Arcadismo atualizado

2.645 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.645
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
518
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
147
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arcadismo atualizado

  1. 1. Alejandro Pinzon ARCADISMO ou NEOCLASSICISMO Professora: Maria Cristina A. Biagio
  2. 2. Século XVIII PORTUGAL PORTUGAL 1756-1825 1756-1825 Barroco Barroco Arcadismo Arcadismo 1768 – 1836 BRASIL Romantismo Romantismo
  3. 3. Arcadismo – Século XVIII – “As Luzes” Início no Brasil: Obras poéticas , de Cláudio Manuel da Costa (1768). Local: Minas Gerais. Lema da Bandeira de Minas Gerais
  4. 4. Contexto histórico: • Profundas transformações na Europa; •Decadência da aristocracia feudal; •Progressivo descrédito das monarquias; •Revolução Industrial inglesa; •Revolução Francesa; •O Iluminismo fermentou os ideais revolucionários do mundo inteiro.
  5. 5. Características: •Retorno ao equilíbrio clássico; •Clareza, equilíbrio, simetria; •“Inutilia Truncat”: cortar o inútil; •“Fugere Urbem”: fugir das cidades; •“Locus Amoenus”: lugar calmo; •“Aurea Mediocritas”: desprezo ao luxo e a riquezas; •“Carpe diem”: Cantar o dia, viver o dia; •“Mimese” – Imitação (no sentido de seguir modelos – não de cópia); •Fingimento poético (pastores).
  6. 6. Afirmação orgulhosa da racionalidade. Razão = Verdade = Simplicidade e clareza.
  7. 7. O bucolismo
  8. 8. Palavras-Chave: Bucolismo: adequação do homem à harmonia e serenidade da natureza. Pastoralismo: celebração da vida pastoril, vista como um eterno idílio entre pastores e pastoras. 
  9. 9. Trecho de Marília de Dirceu - Lira XIV (...) Que havemos de esperar, Marília bela? Que vão passando os florescentes dias? As glórias, que vêm tarde, já vêm frias; E pode enfim mudar-se a nossa estrela. Ah! Não, minha Marília, Aproveite-se o tempo, antes que faça O estrago de roubar ao corpo as forças E ao semblante a graça. (Tomás Antônio Gonzaga)
  10. 10. Pseudônimos: Cláudio Manuel da Costa é Glauceste Satúrnio; Tomás Antônio Gonzaga é Dirceu; Basílio da Gama é Termindo Sipílio.
  11. 11. Principais autores: Poesia Lírica: Tomás Antônio Gonzaga e Cláudio Manuel da Costa. Relação com a Inconfidência Mineira: Tomás Antônio Gonzaga foi condenado ao exílio em Moçambique. Cláudio Manuel da Costa, depois de um interrogatório, foi encontrado enforcado no cárcere. Suicídio ou assassinato?
  12. 12. “Eu tenho um coração maior que o mundo, tu, formosa Marília, bem o sabes: um coração, e basta, onde tu mesma cabes.” Versos como estes, agrupados sob o título Marília de Dirceu, tornaram Tomás Antônio Gonzaga um dos maiores poetas do Arcadismo. Marília é mostrada, ao mesmo tempo, como pessoa e como encarnação do Amor, como categoria absoluta. Na 1ª parte – o pastor Dirceu celebra a beleza de Marília. Na 2ª parte – escrita na prisão – Dirceu sente saudades de Marília.
  13. 13. Poesia épica: O Uraguai (1769), de Basílio da Gama. Apresenta: · cinco cantos; · sem divisão estrófica; · versos decassílabos – 10 sílabas poéticas; . versos brancos (sem rimas). Trecho emocionante - A morte de Lindoia
  14. 14. O Caramuru (1781) O poema de Santa Rita segue o modelo camoniano: organização em dez cantos; estrofes de oito versos; esquema de rimas: ABABABCC. A estrutura é a tradicional: proposição, invocação, dedicatória, narração e epílogo. O tema – a colonização da Bahia no século XVI. Trecho emocionante: A morte de Moema.
  15. 15. POESIA SATÍRICA: As Cartas Chilenas, de Tomás Antônio Gonzaga, atestam o inconformismo dos habitantes da colônia em relação à administração portuguesa e a seus agentes.
  16. 16. Trabalho: Diálogo entre o Arcadismo e a música contemporânea.

×