O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Outubro 2014
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Sonho Brasileiro
Motivações e Contextos
Objetivos e Metodologias
INTRO
01
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
A BOX1824 é uma empresa de pesquisa global focada
no mapeamento de tendê...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Ao capturar o emergente, conseguimos
apontar possíveis caminhos para uma...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
RESUMO DO PROJETO
O Sonho Brasileiro da Política é um projeto sem fins l...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
INFLUENCIAR
A AGENDA POLÍTICA
01 I N T R O
01
RESSIGNIFICAÇÃO
E CONSCIÊN...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
PESQUISA:
01 I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
FASE
QUALITATIVA
Objetivos
Público
Metodologia
I N T R O S O N H O B R...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Objetivos
FASE QUALITATIVA
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
18a32
Jovens de
anos
Escolhemos essa faixa etária para contemplar
tant...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
18-32
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Públ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Identificação de jovens
transformadores
I N T R O S O N H O B R A S I ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
RECRUTAMENTO EM REDE E PEER TO PEER.
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
20 GRUPOS DE DISCUSSÃO
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N T R O S O N H ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
38 VIVÊNCIAS
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N T R O S O N H O B R A S ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
10 ENTREVISTAS EM PROFUNDIDADE
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N T R O ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
4 RODAS DE CONVERSA
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N T R O S O N H O B...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
10 ENTREVISTA COM ESPECIALISTAS
Metodologia
FASE QUALITATIVA
I N T R O...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
A equipe foi composta por
profissionais que já tinham
envolvimento com...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
A equipe foi composta por
profissionais que já tinham
envolvimento com...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
A equipe foi composta por
profissionais que já tinham
envolvimento com...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
A equipe foi composta por
profissionais que já tinham
envolvimento com...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
FASE
QUANTITATIVA
Aspectos
demográficos e perfil
I N T R O S O N H O B...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Base Ponderada
FASE QUANTITATIVA
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Faixa etária
FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA
I N T R O S O N H O B R A S I...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Você é...
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Classe social
FASE QUANTITATIVA
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Em qual estado você mora?
FASE QUANTITATIVA
I N T R O S O N H O B R A ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Regiões brasileiras
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Você mora na...
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Chefe da família
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Possui filhos
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Ocupação
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Serviços públicos que usa frequentemente (%)
I N T R O S O N H O B R A...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Serviços sociais que utiliza ou já utilizou (%)
I N T R O S O N H O B ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Como utiliza a internet (%)
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Como você define o lugar onde você mora?
I N T R O S O N H O B R A S I...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Orientação sexual
FASE QUANTITATIVA
I N T R O S O N H O B R A S I L E ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
Religião
I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
C...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
02
O que foram as
manifestações?
O que mudou?
O SIGNIFICADO
DE 2013
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
JUNHO/2013
POR QUE 2013 FOI TÃO
MARCANTE NA HISTÓRIA DA
POLÍTICA BRASILE...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A02
1984 1985 1989
Diretas
Já
19921988 1994 2009 20112010 20132008
Período...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
*CONSIDERAMOS QUE AS ELEIÇÕES EM 198 ,MARCARAM A VOLTA DA DEMOCRACIA NO ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O Movimento Passe Livre inicia
uma série de protestos contra o
aumento d...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
JUNHO/2013
UM GRANDE CATALISADOR
SIMBÓLICO
02 M A N I F E S T A Ç Õ E S
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
AO IREM PARA AS RUAS,
OS JOVENS CONHECERAM OUTRA
FERRAMENTA DA DEMOCRACI...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A02
“A manifestação foi um
encontro de todos os
jovens reivindicando o
que...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
UM ENCONTRO
DE JOVENS
COMO INDIVÍDUOS,
SEM LIDERANÇAS
OU INSTITUIÇÕES
02...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“A manifestação de junho foi um grande
encontro de amarração, entre a ga...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
NÃO DUALISMO
HIPERCONEXÃO
MICRO- REVOLUÇÕES
AS MANIFESTAÇÕES SERVIRAM CO...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
77%
QUAL É O MOTIVO DA
PARTICIPAÇÃO NAS
MANIFESTAÇÕES?
70%
63%
Porque qu...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
QUESTIONARAM
O ESTIGMA DO JOVEM APOLÍTICO
“Junho quebrou a crença conser...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
49%
“Internet amplifica as conexões.
Quando um cara foi protestar, ele
c...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
48%
“Acredito nas assembleias de
discussão, na decisões tomadas de
forma...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
45%
“A manifestação em si, a passeata
pra rua eu é um ponto de
pedagogia...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
43%
“A partir do momento a
manifestação conquistou alguma
coisa. Você nã...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
40%
“Depois das manifestações, os
políticos fingem que estão abertos
ao ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
38%
“O legado das manifestações é de
quem luta, conquista. Se unir
colet...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
34%
“A gente cresceu ouvindo:
‘Política, religião e futebol não
se discu...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“As manifestações trouxeram
uma série de movimentos, surgiram
um monte d...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
28%dos jovens afirmam que as manifestações
mostraram que os brasileiros s...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Tem uma expressão que eu ouvi
de junho para cá, é a palavra
reunismo’. ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“ Vários assuntos sobre política
que desconhecia, só fui pesquisar
por c...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
JUNHO/2013
E COM TUDO ISSO,
O QUE MUDOU?
01 M A N I F E S T A Ç Õ E S
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
A POLÍTICA GANHOU
O DIA A DIA
DE MAIS JOVENS.
A POLÍTICA ESTAVA NO ESCUR...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01
“O que importa é que uma luz acendeu. Você
passou a pensar sobre isso....
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Acreditar na política e na participação
passou a ter legitimidade e se ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AJUNHO/2013 MUDANÇAS
O exercício de cidadania e poder político
representad...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AJUNHO/2013 MUDANÇAS
O espaço público ganha
novos significados: lugar de
e...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Assembleia Popular
Horizontal - BH
Durante as manifestações, mais de 2 m...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Vídeo Super Interessante -
Por que a nossa política é tão
burra?
Webséri...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
Uma onda de mobilizações em toda
a...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
ASMANIFESTAÇÕES
EVIDENCIARAMUMAGRANDE
MUDANÇANAFORMACOMO
OJOVEMPENSAEAGE...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Agente decidiu que
não ia parar só porque as
manifestações iam parar."
...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O JOVEM
E A POLÍTICA
03
Foto: Mídia Ninja
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A
COMO O JOVEM
PENSA, AGE E SE
RELACIONA...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O QUE O JOVEM CONSIDERA EXPRESSÕES
POLÍTICAS?
03 O J O V E M E A P O L Í...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
COMO O JOVEM FAZ POLÍTICA DO DIA A DIA ?
03 O J O V E M E A P O L Í T I ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O QUE APROXIMARIA O JOVEM DA POLÍTICA?
03 O J O V E M E A P O L Í T I C ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
O QUE IMPEDE O JOVEM DE PARTICIPAR DA
POLÍTICA?
03 O J O V E M E A P O L...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
ONDE O JOVEM GOSTARIA DE APRENDER SOBRE POLÍTICA?
03 O J O V E M E A P O...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A
As manifestações de junho de 2013 apro...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
OS MAIS DE 36 MILHÕES DE JOVENS
ENTRE 18-32 ANOS NÃO SÃO IGUAIS NA
FORMA...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
PARA IDENTIFICAR O NÍVEL DE ENGAJAMENTO E
PROXIMIDADE COM A POLÍTICA, AN...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
ENCONTRAMOS 4 ATITUDES DOS JOVENS
EM RELAÇÃO À POLÍTICA
03 O J O V E M E...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Interesse Mobilização Ação
39%
Vive à parte da política,
dedicado a suas...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Alheios39%
Interesse
não tem
Ação
não atua
Mobilização
não mobiliza
Vive...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Desinteressados, sem mo...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
afirma que sua prática p...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Onde mora
18% declara m...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
SE 39% NÃO TEM INTERESSE POR POLÍTICA,
61% DOS JOVENS ESTÃO MAIS ABERTOS...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
17% À deriva
Interesse
tem algum
Ação
não atua
Mobilização
não mobiliza
...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
55%
acreditam que pesso...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
INTERESSADO
POUCA INFOR...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Onde mora
48% moram em ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
28% Crítico
Interesse
tem bastante
Ação
não atua
Mobilização
mobiliza um...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
MUITO INFORMADO
INTERES...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
gostariam de participar...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
MUITO INFORMADO
INTERES...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Escolaridade
58% colegi...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
8%
Agentes
8%
Hackersda...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Pesquisa Quantitativa
M...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
08% Agente
Interesse
tem bastante
Ação
atua
constantemente
Mobilização
m...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
foram as manifestações ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Não preciso esperar...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03
MUITO INTERESSADO ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
18
19
20
21
28
28
31
35...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
34
49
57
66
21
18
41
39...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Escolaridade
58% colegi...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
08% Hackers
da Política
Interesse AçãoMobilização
Sua atuação está ligad...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
foram às manifestações ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
consideram a importânci...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
15
18
19
29
32
34
41
41...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
49
49
58
70
41
39
18
21...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
25-32 anos
55%
18-24 anos
45%
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Saber usar meu espaço ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Originário do mundo da informática, hackear é um novo verbo
para explica...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“Quando a gente fala em democracia, a gente
precisa abrir mais o código....
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
CR...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
LAB HACKER
Câmara dos Deputados - Brasília
O Laboratório nasceu em novem...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Exemplo de Hackers da Política
03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
PERIFERIA:
AVANGUARDADOS
HACKERSDAPOLÍTICA
03 O J O V E M E A P O L Í T ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P ...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Movimento HipHop ONG...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
Contexto histórico
A...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“O hip hop: a voz da...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
“O hip hop: a voz da...
S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
A força de saber seu...
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Sonho Brasileiro da Política (versão completa)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sonho Brasileiro da Política (versão completa)

3.370 visualizações

Publicada em

Relatório do estudo Sonho Brasileiro da Política, que buscou entender o pensamento e as ações dos jovens brasileiros um ano após os protestos que tomaram o país em junho de 2014. A pesquisa identificou um novo ator político ao qual dá o nome de Hacker da Política que por sua vez constituem Células Democráticas.

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

Sonho Brasileiro da Política (versão completa)

  1. 1. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Outubro 2014
  2. 2. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Sonho Brasileiro Motivações e Contextos Objetivos e Metodologias INTRO 01
  3. 3. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A A BOX1824 é uma empresa de pesquisa global focada no mapeamento de tendências e consumer insights. Desenvolvemos projetos que buscam um novo olhar e entendimento sobre a sociedade, desvendando tendências e identificando comportamentos sócio- culturais emergentes. Nossa leitura do comportamento das pessoas se dá pela sua capacidade de influenciar em um determinado tema, com base no seu comportamento, nível de informação e na forma como se expressam. Focamos nosso trabalho no público de 18-24 anos, considerado hoje o centro primário de influência  da sociedade global  de consumo. Como boa parte do conteúdo que produzimos é fechado para clientes que contratam nossos projetos, há vários anos decidimos colocar no mundo alguns projetos institucionais e públicos. Foi assim em 2010 com o vídeo “We All Want to Be Young”, em 2011 com nosso estudo “Sonho Brasileiro”, em 2012 com o vídeo “All Work All Play”. E mais recentemente, em 2013, lançamos o estudo “Youthmode” em parceria com a agência de NY K-Hole, que propõe um novo olhar sobre o que significam juventude e liberdade. Para o Sonho Brasileiro da Política reunimos alguns profissionais da Box mais uma equipe independente na realização do nosso sonho. I N T R O01
  4. 4. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Ao capturar o emergente, conseguimos apontar possíveis caminhos para uma política que pode vir a ser. NOSSO OLHAR O nosso papel é unir peças de um quebra cabeça para conseguir contar a história que estava fragmentada e espalhada entre tantas experiências, falas, trajetórias e sonhos. Nosso grande desafio é entender em profundidade a informação que nos foi passada, ser porta-vozes dessa mensagem e fazê-la chegar ao maior número de pessoas. Como ‘fotógrafos’, tiramos um retrato do momento presente. Assim como uma fotografia, a pesquisa conta uma história, relata um acontecimento e registra um fato. Assim é: uma fotografia do jovem brasileiro e sua relação com a política no ano de 2014. Ao entender os valores, objetivos e sua maneira de praticar a política, conseguimos vislumbrar um pouco do futuro. “Essa pesquisa é importante porque quando conhecemos o outro a gente consegue ver um outro mundo. Ter acesso a essas informações vai ajudar a gente a fazer um mundo não só pro nosso nicho, mas para todos.” (frase de um entrevistado) 01 I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
  5. 5. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A RESUMO DO PROJETO O Sonho Brasileiro da Política é um projeto sem fins lucrativos, feito da sociedade civil para a sociedade civil. A Box1824 não obteve lucro com o estudo. Seu objetivo é o bem comum; usando todo nosso conhecimento, entendemos que esta é nossa responsabilidade como organização e cidadãos. O projeto foi viabilizado através do apoio financeiro de diversos cidadãos brasileiros e através de parcerias estratégicas que nos deram apoio para a produção e execução da pesquisa. Não recebemos apoio de nenhuma pessoa jurídica. Essa foi uma decisão consciente da equipe que entendeu desde o inicio a importância de preservar a independência para abordar um tema tão delicado. Somos suprapartidários; nosso estudo está acima de qualquer ideologia ou questão partidária. O estudo está sob a licença Creative Commons, que permite que qualquer usuário remixe, adapte e crie obras derivadas da obra original, desde que com fins não comerciais e contanto que atribua crédito ao autor e licencie as novas criações sob os mesmos parâmetros. CC by 01 I N T R O
  6. 6. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A INFLUENCIAR A AGENDA POLÍTICA 01 I N T R O 01 RESSIGNIFICAÇÃO E CONSCIÊNCIA POLÍTICA 02 Ao realizar um estudo sobre a juventude brasileira e a política, os principais temas que defendem e sua forma de participar, queremos contribuir para a discussão política no país. Queremos trazer novos elementos para as discussões, colocando o jovem como protagonista de novas maneiras de pensar e fazer política. Ao dar luz ao desconhecido, possibilitamos que outras pessoas que possam se engajar. Tirar o estigma do termo “política” e dar a ele significados mais contemporâneos e conectados com o nosso cotidiano. Ao incluir novas vozes ao debate e aproximar o cidadão da política, estamos contribuindo para o processo democrático. OBJETIVOS DA PESQUISA
  7. 7. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A PESQUISA: 01 I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 18a32 Jovens de anos Sete capitais brasileiras São Paulo Porto Alegre Brasília Belo Horizonte Rio de Janeiro Belém Recife QUALITATIVA 20 Grupos 10 Entrevistas 38 Vivências E QUANTITATIVA Mais de 300 jovens entrevistados 1128 Entrevistados Classes ABC 877 Online 251 Offline METODOLOGIAS
  8. 8. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 FASE QUALITATIVA Objetivos Público Metodologia I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A
  9. 9. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Objetivos FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A seus novos comportamentos individuais e coletivos IDENTIFICAR COMPREENDER o impacto das manifestações de junho de 2013 na percepção do jovem. ENTENDER as motivações, frustrações e sonhos em relação a política CONHECER iniciativas, projetos e jovens que apontem novos caminhos para a política IDENTIFICAR os características dos jovens que estão participando da transformação política do Brasil: valores, crenças e novos formas de participação.
  10. 10. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 18a32 Jovens de anos Escolhemos essa faixa etária para contemplar tanto os jovens recém saídos do ensino médio como jovens já formados, com experiência profissional e caminhos concretos que apontam aprendizados importantes para o tema da política. I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Público FASE QUALITATIVA
  11. 11. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 18-32 I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Público FASE QUALITATIVA ENGAJADOS Jovens 01 02 03 Que atuam em projetos relacionados a política e são politicamente ativos Tem opiniões e ideias sobre novas formas de participação política Entendem o papel da política para desenvolvimento do país 36.565.274de jovens brasileiros têm entre 18 e 32 (classe ABC) anos hoje. A partir de dados do IBGE (Censo 2000 ) calculamos a quantidade inicial de pessoas entre 18 a 32 anos e para o recorte de classe ABC, usamos o % determinado pela ABEP/ Critério Brasil.
  12. 12. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Identificação de jovens transformadores I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A RECRUTAMENTOEMREDE 20 Grupos de Discussão 10 Entrevistas em profundidade 38 Vivências MAISDE300JOVENS ENTREVISTADOS 4 Rodas de Conversa 10 Conversas com especialistas APROFUNDAMENTO Público FASE QUALITATIVA
  13. 13. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 RECRUTAMENTO EM REDE E PEER TO PEER. Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Para identificar os jovens engajados, contamos com uma rede de parceiros que já atuam com projetos de transformação e impacto social e político. Cada iniciativa parceira enviou um formulário-filtro para a rede de membros, e enviamos também aos participantes do Sonho Brasileiro de 2011. No recrutamento peer to peer, um jovem engajado nos indica outros jovens que considera politicamente ativos para participar da pesquisa.
  14. 14. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 20 GRUPOS DE DISCUSSÃO Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Encontros dos quais participaram de 6 a 10 jovens do perfil buscado pela pesquisa, realizados em locais informais e adequados ao perfil desses jovens. Nessas reuniões, aprofundamos hipóteses e conduzimos discussões exploratórias sobre política, participação, barreiras e oportunidades para engajamento político, além de variados exercícios projetivos.
  15. 15. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 38 VIVÊNCIAS Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Etapa de entrevistas caracterizada pela imersão na realidade dos entrevistados. As conversas aconteciam em casas, locais de trabalho e espaços da cidade que fazem parte do contexto sociocultural dos participantes. Além de colher opiniões e impressões em relação à política, nesta etapa eram também observados aspectos relacionados ao ambiente que estão inseridos, em busca de elementos que pudessem nos trazer uma compreensão mais profunda dos “porques” por trás das percepções apresentadas e do discurso.
  16. 16. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 10 ENTREVISTAS EM PROFUNDIDADE Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Entrevista de 2 a 3 horas de duração em um ambiente escolhido pelo entrevistado como aquele que melhor o representava. Jovens de origens e formações distintas com uma forte atuação em iniciativas relacionadas à política e que são reconhecidos como formadores de opinião. Selecionamos cuidadosamente pessoas em cada uma das 7 cidades para que a gama mais variada possível de jovens engajados fosse ouvida. O relato de cada entrevistado sobre sua história de vida serviu de ponto de partida para a discussão de seus principais valores, crenças, papéis e expectativas quanto ao futuro da política.
  17. 17. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 4 RODAS DE CONVERSA Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Encontros periódicos com parceiros e convidados foram realizados ao longo do processo de análise e discussão dos resultados da pesquisa. A partir das trocas realizadas nesses encontros, o estudo foi sendo refinado e se tornando cada vez mais participativo e colaborativo.
  18. 18. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 10 ENTREVISTA COM ESPECIALISTAS Metodologia FASE QUALITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Entrevistas com especialistas e formadores de opinião sobre o tema da política, provenientes de diferentes áreas de conhecimento (sociologia, economia, jornalismo, ciência política, ativistas e empreendedores sociais). Essa foi a última etapa da fase qualitativa, em que já apresentávamos os resultados finais com a intenção refinar a narrativa final.
  19. 19. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 A equipe foi composta por profissionais que já tinham envolvimento com o tema ativismo, transformação social e política. O entendimento prévio com o tema nos permitiu aprofundar as discussões com os jovens engajados. Contamos com profissionais da Box1824 e parceiros. BEATRIZ Beatriz é cientista social (PUC/SP), pesquisadora e ativista política. Tem 9 anos de experiência em projetos de melhoria do setor público, com reforma administrativa do estado, desenvolvimento de lideranças políticas, criação de movimento de reforma política (co-fundadora do #Euvotodistrital) e inovação de serviços públicos. Trabalhou como pesquisadora na Box1824. CARLA Carla é sócia da Box1824 e foi uma das responsáveis pela pesquisa “Sonho Brasileiro”, que desde 2011 vem ouvindo os jovens brasileiros para entender como se viam atuantes na transformação do país. Tem palestrado em diversos eventos no Brasil e no exterior sobre os novos drivers do comportamento jovem. É co-autora do livro Volta ao Mundo em 13 Escolas, que buscou novos modelos de educação em 10 países. I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A EQUIPE DO PROJETO
  20. 20. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 A equipe foi composta por profissionais que já tinham envolvimento com o tema ativismo, transformação social e política. O entendimento prévio com o tema nos permitiu aprofundar as discussões com os jovens engajados. Contamos com profissionais da Box1824 e parceiros. I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A EQUIPE DO PROJETO FRANKLIN Etnógrafo Visual que trabalha com pesquisa de comportamento há mais de 8 anos. Desde 2010 vem estudando novas formas de ativismo social que surgem com o advento das tecnologias digitais e o impacto disso na relação que as pessoas estabelecem com os espaços públicos. Acompanhou de perto movimentos como o Indgnados (na Espanha) e Occupy (em Londres). JULIANA Juliana Fava é pesquisadora de comportamento. Foi diretora de pesquisa e planejamento da Box1824 por 8 anos, tendo conduzido projetos de investigação de comportamento e estratégia em diversos países. Hoje trabalha como consultora, envolvida também em projetos documentais e audiovisuais. Formada em Comunicação pela ESPM e pós graduada em Gestão Cultural pela Universidade de Barcelona, também estudou Relações Internacionais na PUC- SP.
  21. 21. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 A equipe foi composta por profissionais que já tinham envolvimento com o tema ativismo, transformação social e política. O entendimento prévio com o tema nos permitiu aprofundar as discussões com os jovens engajados. Contamos com profissionais da Box1824 e parceiros. I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A EQUIPE DO PROJETO VIVIAN Vivian é jornalista (Cásper Líbero/SP) e pesquisadora. Em 5 anos de experiência profissional, trabalhou com inovação social no setor público e privado, também em parceria com o terceiro setor em projetos nas áreas de cultura, educação, identidade de gênero, direito à cidade e engajamento político. SOPHIE Sophie Secaf estudou Ciências Políticas e Sociais na Universidade de Edimburgo e voltou para o Brasil para trabalhar na campanha política do ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, na área de pesquisa qualitativa. Hoje, trabalha na empresa Box1824 nas áreas de pesquisa de tendências e planejamento estratégico.
  22. 22. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 A equipe foi composta por profissionais que já tinham envolvimento com o tema ativismo, transformação social e política. O entendimento prévio com o tema nos permitiu aprofundar as discussões com os jovens engajados. Contamos com profissionais da Box1824 e parceiros. I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A EQUIPE DO PROJETO MARCELLA Advogada (Mackenzie) da área de Terceiro Setor, Responsabilidade Social e Cultural. Trabalhou por 2 anos no Instituto Empreender Endeavor como coordenadora da Semana Global do Empreendedorismo. Atua em diversos movimentos ligados à cidadania e atualmente é coordenadora de pesquisa e curadoria do Programa Caldeirão do Huck, responsável por encontrar história e conteúdos relacionados a transformação social.
  23. 23. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 FASE QUANTITATIVA Aspectos demográficos e perfil I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Amostra representativa da atual população jovem brasileira
  24. 24. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Base Ponderada FASE QUANTITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Os dados do estudo foram ponderados para representar o perfil sócio demográfico do Brasil. Total 1.128 100% 1.128 100% Gênero Masculino 527 47% 553 49% Feminino 601 53% 575 51% Idade 18 - 24 473 42% 474 42% 25 - 32 655 58% 654 58% Classe A/B 534 47% 485 43% C 594 53% 643 57% Região Sul 250 22% 169 15% Sudeste 457 41% 474 42% Norte + Nordeste 257 23% 406 36% Centro-oeste 164 15% 79 7% Não Ponderada Nº absoluto Não Ponderada % Ponderada % Ponderada Nº absoluto 1128 Entrevistados Classes ABC 877 Online 251 Offline (booster com pessoas que não acessam internet)
  25. 25. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Faixa etária FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A FAIXAETÁRIA(EM%) 18 – 24 anos = 25 – 32 anos =42% 58% 14% 28% 28% 30% 18-20 anos 21-24 anos 25-28 anos 29-32 anos A distribuição etária está mais concentrada na faixa etária de 25 a 32 anos (58%). Nos segmentos que possuem Mestrado + Superior Completo (69%) , na classe C1 (66%); nas regiões Centro-Oeste (71%) e Sul (68%), é onde a faixa etária de 25-32   atinge seusmaiores percentuais. Já na faixa etária de 18 a 24 anos, os maiores resultados se concentraram nos segmentos: classe AB1 (52%), ensino médio + superior incompleto (46%) e na região Sudeste (46%). Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta:Qual é a sua idade? (Responsa Única)
  26. 26. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Você é... I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A GÊNERO(em%) Quanto ao gênero dos respondentes, os percentuais são muito semelhantes 51% mulheres versus 49 %homens. Entre as pessoas da faixa etária 25 a 28 anos (56%), e região Sul (56%), as pessoas do sexo feminino atingiram os maiores resultados. Enquanto entre os homens destacamos um crescimento entre a classe AB1 (58%) e nas regiões Norte + Nordeste (56%). Feminino 51% Masculino 49% FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab. Pergunta: Você é? (RU)
  27. 27. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Classe social FASE QUANTITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A CLASSESOCIAL(EM%) Classe A+ B = Classe C =43% 57% 19% 25% 20% AB1 B2 C1 C2 Na classificação social dos entrevistados preponderaram as pessoas de classe C com 57% das respostas obtidas. Nas pessoas com Mestrado + Superior Completo (75%); nas Capitais (68%), na região Sudeste (56%); os mais jovens de 18 a 24 anos (50%), de 21 – 24 anos (54%) foi onde as classes AB atingiram seus maiores percentuais. Na classe C, os principais resultados se concentraram nos segmentos: a faixa etária de 25 a 32 anos (65%), ensino médio + superior incompleto (69%) e nas regiões Sul(75%) e Norte + Nordeste (66%). 37% FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Critério de Classificação Econômica Brasil
  28. 28. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Em qual estado você mora? FASE QUANTITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A ESTADO(em%) Os estados da região Sudeste, em razão da sua representatividade foram as localidades com os maiores números de entrevistas, na ordem: São Paulo (24%), Minas Gerais (11%) e Rio de Janeiro (10%); São Paulo Minas gerais Rio de Janeiro Bahia Pernambuco Pará Rio Grande do Sul Ceará Paraná Amazonas Goiás Distrito Federal Paraíba Santa Catarina Rio Grande do Norte Mato Grosso do Sul Maranhão Mato Grosso Alagoas Espírito Santo Piauí Rondônia Sergipe Tocantins 1 1 1 1 1 1 1 1 1 2 2 2 2 2 2 3 4 5 6 8 10 10 11 24 FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab. Pergunta: Qual estado você mora? (RU)
  29. 29. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Regiões brasileiras I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A REGIÕES BRASILEIRAS(EM%) A região Sudeste concentra aproximadamente 42% das respostas da pesquisa seguida a região Nordeste com 28% Nas pessoas da classe AB (55%), AB1 (52%) , B2 (57%) e nas Capitais (48%) foi onde a região Sudeste obteve os maiores resultados; Já no Nordeste, os resultados elevam-se na Classe C (38%) e C2 (47%); Enquanto no Sul o crescimento ocorre entre as pessoas entre 29 e 32 anos (22%) e na classe C (20%). 42% Sudeste 28% Nordeste 15% Sul 8% Norte 7% Centro -Oeste FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Você mora em qual cidade? (RU)
  30. 30. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Você mora na... I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A ONDEMORA(em%) Aproximadamente 49% das pessoas entrevistadas moram na capital e 51% nas regiões metropolitanas e interior. Nas capitais e regiões metropolitanas, os percentuais ainda ficam mais representativos nos segmentos: Centro Oeste (67%); Mestrado + Superior Completo (65%) e Classes A/B (65%). Já nas outras cidades destacam-se as pessoas da Classe C (54%) e na região Sul (52%). Outras cidades do estado 35% Região Metropolitana 16% Capital 49% FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Você mora na ... (RU)
  31. 31. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Chefe da família I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A VOCÊÉOCHEFE DAFAMÍLIA(em%) Em torno de 2/3 dos respondentes não é o chefe da família. Dentre aqueles que são chefes de família, os percentuais os homens (44%), aqueles mais experientes, 25 – 28 anos (41%) e 29 a 32 anos (51%); Mestrado + Superior Completo (40%); Centro Oeste (49%). Já aqueles que NÃO se consideram chefe da família, estão entre as mulheres (75%), os mais jovens 18 – 20 (90%) e 21 – 24 anos (78%), região Sudeste (73%) atingem os maiores resultados. Sim 34% Não 66% FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Você é chefe de família? (RU)
  32. 32. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Possui filhos I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A FILHOS(EM%) 1% Tenho 4 filhos ou mais Em função do target da pesquisa, a maioria dos entrevistados informou não possuir filhos (66%). Nos segmentos: homens (75%), mais jovens de 18 – 24 anos (86%); Classe AB (75%), Mestrado + Superior Completo (78%) e nas capitais (73%) elevam-se os percentuais entre aqueles que não possuem filhos. 4 % 9% 21% 66% Tenho 3 filhos Tenho 2 filhos Tenho 1 filho Não tenho filho FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Você tem filhos? (RU)
  33. 33. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Ocupação I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A OCUPAÇÃO(EM%) Dos entrevistados 72% trabalham, sendo que mais da metade deles trabalham período integral (53%). Entre estes trabalhadores de turno integral em alguns segmentos a sua representatividade aumenta: entre os homens (61%); entre aqueles de 25 a 32 anos (63%); aqueles com mestrado + Superior (61%); nas regiões Sul (65%) e Centro Oeste (64%). Trabalha meio período Trabalha período integral 17% 53% É estudante 15% Não trabalha 9% É dona de casa 5% É empresário 2% FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Você ... (RU)
  34. 34. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Serviços públicos que usa frequentemente (%) I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 3 12 16 24 25 27 27 29 35 59 62 77 TRANSPORTEPÚBLICO Parques / praças Sistema Único de Saúde (SUS) Escolas públicas Sites dos serviços de governo Bibliotecas Shows públicos Pontos de Cultura / Espaços Culturais Universidades públicas Ciclovias Redes sociais do Governo Nenhum desses 77 FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Quais serviços públicos você usa frequentemente( RM)
  35. 35. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Serviços sociais que utiliza ou já utilizou (%) I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 4 6 7 12 20 31 38 Já usei | Seguro desemprego Já usei | Bolsa Família Já usei | ProUni Já usei | Minha casa, minha vida Já usei | Leite Outros Já usei | Pro-Jovem Já usei | Bolsa Trabalho JÁUSEI 64 FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Quais destes benefícios sociais você utiliza ou já utilizou? ( RM) Nunca Usei 5 1
  36. 36. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Como utiliza a internet (%) I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 20 32 33 40 46 49 54 55 60 63 65 67 72 LERNOTÍCIAS,SABEROQUE ESTÁACONTECENDOConversar com amigos através de mensagens Me divertir, passar o tempo 72 Ver vídeos Ficar por dentro do que meus amigos andam fazendo Saber dos eventos que estão acontecendo Publicar minhas fotos Conhecer pessoas novas Mostrar o que faço / produzo FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Combinar encontros com amigos Fazer Compras Estudar ou fazer trabalho escolar Compartilhar coisas que acho interessante Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Geralmente você utiliza a internet para ... ( RM)
  37. 37. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Como você define o lugar onde você mora? I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Centro 24% 15% Periferia 15% Comunidade 15% Subúrbio 12% Interior 11% Área Nobre da Cidade 6% Favela 3% Zona Rural FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA Periferia 15% Subúrbio 15% Área Nobre da Cidade 11% Comunidade 15% Interior 12% Favela 6% Zona Rural 3% 24% Centro Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Como você define o lugar onde mora? (RU)
  38. 38. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Orientação sexual FASE QUANTITATIVA I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Heterossexual 90% 5% Homossexual 3% Prefiro não responder 2% Bissexual FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA 90% Heterossexual 5% 3% 2% Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Qual a sua orientação sexual? (RU)
  39. 39. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 Religião I N T R O S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Católica 42% 14% Não tenho religião 14% Evangélica pentecostal 10% Evangélica Não-pentecostal Santo Daime, Esotérica 7% Espírita, Kardecista, Espiritualista 6% Prefiro não responder sobre religião 2% Sou ateu / Não acredito em Deus 3% Mórmon, Adventista, testemunha de Jeová 2% Outras religiões 1% Candomblé 1% Seisho-no-lê, Messiânica, Perfeita Liberdade FASE QUANTITATIVA - AMOSTRA 7% 1%1% 10% 14% 3% 6% 2% 10% 2% 42% Católica Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: De acordo com a lista abaixo, qual a sua religião?Você pode responder mais de uma opção, caso tenha mais de uma religião (RM)
  40. 40. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 02 O que foram as manifestações? O que mudou? O SIGNIFICADO DE 2013
  41. 41. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A JUNHO/2013 POR QUE 2013 FOI TÃO MARCANTE NA HISTÓRIA DA POLÍTICA BRASILEIRA? 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  42. 42. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A02 1984 1985 1989 Diretas Já 19921988 1994 2009 20112010 20132008 Período de redemocratização - 1º eleição presidencial no sistema democrático Fim da ditadura militar Constituição de 1988 Internet Queda do Muro de Berlim * Plano Real Caras Pintadas e Impeachment Collor Fora Sarney Crise Financeira Ficha Limpa Islândia e Tunisia Primavera Árabe Egito, Indignados e Occupy Manifestações Junho 2013 MUNDO BRASIL JOVEM Nascimento 18 anos 23 anos10 anosEx: jovem de 24 anos em 2014 Governo Lula 2002 Sonho Brasileiro Governo Dilma LINHA DO TEMPO Boom da ONG's Umademocraciajovemeumajuventudequeentrou paraos18anosvivendoumagrandemovimentação política OSPRINCIPAISMOVIMENTOS POLÍTICOS OJOVEM(18-32)VERSUS O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  43. 43. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A *CONSIDERAMOS QUE AS ELEIÇÕES EM 198 ,MARCARAM A VOLTA DA DEMOCRACIA NO PAÍS. PORÉM, A REDEMOCRATIZAÇÃO FOI GRADUAL, COMEÇOU 1979 COM A ADOÇÃO DE UM REGIME MULTI PARTIDÁRIO. EM 1988 A CONSTITUIÇÃO VIGENTE FOI REDIGIDA, E EM 1989 CONSOLIDOU-SE COM A ELEIÇÃO DIRETA PARA PRESIDENTE. OBSERVAÇÕES HISTÓRICAS Esse jovem (18-32 anos) nasceu entre 1982 e 1996, é contemporâneo a dois fatos históricos que definem seu comportamento político atual: a redemocratização do país e o surgimento da internet. Desde 1992, não havia uma mobilização política tão forte e com adesão de tantas pessoas como ocorreu em junho de 2013. A partir de 2009, iniciou as mobilizações de jovens por todo o mundo reivindicando o sistema político e econômico de seus países. Numa escala menor, as marchas, passeatas e manifestações continuaram. Mas eram nichadas, restritas à bandeiras específicas e institucionalizadas ligadas a movimentos estudantis, sindicatos, movimentos sociais e partidos. Em 2013, a onda de manifestações que tinha passado por vários países, chega ao Brasil. Aqui, caracteriza-se pela horizontalidade, ausência de liderança e não institucionalização. 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Uma democracia jovem que em 2014 completou 25 anos.* De 1990 até a 2010, vivemos o boom das ONGS. Grande parte das ongs surgiram durante esse período. Foi um dos espaços de atuação dos jovens pela transformação social e política do país.
  44. 44. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O Movimento Passe Livre inicia uma série de protestos contra o aumento da passagem de ônibus. Um motivador palpável e de impacto sistêmico (R$ 0,20) facilita a empatia dos jovens. Adesão se intensifica pelas redes sociais. A violência policial impulsiona as mobilizações. A mídia independente ganha força e dá voz ao jovem. Mais de 4 milhões de jovens vão às ruas. O QUE FOI JUNHO DE 2013 EM FATOS? 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  45. 45. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A JUNHO/2013 UM GRANDE CATALISADOR SIMBÓLICO 02 M A N I F E S T A Ç Õ E S
  46. 46. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A AO IREM PARA AS RUAS, OS JOVENS CONHECERAM OUTRA FERRAMENTA DA DEMOCRACIA ALÉM DO VOTO. “Acho que as manifestações foram um marco histórico. A gente expandiu, provamos que podemos, e que tem muita gente pensando junto. Ao mesmo tempo somos diferentes e a força do diálogo pode nos potencializar a partir da diversidade de pautas.” 91% 18% dos jovens ficaram sabendo das manifestações dos jovens foram às ruas =6,5milhõesdejovens 18-32anos-classesABC “As manifestações de junho não são só manifestações de liberdade de expressão. Elas foram manifestações políticas. 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta você ouviu falar ou sabe sobre as manifestações que aconteceram no brasil em junho de 2013? (RU) Pergunta:você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) A partir de dados do IBGE (Censo 2000 ) calculamos a quantidade inicial de pessoas entre 18 a 32 anos e para o recorte de classe ABC, usamos o % determinado pela ABEP/ Critério Brasil.
  47. 47. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A02 “A manifestação foi um encontro de todos os jovens reivindicando o que estava incomodando por dentro.” “ Um dos efeitos das manifestações de junho foi entender que a cultura democrática é importante. Não se faz política só votando.” O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  48. 48. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A UM ENCONTRO DE JOVENS COMO INDIVÍDUOS, SEM LIDERANÇAS OU INSTITUIÇÕES 02 PESSOAS SE ENXERGARAM, SAÍRAM DAS SUAS REDES E VIRAM UMA REDE MUITO MAIOR; LEGITIMOU UMA MÍDIA INDEPENDENTE; MOSTROU A MULTIPLICIDADE DE CAUSAS; MOSTROU A VIOLÊNCIA DO ESTADO A QUEM A DESCONHECIA; DEU UMA NOVA PERSPECTIVA PARA O ESPAÇO PÚBLICO COMO “BEM COMUM”. O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  49. 49. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “A manifestação de junho foi um grande encontro de amarração, entre a galera da cultura, da política, da bicicleta… A galera está mais unida, está mais ligada ao outro.” 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  50. 50. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A NÃO DUALISMO HIPERCONEXÃO MICRO- REVOLUÇÕES AS MANIFESTAÇÕES SERVIRAM COMO UM FAROL DE VISIBILIDADE DE QUEM JÁ ESTAVA ATIVO Em 2011, encontramos o jovem ponte. Um jovem que agia a partir de uma mentalidade não dualista e hiperconectado, como uma nova forma de se relacionar com o mundo. Sua atuação estava ligada a mudanças locais e do seu entorno, isto é, a partir de microrrevoluções. Em 2013, as micrrorevoluções se encontraram e os jovens perceberam que não estavam sozinhos. 8% UM JOVEM-PONTE 2011* “Já existia muita gente que vivia junho antes de junho” 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foram esses jovens que incentivaram, mesmo que indiretamente, a mobilização da grande massa de pessoas. *Conteúdo da pesquisa Sonho Brasileiro de 2011 - acesse: www.sonhobrasileiro.com.br
  51. 51. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 77% QUAL É O MOTIVO DA PARTICIPAÇÃO NAS MANIFESTAÇÕES? 70% 63% Porque queria exercer meu direito de me manifestar 42% Porque algumas das bandeiras/causas em que acredito estavam sendo representadas Porque queria levar as bandeiras/causas em que acredito37% 35% Porque não concordei com a atuação da polícia nos primeiros atos Porque estava insatisfeito com a política atual Porque é uma ferramenta importante para a transformação política do país 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Por que participou? (RM) Base: 210 casos (18% que participou das manifestações).
  52. 52. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A QUESTIONARAM O ESTIGMA DO JOVEM APOLÍTICO “Junho quebrou a crença conservadora que a juventude estava desmobilizada, eu acho que esse é grande legado de junho. Criou-se um consenso que o jovem quer mudar a política como é feita hoje.” As manifestações romperam o estigma de que essa geração é apolítica. O jovem brasileiro faz política. As manifestações desobstruíram um canal, e a vontade de participar tomou fluxo e corpo. 38% Dos jovens afirmam que as manifestações mostraram a força dos jovens da minha geração. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  53. 53. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 49% “Internet amplifica as conexões. Quando um cara foi protestar, ele chamou outras pessoas e de repente uma nação inteira estava fazendo uma revolução.” dos jovens afirmam que as manifestações mostraram o poder de mobilização dos jovens por meio da internet. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  54. 54. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 48% “Acredito nas assembleias de discussão, na decisões tomadas de forma coletiva e não um cara decidindo por mim. Uma pessoa nunca vai conseguir representar todo mundo.” dos jovens afirmam que as manifestações mostraram que o jovem não se sente representado pelos políticos atuais. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  55. 55. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 45% “A manifestação em si, a passeata pra rua eu é um ponto de pedagogia e de diálogo com a sociedade.Pode criar proximidade. Ela é um meio, não um fim” dos jovens afirmam que as manifestações incentivaram as pessoas a reivindicarem mais seus direitos. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  56. 56. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 43% “A partir do momento a manifestação conquistou alguma coisa. Você não é mais um lunático. Você é alguém que muda a realidade.” dos jovens afirmam que as manifestações mostraram que unidos podemos transformar o país. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  57. 57. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 40% “Depois das manifestações, os políticos fingem que estão abertos ao diálogo. Se isso é verdade, o tempo vai dizer. Pelo há um discursos que estão abertos para as demandas, que é importante a população participar. Esse efeito foi legal, de abrir esse caminho.” dos jovens afirmam que as manifestações colocaram pressão nos governantes. 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  58. 58. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 38% “O legado das manifestações é de quem luta, conquista. Se unir coletivamente, se manifestar de diferentes formas pode mudar a realidade e tem um efeito multiplicador.” dos jovens afirmam que as manifestações mostraram a força dos jovens da minha geração. 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia NinjaFoto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  59. 59. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 34% “A gente cresceu ouvindo: ‘Política, religião e futebol não se discute. Com as manifestações de junho, a gente começou a discutir loucamente.” dos jovens afirmam que as manifestações mostraram que o brasileiro não se interessa só por futebol, mas por política também. 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  60. 60. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “As manifestações trouxeram uma série de movimentos, surgiram um monte de coletivos. Tem mais pessoas engajadas, que estão tentando participar de um diálogo.” 02 M A N I F E S T A Ç Õ E S Foto: Mídia Ninja 31%dos jovens concordam que as manifestações incentivaram o surgimento de coletivos/ grupos/iniciativas. Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  61. 61. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 28%dos jovens afirmam que as manifestações mostraram que os brasileiros se interessam por política. 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja “As manifestações geraram uma nova geração de militantes, uma nova geração que se interessou em se politizar.” Foto: Mídia Ninja Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  62. 62. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Tem uma expressão que eu ouvi de junho para cá, é a palavra reunismo’. Reunião segunda, terça, quarta, quinta e, na sexta-feira, a gente vai tomar uma cerveja com a galera para falar sobre as reuniões que cada um participou na semana.” Foto: Mídia Ninja 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 26%dos jovens concordam que as manifestações serviram para criar pontos de encontros e aproximar pessoas com interesses comuns. Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente)
  63. 63. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “ Vários assuntos sobre política que desconhecia, só fui pesquisar por causa das manifestações.Então mesmo não tendo resultados muito claros, as manifestações geraram discussão e mais interesse em política.” em números absolutos representa 6,5milhõesdos jovens entrevistados 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 18%dos jovens afirmam que passaram a se interessar mais por política após as manifestações Fonte: Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Assinale quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. (Resposta única, escala de concordância de 7 pontos.  % de top 2 box: % de 6.concordo muito + 7.concordo totalmente) A partir de dados do IBGE (Censo 2000 ) calculamos a quantidade inicial de pessoas entre 18 a 32 anos e para o recorte de classe ABC, usamos o % determinado pela ABEP/Critério Brasil.
  64. 64. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A JUNHO/2013 E COM TUDO ISSO, O QUE MUDOU? 01 M A N I F E S T A Ç Õ E S
  65. 65. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A A POLÍTICA GANHOU O DIA A DIA DE MAIS JOVENS. A POLÍTICA ESTAVA NO ESCURO, COM AS MANIFESTAÇÕES, UMA LUZ FOI ACESA. A essência da política começou a ser resgatada. E o encontro entre os jovens e a política caracteriza um momento de efervescência. As discussões e os encontros começam a fazer parte do seu dia a dia. Seja nas notícias na TV ou na timeline do Facebook, os temas políticos ganharam um novo espaço. A POLÍTICA COMEÇOU A SER HUMANIZADA, DESMITIFICADA E GANHAR VISIBILIDADE: OS JOVENS PASSAM A ENXERGAR A POLÍTICA. 01 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  66. 66. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 “O que importa é que uma luz acendeu. Você passou a pensar sobre isso. E não precisa ser, necessariamente, a política do orçamento participativo da cidade, a política da educação. Pode ser a política do seu trabalho, da sua escola. A participação começa por aí, exatamente, para depois crescer.” O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Foto: Mídia Ninja
  67. 67. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Acreditar na política e na participação passou a ter legitimidade e se tornou uma referência.” 01 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  68. 68. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AJUNHO/2013 MUDANÇAS O exercício de cidadania e poder político representados simbolicamente pelas manifestações impactaram o comportamento do jovem. As manifestações deixaram o sentimento de que política é algo que pode ser feito pelas pessoas, pela sociedade civil. A partir desse empoderamento, o engajamento político dos jovens se intensificou. Novas iniciativas surgiram e ganharam legitimidade. “A lição é de quem luta, conquista. Se unir coletivamente, se manifestar de diferentes formas pode mudar a realidade e tem um efeito multiplicador.” JUNHO DEIXOU MUDANÇAS CONCRETAS 02 Foto: Mídia Ninja O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 | M U D A N Ç A S C O N C R E T A S
  69. 69. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AJUNHO/2013 MUDANÇAS O espaço público ganha novos significados: lugar de encontro entre os ‘diferentes’, espaço de trocas e de discussões abertas. RETOMADA DO ESPAÇO PÚBLICO “As manifestações criaram uma nova geração interessada em política que está criando diversas assembleias ao ar livre e encontros em praças.” 01 O jovem começa a gerar conteúdo próprio, sem intermediários formais, sobre os processos políticos. “A nossa geração é super conectada, é fácil de participar virtualmente. Mas a verdadeira energia, que move isso e que talvez esteja facilitando esse movimento é a energia dos encontros.” 02 AUTOEDUCAÇÃO POLÍTICA 03 MAIS ENCONTROS, PROTESTOS E GREVES A potência das trocas gerou a necessidade de mais encontros e estimulou mais protestos e greves em diversos setores da sociedade. “No primeiro momento todo mundo ficou confuso, mas de lá para cá, as pessoas começaram a se se entregar mais, começaram a se conectar, e alinhar os pensamentos, ideais.” JUNHO DEIXOU MUDANÇAS CONCRETAS 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 | M U D A N Ç A S C O N C R E T A S
  70. 70. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Assembleia Popular Horizontal - BH Durante as manifestações, mais de 2 mil pessoas se reuniram embaixo do viaduto Santa Teresa para discutir as pautas que estavam sendo levantadas nas ruas. Em formato de assembleia e num sistema de decisão horizontal, as pautas são discutidas e encaminhadas em grupos de trabalho separado por temas (educação, saúde, transporte...) Depois, as as soluções de cada grupo são decididas por todos na grande assembleia. Mais de um ano depois, as Assembleias continuam acontecendo. De mensais passaram a ser semanais. Da Assembléia, surgiram duas outras iniciativas na cidade: Espaço Comum Luiz Estrela e Resiste Isidoro. Esse é um exemplo de como a energia das manifestações gerou atividades concretas. Outros movimentos similares: Ocupe Estelita, Batata Precisa de Você, Cais Mauá, Parque Augusta, Quinta da Resistência, entre outros. 1. RETOMADA DO ESPAÇO PÚBLICO https://www.facebook.com/AssembleiaPopularBH?fref=ts 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 | M U D A N Ç A S C O N C R E T A S
  71. 71. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Vídeo Super Interessante - Por que a nossa política é tão burra? Websérie sobre sistema político Brasileiro.“E eu com isso?" Grupo no Facebook “Política para leigos” Política de BotecoVoto X Veto Livro Infantil “Quem manda aqui?” Talk Show do RafuckoSerie de palestras “Pelas Frestas e Beiradas – a Política pode ser sexy, sem ser vulgar!” Projetos de Educação Política Por todo o país, muitas iniciativas têm surgido com caráter informacional e educativo, trazendo leveza para a linguagem política - algumas inclusive usando aspectos humorísticos e lúdicos. A partir do uso de uma linguagem própria, mais leve e menos sisuda do que a existente até então, o jovem começa a desmitificar e se aprofundar nos processos políticos. 2. AUTO EDUCAÇÃO 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 | M U D A N Ç A S C O N C R E T A S
  72. 72. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A01 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 Uma onda de mobilizações em toda a sociedade 3.MAIS ENCONTROS, PROTESTOS E GREVES Ao irem às ruas, os jovens desencadearam uma energia que estimulou outros setores da sociedade a se mobilizarem e reivindicarem seus direitos e demandas. Protestos e greves passaram a acontecer com frequência em diversos setores da sociedade. A Copa do mundo incentivou os protestos contra os gastos do evento e outras greves. As prisões de manifestantes, geraram comoção entre os jovens. As greves dos professores, cobradores e motoristas em SP, os garis no Rio de janeiro e os policiais no Recife contribuíram para um sentimento de empoderamento na população. Greve dos Garis RJ Manifestações contra os gastos da copa, ocorreram durante os meses da abertura Protesto contra a criação do vagão rosa, destinado a mulheres no horário de pico Mobilizações e ocupação do movimento MTSTS e ocupações da Copa do Povo em Itaquera Protestos do MPL em defesa dos cobradores e motoristas de ônibus em greve e a favor do passe livre. Protestos pela liberdade dos manifestantes presos durante as manifestações contra a Copa. O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3 | M U D A N Ç A S C O N C R E T A S
  73. 73. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A ASMANIFESTAÇÕES EVIDENCIARAMUMAGRANDE MUDANÇANAFORMACOMO OJOVEMPENSAEAGE POLITICAMENTE 01 Significado de 2013 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  74. 74. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Agente decidiu que não ia parar só porque as manifestações iam parar." Foto: Mídia Ninja 02 O S I G N I F I C A D O D E 2 0 1 3
  75. 75. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O JOVEM E A POLÍTICA 03 Foto: Mídia Ninja
  76. 76. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A COMO O JOVEM PENSA, AGE E SE RELACIONA COM A POLÍTICA? Independentemente do seu nível de engajamento político, os jovens se sentem responsáveis por mudanças na sociedade e tem uma percepção de atuação política que vai além do voto. Existem barreiras que impedem sua aproximação da política mas também há motivações para uma maior participação. A educação política é desejada e sente que precisa aprender mais sobre o tema.
  77. 77. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O QUE O JOVEM CONSIDERA EXPRESSÕES POLÍTICAS? 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Quais das opções abaixo você considera que são expressões políticas? (RM) 65%dos jovens consideram fiscalizar o poder público uma expressão política 72% Votar 60% Faz sua parte como cidadão Participar de assembleias públicas 54% 51% Participar de manifestações 46% 45% Assistir as sessões na câmara 52% Atuar em um movimento social 42%Defender uma causa / bandeira / luta específica Participar/ assinar petições O jovem percebe que além do voto existem outras formas de atuação política, como fiscalizar o poder público ,defender uma bandeira/causa e participar de manifestações.
  78. 78. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A COMO O JOVEM FAZ POLÍTICA DO DIA A DIA ? 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Quais das opções abaixo você costuma praticar no seu dia a dia? (RM) 24% Assina petições online 62% Faz sua parte como cidadão 25% Ajuda pessoas em condições desfavoráveis Ajuda na igreja/projetos com igrejas 19% 14% Participa de manifestações 11% 10% Faz parte de coletivo / grupo / movimento Defende uma causa / bandeira / luta específica 21% Explica para as pessoas como funciona a política Além do voto, o jovem assina diariamente petições online e explica política para os outras pessoas, fazendo com que política seja um dos assuntos do seu cotidiano.
  79. 79. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O QUE APROXIMARIA O JOVEM DA POLÍTICA? 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: O que te aproximaria mais da política? (RM) 45% dos jovens se aproximaria da política se o processo político fosse mais transparente e confiável. 35%Se os políticos representasse melhor seus interesses e ideais 27% Se a política resolvesse coisas próximas da sua realidade e cotidiano Informações mais claras e acessíveis para entender com mais facilidade 27% 24%Se tivessem maneiras mais fáceis de apresentar suas opiniões Se soubesse mais sobre como funciona a política no Brasil 22% Entender melhor como contribuir com as decisões políticas 20% Ter/Ver mais jovens envolvidos com política 19% Ter mais formas de participar pela internet 18% O jovem se aproximaria da política se houvesse mais transparência no processo político e se identificasse seus valores e ideais nos políticos.
  80. 80. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O QUE IMPEDE O JOVEM DE PARTICIPAR DA POLÍTICA? 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta:o que te impede de se envolver mais com política? ? (RM) 33% dos jovens não participam porque não acreditam na política partidária, no sistema como é hoje 28% “Não tem nada a ver comigo, não me interesso” Não entende do assunto 18% 18% Tem medo de se envolver e ser contaminado pelo sistema político Não sabe por onde começar, como fazer alguma ação 17% O que impede o jovem de participar da política é a descrença nos partidos de hoje e a falta de conhecimento sobre o tema.
  81. 81. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A ONDE O JOVEM GOSTARIA DE APRENDER SOBRE POLÍTICA? 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Pergunta: Como deveria ser a aprendizagem sobre politica? (RM) 65% Naescola Nauniversidade 43% 32% Cursospúblicos 37% Nafamília 29% Nainternet
  82. 82. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A As manifestações de junho de 2013 aproximaram os jovens da política e contribuíram para aumentar seu senso de responsabilidade pelas mudanças do país. Quando primeiro estudo “O Sonho Brasileiro” foi realizado, em 2011, o jovem se sentia menos protagonista da mudança comparado a 2014. Nas duas pesquisas, a mesma pergunta foi feita e as respostas apontam uma mudança significativa na percepção do jovem quanto seu papel de protagonista nas mudanças da sociedade. Em 2011, 29% jovens entre 18 e 24 anos afirmaram que ‘eu mesmo’ era responsável pela mudança e em 2014 esse número passou para 45%. Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Quem destes são os responsáveis por promover mudanças na sociedade? (RM) Quem é responsável pelas mudanças na sociedade? 45 44 54 48 60 29 29 35 39 62Governantes Jovens da minha geração Escolas e Universidades Pessoas organizadas em torno de uma causas de uma causa comum Eu mesmo 2011* 2014 * a base de respondentes em 2011 eram jovens de 18-24 anos classe ABCDE. Dados completos em www.sonhobrasileiro.com.br 45% dos jovens afirmam que ‘eu mesmo’ é responsável pelas mudanças na sociedade O JOVEM SE SENTE RESPONSÁVEL PELAS TRANSFORMAÇÕES NA SOCIEDADE Para comparar as duas pesquisas, os números de 2014 são referentes aos jovens de 18 a 24 anos.
  83. 83. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A OS MAIS DE 36 MILHÕES DE JOVENS ENTRE 18-32 ANOS NÃO SÃO IGUAIS NA FORMA DE AGIR E PENSAR POLITICAMENTE 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A A partir de dados do IBGE (Censo 2000 ) calculamos a quantidade inicial de pessoas entre 18 a 32 anos e para o recorte de classe ABC, usamos o % determinado pela ABEP/Critério Brasil.
  84. 84. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A PARA IDENTIFICAR O NÍVEL DE ENGAJAMENTO E PROXIMIDADE COM A POLÍTICA, ANALISAMOS A ATITUDE DOS JOVENS A PARTIR DE 3 CRITÉRIOS Interesse Interesse no assunto política, vontade de participar e de se engajar. Mobilização Capacidade de influenciar e engajar outras pessoas. Ação Atuação política visando transformação; intensidade, frequência e impacto de suas ações concretas. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A
  85. 85. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A ENCONTRAMOS 4 ATITUDES DOS JOVENS EM RELAÇÃO À POLÍTICA 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A 1. 2. 3. 4.
  86. 86. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Interesse Mobilização Ação 39% Vive à parte da política, dedicado a suas batalhas pessoais Alheios 17% Aberto à política, tem uma visão positiva mas é passivo À Deriva 28% Informado, com posicionamento crítico mas não ageCríticos Alto engajamento e prática cotidiana8+8% Agentes e Hackers da Política 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A L H E I O
  87. 87. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Alheios39% Interesse não tem Ação não atua Mobilização não mobiliza Vive à parte da política, dedicados a seus desafios pessoais. Sem engajamento com causas sociais. Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Modelagem de segmentação. Modelagem de segmentação.. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A L H E I O
  88. 88. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Desinteressados, sem motivação e distantes de assuntos relacionados à política. Não tem opinião formada, não estão abertos e nem fechados para o tema. Não se sentem atraídos para buscar mais informações ou se engajar. Esse jovem está mais conectado com seus desafios pessoais do que com os desafios coletivos e públicos. foram as manifestações de 2013(média 18%) não defendem nenhuma causa/luta/bandeira (média 70%) declaram que não são engajados (média 45%) dizem não participar de nenhum projeto voltado à transformação social (média 69%) 6% 90% 86% 88% Atuação Política BAIXO INTERESSE POUCA INFORMAÇÃO PASSIVIDADE DESESPERANÇA Alheio 39%dos jovens pesquisados Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:Você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) Você defende alguma causa / luta / bandeira? (RU) Como você classifica sua atuação política nos seguintes extremos (RM) Você participa de algum projeto ou instituição voltado à transformação social? (RM) Modelagem de segmentação.Base: 1063 casos. casos. casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A L H E I O
  89. 89. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A afirma que sua prática política é o voto (média 77%) não gostaria de participar mais ativamente da política(média 39%) não conhece ninguém mobilizador ou que participa de ações ou movimentos políticos (média 47%) afirma que nada poderia aproxima-lo da política (média 12%) Define suas práticas políticas como “votar” e “fazer sua parte como cidadão”. Sua motivação para atuar mais na política é extremamente baixa comparada aos demais. Como não convive com pessoas mais ativas, seu desinteresse é maior. Se relaciona muito pouco com a política que justifica a desconexão em relação aos partidos. 74% 68% 67% 20% Interesse na Política BAIXO INTERESSE POUCA INFORMAÇÃO PASSIVIDADE DESESPERANÇA Alheio 39%dos jovens pesquisados Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:quais das opções abaixo você costuma praticar no seu dia a dia? (RM) Você gostaria de participar mais ativamente da política? (ru) (RM) Seus familiares ou amigos próximos são pessoas mobilizadoras/que fazem ações ou movimentos políticos? (RU) O que te aproximaria mais da política? RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. casos. casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A L H E I O
  90. 90. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Onde mora 18% declara morar no subúrbio (15% média) 46% está no Sudeste(média 42%) / 05% no norte (média 08%) Escolaridade 60% colegial completo e superior incompleto (média 60%) 18% superior completo(média 25%) 15% é estudante (media 15%) Religião 44% é católica (media 43%) 24% evangélicos (média 24%) 17% é ateu ou não tem religião (média 16%) 25-32 anos 60% 18-24 anos 40% (média 42%) (média 58%) Homens 46% Mulheres 54% (média 51%) (média 49%) Classe C 70% Classe AB 30%(média 57%) (média 43%) Perfil demográfico 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A L H E I O BAIXO INTERESSE POUCA INFORMAÇÃO PASSIVIDADE DESESPERANÇA Alheio 39%dos jovens pesquisados Idade Sexo Classe Social Pesquisa quantitativa Mosaiclab Modelagem de segmentação. Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. casos.
  91. 91. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A SE 39% NÃO TEM INTERESSE POR POLÍTICA, 61% DOS JOVENS ESTÃO MAIS ABERTOS À PARTICIPAÇÃO E INTERESSADOS POR POLÍTICA 17% À Deriva 28% Críticos 16% Agentes & HackersdaPolítica 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Pesquisa quantitativa Mosaiclab Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. casos.
  92. 92. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 17% À deriva Interesse tem algum Ação não atua Mobilização não mobiliza Aberto à política, mas sem ação concreta. Acreditam que jovens estão fazendo mudanças na sociedade e gostariam de se engajar mais. Pesquisa quantitativa Mosaiclab Modelagem de segmentação. Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | À D E R I V A
  93. 93. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A INTERESSADO POUCA INFORMAÇÃO BAIXO ENGAJAMENTO PASSIVO COM VISÃO POSITIVA 17% dos jovens pesquisadosÀderiva foram as manifestações de 2013 (média 18%) defendem uma luta/bandeira/causa (média 30%) declaram que não têm atuação política (média 56%) dizem não participar de nenhum projeto voltado à transformação social (média 69%) Esse grupo é compostos por pessoas que afirmam ser interessadas em assuntos relacionados à política, mas tem pouca informação e não se engajam naturalmente. Sua prática política diária é quase nula. 12% 22% 58% 76% Atuação Política Fonte:Pesquisa quantitativa. MosaicLab Perguntas:Você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) Você defende alguma causa / luta / bandeira? (RU) Como você classifica sua atuação política nos seguintes extremos (RM) Você participa de algum projeto ou instituição voltado à transformação social? (RM) Modelagem de segmentação. Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | À D E R I V A
  94. 94. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 55% acreditam que pessoas organizadas em torno de uma causa estão promovendo mudanças na sociedade. INTERESSADO POUCA INFORMAÇÃO BAIXO ENGAJAMENTO PASSIVO COM VISÃO POSITIVA 17% dos jovens pesquisadosÀderiva Embora não seja engajado está aberto para conhecer mais sobre o tema, mas não se sente apto para agir e nem sabe como começar a agir. Por ver pessoas se mobilizando em torno da transformação do país tende a ter uma visão mais positiva da realidade. gostaria de participar mais da política(média 21%) afirma ser interessado em política (média 20%) afirmam que o que impede de participar é não saber por onde começar, como fazer alguma ação (média 17%) 15% 30% 28% Interesse na Política Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Você gostaria de participar mais ativamente da política? (RU) Como você se define politicamente? (RM) O que te impede de se envolver mais com política? RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Quem destes estão efetivamente promovendo mudanças na sociedade? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | À D E R I V A
  95. 95. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A INTERESSADO POUCA INFORMAÇÃO BAIXO ENGAJAMENTO PASSIVO COM VISÃO POSITIVA 17% dos jovens pesquisadosÀderiva Uma política mais próxima do seu dia a dia e acesso a informação e educação política estimulam esse jovem em se engajar. se processo político fosse mais transparente e confiável(média 45%) se a política resolvesse coisas próximas da minha realidade, do meu cotidiano(média 27%) Se tivesse políticos que representassem melhor meus interesses e ideais (média 36%) 81% 72% 73% O que aproximaria da Política? não acreditam na política partidária, no sistema como é hoje (média 33%) acreditam que não será capaz de fazer alguma diferença(média 18%) 49% 32% O que impede de participar da política? Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab O que te impede de se envolver mais com política? (RM) O que te aproximaria mais da política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | À D E R I V A
  96. 96. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Onde mora 48% moram em cidades do interior (43% média) 32% moram na região Nordeste(média 28%) Escolaridade 66% colegial completo e superior incompleto (média 60%) 15% superior completo(média 25%) 11% é estudante (media 15%) Religião 41% é católica (media 43%) 27% evangélicos (média 24%) 18% é ateu ou não tem religião (média 16%) Perfil demográfico INTERESSADO POUCA INFORMAÇÃO BAIXO ENGAJAMENTO PASSIVO COM VISÃO POSITIVA 17% dos jovens pesquisadosÀderiva 25-32 anos 60% 18-24 anos 40% Homens 46% Mulheres 54% Classe C 67% Classe AB 33%(média 57%) (média 43%) (média 42%) (média 58%) (média 51%) (média 49%) Idade Sexo Classe Social Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | À D E R I V A
  97. 97. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 28% Crítico Interesse tem bastante Ação não atua Mobilização mobiliza um pouco Foco na informação e posicionamento de opinião. Envolvimento quase nulo em projetos, a sua grande atuação é o voto. Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | C R Í T I C O
  98. 98. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A MUITO INFORMADO INTERESSADO E ATIVO NA INTERNET SE CONECTA COM AS QUESTÕES DO MOMENTO28% dos jovens pesquisadosCrítico foram as manifestações de 2013 (média 18%) defendem uma luta/bandeira/causa (média 30%) declaram que não têm atuação política (média 56%) dizem não participar de nenhum projeto voltado à transformação social (média 69%) São interessados e ativos em relação a assuntos ligados à política, estão atentos e envolvidos com o tema, mas o envolvimento prático no dia a dia é baixo, limitando-se ao voto e ações na internet. São bem informados, entendem sobre o tema, tem opiniões e posições e quando atuam é por meio de partidos políticos, ONGs ou instituições. 20% 43% 44% 64% Atuação Política Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:Você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) Você defende alguma causa / luta / bandeira? (RU) Como você classifica sua atuação política nos seguintes extremos (RM) Você participa de algum projeto ou instituição voltado à transformação social? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | C R Í T I C O
  99. 99. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A gostariam de participar mais ativamente da política (média 21%) afirmam que influenciam pessoas ao seu redor a partir do que pesquisa, posta e compartilha nas redes sociais (média 21%) concordam que as manifestações aumentaram seu interesse por política (média 18%) MUITO INFORMADO INTERESSADO E ATIVO NA INTERNET SE CONECTA COM AS QUESTÕES DO MOMENTO28% dos jovens pesquisadosCrítico São interessados por política e a internet é sua plataforma de atuação. Entendem que exercem influencia em sua rede pessoal. Por serem bem informados e não terem atuação presencial, sua atitude é mais ponderada com opiniões diluídas. Comparado ao alheio são ativos e conectados com o tema mas em relação ao grupo à deriva, são menos entusiasmados. 33% 25% 20% Interesse na Política Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:você gostaria de participar mais ativamente da política? (RU) Como você influencia as pessoas ao seu redor quando o assunto é política? (RM) Você gostaria de participar mais ativamente da política? (ru) Gostaria de saber o quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. As manifestações de 2013... (RU) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | C R Í T I C O
  100. 100. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A MUITO INFORMADO INTERESSADO E ATIVO NA INTERNET SE CONECTA COM AS QUESTÕES DO MOMENTO28% dos jovens pesquisadosCrítico fiscalizar o poder público (média 33%) trabalhar com transparência de dados (média 21%) participar / assinar petições (média 16%) Seguindo seu interesse atual, o único motivador para mais participação que apresenta maior relevância é fiscalizar o poder público. se processo político fosse mais transparente e confiável(média 45%) Se tivessem maneiras mais fáceis de apresentar minhas opiniões (média 24%) Se tivesse políticos que representassem melhor meus interesses e ideais (média 36%) 37% 21% 27% O que aproximaria da Política? 36% 22% 18% O que te motivaria a participar mais da política? Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab O que te impede de se envolver mais com política? (RM) O que te aproximaria mais da política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | C R Í T I C O
  101. 101. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Escolaridade 58% colegial completo e superior incompleto (média 60%) 34% superior completo(média 25%) 13% é estudante (media 15%) Religião 46% é católica (media 43%) 20% evangélicos (média 24%) 13% é ateu ou não tem religião (média 16%) Perfil demográfico 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | C R Í T I C O 25-32 anos 57% 18-24 anos 43% (média 42%) (média 58%) Homens 49% Mulheres 51% (média 51%) (média 49%) Classe C 43% Classe AB 57% (média 57%) (média 43%) Onde mora 16% moram em área nobre da cidade (11% média) 38% moram na região sudeste(média 42%) / 28% na região nordeste (média 28%) MUITO INFORMADO INTERESSADO E ATIVO NA INTERNET SE CONECTA COM AS QUESTÕES DO MOMENTO28% dos jovens pesquisadosCrítico Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. Idade Sexo Classe Social
  102. 102. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 8% Agentes 8% HackersdaPolítica+ 03 EXISTEM 16% DOS JOVENS QUE COMBINAM INTERESSE, MOBILIZAÇÃO E AÇÃO. FORMAM DOIS GRUPOS DISTINTOS PORQUE AGEM DE MANEIRA DIFERENTE. Interesse Mobilização Ação Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E & H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  103. 103. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 16% Age de forma mais próxima das vias institucionais “A manifestação vem antes do manifesto.” 08% Cria novas formas de atuar politicamente Agentes HackersdaPolítica 08% OS DOIS TEM A AÇÃO CONCRETA COMO GRANDE MOTOR DA TRANSFORMAÇÃO 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E & H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  104. 104. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 08% Agente Interesse tem bastante Ação atua constantemente Mobilização mobiliza muito O foco é na ação, principalmente pela via institucional, como projetos sociais, ONGs, movimentos sociais. Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 0303 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  105. 105. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A foram as manifestações de 2013 (média 18%) declara atuar junto da igreja(média 13%) participa de projetos sociais sem fins lucrativos (média 14%) atuam em algum projeto social no dia a dia (média 7%) MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente Atuam diariamente e estão ligados à transformação social. A forma de atuação se dá a partir de projetos sociais, voluntariado, projetos na igreja e ONGs. Parte dos jovens ‘agentes’atuam em projetos ligados à igreja e acreditam que as microrrevoluções, mudanças cotidianas e locais, são uma grande força de transformação social do país. 31% 37% 50% 66% Atuação Política Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:Você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) Você defende alguma causa / luta / bandeira? (RU) Como você classifica sua atuação política nos seguintes extremos (RM) Você participa de algum projeto ou instituição voltado à transformação social? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 0303 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  106. 106. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Não preciso esperar para agir só quando for uma coisa que tiver um impacto nacional! Não o impacto começa do quarteirão onde eu moro, e isso vai contaminando os moradores, bairro,a cidade..” “A importância do terceiro setor tem no mundo inteiro, é ser a essência do que significa ativismo para a maioria das pessoas hoje. E para mim, uma possibilidade de fazer a política” 03 MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente “Eu ando de bicicleta, eu sou vegetariana, tenho hortinha na minha casa..E acredito na microrevolução como ativismo” O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  107. 107. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente A atitude desse grupo em relação a política está ligado a busca pela transformação social. As manifestações proporcionaram a politização da sua ação, pois antes de junho de 2013 não entendia que sua atuação era política. Foram os mais impactados pelas manifestações no sentido de despertar seu interesse pela política. gostariam de participar mais ativamente da política (média 21%) concordam que as manifestações aumentaram seu interesse por política (média 18%) consideram que explicar para as pessoas como funciona a política (educação) é uma expressão política 48% 39% 70% Interesse na Política Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:você gostaria de participar mais ativamente da política? (RU) Gostaria de saber o quanto você concorda ou discorda de algumas frases relacionadas às manifestações de junho de 2013. As manifestações de 2013... (RU) Quais das opções abaixo você considera que são expressões políticas? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  108. 108. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 18 19 20 21 28 28 31 35 36 40 41 42 44 46 16 21 15 25 34 25 28 29 23 24 33 34 32 37 Total Agente Pessoas que se organizam em torno de uma causa comum Movimentos sociais organizados (sindicatos, associações) Jovens da minha geração Escolas e universidades Eu mesmo Igrejas/religiosos Movimentos sociais independentes Pessoas conectadas na internet Terceiro setor/ONGs/Fundações/Institutos Meios de comunicação Governantes Gerações futuras (crianças) Centros comunitários/União da comunidade Empresas/Empresários Poder de transformação Este jovem tem uma crença muito forte de que a sociedade civil, os jovens e os grupos organizados estão promovendo mudanças na sociedade. A descrença no governo e nas empresas é significativa, consideram que as gerações futuras (crianças) estão promovendo mais mudanças que os empresários. MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente QUEMESTÁEFETIVAMENTEPROMOVENDO MUDANÇASNASOCIEDADE? Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: quem destes estão efetivamente promovendo mudanças na sociedade? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. 0303 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  109. 109. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 34 49 57 66 21 18 41 39 Total Agente Servindo de exemplo e sendo um bom cidadão Discutindo sobre o assunto sempre que tenho oportunidade Mobilizando pessoas em torno das causas/ideais e atitudes com as quais me identifico A partir do que pesquiso, posto e compartilho nas minhas redes sociais Influência Este é um jovem tem poder de influência sobre outros grupos menos engajados. Acredita que a melhor forma é servindo de exemplo para os outros. 03 MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente COMOINFLUENCIOASPESSOASAOMEU REDORQUANDOOASSUNTOÉPOLÍTICA? Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Como você influencia as pessoas ao seu redor quando o assunto é política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E
  110. 110. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Escolaridade 58% colegial completo e superior incompleto (média 60%) 30% superior completo(média 25%) 04% tem mestrado e doutorado (média 2%) 13% é estudante (media 15%) Religião 37% é católica (media 43%) 28% evangélicos (média 24%) 17% é ateu ou não tem religião (média 16%) Perfil demográfico 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | A G E N T E MUITO INTERESSADO E ATIVO AGE A PARTIR DE MICRORREVOLUÇÕES BEM INFORMADO ALTO ENGAJAMENTO 08%dos jovens pesquisadosAgente 25-32 anos 45% 18-24 anos 55% (média 58%) Homens 53% Mulheres 47% (média 49%) Classe C 42% Classe AB 58% (média 57%) (média 43%) Onde mora 18% definem o local onde moram como comunidade 31% definem o local onde moram como centro (média 24%) 50% moram na região Sudeste (média 42%) SÃO BASTANTE RESPONSÁVEIS PELA FAMÍLIA (47% CHEFES DE FAMÍLIA/MÉDIA 34%) Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. Idade Sexo Classe Social
  111. 111. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 08% Hackers da Política Interesse AçãoMobilização Sua atuação está ligada a transformação do processo político.Unem ação online e offline na defesa de bandeiras políticas, culturais e artísticas. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. tem bastante atua constantemente mobiliza muito
  112. 112. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A foram às manifestações de junho de 2013 defendem uma luta/bandeira/causa (média 30%) participam de manifestações no dia a dia(média 13%) participam no dia a dia de algum coletivo, grupo ou movimentos(média 10%) afirma que sua atuação é presencial (média 20%) afirma que sua atuação é online(média 24%) afirmam que sua atuação é mais independente(média 22%) 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A 52% Esse grupo têm um comportamento contemporâneo em relação à política: unem a ação online a offline. A sua atuação política é mais independente, isto é, sua atuação não tem vínculos institucionais. São defensores de causas específicas, e frequentadores de manifestações e mobilizações. 71% 70% 84% 51% 37% 25% Atuação Política Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:Você participou de alguma das manifestação/protesto que aconteceram em 2013? (RU) Você defende alguma causa / luta / bandeira? (RU) quais das opções abaixo você costuma praticar no seu dia a dia? (RM) Como você classifica sua atuação política nos seguintes extremos (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos.
  113. 113. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A consideram a importância da política na vida como alta e muito alta. (média 42%) se definem politicamente como ativistas (média 4%) se definem politicamente como interessados (média 20%) dos amigos e familiares são mobilizadores ou fazem ações, movimentos políticos. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A Sua atividade política é intensa e reconhecem a importância da política na sua vida. O que te mantém engajado é a incapacidade de ficar indiferente. Esse grupo é o que mais se define politicamente como “ativista” e “interessado”. Seu entorno é “politizado”, tem mais amigos ou familiares que são mobilizadoras ou que fazem ações ou movimentos políticos. 71% 14% 44% 35% Tem Interesse em Política Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Perguntas:Pensando no seu dia a dia, qual a importância da política na sua vida? (RU) Quais das opções abaixo você costuma praticar no seu dia a dia? (RM) Como você se define politicamente? (RM) Seus familiares ou amigos próximos são pessoas mobilizadoras/que fazem ações ou movimentos políticos? (RU) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos.
  114. 114. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Fazer parte de coletivo/grupo/movimento (media 18%) Criar/fundar/idealizar um projeto social(media 21%) Defender uma causa/bandeira/luta específica (media 21%) Trabalhar com transparência de dados (internet) (media 21%) Pela expressão artística (pinturas, intervenções, música, etc.) (media9%) um processo político mais claro e transparente (média 45%) Se tivesse políticos que representassem melhor meus interesses e ideais (média 35%) ter mais pessoas com as quais se identifique envolvidas com política(média 19%) O hacker da política está aberto a fazer política e sabe exatamente como deseja essa aproximação. Como por exemplo, a partir da sua expressão artística, coletivos e defendendo uma causa/bandeira. 42% 47% 54% 41% 38% O que os motivaria a atuar mais com política 66% 59% 40% O que aproximaria da Política Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: O que te aproximaria mais da política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Pensando no que te motivaria a atuar mais na política, quais das opções abaixo você acredita que seria envolvente, que gostaria de participar como um foco/atuação política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  115. 115. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 15 18 19 29 32 34 41 41 43 43 45 45 50 57 16 15 25 25 23 21 34 24 32 29 28 34 37 33 Total Agente Escolas e universidades Pessoas que se organizam em torno de uma causa comum Meio de comunicação Pessoas conectadas a Internet Movimentos sociais independentes Movimentos sociais organizados Movimentos sociais independentes Eu mesmo Terceiro setor/ONGs/ Fundações/Institutos Igrejas/Religiosos Governantes Centros comunitários/ União da comunidade Empresas/Empresários QUEM ESTÁ EFETIVAMENTE PROMOVENDO MUDANÇAS NA SOCIEDADE Gerações Futuras (crianças) Poder de Transformação Para os hackers da política são o maior número de estudantes e reconhecem que são as universidades os maiores promotores da mudança. Logo em seguida, o Hacker acredita que são pessoas organizadas em torno de uma causa que mais fazem a mudança na sociedade. É importante destacar sua crença no potencial de transformação das pessoas na internet. E como estão mais próximos da política, acreditam um pouco mais que a média, que os governantes estão promovendo mudanças. 03 Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: quem destes estão efetivamente promovendo mudanças na sociedade? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  116. 116. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 49 49 58 70 41 39 18 21 Média Mobilizador A partir do que pesquiso, posto e compartilho nas minhas redes sociais Mobilizando pessoas em torno das causas/ideais e atitudes com as quais me identifico Servindo de exemplo e sendo um bom cidadão Discutindo sobre o assunto sempre que tenho oportunidade Influência A internet funciona como um espaço de propagação das sua atuação política e é por esse meio que influencia as pessoas ao seu redor. 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A COMO INFLUENCIO AS PESSOAS AO MEU REDOR QUANDO O ASSUNTO É POLÍTICA Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS Fonte:Pesquisa quantitativa.MosaicLab Pergunta: Como você influencia as pessoas ao seu redor quando o assunto é política? (RM) Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  117. 117. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A 25-32 anos 55% 18-24 anos 45% S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Onde mora 38% definem o local onde moram como ‘centro”(média 24%) 50% moram na região Sudeste (média 42%) Escolaridade 61% colegial completo e superior incompleto (média 60%) 35% superior completo(média 25%) 17% é estudante (media 15%) Religião 38% é católica (media 43%) 17% evangélicos (média 24%) 28% é ateu ou não tem religião (média 16%) Perfil demográfico 03 (média 42%) (média 58%) (média 51%) Homens 47% Mulheres 53% Classe C 45% Classe AB 55% (média 57%) (média 43%) (média 49%) Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS 27% SÃO ESTUDANTES (70% UTILIZAM/JÁ UTILIZARAM ESCOLAS PÚBLICAS E 54% UTILIZAM/JÁ UTILIZARAM UNIVERSIDADES PÚBLICAS) Pesquisa Quantitativa Modelagem de segmentação. Base: 1063 casos. Idade Sexo Classe Social O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  118. 118. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C AS O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Saber usar meu espaço na sociedade, é tentar usar meu lugar para hackear a sociedade, levando a mensagem para quem está do meu lado, aumentando a participação das pessoas naquilo que acredito.” “A política não precisa ser feita só desse jeito que conhecemos, política pode ser feita de diversas formas seja indo nas ruas, hakeando o sistema ou ocupando os espaços públicos.” “Acredito que o próximo passo na política é hackear mesmo. Porque é uma forma de construção de dentro para fora. É a evolução, não só revolução. 03 Hacker daPolítica 08%dos jovens pesquisados MUITO INTERESSADO E ATIVO MUITO ATIVO NA INTERNET BEM INFORMADO SE ESPECIALIZA EM CAUSAS O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  119. 119. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Originário do mundo da informática, hackear é um novo verbo para explicar ações inovadoras e disruptivas. Hackear é entender os códigos do sistema e construir novas lógicas para transformar o próprio sistema, por dentro. Para hackear, é preciso ser um especialista na área de atuação. Um ‘hacker’ tem grande conhecimento do conteúdo e mecanismos de um sistema. “Você pode hackear qualquer coisa. Mesmo. Não é algo que tem a ver só com computador.” HACKEAR Hackers da Política 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  120. 120. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Quando a gente fala em democracia, a gente precisa abrir mais o código. Entender mesmo, de fato, o que é a política no Brasil” SÃOELESQUEMODIFICAM, TRANSFORMAM,CRIAME DESENVOLVEM ALTERNATIVASPARAA PARTICIPAÇÃOPOLÍTICA 08%Hackers da Política 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A
  121. 121. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R S D A P O L Í T I C A CRIAM NOVAS FORMAS DE AGIR POLITICAMENTE A PARTIR DE 4 PREMISSAS: Entender os processos da “pólis” - bairro, cidade, estado, país Aprender a usar os instrumentos públicos e suas ferramentas Decodificar o funcionamento do sistema Criar novos formatos a partir da compreensão desses códigos
  122. 122. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A LAB HACKER Câmara dos Deputados - Brasília O Laboratório nasceu em novembro de 2013 após uma “maratona hacker” na Câmara dos Deputados, em Brasília. Durante a maratona, o grupo de jovens independentes propôs ao Presidente da Câmara que a atividade tivesse continuidade e não fosse um estado de excessão. Assim nasceu o Lab Hacker, cujo formato e proposta de trabalho foram então criados com a participação de um grupo de jovens. O Lab Hacker trabalha com transparência de dados e a democracia digital na busca de aproximar a Câmara da população, e desenvolve projetos internos na câmara. Exemplo de Hackers da Política 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A
  123. 123. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Exemplo de Hackers da Política 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A Frustrados com a burocracia e morosidade das audiências públicas da Subprefeitura de Pinheiros. Um grupo de jovens resolveu fazer diferente. De forma independente organizaram atividades culturais e aulas públicas no largo da Batata. O movimento cresceu e hoje, ‘A batata precisa de você’ é uma ocupação regular, semanal no largo da batata na cidade de São Paulo. Toda sexta-feira promovem atividades culturais aliadas de conversas sobre temas urbanos que impactam a vida na cidade e seus cidadãos. É aberto para qualquer pessoa que queira participar ou promover atividades. A BATATA PRECISA DE VOCÊ São Paulo - SP
  124. 124. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A PERIFERIA: AVANGUARDADOS HACKERSDAPOLÍTICA 03 O J O V E M E A P O L Í T I C A Encontramos um jovem precursor da participação política que antecipa o comportamento do Hacker da Política. Esse jovem se encontra nas periferias e favelas do país e demonstram uma força muitas vezes invisível para uma parte da sociedade. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  125. 125. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “Talvez essa nossa geração seja uma 2ª geração de pessoas vindas de periferias e favelas e lugares estigmatizados pela sociedade que vem produzindo, pensando e criando pensamentos sobre todas as coisas que a gente vive diariamente. Eu tenho o maior orgulho de fazer parte dessa geração, de estar dentro disso e não estar do lado de fora só olhando.” O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  126. 126. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A O comportamento que emerge pela necessidade de agir Os jovens da periferia e favela do país presenciam os principais desafios da sociedade brasileira. Diariamente vivem a desigualdade social, a violência e a carência de infraestrutura. A segregação sócio-espacial (mercado de trabalho, serviços públicos de qualidade e espaços de lazer e cultura) impulsionou o desenvolvimento de um jovem protagonista pela necessidade dos desafios cotidianos e com uma autonomia construída pela urgência do agir. Suas bandeiras estão diretamente relacionadas com o que vive dia a dia e é o que o impede de ficar de braços cruzados. Sua voz é direta e não precisa de intermediários para expor suas idéias e projetos. A dificuldade de acesso a recursos privados o faz estar mais próximo do Estado, pois entende que para suas ações ganharem abrangência e perenidade, elas devem ser absorvidas pelo poder público. Alguns fatos históricos influenciaram o desenvolvimento do comportamento político desse jovem e seu contexto sócio-cultural caracterizam sua ação. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  127. 127. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A CARACTERÍSTICAS DA SUA AÇÃO 1 2 UMA POLITIZAÇÃO INEVITÁVEL
  128. 128. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Movimento HipHop ONGs Programas Sociais Movimentos Sociais “Vivi no momento que as favelas foram criminalizadas nos anos 90, mas conseguimos mudar essa concepção, não ter ido pra outros caminhos e entendido a força do nosso papel quanto morador e promotor da cultura local. Essa transição de valores e deixá-la visível a outras pessoas, é o que mais me orgulho de ter feito.” O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A Empoderado pelas circunstâncias específicas de onde vive, esse jovem tem uma consciência sui generis do seu papel político. Esse contexto é formado por 3 pilares: 1 Uma politização inevitável
  129. 129. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A Contexto histórico A consciência política do jovem das periferias e favelas se desenvolveu a partir de 3 processos históricos iniciados durante as décadas 80 e 90. Essa geração cresceu sob uma forte influência do movimento Hiphop que contribuiu para a construção de uma identidade e cultura própria. Os programas sociais e ONGs possibilitaram investimentos, transferência de tecnologia e ferramentas para o desenvolvimento a fim de tirar os jovens de atividades ilícitas. E os movimentos sociais promoveram a conscientização e educação política. Foto: Mídia Ninja O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  130. 130. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “O hip hop: a voz da periferia” HIP HOP O movimento Hip Hop é formado por 6 pilares: DJ, RAP, BeatBox, MC, BreakDance e Grafitti. O movimento Hip Hop é movimento cultural mais abrangente. Mas outros movimentos também ajudaram a criar consciência política nos jovens. Como por exemplo o Rock Nacional, o Mangue Beat, Movimento Punk. Foto: Mídia Ninja Os movimentos culturais de contestação possibilitaram um jovem com maior consciência política e com ferramentas para expressar suas críticas e reflexões O movimento cultural do Hip Hop na década de 90 ajudou na construção de uma identidade para os moradores das periferias e favelas. A exposição da desigualdade social, a pobreza e a violência a partir das letras de músicas de rap, do grafite, da dança e da literatura formaram o sujeito periférico dessa geração. Ao mesmo tempo que é crítica a realidade que vive, é celebrativo em relação a sua cultura. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  131. 131. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A “O hip hop: a voz da periferia” “A juventude da periferia sempre discutiu e sempre pautou política da sua forma, o rap por exemplo, é isso, o Racionais Mc’s sempre falou do genocídio da juventude desde da década de 80. O Estado finge que não escuta, e aí faz uma pesquisa e investe milhões para descobrir que no Brasil morre jovem preto, coisa que a periferia já vinha falando nas suas poesias, na sua literatura, no seu rap, nas suas músicas.” “Tem uma coisa muito profunda para mim e faz o meu coração bate mais forte, é ver que a cultura periférica e que o desenvolvimento da nossa quebrada teve uma contribuição incrível para diminuição da violência” HIP HOP Foto: Mídia Ninja O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A
  132. 132. S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A03 S O N H O B R A S I L E I R O D A P O L Í T I C A A força de saber seu papel político ONGS E PROGRAMAS SOCIAIS Foto: Mídia Ninja A presença das ONGs e programas sociais possibilitou um jovem consciente da importância do seu papel na sua comunidade e para o país. Durante a década de 90 e meados dos anos 2000, as favelas e periferias viveram um boom de ONGs e programas do poder público. Os esforços estavam concentrados em resgatar e prevenir os jovens do risco de atividades ilícitas e da violência. Por meio de programas e projetos culturais, essas iniciativas contribuíram para a formação do jovem político das periferias. Com acesso a tecnologia e recursos financeiros adquiriu ferramentas necessárias para a independência de suas ações. Esse movimento influenciou essa geração, que hoje tem projetos próprios e conhece os caminhos para realizar as transformações que deseja. O J O V E M E A P O L Í T I C A | H A C K E R D A P O L Í T I C A | P E R I F E R I A

×