SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
O ABSOLUTISMO: O REI E O CAPITAL 
O Absolutismo é o sistema de governo no qual o poder é concentrado nas mãos do monarca, característico dos 
regimes da maioria dos Estados europeus entre os séculos XVII e XVIII. Normalmente, os governantes possuem sólida 
base de apoio social, sem o que dificilmente poderiam governar. A Nobreza e o Alto Clero são os grupos sociais que 
asseguram o apoio ao rei; são também eles o grupo de pressão e que contribuem para limitar o poder real em 
determinados aspectos. A Reforma Protestante, do século XVI, também colabora para o fortalecimento da autoridade do 
rei, pois enfraquece o poder papal e coloca as igrejas nacionais sobre o controle do soberano. 
Com a evolução das leis, com base no estudo do direito romano, surgem teorias que justificam o absolutismo, 
como as de Nicolau Maquiavel ( 1469-1527); Jean Bodin (1530-1595); Thomas Hobbes ( 1588-1679). 
O Estado absolutista típico é a França de Luís XIV (1638-1715). Conhecido como o “Rei Sol”, a ele é atribuída à 
frase que se torna o emblema do poder absoluto: “O Estado sou eu”. Na França, o absolutismo é derrubado com a 
Revolução Francesa (17890. 
Despotismo esclarecido: 
Forma de governo que se instala em alguns Estados absolutistas europeus no século XVIII. Inspirados pelo Iluminismo, 
os déspotas esclarecidos limitam o poder da igreja Católica, reduzem os privilégios da aristocracia e do clero, centralizam 
o poder, favorecem o progresso econômicos e estimulam as artes e as ciências. Os principais déspotas esclarecidos e seu 
tempo de reinado são: Frederico II. da Prússia (1740-1786); Marquês de Pombal, de Portugal ( 1750-1777); Catarina II, 
da Rússia ( 1762-1796); José II, da Áustria (1780-1790). 
Os REIS controlam: a administração do Estado, formam exércitos permanentes, dominam a padronização 
monetária e fiscal, estabelecem fronteiras territoriais, intervém na economia nacional, criam uma organização judiciária 
nacional, a Justiça real. 
Com o crescimento comercial. A BURGUESIA tem interesse em disputar o domínio político com os nobres e 
apóia a concentração do poder. 
CAPITALISMO: Sistema econômico que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de produção, pelo 
trabalho livre assalariado e pela acumulação de capital. Na Europa, essas características aparecem desde Idade Média,do 
século XI ao XV, com a transferência do centro da vida econômica, social e política dos feudos para as cidades. Nas 
regiões mais desenvolvidas como Itália e Holanda, já havia bancos, letras de câmbio, intensa atividade de comércio e 
divisão de trabalho. 
Na Idade Moderna, do século XV ao XVIII, os reis absolutistas expandem o comércio por meio do 
MERCANTILISMO: política econômica desenvolvida pelos Estados europeus, baseada no absolutismo estatal e na 
propriedade privada. Corresponde á transição do feudalismo para o capitalismo, portanto á era de acumulação do capital. 
Caracteriza-se pela interferência do governo na economia, na acumulação de metais preciosos, na balança de comércio 
favorável (menos importação, mais exportação). Com a formação das monarquias nacionais surge o desejo das nações de 
se tornarem potências, apoiadas pela burguesia. Nessa época, a riqueza é determinada pela quantidade de metais preciosos 
(ouro e prata) que se possui. Para controlar a riqueza e a economia, os ESTADOS utilizam-se de barreiras alfandegárias, 
tarifas de comércio, incentivo às empresas privadas, controle da produção interna e promoção de atividades comerciais. A 
criação de companhias de comércio para a exploração colonial também é um elemento da política mercantilista. São 
companhias privadas nas quais se associam governo e empresas comerciais para ampliar e defender, inclusive 
militarmente, os negócios nos territórios então descobertos. Um exemplo é a Companhia das Índias Ocidentais , cujo 
objetivo era garantir à Holanda, o mercado fornecedor de açúcar. 
O Estado controla a economia e busca colônias para incentivar o enriquecimento das metrópoles. Esse 
enriquecimento favorece a burguesia. A expansão marítima que produziu o fortalecimento dos Estados Nacionais, 
produziu também o desenvolvimento do tráfico de escravos para da África para a América; o extermínio de centenas de 
tribos indígenas americanas; a europeização das áreas conquistadas, devido à imposição dos valores culturais e religiosos 
europeus. 
Responda no caderno copiando as perguntas 
1. O que é Absolutismo? 
2. Quais os grupos sociais que ajudam a fortalecer o poder do rei? 
3. Como a Reforma Protestante colaborou para o fortalecimento da autoridade do rei? 
4. Quais os teóricos do Absolutismo? 
5. Escreva sobre Luis XIV. 
6. O que vem a ser Despotismo Esclarecido? 
7. Cite os principais déspotas esclarecidos. 
8. Quais os poderes do rei neste contexto histórico? 
9. Qual o principal objetivo da burguesia nessa fase de transição do feudalismo para o capitalismo?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho GabaritoProva Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Jana Bento
 
Atividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia iiAtividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia ii
Doug Caesar
 

Mais procurados (20)

Cruzadinha - Revolução Francesa
Cruzadinha - Revolução FrancesaCruzadinha - Revolução Francesa
Cruzadinha - Revolução Francesa
 
Reforma e Renascimento
Reforma e RenascimentoReforma e Renascimento
Reforma e Renascimento
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
 
Cruzadinha de História - Expansão Maritima Portuguesa
Cruzadinha de História   - Expansão Maritima PortuguesaCruzadinha de História   - Expansão Maritima Portuguesa
Cruzadinha de História - Expansão Maritima Portuguesa
 
Caça palavras brasil pre colonial
Caça palavras brasil pre colonialCaça palavras brasil pre colonial
Caça palavras brasil pre colonial
 
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho GabaritoProva Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
Prova Parcial 8serie A 2 Etapa Emei Vicente Fialho Gabarito
 
Cuzadinha sobre a era vargas
Cuzadinha sobre a era vargasCuzadinha sobre a era vargas
Cuzadinha sobre a era vargas
 
Atividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia iiAtividades mesopotâmia ii
Atividades mesopotâmia ii
 
Absolutismo monárquico
Absolutismo  monárquico Absolutismo  monárquico
Absolutismo monárquico
 
Avaliação Diagnóstica de História
Avaliação Diagnóstica de HistóriaAvaliação Diagnóstica de História
Avaliação Diagnóstica de História
 
Exercicio revolução russa
Exercicio revolução russaExercicio revolução russa
Exercicio revolução russa
 
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republicaProva historia 2 ano conflitos 1 republica
Prova historia 2 ano conflitos 1 republica
 
Resumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militarResumo e atividades sobre ditadura militar
Resumo e atividades sobre ditadura militar
 
Grécia Antiga
 Grécia Antiga Grécia Antiga
Grécia Antiga
 
Cruzadinha de História - O humanismo e o renascimento
Cruzadinha de História - O  humanismo e o renascimentoCruzadinha de História - O  humanismo e o renascimento
Cruzadinha de História - O humanismo e o renascimento
 
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)
Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)
 
Renascimento cultural
Renascimento cultural Renascimento cultural
Renascimento cultural
 
Palavras cruzadas - feudalimso
Palavras cruzadas  - feudalimso  Palavras cruzadas  - feudalimso
Palavras cruzadas - feudalimso
 
Atividade sobre as grandes navegaçoes
Atividade sobre as grandes navegaçoesAtividade sobre as grandes navegaçoes
Atividade sobre as grandes navegaçoes
 
Mesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinhaMesopotamia cruzadinha
Mesopotamia cruzadinha
 

Destaque (14)

Exercicios iluminismo
Exercicios iluminismoExercicios iluminismo
Exercicios iluminismo
 
Resumo bom mercantilismo
Resumo bom mercantilismoResumo bom mercantilismo
Resumo bom mercantilismo
 
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma1   teste diagnóstico  - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
1 teste diagnóstico - mercantilismo, absolutismo, iluminismo e reforma
 
8ª ano revisão unidade 4 tema 1 resp
8ª ano revisão unidade 4 tema 1 resp8ª ano revisão unidade 4 tema 1 resp
8ª ano revisão unidade 4 tema 1 resp
 
Atividade 2s-3 p-iluminismo-alunos
Atividade 2s-3 p-iluminismo-alunosAtividade 2s-3 p-iluminismo-alunos
Atividade 2s-3 p-iluminismo-alunos
 
Atividade historia 7 ano mercantilismo
Atividade historia 7 ano mercantilismoAtividade historia 7 ano mercantilismo
Atividade historia 7 ano mercantilismo
 
96997139 prova-6-ano-a-origem-e-a-composicao-do-solo
96997139 prova-6-ano-a-origem-e-a-composicao-do-solo96997139 prova-6-ano-a-origem-e-a-composicao-do-solo
96997139 prova-6-ano-a-origem-e-a-composicao-do-solo
 
7ª ano Und 01 respostas p 30 e 31
7ª ano Und 01 respostas p 30 e 317ª ano Und 01 respostas p 30 e 31
7ª ano Und 01 respostas p 30 e 31
 
Atividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismoAtividades sobre o iluminismo
Atividades sobre o iluminismo
 
Revisão de história 5ºano
Revisão de história 5ºanoRevisão de história 5ºano
Revisão de história 5ºano
 
2 teste historia romanos 5ano3
2 teste historia romanos 5ano32 teste historia romanos 5ano3
2 teste historia romanos 5ano3
 
Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2   Correção da Ficha de avaliação 2
Correção da Ficha de avaliação 2
 
Teste de história 7ºano
Teste de história 7ºanoTeste de história 7ºano
Teste de história 7ºano
 
Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2Correção da Ficha de Avaliação 2
Correção da Ficha de Avaliação 2
 

Semelhante a Absolutismo e mercantilismo 7° ano

Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10   1º ano 2013 - política e economia na idade modernaCap10   1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Gustavo Cuin
 
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismoEstados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
vr1a2011
 
Aula absolutismo monárquico 2
Aula absolutismo monárquico 2Aula absolutismo monárquico 2
Aula absolutismo monárquico 2
seixasmarianas
 
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
Joana Alves
 

Semelhante a Absolutismo e mercantilismo 7° ano (20)

IDADE MODERNA.pdf
IDADE MODERNA.pdfIDADE MODERNA.pdf
IDADE MODERNA.pdf
 
Slides Historia : Os teóricos do absolutismo e Mercantilismo.pdf
Slides Historia : Os teóricos do absolutismo e Mercantilismo.pdfSlides Historia : Os teóricos do absolutismo e Mercantilismo.pdf
Slides Historia : Os teóricos do absolutismo e Mercantilismo.pdf
 
Absolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slideAbsolutismo e mercantilismo slide
Absolutismo e mercantilismo slide
 
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10   1º ano 2013 - política e economia na idade modernaCap10   1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
Cap10 1º ano 2013 - política e economia na idade moderna
 
Absolutismo e Mercantilismo
Absolutismo e MercantilismoAbsolutismo e Mercantilismo
Absolutismo e Mercantilismo
 
Estado moderno
Estado modernoEstado moderno
Estado moderno
 
Formação dos estados nacionais e o absolutismo
Formação dos estados nacionais e o absolutismoFormação dos estados nacionais e o absolutismo
Formação dos estados nacionais e o absolutismo
 
Absolutismo e Mercatilismo
Absolutismo e MercatilismoAbsolutismo e Mercatilismo
Absolutismo e Mercatilismo
 
Estado Moderno
Estado ModernoEstado Moderno
Estado Moderno
 
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismoEstados nacionais absolutismo-mercantilismo
Estados nacionais absolutismo-mercantilismo
 
Idade moderna
Idade modernaIdade moderna
Idade moderna
 
HCA- Módulo 6- A Cultura do Palco.pdf
HCA- Módulo 6- A Cultura do Palco.pdfHCA- Módulo 6- A Cultura do Palco.pdf
HCA- Módulo 6- A Cultura do Palco.pdf
 
absolutismo para ensino fundamental e medio
absolutismo para ensino fundamental e medioabsolutismo para ensino fundamental e medio
absolutismo para ensino fundamental e medio
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Absolutismo europeu
Absolutismo europeuAbsolutismo europeu
Absolutismo europeu
 
Aula absolutismo monárquico 2
Aula absolutismo monárquico 2Aula absolutismo monárquico 2
Aula absolutismo monárquico 2
 
O Antigo Regime.
O Antigo Regime.O Antigo Regime.
O Antigo Regime.
 
Absolutismo
AbsolutismoAbsolutismo
Absolutismo
 
Filosofia para-o-enem-5ª-seman
Filosofia para-o-enem-5ª-semanFilosofia para-o-enem-5ª-seman
Filosofia para-o-enem-5ª-seman
 
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
Examenacionaldehistriaa10e11ano 150614014555-lva1-app6891
 

Mais de Frederico Marques Sodré

Mais de Frederico Marques Sodré (20)

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptxINTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
 
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptxBIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
BIODIVERSIDADE - 2ª SÉRIE - BIOLOGIA.pptx
 
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptxESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
ESTADO, NAÇÃO, TERRITÓRIO - 2ª SÉRIE.pptx
 
Slide Santa Rita do Novo Destino
Slide Santa Rita do Novo DestinoSlide Santa Rita do Novo Destino
Slide Santa Rita do Novo Destino
 
O menino e o foguete - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
O menino e o foguete - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú O menino e o foguete - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
O menino e o foguete - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
 
O cabelo da menina - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
O cabelo da menina - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú O cabelo da menina - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
O cabelo da menina - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
 
Azizi, o menino viajante - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
Azizi, o menino viajante - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú Azizi, o menino viajante - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
Azizi, o menino viajante - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
 
A menina das estrelas - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
A menina das estrelas - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú A menina das estrelas - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
A menina das estrelas - Coleção Leia para Uma Criança - Itaú
 
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 7º Ano
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 7º AnoCaderno do Futuro Língua Portuguesa 7º Ano
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 7º Ano
 
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 6º Ano
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 6º AnoCaderno do Futuro Língua Portuguesa 6º Ano
Caderno do Futuro Língua Portuguesa 6º Ano
 
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais  Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
Mapa Conceitual Revoltas Regenciais
 
Mapa Conceitual República Velha
Mapa Conceitual República VelhaMapa Conceitual República Velha
Mapa Conceitual República Velha
 
Mapa Conceitual Sociedade Francesa XVIII
Mapa Conceitual Sociedade Francesa XVIIIMapa Conceitual Sociedade Francesa XVIII
Mapa Conceitual Sociedade Francesa XVIII
 
Mapa conceitual Absolutismo e Mercantilismo
Mapa conceitual Absolutismo e MercantilismoMapa conceitual Absolutismo e Mercantilismo
Mapa conceitual Absolutismo e Mercantilismo
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Absolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismoAbsolutismo e mercantilismo
Absolutismo e mercantilismo
 
A origem da filosofia
A origem da filosofiaA origem da filosofia
A origem da filosofia
 
Reforma Protestante e Contrarreforma
Reforma Protestante e ContrarreformaReforma Protestante e Contrarreforma
Reforma Protestante e Contrarreforma
 
O Iluminismo
O IluminismoO Iluminismo
O Iluminismo
 
O Populismo no Brasil
O Populismo no BrasilO Populismo no Brasil
O Populismo no Brasil
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 

Absolutismo e mercantilismo 7° ano

  • 1. O ABSOLUTISMO: O REI E O CAPITAL O Absolutismo é o sistema de governo no qual o poder é concentrado nas mãos do monarca, característico dos regimes da maioria dos Estados europeus entre os séculos XVII e XVIII. Normalmente, os governantes possuem sólida base de apoio social, sem o que dificilmente poderiam governar. A Nobreza e o Alto Clero são os grupos sociais que asseguram o apoio ao rei; são também eles o grupo de pressão e que contribuem para limitar o poder real em determinados aspectos. A Reforma Protestante, do século XVI, também colabora para o fortalecimento da autoridade do rei, pois enfraquece o poder papal e coloca as igrejas nacionais sobre o controle do soberano. Com a evolução das leis, com base no estudo do direito romano, surgem teorias que justificam o absolutismo, como as de Nicolau Maquiavel ( 1469-1527); Jean Bodin (1530-1595); Thomas Hobbes ( 1588-1679). O Estado absolutista típico é a França de Luís XIV (1638-1715). Conhecido como o “Rei Sol”, a ele é atribuída à frase que se torna o emblema do poder absoluto: “O Estado sou eu”. Na França, o absolutismo é derrubado com a Revolução Francesa (17890. Despotismo esclarecido: Forma de governo que se instala em alguns Estados absolutistas europeus no século XVIII. Inspirados pelo Iluminismo, os déspotas esclarecidos limitam o poder da igreja Católica, reduzem os privilégios da aristocracia e do clero, centralizam o poder, favorecem o progresso econômicos e estimulam as artes e as ciências. Os principais déspotas esclarecidos e seu tempo de reinado são: Frederico II. da Prússia (1740-1786); Marquês de Pombal, de Portugal ( 1750-1777); Catarina II, da Rússia ( 1762-1796); José II, da Áustria (1780-1790). Os REIS controlam: a administração do Estado, formam exércitos permanentes, dominam a padronização monetária e fiscal, estabelecem fronteiras territoriais, intervém na economia nacional, criam uma organização judiciária nacional, a Justiça real. Com o crescimento comercial. A BURGUESIA tem interesse em disputar o domínio político com os nobres e apóia a concentração do poder. CAPITALISMO: Sistema econômico que se caracteriza pela propriedade privada dos meios de produção, pelo trabalho livre assalariado e pela acumulação de capital. Na Europa, essas características aparecem desde Idade Média,do século XI ao XV, com a transferência do centro da vida econômica, social e política dos feudos para as cidades. Nas regiões mais desenvolvidas como Itália e Holanda, já havia bancos, letras de câmbio, intensa atividade de comércio e divisão de trabalho. Na Idade Moderna, do século XV ao XVIII, os reis absolutistas expandem o comércio por meio do MERCANTILISMO: política econômica desenvolvida pelos Estados europeus, baseada no absolutismo estatal e na propriedade privada. Corresponde á transição do feudalismo para o capitalismo, portanto á era de acumulação do capital. Caracteriza-se pela interferência do governo na economia, na acumulação de metais preciosos, na balança de comércio favorável (menos importação, mais exportação). Com a formação das monarquias nacionais surge o desejo das nações de se tornarem potências, apoiadas pela burguesia. Nessa época, a riqueza é determinada pela quantidade de metais preciosos (ouro e prata) que se possui. Para controlar a riqueza e a economia, os ESTADOS utilizam-se de barreiras alfandegárias, tarifas de comércio, incentivo às empresas privadas, controle da produção interna e promoção de atividades comerciais. A criação de companhias de comércio para a exploração colonial também é um elemento da política mercantilista. São companhias privadas nas quais se associam governo e empresas comerciais para ampliar e defender, inclusive militarmente, os negócios nos territórios então descobertos. Um exemplo é a Companhia das Índias Ocidentais , cujo objetivo era garantir à Holanda, o mercado fornecedor de açúcar. O Estado controla a economia e busca colônias para incentivar o enriquecimento das metrópoles. Esse enriquecimento favorece a burguesia. A expansão marítima que produziu o fortalecimento dos Estados Nacionais, produziu também o desenvolvimento do tráfico de escravos para da África para a América; o extermínio de centenas de tribos indígenas americanas; a europeização das áreas conquistadas, devido à imposição dos valores culturais e religiosos europeus. Responda no caderno copiando as perguntas 1. O que é Absolutismo? 2. Quais os grupos sociais que ajudam a fortalecer o poder do rei? 3. Como a Reforma Protestante colaborou para o fortalecimento da autoridade do rei? 4. Quais os teóricos do Absolutismo? 5. Escreva sobre Luis XIV. 6. O que vem a ser Despotismo Esclarecido? 7. Cite os principais déspotas esclarecidos. 8. Quais os poderes do rei neste contexto histórico? 9. Qual o principal objetivo da burguesia nessa fase de transição do feudalismo para o capitalismo?