SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
F O R M A S I M P L I F I C A D A
RAZONETE E BALANCETE
ENTENDENDO...
• Modo complicado
Fatos  Livro  Demonstrativos = BP/DRE
• Modo Simplificado
Fatos  Demonstrativos = BP/DRE
RELEMBRANDO...
• Representação gráfica
Vamos representar o patrimônio
• O “T” tem dois lados. O lado esquerdo colocamos os
bens e direitos = positivo = ativo.
• Do lado direito representa as obrigações = negativo =
passivo.
PATRIMÔNIO
Elementos Positivos
Ativos
Elementos Negativos
Passivos
Bens
Moveis
Veículos
Terrenos
Imóveis
Direitos
Duplicatas a Receber
Contas a Receber
Obrigações
Salários a pagar
Impostos a pagar
Duplicatas a Pagar
FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO
• O capital inicial pode ser composto por:
- Dinheiro
- Moveis
- veículos
- Imóveis
APOIO
• A receber = Direito
• A pagar = Obrigações
• Duplicatas a Pagar = Fornecedores
• Cheque = Banco
• Deposito bancário = Banco
EXEMPLO DE FORMAÇÃO DE
PATRIMÔNIO E SUAS VARIAÇÕES
• 1- Uma pessoa constitui uma empresa, com capital inicial, em
dinheiro de R$ 50.000,00
• 2- Em seguida a variações desse capital na compra de bens
a) compra de moveis em dinheiro = R$ 5.000,00
b) Compra de veiculo, em dinheiro = R$ 15.000,00
• 3- Sentindo a necessidade a empresa realiza compras a prazo:
a) Compra de mercadorias para revender a prazo = R$
20.000,00
NA PRATICA...
Caixa: 50.000 Capital: 50.000
Total: 50.000 Total: 50.000
1º Ato Contábil
Caixa: 30.000 Capital: 50.000
Total: 50.000 Total: 50.000
2º Ato Contábil
Moveis: 5.000
Veículos: 15.000
No 1° ato contábil devemos
apenas descrever o caixa de
50.000 e o capital de 50.000
No 2° ato contábil nos
baseamos no ato anterior e
apenas subtraímos as
compras em dinheiro do caixa,
mantendo 50.000 no caixa e
50.000 no capital.
NA PRATICA...
Caixa: 30.000 Capital: 50.000
Total: 70.000 Total: 70.000
3º Ato Contábil
Moveis: 5.000
Veículos: 15.000
Mercadorias: 20.000
Fornecedores: 20.000
No 3º ato contábil diz que a empresa senti necessidade
e faz uma compra a prazo, sabendo que tudo que é
comprado a prazo entra a própria mercadoria mas do
lado passivo entra fornecedores. Somando os dois lados
teremos um total igual.
CONCLUSÃO
• Esse modo é recomendado a fazer quando estamos
realizando provas ou até mesmo uma tarefa, mas
lembrando que fizemos apenas o razonete e o balancete
de verificação, logo após essa etapa entra o balanço
patrimonial.
EXERCÍCIOS
• 1- uma pessoa constitui uma empresa com capital
inicial, em dinheiro = 100.000,00
• 2- em seguida com esse capital fez compra de bens.
a) Compra de um terreno, em dinheiro R$50.000,00
• 3- Compra de mercadoria, a prazo = R$40.000,00
EXERCÍCIOS
• 1- Constituição de capital, em dinheiro = R$50.000,00
• 2- Deposito bancário em dinheiro = R$20.000,00
• 3- Compra de veiculo, em cheque = 10.000,00

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exemplo resolvido modelo peps
Exemplo resolvido modelo pepsExemplo resolvido modelo peps
Exemplo resolvido modelo pepsAlmirSantos36
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)simuladocontabil
 
Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00capitulocontabil
 
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonialCap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonialcontroladoriacontab
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à ContabilidadeAna Paula Bevilacqua
 
Escrituracao contabil lancamentos
Escrituracao contabil lancamentosEscrituracao contabil lancamentos
Escrituracao contabil lancamentosapostilacontabil
 
CONTAS A PAGAR E RECEBER
CONTAS A PAGAR E RECEBERCONTAS A PAGAR E RECEBER
CONTAS A PAGAR E RECEBEREdno Santos
 
Exercício resolvido demonstrações[1]
Exercício resolvido demonstrações[1]Exercício resolvido demonstrações[1]
Exercício resolvido demonstrações[1]Gabriel Medeiros
 
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberAula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberotaviosneto
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutóriaLylian Vieira
 
Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeiraStudiesfree
 
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesCaderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesDaniel Itabaiana
 
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucaoExercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucaocapitulocontabil
 
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.com
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.comRAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.com
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 

Mais procurados (20)

Exemplo resolvido modelo peps
Exemplo resolvido modelo pepsExemplo resolvido modelo peps
Exemplo resolvido modelo peps
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
 
Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00Lançamentos em razonetes resolvidos 00
Lançamentos em razonetes resolvidos 00
 
Plano de contas
Plano de contasPlano de contas
Plano de contas
 
Contabilidade Básica
Contabilidade BásicaContabilidade Básica
Contabilidade Básica
 
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonialCap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
Cap 02 gabarito cf cap_tulo_02 balanco patrimonial
 
Slides Introdução à Contabilidade
Slides  Introdução à ContabilidadeSlides  Introdução à Contabilidade
Slides Introdução à Contabilidade
 
Escrituracao contabil lancamentos
Escrituracao contabil lancamentosEscrituracao contabil lancamentos
Escrituracao contabil lancamentos
 
CONTAS A PAGAR E RECEBER
CONTAS A PAGAR E RECEBERCONTAS A PAGAR E RECEBER
CONTAS A PAGAR E RECEBER
 
Exercício resolvido demonstrações[1]
Exercício resolvido demonstrações[1]Exercício resolvido demonstrações[1]
Exercício resolvido demonstrações[1]
 
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberAula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
 
Livro de exercício - contabilidade introdutória
Livro de exercício   - contabilidade introdutóriaLivro de exercício   - contabilidade introdutória
Livro de exercício - contabilidade introdutória
 
Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeira
 
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetesCaderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
Caderno de exercicios de contabilidade-ii FUCCAMP, razonetes e balancetes
 
Contabilidade conceitos básicos
Contabilidade   conceitos básicosContabilidade   conceitos básicos
Contabilidade conceitos básicos
 
Análise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações FinanceirasAnálise das Demonstrações Financeiras
Análise das Demonstrações Financeiras
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucaoExercicios contabilidade gabarito resolucao
Exercicios contabilidade gabarito resolucao
 
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.com
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.comRAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.com
RAZONETE+RAZÃO+BP+DRE .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Bp exercicios resolvidos
Bp exercicios resolvidosBp exercicios resolvidos
Bp exercicios resolvidos
 

Semelhante a Razonete e Balancete (modo simplificado)

Extinção de sociedade balanço de liquidação
Extinção de sociedade   balanço de liquidaçãoExtinção de sociedade   balanço de liquidação
Extinção de sociedade balanço de liquidaçãoAlexandra Morales
 
Resumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade BásicaResumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade Básicaeadrede
 
Contabilidade introdutória livro exercícios
Contabilidade introdutória   livro exercíciosContabilidade introdutória   livro exercícios
Contabilidade introdutória livro exercíciosPaulo Amorim
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosalbumina
 
Introdução a Contabilidade
Introdução a ContabilidadeIntrodução a Contabilidade
Introdução a ContabilidadeElias Guilherme
 
Gp contabilidade slides de aula unidade i
Gp contabilidade slides de aula   unidade iGp contabilidade slides de aula   unidade i
Gp contabilidade slides de aula unidade iClaudia Patricia
 
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_bAula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_bzeramento contabil
 
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpocCustos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpocGeraldo Luis Araujo
 
Apostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concursoApostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concursoBruna Pedroso
 
Fundamentos da contabilidade
Fundamentos da contabilidadeFundamentos da contabilidade
Fundamentos da contabilidadeCalculos Na Veia
 

Semelhante a Razonete e Balancete (modo simplificado) (20)

Extinção de sociedade balanço de liquidação
Extinção de sociedade   balanço de liquidaçãoExtinção de sociedade   balanço de liquidação
Extinção de sociedade balanço de liquidação
 
Senac ges..
Senac ges..Senac ges..
Senac ges..
 
Principios contabeis
Principios contabeisPrincipios contabeis
Principios contabeis
 
Escrituracao
EscrituracaoEscrituracao
Escrituracao
 
Resumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade BásicaResumo Básico de Contabilidade Básica
Resumo Básico de Contabilidade Básica
 
Contabilidade introdutória livro exercícios
Contabilidade introdutória   livro exercíciosContabilidade introdutória   livro exercícios
Contabilidade introdutória livro exercícios
 
Razonetes
RazonetesRazonetes
Razonetes
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentos
 
Contabilidade comercial
Contabilidade comercialContabilidade comercial
Contabilidade comercial
 
Plano de contas contabil
Plano de contas contabilPlano de contas contabil
Plano de contas contabil
 
Introdução a Contabilidade
Introdução a ContabilidadeIntrodução a Contabilidade
Introdução a Contabilidade
 
Palestra capital de giro
Palestra capital de giroPalestra capital de giro
Palestra capital de giro
 
Lista de exercícios_com_gabarito2
Lista de exercícios_com_gabarito2Lista de exercícios_com_gabarito2
Lista de exercícios_com_gabarito2
 
Gp contabilidade slides de aula unidade i
Gp contabilidade slides de aula   unidade iGp contabilidade slides de aula   unidade i
Gp contabilidade slides de aula unidade i
 
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_bAula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 03 e_04_teoria_contabilidade_2009_b
 
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpocCustos processosoperaçõescontabeiscpoc
Custos processosoperaçõescontabeiscpoc
 
Contas
ContasContas
Contas
 
Apostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concursoApostila de Contabilidade básica para concurso
Apostila de Contabilidade básica para concurso
 
Contabilidade Para Não Contadores
Contabilidade Para Não ContadoresContabilidade Para Não Contadores
Contabilidade Para Não Contadores
 
Fundamentos da contabilidade
Fundamentos da contabilidadeFundamentos da contabilidade
Fundamentos da contabilidade
 

Mais de Danilo Pereira

Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoDanilo Pereira
 
Juros simples e compostos
Juros simples e compostosJuros simples e compostos
Juros simples e compostosDanilo Pereira
 
Introdução ao financeiro
Introdução ao financeiroIntrodução ao financeiro
Introdução ao financeiroDanilo Pereira
 

Mais de Danilo Pereira (6)

Os 4Ps do marketing
Os 4Ps do marketingOs 4Ps do marketing
Os 4Ps do marketing
 
Os 4As do Marketing
Os 4As do MarketingOs 4As do Marketing
Os 4As do Marketing
 
Os 4Cs do Marketing
Os 4Cs do MarketingOs 4Cs do Marketing
Os 4Cs do Marketing
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
 
Juros simples e compostos
Juros simples e compostosJuros simples e compostos
Juros simples e compostos
 
Introdução ao financeiro
Introdução ao financeiroIntrodução ao financeiro
Introdução ao financeiro
 

Último

LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesMary Alvarenga
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das MãesA Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
A Arte de Escrever Poemas - Dia das Mães
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 

Razonete e Balancete (modo simplificado)

  • 1. F O R M A S I M P L I F I C A D A RAZONETE E BALANCETE
  • 2. ENTENDENDO... • Modo complicado Fatos  Livro  Demonstrativos = BP/DRE • Modo Simplificado Fatos  Demonstrativos = BP/DRE
  • 3. RELEMBRANDO... • Representação gráfica Vamos representar o patrimônio • O “T” tem dois lados. O lado esquerdo colocamos os bens e direitos = positivo = ativo. • Do lado direito representa as obrigações = negativo = passivo.
  • 4. PATRIMÔNIO Elementos Positivos Ativos Elementos Negativos Passivos Bens Moveis Veículos Terrenos Imóveis Direitos Duplicatas a Receber Contas a Receber Obrigações Salários a pagar Impostos a pagar Duplicatas a Pagar
  • 5. FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO • O capital inicial pode ser composto por: - Dinheiro - Moveis - veículos - Imóveis
  • 6. APOIO • A receber = Direito • A pagar = Obrigações • Duplicatas a Pagar = Fornecedores • Cheque = Banco • Deposito bancário = Banco
  • 7. EXEMPLO DE FORMAÇÃO DE PATRIMÔNIO E SUAS VARIAÇÕES • 1- Uma pessoa constitui uma empresa, com capital inicial, em dinheiro de R$ 50.000,00 • 2- Em seguida a variações desse capital na compra de bens a) compra de moveis em dinheiro = R$ 5.000,00 b) Compra de veiculo, em dinheiro = R$ 15.000,00 • 3- Sentindo a necessidade a empresa realiza compras a prazo: a) Compra de mercadorias para revender a prazo = R$ 20.000,00
  • 8. NA PRATICA... Caixa: 50.000 Capital: 50.000 Total: 50.000 Total: 50.000 1º Ato Contábil Caixa: 30.000 Capital: 50.000 Total: 50.000 Total: 50.000 2º Ato Contábil Moveis: 5.000 Veículos: 15.000 No 1° ato contábil devemos apenas descrever o caixa de 50.000 e o capital de 50.000 No 2° ato contábil nos baseamos no ato anterior e apenas subtraímos as compras em dinheiro do caixa, mantendo 50.000 no caixa e 50.000 no capital.
  • 9. NA PRATICA... Caixa: 30.000 Capital: 50.000 Total: 70.000 Total: 70.000 3º Ato Contábil Moveis: 5.000 Veículos: 15.000 Mercadorias: 20.000 Fornecedores: 20.000 No 3º ato contábil diz que a empresa senti necessidade e faz uma compra a prazo, sabendo que tudo que é comprado a prazo entra a própria mercadoria mas do lado passivo entra fornecedores. Somando os dois lados teremos um total igual.
  • 10. CONCLUSÃO • Esse modo é recomendado a fazer quando estamos realizando provas ou até mesmo uma tarefa, mas lembrando que fizemos apenas o razonete e o balancete de verificação, logo após essa etapa entra o balanço patrimonial.
  • 11. EXERCÍCIOS • 1- uma pessoa constitui uma empresa com capital inicial, em dinheiro = 100.000,00 • 2- em seguida com esse capital fez compra de bens. a) Compra de um terreno, em dinheiro R$50.000,00 • 3- Compra de mercadoria, a prazo = R$40.000,00
  • 12. EXERCÍCIOS • 1- Constituição de capital, em dinheiro = R$50.000,00 • 2- Deposito bancário em dinheiro = R$20.000,00 • 3- Compra de veiculo, em cheque = 10.000,00