Biologio

237 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biologio

  1. 1. ANGIOSPERMAS Atualmente são conhecidas cerca de 350 mil espécies de plantas – desse total, mais de 250 mil são angiospermas. Angiospermas ou angiospérmicas (do grego: angeos - "bolsa" e sperma- "semente") são plantas espermatófitas cujas sementes são protegidas por uma estrutura denominada fruto. Também conhecidas por magnoliófitas ou antófitas
  2. 2. As angiospermas são as plantas dominantes no planeta e constitui a maior parte da vegetação. Há desde espécies de grande porte, como certo tipo de eucaliptos da Austrália, cujo o troncos atingem mais de 110 metros de altura e 20 metros de circunferência, até espécies com menos de 1 milímetro de comprimento. Quanto à forma, as angiospermas podem ser arvores, arbustos, trepadeiras, campis, etc. Elas vivem nos mais diversos ambientes: no solo, na água, ou sobre outras plantas, em certos casos como parasitas e em outros apenas “inquilinas”. As angiospermas são diferente da gimnospermas por apresentar flores e frutos, além de certas características.
  3. 3. A classificação que adotamos divide as angiospermas em três grupos: monocotiledôneos, que reúne cerca de 23% das espécies, eudicotiledônes, com cerca de 75% das espécies, dicotiledôneas basais, com apenas 2% das espécies. Tanto as monocotiledôneos, como as eudicotiledôneas, são grupos monofiléticos já as dicotiledôneas basais não formam um grupo monofiléticose as relações evolutivas entre suas espécies componentes ainda não forem estabelecidas.
  4. 4. GRUPOS DE ANGIOSPERMAS Monocotiledôneas: nesta classe estão cerca de 65.000 espécies como gramíneas, palmeiras e orquídeas. As plantas deste grupo possuem raiz fasciculada e as nervuras das folhas são paralelas. A semente possui apenas um cotilédone. Normalmente o ciclo de vida é curto. Dicotiledôneas: Abrigam cerca de 165.000 espécies. A semente possui dois cotilédones, a raiz pode ser axial ou pivotante. A nervura das folhas é reticulada. As flores são tetrâmeras ou pentâmeras. Normalmente apresentam ciclo de vida longo
  5. 5. CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DE UMA ANGIOSPERMAS As angiospermas arborescentes possuem três componentes principais: raízes, tronco e folhas. • As raízes são os órgãos fixadores da árvore ao solo e absorvem água e sais minerais, indispensável para a sobrevivência da planta. • O tronco, constituído de inúmeros galhos, é o órgão aéreo responsável pela formação das folhas, efetuando também a ligação delas com as raízes. • E as folhas são os órgãos onde ocorrerá a fotossíntese, ou seja, o processo em que se produzem os compostos orgânicos essenciais para a manutenção da vida da planta.
  6. 6. Angiospermas o São plantas traqueófitas; o São espermatófitas (com sementes); o São Fanerógamas (flor com estrutura reprodutora visível); o São sifonógamas (com grão-de-pólen e tubo polínico); o Têm frutas protegendo as sementes; o Fase esporofítica muito superior à fase gametofítica; o As Angiospermas são divididas em dois grandes subgrupos: as monocotiledôneas (raíz curta, folhas com nervuras paralelas, semente simples, ciclo de vida curto e crescimento primário, exemplos: gramíneas, arroz, milho, cana) e as eudicotiledôneas (raíz longa, folhas com nervuras geralmente reticuladas, sementes com 2 cotilédones, ciclo de vida longo, crescimento secundário e podem apresentar tronco lenhoso, exemplos: amendoim, feijão, soja, roseira).

×