SlideShare uma empresa Scribd logo

Diretório Grupos de Pesquisa CNPq

Apresentação breve sobre o DGP/CNPq realizada pela docentes Debora Cristina Lopez aos pesquisadores do ConJor

1 de 12
Baixar para ler offline
Diretório Grupos de
Pesquisa CNPq
Para o Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo
Debora Cristina Lopez
PPGCOM / UFOP
DGP
 Inventário dos Grupos de Pesquisa Brasileiros
“As informações contidas no Diretório dizem respeito aos recursos humanos
constituintes dos grupos (pesquisadores, estudantes e técnicos), às linhas de
pesquisa em andamento, às especialidades do conhecimento, aos setores de
aplicação envolvidos, à produção científica, tecnológica e artística e às parcerias
estabelecidas entre os grupos e as instituições, sobretudo com as empresas do
setor produtivo. Com isso, é capaz de descrever os limites e o perfil geral da
atividade científico-tecnológica no Brasil.”
Acesso
Acesso
 Mesmos dados da Plataforma Lattes
 Integração no cadastramento, vinculação e atualização de pesquisadores
 Vinculação de nível de ensino
 Vinculação de produção
 Vinculação de orientação
 Criação de redes de pesquisa – formalizados
 Procedimentos de criação – via institucional
Dados do Grupo de Pesquisa
 Dados formais
 Dados de pesquisadores, estudantes e técnicos
 Colaboradores internacionais
 Linhas de pesquisa
 Parcerias
 Equipamentos e softwares
 Histórico do grupo (automaticamente construído)
Diretório Grupos de Pesquisa CNPq

Recomendados

Busca, recuperação e visualização de recursos acadêmicos distribuídos
Busca, recuperação e visualização de recursos acadêmicos distribuídosBusca, recuperação e visualização de recursos acadêmicos distribuídos
Busca, recuperação e visualização de recursos acadêmicos distribuídosfesaab
 
Currículo Lattes e Portal Inovação: Oportunidades para o especialista e a ins...
Currículo Lattes e Portal Inovação: Oportunidades para o especialista e a ins...Currículo Lattes e Portal Inovação: Oportunidades para o especialista e a ins...
Currículo Lattes e Portal Inovação: Oportunidades para o especialista e a ins...Instituto Stela (Florianópolis-SC, Brasil)
 
Projetos de pesquisa: guia rapido para elaboracao
Projetos de pesquisa: guia rapido para elaboracaoProjetos de pesquisa: guia rapido para elaboracao
Projetos de pesquisa: guia rapido para elaboracaoCarlos Fernando Jung
 
SIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisadorSIBiUSP e o suporte ao pesquisador
SIBiUSP e o suporte ao pesquisadorSIBiUSP
 
Plataformas eGov em CTI: experiências nacionais e internacionais
Plataformas eGov em CTI: experiências nacionais e internacionaisPlataformas eGov em CTI: experiências nacionais e internacionais
Plataformas eGov em CTI: experiências nacionais e internacionaisRoberto C. S. Pacheco
 
Metodologia e Arquitetura e-Gov como propulsoras de cooperação internacional:...
Metodologia e Arquitetura e-Gov como propulsoras de cooperação internacional:...Metodologia e Arquitetura e-Gov como propulsoras de cooperação internacional:...
Metodologia e Arquitetura e-Gov como propulsoras de cooperação internacional:...Roberto C. S. Pacheco
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Diretório Grupos de Pesquisa CNPq

Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...
Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...
Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...Wanderley Wang
 
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliação
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliaçãoRepositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliação
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliaçãoRoberto C. S. Pacheco
 
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-Graduação
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-GraduaçãoDesafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-Graduação
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-GraduaçãoRoberto C. S. Pacheco
 
Rafaela encontro licenciatura
Rafaela   encontro licenciaturaRafaela   encontro licenciatura
Rafaela encontro licenciaturapesquisaacarau03
 
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...Fabio Silva
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosUFSC
 
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiro
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiroLúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiro
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiroSciELO - Scientific Electronic Library Online
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Essevalter de Sousa
 
SIDERURGIA NO BRASIL
SIDERURGIA NO BRASILSIDERURGIA NO BRASIL
SIDERURGIA NO BRASILleorejane
 
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26 gestão do conhecimento usando data miningTalita Lima
 
Gestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data miningGestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data miningTalita Lima
 
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisa
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a PesquisaCONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisa
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a PesquisaRoberto C. S. Pacheco
 
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...UFSC
 
Filtragem e recuperação da informação
Filtragem e recuperação da informaçãoFiltragem e recuperação da informação
Filtragem e recuperação da informaçãoVanessa Biff
 
Manual de Capacitação
Manual de CapacitaçãoManual de Capacitação
Manual de CapacitaçãoRicardo Ferrao
 
Digital Science e a Demanda por Plataformas Integradoras
Digital Science e a Demanda por Plataformas IntegradorasDigital Science e a Demanda por Plataformas Integradoras
Digital Science e a Demanda por Plataformas IntegradorasRoberto C. S. Pacheco
 

Semelhante a Diretório Grupos de Pesquisa CNPq (20)

Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...
Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...
Uso de uma Base de Conhecimento de Senso Comum em Projetos de Arquitetura da ...
 
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliação
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliaçãoRepositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliação
Repositórios de produção científica e seu potencial nos sistemas de avaliação
 
Desafios da Ciência Digital
Desafios da Ciência DigitalDesafios da Ciência Digital
Desafios da Ciência Digital
 
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-Graduação
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-GraduaçãoDesafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-Graduação
Desafios da Ciência Digital e Sistemas de Informação para a Pós-Graduação
 
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência AbertaSciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
SciELO: Acesso Aberto em alinhamento com a Ciência Aberta
 
Rafaela encontro licenciatura
Rafaela   encontro licenciaturaRafaela   encontro licenciatura
Rafaela encontro licenciatura
 
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...
Scientific and technological information organization in open systems: Lattes...
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
 
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiro
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiroLúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiro
Lúcia da Silveira - Portais de periódicos: Presença gestão e panorama brasileiro
 
Um CRIS para o Brasil: o mapa da competência do IBICT
Um CRIS para o Brasil: o mapa da competência do IBICTUm CRIS para o Brasil: o mapa da competência do IBICT
Um CRIS para o Brasil: o mapa da competência do IBICT
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
 
SIDERURGIA NO BRASIL
SIDERURGIA NO BRASILSIDERURGIA NO BRASIL
SIDERURGIA NO BRASIL
 
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
 
Gestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data miningGestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data mining
 
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisa
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a PesquisaCONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisa
CONFAP CRIS: Plataforma CRIS de Fundações Estaduais de Amparo a Pesquisa
 
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
O papel das publicações científicas e da gestão da informação no cenário acad...
 
Filtragem e recuperação da informação
Filtragem e recuperação da informaçãoFiltragem e recuperação da informação
Filtragem e recuperação da informação
 
Pesquisa com scopus 2020
Pesquisa com scopus 2020Pesquisa com scopus 2020
Pesquisa com scopus 2020
 
Manual de Capacitação
Manual de CapacitaçãoManual de Capacitação
Manual de Capacitação
 
Digital Science e a Demanda por Plataformas Integradoras
Digital Science e a Demanda por Plataformas IntegradorasDigital Science e a Demanda por Plataformas Integradoras
Digital Science e a Demanda por Plataformas Integradoras
 

Mais de Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo

Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...
Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...
Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo
 
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo
 
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo
 

Mais de Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo (11)

Minicurso Produção de texto científico
Minicurso Produção de texto científicoMinicurso Produção de texto científico
Minicurso Produção de texto científico
 
Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...
Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...
Artigo "Interação no cenário de convergência: Um estudo de caso do programa 9...
 
Artigo "Radiojornalismo em apps: potencialidades, rupturas e continuidades em...
Artigo "Radiojornalismo em apps: potencialidades, rupturas e continuidades em...Artigo "Radiojornalismo em apps: potencialidades, rupturas e continuidades em...
Artigo "Radiojornalismo em apps: potencialidades, rupturas e continuidades em...
 
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...
Artigo "Estratégias para uma narrativa imersiva: Proposta de análise sobre os...
 
Artigo "Feijão com arroz em panela Le Creuset: O Universo Rita Lobo na gastro...
Artigo "Feijão com arroz em panela Le Creuset: O Universo Rita Lobo na gastro...Artigo "Feijão com arroz em panela Le Creuset: O Universo Rita Lobo na gastro...
Artigo "Feijão com arroz em panela Le Creuset: O Universo Rita Lobo na gastro...
 
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...
Dissertação "Personagens e universos narrativos em adaptações e narrativas ...
 
Plataformas Everest e Carlos Chagas
Plataformas Everest e Carlos ChagasPlataformas Everest e Carlos Chagas
Plataformas Everest e Carlos Chagas
 
Introdução ao Currículo Lattes
Introdução ao Currículo LattesIntrodução ao Currículo Lattes
Introdução ao Currículo Lattes
 
Métodos digitais aplicados às pesquisas de rádio expandido
Métodos digitais aplicados às pesquisas de rádio expandidoMétodos digitais aplicados às pesquisas de rádio expandido
Métodos digitais aplicados às pesquisas de rádio expandido
 
Inovação e Rádios Educativas
Inovação e Rádios EducativasInovação e Rádios Educativas
Inovação e Rádios Educativas
 
IMERSIVIDADE COMO ESTRATÉGIA NARRATIVA EM PODCASTS INVESTIGATIVOS
IMERSIVIDADE COMO ESTRATÉGIA NARRATIVA EM PODCASTS INVESTIGATIVOSIMERSIVIDADE COMO ESTRATÉGIA NARRATIVA EM PODCASTS INVESTIGATIVOS
IMERSIVIDADE COMO ESTRATÉGIA NARRATIVA EM PODCASTS INVESTIGATIVOS
 

Último

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...azulassessoriaacadem3
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...apoioacademicoead
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
2. É possível a denúncia do Estado agressor junto ao Tribunal Penal Internaci...
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
A) Comportamento treino-instrução. B) Comportamento de apoio social. C) Compo...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 

Diretório Grupos de Pesquisa CNPq

  • 1. Diretório Grupos de Pesquisa CNPq Para o Grupo de Pesquisa Convergência e Jornalismo Debora Cristina Lopez PPGCOM / UFOP
  • 2. DGP  Inventário dos Grupos de Pesquisa Brasileiros “As informações contidas no Diretório dizem respeito aos recursos humanos constituintes dos grupos (pesquisadores, estudantes e técnicos), às linhas de pesquisa em andamento, às especialidades do conhecimento, aos setores de aplicação envolvidos, à produção científica, tecnológica e artística e às parcerias estabelecidas entre os grupos e as instituições, sobretudo com as empresas do setor produtivo. Com isso, é capaz de descrever os limites e o perfil geral da atividade científico-tecnológica no Brasil.”
  • 4. Acesso  Mesmos dados da Plataforma Lattes  Integração no cadastramento, vinculação e atualização de pesquisadores  Vinculação de nível de ensino  Vinculação de produção  Vinculação de orientação  Criação de redes de pesquisa – formalizados  Procedimentos de criação – via institucional
  • 5. Dados do Grupo de Pesquisa  Dados formais  Dados de pesquisadores, estudantes e técnicos  Colaboradores internacionais  Linhas de pesquisa  Parcerias  Equipamentos e softwares  Histórico do grupo (automaticamente construído)
  • 9. Sobre atualização  Quando atualizando (só o líder do grupo o faz), sempre “Enviar ao CNPq”  Atualizado = Certificado  Não atualizado = Em preenchimento  Solicitações de regularização e encerramento de grupos desatualizados.