SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
Hormônios Vegetais
Fitormônios
O que são hormônios vegetais e características
- Pequenas quantidades, grande resultado
- Local de produção e ação podem ser o mesmo ou diferentes (células ou
tecidos)
- A concentração do hormônio pode ter efeitos diferentes
Concentração
pequena: nenhum
efeito
Concentração
ideal: efeitos
positivos
Concentração
grande: efeitos
negativos
1.Auxina
Síntese
Meristemas
Folhas Jovens
Frutos e
sementes em
desenvolvimento
1.Auxina
Distribuição
Floema Transporte basípeto
Charles Darwin e Francis Darwin
Experimento de Went
Frits Went
Efeitos da auxina
Fototropismo
Geotropismo
2. Giberelina
Síntese
Gemas apicais
2. Giberelina
Transporte
Floema e
xilema
Efeitos da giberelina
3. Citocininas
Síntese
Folhas jovens
Meristemas Raízes Galhas
Embriões em
desenvolvimento
3. Citocininas
Induzir divisão e diferenciação celular
Retarda senescência celular
Formação de galhas
4. Etileno - gás
Século XIX
Síntese: Em toda planta, principalmente tecidos maduros
Efeitos do etileno Principal efeito no
experimento 
Quebra da
dormência
Senescência
foliar e de
frutos
5. Ácido abscísico
Síntese nos cloroplastos e raízes
Transporte: através do xilema e floema
Efeitos do ABA
Fechamento
estomático
INIBE divisão e
diferenciação celular
Manutenção da
dormência em
sementes
Movimentos Vegetais
Etapas dos movimentos
1. Percepção do estímulo pela planta
2. Transdução de sinais através das células
3. Resposta ao estímulo
Tipos de movimentos:
Tropismos: em resposta a estímulos direcionados
Resposta irreversível e lenta
1.Positivos: quando o movimento ocorre no sentido de se aproximar do estímulo.
2.Negativos: quando o movimento ocorre no sentido de se afastar do estímulo.
Nastismos: em resposta a estímulos dispersos, não dependem da direção.
Resposta reversível e rápida
Mudança no turgor das células (ganho ou perda de água)
Tropismo: Crescer em
direção à….
Tactismo: Deslocamento,
mudança de lugar, indo em
direção à...
Tropismos
1. Fototropismo: resposta à luz.( girassol)
2. Geotropismo: resposta à gravidade.(raízes)
3. Tigmotropismo: resposta ao contato mecânico.
4. Quimiotropismo: resposta à substância química.
1.Fototropismo
1.Fototropismo
2. Geotropismo
2.
Gavinhas
3. Tigmotropismo
Gavinhas
4. Quimiotropismo
Nastismos
1.Fotonastismo: Resposta à luz
2.Tigmonastismo: Resposta ao toque, temperatura, choques mecânicos
1. Fotonastismo
2. Tigmonastismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Hormonio vegetal 2011_alunos
Hormonio vegetal 2011_alunosHormonio vegetal 2011_alunos
Hormonio vegetal 2011_alunosIvanise Amaral
 
Aula hormônios vegetais
Aula hormônios vegetaisAula hormônios vegetais
Aula hormônios vegetaisErik Macedo
 
Hormonios vegetais
Hormonios vegetaisHormonios vegetais
Hormonios vegetaiseli292011
 
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e Etileno
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e EtilenoHormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e Etileno
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e EtilenoCarolina Sobrenome
 
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.Lucas Pereira
 
Hormônios vegetais ou fitormônios
Hormônios vegetais ou fitormôniosHormônios vegetais ou fitormônios
Hormônios vegetais ou fitormôniosAndrea Barreto
 
2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios
2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios
2º Ano - Hormônios vegetais - FitormôniosEscola Modelo de Iguatu
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FitormôniosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FitormôniosTurma Olímpica
 
Aprsentação fito hormonas_rita
Aprsentação fito hormonas_ritaAprsentação fito hormonas_rita
Aprsentação fito hormonas_ritaPelo Siro
 
(11) biologia e geologia 10º ano - hormonas vegetais
(11) biologia e geologia   10º ano - hormonas vegetais(11) biologia e geologia   10º ano - hormonas vegetais
(11) biologia e geologia 10º ano - hormonas vegetaisHugo Martins
 
B13 hormonas vegetais
B13   hormonas vegetaisB13   hormonas vegetais
B13 hormonas vegetaisNuno Correia
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasmargaridabt
 
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)Nuno Correia
 
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)Nuno Correia
 
6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonasrrodrigues57
 

Mais procurados (20)

Hormonios vegetais
Hormonios vegetaisHormonios vegetais
Hormonios vegetais
 
Hormônios Vegetais
Hormônios VegetaisHormônios Vegetais
Hormônios Vegetais
 
Hormonio vegetal 2011_alunos
Hormonio vegetal 2011_alunosHormonio vegetal 2011_alunos
Hormonio vegetal 2011_alunos
 
Aula hormônios vegetais
Aula hormônios vegetaisAula hormônios vegetais
Aula hormônios vegetais
 
Hormonios vegetais
Hormonios vegetaisHormonios vegetais
Hormonios vegetais
 
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e Etileno
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e EtilenoHormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e Etileno
Hormonas Vegetais, Fitormonas, Ácido Abscísico e Etileno
 
Hormônios vegetais
Hormônios vegetaisHormônios vegetais
Hormônios vegetais
 
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.
Hormônios vegetais – giberelinas, etileno, citocininas e Ácido Abscísico.
 
Hormônios vegetais ou fitormônios
Hormônios vegetais ou fitormôniosHormônios vegetais ou fitormônios
Hormônios vegetais ou fitormônios
 
2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios
2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios
2º Ano - Hormônios vegetais - Fitormônios
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FitormôniosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Fitormônios
 
Fitormonios
FitormoniosFitormonios
Fitormonios
 
Aprsentação fito hormonas_rita
Aprsentação fito hormonas_ritaAprsentação fito hormonas_rita
Aprsentação fito hormonas_rita
 
(11) biologia e geologia 10º ano - hormonas vegetais
(11) biologia e geologia   10º ano - hormonas vegetais(11) biologia e geologia   10º ano - hormonas vegetais
(11) biologia e geologia 10º ano - hormonas vegetais
 
B13 hormonas vegetais
B13   hormonas vegetaisB13   hormonas vegetais
B13 hormonas vegetais
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantas
 
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
 
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)Ppt 2   RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais   Parte Ii)
Ppt 2 RegulaçãO Nos Seres Vivos (Hormonas Vegetais Parte Ii)
 
6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas
 
Citocininas
CitocininasCitocininas
Citocininas
 

Destaque

Tropismo e Movimentos Nasticos
Tropismo e Movimentos NasticosTropismo e Movimentos Nasticos
Tropismo e Movimentos NasticosMarcel Thomas
 
Aula promotores de crescimento wide screen
Aula promotores de crescimento wide screenAula promotores de crescimento wide screen
Aula promotores de crescimento wide screenJadson Belem de Moura
 
Condução de Seiva Bio
Condução de Seiva Bio Condução de Seiva Bio
Condução de Seiva Bio Laguat
 
Hormônios Vegetais
Hormônios VegetaisHormônios Vegetais
Hormônios Vegetaistiago.ufc
 
Citocininas
CitocininasCitocininas
Citocininashh14
 
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)Carson Souza
 
Citocinas da imunidade inata e adquirida
Citocinas da imunidade inata e adquiridaCitocinas da imunidade inata e adquirida
Citocinas da imunidade inata e adquiridaLABIMUNO UFBA
 

Destaque (11)

Tropismo e Movimentos Nasticos
Tropismo e Movimentos NasticosTropismo e Movimentos Nasticos
Tropismo e Movimentos Nasticos
 
Hormônios e defesa vegetal
Hormônios e defesa vegetalHormônios e defesa vegetal
Hormônios e defesa vegetal
 
Aula promotores de crescimento wide screen
Aula promotores de crescimento wide screenAula promotores de crescimento wide screen
Aula promotores de crescimento wide screen
 
Condução de Seiva Bio
Condução de Seiva Bio Condução de Seiva Bio
Condução de Seiva Bio
 
Hormônios Vegetais
Hormônios VegetaisHormônios Vegetais
Hormônios Vegetais
 
Citoquininas
Citoquininas Citoquininas
Citoquininas
 
Citocininas
CitocininasCitocininas
Citocininas
 
Hormonas vegetais
Hormonas vegetaisHormonas vegetais
Hormonas vegetais
 
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)Biologia - Proteínas ( Enzimas)
Biologia - Proteínas ( Enzimas)
 
Citocinas da imunidade inata e adquirida
Citocinas da imunidade inata e adquiridaCitocinas da imunidade inata e adquirida
Citocinas da imunidade inata e adquirida
 
Aula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetalAula fisiologia vegetal
Aula fisiologia vegetal
 

Semelhante a Hormônios vegetais e movimentos vegetais final

Semelhante a Hormônios vegetais e movimentos vegetais final (15)

2S_Mov veg e hormônios
2S_Mov veg e hormônios2S_Mov veg e hormônios
2S_Mov veg e hormônios
 
FISIOLOGIA VEGETAL (1).pptx
FISIOLOGIA VEGETAL (1).pptxFISIOLOGIA VEGETAL (1).pptx
FISIOLOGIA VEGETAL (1).pptx
 
Fitormônios
FitormôniosFitormônios
Fitormônios
 
Hormônios vegetais e suas principais funções
Hormônios vegetais e suas principais funçõesHormônios vegetais e suas principais funções
Hormônios vegetais e suas principais funções
 
Hormonas Vegetais
Hormonas VegetaisHormonas Vegetais
Hormonas Vegetais
 
Hormonas vegetais
Hormonas vegetaisHormonas vegetais
Hormonas vegetais
 
Aula6-Daniella.pdf
Aula6-Daniella.pdfAula6-Daniella.pdf
Aula6-Daniella.pdf
 
Aula hormoniosvegetais 2017 1
Aula hormoniosvegetais 2017 1Aula hormoniosvegetais 2017 1
Aula hormoniosvegetais 2017 1
 
Tema5 bio
Tema5 bioTema5 bio
Tema5 bio
 
hormoniosvegetais.ppt
hormoniosvegetais.ppthormoniosvegetais.ppt
hormoniosvegetais.ppt
 
Reino vegetal e reprod
Reino vegetal e reprodReino vegetal e reprod
Reino vegetal e reprod
 
Plano 8
Plano 8Plano 8
Plano 8
 
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
 
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
2016 Frente 3 módulo 10 hormonios vegetais
 
Agroecologia - Plantas Medicinais
Agroecologia - Plantas MedicinaisAgroecologia - Plantas Medicinais
Agroecologia - Plantas Medicinais
 

Mais de Ionara Urrutia Moura

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionaraIonara Urrutia Moura
 
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015Ionara Urrutia Moura
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015Ionara Urrutia Moura
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoIonara Urrutia Moura
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Ionara Urrutia Moura
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoIonara Urrutia Moura
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoIonara Urrutia Moura
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoIonara Urrutia Moura
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaIonara Urrutia Moura
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postarIonara Urrutia Moura
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoIonara Urrutia Moura
 

Mais de Ionara Urrutia Moura (20)

Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionaraRecuperação final 2015 todas as séries e turmas  professora ionara
Recuperação final 2015 todas as séries e turmas professora ionara
 
notas 3°S
  notas 3°S  notas 3°S
notas 3°S
 
2S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov20152S_Fisio comparada circulação nov2015
2S_Fisio comparada circulação nov2015
 
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
1S  envoltórios celulares e  transportes nov 20151S  envoltórios celulares e  transportes nov 2015
1S envoltórios celulares e transportes nov 2015
 
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivoExercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
Exercicios biologia reino_animal_sistema_digestivo
 
1 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 20151 s respiração_out_ 2015
1 s respiração_out_ 2015
 
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
Biologia exercicios fisiologia_hormonios_vegetais (1)
 
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacaoBiologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
Biologia embriologia tipos_de_ovos_segmentacao
 
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabaritoExercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
Exercicios reino animal_zoologia_invertebrados_comgabarito
 
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabaritoBiologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
Biologia citologia respiracao_celular_exercicios_gabarito
 
Lista embriologia 30 questões
Lista embriologia   30 questõesLista embriologia   30 questões
Lista embriologia 30 questões
 
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por areaExercicios zoologia 182 questoes_por area
Exercicios zoologia 182 questoes_por area
 
Fisiologia digestão out2015
Fisiologia  digestão out2015Fisiologia  digestão out2015
Fisiologia digestão out2015
 
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar2 s  reino metazoa  embrio 2015 para postar
2 s reino metazoa embrio 2015 para postar
 
Orientação trabalho 4_bim _1s
Orientação   trabalho 4_bim _1sOrientação   trabalho 4_bim _1s
Orientação trabalho 4_bim _1s
 
1S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 20151S fotossíntese outubro 2015
1S fotossíntese outubro 2015
 
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
Orientação trab. 2 s  4 bim 2015Orientação trab. 2 s  4 bim 2015
Orientação trab. 2 s 4 bim 2015
 
2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal          2S Fisiologia vegetal
2S Fisiologia vegetal
 
Exercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro anoExercicios fotossintese primeiro ano
Exercicios fotossintese primeiro ano
 
1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios 1S - 4° bim Exercícios
1S - 4° bim Exercícios
 

Último

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 

Último (20)

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 

Hormônios vegetais e movimentos vegetais final

Notas do Editor

  1. Os hormonios agem em pequenas quantidades sobre os tecidos Podem ser produzidos em uma ponta da planta e adir na outra ponta, para isso precisam ser transportados.
  2. perguntar pq será que a distribuição é pelo floema
  3. perguntar pq será que a distribuição é pelo floema
  4. Descoberta em 1927 Charles Darwin e seu filho estudavam o fototropismo das plantas. Notaram que havia algum sinal que fazia o movimento da planta.
  5. partenocarpia: auxina estimula o crescimento de frutos sem sementes A auxina é um exemplo de diferenças de concentrações. Uma grande concentração no inibe o alongamento da raiz Uma pequena concentração aumenta o crescimento da raiz
  6. descoberta primeiro no oriente (1930) fungo Giberella fujikuroi (daí o nome giberelina)
  7. descoberta primeiro no oriente (1930) fungo Giberella fujikuroi (daí o nome giberelina)
  8. Regulação do estado juvenil e adulto: em algumas plantas as GAs levam ao amadurecimento da parte reprodutiva da planta enquanto em outras leva plantas adultas novamente ao estado juvenil Frutos: Após a polinização, observaram que a aplicação de giberilina faz com que o fruto seja formado e aumenta o tamanho dos frutos Quebra da dormência: ativação do crescimento vegetativo do embrião; enfraquecimento do endosperma que restringe o crescimento do embrião Aumento do cacho de uvas: a giberelina aumenta o pedúnculo do cacho, assim as uvas tem mais espaço para crescer Diminuição da senescência em frutos: aumenta o tempo da fruta na planta, permitindo a fruta crescer mais
  9. divisão: aumento no numero de células (quantidade) diferenciação: mudança nas células; desenvolvimento (qualidade)
  10. divisão: aumento no numero de células (quantidade) diferenciação: mudança nas células; desenvolvimento (qualidade)
  11. Celulas vegetais maduras geralmente não se dividem, somente por estimulação (ferimentos, infecção, hormônios) Algumas bacterias e fungos produzem ou induzem as plantas a produzir citocininas. Isso leva ao aumento de celulas no tecido formando micorrizas (relação mutualista com a planta)
  12. O amadurecimento dos frutos indica que a planta já está pronta para ser dispersada (sinal para os dispersadores tbm). Para aquelas plantas que não usam dispersores, o amadurecimento significa desidratação do fruto para futura ruptura. Quebra de dormência: O etileno além de quebrar a dormência das sementes, também quebra a dormência das gemas, fazendo com que elas cresçam
  13. Senescência: folha perde a cor (perda da clorofila). O alto nível de auxina nas folhas não permite que a zona de abscisão seja afetada pelo etileno (menor sensibilidade). A diminuição de auxina nas folhas faz com que a zona de abscisão se torne mais sensível ao etileno, assim é desencadeada a queda da folha.
  14. Com o estresse hídrico o ABA produzido nas raízes (que já está em solo seco) é mandado para as folhas como um sinal para diminuir a taxa de transpiração (fechamento estomático) O ABA aumenta no embrião a tolerância a dessecação, aumenta as proteínas de reserva. Em locais frios, é importante que as árvores mantenham protegidas suas gemas laterais e tem seu crescimento cessado por algum tempo