SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
Agilidade e Qualidade:
Lados da Mesma Moeda

    Eng. Adail Muniz Retamal
       adail@heptagon.com.br

                               19/09/2008
Engenharia de Produção
                                            Processo de Produção

     Idéias e                  Entender                 Pensar
                              o que fazer
                                                                                Fazer
   Necessidades                                       como fazer




     Produto                        Verificar o que foi feito



                                   Processo de Produção de Software

                               Análise                 Desenho                 Construção
   Requisitos                                           (Design)

                  Erro                      Erro                   Erro

                  Testes de                Testes de                Testes
     Produto                          Integração/Sistema
                  Aceitação                                        Unitários



                                                                                            2
Qualidade é Questão de Ângulo!



       Idéias e
     Necessidades
                    Especificação
                    Expectativa
                     Resultado
       Produto




                                    3
Qualidade é Questão de Ângulo!



       Idéias e
     Necessidades
                                         Qes
                    Qsr       Expectativa
                                         Qer
       Produto




                 Aviso: Esses vetores estão no espaço (3D)!



                                                              4
Efeito do Ângulo no Tempo



       Idéias e
     Necessidades
                    Expectativa


       Produto



                      Tempo



                                  5
Este Mesmo Ciclo de Produção...
                                            Processo de Produção

     Idéias e                  Entender                 Pensar
                              o que fazer
                                                                                Fazer
   Necessidades                                       como fazer




     Produto                        Verificar o que foi feito



                                   Processo de Produção de Software

                               Análise                 Desenho                 Construção
   Requisitos                                           (Design)

                  Erro                      Erro                   Erro

                  Testes de                Testes de                Testes
     Produto                          Integração/Sistema
                  Aceitação                                        Unitários



                                                                                            6
Pode Ser Executado Assim...
 Requisitos
                                             Em cascata
                                                                                              Requisitos
                                             (waterfall)
                  Análise

                                 Desenho                                                                     Versão 2
                                                                                         Teste                          Análise
                                           Construção                                                        Versão 1


                                                          Teste

                                                                       Entrega


                   Incremental
Requisitos
                                                                                         Construção                     Desenho
             Análise                      Análise

                       Desenho                      Desenho

                             Construção                   Construção

                                          Teste                        Teste                          Evolucionário
                                                                               Entrega



                                                                                                                                  7
O Que Mudar? A Realidade Atual
    Falta de Confiabilidade
                                                 Má Qualidade
                                            O produto não atende às
                                             expectativas do cliente
                                                                                                    Inflexibilidade
    Não poder contar com as                                                                        Incapacidade de
     promessas da equipe                                                                       acompanhar as mudanças
                                              Para tentar cumprir
                                               prazo e/ou custo,
                                               corta-se escopo,
                                            testes, documentação
                                                                               O produto fica
      Os projetos                                                           inchado, complexo        O negócio e o
       atrasam                  Falta de Visibilidade                           e inflexível          aprendizado
                                Não saber como está                                                  são dinâmicos
                                  o projeto/produto


  Lei de Parkinson,                                          Há funciona-                 Gostamos de arquitetar
    Síndrome do               Noção errônea de                                           p/ o presente e p/ o futuro
                                                          lidades que não
Estudante, Multitarefa        valor gera conflitos                                           (real ou imaginário)
                                                            agregam valor
                                de prioridades

                                                                                                                       Os requisitos
        Há pressão para se                               Os clientes pedem           Forçamos os clientes               devem ser
         cumprir as tarefas                             tudo o que imaginam          a pedirem tudo o que              “congelados”
        no prazo prometido                                que vão precisar            querem no início do
                                                                                            projeto


 Estimativas são          Exigimos estimativas
 tomadas como               precisas para a                           Adotamos o ciclo
 compromissos             duração das tarefas                         de vida em série               Devemos evitar
                                                                         (cascata)                   mudanças nos
                                                                                                        planos
                           Detalhamos bem o                          Queremos um forte
                         cronograma do projeto,                       controle sobre o
                         até ao nível das tarefas                   escopo, prazo e custo                                              8
Má Qualidade
                                            O produto não atende às
    Falta de Confiabilidade                                                                       Inflexibilidade
                                             expectativas do cliente
    Não poder contar com as                                                                      Incapacidade de
     promessas da equipe                                                                     acompanhar as mudanças
                                              Para tentar cumprir
                                               prazo e/ou custo,
                                               corta-se escopo,
                                            testes, documentação
                                                                              O produto fica
      Os projetos                                                          inchado, complexo       O negócio e o
       atrasam                  Falta de Visibilidade                          e inflexível         aprendizado
                                Não saber como está                                                são dinâmicos
                                  o projeto/produto


  Lei de Parkinson,                                         Há funciona-                Gostamos de arquitetar
    Síndrome do               Noção errônea de                                         p/ o presente e p/ o futuro
                                                         lidades que não
Estudante, Multitarefa        valor gera conflitos                                         (real ou imaginário)
                                                           agregam valor
                            O projeto demora e custa
                                de prioridades

                                                                                                                     Os requisitos
        Há pressão para se mais que o prometido, e
                                         Os clientes pedem                         Forçamos os clientes               devem ser
         cumprir as tarefas             tudo o que imaginam                        a pedirem tudo o que              “congelados”
        no prazo prometido  entrega menos e pior do
                                          que vão precisar                          querem no início do
                                                                                          projeto
                                que se esperava
 Estimativas são          Exigimos estimativas
 tomadas como               precisas para a                         Adotamos o ciclo
 compromissos             duração das tarefas                       de vida em série               Devemos evitar
                                                                       (cascata)                   mudanças nos
                                                                                                      planos
                           Detalhamos bem o                      Queremos um forte
                         cronograma do projeto,                   controle sobre o
                         até ao nível das tarefas               escopo, prazo e custo                                                9
Quais Regras Devemos Usar?
 • Orientação por visão e valor para o cliente
    – Requisitos mudam, à medida que se aprende
    – Resposta à mudança é essencial para o sucesso
 • Desenvolvimento dirigido por funcionalidades
    – Função completa com valor para o cliente
    – Desenvolvidas e testadas rapidamente, e adaptadas
 • Ciclo de vida iterativo e incremental
    – Plano de liberação, com ciclos de 2 a 4 semanas
    – Cada iteração gera funcionalidades completas e testadas,
      potencialmente entregáveis
 • Ambiente colaborativo
    – Equipe trabalha muito próxima
    – Documentação apenas o suficiente para suportar a iteração
    – Feedback freqüente, adaptação e aprendizado

                                                                  10
Gestão Ágil de Projetos
  Antevisão
                                                     Plano de
                                                     Liberação

                               Especular                         Explorar



                                      Ação
                                                                            Funcionalidades
                                    Adaptativa       Adaptar                 Completadas
        Lista de
    Funcionalidades


                                           Produto
  “Agile Project Management”
                                                                   Fechar
                                            Final
      Jim Highsmith, 2004




                                                                                              11
Scrum

                                7. Reuniões Diárias        6. Dia
                                      (em pé)



                                                                5. Iteração
                                              4. Tarefas       (2 a 4 sem.)
                3. Escopo da Corrida         detalhadas                           8. Incremento de Produto
                                             pela equipe                          (pode ser liberado para uso)
                       (Sprint)




 1. Visão                       2. Lista de Espera (Backlog) de funcionalidades
(RSI, marcos,                   do produto, priorizada pelo Dono do Produto
  versões)



                                  9. Validação e Adaptação



                                                                                                                 12
FDD: Feature Driven Development
      Requisitos                      Concepção e Planejamento
                                Desenvolver           Construir           Planejar
  Mais forma que conteúdo       um Modelo             a Lista de            por
                                Abrangente            Features            Feature

                                                                                         Plano de
                                                                                     Desenvolvimento


            Modelo de Objetos
                                                 Construção

                                         Detalhar             Construir                 Progresso
       Mais conteúdo na forma              por                  por
                                         Feature              Feature
               Produto

                                              Pacotes de Trabalho




                                                                                                       13
Quadro de Tarefas

Backlog        Pendentes           Iniciadas   Inspeção/Teste   Finalizadas


 Fulano    E       N           N       N I                      N     N



Beltrana                       N               N     N I        N


 Sicrano   N       N       N   E       N I     N     N          E     N


   Zé      N       N           N       N


   J.J.    N       N           I                                N



                                                                              14
15
Métricas, Estoques e Perdas

                                     Matéria-Prima                             Trabalho em Progresso
                                                                                                        Arquitetura
                                          Requisitos                   Especificações                   Cenários
                                          Alterações                   Alterações                       Alterações


    Idéias e
                                             Análise                        Desenho                      Construção
  Necessidades                                                              (Design)



          Perdas              Erro                           Erro                          Erro




                          Testes de                         Testes de                       Testes
    Produto                                            Integração/Sistema
                          Aceitação                                                        Unitários

              Código pronto                       Planos de Testes               Planos de Testes              Código
              p/ liberação                        Cenários Gerais                Cenários Localizados          a testar

       Produto Acabado                                               Trabalho em Progresso




                                                                                                                          16
Práticas Ágeis de Qualidade
 •   Ciclos Curtos (Time Box) ou Fluxo Contínuo
 •   Test Driven Requirements/Development
 •   Domain Driven Design
 •   Feature Driven Development
 •   Testes Unitários
 •   Integração e Testes Contínuos
 •   Refactoring
 •   Colaboração Entre Desenvolvedores
     – Programação em Pares
     – Revisão por Pares e Inspeções
 • Cliente/Dono do Produto mais Próximo
 • Retrospectivas

                                                  17
Principais Benefícios da Gestão Ágil
 • Inovação Contínua
    – Entregar de acordo com os requisitos atuais do cliente
 • Adaptabilidade do Produto
    – Entregar de acordo com os requisitos futuros do cliente
 • Cronogramas Reduzidos de Entrega
    – Satisfazer janelas de mercado
    – Melhorar o Retorno Sobre o Investimento (RSI)
 • Adaptabilidade das Pessoas e Processos
    – Responder rapidamente às mudanças no produto e no
      negócio
 • Resultados Confiáveis
    – Suportar o crescimento e a lucratividade do negócio

                                                                18
Receitas de Agilidade
 • Focar na Qualidade          • Entregar um fluxo estável
 • Reduzir (ou limitar) o        de software com valor e
   Trabalho em Progresso         com sucesso, por
 • Equilibrar a Demanda        • Fortalecer equipes
   com relação ao Ganho          colaborativas, confiantes
   (Vazão)                       e motivadas;
 • Priorizar                   • Responder ao feedback e
 • Crédito Extra: Reduzir a      adaptar à mudança, e
   variação no processo e no   • Construir com qualidade
   seu fluxo                     desde o início
          David Anderson                  Karl Scotland
         AgileManagement.Net                Availagility


                                                             19
Agile CMMI
                  Nível           Foco                         Áreas de Processos                    Produtividade
                                Melhoria                                                             Qualidade
                  5: Em                       OID: Inovação e Implantação Organizacional
                               Contínua do
               Otimização                     CAR: Análise e Prevenção de Defeitos
                                Processo
              4: Gerenciado     Gerência      QPM: Gerenciamento Quantitativo de Projeto
              Quantitativam.   Quantitativa   OPP: Performance do Processo Organizacional
                                              RD: Desenvolvimento de Requisitos
Scrum + FDD




                                              TS: Solução Técnica
                                              PI: Integração de Produtos
                                              VER: Verificação
                                              VAL: Validação
                               Padronização
              3: Definido                     OPF: Foco no Processo Organizacional
                                do Processo
                                              OPD: Definição do Processo Organizacional
                                              OT: Treinamento Organizacional
                                              IPM: Gerência Integrada de Projeto
                                              RSKM: Gerência de Riscos
                                              DAR: Análise e Tomada de Decisão
                                              REQM: Gerência de Requisitos
                                              PP: Planejamento de Projeto
                                Gerência      PMC: Monitoramento e Controle de Projeto
              2: Gerenciado     Básica de     SAM: Gerência de Acordos com Fornecedores
                                Projetos      MA: Medição e Análise
                                              PPQA: Garantia da Qualidade do Processo e do Produto
                                              CM: Gerência de Configuração
                                                                                                              Risco
                 1 :Inicial                                                                              Retrabalho



                                                                                                                      20
Agilidade É Alinhamento!



       Idéias e
     Necessidades
                                     Qes
                    Qsr   Expectativa
                                     Qer
       Produto




                                           21
Agilidade É Alinhamento!



       Idéias e
     Necessidades
                    Especificação
                    Expectativa
                     Resultado
       Produto




                                    22
Aviso aos Navegantes!
                                            Idéia                          Modelo de Mudança de
                                      transformadora                           Virgínia Satir
                            Catalisador
                            p/ mudança



                     Antigo                         Prática &         Novo
                                    Caos
                   Status quo                      Integração       Status quo




                                                Vale do Desespero
   Produtividade




                                                                                         Ganho




                                           Tempo




                                                                                                  23
Obrigado!




Adail Muniz Retamal                  Nikolai Albuquerque
 adail@heptagon.com.br           nikolai.albuquerque@innovit.com.br
                                                                24

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Engenharia de Software
Engenharia de SoftwareEngenharia de Software
Engenharia de SoftwareSm3nd3s29
 
10 D Projeto Detalhado
10 D Projeto Detalhado10 D Projeto Detalhado
10 D Projeto DetalhadoMarcel Gois
 
Es17 predicao de defeitos em software
Es17   predicao de defeitos em softwareEs17   predicao de defeitos em software
Es17 predicao de defeitos em softwareVictor Hugo
 
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do ProdutoMarcel Gois
 
10 D Projeto Detalhado Parte 2
10 D   Projeto Detalhado   Parte 210 D   Projeto Detalhado   Parte 2
10 D Projeto Detalhado Parte 2Marcel Gois
 
10 D Projeto Detalhado Parte 3
10 D   Projeto Detalhado   Parte 310 D   Projeto Detalhado   Parte 3
10 D Projeto Detalhado Parte 3Marcel Gois
 
1. Abordagens Ágeis
1. Abordagens Ágeis1. Abordagens Ágeis
1. Abordagens ÁgeisSaulo Arruda
 
7 PPP - Projeto Conceitual (1)
7 PPP - Projeto Conceitual (1)7 PPP - Projeto Conceitual (1)
7 PPP - Projeto Conceitual (1)Marcel Gois
 
Projeto Informacional
Projeto InformacionalProjeto Informacional
Projeto InformacionalMarcel Gois
 
IBM Rational Piores Práticas em Testes
IBM Rational Piores Práticas em TestesIBM Rational Piores Práticas em Testes
IBM Rational Piores Práticas em TestesFelipe Freire
 
Gestão da mudança aluno
Gestão da mudança alunoGestão da mudança aluno
Gestão da mudança alunozeusi9iuto
 
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo BorgesIdeias na Laje
 

Mais procurados (20)

Engenharia de Software
Engenharia de SoftwareEngenharia de Software
Engenharia de Software
 
Qualidade de software
Qualidade de softwareQualidade de software
Qualidade de software
 
Inspeções em desenvolvimento de software
Inspeções em desenvolvimento de softwareInspeções em desenvolvimento de software
Inspeções em desenvolvimento de software
 
10 D Projeto Detalhado
10 D Projeto Detalhado10 D Projeto Detalhado
10 D Projeto Detalhado
 
Es17 predicao de defeitos em software
Es17   predicao de defeitos em softwareEs17   predicao de defeitos em software
Es17 predicao de defeitos em software
 
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto11 D   PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
11 D PreparaçãO Da ProduçãO Do Produto
 
10 D Projeto Detalhado Parte 2
10 D   Projeto Detalhado   Parte 210 D   Projeto Detalhado   Parte 2
10 D Projeto Detalhado Parte 2
 
10 D Projeto Detalhado Parte 3
10 D   Projeto Detalhado   Parte 310 D   Projeto Detalhado   Parte 3
10 D Projeto Detalhado Parte 3
 
Revista Engenharia de Software n° 44
Revista Engenharia de Software n° 44Revista Engenharia de Software n° 44
Revista Engenharia de Software n° 44
 
1. Abordagens Ágeis
1. Abordagens Ágeis1. Abordagens Ágeis
1. Abordagens Ágeis
 
7 PPP - Projeto Conceitual (1)
7 PPP - Projeto Conceitual (1)7 PPP - Projeto Conceitual (1)
7 PPP - Projeto Conceitual (1)
 
Es06 teste de software
Es06   teste de softwareEs06   teste de software
Es06 teste de software
 
Projeto Informacional
Projeto InformacionalProjeto Informacional
Projeto Informacional
 
Database Refactoring- Manoel Pimentel
Database Refactoring-  Manoel PimentelDatabase Refactoring-  Manoel Pimentel
Database Refactoring- Manoel Pimentel
 
Es 09
Es 09Es 09
Es 09
 
IBM Rational Piores Práticas em Testes
IBM Rational Piores Práticas em TestesIBM Rational Piores Práticas em Testes
IBM Rational Piores Práticas em Testes
 
Gestão da mudança aluno
Gestão da mudança alunoGestão da mudança aluno
Gestão da mudança aluno
 
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges
16º Ideias na Laje - Palestra Principal // Rodrigo Borges
 
Liderança Lean
Liderança LeanLiderança Lean
Liderança Lean
 
Early Equipment Management
Early Equipment ManagementEarly Equipment Management
Early Equipment Management
 

Destaque

Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014Ester de Campos
 
Agilidade além do mundo do software
Agilidade além do mundo do softwareAgilidade além do mundo do software
Agilidade além do mundo do softwareJoão Paulo Novais
 
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucros
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucrosComo aumentar a produtividade e multiplicar os lucros
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucrosKamila Máximos
 
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Juliano Ribeiro
 
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, Agilidade
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, AgilidadeGestão do Conhecimento, Flexibilidade, Agilidade
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, AgilidadeJose Claudio Terra
 
Hortifruti brasil show pesquisa expositores 2013
Hortifruti brasil show   pesquisa expositores 2013Hortifruti brasil show   pesquisa expositores 2013
Hortifruti brasil show pesquisa expositores 2013Pj Eventos
 
7 Habilidades de uma Organização Ágil
7 Habilidades de uma Organização Ágil7 Habilidades de uma Organização Ágil
7 Habilidades de uma Organização ÁgilTeresa Maciel
 
Os caminhos da Agilidade em Empresa Pública
Os caminhos da Agilidade em Empresa PúblicaOs caminhos da Agilidade em Empresa Pública
Os caminhos da Agilidade em Empresa PúblicaRamon Ribeiro Rabello
 
Curso de repositor de mercadoria
Curso de repositor de mercadoriaCurso de repositor de mercadoria
Curso de repositor de mercadoriaEderson Varejo
 
Técnicas de reposição
Técnicas de reposiçãoTécnicas de reposição
Técnicas de reposiçãosoraiafilipa17
 
Kit treinamento operacional varejo inteligente
Kit treinamento operacional   varejo inteligenteKit treinamento operacional   varejo inteligente
Kit treinamento operacional varejo inteligenteRamos, Luiz Ramos
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoBenjamim Garcia Netto
 
Organização do trabalho
Organização do trabalhoOrganização do trabalho
Organização do trabalhoJosé Gomes
 
Formas de Organização do Trabalho
Formas de Organização do TrabalhoFormas de Organização do Trabalho
Formas de Organização do TrabalhoLuisa Lamas
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoGrupo E. Fabris
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeVinicius Souza
 

Destaque (20)

Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
 
Agilidade além do mundo do software
Agilidade além do mundo do softwareAgilidade além do mundo do software
Agilidade além do mundo do software
 
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucros
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucrosComo aumentar a produtividade e multiplicar os lucros
Como aumentar a produtividade e multiplicar os lucros
 
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
Melhoria de processos em métodos ágeis: não é o que você está pensando! - Raf...
 
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, Agilidade
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, AgilidadeGestão do Conhecimento, Flexibilidade, Agilidade
Gestão do Conhecimento, Flexibilidade, Agilidade
 
79 com
79 com79 com
79 com
 
Hortifruti brasil show pesquisa expositores 2013
Hortifruti brasil show   pesquisa expositores 2013Hortifruti brasil show   pesquisa expositores 2013
Hortifruti brasil show pesquisa expositores 2013
 
7 Habilidades de uma Organização Ágil
7 Habilidades de uma Organização Ágil7 Habilidades de uma Organização Ágil
7 Habilidades de uma Organização Ágil
 
Os caminhos da Agilidade em Empresa Pública
Os caminhos da Agilidade em Empresa PúblicaOs caminhos da Agilidade em Empresa Pública
Os caminhos da Agilidade em Empresa Pública
 
Varejo: Hortifruti
Varejo: HortifrutiVarejo: Hortifruti
Varejo: Hortifruti
 
Curso de repositor de mercadoria
Curso de repositor de mercadoriaCurso de repositor de mercadoria
Curso de repositor de mercadoria
 
tecnicas de reposiçao
tecnicas de reposiçaotecnicas de reposiçao
tecnicas de reposiçao
 
Técnicas de reposição
Técnicas de reposiçãoTécnicas de reposição
Técnicas de reposição
 
Kit treinamento operacional varejo inteligente
Kit treinamento operacional   varejo inteligenteKit treinamento operacional   varejo inteligente
Kit treinamento operacional varejo inteligente
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
 
Organização do trabalho
Organização do trabalhoOrganização do trabalho
Organização do trabalho
 
Formas de Organização do Trabalho
Formas de Organização do TrabalhoFormas de Organização do Trabalho
Formas de Organização do Trabalho
 
Organização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de TrabalhoOrganização da Rotina de Trabalho
Organização da Rotina de Trabalho
 
Merchandising
MerchandisingMerchandising
Merchandising
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
 

Semelhante a Agilidade e Qualidade: Lados da Mesma Moeda

Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POA
Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POAAgilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POA
Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POAAdail Retamal
 
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012Adriano Bertucci
 
Qualidade de software com Visual Studio ALM
Qualidade de software com Visual Studio ALMQualidade de software com Visual Studio ALM
Qualidade de software com Visual Studio ALMAdriano Bertucci
 
Segurança no Desenvolvimento de Software
Segurança no Desenvolvimento de SoftwareSegurança no Desenvolvimento de Software
Segurança no Desenvolvimento de SoftwareMarcelo Fleury
 
A importância da arquitetura de software
A importância da arquitetura de softwareA importância da arquitetura de software
A importância da arquitetura de softwareAdriano Tavares
 
Testes em projetos usando Scrum
Testes em projetos usando ScrumTestes em projetos usando Scrum
Testes em projetos usando ScrumPablo Quiroga
 
Vi ebts implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...
Vi ebts   implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...Vi ebts   implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...
Vi ebts implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...Welington Monteiro
 
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.senaimais
 
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java JavaImplementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Javaelliando dias
 
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoftDevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoftIgor Abade
 
Encontro Locaweb
Encontro  LocawebEncontro  Locaweb
Encontro LocawebFabio Akita
 
Encontro Locaweb Curitiba
Encontro  Locaweb CuritibaEncontro  Locaweb Curitiba
Encontro Locaweb CuritibaFabio Akita
 
Integração Contínua
Integração ContínuaIntegração Contínua
Integração ContínuaScrumHalf Tool
 
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos Aires
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos AiresLean Startup - Ágiles 2011 Buenos Aires
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos AiresWebgoal
 
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team SystemTeched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team SystemFábio Câmara
 
10 D Projeto Detalhado
10 D   Projeto Detalhado10 D   Projeto Detalhado
10 D Projeto DetalhadoMarcel Gois
 
Modernização de Aplicações
Modernização de AplicaçõesModernização de Aplicações
Modernização de AplicaçõesMarcio Sete
 

Semelhante a Agilidade e Qualidade: Lados da Mesma Moeda (20)

Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POA
Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POAAgilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POA
Agilidade com Responsabilidade - Agile Day 2008 - POA
 
Aula2 paradigmas
Aula2 paradigmasAula2 paradigmas
Aula2 paradigmas
 
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
 
Qualidade de software com Visual Studio ALM
Qualidade de software com Visual Studio ALMQualidade de software com Visual Studio ALM
Qualidade de software com Visual Studio ALM
 
Segurança no Desenvolvimento de Software
Segurança no Desenvolvimento de SoftwareSegurança no Desenvolvimento de Software
Segurança no Desenvolvimento de Software
 
Just java 2011
Just java   2011Just java   2011
Just java 2011
 
A importância da arquitetura de software
A importância da arquitetura de softwareA importância da arquitetura de software
A importância da arquitetura de software
 
Testes em projetos usando Scrum
Testes em projetos usando ScrumTestes em projetos usando Scrum
Testes em projetos usando Scrum
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
Vi ebts implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...
Vi ebts   implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...Vi ebts   implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...
Vi ebts implantação de fábrica de teste - desafios, resultados e melhores p...
 
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.
Palestra 8- Manufatura Digital: Tecnologia na melhoria do processo produtivo.
 
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java JavaImplementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
 
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoftDevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
 
Encontro Locaweb
Encontro  LocawebEncontro  Locaweb
Encontro Locaweb
 
Encontro Locaweb Curitiba
Encontro  Locaweb CuritibaEncontro  Locaweb Curitiba
Encontro Locaweb Curitiba
 
Integração Contínua
Integração ContínuaIntegração Contínua
Integração Contínua
 
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos Aires
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos AiresLean Startup - Ágiles 2011 Buenos Aires
Lean Startup - Ágiles 2011 Buenos Aires
 
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team SystemTeched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
 
10 D Projeto Detalhado
10 D   Projeto Detalhado10 D   Projeto Detalhado
10 D Projeto Detalhado
 
Modernização de Aplicações
Modernização de AplicaçõesModernização de Aplicações
Modernização de Aplicações
 

Último

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...E-Commerce Brasil
 
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIAMERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIARAFAELREBELO13
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxvaniapatriciapimente
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...E-Commerce Brasil
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxEduardoRodriguesOliv2
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxCarladeOliveira25
 
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdflucianatorresdemelo
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...E-Commerce Brasil
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfReinerModro
 

Último (12)

Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIAMERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
MERCADO LIVRE DE ENERGIA - QUALIDADE NO USO DA ENERGIA
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptxsistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
sistema de transporte brasil - 7 ano.pptx
 
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdfAula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
Aula teórica 2 - Gametogênese feminina.pdf
 
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 

Agilidade e Qualidade: Lados da Mesma Moeda

  • 1. Agilidade e Qualidade: Lados da Mesma Moeda Eng. Adail Muniz Retamal adail@heptagon.com.br 19/09/2008
  • 2. Engenharia de Produção Processo de Produção Idéias e Entender Pensar o que fazer Fazer Necessidades como fazer Produto Verificar o que foi feito Processo de Produção de Software Análise Desenho Construção Requisitos (Design) Erro Erro Erro Testes de Testes de Testes Produto Integração/Sistema Aceitação Unitários 2
  • 3. Qualidade é Questão de Ângulo! Idéias e Necessidades Especificação Expectativa Resultado Produto 3
  • 4. Qualidade é Questão de Ângulo! Idéias e Necessidades Qes Qsr Expectativa Qer Produto Aviso: Esses vetores estão no espaço (3D)! 4
  • 5. Efeito do Ângulo no Tempo Idéias e Necessidades Expectativa Produto Tempo 5
  • 6. Este Mesmo Ciclo de Produção... Processo de Produção Idéias e Entender Pensar o que fazer Fazer Necessidades como fazer Produto Verificar o que foi feito Processo de Produção de Software Análise Desenho Construção Requisitos (Design) Erro Erro Erro Testes de Testes de Testes Produto Integração/Sistema Aceitação Unitários 6
  • 7. Pode Ser Executado Assim... Requisitos Em cascata Requisitos (waterfall) Análise Desenho Versão 2 Teste Análise Construção Versão 1 Teste Entrega Incremental Requisitos Construção Desenho Análise Análise Desenho Desenho Construção Construção Teste Teste Evolucionário Entrega 7
  • 8. O Que Mudar? A Realidade Atual Falta de Confiabilidade Má Qualidade O produto não atende às expectativas do cliente Inflexibilidade Não poder contar com as Incapacidade de promessas da equipe acompanhar as mudanças Para tentar cumprir prazo e/ou custo, corta-se escopo, testes, documentação O produto fica Os projetos inchado, complexo O negócio e o atrasam Falta de Visibilidade e inflexível aprendizado Não saber como está são dinâmicos o projeto/produto Lei de Parkinson, Há funciona- Gostamos de arquitetar Síndrome do Noção errônea de p/ o presente e p/ o futuro lidades que não Estudante, Multitarefa valor gera conflitos (real ou imaginário) agregam valor de prioridades Os requisitos Há pressão para se Os clientes pedem Forçamos os clientes devem ser cumprir as tarefas tudo o que imaginam a pedirem tudo o que “congelados” no prazo prometido que vão precisar querem no início do projeto Estimativas são Exigimos estimativas tomadas como precisas para a Adotamos o ciclo compromissos duração das tarefas de vida em série Devemos evitar (cascata) mudanças nos planos Detalhamos bem o Queremos um forte cronograma do projeto, controle sobre o até ao nível das tarefas escopo, prazo e custo 8
  • 9. Má Qualidade O produto não atende às Falta de Confiabilidade Inflexibilidade expectativas do cliente Não poder contar com as Incapacidade de promessas da equipe acompanhar as mudanças Para tentar cumprir prazo e/ou custo, corta-se escopo, testes, documentação O produto fica Os projetos inchado, complexo O negócio e o atrasam Falta de Visibilidade e inflexível aprendizado Não saber como está são dinâmicos o projeto/produto Lei de Parkinson, Há funciona- Gostamos de arquitetar Síndrome do Noção errônea de p/ o presente e p/ o futuro lidades que não Estudante, Multitarefa valor gera conflitos (real ou imaginário) agregam valor O projeto demora e custa de prioridades Os requisitos Há pressão para se mais que o prometido, e Os clientes pedem Forçamos os clientes devem ser cumprir as tarefas tudo o que imaginam a pedirem tudo o que “congelados” no prazo prometido entrega menos e pior do que vão precisar querem no início do projeto que se esperava Estimativas são Exigimos estimativas tomadas como precisas para a Adotamos o ciclo compromissos duração das tarefas de vida em série Devemos evitar (cascata) mudanças nos planos Detalhamos bem o Queremos um forte cronograma do projeto, controle sobre o até ao nível das tarefas escopo, prazo e custo 9
  • 10. Quais Regras Devemos Usar? • Orientação por visão e valor para o cliente – Requisitos mudam, à medida que se aprende – Resposta à mudança é essencial para o sucesso • Desenvolvimento dirigido por funcionalidades – Função completa com valor para o cliente – Desenvolvidas e testadas rapidamente, e adaptadas • Ciclo de vida iterativo e incremental – Plano de liberação, com ciclos de 2 a 4 semanas – Cada iteração gera funcionalidades completas e testadas, potencialmente entregáveis • Ambiente colaborativo – Equipe trabalha muito próxima – Documentação apenas o suficiente para suportar a iteração – Feedback freqüente, adaptação e aprendizado 10
  • 11. Gestão Ágil de Projetos Antevisão Plano de Liberação Especular Explorar Ação Funcionalidades Adaptativa Adaptar Completadas Lista de Funcionalidades Produto “Agile Project Management” Fechar Final Jim Highsmith, 2004 11
  • 12. Scrum 7. Reuniões Diárias 6. Dia (em pé) 5. Iteração 4. Tarefas (2 a 4 sem.) 3. Escopo da Corrida detalhadas 8. Incremento de Produto pela equipe (pode ser liberado para uso) (Sprint) 1. Visão 2. Lista de Espera (Backlog) de funcionalidades (RSI, marcos, do produto, priorizada pelo Dono do Produto versões) 9. Validação e Adaptação 12
  • 13. FDD: Feature Driven Development Requisitos Concepção e Planejamento Desenvolver Construir Planejar Mais forma que conteúdo um Modelo a Lista de por Abrangente Features Feature Plano de Desenvolvimento Modelo de Objetos Construção Detalhar Construir Progresso Mais conteúdo na forma por por Feature Feature Produto Pacotes de Trabalho 13
  • 14. Quadro de Tarefas Backlog Pendentes Iniciadas Inspeção/Teste Finalizadas Fulano E N N N I N N Beltrana N N N I N Sicrano N N N E N I N N E N Zé N N N N J.J. N N I N 14
  • 15. 15
  • 16. Métricas, Estoques e Perdas Matéria-Prima Trabalho em Progresso Arquitetura Requisitos Especificações Cenários Alterações Alterações Alterações Idéias e Análise Desenho Construção Necessidades (Design) Perdas Erro Erro Erro Testes de Testes de Testes Produto Integração/Sistema Aceitação Unitários Código pronto Planos de Testes Planos de Testes Código p/ liberação Cenários Gerais Cenários Localizados a testar Produto Acabado Trabalho em Progresso 16
  • 17. Práticas Ágeis de Qualidade • Ciclos Curtos (Time Box) ou Fluxo Contínuo • Test Driven Requirements/Development • Domain Driven Design • Feature Driven Development • Testes Unitários • Integração e Testes Contínuos • Refactoring • Colaboração Entre Desenvolvedores – Programação em Pares – Revisão por Pares e Inspeções • Cliente/Dono do Produto mais Próximo • Retrospectivas 17
  • 18. Principais Benefícios da Gestão Ágil • Inovação Contínua – Entregar de acordo com os requisitos atuais do cliente • Adaptabilidade do Produto – Entregar de acordo com os requisitos futuros do cliente • Cronogramas Reduzidos de Entrega – Satisfazer janelas de mercado – Melhorar o Retorno Sobre o Investimento (RSI) • Adaptabilidade das Pessoas e Processos – Responder rapidamente às mudanças no produto e no negócio • Resultados Confiáveis – Suportar o crescimento e a lucratividade do negócio 18
  • 19. Receitas de Agilidade • Focar na Qualidade • Entregar um fluxo estável • Reduzir (ou limitar) o de software com valor e Trabalho em Progresso com sucesso, por • Equilibrar a Demanda • Fortalecer equipes com relação ao Ganho colaborativas, confiantes (Vazão) e motivadas; • Priorizar • Responder ao feedback e • Crédito Extra: Reduzir a adaptar à mudança, e variação no processo e no • Construir com qualidade seu fluxo desde o início David Anderson Karl Scotland AgileManagement.Net Availagility 19
  • 20. Agile CMMI Nível Foco Áreas de Processos Produtividade Melhoria Qualidade 5: Em OID: Inovação e Implantação Organizacional Contínua do Otimização CAR: Análise e Prevenção de Defeitos Processo 4: Gerenciado Gerência QPM: Gerenciamento Quantitativo de Projeto Quantitativam. Quantitativa OPP: Performance do Processo Organizacional RD: Desenvolvimento de Requisitos Scrum + FDD TS: Solução Técnica PI: Integração de Produtos VER: Verificação VAL: Validação Padronização 3: Definido OPF: Foco no Processo Organizacional do Processo OPD: Definição do Processo Organizacional OT: Treinamento Organizacional IPM: Gerência Integrada de Projeto RSKM: Gerência de Riscos DAR: Análise e Tomada de Decisão REQM: Gerência de Requisitos PP: Planejamento de Projeto Gerência PMC: Monitoramento e Controle de Projeto 2: Gerenciado Básica de SAM: Gerência de Acordos com Fornecedores Projetos MA: Medição e Análise PPQA: Garantia da Qualidade do Processo e do Produto CM: Gerência de Configuração Risco 1 :Inicial Retrabalho 20
  • 21. Agilidade É Alinhamento! Idéias e Necessidades Qes Qsr Expectativa Qer Produto 21
  • 22. Agilidade É Alinhamento! Idéias e Necessidades Especificação Expectativa Resultado Produto 22
  • 23. Aviso aos Navegantes! Idéia Modelo de Mudança de transformadora Virgínia Satir Catalisador p/ mudança Antigo Prática & Novo Caos Status quo Integração Status quo Vale do Desespero Produtividade Ganho Tempo 23
  • 24. Obrigado! Adail Muniz Retamal Nikolai Albuquerque adail@heptagon.com.br nikolai.albuquerque@innovit.com.br 24