SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
Baixar para ler offline
VAMOS
              ESTUDAR OS
                VERBOS




Autores: Ana Catarina; Andreia; Bibiana; Pedro Cardoso.
Ano/Turma: 6º A                Ano Lectivo: 2007/2008
Pág.
Índice ……………………………………………………………………………. 1
Introdução ………………………………………………………………….......... 2


                          Primeira Parte

1-OS VERBOS
   1.1 Conceito ….………………………………………………………………. 3
   1.2 Tempo ……………………………………………………………………. 4
   1.3 Tempos simples e compostos ……………………………………………. 5
   1.4 Modo …………………………………………………………………… 6/7
   1.5 Pessoa …………………………………………………………………..... 7
   1.6 Número ………………………………………………………………....... 8
   1.7 Voz …………………………………………………………………......... 8
   1.8 Conjugações ……………………………………………………………... 9
   1.9 Formas especiais de conjugação …………………………………........... 10

                          Segunda Parte

1-JOGO ………………………………………………………………………… 11
1.1 Preparação e instruções do jogo …………………………………………… 12
1.2 Cartas para recortar …………………………………………………………


Bibliografia …………………………………………………………………….




                                                                Página-1
Este trabalho tem como objectivo esclarecer algumas
dúvidas sobre os verbos e colocar em prática os vossos
conhecimentos sobre este tema.
 Dividimo-lo em duas partes, uma 1ª parte mais teórica
que vos ajudará a compreender o funcionamento dos
verbos e a 2ª parte “mais lúdica” onde podereis testar os
vossos conhecimentos através de um jogo.




                                                       Página-2
Os verbos são palavras que indicam as acções, estados, processos praticados ou
sofridos pelo sujeito, ou que fazem afirmações a seu respeito com indicações de
tempo – Presente, Pretérito (passado) ou Futuro.

   1.   Os meninos visitam a exposição Leonardo da Vinci.
   2.   A menina tirou boas notas.
   3.   O Daniel mostrará o telemóvel aos amigos.
   4.   A Carolina estava na escola.
   5.   A Marta adoeceu.

 Na primeira frase, a forma verbal (visitam) indica uma acção no Presente.
 Na segunda frase, a forma verbal (tirou) indica uma acção no Pretérito Perfeito.
 Na terceira frase, a forma verbal (mostrará) indica uma acção no Futuro.
 Na quarta frase, a forma verbal (estava) indica um estado no Pretérito Imperfeito.
 Na quinta frase, a forma verbal (adoeceu) indica um estado no Pretérito Perfeito.

   O verbo é uma classe de palavras mais flexível, mais variável da língua e pode
variar em:




                                     Tempo


                              Modo           Pessoa



                      Número          Voz         Aspecto




                                                                                 Página-3
Tempo

O tempo identifica o momento em que se realiza a acção.
Os tempos fundamentais são:

Presente Situa a acção no momento da enunciação.
Pretérito Situa a acção num momento anterior ao da enunciação.
Futuro Situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação.

O pretérito pode ser:

Imperfeito      indica uma acção de modo continuo que aconteceu no
               passado.
                     Ele lia os livros com muito interesse.
Perfeito       indica uma acção do passado completamente realizada ou
             terminada.
                     Ele leu os livros com muito interesse.
Mais-que-Perfeito       indica uma acção passada anterior a outra também
                        passada.
                     Ele lera os livros com muito interesse.

O futuro pode ser:

Imperfeito      situa a acção num momento posterior ao tempo da
               enunciação.
                         Comprarei o bilhete de avião.
Perfeito     indica uma acção futura que se concluirá antes de outra também
           futura.
               Terei comprado o bilhete de antes de chegares.



                                                                              Página-4
Algumas formas verbais podem apresentar-se num tempo simples ou num tempo
composto.
 Tempos simples - são formados por um só elemento verbal.
  Tempos compostos - são formados por meio dos verbos auxiliares ter ou haver e
o particípio do verbo que se pretende conjugar.

 Ex:
                      Simples     estudei
 Pretérito Perfeito
                      Composto      tenho estudado
                                 Simples       estudara

 Pretérito Mais-que-Perfeito

                                 Composto         tinha estudado




                      Modo Indicativo       tenho estudado
 Pretérito Perfeito                         Presente
                      Modo Conjuntivo        tenha estudado
                                 Modo Indicativo          tinha estudado

 Pretérito Mais-que-Perfeito                           P. Imperfeito

                                 Modo Conjuntivo           tivesse estudado
           Modo Indicativo       terei estudado
 Futuro                          Futuro
           Modo Conjuntivo        tiver estudado




                                                                              Página-5
Modo


 O modo indica a atitude do emissor em relação ao facto apresentado.
 Na flexão do verbo distinguem-se os seguintes modos:


     Modo indicativo     Apresenta um facto real.
     Os teus amigos foram ao cinema.
     Aquele cão morde!
     Eu fui à escola esta manhã.


     Modo conjuntivo     exprime:
     uma possibilidade: É possível que eu vá amanhã ao cinema.
     uma dúvida: Talvez eu apareça por lá.
     um desejo: Gostava que visses o filme.


     Modo imperativo     pode exprimir:
     uma ordem: Sai daí para fora!
     um conselho: Presta atenção ao atravessar a rua.
     um pedido: Ajuda-me a fazer os trabalhos de casa.


      Modo condicional     considera a realização da acção dependente de uma
condição.
     Ela ficaria muito contente se lhe oferecesses esta prenda.


      Modo infinitivo (pessoal)      indica a acção de uma maneira vaga, em
abstracto.
     Para comer bem, só aqui.




                                                                          Página-6
O verbo possui ainda formas impessoais que equivalem a nomes ou
   adjectivos – as formas nominais.
   Infinitivo impessoal     equivalente a um nome, mas sem qualquer flexão.
                               Brincar é divertido.
   Particípio     equivalente a um adjectivo, com flexão de género e de
                 número.
                             Eu tenho comido a sopa.
   Gerúndio      com valor equivalente a um adjectivo ou a um adverbio.
                Exprime o desenrolar da acção.
                          Nós estamos trabalhando nisso.




                                 Pessoa

  O verbo, tal como alguns pronomes, apresenta flexão de três pessoas gramaticais:
1ª, 2ª e 3ª. A categoria de pessoa é marcada por sufixos específicos, que permitem
distinguir seis formas diferentes. Os sufixos de flexão verbal acumulam um valor
de pessoas de pessoas e de número.


    1ª pessoa - eu              Gosto                   Gostei
    2ª pessoa - tu              Gostas                 Gostaste    Singular
    3ª pessoa - ele/ela         Gosta                   Gostou

    1ª pessoa - nós            Gostamos                Gostamos
    2ª pessoa - vós            Gostais / Gostai        Gostastes    Plural
    3ª pessoa – eles/elas      Gostam                  Gostaram




                                                                                Página-7
Número



O verbo apresenta flexão de número – singular e plural.


                       Gosto                        Gostamos
         Singular      Gostas           Plural       Gostais
                       Gosta                         Gostam




                                   Voz


A acção expressa pelo verbo pode ser apresentada de duas formas:


         Voz activa                      Voz passiva




                                                                   Página-8
Conjugações

  A conjugação de um verbo consiste nas várias formas que pode apresentar. A
terminação do infinitivo impessoal dos verbos indica-nos a conjugação a que o
verbo pertence:

 1ª conjugação    Verbos terminados em – ar: comprar
 2ª conjugação    Verbos terminados em – er: correr
 3ª conjugação    Verbos terminados em – ir: cair


 Nota: o verbo pôr e os que se formam a partir dele são uma excepção. Eles
pertencem à 2ª conjugação.

 Quanto à conjugação, o verbo pode classificar-se como:

      Regular o que se conjuga de acordo com um modelo de conjugação, em
que o tema não sofre alteração.


                 Verbo comprar   Verbo correr     Verbo cair
                    Compra          Corre              Caiu
                   Comprava         Correu             Cairá


     Irregular    o que não seque um modelo de conjugação e cujo tema sofre
modificações.

                   Verbo dar     Verbo fazer       Verbo ir
                     Dou             Faço              Vou
                     Dão             Fiz               Fui
                    Dêem             Fará              Iria




                                                                           Página-9
Conjugação pronominal

 Ex.: A Ana comprou um livro e leu-o.
 O verbo ler está conjugado com pronome o. Trata-se de uma conjugação
pronominal.
 Os pronomes pessoais o, a, os, as tomam as formas:
      no, na, nos, nas, quando a forma verbal termina em m ou ditongo nasal.
 Ex.: Eles leram-nos. (leram os livros)
 Ex.: Ele põe-nos sobre a mesa. (põe os livros)
      lo, la, los, las, quando a forma verbal termina em s, z ou r.
 Ex.: Tu lê-lo. (lês o livro)
 No futuro e no condicional, o pronome intercala-se na forma verbal:
 Ex.: A Sofia lê-lo-á. / Elas lê-lo-ão.
 Ex.: A Sofia lê-lo-ia. / Ela lê-lo-iam.



 Conjugação pronominal reflexa

 A conjugação pronominal reflexa faz-se com os pronomes pessoais me, te, se,
nos, vos, se.
 Ex.: O menino veste-se. (a si próprio)
 O pronome pessoal se indica que a acção expressa pelo verbo se aplica sobre a
pessoa que a pratica.
 No futuro e no condicional, o pronome intercala-se na forma verbal:
 Ex.: O menino vestir-se-á. / Os meninos vestir-se-ão.
 Ex.: O menino vestir-se-ia. / Os meninos vestir-se-iam.




                                                                               Página-10
Página-11
Preparação
Para poderem jogar o seguinte jogo têm de:
1.     Estudar os verbos.
2.     Recortar as cartas de modo a ficarem com um baralho.

Para começarem a jogar
1.     Escolhem o chefe do jogo. É ele quem abre o livro no sítio dos verbos e vai
       mandando escrever uma forma verbal para cada carta que vai sendo jogada.
2.     Distribuem o baralho todo pelos participantes, em partes iguais.
3.     Neste jogo pode começar um qualquer, porque ganhar não depende de se
       chegar primeiro ao fim.
4.     Cada jogador, na sua vez, tem o direito de jogar uma carta à sua escolha, das
       que tem na mão.
5.     Quando a joga, tem de conjugar o verbo em todas as pessoas no modo e
       tempo indicado na carta. E escrever a forma que o chefe do jogo mandar.

Ex.:
                                        Eu jogo
Carta jogada                            Tu jogas
                                        Ele joga
                                      Nós jogamos
     Jogar                             Vós jogais                     Eles…
                                       Eles jogam




Presente do
 indicativo

                      O jogador diz                 O chefe do jogo manda     O jogador escreve


6.     Se o jogador acertou, pode colocar a carta à sua frente, para no fim contar os
       pontos. Se errou, coloca-a no centro.
7.     O jogador seguinte, se acertar, pode recolher todas as cartas que estão no
       centro (as dos que perderam) e que contarão como pontos seus no fim do
       jogo.
8.     Quando todas as cartas tiverem sido jogadas, cada jogador conta 1 ponto por
       cada carta que lhe ficou à frente.


       Quem tiver mais pontos ganha.



                                                                                       Página-12
Maria José Costa e Maria Emília Traça. Na Companhia das Letras. Porto Editora.

Luísa Oliveira e Leonor Sardinha. Saber Português Hoje. Didáctica Editora.

Essencial para o Básico 6º ano. Edições Asa.




                                                                             Página-

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Verbos regulares e irregulares
Verbos regulares e irregularesVerbos regulares e irregulares
Verbos regulares e irregulares
patrícia silva
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
guest0cbfe
 
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e SindéticasOrações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Caroline Capellari
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
Blog Estudo
 

Mais procurados (20)

Verbos regulares e irregulares
Verbos regulares e irregularesVerbos regulares e irregulares
Verbos regulares e irregulares
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Períodos simples e composto
Períodos simples e compostoPeríodos simples e composto
Períodos simples e composto
 
Dígrafo e encontro consonantal
Dígrafo e encontro consonantalDígrafo e encontro consonantal
Dígrafo e encontro consonantal
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Acentuação gráfica
Acentuação gráficaAcentuação gráfica
Acentuação gráfica
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Tempo e modo verbais
Tempo e modo verbaisTempo e modo verbais
Tempo e modo verbais
 
ColocaçãO Pronominal
ColocaçãO PronominalColocaçãO Pronominal
ColocaçãO Pronominal
 
Frase, oração e período
Frase, oração e períodoFrase, oração e período
Frase, oração e período
 
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e SindéticasOrações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
Orações Coordenadas Assindéticas e Sindéticas
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Apresentação Adverbios
Apresentação AdverbiosApresentação Adverbios
Apresentação Adverbios
 
Classe gramatical
Classe  gramaticalClasse  gramatical
Classe gramatical
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º ano
 
Sujeito. Predicado
Sujeito. PredicadoSujeito. Predicado
Sujeito. Predicado
 
Preposições
PreposiçõesPreposições
Preposições
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 

Destaque

Referencial Cidadania e Empregabilidade
Referencial Cidadania e EmpregabilidadeReferencial Cidadania e Empregabilidade
Referencial Cidadania e Empregabilidade
Diogo Santos
 
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagensCidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Ariana Oliveira
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
taizinha
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
PaolaLins
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
André Moraes
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Dayenne Sousa Alencar
 

Destaque (17)

Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Referencial Cidadania e Empregabilidade
Referencial Cidadania e EmpregabilidadeReferencial Cidadania e Empregabilidade
Referencial Cidadania e Empregabilidade
 
verbo
 verbo verbo
verbo
 
Jogo dos verbos
Jogo dos verbosJogo dos verbos
Jogo dos verbos
 
Cidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagensCidade e campo vantagens e desvantagens
Cidade e campo vantagens e desvantagens
 
Campo e cidade
Campo e cidadeCampo e cidade
Campo e cidade
 
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço ruralA inter relação entre espaço urbano e espaço rural
A inter relação entre espaço urbano e espaço rural
 
Espaço Urbano e Espaço Rural
Espaço Urbano e Espaço  Rural Espaço Urbano e Espaço  Rural
Espaço Urbano e Espaço Rural
 
Espaço rural e urbano
Espaço rural e urbanoEspaço rural e urbano
Espaço rural e urbano
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Transitividade verbal
Transitividade verbalTransitividade verbal
Transitividade verbal
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Geografia campo e cidade
Geografia campo e cidadeGeografia campo e cidade
Geografia campo e cidade
 
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e  2º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo e Hist 1º e 2º ano pdf
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
 
Avaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestreAvaliação de geografia 4ºbimestre
Avaliação de geografia 4ºbimestre
 

Semelhante a Os verbos

Verbos
VerbosVerbos
Verbos
AJFG1
 
O verbo 2ºciclo natalina
O verbo 2ºciclo  natalinaO verbo 2ºciclo  natalina
O verbo 2ºciclo natalina
NMBQ
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano último
Lurdes Augusto
 
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdfverbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
JULIANEDANCZUK
 
Flexão verbal
Flexão verbalFlexão verbal
Flexão verbal
Nilberte
 

Semelhante a Os verbos (20)

Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdf
 
O verbo 2ºciclo natalina
O verbo 2ºciclo  natalinaO verbo 2ºciclo  natalina
O verbo 2ºciclo natalina
 
A classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gtA classe dos verbos 1 gt
A classe dos verbos 1 gt
 
4_Aula_Verbo.pptx
4_Aula_Verbo.pptx4_Aula_Verbo.pptx
4_Aula_Verbo.pptx
 
Tempos verbais dicas
Tempos verbais dicasTempos verbais dicas
Tempos verbais dicas
 
Revisão 9ºano
Revisão 9ºanoRevisão 9ºano
Revisão 9ºano
 
Revisão 9ºano último
Revisão 9ºano  últimoRevisão 9ºano  último
Revisão 9ºano último
 
O verbo
O verboO verbo
O verbo
 
Ppt verbo
Ppt verboPpt verbo
Ppt verbo
 
7.5 verbos (estudo completo)
7.5   verbos (estudo completo)7.5   verbos (estudo completo)
7.5 verbos (estudo completo)
 
VERBO.pptx
VERBO.pptxVERBO.pptx
VERBO.pptx
 
Verbos I
Verbos I Verbos I
Verbos I
 
7.6 advérbios (estudo completo)
7.6   advérbios (estudo completo)7.6   advérbios (estudo completo)
7.6 advérbios (estudo completo)
 
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdfverbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
verbos_formas verbais_vozes verbais2.pdf
 
Flexão verbal
Flexão verbalFlexão verbal
Flexão verbal
 
Verbos
Verbos  Verbos
Verbos
 
O Verbo
O VerboO Verbo
O Verbo
 
Verbo
VerboVerbo
Verbo
 
Português aula slide - gramatica
Português   aula slide - gramaticaPortuguês   aula slide - gramatica
Português aula slide - gramatica
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 

Os verbos

  • 1. VAMOS ESTUDAR OS VERBOS Autores: Ana Catarina; Andreia; Bibiana; Pedro Cardoso. Ano/Turma: 6º A Ano Lectivo: 2007/2008
  • 2. Pág. Índice ……………………………………………………………………………. 1 Introdução ………………………………………………………………….......... 2 Primeira Parte 1-OS VERBOS 1.1 Conceito ….………………………………………………………………. 3 1.2 Tempo ……………………………………………………………………. 4 1.3 Tempos simples e compostos ……………………………………………. 5 1.4 Modo …………………………………………………………………… 6/7 1.5 Pessoa …………………………………………………………………..... 7 1.6 Número ………………………………………………………………....... 8 1.7 Voz …………………………………………………………………......... 8 1.8 Conjugações ……………………………………………………………... 9 1.9 Formas especiais de conjugação …………………………………........... 10 Segunda Parte 1-JOGO ………………………………………………………………………… 11 1.1 Preparação e instruções do jogo …………………………………………… 12 1.2 Cartas para recortar ………………………………………………………… Bibliografia ……………………………………………………………………. Página-1
  • 3. Este trabalho tem como objectivo esclarecer algumas dúvidas sobre os verbos e colocar em prática os vossos conhecimentos sobre este tema. Dividimo-lo em duas partes, uma 1ª parte mais teórica que vos ajudará a compreender o funcionamento dos verbos e a 2ª parte “mais lúdica” onde podereis testar os vossos conhecimentos através de um jogo. Página-2
  • 4. Os verbos são palavras que indicam as acções, estados, processos praticados ou sofridos pelo sujeito, ou que fazem afirmações a seu respeito com indicações de tempo – Presente, Pretérito (passado) ou Futuro. 1. Os meninos visitam a exposição Leonardo da Vinci. 2. A menina tirou boas notas. 3. O Daniel mostrará o telemóvel aos amigos. 4. A Carolina estava na escola. 5. A Marta adoeceu. Na primeira frase, a forma verbal (visitam) indica uma acção no Presente. Na segunda frase, a forma verbal (tirou) indica uma acção no Pretérito Perfeito. Na terceira frase, a forma verbal (mostrará) indica uma acção no Futuro. Na quarta frase, a forma verbal (estava) indica um estado no Pretérito Imperfeito. Na quinta frase, a forma verbal (adoeceu) indica um estado no Pretérito Perfeito. O verbo é uma classe de palavras mais flexível, mais variável da língua e pode variar em: Tempo Modo Pessoa Número Voz Aspecto Página-3
  • 5. Tempo O tempo identifica o momento em que se realiza a acção. Os tempos fundamentais são: Presente Situa a acção no momento da enunciação. Pretérito Situa a acção num momento anterior ao da enunciação. Futuro Situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação. O pretérito pode ser: Imperfeito indica uma acção de modo continuo que aconteceu no passado. Ele lia os livros com muito interesse. Perfeito indica uma acção do passado completamente realizada ou terminada. Ele leu os livros com muito interesse. Mais-que-Perfeito indica uma acção passada anterior a outra também passada. Ele lera os livros com muito interesse. O futuro pode ser: Imperfeito situa a acção num momento posterior ao tempo da enunciação. Comprarei o bilhete de avião. Perfeito indica uma acção futura que se concluirá antes de outra também futura. Terei comprado o bilhete de antes de chegares. Página-4
  • 6. Algumas formas verbais podem apresentar-se num tempo simples ou num tempo composto. Tempos simples - são formados por um só elemento verbal. Tempos compostos - são formados por meio dos verbos auxiliares ter ou haver e o particípio do verbo que se pretende conjugar. Ex: Simples estudei Pretérito Perfeito Composto tenho estudado Simples estudara Pretérito Mais-que-Perfeito Composto tinha estudado Modo Indicativo tenho estudado Pretérito Perfeito Presente Modo Conjuntivo tenha estudado Modo Indicativo tinha estudado Pretérito Mais-que-Perfeito P. Imperfeito Modo Conjuntivo tivesse estudado Modo Indicativo terei estudado Futuro Futuro Modo Conjuntivo tiver estudado Página-5
  • 7. Modo O modo indica a atitude do emissor em relação ao facto apresentado. Na flexão do verbo distinguem-se os seguintes modos: Modo indicativo Apresenta um facto real. Os teus amigos foram ao cinema. Aquele cão morde! Eu fui à escola esta manhã. Modo conjuntivo exprime: uma possibilidade: É possível que eu vá amanhã ao cinema. uma dúvida: Talvez eu apareça por lá. um desejo: Gostava que visses o filme. Modo imperativo pode exprimir: uma ordem: Sai daí para fora! um conselho: Presta atenção ao atravessar a rua. um pedido: Ajuda-me a fazer os trabalhos de casa. Modo condicional considera a realização da acção dependente de uma condição. Ela ficaria muito contente se lhe oferecesses esta prenda. Modo infinitivo (pessoal) indica a acção de uma maneira vaga, em abstracto. Para comer bem, só aqui. Página-6
  • 8. O verbo possui ainda formas impessoais que equivalem a nomes ou adjectivos – as formas nominais. Infinitivo impessoal equivalente a um nome, mas sem qualquer flexão. Brincar é divertido. Particípio equivalente a um adjectivo, com flexão de género e de número. Eu tenho comido a sopa. Gerúndio com valor equivalente a um adjectivo ou a um adverbio. Exprime o desenrolar da acção. Nós estamos trabalhando nisso. Pessoa O verbo, tal como alguns pronomes, apresenta flexão de três pessoas gramaticais: 1ª, 2ª e 3ª. A categoria de pessoa é marcada por sufixos específicos, que permitem distinguir seis formas diferentes. Os sufixos de flexão verbal acumulam um valor de pessoas de pessoas e de número. 1ª pessoa - eu Gosto Gostei 2ª pessoa - tu Gostas Gostaste Singular 3ª pessoa - ele/ela Gosta Gostou 1ª pessoa - nós Gostamos Gostamos 2ª pessoa - vós Gostais / Gostai Gostastes Plural 3ª pessoa – eles/elas Gostam Gostaram Página-7
  • 9. Número O verbo apresenta flexão de número – singular e plural. Gosto Gostamos Singular Gostas Plural Gostais Gosta Gostam Voz A acção expressa pelo verbo pode ser apresentada de duas formas: Voz activa Voz passiva Página-8
  • 10. Conjugações A conjugação de um verbo consiste nas várias formas que pode apresentar. A terminação do infinitivo impessoal dos verbos indica-nos a conjugação a que o verbo pertence: 1ª conjugação Verbos terminados em – ar: comprar 2ª conjugação Verbos terminados em – er: correr 3ª conjugação Verbos terminados em – ir: cair Nota: o verbo pôr e os que se formam a partir dele são uma excepção. Eles pertencem à 2ª conjugação. Quanto à conjugação, o verbo pode classificar-se como: Regular o que se conjuga de acordo com um modelo de conjugação, em que o tema não sofre alteração. Verbo comprar Verbo correr Verbo cair Compra Corre Caiu Comprava Correu Cairá Irregular o que não seque um modelo de conjugação e cujo tema sofre modificações. Verbo dar Verbo fazer Verbo ir Dou Faço Vou Dão Fiz Fui Dêem Fará Iria Página-9
  • 11. Conjugação pronominal Ex.: A Ana comprou um livro e leu-o. O verbo ler está conjugado com pronome o. Trata-se de uma conjugação pronominal. Os pronomes pessoais o, a, os, as tomam as formas: no, na, nos, nas, quando a forma verbal termina em m ou ditongo nasal. Ex.: Eles leram-nos. (leram os livros) Ex.: Ele põe-nos sobre a mesa. (põe os livros) lo, la, los, las, quando a forma verbal termina em s, z ou r. Ex.: Tu lê-lo. (lês o livro) No futuro e no condicional, o pronome intercala-se na forma verbal: Ex.: A Sofia lê-lo-á. / Elas lê-lo-ão. Ex.: A Sofia lê-lo-ia. / Ela lê-lo-iam. Conjugação pronominal reflexa A conjugação pronominal reflexa faz-se com os pronomes pessoais me, te, se, nos, vos, se. Ex.: O menino veste-se. (a si próprio) O pronome pessoal se indica que a acção expressa pelo verbo se aplica sobre a pessoa que a pratica. No futuro e no condicional, o pronome intercala-se na forma verbal: Ex.: O menino vestir-se-á. / Os meninos vestir-se-ão. Ex.: O menino vestir-se-ia. / Os meninos vestir-se-iam. Página-10
  • 13. Preparação Para poderem jogar o seguinte jogo têm de: 1. Estudar os verbos. 2. Recortar as cartas de modo a ficarem com um baralho. Para começarem a jogar 1. Escolhem o chefe do jogo. É ele quem abre o livro no sítio dos verbos e vai mandando escrever uma forma verbal para cada carta que vai sendo jogada. 2. Distribuem o baralho todo pelos participantes, em partes iguais. 3. Neste jogo pode começar um qualquer, porque ganhar não depende de se chegar primeiro ao fim. 4. Cada jogador, na sua vez, tem o direito de jogar uma carta à sua escolha, das que tem na mão. 5. Quando a joga, tem de conjugar o verbo em todas as pessoas no modo e tempo indicado na carta. E escrever a forma que o chefe do jogo mandar. Ex.: Eu jogo Carta jogada Tu jogas Ele joga Nós jogamos Jogar Vós jogais Eles… Eles jogam Presente do indicativo O jogador diz O chefe do jogo manda O jogador escreve 6. Se o jogador acertou, pode colocar a carta à sua frente, para no fim contar os pontos. Se errou, coloca-a no centro. 7. O jogador seguinte, se acertar, pode recolher todas as cartas que estão no centro (as dos que perderam) e que contarão como pontos seus no fim do jogo. 8. Quando todas as cartas tiverem sido jogadas, cada jogador conta 1 ponto por cada carta que lhe ficou à frente. Quem tiver mais pontos ganha. Página-12
  • 14. Maria José Costa e Maria Emília Traça. Na Companhia das Letras. Porto Editora. Luísa Oliveira e Leonor Sardinha. Saber Português Hoje. Didáctica Editora. Essencial para o Básico 6º ano. Edições Asa. Página-