A era de ouro de israel

412 visualizações

Publicada em

Análise do contexto social do reinado hebreu

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A era de ouro de israel

  1. 1. A ERA DE OURO DE ISRAEL: DAVI E SALOMÃO (II SM 5.11- I RS 11.43) Aluno: ítalo Reis Orientador: Prof. Dr. João Leonel Seminário Presbiteriano do Sul – SPS #eusousps
  2. 2. O reinado de Davi(1010-970)  Davi sobe ao poder través de uma história de vitórias bélicas;  A principal estratégia de Davi, foi a centralização do poder em uma única cidade estado, Jerusalém;  Jerusalém como capital religiosa do estado, e a criação de uma unidade religiosa.
  3. 3. Davi foi um governante perspicaz  Soube aproveitar e entender as demanda de seu povo, entendeu que a melhor forma de unificar a nação era a instituição de um reinado teocrático, no qual o rei era figura religiosa;  Ao centralizar o poder em uma cidade conquistada por ele, o rei, legitima seu poder diante das aldeias, dando um aviso aos seus possíveis rivais. Nesta cidade há construções e embelezamento com tons bastante luxuosos, uma corte extensa e exércitos treinados.
  4. 4. Território do Rei Davi
  5. 5. O Mito da Unificação  Sobre a questão da unificação da nação vale levantar as questões de Finkelstein e Liberman (2003, p. 186), os quais questionam a validade de uma unidade entre as tribos judaicas;  Falta de evidencias arqueológicas;  Ideologia deuterionomista;  Ideologia de Josias.
  6. 6. O Reinado Davi e seus escândalos  adultério com a esposa de um de seus soldados;  Encesto e estupro simultâneos, praticado por um de seus filhos;  O filho mais velho do rei Davi chamado Absalão implementada uma rebelião contra seu pai e ainda pior apoiado pelo general de confiança da tropa de Davi.
  7. 7. O reinado de Salomão (970-931)  lidar com uma corte de irmãos desejosos por poder e por depô-lo do trono;  Sábio rei aos moldes orientais;  Tem como principais características, o crescimento econômico e um progresso na estrutura política na região.
  8. 8. Detalhes do Reinado de Salomão  Estabelecer diversos acordos comerciais com povos vizinhos;  Criação de um sistema de prefeituras em cada uma das tribos, constituindo um sistema de vassalagem;  A questão Brueggemann (2003, p. 181), diz que durante a narrativa da construção do templo o livro dos Reis apresenta Salomão como um rei bom, que tem profunda ligação com Javé, no entanto os relatos que se sucedem apresentam os desvios de caráter deste rei, colocando em evidência um rei mal.
  9. 9. Conclusão Diante de uma literatura que tem por finalidade legitimar uma dinastia, a ênfase é evidenciar um relato heroico icônico, que conduz o leitor crer num apogeu sem precedentes, até em relação a outros povos, talvez não seja exatamente assim que a história acontece.
  10. 10. Referencias  BRUEGGEMANN, W. An Introduction to the Old Testament. Minneapolis: Fortress, 2002.  DE VAUX, Roland. Instituições de Israel no Antigo Testamento.  São Paulo: Vida Nova, 2004  FINKELSTEIN, Israel; SILBERMAN, Neil Asher. A Bíblia não tinha razão. São Paulo: A Girafa Editora, 2003.  LASOR, William S.; HUBBARD, David A.; BUSH, Frederic W. Introdução ao Antigo Testamento. 2ª ed. São Paulo, SP: Vida Nova, 2002
  11. 11. Grato pela Atenção! Perguntas??? #EuSoUsPs

×