Cecília Meireles
"...Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimentaque não há ninguém que explique e ninguém que não entenda..."      ...
• Biografia   Algumas palavras de seu depoimento:    “Nasci aqui mesmo no Rio de Janeiro, três mesesdepois da morte de meu...
“Minha infância de menina sozinha deu-me duascoisas que parecem negativas, e foram semprepositivas para mim: silêncio e so...
Retrato       "Eu não tinha este rosto de hoje,    assim calmo, assim triste, assim magro,nem estes olhos tão vazios, nem ...
Nascimento: 07/11/1901Natural de:Rio de Janeiro - RJMorte:09/11/1964                      6
• Aos nove anos, ela começou a escrever poesia.• Cecília foi uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira.• Re...
- 1934: Organiza a primeira biblioteca infantil do Rio deJaneiro, ao dirigir o Centro Infantil, que funcionoudurante quatr...
- 1962: Recebe o Prêmio de Tradução/Teatro, concedidopela Associação Paulista de Críticos de Arte;- 1963: Ganha o Prêmio J...
- 1965: É agraciada com o Prêmio Machado de Assis,concedido pela Academia Brasileira de Letras;- 1974: Seu nome é dado a u...
2001   O governo federal, pordecreto, instituiu o ano como"O     Ano     da    LiteraturaBrasileira", em comemoraçãoao ses...
• Características estilísticas da autora   Embora vivesse sob a influência domodernismo, apresentava ainda, em suasobras, ...
Essencialmente sensitiva, sua poesiarevela traços espiritualistas, com temasque sugerem sonhos, fantasias, solidão,saudade...
• Principais obras                  * Espectros, 1919                 * Nunca mais, 1923             * Poema dos Poemas, 1...
Espectros, 1919                                  “Nas noites tempestuosas, sobretudo                                   Qua...
Karina SecchiMaria EugeniaNatália Costa 2ºano E.M.                16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

SEMINÁRIO DE LITERATURA - CECÍLIA MEIRELES

6.633 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
464
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
243
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SEMINÁRIO DE LITERATURA - CECÍLIA MEIRELES

  1. 1. Cecília Meireles
  2. 2. "...Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimentaque não há ninguém que explique e ninguém que não entenda..." (Romanceiro da Inconfidência) 2
  3. 3. • Biografia Algumas palavras de seu depoimento: “Nasci aqui mesmo no Rio de Janeiro, três mesesdepois da morte de meu pai, e perdi minha mãe antesdos três anos. Essas e outras mortes ocorridas na famíliaacarretaram muitos contratempos materiais, mas, aomesmo tempo, me deram, desde pequenina, uma talintimidade com a Morte que docemente aprendi essasrelações entre o Efêmero e o Eterno.” 3
  4. 4. “Minha infância de menina sozinha deu-me duascoisas que parecem negativas, e foram semprepositivas para mim: silêncio e solidão. Essa foi semprea área de minha vida. Mais tarde foi nessa área queos livros se abriram, e deixaram sair suas realidades eseus sonhos.” 4
  5. 5. Retrato "Eu não tinha este rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro,nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo. Eu não tinha estas mãos sem força, tão paradas e frias e mortas; eu não tinha este coração que nem se mostra. Eu não dei por esta mudança, tão simples, tão certa, tão fácil: Em que espelho ficou perdida a minha face?" 5
  6. 6. Nascimento: 07/11/1901Natural de:Rio de Janeiro - RJMorte:09/11/1964 6
  7. 7. • Aos nove anos, ela começou a escrever poesia.• Cecília foi uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira.• Realiza numerosas viagens aos Estados Unidos, à Europa, à Ásia e à África, fazendo conferências sobre Literatura, Educação e Folclore. - 1910: Conclui seus primeiros estudos na Escola Estácio de Sá; - 1919: Com 18 anos publica seu primeiro livro de poesias, “Espectros”; - 1922: Casou-se e teve três filhas, as quais lhe deram cinco netos. Seu marido, que sofria de depressão aguda, suicidou-se em 1935. Voltou a se casar, em 1940; 7
  8. 8. - 1934: Organiza a primeira biblioteca infantil do Rio deJaneiro, ao dirigir o Centro Infantil, que funcionoudurante quatro anos no antigo Pavilhão Mourisco, nobairro de Botafogo;- 1939: Ganha o Prêmio de Poesia Olavo Bilac, pelaAcademia Brasileira de Letras, ao seu livro Viagem; - 1951: Aposenta-se como diretora de escola, porémcontinua a trabalhar, como produtora e redatora deprogramas culturais, na Rádio Ministério da Educação,no Rio de Janeiro (RJ);- 1953: Torna-se sócia honorária do Instituto Vasco daGama, em Goa, Índia. É agraciada com o título deDoutora Honoris Causa da Universidade de Délhi, Índia;8
  9. 9. - 1962: Recebe o Prêmio de Tradução/Teatro, concedidopela Associação Paulista de Críticos de Arte;- 1963: Ganha o Prêmio Jabuti de Tradução de ObraLiterária, pelo livro "Poemas de Israel", concedido pelaCâmara Brasileira do Livro. Seu nome é dado à EscolaMunicipal de Primeiro Grau, no bairro de Cangaíba, SãoPaulo (SP);- 1964: Falece, sendo-lhe prestadas grandeshomenagens públicas. Seu corpo é velado no Ministérioda Educação e Cultura. Recebe, ainda, o Prêmio Jabutide Poesia, pelo livro "Solombra", concedido pela CâmaraBrasileira do Livro. Em seguida é inaugurada a BibliotecaCecília Meireles em Valparaiso, Chile; 9
  10. 10. - 1965: É agraciada com o Prêmio Machado de Assis,concedido pela Academia Brasileira de Letras;- 1974: Seu nome é dado a uma Escola Municipal deEducação Infantil;- 1984: Uma cédula de cem cruzados novos, com a efígiede Cecília Meireles, é lançada pelo Banco Central doBrasil, no Rio de Janeiro (RJ);- 1991: Seu nome é dado à Biblioteca Infanto-Juvenil nobairro Alto da Lapa, em São Paulo (SP); 10
  11. 11. 2001 O governo federal, pordecreto, instituiu o ano como"O Ano da LiteraturaBrasileira", em comemoraçãoao sesquicentenário (150anos) de nascimento doescritor Silvio Romero e aocentenário de nascimento deCecília Meireles, MuriloMendes e José Lins do Rego. 11
  12. 12. • Características estilísticas da autora Embora vivesse sob a influência domodernismo, apresentava ainda, em suasobras, heranças do simbolismo e técnicasdo classicismo, gongorismo, romantismo,parnasianismo, realismo e surrealismo,razão pela qual a sua poesia é consideradaatemporal. 12
  13. 13. Essencialmente sensitiva, sua poesiarevela traços espiritualistas, com temasque sugerem sonhos, fantasias, solidão,saudade, num jogo hábil de elementossensoriais (sons, cores, etc.). 13
  14. 14. • Principais obras * Espectros, 1919 * Nunca mais, 1923 * Poema dos Poemas, 1923 * Baladas para El-Rei, 1925 * Viagem, 1939 * Romanceiro da Inconfidência, 1953 * Poemas de Israel, 1963 * Solombra, 1963 * Ou Isto ou Aquilo, 1964- PUBLICOU MAIS DE 50 OBRAS 14
  15. 15. Espectros, 1919 “Nas noites tempestuosas, sobretudo Quando lá fora o vendaval estronda E do pélago iroso à voz hedionda Os céus respondem e estremece tudo, Do alfarrábio, que esta alma ávida sonda. Erguendo o olhar; exausto a tanto estudo, Vejo ante mim, pelo aposento mudo,• Trata-se de uma coleção Passarem lentos, em morosa ronda,de 17 sonetos de influência Da lâmpada à inconstante claridadeprincipalmente simbolista (Que ao vento ora esmorece ora se aviva,retratando temas históricos, Em largas sombras e esplendor de sois),mitológicos ou religiosos. Silenciosos fantasmas de outra idade, À sugestão da noite rediviva - Deuses, demônios, monstros, reis e heróis.” 15
  16. 16. Karina SecchiMaria EugeniaNatália Costa 2ºano E.M. 16

×