SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
As Plantas Inês Isabel Bastos
Como são constituídas as plantas com flor? As plantas com flor  são normalmente  constituídas por raiz,  caule e folhas e  apresentando em certas  épocas do ano as flores e os frutos.
	Planta Lenhosa:	 	É uma planta mais resistente e dura. 	Planta herbácea: 	É uma planta que se parte facilmente com as mãos. Como são constituídas as plantas com flor?
A Raiz Raiz subterrânea da salsa Raiz aquática da Lentilha de Agua Raiz aérea da hera
As funções da raiz 	Absorve a água com os sais minerais dissolvidos; 	Fixa a planta; 	Algumas acumulam substancias de reserva.
Tipos de Raízes Raiz Aprumada Raiz Aprumada Tuberculosa Raiz Fasciculada Tuberculosa Raiz Fasciculada
O caule Caule subterrâneo do lírio Caule aquático do nenúfar Caule aéreo da roseira
Funções do caule Suportar os ramos; Transportar a seiva elaborada; Armazenar substancias de reserva.
Tipos de caulesAéreos Espique Tronco Colmo
Os caules Constituição do caule aéreo:
Tipos de CaulesSubterrâneos Tubérculo Rizoma Bolbo
A folha Folhas subterrâneas do nabo Folhas aquáticas da sagitária Folhas aéreas da videira
As funções da folha Produção de alimentos; Trocas gasosas com o exterior; Transpiração; Reserva e protecção.
Constituição de uma folha A folha é constituída  por:
Classificação de folhas Inteira Composta
Classificação de folhas
Classificação de folhas
Constituição da Folha
Constituição da Flor Órgãos de suporte: Receptáculo, e pedúnculo. Órgãos de protecção: Pétalas e sépalas. Órgãos reprodutores: Estames ( Filete e antera) e Carpelo               ( Estigma, estilete e ovário).
Como são constituídas as plantas sem flor? Os fetos são formados por raiz, caule e folhas e reproduzem-se por esporos onde se formam os soros, situados na página inferior das folhas.
Como são constituídas as plantas sem flor? Os musgos são formados por rizóides, filóides e celulóides e reproduzem-se por esporos que se formam na cápsula.
Como são constituídas as plantas sem flor? As algas têm o corpo reduzido a um talo e também se reproduzem por esporos.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Caule
CauleCaule
Caule
 
Caule 2012 aula
Caule 2012 aulaCaule 2012 aula
Caule 2012 aula
 
2 caule e folhas
2 caule e folhas2 caule e folhas
2 caule e folhas
 
Morfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com flor Morfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com flor
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
 
01 morfologia das plantas com flor - raíz
01 morfologia das plantas com flor - raíz01 morfologia das plantas com flor - raíz
01 morfologia das plantas com flor - raíz
 
O Caule
O CauleO Caule
O Caule
 
Anatofisiologia vegetal
Anatofisiologia vegetalAnatofisiologia vegetal
Anatofisiologia vegetal
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
2 morfologia externa de plantas vasculares
2 morfologia externa de plantas vasculares2 morfologia externa de plantas vasculares
2 morfologia externa de plantas vasculares
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
A folha
A folhaA folha
A folha
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
1318457463 diversidadedasplantas 93165842-phpapp2
1318457463 diversidadedasplantas 93165842-phpapp21318457463 diversidadedasplantas 93165842-phpapp2
1318457463 diversidadedasplantas 93165842-phpapp2
 
Morfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com florMorfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com flor
 
Trabalho sobre folhas - Duarte
Trabalho sobre folhas - DuarteTrabalho sobre folhas - Duarte
Trabalho sobre folhas - Duarte
 
Organologia Vegetal - Carlos Eduardo
Organologia Vegetal - Carlos EduardoOrganologia Vegetal - Carlos Eduardo
Organologia Vegetal - Carlos Eduardo
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
 
Raiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e FolhaRaiz, Caule e Folha
Raiz, Caule e Folha
 

Destaque

Ana sofia c.n plantas
Ana sofia c.n plantasAna sofia c.n plantas
Ana sofia c.n plantasrukka
 
B6 bot 06 - angiospermas basais
B6 bot   06 - angiospermas basaisB6 bot   06 - angiospermas basais
B6 bot 06 - angiospermas basaisJuliano van Melis
 
Plantas sem flor
Plantas sem florPlantas sem flor
Plantas sem flornenhuma
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantasPelo Siro
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das PlantasIkaro Slipk
 
Plantas (Reino Plantae)
Plantas (Reino Plantae)Plantas (Reino Plantae)
Plantas (Reino Plantae)visiense
 
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)infoeducp2
 
Classificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à formaClassificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à forma00367p
 
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina miranda
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina mirandaPlantas - trabalho de pesquisa - carolina miranda
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina mirandaprofgaspar
 

Destaque (14)

Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Ana sofia c.n plantas
Ana sofia c.n plantasAna sofia c.n plantas
Ana sofia c.n plantas
 
B6 bot 06 - angiospermas basais
B6 bot   06 - angiospermas basaisB6 bot   06 - angiospermas basais
B6 bot 06 - angiospermas basais
 
Plantas sem flor
Plantas sem florPlantas sem flor
Plantas sem flor
 
Plantas sem flor
Plantas sem florPlantas sem flor
Plantas sem flor
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Plantas (Reino Plantae)
Plantas (Reino Plantae)Plantas (Reino Plantae)
Plantas (Reino Plantae)
 
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
ReproduçãO Nas Angiospermas (1)
 
As Plantas
As PlantasAs Plantas
As Plantas
 
Classificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à formaClassificação das raízes, quanto à forma
Classificação das raízes, quanto à forma
 
Estrutura e partes das plantas
Estrutura e partes das plantasEstrutura e partes das plantas
Estrutura e partes das plantas
 
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina miranda
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina mirandaPlantas - trabalho de pesquisa - carolina miranda
Plantas - trabalho de pesquisa - carolina miranda
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 

Semelhante a Constituição e tipos de plantas

óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisaulasdoaris
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisaulasdoaris
 
Morfologia externas das angiospermas
Morfologia externas das angiospermasMorfologia externas das angiospermas
Morfologia externas das angiospermasJanaina Giacomossi
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1Simone Maia
 
Aula de botânica
Aula de botânicaAula de botânica
Aula de botânicadenilsonbio
 
Aula de botânica
Aula de botânicaAula de botânica
Aula de botânicadenilsonbio
 
1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]Pelo Siro
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantasJoaquim André
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantasJoaquim André
 
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptxMorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptxManuelAlbertoBizeque
 
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptxVERONICA47548
 
Reino Vegetal
Reino VegetalReino Vegetal
Reino VegetalFer Nanda
 
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp021318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02Nuno Lemos
 
Diversidade Das Plantas
Diversidade Das PlantasDiversidade Das Plantas
Diversidade Das PlantasRute Guilherme
 
Diversidade Das Plantas
Diversidade Das PlantasDiversidade Das Plantas
Diversidade Das Plantasilda
 

Semelhante a Constituição e tipos de plantas (20)

Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
MorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.pptMorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.ppt
 
Reino vegetal
Reino vegetalReino vegetal
Reino vegetal
 
Morfologia externas das angiospermas
Morfologia externas das angiospermasMorfologia externas das angiospermas
Morfologia externas das angiospermas
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
 
Aula de botânica
Aula de botânicaAula de botânica
Aula de botânica
 
Aula de botânica
Aula de botânicaAula de botânica
Aula de botânica
 
1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]1234887054 caule[1]
1234887054 caule[1]
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantas
 
Diversidade nas plantas
Diversidade nas plantasDiversidade nas plantas
Diversidade nas plantas
 
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptxMorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
MorfologiaVegeta, descricao egetall.pptx
 
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx
1 anokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.pptx
 
Reino Vegetal
Reino VegetalReino Vegetal
Reino Vegetal
 
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp021318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02
1318457463 diversidadedasplantas 090301065842-phpapp02
 
Biologia
BiologiaBiologia
Biologia
 
Diversidade Das Plantas
Diversidade Das PlantasDiversidade Das Plantas
Diversidade Das Plantas
 
Diversidade Das Plantas
Diversidade Das PlantasDiversidade Das Plantas
Diversidade Das Plantas
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 

Último

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 

Constituição e tipos de plantas