SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
HÁ UMA ORDEM IMUTÁVEL NA NATUREZA
E O CONHECIMENTO A REFLETE:
AUGUSTE COMTE (1798-1857)
Mestrandas: Bárbara Schultz
Graciane Torres Azevedo
Raquel Pinheiro Matiola
Prof.ª Dra. Filomena Lucia Gossler Rodrigues da Silva
Prof.ª Dra. Marilândes Mól Ribeiro de Melo
AUGUSTE COMTE
→ Nasceu em Montpellier, na França
(1798) e morreu em Paris (1857);
→ Estudou na Escola Politécnica (Paris)
e Medicina (Montpellier), mas não
concluiu os cursos;
→ Foi professor particular, tutor,
examinador da Escola Politécnica
(onde tentou ser docente permanente
e não conseguiu) e conviveu e foi
secretário de Saint Simon;
→ Fundador do Positivismo e Pai da
Sociologia (1ª tentativa de formulação
da Sociologia).
Fonte: https://novaescola.org.br/conteudo/7221/auguste-comte
LIVROS PUBLICADOS
● Curso de filosofia positiva (1830 – 1842);
●Tratado elementar da geometria analítica (1843);
●Tratado filosófico de astronomia popular (1844);
●A política positiva (1851-4);
●Catecismo positivo;
●Síntese subjetiva ou sistema universal de ideias sobre o estado
normal da humanidade (1856).
CONTEXTO HISTÓRICO
→ Nasceu no século XVIII, mas viveu a França do século XIX;
→ Momento pós revolucionário - burguesia havia ascendido ao poder;
→ A classe de trabalhadores lutava pela tomada desse poder (lutas de
classe, greves);
→Comte toma partido da parcela mais conservadora da burguesia
(defendia um regime ditatorial);
→ Sua proposta de uma filosofia e de reforma das ciências tem objetivo
sustentar essa ideologia (contra tentativas democratizantes ou
revolucionárias), e suas ideias de reforma da sociedade e até de uma
religião são coerentes com essa visão.
“O Amor por princípio e a Ordem por base; o
Progresso por fim.”
Auguste Comte
A LEI DOS 3 ESTADOS
→ O pensamento humano passaria por três momentos, três
formas de conhecimento: Método teológico, Método metafísico e
o Método Positivo;
→ Esses estados teriam aspectos diferentes: o primeiro é o ponto
de partida; o terceiro, seu estado fixo e definitivo; o segundo,
destinado a servir de transição;
→ Todas as áreas do conhecimento se desenvolveriam assim,
embora não concomitantemente;
→ Um estado levaria ao outro, sempre numa evolução linear e
sem retrocesso. Cada estágio é superior ao anterior, até que se
chegue ao estado superior (Positivismo), que seria o progresso
(uma sociedade harmoniosa, coesa);
ESTADO TEOLÓGICO
ESTADO METAFÍSICO
ESTADO POSITIVO
A realidade era
explicada do ponto de
vista religioso.
*3 fases*
Fetichista;
Politeísta;
Monoteísta;
Estado transitório,
ainda muito abstrato.
Primeiras formas de
explicações racionais
(filosóficas).
Surgimento da filosofia
e das primeiras
ciências.
A ciência como única
fonte do saber
confiável.
COMTE E O POSITIVISMO
HISTÓRIA
 Estágios imóveis entre si;
 Cada estágio é superior ao anterior;
 Guiada por dois princípios básicos: O princípio de ordem e o
princípio de progresso (inseparáveis);
 Cabe ao homem apenas o papel de resignação (aguardar e
respeitar a ordem natural).
CIÊNCIA
 Cientificismo europeu (influência do iluminismo);
 Conhecimento científico baseado na observação de fatos e nas relações
entre os fatos que são estabelecidas pelo raciocínio;
 É um conhecimento sempre certo, não admite dúvidas;
 O conhecimento é também relativo;
 Seria constituída por um conjunto de leis;
 Ordena/Hierarquiza as 05 ciências fundamentais (acrescentando uma
sexta, a física social);
 Deve-se utilizar de um método único.
COLETIVIDADE X HOMEM
 Homem é um ser inteligente e
dotado de sociabilidade;
 Coletivo é superior ao indivíduo;
 Homens tem como importância a
perpetuação da espécie;
 Os objetivos a serem alcançados pela
sociedade são os relevantes ao
grupo;
 A felicidade individual é obtida pela
felicidade do grupo.
SOCIEDADE
 Governada por leis que são
imutáveis e que
independem da vontade
dos indivíduos ou do
coletivo ;
→O desenvolvimento da humanidade passa por três estados;
→ Nesse desenvolvimento, as estruturas básicas da sociedade (família,
propriedade, religião, linguagem, relação do poder espiritual e do poder
temporal) mantêm-se inalteradas. São consideradas definitivas e
básicas em qualquer estágio, elas se aperfeiçoam a cada estágio do
desenvolvimento social;
→ A Sociologia se caracteriza pela preocupação em descobrir que leis
governam a sociedade e não pela preocupação com a sua
transformação;
→ Qualquer insubordinação ao poder corrompe uma ordem
preestabelecida;
→ A harmonia entre os diferentes grupos sociais é benéfica e
indispensável a sociedade (cujo progresso depende dessa ordem);
→ Programa social baseado em dois aspectos fundamentais: Educação
Universal e Trabalho para todos;
→ Defende a luta pela transformação e pelo desenvolvimento das
ideias e da moral;
→ Cria a religião da humanidade: Permite as reformas morais
necessárias, mesma estrutura das demais religiões e não interfere nas
estruturas da sociedade.
INFLUÊNCIAS DO POSITIVISMO
NO BRASIL
Fonte: https://museucasabenjaminconstant.museus.gov.br/
Benjamin Constant um dos responsáveis pela mudança de regime,
acreditava nos ideais positivistas (assim como muitos militares). Por
isso o lema “ordem e progresso” na bandeira brasileira.
REFERÊNCIAS:
ANDERY, Maria Amália Pie Abib; SÉRIO, Tereza Maria de Azevedo Pires. Há
uma ordem imutável na natureza e o conhecimento reflete: Auguste Comte. In.
ANDERY, et al. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. 6. ed. rev.
e ampl. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo: São Paulo: EDUC, 1996. p. 373-393.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Hannah arendt
Hannah arendtHannah arendt
Hannah arendt
 
Augusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismoAugusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismo
 
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01Aula 05   escola de frankfurt e teoria crítica 01
Aula 05 escola de frankfurt e teoria crítica 01
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Pierre bourdieu
Pierre bourdieuPierre bourdieu
Pierre bourdieu
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
 
Cap 4 - Filosofia Helenística
Cap 4 - Filosofia HelenísticaCap 4 - Filosofia Helenística
Cap 4 - Filosofia Helenística
 
Auguste comte
Auguste comteAuguste comte
Auguste comte
 
Kant
KantKant
Kant
 
Marxismo
MarxismoMarxismo
Marxismo
 
John locke
John lockeJohn locke
John locke
 
Ubuntu
UbuntuUbuntu
Ubuntu
 
Teorias do conhecimento
Teorias do conhecimentoTeorias do conhecimento
Teorias do conhecimento
 
Aula 08 - O Empirismo
Aula 08 - O EmpirismoAula 08 - O Empirismo
Aula 08 - O Empirismo
 
Max weber
Max weberMax weber
Max weber
 
Gramsci historia e hegemonia
Gramsci   historia e  hegemoniaGramsci   historia e  hegemonia
Gramsci historia e hegemonia
 
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes TotalitáriosA Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
A Crise de 1929 e a Ascensão dos Regimes Totalitários
 
Thommas Hobbes
Thommas HobbesThommas Hobbes
Thommas Hobbes
 
Liberdade Filosofia
Liberdade FilosofiaLiberdade Filosofia
Liberdade Filosofia
 

Semelhante a Positivismo

Resumo O que é positivismo
Resumo O que é positivismoResumo O que é positivismo
Resumo O que é positivismoRosely Silva
 
Augusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismoAugusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismoFatima Freitas
 
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdf
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdfFilosofia_09_Positivismo.pptx.pdf
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdfLUCASJOSEDESOUZA1
 
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.pptO-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.pptAlexandreNeto64
 
Mudanças Sociais- Política e Estética
Mudanças Sociais- Política e EstéticaMudanças Sociais- Política e Estética
Mudanças Sociais- Política e EstéticaSilvana
 
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdf
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdfIdeologias de gênero e novas opções sexuais.pdf
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdfLindembergSalmito
 
Principais sociólogos
Principais sociólogosPrincipais sociólogos
Principais sociólogossociofilo2012
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularEdenilson Morais
 
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulher
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulherEspa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulher
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulherThales Viegas
 
Eu odeio política
Eu odeio políticaEu odeio política
Eu odeio políticaLuci Bonini
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfóliovieira23
 
2014 aula dois auguste comte
2014 aula dois auguste comte2014 aula dois auguste comte
2014 aula dois auguste comteFelipe Hiago
 
Seminário novas configurações familiares
Seminário novas configurações familiaresSeminário novas configurações familiares
Seminário novas configurações familiaresFabiano Macedo
 
O advento da teoria social
O advento da teoria socialO advento da teoria social
O advento da teoria socialFelix
 
Revista apeoesp educação especial
Revista apeoesp educação especialRevista apeoesp educação especial
Revista apeoesp educação especialLeila Kanada
 

Semelhante a Positivismo (20)

Resumo O que é positivismo
Resumo O que é positivismoResumo O que é positivismo
Resumo O que é positivismo
 
Augusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismoAugusto comte e o positivismo
Augusto comte e o positivismo
 
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdf
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdfFilosofia_09_Positivismo.pptx.pdf
Filosofia_09_Positivismo.pptx.pdf
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.pptO-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
O-SURGIMENTO-DA-SOCIOLOGIA-COMO-CIENCIA_I.ppt
 
Resumosocio4
Resumosocio4Resumosocio4
Resumosocio4
 
Mudanças Sociais- Política e Estética
Mudanças Sociais- Política e EstéticaMudanças Sociais- Política e Estética
Mudanças Sociais- Política e Estética
 
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdf
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdfIdeologias de gênero e novas opções sexuais.pdf
Ideologias de gênero e novas opções sexuais.pdf
 
Principais sociólogos
Principais sociólogosPrincipais sociólogos
Principais sociólogos
 
Sociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibularSociologia para o vestibular
Sociologia para o vestibular
 
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulher
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulherEspa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulher
Espa o e g nero na compreens_o do processo sa_de-doen_a da mulher
 
Eu odeio política
Eu odeio políticaEu odeio política
Eu odeio política
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
2014 aula dois auguste comte
2014 aula dois auguste comte2014 aula dois auguste comte
2014 aula dois auguste comte
 
Seminário novas configurações familiares
Seminário novas configurações familiaresSeminário novas configurações familiares
Seminário novas configurações familiares
 
O advento da teoria social
O advento da teoria socialO advento da teoria social
O advento da teoria social
 
Revista apeoesp educação especial
Revista apeoesp educação especialRevista apeoesp educação especial
Revista apeoesp educação especial
 
Comte
ComteComte
Comte
 
Vida cristã 2
Vida cristã 2Vida cristã 2
Vida cristã 2
 
Epicurismo 25
Epicurismo 25Epicurismo 25
Epicurismo 25
 

Último

Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalErikOliveira40
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantilApresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
Apresentação sobre as etapas do desenvolvimento infantil
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 

Positivismo

  • 1. HÁ UMA ORDEM IMUTÁVEL NA NATUREZA E O CONHECIMENTO A REFLETE: AUGUSTE COMTE (1798-1857) Mestrandas: Bárbara Schultz Graciane Torres Azevedo Raquel Pinheiro Matiola Prof.ª Dra. Filomena Lucia Gossler Rodrigues da Silva Prof.ª Dra. Marilândes Mól Ribeiro de Melo
  • 2. AUGUSTE COMTE → Nasceu em Montpellier, na França (1798) e morreu em Paris (1857); → Estudou na Escola Politécnica (Paris) e Medicina (Montpellier), mas não concluiu os cursos; → Foi professor particular, tutor, examinador da Escola Politécnica (onde tentou ser docente permanente e não conseguiu) e conviveu e foi secretário de Saint Simon; → Fundador do Positivismo e Pai da Sociologia (1ª tentativa de formulação da Sociologia). Fonte: https://novaescola.org.br/conteudo/7221/auguste-comte
  • 3. LIVROS PUBLICADOS ● Curso de filosofia positiva (1830 – 1842); ●Tratado elementar da geometria analítica (1843); ●Tratado filosófico de astronomia popular (1844); ●A política positiva (1851-4); ●Catecismo positivo; ●Síntese subjetiva ou sistema universal de ideias sobre o estado normal da humanidade (1856).
  • 4. CONTEXTO HISTÓRICO → Nasceu no século XVIII, mas viveu a França do século XIX; → Momento pós revolucionário - burguesia havia ascendido ao poder; → A classe de trabalhadores lutava pela tomada desse poder (lutas de classe, greves); →Comte toma partido da parcela mais conservadora da burguesia (defendia um regime ditatorial); → Sua proposta de uma filosofia e de reforma das ciências tem objetivo sustentar essa ideologia (contra tentativas democratizantes ou revolucionárias), e suas ideias de reforma da sociedade e até de uma religião são coerentes com essa visão.
  • 5. “O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim.” Auguste Comte
  • 6. A LEI DOS 3 ESTADOS → O pensamento humano passaria por três momentos, três formas de conhecimento: Método teológico, Método metafísico e o Método Positivo; → Esses estados teriam aspectos diferentes: o primeiro é o ponto de partida; o terceiro, seu estado fixo e definitivo; o segundo, destinado a servir de transição; → Todas as áreas do conhecimento se desenvolveriam assim, embora não concomitantemente; → Um estado levaria ao outro, sempre numa evolução linear e sem retrocesso. Cada estágio é superior ao anterior, até que se chegue ao estado superior (Positivismo), que seria o progresso (uma sociedade harmoniosa, coesa);
  • 7. ESTADO TEOLÓGICO ESTADO METAFÍSICO ESTADO POSITIVO A realidade era explicada do ponto de vista religioso. *3 fases* Fetichista; Politeísta; Monoteísta; Estado transitório, ainda muito abstrato. Primeiras formas de explicações racionais (filosóficas). Surgimento da filosofia e das primeiras ciências. A ciência como única fonte do saber confiável.
  • 8. COMTE E O POSITIVISMO HISTÓRIA  Estágios imóveis entre si;  Cada estágio é superior ao anterior;  Guiada por dois princípios básicos: O princípio de ordem e o princípio de progresso (inseparáveis);  Cabe ao homem apenas o papel de resignação (aguardar e respeitar a ordem natural).
  • 9. CIÊNCIA  Cientificismo europeu (influência do iluminismo);  Conhecimento científico baseado na observação de fatos e nas relações entre os fatos que são estabelecidas pelo raciocínio;  É um conhecimento sempre certo, não admite dúvidas;  O conhecimento é também relativo;  Seria constituída por um conjunto de leis;  Ordena/Hierarquiza as 05 ciências fundamentais (acrescentando uma sexta, a física social);  Deve-se utilizar de um método único.
  • 10. COLETIVIDADE X HOMEM  Homem é um ser inteligente e dotado de sociabilidade;  Coletivo é superior ao indivíduo;  Homens tem como importância a perpetuação da espécie;  Os objetivos a serem alcançados pela sociedade são os relevantes ao grupo;  A felicidade individual é obtida pela felicidade do grupo. SOCIEDADE  Governada por leis que são imutáveis e que independem da vontade dos indivíduos ou do coletivo ;
  • 11. →O desenvolvimento da humanidade passa por três estados; → Nesse desenvolvimento, as estruturas básicas da sociedade (família, propriedade, religião, linguagem, relação do poder espiritual e do poder temporal) mantêm-se inalteradas. São consideradas definitivas e básicas em qualquer estágio, elas se aperfeiçoam a cada estágio do desenvolvimento social; → A Sociologia se caracteriza pela preocupação em descobrir que leis governam a sociedade e não pela preocupação com a sua transformação; → Qualquer insubordinação ao poder corrompe uma ordem preestabelecida;
  • 12. → A harmonia entre os diferentes grupos sociais é benéfica e indispensável a sociedade (cujo progresso depende dessa ordem); → Programa social baseado em dois aspectos fundamentais: Educação Universal e Trabalho para todos; → Defende a luta pela transformação e pelo desenvolvimento das ideias e da moral; → Cria a religião da humanidade: Permite as reformas morais necessárias, mesma estrutura das demais religiões e não interfere nas estruturas da sociedade.
  • 13. INFLUÊNCIAS DO POSITIVISMO NO BRASIL Fonte: https://museucasabenjaminconstant.museus.gov.br/ Benjamin Constant um dos responsáveis pela mudança de regime, acreditava nos ideais positivistas (assim como muitos militares). Por isso o lema “ordem e progresso” na bandeira brasileira.
  • 14. REFERÊNCIAS: ANDERY, Maria Amália Pie Abib; SÉRIO, Tereza Maria de Azevedo Pires. Há uma ordem imutável na natureza e o conhecimento reflete: Auguste Comte. In. ANDERY, et al. Para compreender a ciência: uma perspectiva histórica. 6. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo: São Paulo: EDUC, 1996. p. 373-393.