Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO

5.157 visualizações

Publicada em

Conceição de Jacareí - RJ
www.gespiritacristao.com

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.157
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
513
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Kardec Antes,Durante E Depois Da CodificaçãO

  1. 1. Kardec Antes, durante e após a codificação Hippolyte Léon Denis ard Rivail
  2. 2. Bagagem espiritual e intelectual somatizadas através de várias reencarnações conhecidas de Allan Kardec.
  3. 3. Como Herculano Pires demonstrou a árvore genealógica espiritual de Kardec ? 500 anos depois Jean Huss retorna como Allan Kardec para se tornar o missionário-chefe do Espiritismo Rivail-Kardec(sec.XIX) Foi Pai Espiritual de Pestalozzi(sec.XVIII a XIX) Foi Pai Espiritual de Jean-Jacques-Rousseau (sec.XVIII) Foi Pai Espiritual de Commenius(sec.XVII) Foi Pai Espiritual de Jean Huss(sec.XV)
  4. 4. <ul><li>O Pai de Rivail percebendo a nobreza de espírito de seu filho, aos 11 anos, o enviou de Paris à Suíça para estudar no Instituto Pestalozzi localizado no Castelo de Yverdon. </li></ul><ul><li>Como era a rotina do jovem Rivail nesta época? </li></ul><ul><li>-> De 6h `as 20h, estudava diversas matérias, como o Alemão, Latim, Grego, Holandês, Inglês, Francês, Gales, Matemática, Física, Química, Anatomia aplicada; </li></ul><ul><li>Mas o que os próprios alunos consideravam mais importante, é que eles exercitavam ao mesmo tempo a atenção, a observação e o julgamento, nutriam o espírito, mas alimentavam o amor e todos os hábitos, vivificavam a alma, penetravam na intimidade do sentimento, elevavam o pensamento, mantinham o equilíbrio e a harmonia de todas as faculdades. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>O que Pestalozzi disse sobre ser um Cristão? </li></ul><ul><li>Fui Cristão a minha vida toda, mas o meu *Cristianismo* é livre de qualquer dogma. </li></ul><ul><li>Para mim religião não é senão a moralidade ensinada e exemplificada pelo Cristo. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>Rivail foi para Paris em 1822 e formou uma escola. Em 1832 casou-se com Amelie que também tinha sua escola. </li></ul><ul><li>Logo uniram-se formando um grande instituto que recebia de quem podia pagar e, quem não podia, não pagava. </li></ul>
  7. 9. <ul><li>Rivail administrou durante vários anos cursos gratuitos de química, física, astronomia, fisiologia, anatomia comparada, etc...lançou livros que eram indicados pelo Ministério da Educação na França . Foi considerado mestre da pedagogia moderna , fato este importante para que seu espírito ganhasse força no princípio da elaboração da Doutrina Espírita. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Após o golpe de Luis Napoleão Bonaparte, a Lei Falloux foi instaurada e regeu o ensino primário e secundário de 1851 a 1860 permitindo a invasão policial das escolas conforme a opressão política clerical. </li></ul><ul><li>Este sombrio acontecimento faz Rivail deixar a educação das crianças e jovens para iniciar uma nova fase de sua vida...a educação do espírito para o aqui e para o além, para o agora e para o infinito, como projeto permanente de evolução da Humanidade. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Enquanto Rivail-Kardec ainda desconhece a missão que o Espírito Verdade vai anunciar a ele; </li></ul><ul><li>Há uma explosão de fenômenos espíritas coordenados pelos Espíritos Superiores para chamar a atenção de toda a Humanidade para o início de uma Nova Era materializada pela Doutrina Espírita, isto é, o Consolador Prometido por ♥♥♥ </li></ul>
  10. 12. <ul><li>Em 1843 no estado de Nova York (Hydesville) iniciou-se uma nova fase na história da humanidade, com a descoberta da imortalidade da alma através da mediunidade das irmãs Fox. </li></ul>
  11. 13. Os diversos fenômenos iniciaram-se nos EUA Inglaterra França e espalhou-se nos quatro cantos do mundo. <ul><li>Esse período foi devidamente planejado pelos Espíritos Codificadores, pois as idéias materialistas e niilistas passavam por grave crise, sem contar que os transportes e as comunicações tinham acabado de passar por avanços tecnológicos. </li></ul>
  12. 14. Quando o prof.Rivail ouve falar, pela primeira vez, sobre o fenômeno das mesas girantes? <ul><li>Em 1854, mas só em 1855 constatou a autenticidade dos fenômenos e resolveu estudá-los. </li></ul><ul><li>Em 1856 o E.Verdade veio prevení-lo da rude missão que o esperava e disse que para que tais missões tenham êxito, não basta só a inteligência ; faz-se mister, primeiramente, para agradar a Deus, humildade, modéstia, desinteresse, coragem, perseverança, inabalável firmeza, prudência e tato. Exigem-se, por fim, devotamento, abnegação e disposição a todos os sacrifícios. </li></ul>
  13. 15. Continuou o diálogo com o E.Verdade… <ul><li>“ Não esqueças que podes triunfar, como podes falir. Neste último caso, outro te substituiria, porquanto os desígnios de Deus não se apóiam na cabeça frágil de um só homem; se um instrumento se quebra, é imediatamente substituído.” </li></ul><ul><li>Hippolyte Léon Denis ard Rivail </li></ul>
  14. 17. <ul><li>Onde Kardec começou a codificar grande parte do Livro dos Espíritos? </li></ul><ul><li>Em 1856, na casa do Sr. Baudin. </li></ul><ul><li>A filha deste era médium inteiramente passiva, nunca tinha a menor consciência do que escrevia, podendo rir e conversar livremente, enquanto sua mão psicografava. </li></ul>
  15. 18. “ O L.E. foi qual um farol que rompesse as trevas que pesavam sobre a Humanidade, atraindo multidões de sedentos de luz e da verdade.” A.Kardec
  16. 19. <ul><li>Vários intelectuais franceses já haviam reunidos cinqüenta cadernos de comunicações diversas, por intermédio da sonâmbula Sra. Japhet. </li></ul><ul><li>Por que eles confiaram a Kardec esses registros ? </li></ul><ul><li>porque confiaram na competência e honestidade de Rivail, e lhes delegaram a ingente tarefa de: » compilar </li></ul><ul><li>» separar </li></ul><ul><li>» comparar </li></ul><ul><li>» condensar </li></ul><ul><li>»coordenar </li></ul><ul><li>OBS:Até 1863, recebera 3600 artigos, sendo que somente 100 eram mensagens de ordem moral elevada. </li></ul>as comunicações que os espíritos lhes ditaram.
  17. 21. <ul><li>Alguns espíritas americanos disseram não ter sido Kardec o fundador do espiritismo, pois, antes dele, já haviam aparecido Andrew J. Davis. e Louis A. Cahagnet? </li></ul><ul><li>-> Volp respondeu : “os fundadores do espiritismo são os espíritos que sempre e em todos os tempos se tem manifestado. </li></ul><ul><li>A eles coube a glória de terem sido os pioneiros a recolher os materiais para formar a base do espiritismo moderno, e a Allan Kardec, a glória de havê-la solidamente estabelecido.” </li></ul><ul><li>OBS: Kardec jamais se considerou seu fundador, criador e inventor, e sim, seu propagador. </li></ul><ul><li>O único título que K. fazia questão era: o de irmão em crença. </li></ul>
  18. 22. <ul><li>Kardec era médium? </li></ul><ul><li>Ele não tinha nenhum sinal exterior de mediunidade(não era médium ostensivo), mas na elaboração do Evangelho Segundo o Espiritismo, o seu cérebro percebia as inspirações do mais alto com uma facilidade tão grande que nem ele mesmo suspeitava. </li></ul>
  19. 23. Como era a personalidade de Kardec ? <ul><li>Era muito polido, de fina educação, sério mas não sisudo; </li></ul><ul><li>Reunia, aos domingos, seus amigos para jantar e discutir os pontos mais difíceis da doutrina espírita e, nos momentos de descontração, contava piadas de alto nível; </li></ul><ul><li>Flammarion o denominou: O Bom senso encarnado; </li></ul><ul><li>Disse o Próprio Kardec: `` sou um homem positivo, sem entusiasmo, que tudo julga friamente; raciocínio com os fatos, não sou um idealista´´; </li></ul><ul><li>A tolerância absoluta era sua regra; </li></ul><ul><li>Espalhava bom humor em todas as oportunidades; </li></ul>
  20. 24. Perguntaram a Kardec: De que maneira o Espiritismo tem feito bem as pessoas ? <ul><li>Impediu inúmeros suicídios; </li></ul><ul><li>Restabeleceu a Paz e a Concórdia em várias famílias; </li></ul><ul><li>Tornou mansos e pacientes os homens violentos e coléricos ; </li></ul><ul><li>Deu resignação a aqueles em quem faltava; </li></ul><ul><li>Reconduziu a Deus os que o desconheciam, destruindo-lhes as idéias materialistas, verdadeira chaga social que aniquila a responsabilidade moral do homem; </li></ul><ul><li>Conduz os homens a se amarem como irmãos. </li></ul>
  21. 26. Qual o melhor jeito de aprendermos a D.Espírita, segundo Kardec nos ensinou ? <ul><li>Ela não pode ser aprendida de lapso, pois requer muito tempo e reflexão; </li></ul><ul><li>Devemos nos aprofundar nos estudos para conhecê-la e amá-la, porque ninguém consegue amar o que não conhece. </li></ul><ul><li>Complementou Kardec: O Espiritismo é um gigantesco oceano no qual, nós os espíritas, ainda estamos na praia. </li></ul><ul><li>Há muito para mergulhar e muito conhecimento para auferir; e é dessa forma que conseguiremos conduzir nossas almas a Deus. </li></ul>
  22. 28. <ul><li>Vários oradores se sucederam durante o sepultamento do corpo físico de A.K., mas nenhum deles se desesperou porque, para os Espíritas, a morte é a libertação, continuidade, vida nova. </li></ul>
  23. 29. Para finalizar o estudo desta noite, oremos junto com Kardec: <ul><li>Senhor! Pois que te dignaste lançar os olhos sobre mim para cumprimento dos teus desígnios, faça-se a tua vontade! </li></ul><ul><li>Está nas tuas mãos a minha vida, dispõe do teu servo; </li></ul><ul><li>Reconheço a minha fraqueza diante de tão grande tarefa; </li></ul><ul><li>A minha boa vontade não desfalecerá; </li></ul><ul><li>As forças, porém, talvez me traiam; </li></ul><ul><li>Supre a minha deficiência; </li></ul><ul><li>Dá-me as forças físicas e morais que me forem necessárias; </li></ul><ul><li>Ampara-me nos momentos difíceis e, com teu auxílio e dos teus celestes mensageiros, tudo envidarei para corresponder aos teus desígnios. </li></ul>
  24. 30. Bibliografia consultada

×