SEMINÁRIO DE LITERATURA - TEATRO BRASILEIRO

2.822 visualizações

Publicada em

Seminário de Literatura realizado no Colégio da Imaculada Conceição (RJ) durante as aulas do Prof. Marcelo Fernandes. Trabalho apresentado em 08/11/2013 pelos(as) alunos(as) Fabrício Cano, Gabriel Paes, Karoline Nunes, Lya Duarte, Marília Campos, Pedro Lima e Rafael Melo.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.822
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
288
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
79
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

SEMINÁRIO DE LITERATURA - TEATRO BRASILEIRO

  1. 1. Teatro brasileiro Colégio da Imaculada Conceição Grupo: Fabrício Cano, Gabriel Paes, Karoline Nunes, Lya Duarte, Marília Campos, Pedro Lima e Rafael Melo. 2o ano EM 1
  2. 2. Introdução O teatro é um meio importante de engajamento social e político, que é capaz de promover reflexões sobre a realidade. Entretanto, no Brasil, infelizmente, essa arte nunca teve o valor devidamente merecido, que lhe permitisse atingir estabilidade e independência. Até hoje a imagem do teatro é sustentada por apenas alguns sucessos esporádicos, que dependem de verbas oficiais ou patrocinadores. 2
  3. 3. Grupos Pioneiros • Teatro Oficina • Teatro de Arena • Teatro do Oprimido 3
  4. 4. Teatro oficina 4
  5. 5. Teatro de arena http://www.youtube.com/watch?v=CQgMlouKZZ8 5
  6. 6. Teatro do oprimido http://www.youtube.com/watch?v=c5U0hZ0vLjo 6
  7. 7. Principais montagens • • • • • • Autos de Anchieta O Rei da vela Auto da Compadecida O pregador de promessas Liberdade! Liberdade! Calabar – O elogio da traição 7
  8. 8. Autos de Anchieta • Primeira produção oficial brasileira • Dividida em pequenas passagens (textos chamados autos) • Fundamentação religiosa • Operou mudanças sociais 8
  9. 9. O Rei da vela • Escrita por Oswald de Andrade • Crítica ao imperialismo econômico norteamericano 9
  10. 10. Auto da Compadecida (1955) • • • • Regionalismo Crítica Social Literatura de Cordel Barroco 10
  11. 11. O Pagador de Promessas (1959) • • • • Regionalismo Crítica Social Religiosidade Intolerância 11
  12. 12. Liberdade! Liberdade! • Sinopse • Proibição 12
  13. 13. Calabar – O elogio da traição • Sinopse • Contextualização histórica 13
  14. 14. Diretores Básicos • Ziembinski • José Celso Martinez Correia • Oduvaldo Vianna Filho 14
  15. 15. Ziembinski • • • • Biografia Carreira Principais peças Legado 15
  16. 16. • Biografia: - Nasceu no dia 7 de março em Wieliczka, Polônia -Diretor e ator polaco-brasileiro • Carreira: - Início na Polônia - Parceria com Nelson Rodrigues 16
  17. 17. • Principais peças: - Vestido de noiva - Companhia Os comediantes • Legado: - Início do Teatro Brasileiro Moderno - Inspiração aos novos atores 17
  18. 18. José Celso Martinez Correia • • • • Biografia Carreira Principais peças Atualmente 18
  19. 19. • Biografia: - Nasceu em 30 de março de 1937 na cidade de Araraquara, São Paulo - Diretor, ator, encenador e dramaturgo • Carreira: - Teatro Oficina - Embate com o grupo Silvio Santos 19
  20. 20. • Principais Trabalhos: - "Pequenos burgueses" - "O Rei da Vela" - "Na selva das cidades“ • Zé Celso hoje: - Preparação dos atores - Trabalhos atuais 20
  21. 21. Oduvaldo Vianna Filho • Biografia • Carreira • Legado 21
  22. 22. • Biografia: -Nasceu em 4 de julho de 1936 na cidade do Rio de Janeiro - Autor e ator brasileiro • Carreira: -Luta contra o imperialismo cultural -Centro popular de cultura da UNE • Legado: A valorização do cidadão trabalhador brasileiro 22
  23. 23. Autores básicos • Martins Pena • Jorge Andrade • Nélson Rodrigues • Plínio Marcos 23
  24. 24. Martins Pena • Biografia • Características • Principais obras 24
  25. 25. • Foi preparado para a vida comercial, mas cedeu à vocação, passou a frequentar a Academia de Belas Artes. • “o fundador da comédia de costumes”. • Tem como principal característica a sátira a sociedade brasileira de sua época. • Utiliza linguagem coloquial em suas obras. • Relatam situações e personagens do cotidiano. 25
  26. 26. Jorge Andrade • Biografia • Características • Principais obras 26
  27. 27. • Nasceu em Barretos, no dia 21 de maio de 1922. • Cursou a Escola de Arte Dramática de São Paulo. • Adepto do lema "ninguém inventa nada“. • Valoriza a ótica das classes oprimidas. • Foi censurando na ditadura militar. 27
  28. 28. Nélson Rodrigues • Biografia • Características • Principais obras 28
  29. 29. • Abriu as portas à dramaturgia moderna do Brasil. • Explorava a vida cotidiana do subúrbio do Rio de Janeiro. • Teve suas peças interditadas pela censura. • Seu talento estendeu-se a todos os grandes jornais do Rio. 29
  30. 30. Plínio Marcos • Biografia • Características • Principais obras 30
  31. 31. • Foi um dos primeiros a retratar a vida dos submundos de São Paulo. • Considerado um autor maldito, por seu temperamento difícil e escolhas polêmicas como tema de suas obras. • Participou da criação do Centro Popular de Cultura da UNE (União Nacional dos Estudantes). • Participou de novelas, na TV Tupi, para escapar na prisão, na época da ditadura. • Plínio era visto pelos militares que governavam o país como um "inimigo do sistema“. 31

×