Energia

2.063 visualizações

Publicada em

energia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.063
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.217
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia

  1. 1. EENNEERRGGIIAA Prof. Paulo
  2. 2. Energia Tudo que realiza algum trabalho. Evolução da energia Tração humana → lenha (fogo) → tração animal → vento (moinho, caravela) → hidráulica → carvão mineral (1ª revolução Industrial) → petróleo (2ª Revolução Industrial) → energia nucelar (3ª Revolução Industrial) → biomassa/biocombustíveis. A matriz energética é a fonte natural – chamada de energia primaria. Essa energia primaria ou matriz pode ser renovável ou não-renovável. Não renovável Renovável Suja Limpa Fóssil Reciclável
  3. 3. ENERGIA ELÉTRICA: Energia elétrica é a energia que chega até a nossa casa, através de fios que percorrem grandes distâncias. A utilização da energia elétrica foi uma grande evolução do homem pois, hoje em dia, se o homem não tivesse energia, nada do que já foi descoberto de tecnologia não poderia existir e nós ainda viveremos como seres pré-históricos. Podemos dizer então que a energia elétrica é essencial para a sobrevivência do ser humano.
  4. 4. Recursos energéticos Recursos energéticos são tudo o que o Homem pode retirar da Natureza onde se obtém energia. Os recursos energéticos dividem-se em dois grupos: Energéticos renováveis e não renováveis. 4
  5. 5. Tipos de energia Renováveis Não - renováveis Renováveis: que podem ser usadas sem a perspectiva do esgotamento (muitas vezes chamadas de alternativas). Ex.: hidráulica, eólica, geotérmica, solar, das marés, etc... Solos Ar Vegetação águas Correntes Não-renováveis: possuem uso limitado em razão de seu esgotamento previsto. Ex.: carvão mineral, petróleo, xisto, urânio, etc Ferro Manganês Combustíveis fósseis Os Recurso naturais, ou seja, fontes de energia só adquirem valor em função de uma sociedade, de uma época e de técnicas de utilização. Petróleo Carvão Gás natural
  6. 6. Outra forma de classificação: Fontes de energia convencionais Fontes de energia alternativas Petróleo Carvão Mineral Lenha Carvão vegetal Gás natural Hidroeletricidade Energia nuclear Álcool Xisto betuminoso Energia solar Energia eólica Marés Biomassa Para contornar a crise energética deve-se desenvolver a capacidade geradora de energia das fontes alternativas, visando diversificar ao máximo as fontes de consumo energético
  7. 7. Fontes renováveis: produzem energia sem esgotar (Rios, marés, vento, sol, biomassa);
  8. 8. Fontes não renováveis: reservas esgotam (petróleo, carvão, gás natural, urânio)
  9. 9. Brasil ... O Brasil é um país privilegiado na questão da geração de energia, pois possui um potencial hidráulico elevado, bons proveitos na produção da biomassa e energia solar, além do constante aumento do proveito de fontes através do petróleo, gás, etc., sendo considerado um promissor mundial nesta questão.
  10. 10. PETRÓLEO 15,0% 38,4% FONTE: MME, 2006. CCEENNÁÁRRIIOOSS AA QQUUEESSTTÃÃOO EENNEERRGGÉÉTTIICCAA MMAATTRRIIZZ EENNEERRGGÉÉTTIICCAA BBRRAASSIILLEEIIRRAA LLEENNHHAA// CCAARRVVÃÃOO VVEEGGEETTAALL 1133,,11%% CCAANNAA--DDEE--AAÇÇÚÚCCAARR 1133,,99%% OOUUTTRROOSS 22,,77%% BIOMASSA 29,7% HIDROELETRICIDADE URÂNIO 1,2% CARVÃO 6,4% GÁS NATURAL 9,3%
  11. 11. 37,0% Brasil: Consumo de Energia 16,0% 21,0% 3,8% 4,2% 5,0% Setor público Agropecuária Comércio Residências Transportes Setor Industrial 0,0% 10,0% 20,0% 30,0% 40,0%
  12. 12. Consumo de Energia O processo de industrialização e consequente urbanização envolvem a produção e consumo de energia, uma vez que a atividade industrial é a que mais consome energia. Conforme dados da Agência Internacional o continente que mais produz energia é a Ásia (cerca de 34,4%), seguida da América (31,3%) e Europa (25,6%); e o continente que mais consome energia é América (mais de um terço do total), fundamentalmente a América Anglo-Saxônica (Estados Unidos e Canadá).
  13. 13. FONTE: MME, 2006. CCEENNÁÁRRIIOOSS AA QQUUEESSTTÃÃOO EENNEERRGGÉÉTTIICCAA MMAATTRRIIZZ EENNEERRGGÉÉTTIICCAA NNOO MMUUNNDDOO BIOMASSA 11,2% URÂNIO 6,4% HIDROELETRICIDADE 2,1% PETRÓLEO 35,3% CARVÃO 24,1% GÁS NATURAL 20,9%
  14. 14. ENERGIA FÓSSIL Recursos energéticos Permitiu o desenvolvimento das sociedades industrializadas e tecnológicas, responsável pelo consumo de energia de forma exponencial. Consumida pelas sociedades provém, na sua maior parte, dos combustíveis fósseis. Armazenada nas ligações químicas de compostos orgânicos, sujeitos a complexas transformações ao longo de grandes períodos de tempo.
  15. 15. Recursos energéticos não renováveis Desde a Revolução Industrial e com a descoberta do carvão, petróleo e gás natural deu-se uma reviravolta nas sociedades modernas. Em suma recursos energéticos não renováveis são todos aqueles que a velocidade de consumo é muito rápida e os seus períodos de formação e inferior (dentro de poucos anos extinguir-se-ão). 17
  16. 16. O que é o petróleo? O petróleo é um hidrocarboneto e formam-se em ambientes com grande abundância de matéria orgânica e pouco oxigénio, sendo uma energia não renovável. Ao longo do tempo o petróleo acumula-se em rochas-armazém que mais tarde serão as rochas de cobertura. É neste contexto que se forma as jazidas petrolíferas que são úteis ao Homem. 18
  17. 17. Petróleo
  18. 18. O que é gás natural? O gás natural, tal como o petróleo, é um hidrocarboneto. Ao longo do tempo o gás natural acumula-se em rochas-armazém que mais tarde serão as rochas de cobertura. É neste contexto que se forma as jazidas petrolíferas que são úteis ao Homem para o nosso dia-a-dia. 20
  19. 19. O que é carvão? É uma rocha que resulta da decomposição de restos de plantas que juntamente com a temperatura e a pressão transforma-se em carvão. Mas antes disso passa por 3 fases: Lignite Carvão Betuminoso Antracite Sendo uma das fontes energéticas mais utilizadas no Mundo. 21
  20. 20. Quais são as vantagens da utilização de recursos não renováveis? O crescente consumo destas matérias-primas tem levado à exaustão das reservas globais que terá consequências na economia global. 22
  21. 21. Quais são as desvantagens da utilização destas matérias-primas Invariavelmente estas matérias-primas provocarão distúrbios na saúde pública: - Derrame de hidrocarbonetos; - Impacte ambiental resultante da exploração de jazidas fósseis; - Alterações climáticas 23
  22. 22. O que é a energia nuclear? É um recurso energético não renovável a partir de minerais radioativos como o urânio e o tório que se produz uma grande quantidade de calor para a produção de energia elétrica. 24
  23. 23. Quais são as vantagens da utilização da energia nuclear? A energia nnuucclleeaarr éé mmaaiiss bbaarraattaa ee ppeerrmmiittee nnããoo ddeeppeennddeerr ttaannttoo ddooss ccoommbbuussttíívveeiiss ffóósssseeiiss.. 25
  24. 24. Quais são as desvantagens da utilização da energia nuclear? Qualquer construção de uma central nuclear acarreta problemas ambientais porque os resíduos radioativos ficam activos durante milhares de anos. 26
  25. 25. OS PROBLEMAS DOS NÃO-RENOVÁVEIS  CARVÃO: altamente poluente (CO2), na atmosfera e rejeitos sólidos (pode afetar solos, rios e águas subterrâneas), ácido sulfúrico entre outros;  PETRÓLEO: poluente (CO2) entre outros. Grandes impactos ambientais (vazamentos); principais reservas em países “não tão democráticos”  NUCLEAR: Resíduos que podem gerar radiotividade por mais de 1000 anos;
  26. 26. Fontes de energia renováveis São fontes de energia Alternativas; Chamada de energia limpa, pois não emite poluentes quimicos na atmosfera; São perenes, ou seja, infinitas pois estão sempre se renovando;
  27. 27. Recursos energéticos “A disseminação do uso da energia renovável no mundo exigirá políticas governamentais inovadoras, ambiente estável e previsível para investimentos e transferências de tecnologia para os países em desenvolvimento. O setor de energia renovável está prestes a entrar numa nova fase. Há três forças fundamentais impulsionando os mercados a favor das fontes renováveis de energia: Quais serão essas forças? Fonte: Laboratório Nacional de Energia Renovável ( www.nrel.gov/analysis/docs/cost_curves_2002.ppt)
  28. 28. RENOVÁVEIS HIDRELÉTRICAS  Não poluentes;  Necessidade rios caudalosos, planaltos.  Impactos: formação de grandes lagos; alagamentos de florestas, áreas rurais e urbanas;
  29. 29. RENOVÁVEIS SOLAR Não poluente e produção infinita; Dificuldades de armazenamento Melhor aproveitado em climas tropicais Necessita de espaço considerável para estabelecimento de espelhos de captação
  30. 30. RENOVÁVEIS EÓLICA Uma das alternativas mais utilizada Alemanha e EUA são os que mais utilizam Somente viável em locais com frequência de ventos.
  31. 31. RENOVÁVEIS GEOTÉRMICAS Utilização do calor proveniente do interior do planeta. Precisamente de vapor d'água. Perfuram-se poços profundos onde a água está sobre pressão, que ao subir gira turbinas.
  32. 32. RENOVÁVEIS MARÉS Produção pelo fluxo das marés Necessita de locais adequados para instalação
  33. 33. RENOVÁVEIS BIOMASSA Energia obtida pela decomposição de materiais orgânicos como esterco, restos de madeira e alimentos, resíduos agrícolas.
  34. 34. RENOVÁVEIS BIODIESEL - ETANOL Produção de combustíveis a partir de vegetais Apresenta poluição menor, alem de sequestrar carbono, contudo precisa de grandes áreas e ocupa áreas de produção de grãos
  35. 35. Dúvidas? Perguntas? Sugestões? Reclamações? Opiniões para as próximas aulas?

×