Apresentação - Arquitetura de Informação

4.095 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre Arquitetura de Informação. Prof. Luiz Agner. Setembro 2009.

Publicada em: Design, Educação, Tecnologia
0 comentários
15 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.095
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
448
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação - Arquitetura de Informação

  1. 1. luiz agner arquitetura de informação Senac Rio – Workshop / Setembro de 2009
  2. 2. arquitetura de informação <ul><li>Uma edição do The New York Times em um dia de semana contém mais informação do que o comum dos mortais poderia receber durante toda vida na Inglaterra do século XVII. (WURMAN, 1991). </li></ul>
  3. 3. arquitetura de informação <ul><li>A era da informação é, na verdade, uma explosão da não-informação – uma explosão de dados. Para enfrentar a crescente avalanche dos dados é imperativo fazer a distinção entre dados e informação. </li></ul><ul><li>Informação deve ser aquilo que leva à compreensão (WURMAN,1991). </li></ul>
  4. 4. arquitetura de informação <ul><li>Cadeia conceitual </li></ul>
  5. 5. arquitetura de informação <ul><li>O exagero típico na nossa era apagou as diferenças entre dados e informação, entre fatos e conhecimento. </li></ul><ul><li>A confusão entre transmitir dados e criar mensagens com significado pode ter tido sua origem na atenção demasiada dada aos computadores (máquinas) e na pouca atenção dada aos usuários (seres humanos). </li></ul>
  6. 6. arquitetura de informação <ul><li>AI - pode ser definida como o design estrutural de grupos de informações relacionadas ou a arte e ciência de organizar e rotular websites, intranets, comunidades online e software para dar suporte à usabilidade e facilidade de obtenção de informações ( AIFIA-PT, 2005) </li></ul>
  7. 7. arquitetura de informação <ul><li>AI - uma comunidade emergente de profissionais focada em trazer princípios de design e arquitetura para o ambiente digital ( AIFIA-PT, 2005) </li></ul>
  8. 8. arquitetura de informação <ul><li>É um novo campo no webdesign. </li></ul><ul><li>difere do design ou programação visual, pelo fato de focalizar a estrutura do website e não a funcionalidade ou aspecto. </li></ul><ul><li>tem como objetivo a construção de websites fáceis de usar, que preencham as necessidades dos clientes e os objetivos dos usuários (VAN DIJCK, 2003) </li></ul>
  9. 9. arquitetura de informação Arquitetura invisível
  10. 10. arquitetura de informação <ul><li>É a arte e a ciência de estruturar e organizar os ambientes informacionais para ajudar as pessoas a satisfazerem efetivamente as suas necessidades de informação. GARRETT (2003) </li></ul>
  11. 11. sistemas da AI <ul><li>Organização </li></ul><ul><li>Rotulagem </li></ul><ul><li>Navegação </li></ul><ul><li>Busca </li></ul>
  12. 12. sistema de organização <ul><li>hierarquias : taxonomias , niveis de topo, modelos mentais </li></ul><ul><li>banco de dados : conteudo estruturado e relacionamentos </li></ul><ul><li>hipertextos : referencias cruzadas, contextual </li></ul>Thesaurus (Vocabulário Controlado) hierarquia Banco de dados hipertexto
  13. 13. sistema de navegação Onde estou? O que há próximo? O que há relacionado? Navegação global Navegação Local Navegação Contextual
  14. 14. Global Local Logotipo
  15. 15. sistema de busca <ul><li>http://semanticstudios.com/publications/semantics/search.html </li></ul>
  16. 16. a formação do A.I. <ul><li>O arquiteto da informação deve ter um background que englobe o Design gráfico, a ciência da informação e biblioteconomia, o jornalismo, a engenharia de usabilidade, o marketing e a ciência da computação. ROSENFELD e MORVILLE (1998) </li></ul>
  17. 17. o papel do A.I. <ul><li>Categorizar e rotular as informações de acordo com a audiência. </li></ul><ul><li>Definir as ferramentas para busca destas informações </li></ul><ul><li>Definir critérios adotados na indexação do conteúdo </li></ul><ul><li>Projetar wireframes e mapa dos site ROSENFELD e MORVILLE (1998) </li></ul>
  18. 18. o papel do A.I. <ul><li>Papel de construir os caminhos da informação, suas conexões e desdobramentos, a fim de contribuir para a divulgação do conhecimento. </li></ul>
  19. 19. o papel do A.I. <ul><li>Deve balancear as necessidades do usuário com os objetivos do negócio. </li></ul><ul><li>Cada vez mais estudos estão demonstrando que o problema principal da maioria dos websites é que as pessoas não acham o que precisam. </li></ul><ul><li>Morville cunhou o termo findability , “localizabilidade” ou a facilidade de ser encontrado. Usability X Findability </li></ul>
  20. 20. o papel do A.I. <ul><li>Segundo ROSENFELD e MORVILLE (1998), as principais funções do arquiteto da informação são: </li></ul><ul><li>Clarificar a missão e a visão do site fazendo o balanceamento entre necessidades da organização patrocinadora e as necessidades de seus usuários. </li></ul><ul><li>Determinar qual o conteúdo e a funcionalidade que o site conterá. </li></ul>
  21. 21. o papel do A.I. <ul><li>Especificar como usuários encontrarão informação no site, através da definição da sua organização, navegação, rotulagem e sistemas de busca. </li></ul><ul><li>Mapear como o site acomodará as alterações e crescimento ao longo do tempo. </li></ul>
  22. 22. o papel do A.I.
  23. 23. metodologia de A.I.
  24. 24. metodologia de A.I. <ul><li>FASES </li></ul><ul><ul><li>Pesquisa </li></ul></ul><ul><ul><li>Estratégia </li></ul></ul><ul><ul><li>Design </li></ul></ul><ul><ul><li>Implementação </li></ul></ul><ul><ul><li>Avaliação </li></ul></ul>
  25. 25. produtos do AI Taxonomias Wireframes (estruturas) Blueprints (plantas) Navegação Desenvolvim. software Gestores de conteúdo Designers e autores Diretrizes Especificações de busca Índices Mapa do site Navegação suplementar Thesaurus Vocabulário controlado Esquema metadados Organization & Rótulos Produtos :
  26. 26. plantas
  27. 27. plantas
  28. 28. estudos Protótipos em papel
  29. 29. estruturas
  30. 30. estruturas Estruturas ( wireframes) descrevem a experiência do usuário. São rascunhos em preto e branco ou desenhos que representam as telas que os usuários acessarão no site e fornecem apenas um contorno daquilo que serão as páginas. Os wireframes não devem ser criados graficamente porque a sua finalidade é fornecer um modo rápido de projetar, avaliar e interagir na maneira como deve ser feito o layout do conteúdo e da funcionalidade do site .
  31. 31. pesquisa de AI Contexto Usuários Conteúdo ROSENFELD e MORVILLE Objetivos da organização, políticas, cultura, tecnologia e recursos humanos Audiências, tarefas, necessidades, comportamento de busca de informação, experiência, vocabulário Documentos, formatos/tipos, objetos, metadados, estrutura existente
  32. 32. dimensões de pesquisa Card sorting Testes de usabilidade Análise dos dados de uso Usuários Análise de conteúdo Inventário de conteúdo Avaliação heurística Conteúdo Infraestrutura tecnológica Entrevistas com stakeholders Reuniões de estratégia Contexto Métodos e técnicas
  33. 33. sites de AI <ul><li>Information Architecture Institute </li></ul><ul><li>http://iainstitute.org/ </li></ul><ul><li>ASIS&T IA Summit </li></ul><ul><li>http://www.iasummit.org/ </li></ul><ul><li>Boxes & Arrows </li></ul><ul><li>http://www.boxesandarrows.com/ </li></ul><ul><li>IAwiki </li></ul><ul><li>http://www.iawiki.net/IAwiki </li></ul><ul><li>InfoDesign </li></ul><ul><li>http://www.informationdesign.org/ </li></ul>
  34. 34. livros de AI <ul><li>Information Architecture for the World Wide Web </li></ul><ul><li>by Louis Rosenfeld & Peter Morville (1998, 2002) </li></ul><ul><li>Practical Information Architecture </li></ul><ul><li>by Eric Reiss (2000) </li></ul><ul><li>Information Architecture: An Emerging 21 st Century Profession </li></ul><ul><li>by Earl Morrogh (2002) </li></ul><ul><li>Information Architecture: Blueprints for the Web </li></ul><ul><li>by Christina Wodtke (2002) </li></ul><ul><li>Information Architecture for Designers </li></ul><ul><li>by Peter Van Dijck (2003) </li></ul><ul><li>Information Architecture: Designing Information Environments </li></ul><ul><li>by Alan Gilchrist & Barry Mahon (2003) </li></ul>
  35. 35. livros de AI

×