - Cedaspy
Aula 2 Sistema operacional - Cedaspy
Roney Sousa
 
Informática - Sistema operacional - interface gráfica
Informática - Sistema operacional - interface gráficaInformática - Sistema operacional - interface gráfica
Informática - Sistema operacional - interface gráfica
Mauro Pereira
 
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICATHIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
Thiago Cabral
 
Modulo 01 Capitulo 03
Modulo 01 Capitulo 03Modulo 01 Capitulo 03
Modulo 01 Capitulo 03
Robson Silva Espig
 
Cruzadinha das profissões
Cruzadinha das profissõesCruzadinha das profissões
Cruzadinha das profissões
Michelle Vênus
 
Classificaçoes imc
Classificaçoes imcClassificaçoes imc
Classificaçoes imc
Tatiane C. S. Romero
 
Cedaspy
CedaspyCedaspy
Cedaspy
Italo Reis
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
Cristina Bentes
 
Redes sociais aula 6
Redes sociais   aula 6Redes sociais   aula 6
Redes sociais aula 6
Fernando Vieira
 
Sistema operacional
Sistema operacionalSistema operacional
Sistema operacional
Adriano Evagelista da Silva
 
Aula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 09-10 - CedaspyAula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
Willian Profe
 
Aula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 08 - CedaspyAula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
Willian Profe
 
So aula 01_conhecendo_o_cedaspy
So aula 01_conhecendo_o_cedaspySo aula 01_conhecendo_o_cedaspy
So aula 01_conhecendo_o_cedaspy
Roney Sousa
 
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie emApostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
Severina Maria Vieira
 
Design gráfico 01
Design gráfico 01Design gráfico 01
Ambiente web aula 07
Ambiente web   aula 07Ambiente web   aula 07
Ambiente web aula 07
Fernando Vieira
 
4 animais sábios
4 animais sábios4 animais sábios

Destaque (20)

Proepe - Programa de Orientação Estudantil
Proepe - Programa de Orientação EstudantilProepe - Programa de Orientação Estudantil
Proepe - Programa de Orientação Estudantil
 
Apostila sistemas operacionais
Apostila sistemas operacionaisApostila sistemas operacionais
Apostila sistemas operacionais
 
Sistemas Operacionais
Sistemas OperacionaisSistemas Operacionais
Sistemas Operacionais
 
Aula 2 Sistema operacional - Cedaspy
Aula 2 Sistema operacional - CedaspyAula 2 Sistema operacional - Cedaspy
Aula 2 Sistema operacional - Cedaspy
 
Informática - Sistema operacional - interface gráfica
Informática - Sistema operacional - interface gráficaInformática - Sistema operacional - interface gráfica
Informática - Sistema operacional - interface gráfica
 
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICATHIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
THIAGO CABRAL FACCO - APRESENTAÇÃO EDUCAÇÃO MATEMATICA E INFORMÁTICA
 
Modulo 01 Capitulo 03
Modulo 01 Capitulo 03Modulo 01 Capitulo 03
Modulo 01 Capitulo 03
 
Cruzadinha das profissões
Cruzadinha das profissõesCruzadinha das profissões
Cruzadinha das profissões
 
Classificaçoes imc
Classificaçoes imcClassificaçoes imc
Classificaçoes imc
 
Cedaspy
CedaspyCedaspy
Cedaspy
 
Apostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologiaApostila classicos-sociologia
Apostila classicos-sociologia
 
Redes sociais aula 6
Redes sociais   aula 6Redes sociais   aula 6
Redes sociais aula 6
 
Sistema operacional
Sistema operacionalSistema operacional
Sistema operacional
 
Aula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 09-10 - CedaspyAula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 09-10 - Cedaspy
 
Aula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 08 - CedaspyAula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
Aula de Ambiente Web - 08 - Cedaspy
 
So aula 01_conhecendo_o_cedaspy
So aula 01_conhecendo_o_cedaspySo aula 01_conhecendo_o_cedaspy
So aula 01_conhecendo_o_cedaspy
 
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie emApostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
Apostila de-sociologia-ensino-médio1-serie em
 
Design gráfico 01
Design gráfico 01Design gráfico 01
Design gráfico 01
 
Ambiente web aula 07
Ambiente web   aula 07Ambiente web   aula 07
Ambiente web aula 07
 
4 animais sábios
4 animais sábios4 animais sábios
4 animais sábios
 

Semelhante a Apostila Sistemas Operacionais

Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
Anderson Henrique
 
Portifólio iLCP
Portifólio iLCPPortifólio iLCP
Portifólio iLCP
DM8 Informática e CFTV
 
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em WebdesignerDesenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
Julio Gomes
 
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
Márcia Cordazzo
 
Catálogo spartan novembro 2012
Catálogo spartan  novembro 2012Catálogo spartan  novembro 2012
Catálogo spartan novembro 2012
Felipe Lacerda Bicalho
 
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
LEANDRO JESUS SILVA
 
Rotinas
RotinasRotinas
Apresentacao cursos fc_metô
Apresentacao cursos fc_metôApresentacao cursos fc_metô
Apresentacao cursos fc_metô
Leandro Mião
 
Manual de consumo - Academia
Manual de consumo - Academia Manual de consumo - Academia
Manual de consumo - Academia
GabrielMartins406
 
Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
 Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional] Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
Rafaela Espíndola
 
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa MariaBoletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
Vanessa Nogueira
 
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de ComunicaçãoTarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Jaqueline Maturana
 
Tarefa 3 - Jaqueline Maturana
Tarefa 3 - Jaqueline MaturanaTarefa 3 - Jaqueline Maturana
Tarefa 3 - Jaqueline Maturana
Jaqueline Maturana
 
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de ComunicaçãoTarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Jaqueline Maturana
 
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagemRelatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
guilhermewonderland
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
guest4c2e2d0
 
Curso de governanca de ti
Curso de governanca de tiCurso de governanca de ti
Curso de governanca de ti
Alex Villaverde
 
O Movimento Maker na Educação
O Movimento Maker na EducaçãoO Movimento Maker na Educação
O Movimento Maker na Educação
Ricardo Cavallini
 
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
Acade Consultoria
 
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USPEstudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
Cristina Moreira
 

Semelhante a Apostila Sistemas Operacionais (20)

Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
Portifólio iLCP
Portifólio iLCPPortifólio iLCP
Portifólio iLCP
 
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em WebdesignerDesenvolvimento de competências em Webdesigner
Desenvolvimento de competências em Webdesigner
 
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
Atividade 2 produção da narrativa conclusiva da trajetória do cursista no cur...
 
Catálogo spartan novembro 2012
Catálogo spartan  novembro 2012Catálogo spartan  novembro 2012
Catálogo spartan novembro 2012
 
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
GUIA DO ALUNO_SEBRAE_EAD _001
 
Rotinas
RotinasRotinas
Rotinas
 
Apresentacao cursos fc_metô
Apresentacao cursos fc_metôApresentacao cursos fc_metô
Apresentacao cursos fc_metô
 
Manual de consumo - Academia
Manual de consumo - Academia Manual de consumo - Academia
Manual de consumo - Academia
 
Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
 Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional] Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
Os primeiros passos para ensinar online [Edools, Sílabe & CRM Educacional]
 
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa MariaBoletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
Boletim Nº 27 Polo EAD ULBRA Santa Maria
 
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de ComunicaçãoTarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
 
Tarefa 3 - Jaqueline Maturana
Tarefa 3 - Jaqueline MaturanaTarefa 3 - Jaqueline Maturana
Tarefa 3 - Jaqueline Maturana
 
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de ComunicaçãoTarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
Tarefa 3 - Ambientes Virtuais e Mídias de Comunicação
 
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagemRelatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
Relatório da Ação de Integração das TIC no ensino-aprendizagem
 
Educação e tecnologia
Educação e tecnologiaEducação e tecnologia
Educação e tecnologia
 
Curso de governanca de ti
Curso de governanca de tiCurso de governanca de ti
Curso de governanca de ti
 
O Movimento Maker na Educação
O Movimento Maker na EducaçãoO Movimento Maker na Educação
O Movimento Maker na Educação
 
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
VLR: 45,00 DESAFIO PROFISSIONAL - CANDY & CIA CHOCOLATES E DOCES - WHATSAPP: ...
 
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USPEstudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
Estudo de Caso Curso de Gestão e Inovação em EAD - USP
 

Mais de Professores Cedaspy

Ap netshoes
Ap netshoesAp netshoes
Ap netshoes
Professores Cedaspy
 
Cinema 4 d texto
Cinema 4 d textoCinema 4 d texto
Cinema 4 d texto
Professores Cedaspy
 
Grafico viii
Grafico viiiGrafico viii
Grafico viii
Professores Cedaspy
 
ARQUIVO TESTE
ARQUIVO TESTEARQUIVO TESTE
ARQUIVO TESTE
Professores Cedaspy
 
A musica ppr
A musica pprA musica ppr
A musica ppr
Professores Cedaspy
 
Promo netshoes
Promo netshoesPromo netshoes
Promo netshoes
Professores Cedaspy
 
Aula atualizada
Aula atualizadaAula atualizada
Aula atualizada
Professores Cedaspy
 
Preço excel
Preço excelPreço excel
Preço excel
Professores Cedaspy
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
Professores Cedaspy
 
Cartela microsoft
Cartela microsoftCartela microsoft
Cartela microsoft
Professores Cedaspy
 
Trabalho teste
Trabalho testeTrabalho teste
Trabalho teste
Professores Cedaspy
 
Trabalho de quimica
Trabalho de quimicaTrabalho de quimica
Trabalho de quimica
Professores Cedaspy
 
Design 2013 - Cedaspy Manaus
Design 2013 - Cedaspy ManausDesign 2013 - Cedaspy Manaus
Design 2013 - Cedaspy Manaus
Professores Cedaspy
 
Apostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
Apostila de Projeto Final - Cedaspy ManausApostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
Apostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
Professores Cedaspy
 
Aula adobe photoshop
Aula adobe photoshopAula adobe photoshop
Aula adobe photoshop
Professores Cedaspy
 
Aula teste
Aula testeAula teste
Aula teste
Aula testeAula teste
Aula sobre apresentações de sistemas operacionais
Aula sobre apresentações de sistemas operacionaisAula sobre apresentações de sistemas operacionais
Aula sobre apresentações de sistemas operacionais
Professores Cedaspy
 
Bmw teste
Bmw teste Bmw teste
Blanka
BlankaBlanka

Mais de Professores Cedaspy (20)

Ap netshoes
Ap netshoesAp netshoes
Ap netshoes
 
Cinema 4 d texto
Cinema 4 d textoCinema 4 d texto
Cinema 4 d texto
 
Grafico viii
Grafico viiiGrafico viii
Grafico viii
 
ARQUIVO TESTE
ARQUIVO TESTEARQUIVO TESTE
ARQUIVO TESTE
 
A musica ppr
A musica pprA musica ppr
A musica ppr
 
Promo netshoes
Promo netshoesPromo netshoes
Promo netshoes
 
Aula atualizada
Aula atualizadaAula atualizada
Aula atualizada
 
Preço excel
Preço excelPreço excel
Preço excel
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Cartela microsoft
Cartela microsoftCartela microsoft
Cartela microsoft
 
Trabalho teste
Trabalho testeTrabalho teste
Trabalho teste
 
Trabalho de quimica
Trabalho de quimicaTrabalho de quimica
Trabalho de quimica
 
Design 2013 - Cedaspy Manaus
Design 2013 - Cedaspy ManausDesign 2013 - Cedaspy Manaus
Design 2013 - Cedaspy Manaus
 
Apostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
Apostila de Projeto Final - Cedaspy ManausApostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
Apostila de Projeto Final - Cedaspy Manaus
 
Aula adobe photoshop
Aula adobe photoshopAula adobe photoshop
Aula adobe photoshop
 
Aula teste
Aula testeAula teste
Aula teste
 
Aula teste
Aula testeAula teste
Aula teste
 
Aula sobre apresentações de sistemas operacionais
Aula sobre apresentações de sistemas operacionaisAula sobre apresentações de sistemas operacionais
Aula sobre apresentações de sistemas operacionais
 
Bmw teste
Bmw teste Bmw teste
Bmw teste
 
Blanka
BlankaBlanka
Blanka
 

Último

IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 

Último (20)

IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 

Apostila Sistemas Operacionais

  • 1. Aula 01 – Conhecendo a Escola Cedaspy  Apresentação Cedaspy  Metodologia Cedaspy  Por que estudar no Cedaspy  Oportunidades  Sistema de Avaliação Apresentaçao do Cedaspy Fundado em 1984, o Cedaspy teve sua origem em Curitiba (PR) na época ministrando os primeiros cursos de informática a população da região, uma vez que o país também estava se adequando as tecnologias que vinha surgindo em nosso mundo. Preocupados sempre com a qualidade de ensino, os gestores desta organização foram se dedicando diariamente a desenvolver um bom material para as aulas com uma equipe de ensino qualificada e empenhada a promover a educação tecnológica para nossos alunos. Ao longo destas três décadas, o Cedaspy está presente em todo território nacional com uma Equipe de Ensino com mais de 200 profissionais, uma Sede Administrativa em Curitiba e centenas de profissionais que trabalham constantemente a fim de manter uma escola séria, inovadora, atualizada e forte. Assim, apresentamos nossa história e convidamos você, aluno do Cedaspy, para fazer parte desta turma que adora Tecnologia, porém, com um foco em seu Futuro Profissional que, sem dúvida, é a nossa prioridade!
  • 2. Minha Unidade Cedaspy Abaixo, anote as informações de sua Unidade Cedaspy Contatos Nome do Profissional E-mail: Gerente: ____________________@cedaspy.com.br Supervisor Acadêmico: ____________________@cedaspy.com.br Coordenador de Ensino: ____________________@cedaspy.com.br Instrutor: ____________________@cedaspy.com.br Tel. da Unidade: ( ) _____________________ Minha Turma: ______________________________ Metodologia Há muitos anos, a Educação tem se mostrado prioridade na vida de qualquer cidadão e, pensando nesta necessidade, nossa escola sempre se preocupou com o aprendizado de nossos alunos, pois sabemos que o que ensinamos em nossos cursos irão lhe servir não somente na vida profissional, mas também no seu dia-a-dia. Nossa preocupação não se limita apenas ao “ensinar”, mas sim em “fazer aprender”, e com esta finalidade propomos aos nossos profissionais do ensino que ao lecionar suas aulas, a planejem com qualidade, com conteúdos significativos e que principalmente atendam aos diferentes estilos de aprendizagem, pois é certo de que o aprender se dá por várias formas. Em nossa escola, o aluno terá tempo suficiente para assistir as aulas, tirar as suas dúvidas, desenvolver seu raciocínio mediante o conteúdo ministrado pelo professor e ainda poder executar as diversas tarefas apresentadas por ele.
  • 3. Esta metodologia, é claro, se dá através de equipamentos de qualidade, com o uso de recursos multimídia, Lousa Digital e um amplo laboratório de aplicação. Ao longo do Curso, serão propostas diferentes atividades acadêmicas pelos professores, adequando-se aos variados módulos apresentados e frisando sempre Qualificação Profissional que nossos alunos precisam. Aproveite o curso e faça a diferença no Mercado de Trabalho! Por que estudar no Cedaspy Uma escola forte e de bons princípios, sem dúvida alguma irá priorizar sua maior riqueza, no caso, o prestígio para com nossos alunos. Estudando no Cedaspy, o aluno terá de imediato um Treinamento de Capacitação Profissional – TCP, com material organizado por nossa Instituição com apoio dos instrutores de todo o Brasil, apostilas atualizadas e focadas com a crescente evolução do Mercado, laboratórios com bons equipamentos e o principal: aulas com qualidade e fundamentação profissional. Oferecemos a oportunidade para todos os alunos participarem de Cursos, Oficinas, Palestras e outros treinamentos que as Unidades afiliadas são livres para elaborar.
  • 4. Curso CFI – Curso para Formaçao de Instrutores Uma ótima oportunidade para nossos alunos já veteranos no Curso Profissional de Capacitação de se capacitarem e estarem à frente na sua formação profissional com um bom currículo e a prática das mais variadas atividades do mundo do trabalho. O CFI – Curso para Formação de Instrutores é uma iniciativa do Cedaspy para capacitar os jovens interessados em uma carreira de trabalho que une a boa vontade, dedicação e muito conhecimento tecnológico para que estimule sua preparação para o mercado. Disponível em todas as Unidades, o CFI ao longo dos anos, tem auxiliado milhares de jovens, alunos e ex- alunos de nossa escola, uma vez que o Curso oferece aulas voltadas para o mundo do trabalho, revisão de conteúdos dos módulos cursados, dicas para bons comportamentos nas organizações de modo geral, técnicas de entrevista, testes vocacionais e ainda a prática da Metodologia usada em nossa escola. Informe-se em sua Unidade sobre os procedimentos para participar deste Curso, como período de inscrições e os requisitos necessários para se candidatar. Boa sorte!
  • 5. Sistema de Avaliaçao Como toda escola, nossa Metodologia também se preocupa com os resultados das aulas que lecionamos e uma forma de medir este aprendizado se dá através de métodos avaliativos que utilizamos. Não estamos preocupados exatamente com uma média aritmética, como na maioria das escolas, mas ressaltamos que se o aluno não está atingindo o resultado esperado, então devemos propor-lhe diferentes maneiras para ajuda-lo, até que seja satisfatório. Entretanto, iremos com base nesta Metodologia de Ensino ministrar as aulas e, semanalmente, propor aos alunos uma forma de avaliar seu aprendizado, através de provas, trabalhos, atividades extraclasse, avaliações parciais e bimestrais, objetivando sempre o resultado de todo este processo para que no final, nosso aluno receba seu Certificado de Conclusão de Curso, contente com o trabalho realizado por nossos profissionais. Vamos nos apresentar??? Neste momento, seu professor irá realizar algumas dinâmicas para fomentar a sua interação no ambiente que você frequentará por muitos dias. Aproveite para se informar sobre seus colegas, sua turma, seu professor, saber um pouco mais sobre os objetivos de seus amigos e as suas expectativas para sua vida profissional.
  • 6. Atividade I Professor: Sugerimos aqui uma Dinâmica de Quebra Gelo para promover uma melhor interação em sua turma. Faça esta tarefa no laboratório prático e encaminhe mais sugestões para ensino@cedaspy.com.br Seja criativo, explore as diferentes dinâmicas propostas no endereço abaixo e faça aquelas em que sentir segurança, pois o objetivo final de qualquer dinâmica é romper as distâncias entre as pessoas e priorizar a interação entre o grupo presente. Dica: Acesse: http://www.esoterikha.com e navegue pelo link: Dinâmicas de Grupos. Atividade II DINÂMICA DE QUEBRA GELO - APRESENTAÇÃO COM OS ALUNOS DA SALA. Ex.: Dinâmica “Batata Quente”. • O professor pegará uma caneta e irá passá-la mão de cada aluno, cantando e batendo na palma junto com a turma: “batata quente, quente, quente, quente, queimou!” • Quando “queimar”, o aluno se apresenta para a turma, fala o nome, idade e por que resolveu fazer o Aperfeiçoamento Informática em nossa escola. • O professor poderá ficar de costas para a turma e realizar a brincadeira com mais ou menos uns 7 alunos. • Fica a critério do professor questionar outros detalhes do aluno ou apenas os exemplos citados anteriormente.
  • 7. ATIVIDADE III No navegador de sua preferência, acessar o site do cedaspy, para conhecer melhor a nossa escola e as demais unidades filiadas. Atividade IV Resolva a CRUZADINHA 1. CIDADE ONDE FOI FUNDADO O CEDASPY 2. CURSO PARA FORMAÇÃO DE ... 3. RECURSO MULTIMÍDIA UTILIZADO EM NOSSAS AULAS 4. ÁREA DE QUALIFICAÇÃO DA NOSSA EQUIPE DE ENSINO 5. O CEDASPY MINISTRA CURSOS DE CAPACITAÇÃO ... 6. A MAIOR PREOCUPAÇÃO DO CEDASPY É FAZER O ALUNO... 1. C 2. E 3. D 4. A 5. S 6. P Y ATIVIDADE V Acesse a sua rede social preferida e adicione 3 colegas da sala.
  • 8. Aula 02 – Apresentando os Módulos  Apresentação dos Cursos  Objetivos  Profissões indicadas- Conhecendo o Site do Cedaspy Nosso curso profissionalizante é composto de diversos módulos que abrangem conhecimentos exigidos pelo mercado de trabalho. Nesta aula vamos apresentar os conteúdos de cada uma de nossas apostilas. 1)Sistemas Operacionais É nesta fase que a maioria de nossos alunos está iniciando o nosso Curso Profissionalizante e procuramos, além de recepcioná-los com muita atenção, apresentar todo o Cronograma que iremos trabalhar ao longo destes 20 meses de curso. Neste módulo, esperamos que cada aluno tenha não apenas o conhecimento básico da informação, mas que o finalize sabendo operar o computador indiferente do Sistema Operacional que irá utilizar no Mercado de Trabalho. Abordaremos para tanto, os princípios da Informática, com a apresentação do computador, seu funcionamento, a utilização da Internet como ferramenta de trabalho, pesquisa, entretenimento, o correio eletrônico e os mais variados serviços advindos deste meio de comunicação. É certo que serão trabalhados os Sistemas Operacionais mais conhecidos, pois são os mais influentes no mercado de trabalho. Assim, ao término desta fase, nosso aluno poderá trabalhar com Sistemas Operacionais Windows e Linux e seus concorrentes, estando apto para exercício profissional nas diversas áreas, tais como: digitador, balconista, assistente de suporte e outras profissões relacionadas.
  • 9. 2) Apresentaçoes Multimídia – Publicidade e Propaganda Um módulo perfeito para diversas profissões. O profissional que deseja apresentar, divulgar ou compartilhar suas ideias e conceitos nas mais variadas situações poderá usufruir de muitos recursos apresentados nesta etapa. Procuramos ofertar a nossos alunos diversas ferramentas de apresentações e publicidade, além de oferecemos muitas maneiras de como apresentar bem o seu trabalho no cotidiano. O aluno poderá utilizar destes recursos atuando em diferentes profissões, tais como: professor, palestrante, vendedor, supervisor, gerentes comerciais, etc. Isto sem citar sua jornada acadêmica, durante os constantes trabalhos que irá apresentar para seus colegas de sala. Trabalharemos com o design, a formatação e os recursos multimídia disponibilizados nos variados programas existente atualmente. Se prepare para este momento! 3) Ambiente Web Sabemos que hoje a Internet é, sem dúvida, uma das maiores fonte de informações da humanidade. Crianças, jovens ou pessoas da meia idade estão a cada vez mais utilizando esta rede, que vem facilitando a vida de muitas pessoas em diferentes situações. Daremos ênfase nos diversos meios de comunicações, na pesquisa e nos recursos virtuais, porém, uma das maiores preocupações é que nosso aluno saiba utilizar a Internet para sua vida pessoal e profissional, quer para realizar transações eletrônicas, bancárias ou comercias, ou até mesmo enquanto estiver nas organizações realizando diferentes tarefas no trabalho.
  • 10. Serão abordados o uso de algumas redes sociais, que também integram esta evolução da comunicação sem deixarmos de demonstrar a importância da Computação em Nuvem, o e-learning e os benefícios da Educação à Distância, hoje tão bem difundida em nosso país. Ao finalizar este módulo, o aluno será capaz de executar diversos programas de comunicação, usar os serviços de correio eletrônico, trabalhar com diferentes softwares e ainda exercitar suas tarefas rotineiras de trabalho e pesquisa com os benefícios da comunicação virtual, sala de bate-papo, links para fontes externas de informações, vídeos e teleconferências, por exemplo. 4) Redes Sociais Você deve estar se perguntando: por que estudar um módulo de Redes Sociais? Para responder a esta pergunta preparamos um excelente material que irá abordar muito além do compartilhamento de ideias, dos círculos de amizades e até mesmo do entretenimento. Nossa proposta é que nossos alunos tenham acesso aos benefícios que as redes sociais apresentam, de maneira que possam aproveitá- los para sua vida escolar e até mesmo profissional. Iremos demonstrar as vantagens e desvantagens presentes no partilhar das informações quer pessoais ou não, além de notificá-los quanto a necessidade de estar navegando em ambiente seguro. De outro lado, estaremos focando o uso das redes sociais nas organizações, a maneira como muitos executivos analisam os perfis de seus candidatos através das redes sociais e como realizam o processo seletivo em suas contratações. Assim, nossos alunos poderão utilizar as redes sociais para muitas tarefas, sabendo que o divertido pode estar muito além do entretenimento, isto é, como há gostos e
  • 11. interesses distintos para cada pessoa, mostraremos que é possível falar de relacionamentos, profissões, política e tudo mais que seja de interesse comum para a sociedade. Divirta-se! 5) Produçao de Documentos Profissionais A partir desta etapa, podemos afirmar que o aluno matriculado neste módulo irá usar as mais ricas ferramentas para edição de textos profissionais. Priorizaremos os softwares processadores de textos utilizados no mercado de trabalho e abordaremos em todas as aulas um desafio para que cada aluno seja capaz de produzir variados documentos, tais como: cartas, currículos, ofícios, envelopes, jornais, trabalhos acadêmicos, anúncios, entre outros. Dessa forma, serão aplicadas as formatações distintas para cada documento, valorizando as dicas de digitação, postura, bem como as normatizações existentes e exigidas por muitos estabelecimentos, principalmente os de ensino. O aluno poderá trabalhar como: Auxiliar de Escritório, Auxiliar Administrativo, Recepcionista, Assistente de Recursos Humanos e nas diferentes rotinas administrativas. 6) Administraçao Financeira – Pessoal e Profissional Aí está uma ótima oportunidade de realizar um módulo que realmente irá auxiliar na boa conduta financeira, quer pessoal ou profissional de nossos alunos. Nesta etapa, o aluno certamente já realizou outros módulos do curso e está mais “amadurecido” para poder acompanhar um ritmo mais “puxado” de
  • 12. nosso curso. Assim, poderá encarar certos desafios com as ferramentas de planilhas eletrônicas que de imediato irá auxiliá-lo em muitas tarefas administrativas, financeiras, pessoais ou profissionais. Com o apoio dos diferentes softwares designados para esta finalidade, o aluno não precisará se preocupar com cálculos matemáticos, pois o próprio software irá auxiliá-lo para esta atividade. Assim, irá aprender a criar gráficos e tabelas demonstrativas, elaborar folhas de pagamentos, relatórios financeiros, cálculos de encargos e despesas trabalhistas, além de poder utilizar seu conhecimento para seu próprio controle de orçamento doméstico. 7) Design Grafico Aqui chegamos a uma excelente oportunidade para uma carreira de sucesso. O profissional habilitado em Design irá desenvolver inúmeros trabalhos gráficos, com habilidades nas artes visuais aplicadas em livros, jornais, revistas, anúncios, outdoors, panfletos além desenvolver logomarcas para diversas empresas auxiliando sua publicidade e expansão de mercado. Este profissional será capaz de desenvolver excelentes materiais gráficos utilizados em diversas campanhas publicitárias além de produzir projetos trabalhados com a mídia digital, hoje cada vez mais presente na computação gráfica. Ao concluir esta etapa, o aluno estará apto para trabalhar em agências de publicidade, design, gráficas, empresas que possuem departamento de marketing e propaganda, além de poder exercer sua habilidade como profissional autônomo.
  • 13. 8) Desenvolvimento de Sites Nesta etapa, o aluno terá mais uma oportunidade para acertar na profissão, onde forneceremos uma boa perspectiva para sucesso profissional. De posse com este conhecimento o aluno terá condições de desenvolver páginas para internet através de websites, divulgando diferentes produtos, conceitos e ideias pela grande rede. Através do equilíbrio de imagens, ícones, textos e hipertextos, este futuro profissional irá projetar os elementos gráficos visuais de maneira atrativa, nas diferentes mídias virtuais de acesso a internet. Uma questão muito importante neste módulo é o fato desta profissão, como muitas outras, exigir ousadia, observação, atenção a detalhes, bom relacionamento entre grupos e equipes, sensibilidade e, bom senso, concentração e um ótimo vocabulário, com domínio da própria língua e até mesmo o uso do inglês, hoje presente em diversos softwares e ambientes virtuais. 9) Manutençao e Configuraçao de Micros Tempos atrás, saber montar e desmontar um computador era para muitos uma grande curiosidade. Entretanto, com a crescente evolução da Informática, observamos que os programas de computador vêm se desenvolvendo de forma cada vez mais acelerada e a cada dia o hardware (parte física da máquina) vem se moldando às novas tecnologias, utilizando uma arquitetura simples e ao mesmo tempo sofisticada.
  • 14. Assim, torna-se importante não apenas o conhecimento prático e técnico, mas principalmente a habilidade de diagnosticar falhas, interpretar os diferentes erros e conflitos de configuração que o computador apresenta e entender os melhores critérios para uma boa manutenção do equipamento. É com este desafio que oferecemos aos nossos alunos o conhecimento fundamental da informática, da evolução dos computadores por suas muitas gerações, o funcionamento dos diversos elementos que o compõe, sua estrutura física e lógica e principalmente sua configuração, na qual muitos técnicos por falta de um bom preparo ainda tem muita dificuldade em realizar um bom trabalho e eficaz. Ao concluir esta etapa o aluno estará apto para trabalhar como assistente de suporte, consultor ou técnico de informática, e até mesmo com profissional autônomo, atuando em empresas através de prestação de serviços terceirizados, por exemplo. 10) Projeto Final Finalizaremos aqui nossa proposta do Curso Profissional de Computação. Cremos que nossos alunos poderão por em prática todo conhecimento adquirido nos módulos anteriores. Seu desafio será desenvolver um projeto de uma empresa que poderá ser fictícia. Vejam bem: a empresa poderá ser fictícia, porém o projeto é REAL! Inicialmente será passada a proposta e os objetivos do módulo e, em seguida, a cada aula realizada o professor irá solicitar algumas atividades que darão início ao projeto de sua empresa.
  • 15. Aproveite nesta fase para relembrar algumas aulas já realizadas no decorrer do curso. Agora você irá unir o conhecimento adquirido à prática de construção de seu projeto. Em contrapartida, iremos trabalhar os conteúdos relacionados à Liderança, Empreendedorismo e surpreendê-los com as mais importantes rotinas de trabalho de uma organização. Esperamos que, ao finalizar este módulo, encerre-se apenas uma etapa em sua vida, pois certamente você irá muito além do que estamos te propondo, e poderá voltar para nossa casa sempre que precisar se atualizar. Estaremos de portas abertas para recebê-lo! Conhecendo o Site Cedaspy Agora que você já conhece nossos módulos, seu professor irá apresentar o nosso site. Navegue pelas diversos links, leia as matérias, os depoimentos e não se esqueça de fazer o seu cadastro em nossa Área Restrita. É rápido, simples e fácil. Após fazer o seu cadastro em nossa Área Restrita, você fica sempre atualizado com as notícias de nossa Central de Ensino, poderá realizar provas, simulados, participar de nossas enquetes, publicar trabalhos e acesso ao correio eletrônico. Faça já seu cadastro!
  • 16. Atividade 1 Pesquise e responda: Módulos que estudarei Conteúdo do Módulo Profissões relacionadas Programas que estudarei 1 Sistemas Operacionais 2 Apresentações de Multimídia 3 Ambiente Web 4 Redes Sociais
  • 17. 5 Produção de Documentos Profissionais 6 Administração Financeira 7 Design Gráfico 8 Desenvolvimento de Sites 9 Manutenção e Configuração de Micros 10 Projeto Final
  • 18. Sistemas Operacionais Atividade 2 Em programa próprio, crie uma apresentação com o nome dos Módulos do cedaspy e uma imagem para representar cada módulo. Para casa 1) Encontre as Profissões abaixno Caça-Palavras: SECRETÁRIA / SEGURANÇA / ARQUITETO / PADEIRO / PINTOR / FUNILEIRO / ENFERMEIRA / BALCONISTA / OFFICEBOY / MOTORISTA / COBRADOR / CORRETOR / TAXISTA / CAIXA / MANICURE / CABELEIREIRA / RECEPCIONISTA / VIGIA / BARBEIRO VENDEDOR / GARÇOM / FEIRANTE / MOTOBOY / FAXINEIRA / COPEIRA / CONDUTOR / TELEMARKETING.
  • 19. Sistemas Operacionais 2) Encontre as 7 diferenças nas figuras abaixo:
  • 20. Sistemas Operacionais Aula 03 – O computador perfeito  Conceito de Informática  As Novas Tecnologias da Informação e Comunicação - NTICS  Conceito de Hardware  Dicas ao comprar um computador Conceito de Informatica Se definirmos a Informática segundo os dicionários da língua portuguesa certamente encontraremos: “Tratamento automático da informação, ou seja, o emprego da ciência da informação com o computador eletrônico. Tem como base a informação, que por sua vez é resultante da evolução do conceito de documentação; teoria da informação”. Assim, compreendemos que a Informática é a ciência que trata a informação, através de tecnologia eletrônica. Mas como esta ciência pode influenciar em nossas vidas? Para responder esta pergunta, basta parar e refletir nos diversos recursos eletrônicos que utilizamos em nosso dia-a-dia, tais como: celulares, smartphones, tablets, notebook e os próprios computadores pessoais, cada vez mais presentes nos lares e indiscutivelmente nas organizações. Vemos a informática presente em diversas áreas, tanto sociais, humanas, biológicas, na engenharia, na cultura, e muitas outras, o que evidencia sua relevância para a humanidade. Para você, futuro profissional é fundamental não apenas o conhecimento desta ciência, como também a habilidade em realizar as diversas tarefas
  • 21. Sistemas Operacionais que poderá exercer no mercado de trabalho, através do manuseio de equipamentos eletrônicos e os mais variados aplicativos existentes. As Novas Tecnologias da Informaçao A Tecnologia da Informação na sociedade, de certo modo, não traz apenas uma novidade a ser explorada. Ela também modifica a maneira com a qual nos comportamos, nos auxilia nas tarefas escolares, no pensar e no agir, nos desafios com a internet e a segurança dos dados, nas transações eletrônicas, no comércio, no lazer, na pesquisa e entretenimento. Na educação, ela serve como excelente apoio nas diferentes matérias estudadaspor nossos alunos, indiferentemente do grau de instrução que o mesmo está realizando, mediando a aprendizagem através da contextualização com as disciplinas aprendidas em cada área do conhecimento. As Novas Tecnologias da Informação e Comunicação (NTICS) englobam um extenso conjunto de tecnologias, advindos da evolução do século XX, facilitando a vida dos usuários, substituindo o esforço físico pelo conforto de seus recursos. Através dela, nos comunicamos em diferentes meios, digitalizamos e disponibilizamos muito conteúdo na internet, aumentando este imenso repositório de informação. O uso das mídias digitais, da videoconferência, das redes sociais, da comunicação instantânea, do correio eletrônico e dos diversos equipamentos portáteis, vem com frequência auxiliar o homem a desempenhar suas atividades, quer do trabalho, do ensino, como também do entretenimento.
  • 22. Sistemas Operacionais Outro fato relevante é que tais recursos também encurtam as distâncias geográficas e até mesmo aproximam as pessoas uma das outras, através do alcance da informação e interatividade existente. Por outro lado, nas organizações este processo não é muito diferente: são muitos os casos em que a falta de tecnologia da informação dentro de uma empresa, pode trazer uma série de prejuízos para seus empreendedores. Através dos equipamentos de informática e seus programas, é possível auxiliar as mais variadas atividades do trabalho, como a elaboração de documentos, criação de relatórios, elaboração de tabelas e gráficos, auxílio na transmissão de arquivos, apoio na apresentação de recursos, divulgação de produtos através das mídias digitais e impressas sem falar de sua relevância na saúde, na agricultura, na política, na segurança e outras áreas de nossa utilização. Conceito de Hardware Entendemos a palavra “Hardware” como Conjunto de unidades físicas, componentes, circuitos integrados, discos e mecanismos que compõem um computador ou seus periféricos. Tais componentes são requisitos mínimos e necessários para que um pacote específico de programas possa funcionar. São exemplos: teclado, monitor, mouse, impressora, caixa de som, memória, processador, placa-mãe, etc.
  • 23. Sistemas Operacionais Mas e agora, qual computador comprar? A dúvida de qual computador comprar é algo que preocupa muita gente. Para resolver este problema, iremos lhe informar quais são os componentes mais importantes na escolha de seu computador. O processador é um dos equipamentos mais relevantes para a máquina. Tal componente é capaz de transformar todas as entradas de dados em informações úteis ao usuário. Este dispositivo é tão importante que na hora de pensarmos em qual computador comprar, devemos antes nos perguntar para qual finalidade este equipamento nos será útil, isto porque nas aplicações básicas, como acesso a internet, uso de softwares de vídeo e áudio, aplicativos de escritórios e jogos leves é dispensável o uso de processadores top de linha. Uma máquina de baixo custo serásuficiente para estas tarefas, ainda que seu desempenho seja um pouco mais baixo, seu aproveitamento será adequado às suas necessidades. De outro lado, se o usuário precisa de um equipamento mais potente, pois deseja rodar jogos mais pesados, ou até mesmo software de computação gráfica, editoração eletrônica, é interessante que o mesmo possua um computador com um processador mais veloz. As linhas de processadores da Intel, Core 2 Duo, Core I3, Core I5 ou Core I7 ou seus concorrentes, Phenom X2, Phenom X3, Phenom X4 ou Phenom X6 da AMD são boas referências para a
  • 24. Sistemas Operacionais situação acima, sendo rápidos o suficiente para executar aplicações mais exigentes. Vale lembrar que, por serem produtos melhores, seu custo é relativamente maior, porém você poderá contar com um produto de qualidade, que atenderá à sua necessidade e certamente não se arrependerá de sua escolha. Assim como o processador, a memória também é um dispositivo importante na hora da aquisição do equipamento. Nas versões mais recentes dos Sistemas Operacionais Windows e Linux, um computador com 1GB de memóriaseria suficiente para as aplicações básicas. Entretanto, com as constantes atualizações dos programas e a exigência do processador nas transformações dos dados, recomenda-se que o computador tenha ao menos 4 GB de Memória RAM1, atendendo à demanda de suas operações. Nota: no Módulo de Manutenção de Micros iremos nos aprofundar melhor nos detalhes e nas especificações técnicas do computador. 1 Memória RAM: principal memória do computador. Armazena, temporariamente, dados e instruções de que o processador necessita para execução de tarefas
  • 25. Sistemas Operacionais Atividade 1 Em um Editor de Texto digite o nome de 5 profissões e dois benefícios da informática para esta profissão, você poderá colocar imagens para melhor ilustrar seu trabalho. Atividade 2 - Questionário a) O que significa a palavra informática? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b) Cite 5 vantagens que a Tecnologia da Informação trouxe para as pessoas? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c) O que é hardware? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ d) Cite o nome de 4 tipos de hardware? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ e) Para que serve o processador ou CPU? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ f) Qual é nome da memória principal do computador? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  • 26. Sistemas Operacionais Para casa PREENCHA a tabela abaixo com itens para montar um computador e informe os seus respectivos valores. Dica: Use a Internet, faça um rascunho e depois o digite, seguindo o exemplo abaixo. Use um programa de seu conhecimento. PEÇA FABRICANTE PREÇO (EM REAIS) Placa-mãe GA-EP31-DS3L (exemplo) Gigabyte R$ 262,11 Mouse Óptico c/ Scroll sem Fio Preto (exemplo) Force Line R$ 46,90 Total:
  • 27. Sistemas Operacionais Aula 04 – Software  Conceito de Software  Software Livre X Software Gratuito  Software Proprietários  Aquisição de Softwares  Pirataria de Software Conceito de Software Chamamos de Software qualquer programa ou conjunto de programas que instrui o hardware sobre a maneira como ele deve executar uma tarefa. Ele trata a informação de forma automática e intermedeia a comunicação entre o homem e máquina. Para uma melhor organização, separamos estes programas em diferentes categorias, sendo:  Sistemas Operacionais: este software pode ser visto como o administrador geral do computador, sendo o principal programa da máquina, capaz de gerenciar tanto o hardware como software e demais dispositivos  Aplicativos: programas utilizados nas diversas tarefas básicas do usuário, realizando a parte prática do nosso dia-a-dia, podendo ser recomendados tanto para atividades das empresas, na
  • 28. Sistemas Operacionais elaboração de documentos, relatórios, auxiliando o dia-dia das pessoas nas organizações ou até mesmo para atividades pessoais.  Linguagens de programação: programas utilizados para o desenvolvimento dos mais variados softwares, através de ferramentas de edição de textos, interpretadores e compiladores.  Utilitários: complementam as funções dos softwares aplicativos, auxiliando em tarefas práticas ao usuário, como: cópia de arquivos (backup), compactação de dados, desfragmentação e limpeza de disco, como também na prevenção de vírus e ameaças virtuais ao computador.  Automação: responsáveis pelas automações industriais, comerciais de serviços. São exemplos os programas de desenho industrial, softwares de gerenciamento bancários, controle financeiro e até mesmo softwares usados na robótica. De modo geral, existem outros softwares utilizados para diferentes áreas, tais como: computação gráfica, multimídia e hipermídia, realidade virtual, tutoriais e educativos. No decorrer de nosso curso, seu professor te orientará em atividades que poderão ser trabalhadas todos estes programas, de maneira que você possa aprender muito mais. Software Livre X Software Gratuito É comum nos depararmos com certa dúvida sobre Software Livre e Software Gratuito. Para esclarecer a esta questão, podemos definir como Software Livre todo programa que pode ser usado, copiado,
  • 29. Sistemas Operacionais estudado, modificado e até mesmo redistribuído sem qualquer impedimento. Entretanto é importante que este software seja avaliado pela licença GPL (General Public License - Licença Pública Geral), que organiza diversos projetos para programas de livre distribuição.Um Software Livre não necessariamente significa que não poderá ser comercializado, isto é, poderá ser de uso, de desenvolvimento e distribuição comercial. Já um Software Gratuito é aquele que pode não ter seu código fonte aberto, e possuir licenças restritivas, não sendo comercializável e não autorizando sua redistribuição ou modificação. Alguns Softwares Livres: a) AMSN: software de comunicação instantânea como o MSN da Microsoft b) Firefox : navegador da internet c) KPDF: visualizador de arquivos em formato PDF d) Samba: programa que permite colocar computadores em redes facilitando o compartilhamento de arquivos. Exemplos de Softwares Gratuitos: a) Ares Galaxy – compartilhador de arquivos b) CCleaner – software utilitário que auxilia na remoção de arquivos temporários c) Packet Tracer – programa educacional desenvolvido para simulação de redes de computadores d) Skype – software de comunicação pela web integrando conexão de voz sobre IP.
  • 30. Sistemas Operacionais Software Proprietario Ao contrário dos Softwares Livres, um programa Proprietário é aquele que não permite sua redistribuição ou qualquer modificação em seu código fonte, sem a prévia autorização de seu desenvolvedor, que poderá inclusive cobrar para tal, sendo necessário adquirir sua licença. Exemplos: pacote Office da Microsoft, CorelDraw da Corel Corporation , Dreamweaver da Adobe, Nero da Ahead Software AG. Aquisiçao de Softwares Agora que você já sabe diferenciar Software Livre, de Software Gratuito e de Software Proprietário, deve ainda saber que existem diversas maneiras para você adquirir seus programas. Você poderá comprar Software Proprietário direto do fornecedor ou de uma empresa representante, como o caso do Pacote Office da Microsoft ou dos Produtos da Adobe – PhotoShop e Illustrator, por exemplo. Existe ainda a possibilidade de baixar estes programas da Internet através de sites específicos, como o Baixaki, Superdownloads e Techtudo, por exemplo.Mesmo nestes sites, você encontrará programas que são proprietários e que terão um prazo para você conhecê-lo antes mesmo de comprá-lo. Como também irá encontrar softwares inteiramente gratuitos e diversos programas de livre distribuição.
  • 31. Sistemas Operacionais Saiba mais sobre Licenciamento de Software GPL: a Licença Pública Geral GNU acompanha os pacotes distribuídos pelo Projeto GNU (General Public License). É a mais utilizada, sendo adotada pelo Linux. Ela impede que o software seja integrado em um software proprietário e garante os direitos autorais. BSD: a licença BSD foi inicialmente utilizada nos softwares da Berkeley Software Distribution. Ela impõe poucas restrições sobre as formas de uso, alterações e redistribuição do software e, por isso, é chamada de copycenter. O programa pode ser vendido e não precisa incluir o código fonte. Software em Domínio Público: o autor do software relega a propriedade do programa e este se torna bem comum, ou seja, não possui copyright. Entretanto, o autor pode restringir que modificações sejam feitas. Copyleft: retira barreiras à utilização, difusão e modificação do software, mas impedem a utilização não-autorizada. Ele requer que as alterações sejam livres, passando adiante a liberdade de copiá-lo e modificá-lo novamente. Software proprietário: é aquele cuja cópia, redistribuição ou modificação são proibidos pelo autor em determinado grau. É necessário solicitar permissão ou pagar para utilizar. Pode ser freeware, shareware, trial ou demo. Freeware: software proprietário que é disponibilizado gratuitamente, mas não pode ser modificado. Shareware: é o software disponibilizado gratuitamente por um período de tempo ou com algumas funções abertas, mas que implica no posterior pagamento pela sua licença. Trial: versão de teste de vários softwares. É disponibilizada algumas funções, geralmente por 30 dias, para que o usuário experimente o programa para saber se ele atende às suas necessidades. Demo: versão de demonstração, semelhante ao Trial. É possível usar o programa por um tempo ou com apenas algumas funções disponíveis. Software Comercial: é o software desenvolvido com o objetivo de lucrar. Open Source: o software de código aberto é aquele que disponibiliza seu código fonte e restringe-se aos termos técnicos da questão. Pode ser livre, ou proprietário. Algumas empresas como IBM, HP, Intel e Nokia investem em software de código aberto. Fonte: UOL Tecnologia
  • 32. Sistemas Operacionais Atençao! Vocesabe o que e Software Pirata? Ao adquirir um programa proprietário, você precisa estar ciente que deverá pagar suas licenças de acordo as recomendações de seu desenvolvedor, para poder registrá-lo e usufruir de seus recursos, por exemplo, poder manter este programa sempre atualizado. Entende-se por pirataria toda reprodução, cópia, venda ou distribuição do produto sem a devida autorização ou pagamento de seus direito autorais. Assim, a pirataria além de ilegal é também considerada Crime, e a pena por este delito pode variar de país para país. No Brasil a lei 10.695, de 01 /07/2003 é quem prevê crime com pena de reclusão de 2 a 4 anos e multa. Para impedir a Pirataria, muitas empresas optam por ativar seus produtos pela internet, através do fornecimento de chaves de ativação, identificando fisicamente o computador que será utilizado e, uma vez ativado, o usuário poderá reinstalá-lo várias vezes nos casos de uma eventual manutenção no computador.
  • 33. Sistemas Operacionais Atividade 1 No site do Google, pesquise sobre licenciamento de software, copie a informação e cole-a em um Editor de Texto.  GPL:  Software proprietário:  Freeware:  Shareware:  Trial:  Demo:  Software Comercial:  Open Source: Atividade 2 No Programa de apresentação, desenvolva um trabalho com imagens dos seguintes softwares: Sistemas Operacionais, Aplicativos, Utilitários, Utilize a tecla PRINTSCREEN para capturar as imagens ou a Ferramenta Captura do Windows 7. Capriche em seu trabalho! Atividade 3 Com apoio da Apostila, pesquise a finalidade de cada item abaixo:  GPL: _________________________________________________________  BSD: _________________________________________________________  Copyleft: ______________________________________________________  Freeware: _____________________________________________________  Shareware: ____________________________________________________  Trial: _________________________________________________________ Para casa Pesquise e cite 3 exemplos de softwares para os grupos abaixo:  Comunicação instantânea: _________________________________________________  Visualizador de arquivos PDF: _______________________________________________  Remoção de Arquivos Temporários: __________________________________________  Navegador para Internet: __________________________________________________  Sistemas Operacionais: ____________________________________________________  Software Proprietário:_____________________________________________________  Linguagem de Programação:________________________________________________
  • 34. Sistemas Operacionais Aula 05 – Sistemas Operacionais Conceito de Sistema Operacional Conhecendo os Sistemas:  Windows  Linux  MAC OS  Chrome OS  Android Trabalhando com Máquina Virtual Conceito de Sistema Operacional Por muito tempo, o Sistema Operacional foi compreendido como um conjunto de programas desenvolvido para gerenciar o hardware do computador. Isto porque por volta dos anos 60 sua participação no gerenciamento da máquina fosse de extrema necessidade. Hoje, podemos dizer que tal sistema é capaz de gerenciar não apenas sua parte física, como também toda a parte lógica, interagindo com o homem através de inúmeras aplicações.Pode-se ainda afirmar que é o principal programa a ser instalado no computador, facilitando a instalação dos demais softwares, como: editores de textos, planilhas eletrônicas, navegadores, jogos, antivírus e outros. Sem o Sistema Operacional nada disso seria possível! Podemos definir o Sistema Operacional como um software gerenciador de recursos tanto de hardware(processador, memória, dispositivos de entrada e saída e de comunicação) como também desoftware, através de aplicações e gerenciamento de processos, isto é, para cada tarefa a ser executada o próprio sistema poderá gerenciar um recurso a ser utilizado.
  • 35. Sistemas Operacionais Você pode se perguntar: Mas como este poderoso Sistema pode administrar o nosso computador? Para responder a esta pergunta, precisamos entender que o Sistema Operacional consegue gerenciar os recursos anteriormente citados através de seu núcleo, também chamado de cerne ou Kernel (do inglês), ou seja, através deste componente, é possível administrar as tarefas mais complexas que o processador realiza; melhorar a comunicação entre a máquina e o homem, por meio de interatividade e a comunicação com os dispositivos e suas aplicações. Sistema Operacional Windows O Windows é um dos mais conhecidos e populares Sistemas Operacionais. Em pouco tempo conquistou um espaço muito abrangente na história da informática. Desenvolvido pela empresa Microsoft desde o início da década de 80, este programa apresentava uma interface gráfica atrativa que dispensava a execução e interpretação de comandos, muito utilizado em seu antecessor, MS-DOS2. O fato é que com este novo sistema, a comunicação e interação entre o usuário e a máquina foram se tornando mais prazerosa, ao passo que surgiam dois elementos igualmente importantes: o uso dos ícones e o próprio mouse – o primeiro representandoo acesso a um arquivo ou pasta do computador e o segundo, auxiliando as tarefas da nova interface gráfica que se instalava. 2 MS DOS – Sistema Operacional limitado, que não possui interface gráfica atrativa, muito utilizado nos anos 80 e meados dos anos 90, sendo subsistido pelo Microsoft Windows.
  • 36. Sistemas Operacionais Ainda “preso” ao Sistema DOS, as primeiras versões do Windows apresentavam uma interface nova, porém com certa dependência de seu precursor. Entretanto, foi graças a este sistema que muitos outros programas tiveram suas inovações relacionadasàs interfaces e interatividade com o usuário. Algumas características do Sistema Operacional Windows: a) Sistema baseado em janelas – por isso “Windows” b) Sistema Multitarefa – capaz de administrar diversas tarefas ao mesmo tempo c) Desenvolvido tanto para uso doméstico quanto empresarial d) Maior popularidade para os computadores pessoais e) Visual agradável e fácil f) Software Proprietário e de uso comercial Sistema Operacional Linux O Sistema Operacional Linux é considerado um sistema de grande porte e que tem muitos recursos atrativos, foi desenvolvido por Linus Benedict Torvalds, no início da década de 90 e, atualmente é um dos Sistemas Operacionais que mais cresce no mundo, isto porque, ao contrário dos softwares proprietários, este programa é de livre distribuição e conta com milhares de desenvolvedores que o mantém atualizado, seguro e muito competente em suas aplicações.
  • 37. Sistemas Operacionais Derivado do Sistema Operacional Unix, que desde os anos 60 foi considerado um dos maiores sistemas operacionais para máquinas de grande porte, Linus Torvalds, como assim é conhecido, desenvolveu o Sistema Linux para que o mesmo pudesse ser instalado tanto em máquinas básicas sem muita exigência de hardware, como em equipamentos mais sofisticados, desde que fosse multitarefa e tão bom quanto o Unix. Sendo um software livre, o Linux está licenciado pela GPL, entidade que autoriza aos interessados sua distribuição ou cópia de acordo com suas regras. Paralelo aos demais programas de livre distribuição, hoje o Linux é considerado um sistema moderno, estável e seguro, tanto para computadores pessoais quanto para servidores. Vantagens do Sistema Operacional Linux: a) Robusto e estável – a independência na execução de suas tarefas permite a este sistema que rode por muitos meses sem que desligue ou necessite ser reiniciado, uma característica importantíssima para máquinas servidoras. b) Acessível – por ser um software de livre distribuição, o Linux pode ser instalado em quantos computadores forem necessários. c) Flexível–poder ser adaptável a qualquer empresa, uma vez que possui código fonte aberto, possibilitando o desenvolvimento de diferentes sistemas que rodem em sua plataforma.
  • 38. Sistemas Operacionais d) Seguro – por se tratar de um sistema robusto, o Linux possui uma “imunidade” a certas ameaças, principalmente de vírus, privando pela segurança de seus milhares de usuários. Algumas empresas que distribuem Linux ou que desenvolvem softwares livres para sua plataforma: a) RedHat b) Fedora c) Ubuntu d) Debian e) OpenSuse f) Mandriva g) Kurumim h) Gentoo i) Slackware j) Knoppix Atenção: Você é livre para escolher qualquer uma dessas distribuições. Opte pela que mais lhe interessa, usando como critério a facilidade de suporte, manutenção e atualização que o sistema disponibilizar. Sistema Operacional Mac OS O Macintosh Operating System, nome dado ao Mac OS, é um sistema desenvolvido pela empresa Apple no ano de 1984, muito utilizado em seus computadores pessoais, denominados Macintosh. Assim, como os modelos de sistemas operacionais daquela época, as primeiras versões do Mac OS apresentavam as mesmas dificuldades que os seus concorrentes, isto é, eramonotarefa (atividade comum a sistemas que executam uma tarefa por vez), além de nãopossuir a melhor interface gráfica.
  • 39. Sistemas Operacionais No entanto, a partir da 7ª versão deste sistema, houve muitas modificações capazes de torná-lo um software atrativo e confiável. Passou a ser considerado multitarefa, permitindo o compartilhamento de arquivos em rede, tendo uma resolução gráfica definida e suporte a recursos multimídia. Atualmente, o Mac OS X é comercializado na versão denominada Lion. Sendo um software proprietário, este sistema é recomendável ser instalado nas plataformas das máquinas desenvolvidas nos padrões da empresa Apple. Entretanto, comas crescentes atualizações, fica difícil afirmar qual a versão mais importante, porém vale ressaltar que estas mudanças decorrem da necessidade de manter um sistema seguro, estável e com muitas novidades em suas aplicações. Sistema Operacional Chrome OS Desenvolvido pela empresa Google, este sistema foi projetado para máquinas portáteis que, devido ao seu baixo desempenho, pudessem rodar um sistema integralmente dedicado à internet. Baseado no Linux, o Sistema Operacional Chrome foi recentemente lançado ao público e licenciado pela GPL. Será,em curto prazo, desenvolvido para máquinas com fabricação direta da Google, com hardware
  • 40. Sistemas Operacionais próprio, para usuários que utilizammuito a internet em seus trabalhos, facilitando a organização de seus arquivos na nuvem3. Empresas como Acer e Samsung estão desenvolvendo máquinas apropriadas para suportar o Chrome OS, através de lançamento em notebook ou em Chromebooks, isto é, máquinas com funcionalidades similares ao smartphones que objetivam praticidade, leveza, bateria de longa duração e funcionalidades que mantêm o computador sempre conectado. Outro detalhe interessante dos Chromebooks é que alguns serviços da Google estarão disponíveis mesmos Off-line como o caso do Google Calender, Docs e o Gmail, além de serem máquinas mais rápidas durante a inicialização do sistema. Sistema Operacional Android O Sistema Operacional Android foi desenvolvido pela Google, que também é a empresa responsável por suas atualizações. Está classificado para tecnologia móvel como telefones, smartphones e tablets. Baseado no Sistema Operacional Linux, o Android também é um software de livre distribuição licenciado pela GPL. Conta com uma integração direta dos serviços da Google, através de navegadores e aplicativos que o fazem um sistema atrativo e multitarefa, interagindo com usuário através de serviços de comunicações sem fio e Bluetooth4. 3 Computação em Nuvem: forma de armazenamento na internet através de conexões com servidores, possibilitando o acesso direto a qualquer momento, dispensando o uso de programas específicos. 4 Bluetooth: recurso que permite conexão e troca de informações entre dispositivos como telefones celulares, notebooks, computadores, impressoras, câmeras digitais e consoles de videogames.
  • 41. Sistemas Operacionais Por ser um software de código aberto, a empresa Google deixa livre aos interessados em desenvolver aplicativos para os dispositivos Android e ainda contempla com premiações aos desenvolvedores que criam tais programas para serem utilizados em celulares que usam sua plataforma. Empresas como Motorola e Samsung são exemplos de fabricantes de celulares que utilizam a plataforma Android. Ambas desenvolvem pesquisas para avançarem suas tecnologias estendendo a outros equipamentos, como o caso de câmeras digitais, projeto da empresa Samsung. Por se tratar de um Sistema Operacional novo e com muitos projetos ainda em fase de desenvolvimento e estudo, pode-se afirmar que em curto prazomuitas empresas interessadas neste fascinante sistema irão desenvolver computadores portáteis que trabalhem com o Android, concorrendo até mesmo com sistemas mais potentes de computadores domésticos ou corporativos. Basta aguardar e acompanhar as novidades do mercado!
  • 42. Sistemas Operacionais Trabalhando com Maquina Virtual Você sabia que é possível conhecer todos estes Sistemas anteriormente citados fazendo uso de Máquinas Virtuais?Pois é, para entender melhor, vamos primeiramente definir o conceito de uma Máquina Virtual: Máquina Virtual é o nome dado a um programa capaz de simular diversos sistemas operacionais simultaneamente, com funcionamento real, não comprometendo a quantidade de sistemas configurados. Embora nosso objetivo neste módulo não seja detalhar as instruções e uma máquina virtual, vale ressaltar sua importância para o dia-a-dia, uma vez que instalado em seu computador, você poderá usufruir deste recurso até mesmo para criar ambientes seguros ou de teste de aplicativos, que o ajudarão a manter seu computador funcionando melhor e livre de programas indesejados. Seu professor irá demonstrar o funcionamento desta Máquina e você poderá usá-la também em sua casa, desde que tenha um computador com boa capacidade de memória RAM, aquela memória que estudamos na 3º aula desta apostila. Você se lembra? Veja abaixo a lista de alguns sites indicados: http://www.baixaki.com.br/download/virtualbox.htm http://www.superdownloads.com.br/download/168/virtual-box/ https://www.virtualbox.org
  • 43. Sistemas Operacionais Atividade 1 Crie uma apresentação em um programa de sua preferência sobre os Sistemas Operacionais; copie um texto comentando sobre sua origem e cole-o usando o recurso COLAR ESPECIAL (sem formatação). Coloque uma imagem para melhor ilustrar seu trabalho.  Windows XP  Windows 7  Windows 8  Linux Ubuntu  Linux Debian  Mac Os Leopard  Mac Os X  Android Atividade 2 – Encontre as palavras abaixo Para casa Acesse o endereço abaixo e PESQUISE A Cruzadinha DE INFORMÁTICA: http://www.infodicas.com.br – LINK JOGOS.
  • 44. Sistemas Operacionais Aula 06 – Conhecendo o Microsoft Windows – Parte I Principais Acessórios Configurações Básicas  Temas  Proteção de tela Microsoft Windows Por ser o mais popular Sistema Operacional, seria indiscutível não apresentar os recursos que este poderoso software tem a nos oferecer. Assim, iremos demonstrar como seus recursos poderão ser utilizados em nosso dia-a-dia enquanto usuários praticantes deste ambiente multitarefa. Nossa preocupação, na verdade, não está em apresentar as versões do Sistema, uma vez que a essência de suas funcionalidades sempre serão as mesmas, sendo importante destacar que a cada nova etapa os recursos se modificam, aperfeiçoam-se e apresentam um design mais sofisticado e atrativo. Principais Acessorios Os acessórios do Windows são ótimos recursos para as tarefas do cotidiano. Muitas vezes são pouco explorados e até mesmo ignorados por apresentarem recursos simples, mas que ao serem analisados, é possível explorar suas funções e valorizar suas potencialidades. Vejamos:
  • 45. Sistemas Operacionais Bloco de Notas: é um programa básico usado para exibir ou editar arquivos de texto. Suas funções poderão ser utilizadas desde uma simples anotação, como uma receita de bolo, tópicos de reunião como também criações de páginas para internet, através de comandos específicos que poderão ser editados em sua plataforma. Visão do Editor de Texto - Bloco de Notas Bloco de Notas utilizado para criação de códigos HTML
  • 46. Sistemas Operacionais Calculadora:software utilizado para executar cálculos simples, como adição, subtração, multiplicação e divisão, embora também disponibilize recursos avançados como: calculadora de programação, científica e estatística. É possível realizar cálculos clicando nos botões da calculadora ou digitando os cálculos usando o teclado. Fique atento se em seu teclado a tecla Num Lock está ativa, o que permitirá o funcionamento dos números e seus operadores. Modelo Calculadora Científica Modelo Calculadora Programador Modelo Calculadora Estatística Modelo Calculadora Padrão
  • 47. Sistemas Operacionais Paint:é um recurso do Windows que permite criar desenhos em uma página em branco, através de ferramentas de edição e formatação de imagens.Você encontrará muitas ferramentas na Faixa de Opções, que aparece perto da parte superior da janela. Ao explorar este programa, seu professor orientará o uso das ferramentas e suas aplicações. Caixa de Ferramentas do Paint Modelo de trabalho editado no Paint
  • 48. Sistemas Operacionais WordPad: é um programa de edição de documentos. Diferencia-se do Bloco de Notas por permitir formatações e inserção de elementos gráficos, como o uso de imagens. Notas Autoadesivas: acessório utilizado para criar uma lista de tarefas que você poderá realizar, como por exemplo, algum compromisso ou anotaçãode um contato telefônico. Elas podem ser usadas também nos Tablet PC ou em qualquer computador. São simples e de fácil utilização. Janela WordPad
  • 49. Sistemas Operacionais Ferramenta de Captura:ferramentaútil para obter uma captura de tela ou recorte de qualquer objeto na tela e, em seguida, anotar, colar, salvar ou compartilhar a imagem. Você pode capturar diferentes tipos de recorte: Recorte de Formato Livre: permite desenhar uma forma livre em torno de um objeto. Captura Retangular: Permite arrastar o cursor em torno de um objeto para formar um retângulo. Captura de Janela:permite a captura de uma janela pré-selecionada, como por exemplo, de um navegador ou caixa de diálogo a ser capturada. Recorte de Tela Cheia: Captura toda a tela. Assim, fazer uso dos Acessórios émuito interessante. Em resumo eles apresentam as seguintes características:  São fáceis de utilizar  São práticos e acessíveis  Podem ser comparados aos recursos que necessitamos no dia-a-dia de um escritório.  Complementam diversas tarefas as quais executamos rotineiramente.
  • 50. Sistemas Operacionais Configuraçoes Basicas Agora que você já conhece alguns dos Acessórios do Windows também poderá explorar algumas configurações: Temas: são combinações de imagens, cores e sons que podem ser aplicados em seu computador. Estes elementos podem incluir um plano de fundo de área de trabalho, uma proteção de tela, uma janela de borda personalizada e até um esquema de som. Alguns temas podem também incluir ícones de área de trabalho e ponteiros de mouse. Proteção de Tela:são animações disponíveis no sistema que tornam seu ambiente mais atrativo. É possível criar o seu próprio protetor de tela usando imagens pessoais salvas no computador, como também baixar da internet. Mas, muita atenção: alguns sites de proteções de tela poderão vir com vírus. Fique atento!
  • 51. Sistemas Operacionais Atividade 1 É hora de testar seus conhecimentos. Copie uma receita da Culinária, cole-a no bloco de notas e salve na sua pasta. Atividade 2 No Programa Paint, crie os desenhos abaixo e capriche em suas cores. Ao final, salve a atividade em sua pasta. 1 2 3 4 5 6 7 8 Use sua criatividade e faça um desenho bem legal!!
  • 52. Sistemas Operacionais Atividade 3 Em um site de busca, vá em imagens e digite: “Desenhos para colorir”. Salve 3 desenhos na pasta Minhas Imagens de seu computador. No Paint, abra as imagens e aplique cores à sua maneira! Veja o exemplo abaixo. Atividade 4 1) Acesse as configurações de tela de seu computador, baixe um tema através da opção “Obter mais temas online” e aplique na Área de trabalho. 2) Utilizando as Notas Adesivas e coloque um recado na Área de Trabalho para seu professor avaliar. 3) Altere a Proteção de Tela para “Bolhas” e configure o tempo para 5 minutos.
  • 53. Sistemas Operacionais Aula 07 – Conhecendo o Microsoft Windows – Parte II Painel de Controle  Data / Hora  Contas de Usuário  Configurações do Mouse Gerenciamento de Arquivos Painel de Controle O Painel de Controle é um ambiente útil para alterarmos as configurações do Windows. Além de permitir o controle visual do sistema, ainda administra os recursos instalados no computador, desde os ajustes básicos como a data/hora até as Ferramentas Administrativas do Sistema, Controle de Hardware e Software da máquina. Se desejar outras exibições, escolha no canto superior direito as opções “Ícones Pequenos” ou “Ícones Grandes”. Painel de Controle - Modo de Exibição por Categoria
  • 54. Sistemas Operacionais Data / Hora Você poderá ajustar a data e a hora do sistema toda a vez que julgar necessário. Evite deixar desatualizada, pois os arquivos do sistema operacional são organizados pelo relógio e alguns aplicativos poderão não funcionar corretamente. GadGets São recursos disponibilizados na área de trabalho do Windows, instalados no computador, que permitem certos aplicativos atrativos como calendário, previsão do tempo, controle de desempenho do processador e memória, conversor de moedas entre outros. Você pode movê-lo, redimensioná-lo e alterar suas opções. Contas de Usuário Este recurso permite ao usuário do computador um acesso restrito em um ambiente personalizado, isto é, através da conta de usuário, você poderá manter suas preferências pessoais, como proteção de tela, plano de fundo e conteúdo navegado pela internet, além de criar um ambiente com pastas exclusivas do responsável pela conta, o que favorece a privacidade do indivíduo. Desta forma é possível compartilhar o computador com diferentes pessoas, gerenciando a conta através de senha. Existem diferentes tipos de Contas de Usuário. Cada tipo oferece nível diferente de controle do computador:
  • 55. Sistemas Operacionais A conta Padrão é para o dia-a-dia, geralmente disponível para qualquer usuário, embora possa ter controle de senha. A conta Administrador oferece mais controle sobre um computador e só deve ser usada quando necessário. Ela permite o acesso total ao computador e é livres para configurá-lo como desejar. A conta Convidado destina-se principalmente às pessoas que precisam usar temporariamente um computador, como um parente ou amigo que precise realizar alguma tarefa momentânea em seu computador. Mouse Nas Propriedades do Mouse, o usuário poderá configurar as funções dos botões, alternando para usuário destro ou canhoto, além de permitir controlar a velocidade do duplo clique, facilitando acesso a um determinado arquivo ou pasta. Na Guia Ponteiros, é possível escolher um formato para o cursor de forma personalizada. Em Opções do Ponteiro, o usuário poderá controlar a velocidade e visibilidade deste cursor, deixando-o mais acessível às suas necessidades.
  • 56. Sistemas Operacionais Gerenciando Arquivos no Windows Explorer Chamamos de Windows Explorer o ambiente que organiza e gerencia os arquivos e pasta do computador. Nas versões mais recentes do Windows, tal gerenciamento pode ser realizado através de Bibliotecas, isto é, uma forma de reunir arquivos que não necessariamente precisam estar no mesmo local para serem organizados ou visualizados. Desta forma, poder-se criar uma coleção de arquivos e inclusão de pastas sem a necessidade movê-los do seu local de origem. Por padrão, o Windows apresentam 4 Bibliotecas distintas, sendo: Documentos, Músicas, Imagens e Vídeos, mas nada impede que você crie suas próprias bibliotecas e inclua o conteúdo que desejar. Clicando em ‘Nova Biblioteca’, você poderá fazer inclusão de pastas e, consequentemente, seus arquivos de diferentes locais.
  • 57. Sistemas Operacionais Nestas Bibliotecas, você poderá criar pastas e subpastas a fim de organizar seus arquivos. Através do Botão ‘Organizar por’, é possível visualizar toda a estrutura destas pastas e arquivos em diferentes modos: Autor, Data da Modificação, Marca, Pasta, Tipo e Nome. Tal recurso facilita a busca de seus documentos e gerencia o ambiente de visualização de arquivos. No lado esquerdo do Windows Explorer, você poderá visualizar as Pastas principais do Gerenciador. Nela, será possível organizar seus conteúdos de modo simples e prático. Tarefas comuns em um gerenciador de arquivos:  Criar pastas  Copiar, mover, recortar, renomear, excluir, restaurar arquivos e pastas.
  • 58. Sistemas Operacionais Nomes e Extensões de Arquivos Todos os arquivos utilizados em um computador devem possuir um nome e uma extensão. Esta extensão é necessária para que o Sistema Operacional direcione qual o programa irá abrir ou executar este arquivo. Ex: um arquivo com o nome “bolo de fubá.rtf” é um arquivo de documento do WordPad que também poderá ser aberto no Microsoft Word. Algumas extensões conhecidas: Extensão Tipo de Arquivo Sugestão de Software .docx Arquivo Documento Microsoft Word .jpg Arquivo de Formato de Imagem Photo-Paint, PhotoShop, Paint .sys Arquivo de Sistema Microsoft Windows .exe Arquivo Executável Qualquer programa instalador do Windows .pdf Arquivo de documento portátil Adobe Reader e Foxit Reader Tamanho dos Arquivos Toda informação armazenada através de arquivos, ocupa um espaço no disco rígido5 do computador. Dessa forma, todo arquivo, indiferente de sua extensão, terá um tamanho que é medido em bytes6. Para uma melhor compreensão, imagine os sistemas básicos de medidas que usamos no dia-a-dia, tais como grama, litro, metros, etc. Para cada situação será necessária uma grandeza: Veja o exemplo: “Patrícia comprou 100g de presunto para fazer um lanche” “Sueli trouxe 1 litro de leite para fazer um bolo” “A distância da casa de Paulo até a casa de Marcos é de 300m” 5 Disco rígido: Dispositivo de alta capacidade de armazenamento de arquivos e programas no computador. 6 Byte: Em processamento de dados, grupos de dígitos binários, geralmente oito, que o computador opera como uma unidade simples.
  • 59. Sistemas Operacionais Na informática usamos a Linguagem Binária, composta de dois dígitos importantes: 0 e 1. A estes dígitos damos o nome de bit – Binary Digit ou Dígito Binário. Para que computador reconheça um caracter digitado ou armazenado serão necessários 8 combinações binárias: Veja o exemplo: A = 8 bits = 0100 0001 O nome ANA possui = 24 BITS = 0100 00010100 11100100 0001 Desta forma para simplificar, foi criada a seguinte tabela: Como identificar tamanho de arquivos e pastas Para visualizar o tamanho dos arquivos ou pasta, você poderá observar diretamente pelo Windows Explorer ou clicando com o botão direito sobre o arquivo, seguido da opção ‘propriedades’. A N A
  • 60. Sistemas Operacionais Atividade 1 1) Utilize o Painel de Controle e crie uma conta de usuário. Coloque uma senha e uma imagem para o Perfil do Usuário. Acesse esta nova conta para realizar as próximas atividades. 2) Nesta conta, altere: a. O “Tema” do Windows, b. Mude a barra de barra de tarefas para a parte superior, c. Adicione 3 gadgets, d. Coloque protetor de tela, e. Mude o ponteiro do mouse. Atividade 2 1) No Gerenciador de Arquivos do Windows, crie a estrutura de pastas, conforme a imagem. 2) Na Internet, copie o texto de uma receita culinária, cole no Programa WordPad e salve na pasta referente a receita de: doce, pudim, massas, sopa... Atividade 3 1) Ainda no Gerenciador de arquivos do Windows Explorer, crie outra estrutura de pastas, sobre Pontos Turísticos Brasileiros. 2) Na Internet, SALVE 2 imagens dentro da pasta de cada ponto turístico, conforme se vê no exemplo ao lado.
  • 61. Sistemas Operacionais Atividade 4 1) Pesquise na internet e instale o programa Rocket Dock. Configure nele os ícones que você mais utiliza. Deixe seu ambiente de trabalho atrativo e personalizado. Para casa 1) Explique a função do Painel de Controle ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ 2) Descubra a função dos seguintes recursos do Painel de Controle a) Backup e Restauração: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ b) Ferramentas Admirativas: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ c) Opção de Pastas: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ d) Windows Update: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ e) Firewall do Windows: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ f) Região e Idioma: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________ g) Programas e Recursos: ____________________________________________________________________ ____________________________________________________________________
  • 62. Sistemas Operacionais Aula 08 – Correio Eletrônico Conceito  Webmail  Criando Mensagens  Formatação de Mensagens  Uso de Anexo  Spam Configurações Básicas Conceito de Correio Eletronico O Correio Eletrônico é um serviço da Internet cujo objetivo está relacionado à comunicação entre duas ou mais entidades comunicantes, através da troca de mensagens utilizando um computador ou qualquer dispositivo conectado à Web. Este serviço é um dos mais antigos recursos, presente desde o final da década de 60 na comunicação militar, no período de Guerra Fria, pelo exército norte-americano É comum darmos o nome e-mail (eletronicmail) ao correio eletrônico, que nada mais é do que mensagens que enviamos diariamente nas empresas ou quando em uso pessoal. Atualmente, milhares de pessoas utilizam desta ferramenta para se comunicar e enviar documentos, arquivos, fotos, relatórios em geral através de anexo, recurso que abordaremos em breve.
  • 63. Sistemas Operacionais Composiçao do E-mail Todo endereço eletrônico é composto por um nome de usuário e um domínio, que representa o servidor ao qual estará vinculado o e-mail. O email pode ser criado usando nome da pessoa, ex.: carlosolivetto@yahoo.com.br, ou poderá ser criando como um apelido: kaka16@yahoo.com.br, sendo yahoo o servidor ou a empresa que está fornecendo o serviço ao usuário. Todo endereço eletrônico vem acompanhado do símbolo @ logo após o nome do usuário, desta forma vinculando-o ao servidor do correio eletrônico. Webmail Com o passar dos anos, muitas empresas começaram a oferecer serviços de correio eletrônico com acesso direto via browser7, inclusive gratuitamente. Desta forma, é dispensado o uso de softwares específicos para envio e recebimento de mensagens, como o Microsoft Outlook, por exemplo. Criando uma Conta de Correio Eletronico Para criar sua conta, você poderá usar um dos serviços gratuitos de e- mail como: Gmail, Hotmail e Yahoo!Uma vez cadastrado, poderá enviar suas mensagens e criar uma lista de amigos para se comunicar quando quiser, estando conectado à Internet de qualquer lugar do mundo. 7 Browser: Software de navegação na internet, ex: Mozilla Firefox, Google Chrome e Internet Explorer.
  • 64. Sistemas Operacionais Como sugestão, iremos criar uma conta de e-mail usando os serviços da empresa Yahoo!, mas seu professor poderá sugerir outros servidores gratuitos e atrativos também. Preenchendo um cadastro com as informações pessoais, basta escolher um nome de usuário, cadastrar uma senha e começar a usar.8 8 Cadastro de Conta de E-mail: seu professor irá demonstrar as instruções necessárias nesta fase.
  • 65. Sistemas Operacionais Criando Mensagens Agora que você já criou sua conta, poderá se comunicar com seus amigos sempre que estiver conectado a internet. Veja como é simples: Na imagem abaixo, observe que nosso personagem “Carlos” está enviando uma mensagem a seus amigos “Roberta” e “Paulo” e, junto com a mensagem, ele anexou sua foto. Observe ainda que “Carlos” formatou a mensagem, alterando a cor, o tipo e o tamanho da fonte. Outro detalhe interessante é assinar a mensagem como ocorre no mesmo exemplo. Configuraçoes do E-mail Você pode personalizar seu e-mail sempre que quiser, deixando um ambiente mais agradável e a seu gosto.Basta clicar em Opções e depois emTemas. Escolha as cores ou layout que preferir e clique em concluído. Após clicar no botão “Enviar”, você poderá adicionar seus amigos em uma lista de contatos. Desta forma, quando precisar escrever novas mensagens, os endereços já estarão gravados.
  • 66. Sistemas Operacionais Próximo ao nome, clique em “Minha Conta”. Neste ambiente você poderá configurar dados pessoais, como alterar sua senha, informações, dicas de segurança e detalhes de seu perfil.
  • 67. Sistemas Operacionais Dicas Quando criar suas mensagens não se esqueça do campo “assunto”. Capriche neste momento, pois dependendo do que a pessoa interprente ao ler o assunto, tanto poderá se interessar em abrí-la como também poderá excluí-la antes mesmo que a tenha lido. Componha as suas mensagens de modo simples e objetivo. Assine sempre suas mensagens, principalmente se o cabeçalho não deixar evidente o seu nome. Deixe pré-configurado uma assinatura eletrônica contendo seus dados de contato, como nome, telefone e e-mail. Isto irá facilitar o retorno de suas mensagens e transmitirá certa formalidade em sua comunicação. Não gere SPAM9! Resista e não encaminhe mensagens em massa, por mais tentadoras que elas sejam. Isto trará um certo desconforto às pessoas que fazem parte de sua rede de contatos. Ao criar suas contas de e-mail, evite usar apelidos bizarros ou esquisitos. Pode até ser engraçado para alguns momentos, mas, pense que você também irá usar sua conta para contactar empresas, encaminhar currículos, além de ser útil também nos compromissos do dia-a-dia. 9 Spam: O termo Spam é atribuído a mensagens eletrônicas não-solicitadas enviadas em massa.
  • 68. Sistemas Operacionais Atividade 1 1) Vamos criar uma conta de email. Utilize um dos serviços de email gratuito (Hotmail, Gmail ou Yahoo). Lembre-se das dicas aprendidas nesta aula! 2) Acesse sua conta de email e: a. mude o tema b. crie uma assinatura c. adicione 3 contatos de email dos colegas da sala 3) Envie por email, a atividade gravada em sua pasta na aula anterior para os 3 colegas. Anexe 2 Receitas Culinárias e 2 imagens de Pontos Turísticos. Atividade 2 Nos serviços de correio eletrônico é possível organizar seus email em pastas e criar regras ou filtros para direcionar as mensagens para pastas específicas. Dessa forma, para que sua conta fique mais organizada, faça: a) Crie uma pasta chamada CEDASPY. b) Utilizando o Hotmail clique em Opções > Mais opções > Regras para classificar novas mensagens. Clique no botão “Nova” e crie regras direcionando as mensagens dos 3 colegas que você adicionou para a pasta CEDASPY. Atividade 3
  • 69. Sistemas Operacionais 01) RECURSO UTILIZADO PARA PERSONALIZAR A APARÊNCIA DE SEU E-MAIL. 02) SERVIÇO DE E-MAIL NA INTERNET 03) SOFTWARE PARA NAVEGAÇÃO NA INTERNET 04) IDENTIFICA O SERVIDOR A QUAL O E-MAIL ESTÁ VINCULADO 05) MENSAGEM ELETRÔNICA NÃO SOLICITADA ENVIADA EM MASSA. 06) ENDEREÇO ELETRÔNICO Para Casa 1) O que é Correio Eletrônico? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 2) Quando surgiu este serviço? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 3) O que podemos enviar através desta ferramenta? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 4) Qual a diferença entre E-mail e Webmail? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 5) Existem duas contas de e-mail iguais? Por quê? ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ 6) Pesquise o nome de 10 serviços de e-mail gratuitos. ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________
  • 70. Sistemas Operacionais Aula 09 – Trabalhando com o Linux Conhecendo o Linux  Ambiente de Trabalho  Configurações  Aplicativos básicos  Navegação  Central de Programas Conhecendo o Linux Na aula 05 já estudamos sobre o Sistema Operacional Linux. Falamos sobre sua história e suas vantagens frente aos seus concorrentes.Agora iremos apresentar como você poderá acessar este Sistema através de uma Máquina Virtual. No exemplo abaixo, usamos a Máquina Virtual da Oracle,conhecido como Virtual Box, para acessar o Linux. Para isso, basta selecionarmos a distribuição e clicar nobotão Iniciar. Aguarde o carregamento do Sistema e comece a utilizar! O Cedaspy vem apostando fortemente na Distribuição Ubuntu para o conhecimento de nossos alunos. Além de ser um software organizado e confiável, apresenta uma interface gráfica amigável e atrativa.Apesar de usarmos tal distribuição como referência, seu professor també poderá apresetar outras distribuições, uma vez que é possível ter múltiplas versões utilizando uma máquina virtual. (ver exemplo na pág. 35) Oracle VM Virtual Box - exemplo de máquina virtual
  • 71. Sistemas Operacionais Linux Ubuntu Após acessar o Ubuntu pela Máquina Virtual, você poderá trabalhar com todos os recursos disponíveis pelo sistema operacional, como se estivesse acessando o programa em uma máquina comum. Aproveitamos neste momento para apresentar as facilidades que o programa possui e as possibilidades de poder utilizá- lo para muitas tarefas que trabalhamos com os outros sistemas operacionais, como o Microsoft Windows, por exemplo. Você pode poderá personalizar seu ambiente de trabalho toda a vez que achar necessário, substituindo o papel de parede, trocando a aparência das janelas como também suas cores. Ambiente Gráfico do Ubuntu 11.10
  • 72. Sistemas Operacionais Configurações Também é importante demonstrar que o Ambiente de Configuração do Linux é simples e acessível. Nele, você poderá ajustar suas preferências tais como: ajuste do mouse, teclado, contas de usuário, protetor de tela, data e hora entre outros. Um detalhe importante do Linux é que para que as configurações escolhidas possam entrar em vigor, será solicitada uma senha do administrador, isto evitará que outro usuário venha modificar suas preferências ou até mesmo comprometer a usabilidade do programa. Você pode notar que na imagem abaixo, vemos a barra de tarefas, que no Linux iremos chamar simplesmente de PaineL. Nele é vísivel o acesso aos programas instalados, locais das pastas e documentos do usuário, configurações do sistema, data e hora, mensagens, ambiente para troca de sessão ou usuário e ajuste de áudio. Ao acessar o item “Aplicativos”, aparecerá uma lista de programas que é possível utilizar no Linux, tais como: acessórios, aplicativos para escritório, gráficos, internet e recursos multimídia. No exemplo a seguir, trabalharemos com o BROffice Writer, Editor de Texto semelhante ao Microsoft Word.
  • 73. Sistemas Operacionais Neste programa, o usuário poderá criar diversos tipos de documentos, como cartas, currículos, trabalhos escolares, declarações, etc. Além de contar com recursos práticos de formatações que darão ao documento uma aparência mais profissional. Ainda compõe este pacote outros aplicativos úteis para muitas tarefas, tais como:  BrOffice Calc – Gerenciador de Planilhas Eletrônicas  BrOffice Draw – Editor de desenhos  BrOffice Impress – Editor de Apresentações Gráficas  BrOffice Math – Editor de fórmulas matemáticas  BrOffice Base – Gestor de base de dados Além destes aplicativos, existem diversos programas que utilizamos para Internet, como softwares navegadores e de mensagens instantâneas. Navegador Chromium da Google Navegador Firefox da Fundação Mozilla
  • 74. Sistemas Operacionais Acessórios do Linux O KolourPaint é um aplicativo de desenho que permite a edição e formatação de imagens de maneira atrativa. Caso você não encontre o aplicativo na lista dos programas, poderá adicioná-lo pela Central de Programas do Linux ou através do seu Gerenciador de Pacotes. No próximo capítulo você irá aprender como realizar esta tarefa. A Calculadora Outro elemento muito útil é a Calculadora. Está disponível em diferentes modelos, e você poderá utilizá-la de acordo com sua necessidade. Veja:  Modo Básica  Modo Avançada  Modo Financeira  Modo Programável Central de Programas Outro fato relevante do Linux é o de permitir que o próprio usuário tenha acesso a Central de Programas. Desta forma, é possível adicionar novos aplicativos a qualquer momento quefor necessário. Com este recurso é fácil Kolour Paint
  • 75. Sistemas Operacionais incrementar softwares gratuitos e aprovados por diversas autoridades que recomendam o Linux. Também é possível instalar os programas de acordo com a classificação que possuem, ou seja, os aplicativos geralmente são organizados em grupos conforme se vê na imagem abaixo: No exemplo que se segue, vamos instalar um aplicativo comum que certamente você vai gostar: AMSN – software de Mensagens Instantâneas. Depois de instalado, você terá acesso a todas as configurações do Software MSN da Microsoft, inclusive usando as mesmas credenciais. Vale lembrar que o exemplo citado é apenas um dos modelos de comunicadores instantâneos, mas como já citado anteriormente, existem vários desenvolvedores que criam diversos aplicativos semelhantes, dando opção de escolha ao usuário.
  • 76. Sistemas Operacionais Atividade 1 a) Através do programa Virtual Box, acesse o Sistema Operacional Linux Ubuntu. b) Mude o Tema do Ubuntu. c) Mude a barra de tarefas de lugar. Atividade 2 Na Internet, copie um texto sobre “O Sistema Operacional Linux Ubuntu”, cole no programa BrOffice Impress. Aplique formatações no texto, borda da página, capitulares no parágrafo e imagem. Salve em documentos. Atividade 3 No programa KolourPaint faça 3 desenhos livres e preencha com as cores de sua preferência. Se quiser, redesenhe as figuras que você criou na Aula 06. Atividade 4 1) Ative uma Proteção de Tela. 2) Além de jogos repetitivos como Paciência, o Ubuntu disponibiliza jogos que exercitam raciocínio lógico, cálculos e desafios como: Gbrainy, Mahjongg e Sudoku. Localize esses jogos e descubra como eles funcionam. Para casa Pesquise 5 Distribuições Linux e preencha as informações abaixo. Nome da Distribuição Empresa Responsável Ano de Criação Nome do Criador
  • 77. Sistemas Operacionais Aula 10 – Trabalhando com o Linux – Parte II  Gerenciando Arquivos com o Nautilus  Contas de Usuário  Adicionar e Remover Programas  Reprodução de áudio e vídeo Conhecendo o Nautilus O Linux possui um Gerenciador de Arquivos chamado Nautilus, que compermite aos usuários, organizar seus mais variados documentos, fotos, trabalhos, videos, ambiente de rede, entre outros arquivos e pastas. Para acessar, clique em Locais, e em seguida Computador. Observe que irá aparecer um ambiente semelhante à imagem abaixo: As tarefas realizadas neste Gerenciador são semelhantes ao Windows Explorer. É possível: copiar, colar, recortar, mover, excluir, restaurar e renomear arquivos e pastas.
  • 78. Sistemas Operacionais Criando pastas Ao Clicar com o botão direito do mouse dentro do Nautilus, aparece a opção Criar pasta. Você poderá adicionar nesta pasta seus arquivos ou até mesmos subpastas, de acordo com sua necessidade. Modos de Exibição Você pode ainda visualizar os arquivos em sua pasta de diferentes maneiras. Basta clicar na opção Zoom e adequá-lo à sua melhor escolha. Ao lado do Zoom, é possível escolher os modos de visualização: visão em ícones, em lista ou compacta. Visão ícones Visão Compacta Visão Lista
  • 79. Sistemas Operacionais Excluir e Restaurar objetos Ao excluir um arquivo, diferente de outros gerenciadores, o Nautilus não pergunta se você tem certeza desta ação. Apenas o envia para a Lixeira. Assim, se desejar, você poderá restaurar ou eliminar o arquivo definitivamente. Editando suas Preferências Para maiores ajustes, é possível personalizar suas preferências no Gerenciador Nautilus. Clique em Editar / Preferências e aproveite de todo o ambiente configurável. Veja algumas Guias interessantes: Guia Visões: é possível ajustar os modos de exibição de arquivos e pastas tal como na barra de ferramentas já visto no modelo acima. Guia Comportamentos: você pode optar por abrir um arquivo com duplo clique ou clique simples, além de escolher as opções de uso da Lixeira. Guia Exibir: é possível escolher como será identificado o arquivo, você poderá optar por tipo, data, tamanho, entre outras opções, de acordo com sua preferência.
  • 80. Sistemas Operacionais Contas de Usuario Para o bom uso do Computador, nada melhor do que privacidade. No Linux, é possível administrar contas de usuários e grupos de maneira fácil e prática. Desta forma, você poderá atribuir permissões e restrições quanto ao uso damáquina de acordo com as necessidades de cada perfil. Clique em Sistema, Administração e depois emUsuários e Grupos. Para cada usuário criado é importante que seja cadastrada uma senha a qual irá atribuir as tarefas executadas somente com a permissão do responsável pela conta. Um detalhe interessante é que, para criar um novo usuário, será solicitada a senha da conta que se está utilizando, geralmente a do administrador. Após este passo, é possível escolher todas as permissões do usuário, clicando em Configurações Avançadas. Após gerar o usuário, clique noícone , localizado no Painel de Tarefas, ao lado do nome de sua conta e escolha a opção “Alternar de”. Dessa forma, você poderá escolher outras contas para fazer acesso.
  • 81. Sistemas Operacionais Uma vez logado em sua conta, você é livre para personalizar seu ambiente de trabalho, como por exemplo alterando o papel de parede, padronizando o acesso aos programas instalados, configurando painel de tarefas, entre outras tarefas. Gerenciador de Pacotes Synaptic Para adicionar programas no Linux, basta acessar seu gerenciador de programas pelo menu Sistema / Administração / Gerenciador de Pacotes Synaptic. Você poderá pesquisar diretamente pelo nome do programa, e ao ser localizado, o gerenciador irá informar quais são os arquivos necessários para sua instalação e posterior utilização.Por se tratar de um ambiente de configuração, uma senha será solicitada toda vez que o programa for acessado. No exemplo que se segue vamos instalar o Kaffeine, um software reprodutor multimidia, tal como o Media Player do Windows. Basta clicar em Pesquisar e digitar pelo nome do aplicativo.
  • 82. Sistemas Operacionais Apesar de ser um programa utilizado para interface KDE, é possível instalar seus complementos para que rode perfeitamente no ambiente Gnome, do Ubuntu. Uma vez localizado o arquivo, clique 2 vezes na caixa de seleção, confirme a lista de complementos se porventura aparecer e confirme sua ação no botão Aplicar. Após concluir a instalação, o programa estará disponível para uso. O tempo que irá demorar para baixar o programa dependerá de sua conexão e do tamanho do arquivo solicitado. Além do Kaffeine o Linux também possui outros programas de áudio e vídeo, gravação de CD e DVD, basta acessar o menu Aplicativos / Multimídia e escolhe o aplicativo.
  • 83. Sistemas Operacionais Atividade 1 1) Através do programa Virtual Box, acesse o Sistema Operacional Linux Ubuntu. 2) Crie uma conta de usuário e acesse sua conta. Atividade 2 1) Acesse o Gerenciador de Arquivos Nautilus e crie a seguinte estrutura de pastas: 2) No site de busca, salvar 3 imagens referente aos Pontos Turísticos Internacionais Atividade 3 Acesse o Gerenciador de Pacotes Synaptic e instale o programa Kaffeine. Atividade 4 Utilizando a Central de Programas do Ubuntu, baixe e instale o AMSN. Entre com seu usuário e senha e envie uma mensagem instantânea para 2 colegas falando sobre o Ubuntu.
  • 84. Sistemas Operacionais Aula 11 – Periféricos  Conceito de periféricos  Principais periféricos  Configurando periféricos no Windows Perifericos Chamamos de Periféricos os dispositivos conectados ao computador que, enviam ou recebem dados da CPU. Cada periférico pode ter sua função distinta e, juntos, auxiliam nossas atividades, facilitando a comunicação do usuário com a máquina propriamente dita. Em geral, são classificados por dispositivos de Entrada e Saída, embora alguns possuam funções mistas, isto é, realizando a entrada como também a saída dos dados, como veremos logo em seguida. Perifericos de Entrada São dispositivos que transmitem informações do usuário para o computador. Veja alguns exemplo: mouse, teclado, scanner, microfone, leitor de código de barras. Teclado: um dispositivo muito útil na entrada de dados e que possui modelos diversificados e adequados aos diferentes tipos de computadores e necessiadades do usuários. Abaixo alguns modelos: Modelo de teclado para jogos Modelo de Teclado para Canhotos
  • 85. Sistemas Operacionais Mouse: dispositivo que facilita a ação do usuário com os aplicativos e suas interfaces gráficas. É utilizado na seleção, apontamento e arraste de arquivos e pastas, além de ser útil na edição de textos e no trabalho de tratamento de imagens. Modelo de Teclado Flexível Mouse Comum Mouse para Jogos Trackball Mouse Biométrico Modelo de Teclado Ergonômico
  • 86. Sistemas Operacionais Webcam: Periférico de entrada que captura imagens estáticas e em movimento. Utilizada para vídeo conferências. Scanner: dispositivo conhecido como digitalizador. Faz a captura de imagens impressas (foto, livros, documentos) através da decodificação de reflexos gerados por impulsos luminosos. Modeo de Scanner PortátilModelo de Scanner de Mesa Scanner c/ Alimentador de Folhas
  • 87. Sistemas Operacionais Perifericos de Saída Periféricos de Saída são aqueles dispositivos responsáveis pelo retorno de um dado processado, ou seja, eles mandam as informações da máquina para o usuário. São exemplos: monitor, impressora, caixa de som, projetor multimídia, entre outros. Monitor: Principal periférico de saída, exibe ao usuário as principais informações do sistema.Os principais tipos são: CRT, LCD Plasma, OLED. Impressora: dispositivo utilizado na transferência de uma informação em arquivo do tipo texto ou imagem. São muito utilizadas tanto nas empresas ou em ambiente domésticos como modelos de alta definição e qualidade, sendo referência na área de computação gráfica, por exemplo. Modelo de Monitor CRT Modelo de Monitor LCD Modelo de Monitor de Plasma Modelo de Monitor LED
  • 88. Sistemas Operacionais Impressora de Impacto: são modelos antigos de impressoras, nas quais o item “qualidade de impressão” não é o objetivo principal, todavia, são referências para impressões de baixo custo, como por exemplos na emissão de notas fiscais. Impressora de Jato de Tinta: utilizam um cartucho de tinta que vai de 3 à 30 ml. Algumas têm uma ótima qualidade de impressão quase se igualando às de Laser. São as impressoras mais utilizadas. Impressora a Laser: Se o assunto é qualidade, esta impressora é uma das melhores, além de serem econômicas. Seu método de impressão preferencial é em tipografia e funcionam de modo semelhante ao das fotocopiadoras. Impressora Térmica: são utilizadas em bancos ou empresas que imprimem notas fiscais ou extratos. Embora sua qualidade seja muito boa, com o tempo as informações impressas se perdem, devido o papel térmico utilizado se desbotar com facilidade. Modelo de Impressora Matricial Modelo de Impressora Jato de Tinta Modelo de Impressora Laser Modelo de Impressora Térmica
  • 89. Sistemas Operacionais Perifericos com Funçoes Mistas Estes dispositivos são caracterizados como Entrada e Saída de dados, por enviarem informações ao processador e devolvê-las também ao usuário final. São exemplos: monitor touch screen, lousa digital, modem, placas ou adaptadores (placa de rede e som). A lousa digital é um recurso que vêm revolucionando as salas de aula: é praticamente um computador, mas com uma tela de proporções grandes. A aula fica muito atrativa e os professores podem usar de recursos visuais de maneira que sua aula fique mais produtiva. O modem é um dispositivo utilizado na conexão com a Internet. Realiza um processo chamado modulação e demodulaçao de sinais, convertendo os mesmos do computador para internet e da Internet para o computador. As câmeras digitaisrevolucionaram o processo de captura de imagens, contribuindo para a popularização da fotografia ou da técnica cinematográfica digital. Modelo de Lousa Digital Exemplo de Modem Modelo de Máquina Digital
  • 90. Sistemas Operacionais Atualmente é comum um periférico substituir as funções de outros periféricos, como é o caso da Webcam, que vem acoplado captura de voz, desprezando o uso de um microfone. O mesmo ocorre com as impressoras multifuncionais, que além da impressão faz a digitalização das imagens, dispensando um scanner. Além dos periféricos citados anteriormente, existem dezenas de dispositivos que fazem a entrada e saída dos dados ao computador, no entanto seu professor irá orientá-lo, através de pesquisas, conhecer as novidades do mercado e as diferentes funções dos periféricos. Configurando Perifericos no Windows Com a Tecnologia Plug and Play (que quer dizer Ligar e Usar), não é necessário ao usuário instalar ou configurar alguns dispositivos manualmente. No entanto, se ao conectar um algum dispositivo ao computador e o mesmo não funcionar corretamente ou não iniciar o processo de instalação automático, você poderá acessar o Painel de Controle do Windows ou diretamente pelo menu Iniciar / Dispositivos e Impressoras, clique em Adicionar um dispositivo. Neste momento, o próprio Sistema Operacional irá procurar por novos componentes a serem instalados no computador e, uma vez encontrado, dará início a instalação.
  • 91. Sistemas Operacionais Atividade 1 1) Em um site de pesquisa, salve na sua pasta imagens de boa qualidade sobre Periféricos de Entrada, Periféricos de Saída e Periféricos Mistos. 2) Com o auxílio de seu professor, crie um álbum de fotografias usando um Software de Apresentação sobre os Periféricos. Identifique o nome e o preço de cada periférico. Atividade 2 1. São exemplos de periféricos que acumulam a função de entrada e saída de dados: I) Modem a) As respostas I e II estão corretas II) Monitor Touch Screen b) As respostas III e IV estão corretas III) Teclado c) As respostas I e III estão corretas IV) Scanner d) As respostas III e V estão corretas V) Monitor Atividade 3 – Faça o Caça-Palavras:
  • 92. Sistemas Operacionais Para casa: Pesquise a História dos periféricos abaixo detalhando Nome do Criador, ano de criação e a sua aplicação no dia a dia. a. Mouse _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ b. Leitor de Código de Brarras _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ c. Monitor LCD _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ d. Impressora Matricial _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ e. Scanner de Mão _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ f. TrackBall _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________
  • 93. Sistemas Operacionais Aula 12 – Memórias  O que são Memórias  Classificação  Memórias Auxiliares Memorias A memória do computador possui função de armazenamento de dados. Desta forma, a mesma trabalha em sincronismo com o processador, guardando os dados que serão transformados em informações úteis ao usuário. Em geral, a memória pode armazenar dados tanto temporariamente como permanentemente, e para cada situação há um modelo apropriado. Memoria RAM Esta memória, também conhecida como Memória Principal, é o dispositivo de armazenamento mais utilizado no computador, iniciando suas funções a partir do momento que o mesmo é ligado. A Memória RAM – Random Access Memory – ou simplesmente Memória de Acesso Randômico, possui a característica de ser volátil, isto é, depende de energia para armazenar dados. Desta forma, toda a vez que o computador é desligado, as informações contidas nela desaparecem, forçando ao usuário armazenar suas informações importantes em memórias secundárias. Outra característica relevante é a velocidade de armazenamento, o que ao passar dos anos vem se tornando cada vez mais rápidas e com capacidade de armanezamento razoável, deixando o computador mais veloz e com ótimo desempenho.
  • 94. Sistemas Operacionais No módulo de Manutenção e Configuração de Micros serão abordados detalhes técnicos desta memória, como frequência, armazenamento e os modelos mais utilizados no mercado. Aguarde! Memoria ROM Esta memória, também conhecida por Memória Somente Leitura (Read Only Memory), possui forma de armazenamento permanente, de maneira que são utilizadas durante a gravação de informações úteis para o funcionamento dos dispositivos conectados no computador, feitas pelo fabricante do mesmo. Por ser somente leitura, é vedada ao usuário gravar as informações pessoais ou de qualquer necessidade. Já para o funcionamento da máquina é importante que estejam gravadas todas as informações relevantes à sua inicialização. Desta forma, quando o computador é desligado, os dados gravados nesta memória não se perdem e, ao ser ligado novamente, as rotinas de inicialização da máquina entram em funcionamento, uma vez que o próprio fabricante já deixou as instruções de carregamento dos arquivos, bem como os teste de dispositivos físicios pré-configurados, bastando apenas inicialização da máquina e o suporte ao Sistema Operacional. Memorias Auxiliares Estas memórias desempenham funções importantes ao usuário quanto ao armazenamento de informações pessoais e arquivos diversos: documentos, fotos, músicas, vídeos entre outros. Além destas funções, também armazenam o próprio Sistema Operacional, como é o caso do disco rígido. Abaixo alguns exemplos de memória secundárias, como também são conhecidas: