SlideShare uma empresa Scribd logo
Fábrica de Cuidados: uma
TECNOLOGIA SOCIAL
para construção de
modelos de cuidar e
produzir saúde
Nébia Mª Almeida de Figueiredo
Eva Maria Costa
Teresa Tonini
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
(UNIRIO)
Á r e a s d e P l a n e j a m e n t o ,
R e g i õ e s A d m i n i s t r a t i v a s e
B a i r r o s
P o p u l a ç ã o
C e n s o
2 0 1 0
Á R E A D E P L A N E J A M E N T O 2 . 1 6 3 8 0 5 0
I V B O T A F O G O 2 3 9 7 2 9
F L A M E N G O 5 0 0 4 3
G L O R I A 9 6 6 1
L A R A N J E I R A S 4 5 5 5 4
C A T E T E 2 4 0 5 7
C O S M E V E L H O 7 1 7 8
B O T A F O G O 8 2 8 9 0
H U M A I T Á 1 3 2 8 5
U R C A 7 0 6 1
V C O P A C A B A N A 1 6 1 1 9 1
L E M E 1 4 7 9 9
C O P A C A B A N A 1 4 6 3 9 2
V I L A G O A 1 6 7 7 7 4
I P A N E M A 4 2 7 4 3
L E B L O N 4 6 0 4 4
L A G O A 2 1 1 9 8
J A R D I M B O T Ã N I C O 1 8 0 0 9
G Á V E A 1 6 0 0 3
V I D I G A L 1 2 7 9 7
S Ã O C O N R A D O 1 0 9 8 0
X X V I I R O C I N H A 6 9 3 5 6
R O C I N H A 6 9 3 5 6
Nosso território - o fixo
INSTITUIÇÕES
PARCEIRAS das AÇÕES
Engenharia
Glicemia
Capilar
Secretarias
de Saúde
Insumos
Institutos:
IME,
Benjamim
Escolas de
Ensino
Básico
FAPERJ
CNPq
Associações
de
Moradores
Glicemia
Capilar
Asilos e
Orfanatos
Petrobrás
e CPMR
Glicemia
Capilar
Secretarias
Municipalde
Esportes e
Lazer
Material
esportivo
Desde 1999
Escolas da
UNIRIO
Motivos
Vontade e desejo - como corpos-máquina de
guerra – prontos para resistir e desconstruir o
discurso vigente que APS não era possível de ser
realizada dentro da UNIRIO e que não se poderia
envolver estudantes dos três primeiros períodos
em ações de saúde pública.
Demanda das comunidades ALMA e AMOVILA:
más condições de saneamento básico da
AMOVILA; jovens ou idosos acamados ou com
dificuldade de mobilidade; preocupadas com a
vulnerabilidade seus moradores (drogas e
violência) e em busca de atividades de esportes,
lazer e cultura.
Inconformadas com essas realidades interna e
externa da UNIRIO e conscientes de nossa
autonomia para cuidar, decidimos discutir saúde
e pensar-agir com a população adstrita, de modo
que pudéssemos resolver/minimizar, em
conjunto, as situações-problema.
Objetivos
•Oferecer um espaço para
tecnologias de cuidar
criar modelos e
em saúde.
•Implantar a Fábrica de Cuidados sob gestão
compartilhada entre docentes, discentes e
representantes das comunidades ALMA e
AMOVILA.
Estabelecer relação de ajuda com a população
•Fazer diagnóstico simplificado de saúde da
comunidade interna e da adstrita à UNIRIO.
•Avaliar os processos de cuidar da população
e/ou ensino para identificação de pontos
necessários para (des)construção e reconstrução
de modelos e tecnologias em saúde.
ORGANOGRAMA
BALLET
TEATRO
DANÇA de SALÃO
DEF
NuPEEF
GRUPO
CNPq
LAPHE
FÁBRICADECUIDADOS
OFICINA DE
NUTRIÇÃO
OFICINA
DE
EXPRESSÃO PRÁTICAS
ALTERNATIVAS
DANÇA deSALÃO
JUDO
KUNG-FU
OFICINA DE
PSICOPEDAGOGIA
Crianças especiais
OFICINA
CLÍNICA
ARTE e CULTURA
HIPERTENSÃOe
DIABETES
SHIATSU
MÚSICA éSAÚDE
YOGA
PiILATES de SOLO
ESPORTE e
LAZER
OFICINA DE
Alfabetização
EJA
(DENSA e COMPLEXA) Criar
Práticas e saberes
CAIXA ESCURA
Discurso
Conhecimento
Práticas sobre
OFICINAS
• PRÁTICAS ALTERNATIVAS
• ESTRATÉGIAS ESTÉTICAS
• CRIAÇÃO
• SIMULAÇÕES
• Novas linguagens
• Tecnologia
• Novas práticas
• Novas dúvidas
• Linhas de fuga
• Agenciamentos
RESULTADOS
em 21 anos
Modelo TOTS
Teóricos
CORPOS (diversos)
CUIDADO
AMBIENTE
 A BASE
FÁBRICA de CUIDADOS: uma
TECNOLOGIA SOCIAL
 A RESPONSABILIDADE
TECNOLOGIA SOCIAL “densa”
Complexidade do Humano e do
AMBIENTE
GESTORES
TE NEB EVA
PRÁTICAS
e
SABERES
Abílio
Eduardo
Celi
Comunidade
Mestrado
Doutorado
emGestão
Social
Molar e Molecular
Políticas Públicas
Processos
SAE
Molar e Molecular
de Cuidados
Corpo e Ambiente
Molar e Molecular
Processos e
Produção de Saúde
e Ambiente
O que foi transformado?
Graduação
SERVIÇOS
APS, HUGG, INCA,
INTO
Pósgraduação
1
2
3
4
TECNOLOGIA SOCIAL
RIZOMÁTICA - REDE
Oficina
Oficina
METODOLOGIA
Docentes da EEAP
FÁBRICA
Comunidades
Cuidado
BRA - 6
COL - 1
MÉX - 1
DOUTORADO
MESTRADO
PLATAFORMA
Teresa
Eva
Priscila
Gisella
Nébia
Teresa
Eva
GRADUAÇÃO
TCC
G e
lato
sensu
Todos
NUPEEF
Nébia
Teresa
Gisella
Nébia
Teresa
RESIDÊNCIA
HUGG, INCA
e
INTO
Nébia
Beatriz
Gicélia
I
A C
MO
B
N
T
E M
N I
T N
E
A
D
A O
R
Abordagem avaliativa
Gestão participativa e colegiada
Pistas cartográficas
Movimentos da Pesquisa-Ação
Modelo TOTS
(Re)formar o pensamento
RESULTADOS 2014-2019
DISCENTES GRADUAÇÃO E PÓS-GRA Nº
DISCENTE BOLSISTA PROExC 26
DISCENTE VOLUNTÁRIO 502
DISCENTES DO MESTRADO
15
DISCENTES DO DOUTORADO
14
ESTÁGIO PÓS-DOC
8
9
DISCENTE BOLSISTA PERMANÊNCIA/BIA
DISCENTE MONITOR DE SEMIOTÉCNICA I
5
BOLSISTAS IC/PET
5
CONSULTA DE HIPERTENSÃO E
DIABETES
PRESSÃO ARTERIAL 375
GLICEMIA 64
TOTAL 1 439
FÁBRICA NA PRAÇA
PRESSÃO ARTERIAL 2731
GLICEMIA 812
ACUIDADE VISUAL 33
TOTAL 2 3576
OFICINA DE NUTRIÇÃO 475
JUDÔ 21
DANÇA DE SALÃO 77
KUNG FU 09
YOGA 241
SHIATSU 429
BALLET 63
MÚSICA E SAÚDE 20
TEATRO 169
PILATES DE SOLO 13
TOTAL 3 = Oficinas 1517
VACINAÇÃO: GRIPE
7156
PRESSÃO ARTERIAL (CAMPANHA VACINAÇÃO)
98
SIPAT CPRM
423
I MOSTRA CCBS
293
II MOSTRA DO CCBS
115
III MOSTRA DO CCBS
226
TOTAL 4 = Outras atividades
RESULTADOS 2014-2019
RESULTADOS 2014-2019
ROMARIA À APARECIDA 341
CORRIDA DO SUS - CorenRJ 200
A ARTE COMO INSTRUMENTO DE
CUIDADO DE ENFERMAGEM
6
PRÁTICA DE LEITURA E ESCRITA GRUPO
CULTURAL PARA JOVENS E ADULTOS
30
APRESENTAÇÃO DE TEATRO 3565
VISITA A INHÁ CHICA COM IDOSOS DA
ALMA
90
TOTAL GERAL 18075
 TRANSMISSÃO
TECNOLOGIA SOCIAL “Contaminante”
Vírus do Bem
• Criar
• Saber
• Viver
• Conhecer
• Pensar
• Pesquisar
• Fazer
O corpo
Ambiente
Cuidado
Tecnologia
HOSPEDEIRO
de uma nova linguagem e conhecimento sobre o
cuidado em saúde e de enfermagem.
Assumida como carinho ético
TATUAR
Linguagem
Saber
Fazer
Produção de Conhecimento
PROJETOS desenvolvidos
INTERAÇÕES entre o CORPO e o CUIDADO em
SAÚDE - Efeitos Colaterais do Cuidar em
Enfermagem
2002-2004
BAIRROS SUL: SAÚDE e AMBIENTE na Benjamin
Constant e Lauro Muller
2003-2005
Desde 2008RASTREAR RISCOS no CORPO e no AMBIENTE
do Cuidado de Enfermagem: necessidades e
intervenções em uma visão micro e macrocelular
LABORATÓRIO DE ESTRATÉGIAS PARA
CRIAÇÃO DE ATITUDES INOVACIONAIS NA
ENFERMAGEM
2012-2017
COLCIÊNCIAS : ESTUDOS COMPARADOS sobre
EDUCAÇÃO e SAÚDE para a Enfermagem
Medicina em duas Universidades BRASIL
COLÔMBIA
e 2012-2014
e
PROGRAMA FÁBRICA de CUIDADOS em
EXTENSÃO (PFC): Imagens e Inovação sobre
AJUDA PRESTADA - diagnóstico de sua inserção
social
2013-2015
Agenciamentos da RELAÇÃO de AJUDA prestada
aos clientes da Fábrica de Cuidados
Desde 2017
Produção de Conhecimento
ARTIGOS PUBLICADOS
Agenciamentos no corpo do homem: um estudo de
enfermagem sobre cuidado
2020
Corpo do professor: reflexões práticas sobre
subjetividade e poder na formação de enfermeiros
2019
Projetando imagem e pensando o corpo nos diferentes
espaços.
2018
Evaluation of Primary Health Care Units in the Rio De
Janeiro City According to the Results of PMAQ 2012
2017
terapia ocupacional na assistência
que sofrem violência doméstica.
Inserção da
mulheres
Enfermagem
às 2017
Hospitalizations due to primary care sensitive
conditions after family health strategy implementation
on Petrópolis/RJ.
2017
Effects of teaching strategies-learning: an essay on the
responses of body learning as scenario tutorial.
2017
The Body Suffering and Care Possibilities: A
Reflective Look from the Health Economics
2016
Imaginarios de la educación en salud pública en
enfermería.
2015
Quality of nursing records: analytical reflections on its
forms and contents.
2015
Produção de Conhecimento
LIVROS PUBLICADOS
Extensão, Pesquisa e Ensino em Laboratório de
Imagem e Som sobre Saúde de Adolescentes no
Ensino Médio.
Gerontologia: atuação da Enfermagem no processo
de envelhecimento
SUS e saúde da Família para Enfermagem: práticas
para o cuidado em saúde coletiva
OUTROS
TESE
DISSERTAÇÃO
TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO
Fortalecer a plasticidade
do pensamento, nos
fazer flexíveis para
aprender, ampliar
encontros e produções
de conhecimentos sobre
o significado da FC e
sua ações como de
TECNOLOGIA SOCIAL.
ESPAÇO para encontrar os
SUJEITOS: seus processos de VIVER
(Boff)
DESAFIOS
Lidar com a crise política e econômica, que
impacta a saúde de todos - sustentabilidade
Fábrica de Cuidados (FC) sempre ABERTA como
espaço fixo e como espaço de fluxos – movimento,
comunicação, ajuda
PRAÇA dasFÁBRICA NA
COMUNIDADES
CAMPANHA DE VACINAÇÃO
Consultas de
Enfermagem
individuais
Ação Global – Escola de
Samba do SALGUEIRO
Diagnósticos
Simplificados de
Saúde com
intervenções de
Enfermagem
coletivas e
individuais
SIPAT- CPRM
ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
ALFABETIZAÇÃO
Oficinas
Obrigada
ttonini@terra.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
Portal da Inovação em Saúde
 
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção DomiciliarAssociação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Leonardo Savassi
 
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
Portal da Inovação em Saúde
 
Maternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina MestrinhoMaternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina Mestrinho
Portal da Inovação em Saúde
 
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE GESTÃO DE ALTAS
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE  LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE  GESTÃO DE ALTASA ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE  LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE  GESTÃO DE ALTAS
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE GESTÃO DE ALTAS
Portal da Inovação em Saúde
 
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
Leonardo Savassi
 
10 passos seguranca_paciente
10 passos seguranca_paciente10 passos seguranca_paciente
10 passos seguranca_paciente
Camila Melo
 
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
Marcos Medina
 
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZAA ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
MFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduaçãoMFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduação
Leonardo Savassi
 
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da SaúdeEstratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
Robson Peixoto
 
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CELaboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Pos Enfermagem
Pos EnfermagemPos Enfermagem
Pos Enfermagem
SheylaUrdiale
 
Gestão Clínica
Gestão ClínicaGestão Clínica
Gestão Clínica
HealthMinds Academy
 
Brasília Saudável
Brasília SaudávelBrasília Saudável
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no ParanáModelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Centro de Desenvolvimento, Ensino e Pesquisa em Saúde - CEDEPS
 
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS
 

Mais procurados (20)

CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
CIRCUITO EU SOU SUS – PRÉ-NATAL: UMA ESTRATÉGIA PARA FORTALECER A ADESÃO AO P...
 
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção DomiciliarAssociação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
Associação Paulista de Medicina: Formação Médica para Atenção Domiciliar
 
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...O papel dos Protocolos de  Enfermagem no município de  Jaraguá do Sul (SC) co...
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) co...
 
Maternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina MestrinhoMaternidade Balbina Mestrinho
Maternidade Balbina Mestrinho
 
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE GESTÃO DE ALTAS
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE  LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE  GESTÃO DE ALTASA ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE  LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE  GESTÃO DE ALTAS
A ATUAÇÃO DA ENFERMEIRA DE LIGAÇAO NO MODELO CHC/UFPR DE GESTÃO DE ALTAS
 
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
2o Congresso Sul Brasileiro de Atenção Domiciliar - Curitiba - Oficina Cursos...
 
10 passos seguranca_paciente
10 passos seguranca_paciente10 passos seguranca_paciente
10 passos seguranca_paciente
 
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
10566 diretriz oxigenioterapia domiciliar
 
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZAA ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
 
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúdePlanificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
Planificação da APS - A fórmula organizadora do sistema local de saúde
 
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
PARTO NORMAL - Diretriz Nacional de Assistência - consulta pública pelo Minis...
 
MFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduaçãoMFC na Graduação e pos graduação
MFC na Graduação e pos graduação
 
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da SaúdeEstratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
Estratégias para a Segurança do Paciente - Manual para Profissionais da Saúde
 
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CELaboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
Laboratório de Planificação da APS no município de Tauá/CE
 
Pos Enfermagem
Pos EnfermagemPos Enfermagem
Pos Enfermagem
 
Gestão Clínica
Gestão ClínicaGestão Clínica
Gestão Clínica
 
Brasília Saudável
Brasília SaudávelBrasília Saudável
Brasília Saudável
 
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no ParanáModelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
Modelo de Atenção às Condições Crônicas no Paraná
 
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
Implantação da Linha de Cuidado integral a Saúde da Pessoa em Situação e Viol...
 
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
7ª ASSEMBLEIA – APRIMORAMENTO DA PNAB
 

Semelhante a Fábrica de Cuidados: uma TECNOLOGIA SOCIAL para construção de modelos de cuidar e produzir saúde

Saude do-idoso-web1
Saude do-idoso-web1Saude do-idoso-web1
Saude do-idoso-web1
ivone guedes borges
 
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituais
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituaisAtenção à saúde do idoso aspectos conceituais
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituais
Centro Universitário Ages
 
Apresentação Final - Apóstolos da Saúde
Apresentação Final - Apóstolos da SaúdeApresentação Final - Apóstolos da Saúde
Apresentação Final - Apóstolos da Saúde
Yuri Kaminski
 
Monografia Cássia Dantas Neres
Monografia Cássia Dantas NeresMonografia Cássia Dantas Neres
Monografia Cássia Dantas Neres
Cássia Neres
 
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao estrutura- processo e resu...
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao  estrutura- processo e resu...Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao  estrutura- processo e resu...
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao estrutura- processo e resu...
oticspedra2012
 
Provas
ProvasProvas
1ª tentativa subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
1ª tentativa   subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok1ª tentativa   subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
1ª tentativa subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
Roberto Antonio da Costa Dutra
 
Total
TotalTotal
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Elias Figueiredo
 
Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11
Claudio da Costa
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
RAFAEL DE OLIVEIRA AMANCIO
 
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de SaúdeAuditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Helenice Alexandrino
 
Ensino em atencao_oncologica_no_brasil
Ensino em atencao_oncologica_no_brasilEnsino em atencao_oncologica_no_brasil
Ensino em atencao_oncologica_no_brasil
Fabiana Oliveira
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Apostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeApostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saude
DudaMendesS
 
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
ssuser6ab917
 
Evelinda Marramon Trindade
Evelinda Marramon TrindadeEvelinda Marramon Trindade
Evelinda Marramon Trindade
CONITEC
 
Separata6
Separata6Separata6
Separata6
Jenifo
 
Redes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúdeRedes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúde
Felipe Assan Remondi
 
Relatorio hbsc 2014e
Relatorio hbsc 2014eRelatorio hbsc 2014e
Relatorio hbsc 2014e
Licínia Simões
 

Semelhante a Fábrica de Cuidados: uma TECNOLOGIA SOCIAL para construção de modelos de cuidar e produzir saúde (20)

Saude do-idoso-web1
Saude do-idoso-web1Saude do-idoso-web1
Saude do-idoso-web1
 
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituais
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituaisAtenção à saúde do idoso aspectos conceituais
Atenção à saúde do idoso aspectos conceituais
 
Apresentação Final - Apóstolos da Saúde
Apresentação Final - Apóstolos da SaúdeApresentação Final - Apóstolos da Saúde
Apresentação Final - Apóstolos da Saúde
 
Monografia Cássia Dantas Neres
Monografia Cássia Dantas NeresMonografia Cássia Dantas Neres
Monografia Cássia Dantas Neres
 
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao estrutura- processo e resu...
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao  estrutura- processo e resu...Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao  estrutura- processo e resu...
Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantacao estrutura- processo e resu...
 
Provas
ProvasProvas
Provas
 
1ª tentativa subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
1ª tentativa   subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok1ª tentativa   subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
1ª tentativa subjetividade na atenção à saúde - proficiência ok
 
Total
TotalTotal
Total
 
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalaresGerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
Gerenciamento de-manutencao-de-equipamentos-hospitalares
 
Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11Saude cidadania volume11
Saude cidadania volume11
 
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
Saude cidadania-vol-11-gerenciamento-de-manutencao-de-equipamentos-hospitalar...
 
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de SaúdeAuditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
Auditoria, Controle e Programação dos Serviços de Saúde
 
Ensino em atencao_oncologica_no_brasil
Ensino em atencao_oncologica_no_brasilEnsino em atencao_oncologica_no_brasil
Ensino em atencao_oncologica_no_brasil
 
Aula 1
Aula 1Aula 1
Aula 1
 
Apostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saudeApostila planejamento em saude
Apostila planejamento em saude
 
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
Aula Webinar Proqualis Agosto 2021 Desafios para a saúde mental dos trabalhad...
 
Evelinda Marramon Trindade
Evelinda Marramon TrindadeEvelinda Marramon Trindade
Evelinda Marramon Trindade
 
Separata6
Separata6Separata6
Separata6
 
Redes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúdeRedes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúde
 
Relatorio hbsc 2014e
Relatorio hbsc 2014eRelatorio hbsc 2014e
Relatorio hbsc 2014e
 

Mais de Portal da Inovação em Saúde

Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Portal da Inovação em Saúde
 
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Portal da Inovação em Saúde
 
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Caracterização dos casos de  MPOX - IIERCaracterização dos casos de  MPOX - IIER
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Portal da Inovação em Saúde
 
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no AmazonasPerfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Portal da Inovação em Saúde
 
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-GoiásResultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Portal da Inovação em Saúde
 
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CEHospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Portal da Inovação em Saúde
 
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Portal da Inovação em Saúde
 
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Portal da Inovação em Saúde
 
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
Portal da Inovação em Saúde
 
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPAESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
Portal da Inovação em Saúde
 
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José AlencarHospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Portal da Inovação em Saúde
 
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Portal da Inovação em Saúde
 
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Portal da Inovação em Saúde
 
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMSPós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Portal da Inovação em Saúde
 
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-CovidEstratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Portal da Inovação em Saúde
 
Leitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passoLeitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passo
Portal da Inovação em Saúde
 
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em SaúdeProjeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Portal da Inovação em Saúde
 
Comunidade de Fala
Comunidade de FalaComunidade de Fala
Comunidade de Fala
Portal da Inovação em Saúde
 
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Portal da Inovação em Saúde
 
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptxAPRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
Portal da Inovação em Saúde
 

Mais de Portal da Inovação em Saúde (20)

Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
 
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil:  perspect...
Da organização do grupo de pesquisadores à Rede de Pesquisa Brasil: perspect...
 
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
Caracterização dos casos de  MPOX - IIERCaracterização dos casos de  MPOX - IIER
Caracterização dos casos de MPOX - IIER
 
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no AmazonasPerfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
Perfil clínico-epidemiológico dos casos de Mpox no Amazonas
 
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-GoiásResultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS  Goiânia-Goiás
Resultados da Pesquisa Mpox da Plataforma Clínica Global OMS Goiânia-Goiás
 
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CEHospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
Hospital São José de Doenças Infecciosas – SES CE
 
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
Surto de MPX – experiência do Município de Florianópolis.
 
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
Projeto Plataforma Clínica Global para Mpox da OMS: experiência do município ...
 
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
7 - APRESENTACAO MPOX_POA_Natália Aredes.pptx
 
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPAESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
ESTUDO DE CoORTE RETROSPECTIVO PÓS-COVID UBS SANTA CECÍLIA / HCPA
 
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José AlencarHospital da Criança de Brasília José Alencar
Hospital da Criança de Brasília José Alencar
 
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
Identificação de casos de Pós-Covid em Florianópolis-SC: resultados da cooper...
 
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
Compartilhando experiências da Rede Colaborativa Brasil - Pesquisa Pós-Covid ...
 
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMSPós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
Pós-Covid no âmbito da Plataforma Clínica Global OMS
 
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-CovidEstratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
Estratégia digital para a identificação de casos Pós-Covid
 
Leitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passoLeitura em voz alta passo a passo
Leitura em voz alta passo a passo
 
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em SaúdeProjeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
Projeto Epa de Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde
 
Comunidade de Fala
Comunidade de FalaComunidade de Fala
Comunidade de Fala
 
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
Pré-conferências de caráter territorial como proposta estratégica para potenc...
 
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptxAPRESENTAÇÃO PAULO.pptx
APRESENTAÇÃO PAULO.pptx
 

Fábrica de Cuidados: uma TECNOLOGIA SOCIAL para construção de modelos de cuidar e produzir saúde

  • 1. Fábrica de Cuidados: uma TECNOLOGIA SOCIAL para construção de modelos de cuidar e produzir saúde Nébia Mª Almeida de Figueiredo Eva Maria Costa Teresa Tonini Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • 2. Á r e a s d e P l a n e j a m e n t o , R e g i õ e s A d m i n i s t r a t i v a s e B a i r r o s P o p u l a ç ã o C e n s o 2 0 1 0 Á R E A D E P L A N E J A M E N T O 2 . 1 6 3 8 0 5 0 I V B O T A F O G O 2 3 9 7 2 9 F L A M E N G O 5 0 0 4 3 G L O R I A 9 6 6 1 L A R A N J E I R A S 4 5 5 5 4 C A T E T E 2 4 0 5 7 C O S M E V E L H O 7 1 7 8 B O T A F O G O 8 2 8 9 0 H U M A I T Á 1 3 2 8 5 U R C A 7 0 6 1 V C O P A C A B A N A 1 6 1 1 9 1 L E M E 1 4 7 9 9 C O P A C A B A N A 1 4 6 3 9 2 V I L A G O A 1 6 7 7 7 4 I P A N E M A 4 2 7 4 3 L E B L O N 4 6 0 4 4 L A G O A 2 1 1 9 8 J A R D I M B O T Ã N I C O 1 8 0 0 9 G Á V E A 1 6 0 0 3 V I D I G A L 1 2 7 9 7 S Ã O C O N R A D O 1 0 9 8 0 X X V I I R O C I N H A 6 9 3 5 6 R O C I N H A 6 9 3 5 6 Nosso território - o fixo
  • 3. INSTITUIÇÕES PARCEIRAS das AÇÕES Engenharia Glicemia Capilar Secretarias de Saúde Insumos Institutos: IME, Benjamim Escolas de Ensino Básico FAPERJ CNPq Associações de Moradores Glicemia Capilar Asilos e Orfanatos Petrobrás e CPMR Glicemia Capilar Secretarias Municipalde Esportes e Lazer Material esportivo Desde 1999 Escolas da UNIRIO
  • 4. Motivos Vontade e desejo - como corpos-máquina de guerra – prontos para resistir e desconstruir o discurso vigente que APS não era possível de ser realizada dentro da UNIRIO e que não se poderia envolver estudantes dos três primeiros períodos em ações de saúde pública. Demanda das comunidades ALMA e AMOVILA: más condições de saneamento básico da AMOVILA; jovens ou idosos acamados ou com dificuldade de mobilidade; preocupadas com a vulnerabilidade seus moradores (drogas e violência) e em busca de atividades de esportes, lazer e cultura. Inconformadas com essas realidades interna e externa da UNIRIO e conscientes de nossa autonomia para cuidar, decidimos discutir saúde e pensar-agir com a população adstrita, de modo que pudéssemos resolver/minimizar, em conjunto, as situações-problema.
  • 5. Objetivos •Oferecer um espaço para tecnologias de cuidar criar modelos e em saúde. •Implantar a Fábrica de Cuidados sob gestão compartilhada entre docentes, discentes e representantes das comunidades ALMA e AMOVILA. Estabelecer relação de ajuda com a população •Fazer diagnóstico simplificado de saúde da comunidade interna e da adstrita à UNIRIO. •Avaliar os processos de cuidar da população e/ou ensino para identificação de pontos necessários para (des)construção e reconstrução de modelos e tecnologias em saúde.
  • 6. ORGANOGRAMA BALLET TEATRO DANÇA de SALÃO DEF NuPEEF GRUPO CNPq LAPHE FÁBRICADECUIDADOS OFICINA DE NUTRIÇÃO OFICINA DE EXPRESSÃO PRÁTICAS ALTERNATIVAS DANÇA deSALÃO JUDO KUNG-FU OFICINA DE PSICOPEDAGOGIA Crianças especiais OFICINA CLÍNICA ARTE e CULTURA HIPERTENSÃOe DIABETES SHIATSU MÚSICA éSAÚDE YOGA PiILATES de SOLO ESPORTE e LAZER OFICINA DE Alfabetização EJA
  • 7. (DENSA e COMPLEXA) Criar Práticas e saberes CAIXA ESCURA Discurso Conhecimento Práticas sobre OFICINAS • PRÁTICAS ALTERNATIVAS • ESTRATÉGIAS ESTÉTICAS • CRIAÇÃO • SIMULAÇÕES • Novas linguagens • Tecnologia • Novas práticas • Novas dúvidas • Linhas de fuga • Agenciamentos RESULTADOS em 21 anos Modelo TOTS Teóricos CORPOS (diversos) CUIDADO AMBIENTE  A BASE FÁBRICA de CUIDADOS: uma TECNOLOGIA SOCIAL
  • 8.  A RESPONSABILIDADE TECNOLOGIA SOCIAL “densa” Complexidade do Humano e do AMBIENTE GESTORES TE NEB EVA PRÁTICAS e SABERES Abílio Eduardo Celi Comunidade Mestrado Doutorado emGestão Social Molar e Molecular Políticas Públicas Processos SAE Molar e Molecular de Cuidados Corpo e Ambiente Molar e Molecular Processos e Produção de Saúde e Ambiente
  • 9. O que foi transformado? Graduação SERVIÇOS APS, HUGG, INCA, INTO Pósgraduação 1 2 3 4 TECNOLOGIA SOCIAL RIZOMÁTICA - REDE Oficina Oficina
  • 10. METODOLOGIA Docentes da EEAP FÁBRICA Comunidades Cuidado BRA - 6 COL - 1 MÉX - 1 DOUTORADO MESTRADO PLATAFORMA Teresa Eva Priscila Gisella Nébia Teresa Eva GRADUAÇÃO TCC G e lato sensu Todos NUPEEF Nébia Teresa Gisella Nébia Teresa RESIDÊNCIA HUGG, INCA e INTO Nébia Beatriz Gicélia I A C MO B N T E M N I T N E A D A O R Abordagem avaliativa Gestão participativa e colegiada Pistas cartográficas Movimentos da Pesquisa-Ação Modelo TOTS (Re)formar o pensamento
  • 11. RESULTADOS 2014-2019 DISCENTES GRADUAÇÃO E PÓS-GRA Nº DISCENTE BOLSISTA PROExC 26 DISCENTE VOLUNTÁRIO 502 DISCENTES DO MESTRADO 15 DISCENTES DO DOUTORADO 14 ESTÁGIO PÓS-DOC 8 9 DISCENTE BOLSISTA PERMANÊNCIA/BIA DISCENTE MONITOR DE SEMIOTÉCNICA I 5 BOLSISTAS IC/PET 5
  • 12. CONSULTA DE HIPERTENSÃO E DIABETES PRESSÃO ARTERIAL 375 GLICEMIA 64 TOTAL 1 439 FÁBRICA NA PRAÇA PRESSÃO ARTERIAL 2731 GLICEMIA 812 ACUIDADE VISUAL 33 TOTAL 2 3576 OFICINA DE NUTRIÇÃO 475 JUDÔ 21 DANÇA DE SALÃO 77 KUNG FU 09 YOGA 241 SHIATSU 429 BALLET 63 MÚSICA E SAÚDE 20 TEATRO 169 PILATES DE SOLO 13 TOTAL 3 = Oficinas 1517 VACINAÇÃO: GRIPE 7156 PRESSÃO ARTERIAL (CAMPANHA VACINAÇÃO) 98 SIPAT CPRM 423 I MOSTRA CCBS 293 II MOSTRA DO CCBS 115 III MOSTRA DO CCBS 226 TOTAL 4 = Outras atividades RESULTADOS 2014-2019
  • 13. RESULTADOS 2014-2019 ROMARIA À APARECIDA 341 CORRIDA DO SUS - CorenRJ 200 A ARTE COMO INSTRUMENTO DE CUIDADO DE ENFERMAGEM 6 PRÁTICA DE LEITURA E ESCRITA GRUPO CULTURAL PARA JOVENS E ADULTOS 30 APRESENTAÇÃO DE TEATRO 3565 VISITA A INHÁ CHICA COM IDOSOS DA ALMA 90 TOTAL GERAL 18075
  • 14.  TRANSMISSÃO TECNOLOGIA SOCIAL “Contaminante” Vírus do Bem • Criar • Saber • Viver • Conhecer • Pensar • Pesquisar • Fazer O corpo Ambiente Cuidado Tecnologia HOSPEDEIRO de uma nova linguagem e conhecimento sobre o cuidado em saúde e de enfermagem. Assumida como carinho ético TATUAR Linguagem Saber Fazer
  • 15. Produção de Conhecimento PROJETOS desenvolvidos INTERAÇÕES entre o CORPO e o CUIDADO em SAÚDE - Efeitos Colaterais do Cuidar em Enfermagem 2002-2004 BAIRROS SUL: SAÚDE e AMBIENTE na Benjamin Constant e Lauro Muller 2003-2005 Desde 2008RASTREAR RISCOS no CORPO e no AMBIENTE do Cuidado de Enfermagem: necessidades e intervenções em uma visão micro e macrocelular LABORATÓRIO DE ESTRATÉGIAS PARA CRIAÇÃO DE ATITUDES INOVACIONAIS NA ENFERMAGEM 2012-2017 COLCIÊNCIAS : ESTUDOS COMPARADOS sobre EDUCAÇÃO e SAÚDE para a Enfermagem Medicina em duas Universidades BRASIL COLÔMBIA e 2012-2014 e PROGRAMA FÁBRICA de CUIDADOS em EXTENSÃO (PFC): Imagens e Inovação sobre AJUDA PRESTADA - diagnóstico de sua inserção social 2013-2015 Agenciamentos da RELAÇÃO de AJUDA prestada aos clientes da Fábrica de Cuidados Desde 2017
  • 16. Produção de Conhecimento ARTIGOS PUBLICADOS Agenciamentos no corpo do homem: um estudo de enfermagem sobre cuidado 2020 Corpo do professor: reflexões práticas sobre subjetividade e poder na formação de enfermeiros 2019 Projetando imagem e pensando o corpo nos diferentes espaços. 2018 Evaluation of Primary Health Care Units in the Rio De Janeiro City According to the Results of PMAQ 2012 2017 terapia ocupacional na assistência que sofrem violência doméstica. Inserção da mulheres Enfermagem às 2017 Hospitalizations due to primary care sensitive conditions after family health strategy implementation on Petrópolis/RJ. 2017 Effects of teaching strategies-learning: an essay on the responses of body learning as scenario tutorial. 2017 The Body Suffering and Care Possibilities: A Reflective Look from the Health Economics 2016 Imaginarios de la educación en salud pública en enfermería. 2015 Quality of nursing records: analytical reflections on its forms and contents. 2015
  • 17. Produção de Conhecimento LIVROS PUBLICADOS Extensão, Pesquisa e Ensino em Laboratório de Imagem e Som sobre Saúde de Adolescentes no Ensino Médio. Gerontologia: atuação da Enfermagem no processo de envelhecimento SUS e saúde da Família para Enfermagem: práticas para o cuidado em saúde coletiva OUTROS TESE DISSERTAÇÃO TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO
  • 18. Fortalecer a plasticidade do pensamento, nos fazer flexíveis para aprender, ampliar encontros e produções de conhecimentos sobre o significado da FC e sua ações como de TECNOLOGIA SOCIAL. ESPAÇO para encontrar os SUJEITOS: seus processos de VIVER (Boff) DESAFIOS Lidar com a crise política e econômica, que impacta a saúde de todos - sustentabilidade Fábrica de Cuidados (FC) sempre ABERTA como espaço fixo e como espaço de fluxos – movimento, comunicação, ajuda
  • 20. Consultas de Enfermagem individuais Ação Global – Escola de Samba do SALGUEIRO Diagnósticos Simplificados de Saúde com intervenções de Enfermagem coletivas e individuais