Fevereiro de 2016Fundado em Janeiro de 1972 - Ano XLIV Nº 527
DEZEMBRO DE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA02
Orientador: Pe. Gilberto
Escarati, mSC
Redatores: Carlos Silveira,
Claudia Moreira...
FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA03
Missas na Matriz:
Domingos: às 7h, 9h, 11h, 18h e 20h.
Segunda-feira: Missa da Esp...
JaneiroDE2014 NOVOSHORIZONTESPÁGINA04FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA04
Missa São Paulo
No Coração de Jesus
CURSODAC...
DEZEMBRO DE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA05FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA05
NH: Como surgiu a vocação
e qual a expecta...
FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA06
Sebastião, o padroeiro do Rio
Durante treze dias, a
imagem missionária de
São Seba...
FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA07
O mártir São Sebastião, que morreu por amor e
fidelidade a Cristo, é venerado por...
DEZembrODE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA08FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA08
Por: Claudia Moreira
CATECRIANDO
NOVOSHORIZONTESPÁGINA09FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA09
O carnaval bate a nossa porta esse ano
um pouco mais cedo. ...
DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DE FEVEREIRO
- ADILEIA GOMES AFFONSO
- SUZANA COSTA TONASSI
- DIONE MIRANDA DA ROCHA
- IVETE MA...
PÁGINA11DEZembrODE2013feverEIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA11
Comunidade Paroquial da Praça
Seca conta sua História
1952-...
PÁGINA12 NOVOSHORIZONTESfeverEIRODE2016
O que
acontecerá?
A partir do dia 14 de fevereiro, teremos
um novo horário de miss...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016

390 visualizações

Publicada em

Jornal Paroquial Novos Horizontes, pertencente a Paroquia de Nossa Senhora do Sagrado Coração, e distribuído gratuitamente no primeiro domingo de cada mês, após as Missas dominicais. .

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
117
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Novos horizontes ed. fevereiro 2016

  1. 1. Fevereiro de 2016Fundado em Janeiro de 1972 - Ano XLIV Nº 527
  2. 2. DEZEMBRO DE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA02 Orientador: Pe. Gilberto Escarati, mSC Redatores: Carlos Silveira, Claudia Moreira, Marli Jordão, Diácono Jatobá, Diácono João Walterfang, Sergio de Queiroz, Virgínia Lopes. Fotografia: Anderson Lucena e colaboradores Pascom Revisão: Maria Clara Editoração e Diagramação: Bruno Tortorella Site: http://paroquianssc. wordpress.com E-mail: paroquianssc@gmail. com Anúncio: Secretaria Paroquial Administração: Rua Barão, 807, Praça Seca - Jacarepaguá- RJ. Tel.: (21) 2452-5188 Impressão Gráfica: Newstec Tel: (21) 3552-0580 Expediente FEVEREIroDE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA02 A palavra quaresma, quadragé- sima, quarenta dias é um número simbólico. Quarenta anos levou o povo de Israel para atravessar o de- serto, quarenta dias Jesus ficou na montanha rezando e jejuando. Qua- renta é um número que parece indi- car certa prolongação. Um dia, dois dias são períodos curtos, quarenta é para mostrar que nós precisamos da lentidão do tempo. Quaresma é um tempo necessário para se fazer uma experiência com Deus. É um tempo de graça, de salvação, de mudança de vida. É tempo da reconciliação, que significa derrubarmos os muros que nos isola e entristece. É um mo- mento de revisão, de “passar a vida a limpo”, tirando-a do “rascunho”. O tempo da Quaresma é para nós cristãos tempo privilegiado para re- tomar o ritmo da marcha, esvaziar nossas mochilas do supérfluo, rea- bastecer-nos do essencial, retomar as metas discernidas e assumidas diante de Deus. É Jesus mesmo que vai à nossa frente, que nos abre um caminho novo, orientado pela so- lidariedade com os mais sofridos, pela partilha do nosso ser e ter, por um amor incondicional e gratuito. É Ele que se faz solidário em nossas dores e alegrias, pacificando o nos- so interior e revelando o amor do Pe. Gilberto Escarati, mSC Quaresma: tempo de mudança de vida Editorial coração misericordioso de Deus. Na liturgia da quarta-feira de cin- zas encontramos elementos que nos fazem mergulhar profundamente neste tempo quaresmal. O profeta Joel nos diz que é tempo de rasgar o coração e não as vestes, e voltar- se para o Senhor (Jl 2, 13). O profeta convoca a reflexão sobre a catástro- fe da praga dos gafanhotos. Convida toda a comunidade a cuidar da terra devastada, arrependendo-se, cla- mando a Deus por ajuda. No evangelho de Mateus encon- tramos através das atitudes quares- mais um programa de retomada da vida (Mt 6, 1-6. 16-18). A esmola é abrir o coração para os pobres de Deus. A maior esmola que posso dar é o meu tempo, a minha acolhi- da, o meu amor. Na oração, somos chamados a entrar na profundidade de si mesmo. É encontrar Deus no mais profundo, mergulhando em seu silêncio. A penitência neste caso é: “calar para Deus falar.” No jejum, somos desafiados a capacidade do autodomínio, libertando-nos da fe- bre do consumismo. Jejuando dos nossos caprichos, de tudo aquilo que impede que nós sejamos para o outro. Desejo a todos um tempo Santo, de conversão e de mudança de vida. Visita em Dose Dupla A festa do Batismo do Senhor, no último dia 10 de janeiro, foi abrilhantada por duas visitas ilustres em nossa comunidade. Padre Átila, que já atuou em nossa paróquia, celebrou a Missa das 20h. A mesma Eucaristia também recebeu a presença de duas jovens que foram acolhidas em nossa paró- quia durante a Jornada Mundial da Juventude, em 2013, e voltaram para visitar a família que as receberam. O Conselho Nacional de Igre- jas Cristãs do Brasil (Conic) publicou o texto-base da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) de 2016, que será rea- lizada em parceria com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o objetivo de “assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, à luz da fé, por políticas públicas e atitudes res- ponsáveis que garantam a integridade e o futuro de nossa Casa Comum”. Pela quarta vez, a Campanha da Fra- ternidade é realizada de forma ecumê- nica. O CONIC é composto pela a Igreja Católica Apostólica Romana; A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil; A Igreja Episcopal Anglicana do Brasil; A Igreja Presbiteriana Unida do Brasil; e A Igreja Sirian Ortodoxo de An- tioquia. O tema escolhido para a reflexão é “Casa comum, nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5.24). A proposta está em sintonia com a En- cíclica do papa Francisco, “Laudato Si”. As reflexões sobre o saneamento básico contidas no texto-base de- monstram que esse é um direito hu- mano fundamental e, como todos os outros direitos, requer a união de esforços entre sociedade civil e poder público no planejamento e na prestação de serviços e de cuidados. Entre os principais objetivos es- pecíficos da Campanha da Frater- nidade 2016, definidos pelo CONIC, estão: 1) Unir Igrejas, diferentes expres- sões religiosas e pessoas de boa vontade na promoção da justiça e do direito ao saneamento básico; 2) Estimular o conhecimento da realidade local em relação aos servi- ços de saneamento básico; 3) Incentivar o consumo responsá- vel dos dons da natureza, principal- mente da água; 4) Apoiar e incentivar os municí- pios para que elaborem e executem o seu Plano de Saneamento Básico; Que essa CFE fortaleça a fé e a es- perança de uma Casa Comum, em que o direito brote como fonte e a justiça qual riacho que não seca!" "Casa comum, nossa responsabilidade" Site Conic
  3. 3. FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA03 Missas na Matriz: Domingos: às 7h, 9h, 11h, 18h e 20h. Segunda-feira: Missa da Esperança, às 19h15. Terça-feira: Celebração da Palavra, às 19h15. Quarta-feira: Missa às 19h15 e, após, Terço dos Homens. Quinta e sexta-feira às 19h15 Todos os sábados, às 18h, Missa no Repouso Santa Maria, Rua Japurá, 555. - Atendimento Secretaria Paroquial: De segunda a sexta-feira, de 8h às 20h. Sábados, das 8h às 12h. - Inscrições para o Batismo: 1º domingo, às 8h. - Confissões e Aconselhamentos: Quinta e sexta-feira, marcando antes na secretaria. *Comunidade São José Operário: às 8h, no 1º, 3º e 5º domingo de cada mês; * Comunidade São Paulo Apóstolo: às 10h, no 1º, 3º e 5º domingo de cada mês, e aos sábados, às 18h. Toda 1ª quinta-feira, Adoração ao Santíssimo, às 18h30, e Missa às 19h30; * Comunidade N. Sra Imaculada Conceição: às 8h, no 2º, 4º e 5º domingo de cada mês, e Missa da Misericórdia na 1º sexta feira do mês, iniciando com Hora Santa, Terço e Adoração Eucarística, às 18h; * Comunidade São Francisco de Assis: às 10h, no 2º e 4º domingo de cada mês; * Comunidade Divino Espirito Santo: às 12h, no 2º e 4º domingo de cada mês; * Comunidade Santa Rosa de Lima: missa às 19h, na 3ª sexta feira de cada mês * Comunidade N. Sra das Graças: missa às 19h, no 3º sábado de cada mês 18 anos de serviço No dia 10 de janeiro, data em que a Igreja celebrou a festa do Batismo do Senhor, nossa comunidade se reuniu também para comemorar os 18 anos de Ordenação Sacerdotal do padre Gilberto Escarati, mSC. A missa festiva ocorreu às 9h da manhã e foi concelebrada por padre Átila Latini, que foi o primeiro formador de nosso atual pároco. Ao final da celebração, os paroquianos presentearam padre Gilberto com uma linda estola. Ele agradeceu e pediu para que rezássemos por sua fidelidade e entusiasmo missionário. Depois, ainda houve um almoço festivo preparado com muito carinho, no pátio da Igreja Matriz. Todos nós necessitamos de meta na vida de um valor supremo que dirija a sua visão e ação no mundo. Em outras palavras, o homem não é Deus, e só se sente bem quando serve a um Deus, buscando nele proteção, confiança e solu- ção para os inúmeros problemas que encontra. Esse é o tesouro que todo mundo busca, para se entregar a Ele completamente (Mt. 6, 19-24). Se a luz que nos guia é trevas, vivemos na tre- va. Se o nosso olho está doente, veremos tudo torto. A verdadeira luz ajuda a enxergar a reali- dade, viver e agir de acordo. O olho sadio faz ver e compreender que a acumulação de dinheiro só gera injustiças. A luz e o olho sadio fazem ver que somente a partilha igualitária produz justiça e igualdade, expulsando a ambição e a cobiça, que reduzem o povo à escravidão e à miséria. Portanto, aí está a nossa escolha fundamental: ou Deus ou o dinheiro. Ou Deus é o nosso proje- to,emquetodospoderãoterliberdadeevida;ou é o dinheiro acumulado, a riqueza, que só é pos- sível graças a distribuição desigual e injusta dos Evangelho de Mateus bens. Ou o Deus vivo, ou o ídolo da riqueza. Não há como ter os pés em dois barcos. Ao desespero dos pobres o Evangelho con- trapõe os pássaros e os lírios. Ambos são o que são, graças a Deus e à sua providência. E aqui vem o contraste: o ser humano é muito mais que um pássaro e que um lírio. Poderia ser um escândalo de beleza e felicidade, mas não é. Só há um modo de eliminar completamente os problemas dos pobres: “Em primeiro lugar busquem o Reino de Deus e a sua justiça e Deus dará a vocês, em acréscimo, todas essas coisas” (Mt. 6,33). Enquanto não lutarmos para que haja justiça, ficaremos apenas fazendo buraco na água. Pássaro é um pássaro, lírio é um lírio e o ser humano deve ser realmente humano, isto é, fei- to à imagem e semelhança de Deus. Quando ele descobrir que o Reino da Justiça é o que ele e Deus desejam, então aprenderá que pode con- fiar inteiramente em Deus e no Seu projeto. O amanhã será muito melhor se tivermos lu- tado hoje pela justiça que Deus quer e nós to- dos também. Marli Jordão Expediente Paroquial Missas nas Comunidades:
  4. 4. JaneiroDE2014 NOVOSHORIZONTESPÁGINA04FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA04 Missa São Paulo No Coração de Jesus CURSODACF2016 De 10 a 17 de janeiro, seminaristas, padres e leigos Missionários do Sagrado Coração participaram de uma semana de evangelização na Paróquia Santa Rita de Cássia, na periferia de Goiás. A Igreja é a mais recente missão inaugurada pelos mSC. Nesse período, os missionários visitaram casas, conversaram com moradores e levaram a palavra de Deus aos mais pobres e excluídos. "Casa Comum, nossa responsabilidade". Diante do tema da Campanha da Fraternidade de 2016, nossa paróquia organizou um curso, no último dia 30 de janeiro, para refletir sobre os objetivos e ações da CF. A campanha ecumênica deste ano traz como lema: "Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca" (Am 5,24). Nosso pároco, padre Gilberto, mSC conduziu o encontro e explicou o que a Igreja pretende ao propor esse tema. No dia 25 de janeiro, a Comunidade São Paulo Apóstolo festejou a conversão de seu padroeiro. A Missa festiva também teve como intenção de Ação de Graças os 49 anos de fundação da capela e o envio e bênção do jovem Edson Bastos, atuante na comunidade e que neste ano de 2016 dará início a sua caminhada vocacional. Durante a Santa Missa, presidida por Padre Gilberto Escarati,mSC e concelebrada por Diacono André Jatobá, a comunidade entre- gou uma mala com o enxoval para o agora seminarista Edson, num momento de muita emoção. Ao término da missa, teve bolo de parabéns para a comunidade.
  5. 5. DEZEMBRO DE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA05FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA05 NH: Como surgiu a vocação e qual a expectativa de vocês para este ano? Edson Bastos: Não é uma vontade antiga, surgiu recentemente, algo sem explicação, na Romaria de N. S. Do Sagrado Coração, no ano passado, quando duas senhoras perguntaram se eu era seminarista. Eu disse que não, mas elas disseram que eu seria padre. Senti como se Deus tivesse esquentando meu coração. Na mesma semana, recebi um convite para fazer um encontro vocacional e hoje está se cumprindo tudo o que eu ouvi da boca das pessoas. A expectativa é muito grande, porque é meu primeiro ano de seminário e tudo é novo, mas estou muito feliz. Agradeço a todos pelas orações. Nossa paróquia que sempre foi celeiro de vocações, mas que recentemente estavam adormecidas, começa o ano de 2016 suscitando jovens para uma caminhada de discernimento vocacional. Edson Bastos, Yves Leite e Pedro Henrique vão para o Seminário dos mSC em Vila Velha, para o Seminário dos Franciscanos em Santa Catarina, e para o Seminário Arquidiocesano Rainha dos Apóstolos, respectivamente. Veja o que eles nos contaram sobre esse momento especial. COM A PALAVRA COMUNIDADE S e contar ninguém acredita, o país se trans- formou em uma grande mentira, ninguém acredita em ninguém, o brasileiro vive desconfiado, não importa a origem ou a formação de quem fala, todos faltam com a ver- dade. Virou moda muitos afirmarem não saber de nada, que não viram nada, e o mais absurdo, ten- tam nos convencer de que nada aconteceu, mesmo sabendo que aquele fato é verídico. Nosso dia a dia foi transformado nos interesses políticos calcado nas grandes mentiras. Durante toda propaganda eleitoral, políticos pro- meteram que a inflação e os impostos que hoje in- cidem sobre os preços não aconteceriam. No Rio, a mídia veiculou vídeos que mostram assaltos no Centro da cidade, mesmo assim as autoridades afirmavam estar tudo sobre controle. A saúde é um caos seja no município, no estado ou no governo federal. As pessoas chegam aos hospitais e não há profissionais, nem remédios, e falta até leitos. Na “Pátria Educadora”, slogan usado pelo governo para Virginia Lopes e Carlos Silveira definir a educação no país, os alunos e professores sofrem com a falta de apoio e estrutura nas escolas. Hoje, todas essas medidas não são mais necessá- rias. Nos vários jornais da cidade, o mesmo acon- tecimento tem notícias diferentes, truncadas ou não. Tudo que é dito devemos desconfiar, conferir e filtrar, mais cedo ou mais tarde a verdade vem à tona. Há tempo o povo ouve, vê e sente, sabe que está sendo enganado, sentimo-nos abando- nados sem ter a quem recorrer, causando uma sensação de impotência, você sabe que não é verdade. É como aquela criança que relata um fato a um adulto e ele diz que isso não aconteceu, fique quietinho no seu canto. O indivíduo mente tanto que já acredita, e acha que você também acredita. Em momento algum “os mentirosos” obser- vam o resultado dessas ações achando que logo tudo estará esquecido, só restando na população indignação, mas, esse compor- tamento está mudando, e as redes sociais estão aí para relembrar. Chegou a hora de questionar e cobrar a veraci- dade das coisas. Com a velocidade que as notícias circulam, as mentiras são descobertas em tempo real. O que necessitamos mesmo é de respeito, a ética que resultará em uma justiça verdadeira não só dos homes, mas também na divina. O BRASIL E O SEU LONGO NARIZ Yves Leite: Pode-se dizer que minha vocação começou com as orações de meus avós, que rezavam muito pelas vocações. Mas vivi sem pensar nessa hipótese, até que com 23 anos, devido a uma enfermidade, tive que me afastar do esporte e voltei a frequentar as missas. Minha mãe sempre foi muito devota de São Francisco de Assis e num filme que ela comprou sobre ele pensei na mesma hora: "Esse cara é feliz com tão pouco. É isso que quero fazer. Simplesmente ser feliz como ele". O resto Deus é quem fez. Eu simplesmente disse sim, e devo muito a minha família pelo apoio a esse sim, pois sem eles é provável que não daria esse passo. Pedro Henrique: Percebi junto ao povo, inicialmente com a vivência em minha paróquia e as atividades pastorais que exerci. Desse modo, eu sentia que o Senhor me chamava a caminhar mais de perto e comecei a frequentar encontros de Discernimento Vocacional. Minha expectativa é responder a esse chamado a cada dia, junto dos meus irmãos, na oração, nos estudos e nos trabalhos diários. São João Paulo II disse que “a verdadeira resposta a toda vocação é obra do amor”. É por amor a Deus, a sua Igreja e aos irmãos e irmãs que me entrego e abraço a vontade de Deus. Sempre peço a Ele que realize em minha vida a Sua Vontade e não a minha.
  6. 6. FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA06 Sebastião, o padroeiro do Rio Durante treze dias, a imagem missionária de São Sebastião, padroeiro de nossa cidade, percorreu hospitais, instituições de caridade, capelas, paróquias, instituições militares, do governo, além de presídios e regiões dominadas pelo tráfico de drogas. Foram dias marcados por momentos de fé, devoção e muita emoção. O tema da trezena deste ano, “São Sebastião, anunciador da misericórdia de Deus”, procurou refletir sobre o Ano Santo da Misericórdia, aberto no início de Dezembro, no Vaticano. Fotos: Gustavo Oliveira (ArqRio) A comitiva com a imagem peregrina de São Sebastião visitou o INCA, a praia do Leblon, bairros da zona oeste e comunidades carentes da cidade, levando esperança e amor a pobres, excluídos e enfermos Dom Orani cumprimenta moradores no morro do Cantagalo
  7. 7. FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA07 O mártir São Sebastião, que morreu por amor e fidelidade a Cristo, é venerado por moradores e fiéis Padre Luiz Deyvis, que celebrou a missa de São Sebastião pela manhã, abençoa uma moradora durante a procissão pelas ruas da Praça Seca Sebastião, o padroeiro do Rio
  8. 8. DEZembrODE2013 NOVOSHORIZONTESPÁGINA08FEVEREIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA08 Por: Claudia Moreira CATECRIANDO
  9. 9. NOVOSHORIZONTESPÁGINA09FEVEREIRODE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA09 O carnaval bate a nossa porta esse ano um pouco mais cedo. Lembro-me bem daquela música carnavalesca, que, com certeza, vai fazer parte da minha vida em 2016. E ela diz: “Este ano não vai ser igual àquele que passou”. Esta vai ser a minha meta: nada de aborre- cimentos, nada de contrariedades; escutar e ficar calado. Ainda mais por assuntos que não vão influir em nada na minha vida. Acaba- ram-se as opiniões. Estou farto de respostas que viram perguntas e também estou muito velho pra ficar caindo em ciladas. Não vou me preocupar com coisas que a meu ver não es- tão certas, pois cada um tem a sua verdade. O grande pensador Friedrich Nietzsche diz com muita propriedade: “Não há fatos, como não há verdades absolutas”. Também não vou mais participar de eventos cujas pessoas bus- cam sua autoprojeção. Pretendo continuar mexendo com a memória da Paróquia e fa- zendo o que mais gosto, que é cantar. Crônica do Mês Este ano não vai ser igual àquele que passou Os números da minha vida estão crescen- do, principalmente os da idade e o do ca- samento; portanto, quero tentar viver da melhor forma possível. O Detran há muito não acredita na minha saúde, pois só renova minha carteira por três anos; meu plano de saúde me cobra tanto que daria pra trocar de carro todo ano. E o imposto de renda não dá um refresco, pelo contrário, as alíquotas crescem sempre. Fui aconselhado a arrumar um cachorrinho, isso, naturalmente, por acharem que preciso de um amigo fiel, então respondi: não posso arrumar compromisso por mais de dez anos. Politicamente falando, também acredito que este ano não vai ser igual àquele que passou. Faço votos e tenho certeza de que, não só a verdade como também a democra- cia prevalecerão. Sem golpes. Sérgio de Queiroz Adeus, missionário Faleceu no dia 21 de janeiro padre José Turkenburg, mSC aos 87 anos. O sacerdote, que já passou por nossa paróquia, estava morando em Juiz de Fora. A Missa de corpo presente foi presidida pelo Pe. Gilberto Escarati, mSC e concelebrada por alguns pa- dres missionários, no dia 22. Padre José foi sepultado no cemitério dos Missionários do Sagrado Coração, que também fica em Juiz de Fora. Que o Senhor receba com alegria este missionário do amor! de 360 m², na Estrada do Morro Grande, em Araruama, Região dos Lagos. A 15 minutos de carro do Centro da cidade! R$ 40 mil. Aceito Oferta. Contatos: (022) 999998792 (022) 88215795 VENDO TERRENO • Aldeia das Águas - Park Resort - Barra do Piraí - Dia 28/02. Horário: 6h. Retorno: 17h30. • Hotel Fazenda Vale da Mantiqueira - Virgínia-MG - Dias 15,16 e 17 de julho de 2016. Ponto de encontro: Em frente ao HSBC da Praça Seca. Preços Variados. Parcelamento garantido! Maiores informações: 3340-0227 - 7757-6748 - 99448-0917 - 99454-2196 Excursões
  10. 10. DIZIMISTAS ANIVERSARIANTES DE FEVEREIRO - ADILEIA GOMES AFFONSO - SUZANA COSTA TONASSI - DIONE MIRANDA DA ROCHA - IVETE MARIA PEREZ BOMILHA - ADRIANA DOMINGUES DIAS DO NASCIMENTO - ANA BEATRIZ FERREIRA RIBEIRO - ANDERSON FELIPE NASCIMENTO DUQYE - BERNARDO N. SOUSA DOS SANTOS - MAGDA SAMPAIO BARRETO - TEREZA CRISTINA MORAES RIBEIRO - FRANCISCO DE ASSIS FERREIRA BRITTES - JOSÉ DA SILVA FILHO - MOARCIR SILVESTRE FRANCISCO - HERALDO BATISTA FRAGA - MARIS STELAALONSO RODRIGUES - VIRGINA MACEDO RODRIGUES DE SOUZA - CICERA PEREIRA COSTA PIRES - DEISE FARIA DENOZOR - ESPEDITO BARBOSA DA SILVA - LILIAN DE MOURA FERNANDES - MARIANA CALAZANS DE ANDRADE - TÂNIA REGINA E. BANDEIRA DE MELO - CARLOS MANOEL SILVEIRA DA SILVA - FERNANDO JORGE NUNES GOUVEIA - GLÓRIA PEREIRA DE OLIVEIRA - IRIS MENDES DE SOUZA - JANETE CRISTINA SERRA NICOLELLA - MARIANA BRESCIANE SIMOES GONÇALVES - MIRIS MENDES DE SOUZA - MARCELO FERREIRA DA CRUZ - ROBERTO CESAR ARAUJO SILVA - SUZANE SALVADOR MONINAS DE ARAUJO - ELIZABETH DE LIMA MELO - JOÃO ALFREDO LOURENÇO - MARIA DA CONCEIÇÃO ANASTACIA - MARIA JOSE M. DE OLIVIERA - MÔNICA XAVIER DOS SANTOS LEÃO - JOSÉ BELISIO DA SILVA - MARIA SOLANGE SOUZA CORREIA - ALZIRA JOVELINA DE SOUZA PÁGINA10 NOVOSHORIZONTESDEZembrODE2013feverEIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA10 - BRUNO GUILHERME TORTORELLA - CREUZA SOUZA DE OLIVEIRA - JOÃO LUIS DE SOUZA LOURENZO - TÂNIA MARIA DA SILVA FREITAS - NEUSILANE DIAS FERNANDES - VERA LUCIA GOMES SYLVEIRA - CARMEN LUCIA DE M. CROCAMO - CLÉA RODRIGUES DE OLIVEIRA - FERNANDA DIAS SILVA MELO - FERNANDO HENRIQUES CANCELA - SÔNIA NUNES DA SILVA - JOSÉ DE OLIVEIRA BRIGOLINI - ROSANE LOPES LAURIA - ADELIA CECILIA LOPES MACHADO - CLECIUS DE OLIVEIRA - JACKSON ALVES DANTAS DE QUEIROZ - JOÃO GABRIEL MELO MARTINS GOMES - RAIMUNDA CAMELO COSTA - SUELI DIAS CORREIA - JOÃO ALEXANDRE DA SILVAA.CANUTO - ELISAAURORA DOS SANTOS - GERALDO BORGES - JULIONAR REIS DOS SANTOS - RICARDO VELASCO DOS SANTOS - CLAUDIO MATTZA FIGUEIREDO - IONO VARELLA D. MARTINS RIBEIRO - JOÃO ANANIAS LIMA WALTERFANG - JOSÉ FRAZÃO DE SOUSA FILHO - JOSEFA DA ROCHA VENTURA - ALZENIRA F. A. ARAUJO - CÉLIO DA SILVA BARROS - ELIANAAPOLONIO DOS SANTOS - MARIA JOSÉ DE OLIVEIRA RESENDE - ZULEIKA DA CUNHA DIAS - CLEIDE DE OLIVIERA SILVA - HORTENCIAABREU RODRIGUES - THELMA LUCIA O. ALBERNAZ - ANTONIA LIANA N. SILVA - MARIA CÂNDIDAANTONIA - ANA MARIA HOLLANDA O. LIMA - ALIANE ASSUNÇÃO - MARIA ELIZABETH HOLLANDA DE OLIVIERA SILVA - MARLENE MORGADO SOARES - MAURO RITINS GONÇALVES VALERIO - ANGELA SANTORO LOPES - IDALINA COPELO - JOSÉ BOA VENTURA - MARIADACONCEIÇÃO DIAS PORTUGAL - JAVIER EDUARDO ORMACHES DURAN - LUIZ PAULO DA CRUZ - ORNELINA L. MAIA - ALZIRA SILVA LEITE - DORACY AQUINO DE ANDRADE - JOANA SUEVO - LUIZ FELIPE PEREIRA DANIEL - MARIA HELOISA DOS SANTOS - MARIA REGINA CORREA DE MORAES - NILDA MACHADO DA SILVA - RUBENI MARCO BARBOSA - CIDALIA DA SILVA HENRIQUES - EVERLYN NASCIMENTO RODRIGUES - KATIA DE ALMEIDA S. MAGALHAES - MAGALY GUEDES DOS SANTOS - NEY DE MENDES - WANDA VILHENA MOTTA - JOSÉ MARTINS DE SOUSA - MARIA DE FATIMAALVES DA SILVA - NEUSA SALLES DO NASCIMENTO - SAULO HENRIQUES BARROS - SEVERINA DE AGUIAR LIMA - ERIC NASCIMENTO BARBOSA DA SILVA “Contribuindo com o dízimo, estamos permitindo que o Corpo de Cristo seja cada vez participado.” (1Cor 12)
  11. 11. PÁGINA11DEZembrODE2013feverEIRO DE2016 NOVOSHORIZONTESPÁGINA11 Comunidade Paroquial da Praça Seca conta sua História 1952- Foi construído um galpão, nos fundos da Matriz, que serviria como o primeiro Salão Paroquial. Ali, além das recreações, funcio- nou a Escola Noturna de Alfabetização. 1953 – Uma bela procissão levou, no dia 21 de maio, a imagem peregrina de Nossa Se- nhora de Fátima, que visitou a paróquia, até a Paróquia de São Luiz Gonzaga, em Madureira. As Bandeiras das Associações, Irmandades e Congregações da Paróquia abriam a procis- são, tendo à frente a Pia União das Filhas de Maria. Nesse ano, foi iniciada uma campanha para a construção da nova Matriz e apresentada a planta à Arquidiocese, que a aprovou. 1954 - Chegaram da Holanda três novos pa- dres Missionários do Sagrado Coração: Pe. João Batista Cuypers, Pe. Sipke Dauma e Pe. Pedro Smout. Na foto, da esquerda para a di- reita: Pe. João, msc, Pe. Adriano, msc, Dom Jaime de Barros Câmara – Arcebispo do Rio de Janeiro – Pe. Alexandre Verlaar, msc (vigá- rio paroquial) e Pe. Cipriano, msc. Os padres holandeses recebiam as notícias de sua pátria através dos jornais que chega- vam da Holanda. Essa leitura devia ser um momento de muito prazer para aqueles ho- mens de Deus em terras tão distantes das suas. Ainda em 1954, intensificou-se a Campanha das Obras para a nova Matriz. Nosso primeiro pároco, Pe. Jerônimo, msc, seguiu para uma nova missão na Paróquia Nossa Senhora do Terço, na Diocese de Campos, no dia 10 de outubro, deixando saudades. Lygia Maria Ribeiro - Espaço de Memória Pe. Jerônimo Vermin, mSC Parte V — Anos 50: Salão Paroquial, procissão e chegada dos padres e despedida do primeiro pároco RAPIDINHAS INSCRIÇÕES PRÉ-VESTIBULAR INSCRIÇÕES EPVM O Pré-Vestibular Comunitário Ganga Zumba está com as inscrições abertas para a turma de 2016! As inscrições ocorrerão nos dias 25, 26, 27, 28 de Janeiro, das 17 às 20h, na sala do Pré-Vestibular, próximo à livraria de nossa paróquia. Documentos necessários para matrícula (cópias): Documento de identidade com foto (R.G ou Carteira Profissional) e CPF; Certificado de conclusão do Ensino Médio ou declaração de cursando; Comprovante de renda do candidato e das pessoas que residam na mesma casa; Última conta de energia elétrica (dezembro/2015); duas fotos 3x4; R$10,00 como taxa de inscrição e o valor da mensalidade, que é de R$ 60,00 por mês. No ato da inscrição, o candidato a vaga fará uma prova, que não terá caráter eli- minatório. As aulas iniciarão no dia 15 de fevereiro de 2016. Em caso de dúvidas, favor entrar em contato através dos telefones 3091-1414, das 9 às 21h, de segunda à sexta-feira. Já estão abertas as inscrições para o EPVM (Encontro de Preparação para a Vida Matrimonial), que acontecerá nos dias 30 de abril e 1º de maio. Inscrições e informações na secretaria da Matriz. CENTRO SOCIAL Nosso Centro Social está fechado para obras e volta a funcionar no dia 29 de fevereiro.
  12. 12. PÁGINA12 NOVOSHORIZONTESfeverEIRODE2016 O que acontecerá? A partir do dia 14 de fevereiro, teremos um novo horário de missa, aos domingos, na Igreja Matriz. Será a Santa Missa das 11h da manhã. Dessa forma, os horários das missas dominicais na matriz passarão a ser: às 7h, às 9h, às 11h, às 18h e às 20h. Espalhe essa notícia e venha celebrar conosco! NOVO HORÁRIO DE MISSA A reunião do Grupo de Viúvos e Viúvas Vivo Feliz será no dia 25 de fevereiro, às 15h, no Salão Paroquial. Participe! GRUPO VIÚVOS LIVRO Padre Júlio Chevalier Venha participar do Retiro "Rio de Água Viva", que acontecerá nos dias 07, 08 e 09 de fevereiro, no Centro de Convenções Sul América. A entrada é franca! Muita música, louvor, pregação, teatro, adoração e celebrações diárias da Santa Missa, de 8h30 às 17h30. Traga 1kg de alimento não perecivel. Presença confirmada de Dom Orani. RETIRO DE CARNAVAL CURSO CATEQUISTAS MISSA DE ENVIO No dia 20 de fevereiro, padre Rafael Lima e formadores da Arquidiocese do Rio vão ministrar curso para catequistas de crianças, jovens e adultos que atuam em toda nossa paróquia. O encontro será das 14h às 16h30, na Matriz. O acólito Pedro Henrique Siqueira, que serve ao altar em nossa paróquia, dará início a sua caminhada vocacional, no Seminário Arquidiocesano Rainha dos Apóstolos. A missa de envio dele será no dia 21 de fevereiro, às 9h, na Matriz. Quem puder e quiser colaborar com o enxoval de nosso vocacionado, pode procurar a secretaria da Igreja. Neste ano de 2016, em que nossa paróquia celebra o Ano Jubilar de fundação da Igreja e da presença dos Missionários do Sagrado Coração na Praça Seca, temos como proposta a leitura do livro sobre o padre Julio Chevalier, fundador dos mSC e das Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Coração, para conhecer o carisma e a identidade dessas congregações fundadas por ele. Nós, como leigos atuantes em nossa comunidade paroquial, precisamos avançar em águas mais profundas neste carisma. Por isso, adquira já o seu na livraria da matriz e dê um de presente a um amigo paroquiano. O livro custa R$10,00. Em abril, padre Fernando Magalhães, que ajudou a traduzir o escrito original, fará um seminário de estudo em nossa paróquia para abordar o carisma mSC. Comprem, leiam e participem! Atenção coordenadores de pastorais e das comunidades! A primeira reunião do Conselho Paroquial será realizada no dia 13 de fevereiro, a partir das 14h30, no salão Sagrado Coração de Jesus. REUNIÃO CONSELHO A Catequese Infantil de nossa Matriz abre inscrições para crianças que ainda não fizeram Primeira Eucaristia e/ou não foram batizadas a partir do dia 20 de fevereiro. A matrícula pode ser feita aos sábados, de 8h às 11h, e após a missa das 9h, aos domingos. É necessário levar Certidão de Nascimento, de Batismo (se houver), duas fotos 3x4 e documento de identidade do responsável. As inscrições seguem abertas até Maio. Compartilhe essa informação! INSCRIÇÕES CATEQUESE Estão abertas as inscrições para o Retiro de Casais, organizado pela Pastoral Familiar, nos dias 04, 05 e 06 de março. O encontro será na Casa de Retiro Maria, mãe da Vida, em Campo Grande, e custa R$ 350 por casal, com tudo incluído. Inscrições e informações na Secretaria Paroquial ou com a Pastoral Familiar. Vagas Limitadas. RETIRO DE CASAIS 2016 As atividades da Crisma em nossa Matriz retornam no dia 14 de fevereiro, às 16h. A Pastoral também convida a todos os jovens que queiram participar dos ensaios da Paixão de Cristo, que vão ocorrer aos sábados e domingos às 15h. Quarta-feira de Cinzas, dia 10 de feveiro, haverá duas celebrações na Igreja Matriz. A primeira missa será pela manhã, às 9h, e outra à noite, às 19h15. Venha celebrar conosco! RETORNO CRISMA QUARTA-FEIRA DE CINZAS

×