Florence

2.129 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.129
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
60
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Florence

  1. 1. FLORENCE NIGHTINGALE
  2. 2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS a Enfermagem se fundamentou em crenças, princípios, valores e normas tradicionalmente aceitas;  Nightingale nasceu em Florença, 12 de maio de 1820;
  3. 3.  Mãe da Enfermagem Moderna; Primeira escola de enfermagem organizada (Deaconess Scool of Nursing);
  4. 4. Em 1851 foi admitida no programa de Enfermagem (3 meses) ;  Em 1854 foi solicitada por Sidney Hebert para supervisionar e administrar a introdução de enfermeiras nos hospitais militares (Guerra da Criméia);
  5. 5.  A taxa de mortalidade na Guerra era de 42,7%; seis meses após a chegada de Nightingale, caiu para 2,2%; Pioneira no Gráfico demonstrativo estatístico ( primeira enfermeira pesquisadora);
  6. 6.  De acordo com Oliveira(2007), as concepções teórico- filosóficas desenvolvidas por Nightingale tiveram como base observações sistematizadas e registros estatísticos;
  7. 7. ABORDAGEM DA ENFERMAGEM POR NIGHTINGALE Principal enfoque: controle do ambiente, dos indivíduos e da família; Seu objetivo: o conhecimento sanitário do dia- a- dia, ou o conhecimento de enfermagem;
  8. 8. ABORDAGEM DA ENFERMAGEM POR NIGHTINGALE Considerava a doença como um processo reparador; Recomendava a existência de instituições afastadas para as mulheres darem a luz;
  9. 9. MODELO AMBIENTAL DE NIGHTINGALE ambiente é a matéria circundante que influencia ou modifica um curso de desenvolvimento;
  10. 10. MODELO AMBIENTAL DE NIGHTINGALE  Via a manipulação do ambiente físico como o principal componente do atendimento de enfermagem; Aspectos do ambiente desequilibrados: energia do cliente para contrabalançar o estresse ambiental;
  11. 11. SAÚDE DAS CASAS Importância da saúde nas casas: ar puro, água pura, esgoto eficiente, limpeza e luz; Limpeza no exterior da casa afeta o interior ( lixo tóxico, água contaminada);
  12. 12. VENTILAÇÃO E AQUECIMENTO Era essencial “ manter o ar que a pessoa respira tão puro quanto o ar externo, sem resfriá-la; Tinha uma grande preocupação com o “ar nocivo”, também incluindo as “comadres” ( urinóis); Destacou a importância da temperatura do quarto;
  13. 13. LUZ Notou que a luz tem efeitos bastante reais e tangíveis sobre o corpo humano; Notou que os enfermos preferiam o lado da janela;
  14. 14. RUÍDO  Declarou que os pacientes jamais deveriam ser acordados durante a primeira parte do sono; Ruído é desnecessário; Severa crítica dos ruídos que provocam incômodos ao paciente ( responsabilidade do enfermeiro);
  15. 15. NUTRIÇÃO E INGESTA DE ALIMENTOS: Definiu a importância da variedade de alimentos; Insistia que nada devia ser feito enquanto o paciente estivesse se alimentando;
  16. 16. Animar falsamente o doente não é benéfico; Esperanças falsas são deprimentes; As pessoas enfermas devem ouvi notícias que as auxiliem a ter mais saúde; CONVERSANDO SOBRE ESPERANÇAS E CONSELHOS
  17. 17. CONSIDERAÇÕES SOCIAIS Olhar o ambiente social em que o indivíduo vive; Escreveu cartas para o governo, em esforço para melhorar as condições de vida das pessoas; Acreditava que a casa e o hospital necessitavam ser bem administrados;
  18. 18. O MODELO AMBIENTAL DE ENFERMAGEM DE NIGHTINGALE  Enfermagem: o que a enfermagem tem a fazer é colocar o paciente na melhor condição para que a natureza haja sobre ele; Ser humano: são definidos em relação ao seu ambiente;
  19. 19. O MODELO AMBIENTAL DE ENFERMAGEM DE NIGHTINGALE Ambiente: tudo que circunda o ser humano; Saúde: Nada sabemos sobre a saúde, o positivo do qual a patologia é o negativo;
  20. 20. ruído ar Saúde das casas variação luz cama limpeza Conversando sobre a esperança nutrição ventilação cliente AMBIENTE ENFERMEIRA ENFERMEIRA OBSERVADORA E PRÁTICA AMBIENTE
  21. 21. ruído ar Saúde das casas variação luz cama limpeza Conversando sobre a esperança nutrição ventilação cliente AMBIENTE ENFERMEIRA ENFERMEIRA OBSERVADORA E PRÁTICA AMBIENTE RUÍDO FONTE: GEORGE, 2000.
  22. 22. NIGHTINGALE E O PROCESSO DE ENFERMAGEM Investigação: Perguntar ao cliente o que é necessário ou desejado; Observação;
  23. 23. NIGHTINGALE E O PROCESSO DE ENFERMAGEM Diagnóstico: São baseados na análise das conclusões obtidas da informação investigada;
  24. 24. NIGHTINGALE E O PROCESSO DE ENFERMAGEM Planejamento: Inclui a identificação das ações de enfermagem para manter o paciente no melhor estado;
  25. 25. NIGHTINGALE E O PROCESSO DE ENFERMAGEM Implementação: Envolve a realização de ações que modifiquem o ambiente;
  26. 26. NIGHTINGALE E O PROCESSO DE ENFERMAGEM Avaliação: Está baseado no efeito das modificações do ambiente sobre a capacidade do cliente em recuperar a saúde;
  27. 27. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 1. As teorias podem inter- relacionar conceitos de tal forma que criem uma nova maneira de ver um determinado fenômeno;
  28. 28. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 2. As teorias devem ser de natureza lógica; 3. As teorias devem ser relativamente simples e ainda generalizáveis;
  29. 29. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 4. As teorias podem ser as bases para hipóteses serem testadas ou para a teoria ser expandida;
  30. 30. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 5. As teorias contribuem para o aumento do corpo de conhecimentos gerais da disciplina;
  31. 31. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 6. As teorias podem ser usadas por profissionais para orientar e melhorar a sua prática;
  32. 32. NIGHTINGALE E AS CARACTERÍSTICAS DE UMA TEORIA 7.As teorias devem ser consistentes com outras com outras teorias validadas, leis e princípios;
  33. 33. “EXISTE CUIDADO SEM CURA, MAS NÃO EXISTE CURA SEM CUIDADO.” Florence Nightingale

×