Abordagem da pesquisa em contabilidade

3.169 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abordagem da pesquisa em contabilidade

  1. 1. ABORDAGEM DA PESQUISA EM CONTABILIDADE José Maria Dias Filho Luiz Henrique Baptista Machado
  2. 2. METODOLOGIA POSITIVA• O enfoque da teoria da contabilidade denomina-se positivo e descreve como a contabilidade é e prever o que irá ocorrer• Finalidade – explicar – predizer• Pesquisa positiva• Pesquisa normativa
  3. 3. ENFOQUE DESCRITIVO E PRESCRITIVO• Divergência : Prescritivo X Normativo• fornecem subsídios para se compreender o porquê da contabilidade assumir este ou aquele perfil, sem fazer julgamentos quanto à validade de seus mecanismos operativos.
  4. 4. HIPÓTESES DA TEORIA POSITIVA SOB A PERSPECTIVA OPORTUNÍSITCA• Hipótese do plano de inentivo• Hipótese do grau de endividamento• Hipótese do tamanho ou dos custos políticos.
  5. 5. TEORIA POSITIVA SOB A PERSPECTIVA DA EFICIÊNCIA• Parte do pressuposto de que as organizações dispõem de controles que permitam limitar atitudes oportunistas e induzir os gestores a escolher métodos contábeis que diminuam os custos contratuais e que sejam eficientes.
  6. 6. EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA TEORIA POSITIVA• Surgimento na década de 60.• Destaque para os trabalhos que giram em torno da Hipótese do Mercado Eficiente.• A teoria do Agente contribuiu para o desenvolvimento da metodologia positiva fornecendo subsídios para compreender as motivações que levam determinadas empresas a definir sua politicas contabéis.
  7. 7. Metodologia Institucional e social• Estudar o mecanismo interligado à vida das organizações e ao contexto que ela opera.• Fundamenta-se também na percepção de que as aplicações e características dos mecanismos contábeis nem sempre são definidas por motivações objetivas e racionais.
  8. 8. • Argumenta que se as organizações quiseram receber suporte e ser percebidas como legitimas, devem-se articular em torno de regras e crenças institucionalizadas.
  9. 9. PROCESSO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO• O processo de institucionalização de uma prática é constituído de três etapas sequenciais:• Habitualização• Objetivação• Sedimentação
  10. 10. Método Sociológico Aplicado à Contabilidade• A contabilidade oferece importante contribuição à construção e manutenção de uma racionalidade econômica.• A organização dos sistemas produtivos da sociedade afeta o mundo em que vivemos, as estruturas sociais, as relações com o Estado e os cidadãos, as relações empregado e patrão, enfim, a maneira que as pessoas interagem e se administram.
  11. 11. Neo-institucionalismo organizacional• É a influência que o ambiente exerce no perfil dos sistemas contábeis e na expansão da própria contabilidade e também em outros estudos que tem procurado investigar como as expectativas da sociedade são transportadas para os modelos de orçamentos e demais instrumentos de natureza contábil adotadas em organizações públicas.
  12. 12. Método Histórico• O método histórico contribui para reforçar a ideia de que a Contabilidade movimenta-se com a sociedade e busca ajustar-se a suas necessidades, a sua cultura, aos modelos de organização de determinadas épocas.

×