Gabriel Caetano Giovane Maria de Fátima Bastos Micheli Brunow Fernandes Arrivabene  Trabalho de Ciências Professora: Estef...
RAÍZES
Raiz <ul><li>A  raiz  é o órgão da planta que tipicamente se encontra abaixo da superfície do solo. Tem duas funções princ...
formação <ul><li>Nas pteridófitas, as raízes se desenvolvem nos primeiros estágios do desenvolvimento do esporófito, quand...
Em uma raiz existem quatro regiões distintas: 1 -  Coifa ou Caliptra: Tem a função de proteger a ponta da raiz. 2 -   Zona...
Origem das raízes A origem da raiz principal de um vegetal superior é uma pequena região do embrião contido na semente: a ...
Raízes Subterrâneas <ul><li>São raízes que ficam sob o solo e possuem várias formas, permitindo assim uma sub-classificaçã...
Raiz Axial ou Pivotante <ul><li>Neste tipo de raiz subterrânea, típica das dicotiledôneas, é possível detectar com clareza...
Raiz Ramificada No tipo de raiz subterrânea ramificada não é possível detectar tão facilmente a raiz principal das outras ...
Raiz Fasciculada <ul><li>Neste caso é impossível distinguir a raiz principal das demais raízes. </li></ul>
Raiz Tuberosa <ul><li>A principal característica deste tipo de raiz é o acúmulo de reservas de nutrientes, sendo muito uti...
Raízes Aéreas <ul><li>Essas raízes são visíveis, pois ficam sempre acima do solo. Há sub-grupos dessas raízes, são: estran...
Raiz Estranguladora <ul><li>São raízes que, de certa forma, “abraçam” outro vegetal. Na maioria dos casos onde isto ocorre...
Raiz Respiratória ou Pneumatóforo <ul><li>Esse tipo de raiz é responsável por auxiliar a respiração do vegetal, como já di...
Raiz Suporte <ul><li>Esta raiz auxilia no suporte do vegetal. É comum encontrarmos este tipo de raiz nos manguezais. </li>...
Raiz Sugadora <ul><li>Este tipo de raiz adentra o corpo da planta hospedeira, de maneira a absorver todo ou parte do alime...
Raiz Tubular ou Sapopema <ul><li>São raízes grandes, bem  desenvolvidas , que conferem estabilidade para planta. </li></ul>
Raízes Aquáticas <ul><li>Como o próprio nome já traduz, esta raiz se desenvolve em plantas aquáticas. Diferindo das raízes...
<ul><li>Devemos pensar em Deus e na vida não somente em momentos difíceis, mas todos os dias, afinal é mais fácil corrigir...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação2 trabalho

396 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
396
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação2 trabalho

  1. 1. Gabriel Caetano Giovane Maria de Fátima Bastos Micheli Brunow Fernandes Arrivabene Trabalho de Ciências Professora: Estefânia Demoner Toniato Turma: 6ª “B”
  2. 2. RAÍZES
  3. 3. Raiz <ul><li>A raiz é o órgão da planta que tipicamente se encontra abaixo da superfície do solo. Tem duas funções principais: servir como meio de fixação ao solo e como órgão absorvente de água, compostos nitrogenados e outras substâncias minerais como potássio e fósforo (matéria bruta ou inorgânica). Quase sempre subterrânea. Há, no entanto, plantas dotadas de raízes especiais, como as figueiras com as suas raízes aéreas, e as plantas epífitas . </li></ul>
  4. 4. formação <ul><li>Nas pteridófitas, as raízes se desenvolvem nos primeiros estágios do desenvolvimento do esporófito, quando ainda preso ao gametófito. Nas plantas com sementes, raízes têm origem no embrião. O precursor da raiz no embrião, a radícula, é o primeiro órgão a se desenvolver no ato da germinação da semente. Nas dicotiledôneas e Gimnospermas, esta raiz primordial desenvolve-se e torna-se a raiz principal, da qual a maior parte do sistema radicular é derivado. Leva o nome de axial. Já em monocotiledôneas, a radícula se degenera, e todas as raízes brotam a partir da base do caule, conhecidas neste caso como raízes adventícias , ou fasciculada. </li></ul>
  5. 5. Em uma raiz existem quatro regiões distintas: 1 -  Coifa ou Caliptra: Tem a função de proteger a ponta da raiz. 2 -   Zona Lisa ou Zona de Crescimento: Região por onde a raiz cresce. 3 -  Zona Pilífera: Possuí grande quantidade de pêlos, que absorvem as substâncias do solo. 4 -  Zona Suberosa: É a última camada e a mais extensa, sendo responsável pela ramificação da raiz.
  6. 6. Origem das raízes A origem da raiz principal de um vegetal superior é uma pequena região do embrião contido na semente: a radícula..As raízes laterais, por sua vez, se originam da raiz principal ou de outra raiz já existente. Há casos, em que uma raiz se origina de um outro órgão como o caule e a folha. Nestes casos as raízes são chamadas de adventíceas.
  7. 7. Raízes Subterrâneas <ul><li>São raízes que ficam sob o solo e possuem várias formas, permitindo assim uma sub-classificação: axial ou pivotante, ramificada, fasciculada e tuberosa. </li></ul>
  8. 8. Raiz Axial ou Pivotante <ul><li>Neste tipo de raiz subterrânea, típica das dicotiledôneas, é possível detectar com clareza uma raiz principal distinta das raízes secundárias, como na ilustração abaixo: </li></ul>
  9. 9. Raiz Ramificada No tipo de raiz subterrânea ramificada não é possível detectar tão facilmente a raiz principal das outras raízes. Pois como já diz o próprio nome há uma ramificação secundária, terciária e assim sucessivamente, sempre a partir da raiz primária.
  10. 10. Raiz Fasciculada <ul><li>Neste caso é impossível distinguir a raiz principal das demais raízes. </li></ul>
  11. 11. Raiz Tuberosa <ul><li>A principal característica deste tipo de raiz é o acúmulo de reservas de nutrientes, sendo muito utilizada na nossa alimentação. Um exemplo clássico é a cenoura. </li></ul>
  12. 12. Raízes Aéreas <ul><li>Essas raízes são visíveis, pois ficam sempre acima do solo. Há sub-grupos dessas raízes, são: estranguladoras, grampiformes ou aderentes, respiratórias ou pneumatóforos, suporte, sugadoras e tabulares ou sapopemas. </li></ul>
  13. 13. Raiz Estranguladora <ul><li>São raízes que, de certa forma, “abraçam” outro vegetal. Na maioria dos casos onde isto ocorre há a morte do hospedeiro. </li></ul>
  14. 14. Raiz Respiratória ou Pneumatóforo <ul><li>Esse tipo de raiz é responsável por auxiliar a respiração do vegetal, como já diz seu nome. </li></ul>
  15. 15. Raiz Suporte <ul><li>Esta raiz auxilia no suporte do vegetal. É comum encontrarmos este tipo de raiz nos manguezais. </li></ul>
  16. 16. Raiz Sugadora <ul><li>Este tipo de raiz adentra o corpo da planta hospedeira, de maneira a absorver todo ou parte do alimento do vegetal. </li></ul>
  17. 17. Raiz Tubular ou Sapopema <ul><li>São raízes grandes, bem desenvolvidas , que conferem estabilidade para planta. </li></ul>
  18. 18. Raízes Aquáticas <ul><li>Como o próprio nome já traduz, esta raiz se desenvolve em plantas aquáticas. Diferindo das raízes subterrâneas, a função deste tipo de raiz não é fixar, mas apenas absorver os nutrientes flutuantes presentes na água. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Devemos pensar em Deus e na vida não somente em momentos difíceis, mas todos os dias, afinal é mais fácil corrigir um pequeno problema quando está começando do que esperar que ele cresça e crie raízes em nós. A busca de Deus é a busca da alegria. O encontro com Deus é a própria alegria , Tudo é como é, e é perfeito. Se não é perfeito aos nossos olhos, é perfeito aos olhos de Deus. </li></ul>

×