Débito cardíaco

21.197 visualizações

Publicada em

Slide de monitoria feito a partir do Guyton 11a edição. Espero ajudar!

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Débito cardíaco

  1. 1. Débito Cardíaco, Retorn venoso e suas RegulaçõesDÉBITO CARDÍACO: sangue bombeado para aorta a cada min;RETORNO VENOSO: Sangue que flui das veias para o átrio direito a cada min.
  2. 2. Fatores que afetam o débito cardíacoNível do metabolismo;Exercício;Idade;Dimensão do corpo. DC Homens: 5,6 L/min DC Mulheres: 4,9 L/min
  3. 3. Controle do DC pelo Retorno venosoFatores da circulação periférica Controle do retorno venoso Controle do débito cardíaco Mecanismo de Frank-Starling Além do mecanismo de Frank-Starling, a distensão do nodo sinusal, e o reflexode Bainbridge, relacionam o controle do DC pelo retorno venoso.
  4. 4. Controle do DC pelo Retorno venoso Como o retorno venosoé a soma do fluxosanguíneo em todos ostecidos, conclui-se que aregulação do DC é asoma de todas asregulações do fluxosanguíneo tecidual.PA= DC x RPT
  5. 5. Hipereficácia e hipoeficácia do coração HIPEREFICÁCIA HIPOEFICÁCIA Inibição • Inibição da excitação parassimpática nervosa Estimulação • Valvulopatia simpática • Hipóxia cardíaca Aumento da carga
  6. 6. O Sistema nervoso e o controle do DC O controle nervoso do débito cardíaco impede que a pressão sanguínea caia quando, em função do aumento do metabolismo, por exemplo, a vosodilatação promova a queda do retorno venoso e, consequentemente, do DC.
  7. 7. O Sistema nervoso e o controle do DC Durante o exercício, para que não haja a queda do DC, emfunção da diminuição da resistencia vascular periférica o SNApromove vasoconstrição de veias maiores.
  8. 8. Fatores que afetam o retorno venosoPressão atrial direita, que exerce uma força retrógrada ao sangue que chega no átrio direito;Grau de enchimento da circulação sistêmica, que força o sangue sistêmico em direção ao coração;Resistência ao fluxo sanguíneo entre os vasos periféricos e o átrio direito;

×