áCidos nucléicos

641 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
641
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

áCidos nucléicos

  1. 1. 25/04/2011 Os ácidos • Fosfato (PO43-) nucléicos são • Pentose macromolécula • Ribose (RNA) s de natureza química, • Desoxirribose (DNA) formadas por • Base nitrogenada Ácidos nucléicos nucleotídeos • Purinas Na molécula de DNA as bases são: • Adenina (A) Adenina, Timina, Informação e controle celular Citosina e • Guanina (G) Guanina • Pirimidinas Na molécula de • Citosina(C) RNA a Timina é substituída pela • Timina (T) Uracila • Uracila (U) Relembrando as pentoses DNA: uma escada retorcida • A partir de experimentos feitos por vários pesquisadores e utilizando os resultados da complexa técnica de difração com raios X, Pentoses são Watson e Crick concluíram que, no DNA, asmonossacarídeos cadeias complementares são helicoidais,compostos por 5 sugerindo a idéia de uma escada retorcida. átomos de carbono • Nessa escada, os corrimãos são formados por fosfatos e desoxirribose, enquanto os degraus são constituídos pelos pares de bases nitrogenadas. A química por trás do DNA Os átomos de carbono das moléculas de ribose e desoxirribose são numerados conforme a figura ao lado: Observe que os carbonos do açúcar são numerados com uma linha (‘) a fim de distingui-los dos outros carbonos do nucleotídeo. 1
  2. 2. 25/04/2011 Em cada fita do As duas cadeias de DNA, o “corrimão” nucleotídeos do DNA são é formado por unidas uma à outra por ligações entre ligações chamadas de pontes moléculas de de hidrogênio, que se formam entre as bases açúcar e radicais nitrogenadas de cada fita. fosfato. Note que o radical O pareamento de bases fosfato se liga ao ocorre de maneira carbono 3’ de um precisa: uma base púrica se açúcar e ao liga a uma pirimídica: carbono 5’ do Adenina -- Timina (ou Uracila) seguinte. Guanina -- Citosina Qual é a função do DNA??? Duplicação do DNAO DNA controla toda a atividade celular. Ele possui a “receita” para o funcionamento de uma célula. O experimento dos O modelo estrutural do DNA pesquisadores Meselson e proposto por Watson e Crick Stahl confirmou que aToda vez que uma célula se divide, a “receita” deve ser passada para explica a duplicação dos duplicação do DNA é as células-filhas. genes: semiconservativa, isto é, As duas cadeias do DNA se que metade da molécula Todo o “arquivo” contendo as informações sobre o funcionamento separam e cada uma delas original se conserva íntegra celular precisa ser duplicado para que cada célula-filha receba o orienta a fabricação de uma em cada uma das duas mesmo tipo de informação que existe na célula-mãe. metade complementar. moléculas-filhas. Para que isso ocorra, é fundamental que o DNA sofra “auto- duplicação”. No processo de duplicação do DNA, as pontes de hidrogênio entre as bases se rompem e as duas cadeias começam a se separar. À medida que as bases vão sendo expostas, nucleotídeos que vagam pelo meio ao redor vão se unindo a elas, sempre respeitando a especificidade de emparelhamento: A com T T com A C com G G com C Uma vez ordenados sobre a cadeia que está que está servindo de modelo, os nucleotídeos se ligam em seqüência e formam uma cadeia complementar sobre cada uma das cadeias da molécula original. Assim, uma molécula de DNA reproduz duas moléculas idênticas a ela. 2
  3. 3. 25/04/2011 A ação da enzima DNA polimerase Diversos aspectos da duplicação do DNA já foram desvendados pelos cientistas. Hoje, sabe-se que há diversas enzimas envolvidas nesse processo. Certas enzimas desemparelham as duas cadeias de DNA, abrindo a molécula. Outras desenrolam a hélice dupla, e há, ainda, aquelas que unem os nucleotídeos entre si. A enzima que promove a ligação dos nucleotídeos é conhecida como DNA polimerase, pois sua função é construir um polímero (do grego poli, muitas, e meros, parte) de nucleotídeos.Transcrição- DNA se tornando RNA RNA – uma cadeia (fita) simplesO material genético representado pelo DNA contém uma mensagemem código que precisa ser decifrada e traduzida em proteínas, muitas das quais atuarão nas reações metabólicas da célula. As moléculas de RNA são constituídas por A mensagem contida no DNA deve, inicialmente, ser passada para uma seqüência demoléculas de RNA que, por sua vez, orientarão a síntese de proteínas. ribonucleotídeos, formando uma cadeia (fita) O controle da atividade celular pelo DNA, portanto, é indireto e simples.ocorre por meio da fabricação de moléculas de RNA, em um processo conhecido como transcrição. Os RNAsExistem três tipos básicos de RNA, que diferem um do outro no peso molecular: o RNA ribossômico, o RNA mensageiro e o RNA transportador.• O RNA ribossômico (RNAr ou rRNA) é o de maior peso molecular e constituinte majoritário do ribossomo, organela relacionada à síntese de proteínas na célula. • O RNA mensageiro (RNAm ou mRNA) é o de peso molecular intermediário e atua conjuntamente com os ribossomos na síntese protéica. • O RNA transportador (RNAt ou tRNA) é o mais leve dos três e encarregado de transportar os aminoácidos que serão utilizados na síntese de proteínas. 3

×