Situação Energética Mundial

873 visualizações

Publicada em

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
873
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Situação Energética Mundial

  1. 1. SITUAÇÃO ENERGÉTICA MUNDIAL, UTILIZAÇÃO SUSTENTÁVEL DE ENERGIA E O SEU USO RACIONAL
  2. 2. Índice • Introdução • A energia • Os combustíveis fósseis • Consumos energéticos (comparação) • O que são fontes de energia • Fontes de energia • Formas e uso de energia • Dióxido de carbono • Como utilizar a energia racionalmente • Uso sustentável de energia • Conclusão
  3. 3. Introdução  A humanidade tem escassez energética. As fontes de energia que esta mais utiliza são os combustíveis fósseis (95%), como o carvão, petróleo e gás natural, contaminando o meio ambiente, devido à queima destes combustíveis.  O mundo tem falta de fontes de energia, pois a partir da Revolução Industrial, houve um aumento elevado de consumo de energia, pondo-se em risco a existência de recursos energéticos.
  4. 4. A Energia  A energia é um conceito que está interligado com problemas sociais, ambientais, políticos, económicos, éticos e até científicos.
  5. 5. Os combustíveis fósseis  A evolução tecnológica e científica da nossa sociedade conduziu a um consumo extraordinariamente elevado dos combustíveis fósseis. A Humanidade consumiu, praticamente, num século o que a Natureza demorou milhões de anos a formar.
  6. 6. Comparação dos consumos energéticos percentuais em Portugal, por sector
  7. 7. O que são fontes de energia?  Entende-se por energia a capacidade de realizar trabalho. São determinados elementos que podem produzir ou multiplicar o trabalho: os músculos, o sol, a força das águas, o vento, a eletricidade, etc.
  8. 8. Algumas classificações da energia 1. Primárias- a energia na forma de recursos naturais- podem-se classificar em: Não Renováveis e Renováveis 2. Secundárias- energia nas formas para as quais a energia primária pode ser convertida- ex.: eletricidade, gasolina. 3. Antigas- ex.: força muscular tanto animal como humana, fogo. 4. Modernas-ex.: carvão mineral, petróleo. 5. Alternativas-ex.: energia solar, eólica, das marés.
  9. 9. Não Renováveis Não podem ser recuperadas espontaneamente ou mesmo pela ação humana Ex.: petróleo, carvão, gás natural e urânio.
  10. 10. Renováveis Regeneram-se espontaneamente ou pela ação humana. Ex.: vento, onda do mar, marés, água e sol.
  11. 11. Energia Não Renovável Meios de Obter Usos Vantagens Desvantagen s Petróleo Extraído de reservas nos oceanos e continentes Produção de energia elétrica, combustíveis e outros produtos Facilidade de transporte e distribuição O seu uso em grande quantidade polui o ar Energia Nuclear Obtida de alguns minerais. Produzida pelas reações nucleares em reatores Produção de energia elétrica Não polui a atmosfera em condições normais de funcionamento Alto preço e perigo representado pelos resíduos (lixo) nucleares. Carvão Extraído de minas nos continentes Produção de energia elétrica, aquecimento em fornos industriais Facilidade de transporte e distribuição Liberta poluentes que formam a chuva ácida Gás Natural Encontrado em reservas, associado ao petróleo É usado para aquecimento em fornos industriais, pode gerar energia elétrica Não polui o ar, se usado de forma líquida Exige gastos elevados para a sua distribuição
  12. 12. Petróleo  É uma substância viscosa, mais leve que a água, composta de quantidades de carbono e de hidrogênio (hidrocarboneto) e quantidades bem menores de oxigénio, nitrogénio e enxofre. É formado pelo processo de decomposição orgânica – restos de vegetais, algas, alguns tipos de plâncton e restos de animais marinhos.
  13. 13. Energia Nuclear  Numa usina atómica, o calor é produzido pela fissão nuclear realizada no reator. Nas reações nucleares, determinados átomos convertem-se noutros, por modificações que alteram os seus núcleos.
  14. 14. Carvão  O carvão tem reservas limitadas, visto que o carvão foi formado ao longo de milhões de anos, pelo resultado da decomposição de vários sedimentos orgânicos e vegetais e pelos vários fatores que influenciaram a terra, além de se esgotar também polui.
  15. 15. Gás Natural  Muitas vezes numa mesma jazida petrolífera encontramos gás natural, que tem metano como o seu principal componente. Pode-se encontrá-lo dissolvido no óleo ou formado por uma grande cobertura gasosa. Outras vezes em verdadeiros bolsões gasosos isolados, próximos da superfície terrestre.
  16. 16. Fonte Renovável Meios de Obter Usos Vantagens Desvantagens Energia Hidroelétrica Obtida de quedas de água que movimenta geradores Produção de energia elétrica Não é poluente Pode inundar áreas férteis destinadas à produção de alimentos e pode comprometer a biodiversidade local Energia Eólica Obtida por meio da ação dos ventos sobre hélices de turbinas Produção de energia elétrica e em moinhos Não é poluente, é compatível com áreas que podem ser usadas na produção de alimentos Alto custo e pode interferir nas transmissões de rádio e televisão Energia Solar Captada por meio de aquecedores solares Aquecimento e produção de energia elétrica Não é poluente e não ocupa áreas que podem ser usadas para produção de alimentos Exige custos elevados Energia da Biomassa Obtida pela decomposição de matéria orgânica que gera gás e vapor que movem turbinas Aquecimento, produção de gás e de energia elétrica Não é poluente Exige custos elevados
  17. 17. Fonte Renovável Meios de obter Usos Vantagens Desvantagens Energia Geotérmica Obtida a partir do calor proveniente da Terra, mais precisamente do seu interior. Na agricultura, aquacultura, usos industriais, aquecimento de edifícios, de comida e produção de eletricidade. É uma energia limpa, não prejudica a Terra, é fiável, flexível, não exige muitos custos. a perfuração dos solos poderá ser dispendiosa; o custo inicial elevado; poluição sonora e odor desagradável. Energia das Ondas e Marés As ondas do mar possuem energia cinétic a devido ao movimento da água e energia potencial devi do à sua altura. Produção de energia elétrica. Independência do petróleo; não polui o ar. Alto custo para a construção da barragem; alteração ao nível das marés, nas correntes das marés e nos ecossistemas.
  18. 18. Energia Hidroelétrica  É a obtenção de energia elétrica através do aproveitamento do potencial hidráutico de um rio.
  19. 19. Energia Eólica É aquela gerada pelos ventos.
  20. 20. Energia Solar Proveniente de uma fonte inesgotável: o Sol
  21. 21. Energia Biomassa É a energia gerada a partir da decomposição, em curto prazo, de materiais orgânicos.
  22. 22. Energia Geotérmica  A energia geotérmica resulta do calor interior da Terra que, devi do a fenómenos vulcânicos recentes, à radioatividade natural das rochas e à elevação do manto (cam ada da Terra situada entre os 30 e os 2,9 mil km de profundidade), pode ser aproveitado para a produção de energia.
  23. 23. Energia das Ondas e Marés  As ondas são formadas pela força do vento sobre a água e o tamanho das ondas varia com a velocidade do vento, da sua duração e da sua distância da água da qual o vento faz força. O movimento da água que resulta da força do vento transporta energia cinética que pode ser aproveitada por dispositivos próprios para a captação dessa energia, chamada energia das ondas.  A energia das marés que resulta da deslocação da água do mar, ou seja, com as variações de marés.
  24. 24. Formas e uso de energia
  25. 25. Emissões de dióxido de carbono (em milhões de toneladas equivalentes de carbono) Localização 1990 1999 2020 Países industrializados 2842 3122 4043 EUA 1345 1511 2041 Europa ocidental 930 940 1123 Países em desenvolvimento 1641 2158 4624 Ásia 1053 1361 3013 América Latina 617 669 1683 Mundo 5821 6091 9762
  26. 26. Emissões atmosféricas de dióxido de carbono, em Portugal em grandes instalações de combustão do SEP (Sistema Elétrico de Serviço Público)
  27. 27. Duração prevista das principais fontes de energia não renováveis
  28. 28. Como utilizar a energia racionalmente? A nível da população… como “poupar” energia; Construindo casas energeticamente eficientes; Concebendo veículos que consumam menos combustível; Racionalizando o uso de alguns eletrodomésticos; Utilizando lâmpadas fluorescentes ou de alto rendimento; Viajar em transportes públicos.
  29. 29. Nacionalmente… É necessário tomar medidas mais eficientes: Recurso às fontes de energia renováveis; Utilização de combustíveis alternativos; Aproveitamento de subprodutos; Reflorestação; Reutilização; Reciclagem; Reduzir a intensidade energética; Reduzir a dependência externa do sistema energético nacional.
  30. 30. Uso Sustentável de Energia • O conceito de desenvolvimento sustentável é amplo, estando em todas as áreas humanas, tal como alterações nos processos agrícolas e industriais e a criação de taxas para os impactos ambientais inevitáveis provocados por algumas atividades essenciais, como, a geração de energia, o que elevará os custos das fontes não renováveis. As fontes renováveis de energia aparecem hoje como as melhores opções para um futuro sustentável para a humanidade. • Ex.: Telhado verde é alternativa para economizar eletricidade.
  31. 31. Conclusão o Com este trabalho pretendi mostrar as várias fontes de energia, como se obtêm e também que usos podem ter na vida humana; assim, como usá-las da melhor forma de maneira a não comprometer as gerações futuras.
  32. 32. Bibliografia e web grafia • Ventura, M., Fiolhais, M., Fiolhais, C., Paiva, J., Ferreira, A., 2012, Física e Química A 10ºANO, retirado em fevereiro 22, 2013. • Energias Renováveis, 2013, Energias Renováveis. Retirado em fevereiro 20, 2013, de http://www.xn--energiasrenovveis- jpb.com/ • Energias, 2011, Vantagens e desvantagens das energias não renováveis, retirado em fevereiro 20, 2013, de http://grupo1- energias.blogspot.pt/2011/01/vantagens-e-desvantagen-das- energias_20.html
  33. 33.  no âmbito da disciplina de Físico-Química  ano lectivo 2012/2013

×