O iPad na Sala de Aula

3.670 visualizações

Publicada em

Apresentação de suporte ao workshop «O iPad na Sala de Aula»

Publicada em: Educação

O iPad na Sala de Aula

  1. 1. Carlos Pinheiro, 2015 Carlos Pinheiro, 2015
  2. 2. Carlos Pinheiro, 2015
  3. 3. Carlos Pinheiro, 2015
  4. 4. Carlos Pinheiro, 2015
  5. 5. Carlos Pinheiro, 2015
  6. 6. Carlos Pinheiro, 2015
  7. 7. Carlos Pinheiro, 2015
  8. 8. Carlos Pinheiro, 2015
  9. 9. Carlos Pinheiro, 2015
  10. 10. Carlos Pinheiro, 2015
  11. 11. Carlos Pinheiro, 2015
  12. 12. Carlos Pinheiro, 2015 Mobilidade Os dispositivos móveis são o futuro da computação nas escolas. http://www.flickr.com/photos/blakespot/6860486028
  13. 13. Carlos Pinheiro, 2015 Interesse e motivação • A motivação é um dos motores da aprendizagem (incita à atividade e ao pensamento). • Alunos dedicam mais tempo ao trabalho (e, portanto, é provável que aprendam mais). http://www.flickr.com/photos/gsfc/5958025189
  14. 14. Carlos Pinheiro, 2015 Convergência http://www.flickr.com/photos/opensourceway/6555465931
  15. 15. Carlos Pinheiro, 2015 E-manual Potencialidade para substituir cadernos e manuais escolares. Manuais interativos e adaptativos. http://www.flickr.com/photos/sdobie/5077833733
  16. 16. Carlos Pinheiro, 2015 Diversidade de aplicações Mais de 50 mil aplicações educativas para todas as áreas do conhecimento.
  17. 17. Carlos Pinheiro, 2015 Interação. Atividade intelectual contínua Os alunos estão permanentemente ativos ao interagirem com o tablet. Mantêm um alto grau de implicação no trabalho.
  18. 18. Carlos Pinheiro, 2015 Investigação. Colaboração Incentiva a participação, a comunicação, o trabalho colaborativo. http://www.flickr.com/photos/stanfordedtech/4910977066
  19. 19. Carlos Pinheiro, 2015 Desenvolvimento das capacidades de expressão e da criatividade Centenas de aplicações que facilitam o desenvolvimento das capacidades de expressão escrita, gráfica e audiovisual. http://www.flickr.com/photos/kathycassidy/8391292228
  20. 20. Carlos Pinheiro, 2015 Não impede contato visual professor- aluno http://www.flickr.com/photos/56155476@N08/6660098369
  21. 21. Carlos Pinheiro, 2015 Visualização de simulações Muitas aplicações permitem simular sequências e fenómenos físicos, químicos ou sociais, fenómenos em 3D. http://www.flickr.com/photos/gsfc/5958585066
  22. 22. Carlos Pinheiro, 2015 Novos ambientes de aprendizagem http://www.flickr.com/photos/56155476@N08/6660026623 Integra-se com facilidade nos novos (e antigos) ambientes de aprendizagem
  23. 23. Carlos Pinheiro, 2015 Integração com as mais recentes tendências deTI: Cloud based computing, conectividade, portabilidade, pervasividade http://www.flickr.com/photos/56155476@N08/6660135637
  24. 24. Carlos Pinheiro, 2015 Apoio para o Ensino Especial Existem inúmeras aplicações destinadas as desenvolver competências físicas e cognitivas em alunos com necessidades especiais. http://www.flickr.com/photos/gsfc/5958025625
  25. 25. Carlos Pinheiro, 2015 Potencial de desenvolvimento Adaptável às novas tendências em educação: Gamification, Learning analytics, Adaptive Learning, Flipped Classroom http://www.flickr.com/photos/stanfordedtech/4912045460
  26. 26. Carlos Pinheiro, 2015
  27. 27. Carlos Pinheiro, 2015 Dispersão e distração A multiplicidade de aplicações disponíveis pode conduzir à dispersão. http://www.flickr.com/photos/ebolasmallpox/1066368855
  28. 28. Carlos Pinheiro, 2015 Aprendizagens incompletas Risco de suscitar aprendizagens simplistas e pouco profundas. http://www.flickr.com/photos/gsfc/5958586280
  29. 29. Carlos Pinheiro, 2015 Aprendizagens superficiais • Hábito do imediatismo. • Estratégias do mínimo esforço. • Confusão entre conhecimento e acumulação de dados. http://www.flickr.com/photos/stijlfoto/5096789111
  30. 30. Carlos Pinheiro, 2015 Poucos recursos educativos em português com potencialidade didática. http://www.flickr.com/photos/davidrn/1294933659 Pode correr-se o risco de adotar recursos em função da tecnologia e não em função da aprendizagem.
  31. 31. Carlos Pinheiro, 2015 Esforço económico Os iPads são um equipamento dispendioso e muitas aplicações são pagas. http://www.flickr.com/photos/modenadude/4758676577
  32. 32. Carlos Pinheiro, 2015 Desfasamento em relação a outras atividades http://www.flickr.com/photos/56155476@N08/6660072561
  33. 33. Carlos Pinheiro, 2015 Esforço de planificação A utilização de tecnologias móveis na sala de aula implica um esforço acrescido na conceção de novos ambientes pedagógicos e na adoção de novas atividades de ensino- aprendizagem. http://www.flickr.com/photos/ogwrnsk/5020182142/
  34. 34. Carlos Pinheiro, 2015http://www.flickr.com/photos/webber/6855946247
  35. 35. Estudo exploratório
  36. 36. Estudo exploratório • 203 alunos (5.º-8.º ano) – 25% da população escolar (Escola EB 23 Padre Alberto Neto); • 15 tablets (iPad); • 27 ebooks de literatura infanto- juvenil (leitura recreativa e informativa); • Aplicações de produtividade (texto, imagem, apresentações); • 10 professores de língua portuguesa; • Aulas de PNL de abril a junho de 2012.
  37. 37. Estudo exploratório
  38. 38. Estudo exploratório
  39. 39. Carlos Pinheiro, 2015 Horizon Report 2014 http://redarchive.nmc.org/publications/2014-horizon-report-k12 iPads na Educação http://www.scoop.it/t/ipadsedu Pinheiro, Carlos (2012), As 50 melhores aplicações educativas gratuitas para iPad, [online] Disponível em: http://lerebooks.files.wordpress.com/2012/11/as_50_melhores_aplic acoes_educativas_gratuitas_para_ipad.pdf
  40. 40. Carlos Pinheiro, 2015 Obrigado • http://lerebooks.wordpress.com • http://www.facebook.com/carlosdpinheiro • http://twitter.com/CarlosPinheiro • http://www.scoop.it/u/carlos-pinheiro

×