Novo acordo ortográfico brasileiro

1.047 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.047
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
79
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novo acordo ortográfico brasileiro

  1. 1. Novo Acordo Ortográfico Brasileiro
  2. 2. ALFABETO • O alfabeto terá 26 letras. • As letras K, W e Y devem ser usadas: na escrita de símbolos de unidade de medidas Ex: KM, KG, KW. na escrita de palavras e nomes estrangeiros . Ex.: show, playboy, kaiser layout, bayroniano, etc.
  3. 3. LETRAS MUDAS • Desaparecem as letras C, P, M, B e D nas sequências consonânticas CC, CÇ, CT, PC, PT, BD e BT. • Ex.: accionista – acionista acção – ação óptica – ótica –ATENÇÃO! • Se a consoante for pronunciada, permanece a grafia de sempre. • Ex.: fricção, eucalipto, bactéria
  4. 4. ACENTUAÇÃO GRÁFICA • Não se deve acentuar os ditongos abertos ÉI e ÓI das palavras paroxítonas. • Ex.: apóio – apoio celulóide – celuloide heróico – heroico jibóia – jiboia idéia – ideia colméia – colmeia geléia – geleia platéia – plateia
  5. 5. ATENÇÃO! • A regra se aplica apenas às palavras paroxítonas. Oxítonas terminadas em ÉI, ÓI e ÉU (seguidas ou não de S) continuam a receber acento. • EX.: papéis réis fiéis corrói herói dói véu chapéu
  6. 6. • O Novo Acordo Ortográfico inclui como oxítonas as palavras monossílabas tônicas. Ex.:nó, má, pé, fé, etc. • Independentemente do ditongo, paroxítonas terminadas em R continuarão a ser acentuadas. Méier, destróier blêizer, contêiner, etc.
  7. 7. • Não se deve acentuar o I e o U tônicos, quando vierem após ditongo. feiúra – feiura baiúca – baiuca maoísmo – maoismo – ATENÇÃO! • Se a palavra for oxítona e o I e o U estiverem em posição final (seguidos ou não de S) o acento permanece. • Ex.: tuiuiú, Piauí
  8. 8. • Caiu o acento das palavras terminadas em ÊEM e ÔO. crêem – creem vêem – veem dêem – deem vôo – voo abençôo – voo
  9. 9. • Caiu os acentos diferenciais de : pára – para pêlo – pelo pólo – polo pêra – pera –ATENÇÃO! • Continuam os acentos diferenciais de: pôde e pôr. • Continuam os acentos que diferenciam o singular e plural dos verbos TER e VIR e seus compostos. • Ex.: têm – tem vêm – vem • Pode-se acentuar FÔRMA para não confundir com FORMA.
  10. 10. • Caiu o acento do verbo ARGUIR. • Ex.: arguo arguimos arguem • Verbos do tipo AVERIGUAR, DESAGUAR, ENXAGUAR, DELINQUIR, e afins, têm dupla pronúncia. averíguo – averiguo enxágue- enxague delínquo – delinquo
  11. 11. ATENÇÃO! • O verbo DELINQUIR, antes considerado defectivo (são aqueles que não apresentam todas as formas verbais, deixando de ser conjugados em determinadas pessoas, tempos ou modos), agora é conjugado em todas as pessoas. • Na ortografia brasileira, permanecem o acento das seguintes palavras. abdômen acadêmico afônico Amazônia
  12. 12. USO DO HÍFEN Palavras compostas: • Quando o primeiro elemento é substantivo ou adjetivo. cirurgião-dentista mesa-redonda guarda-civil recém-nascido recém-criado
  13. 13. • Quando o primeiro elemento for um verbo. arranha-céu porta-retratos beija-flor conta-gotas guarda-chuva
  14. 14. • Quando o primeiro elemento for advérbio ou numeral. segunda-feira primeiro-ministro sempre-viva mal-estar bem-humorados • São aglutinadas as palavras: paraquedas Mandachuva • Outros compostos de PARA, continuam a ser grafados com HÍFEN: para-lama para-brisa para-choque –ATENÇÃO! • O certo é BEM-ME-QUER e MALMEQUER sem hífen.
  15. 15. • Compostos que designam espécies botânicas não receberão HÍFEN quando empregados em sentido figurado. • Ex.: “Veio falar comigo cheio de Não Me Toques.” “A crise financeira parece uma verdadeira BOLA DE NEVE.” – ATENÇÃO! “Apesar de o Acordo não mencionar expressões com valor de substantivo do tipo DEUS NOS ACUDA, BUMBA MEU BOI e TOMARA QUE CAIA... tais unidades fraseológicas devem ser grafadas sem HIFEN. Da mesma forma, serão usadas sem HÍFEN locuções como À TOA, DIA A DIA e PONTO E VÍRGULA. (Evanildo Bechara)
  16. 16. HÍFEN COM PREFIXOS • Quando o segundo elemento começa co H. anti-higiênico pré-história super-homem • Quando o segundo elemento começa com a mesma vogal. anti-inflamatório contra-ataque semi-interno micro-ondas
  17. 17. • Com os prefixos EX, PÓS, PRÉ, PRÓ e VICE. ex-diretor pós-graduação pré-vestibular vice-rei • Quando o primeiro elemento é ALÉM, AQUÉM, RECÉM, BEM e SEM. além-mar aquém-mar recém-nascido bem-vindo sem-terra
  18. 18. • Quando o primeiro elemento está representado pela forma MAL e o segundo elemento começa por VOGAL ou L. mal-informado mal-intencionado mal-limpo • Quando o segundo elemento começa pela mesma consoante final do prefixo. inter-regional hiper-requintado super-resistente • Com os prefixos CIRCUM e PAN diante da palavra iniciada por M, N e VOGAL. circum-navegação pan-americano
  19. 19. • Quando o primeiro elemento termina por B ou D e o segundo elemento começa por R. ad-referendo sub-reitor ab-rupto
  20. 20. ATENÇÃO! • Não se deve usar HÍFEN: • Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por R ou S. Nesse caso duplica-se as letras. antirrábica antirrugas biorritmo contrarregra microssistema minissaia ultrassom.
  21. 21. • Quando o prefixo termina em vogal diferente da vogal com que inicia o segundo elemento. antiaéreo autoescola coautor extraescolar infraestrutura Semiárido • Quando o prefixo termina em vogal e o segundo elemento começa por consoante diferente de R ou S. autoposto coprodução semideus seminovo extraclasse

×