Campanha Influenza em Paracuru.

373 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Campanha Influenza em Paracuru.

  1. 1. INFORME CAMPANHA INFLUENZA GRIPE-H1N1 O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o secretário de Vigilância em Saúde,Jarbas Barbosa, concederam entrevista à imprensa nesta terça-feira (24/05) paraanunciar o lançamento da 14ª CAMPANHA NACIONAL DE VACINAÇÃOCONTRA A GRIPE. A campanha será realizada pelo MINISTÉRIO DA SAÚDE,EM PARCERIA COM AS SECRETARIAS ESTADUAIS E MUNICIPAIS, noperíodo de 5 A 25 DE MAIO, EM TODOS OS ESTADOS BRASILEIROS. Meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% do público-alvo, que é de 30,1milhões de pessoas. Em 2011, mortalidade por influenza H1N1 teve queda de 64,1%. No sábado (05/05), acontece a Mobilização Nacional que visa chamar a atençãopara a importância da vacinação. No município de PARACURU, as ações de imunização do DIA “D”aconteceram no sábado dia 05 DE MAIO no horário de 8hs as 17hs nos Postos deSaúde: -SedeI; -Campo de Semente; -Riacho Doce; -Lagoa; -Campo de Aviação SECRETARIA DE SAÚDE DE PARACURU Rua Padre João da Rocha, 148 – Centro Paracuru-CE FONE: (85) 3344.8809, e-mail: saudeparacuru@yahoo.com.br
  2. 2. Nos demais dias da Campanha de Vacinação, aconteceram em todos osPOSTOS DE SAÚDE DO MUNÍCIPIO de Paracuru; no horário de 8hs as 17 hs.Lembramos ao público alvo de não esquecer o cartão de vacina!  PÚBLICO ALVO: CRIANÇAS DE 6 MESES A MENOR DE 2 ANOS; GESTANTES; IDOSOS APARTIR DE 60 ANOS OU MAIS E TRABALHADORES DA SAÚDE.  OBJETIVO DA CAMPANHA: SEU PRINCIPAL OBJETIVO É REDUZIR A MORTALIDADE, AS COMPLICAÇÕES E AS INTERNAÇÕES QUE OCORREM EM CONSEQUÊNCIA DAS INFECÇÕES PELO VÍRUS DA INFLUENZA NESTA POPULAÇÃO.  REAÇÕES - A VACINA NÃO É RECOMENDÁVEL PARA QUEM TEM ALERGIA À PROTEÍNA DO OVO – USADA NA SUA FABRICAÇÃO – OU PARA QUEM TEVE REAÇÕES ADVERSAS A DOSES ANTERIORES. EM CASOS DE DOENÇAS AGUDAS E FEBRIS OU DE PACIENTES COM DOENÇAS NEUROLÓGICAS, É ACONSELHAVÉL A BUSCA DE AVALIAÇÃO MÉDICA. QUEM PRETENDE DOAR SANGUE DEVE AGUARDAR 48 HORAS APÓS A DOSE PARA REALIZAR A DOAÇÃO. SECRETARIA DE SAÚDE DE PARACURU Rua Padre João da Rocha, 148 – Centro Paracuru-CE FONE: (85) 3344.8809, e-mail: saudeparacuru@yahoo.com.br
  3. 3. Como a vacina deste ano tem a mesma composição da distribuída no ano passado, pais e responsáveis devem estar atentos para a vacinação de crianças de seis meses e dois anos de idade. As que tomaram a vacina no ano passado devem tomar apenas uma dose neste ano. Já as que se vacinarão pela primeira vez precisam receber duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas. De acordo com Padilha, “no Brasil, a adesão à campanha é consistente porque as pessoas reconhecem a imunização como algo que pode melhorar a sua qualidade de vida”.POPULAÇÃO PRISIONAL – Pela primeira vez, as cerca de 500 mil pessoas que estãocumprindo pena em presídios no BRASIL também estarão cobertas pela campanha. Ainiciativa faz parte do Plano Nacional de Saúde do Sistema Penitenciário, executadoem parceria entre os ministérios da Saúde e da Justiça. Um de seus objetivos é garantir o direito à saúde dos presidiários, população queestá mais vulnerável a doenças respiratórias e pulmonares, devido às condições dehabitação e confinamento.“Acreditamos que ao proteger a população prisional, que tem altíssimo contágio,bloqueamos a cadeia de transmissão para familiares, visitantes e profissionais que fazematendimento a estas pessoas”, avalia o Ministro da Saúde Alexandre Padilha. A escolha dos grupos a serem vacinados é definida com base em estudosepidemiológicos e na observação do comportamento das infecções respiratórias, que têmcomo principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis aoagravamento de doenças respiratórias. SECRETARIA DE SAÚDE DE PARACURU Rua Padre João da Rocha, 148 – Centro Paracuru-CE FONE: (85) 3344.8809, e-mail: saudeparacuru@yahoo.com.br
  4. 4. SOBRE A INFLUENZA A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meios de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que apos contato com superficies recém contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto a boca, aos olhos e ao nariz. Os sintomas, muitas vezes se caracterizam pelo comprometimento das vias aereas superiores, com congestão nasal,tosse, rouquidão,febre variavel, mal estar, mialgia e cefaleia. A PRINCIPAL INTERVENÇÃO PREVENTIVA EM SAÚDE PÚBLICAPARA ESTE AGRAVO É SEM DÚVIDA, A VACINAÇÃO. A capanha anual devacinação, realizada entre os meses de abril e maio, contribuiu ao longo dos anos paraprevenção da gripe nos grupos imunizados, além de apresentar impacto da redução dasinternações hospitalares, mortalidade evitável e gastos com medicamentos paratratamento de infecções secundárias. SECRETARIA DE SAÚDE DE PARACURU Rua Padre João da Rocha, 148 – Centro Paracuru-CE FONE: (85) 3344.8809, e-mail: saudeparacuru@yahoo.com.br

×