SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Baixar para ler offline
Câncer de
mama
Anatomia
Anatomia
Diferenciação celular
Anatomia
Por que falar sobre o câncer de
mama?
Talvez porque é a principal causa de morte por câncer entre as
mulheres no Brasil e no mundo...
Taxas de mortalidade por câncer de mama feminina,
mulheres.
específicas por faixas etárias, por 100.000
Brasil, 1990 a 2020. Fonte: INCA, 2020.
Olhem como foi no
Brasil entre 1990 e
2020
12,79% de óbitos a
cada 100.000
mulheres
FATORES DE RISCO
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
O fato de ser mulher, já
caracteriza um fator de
risco, mulheres são
100x mais propensas a
desenvolver que
homens.
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
1 em cada 8 cânceres de
mama são encontrados
em mulheres com
menos de 45 anos
2 de 3 cânceres invasivos
são diagnosticados em
mulheres acima dos 55
anos .
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
Cerca de 5% a 10% dos
câncer de mama são
hereditários
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
Parente feminino, em
primeiro grau, dobra o
risco de câncer de
mama.
Dois parentes de
primeiro grau: triplica o
risco!
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
O risco de desenvolver
um novo câncer na
mesma mama aumenta
depois do primeiro
diagnóstico
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
Mulheres com mamas
densas possuem 1,2 a 2
vezes maior risco de
câncer do que aquelas
com densidade normal.
FATORES DE RISCO
•Sexo
•Idade
•Fatores de risco genéticos
•História familiar de câncer de
mama
•História pessoal de câncer de
mama
•Densidade do tecido mamário
•Menarca precoce e menopausa
tardia
Menarca antes dos 12
anos e menopausa após
os 55 anos ;
Maior tempo de
exposição os hormônios:
estrógeno e
progesterona;
Fator que pode ser
influenciado pelo uso de
anticoncepcional
Como reduzir a mortalidade por
câncer de mama?
Reconhecendo os sinais
e sintomas do câncer
mama
de
Tendo acesso rápido e
facilitado aos serviços
saúde
de
Detectar
inicial –
a doença em sua fase
diagnóstico precoce
Vejam os principais sinais do câncer
de mama
https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
Cuide de suas mamas!
Esteja consciente da saúde de suas mamas.
Vá ao médico para examinar suas
mamas pelo menos uma vez ao
ano.
Aproveite o momento da consulta
ginecológica para isso!
Olhe, apalpe suas mamas sempre que se
sentir confortável!
Não há técnica, nem periodicidade para
isso!!!
https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
Não fique esperando um sinal para
cuidar de suas mamas!
Mesmo sem sinais, se você
tem idade de 50 a 69 anos
faça mamografia uma vez a
cada dois anos.
Se sua irmã e/ou mãe já
tiveram câncer de mama,
você passa a ter maior risco
de ter a doença. Então, não
espere os 50 anos para
consultar um especialista.
https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
Mitos e verdades
sobre o câncer de
mama
Alimentos cozidos em formo
microondas podem provocar cancer?
As micro-ondas não tornam
o alimento radioativo, não
apresentam risco desde que
usadas corretamente
Amamentar é um meio de prevenção?
Devido a fisiologia da
amamentação, as células
focam em produção de leite,
e não em replicação celular
Só as mulheres podem ter cancer de mama?
Homens também podem
desenvolver, pois possuem
glândulas mamárias
O câncer de mama pode ser causado por
um trauma (batida) nos seios?
A batida não é capaz de desencadear o tumor.
Não é por causa de um trauma que as células
malignas vão se multiplicar de maneira
desenfreada.
Se eu fizer o autoexame todos os meses, não
preciso fazer a mamografia
A batida não é capaz de desencadear o tumor.
Não é por causa de um trauma que as células
malignas vão se multiplicar de maneira
desenfreada.
Chás, "gummy bears", shots da imunidade, remédios e
outros “milagres” ajudam a prevenir câncer de mama
A melhor maneira de prevenir o câncer de mama
é ter uma vida saudável, com atividade física
regular, dieta pobre em gordura e peso adequado
para altura. Existe boa evidência científica que isto
reduz o risco de câncer de mama.
A prática regular de atividade física (pelo menos
150 minutos por semana),traz benefícios a saúde
em geral, a curto e longo prazo, e ajuda a prevenir
uma série de problemas crônicos e agudos. No
que diz respeito ao câncer de mama, segundo o
Inca, a obesidade e o sedentarismo estão
fortemente ligados ao risco de desenvolvimento
da doença
Atividades físicas ajudam prevenir o
câncer de mama
Vamos nessa?
Cuide de suas mamas!!!!
Referências
• Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2020 :
incidência de câncer no Brasil / Instituto Nacional de Câncer José Alencar
Gomes da Silva. – Rio de Janeiro : INCA, 2019.
Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. II – Novas
recomendações nacionais, principais evidências e controvérsias. Cad Saude
Publica. 2018 Jun 21;34(6):e00074817.
Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. III – Desafios à
implementação. Cad Saude Publica. 2018 Jun 25;34(6):e00046317.
http://www.scielo.br/pdf/csp/v34n6/1678-4464-csp-34-06-e00046317.pdf
BRASIL. Ministério da Saúde. SIASUS: Sistema de informações ambulatoriais do
SUS. Rio de Janeiro, 2019. 1 base de dados. Disponível em:
http://sia.datasus.gov.br/ principal/index.php. Acesso em: 15 setembro 2020.
BRASIL. Ministério da Saúde. SISCAN: Sistema de informação do câncer: versão
1.7.1. [Brasília, DF: Ministério da Saúde], 2019. 1 base de dados. Disponível
em: http:// siscan.saude.gov.br. Acesso em: 20 setembro 2020.
•
•
•
•

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.biankathamara
 
Saúde da Mulher em Câncer de Mama
Saúde da Mulher em Câncer de MamaSaúde da Mulher em Câncer de Mama
Saúde da Mulher em Câncer de MamaBruna Oliveira
 
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Simone Amucc
 
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxOutubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxWilsonBonifcio
 
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018Simone Amucc
 
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaOutubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaGustavo Alvarez
 
Um toque de carinho!
Um toque de carinho!Um toque de carinho!
Um toque de carinho!Cátia Costa
 
Previna o cancer do colo de útero
Previna o cancer do colo de úteroPrevina o cancer do colo de útero
Previna o cancer do colo de úteroCLESIOANDRADE
 
Câncer de mama - Palestra para comunidade
Câncer de mama -  Palestra para comunidadeCâncer de mama -  Palestra para comunidade
Câncer de mama - Palestra para comunidadeMaylu Souza
 
Cancro do Colo o Útero
Cancro do Colo o ÚteroCancro do Colo o Útero
Cancro do Colo o ÚteroFrances S.
 
Outubro Rosa
Outubro RosaOutubro Rosa
Outubro RosaAna Luzia
 

Mais procurados (20)

Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
Câncer de Mama uma visão mais objetiva do assunto.
 
Outubro Rosa - Cancer de Mama
Outubro Rosa - Cancer de MamaOutubro Rosa - Cancer de Mama
Outubro Rosa - Cancer de Mama
 
Cancer de Mama
Cancer de MamaCancer de Mama
Cancer de Mama
 
Saúde da Mulher em Câncer de Mama
Saúde da Mulher em Câncer de MamaSaúde da Mulher em Câncer de Mama
Saúde da Mulher em Câncer de Mama
 
Outubro rosa
Outubro rosaOutubro rosa
Outubro rosa
 
Câncer de mama
Câncer de mamaCâncer de mama
Câncer de mama
 
Câncer de mama: do exame clínico ao exame de imagem
Câncer de mama: do exame clínico ao exame de imagemCâncer de mama: do exame clínico ao exame de imagem
Câncer de mama: do exame clínico ao exame de imagem
 
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
Aula 4 ciclo do controle do cancer de mama 2018
 
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptxOutubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
Outubro Rosa - Emilia_Wilson.pptx
 
Câncer de mama
Câncer de mamaCâncer de mama
Câncer de mama
 
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018
Aula 1 entendendo o cancer de mama 2018
 
Slides cancer de mama
Slides cancer de mamaSlides cancer de mama
Slides cancer de mama
 
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mamaOutubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
Outubro Rosa e a prevenção do cancer de mama
 
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
Hábitos Saudáveis e a Prevenção do Câncer de Mama: é possível?
 
Um toque de carinho!
Um toque de carinho!Um toque de carinho!
Um toque de carinho!
 
Previna o cancer do colo de útero
Previna o cancer do colo de úteroPrevina o cancer do colo de útero
Previna o cancer do colo de útero
 
Câncer de mama - Palestra para comunidade
Câncer de mama -  Palestra para comunidadeCâncer de mama -  Palestra para comunidade
Câncer de mama - Palestra para comunidade
 
Cancro do Colo o Útero
Cancro do Colo o ÚteroCancro do Colo o Útero
Cancro do Colo o Útero
 
Aula 4 câncer de mama
Aula 4   câncer de mamaAula 4   câncer de mama
Aula 4 câncer de mama
 
Outubro Rosa
Outubro RosaOutubro Rosa
Outubro Rosa
 

Semelhante a Câncer de mama: Fatores de risco e prevenção

Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoCartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoFarmacêutico Digital
 
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptx
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptxTudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptx
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptxMayra Linhares
 
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"Marcia Oliveira
 
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaArtigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaNathalia Belletato
 
importancia do conhecimento do Cancro da mama.ppt
importancia do conhecimento do Cancro da mama.pptimportancia do conhecimento do Cancro da mama.ppt
importancia do conhecimento do Cancro da mama.pptvalentimamuge
 
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdf
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdfaula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdf
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdfAndreiaCosta151227
 
Laço lutamos contra o cancro da mama
Laço lutamos contra o cancro da mamaLaço lutamos contra o cancro da mama
Laço lutamos contra o cancro da mamaBiblioteca de Fafe
 
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptx
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptxApresentação Outubro Rosa.pptx.pptx
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptxWatchFaceFree
 
eBook - Câncer de mama
eBook - Câncer de mamaeBook - Câncer de mama
eBook - Câncer de mamaGnTech
 
Arte outubro folder
Arte outubro folderArte outubro folder
Arte outubro folderDaniel Dino
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Silvio Bromberg
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Silvio Bromberg
 

Semelhante a Câncer de mama: Fatores de risco e prevenção (20)

cartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
cartilha_cancer_de_mama_2022.pdfcartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
cartilha_cancer_de_mama_2022.pdf
 
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar dissoCartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
Cartilha Campanha Outubro Rosa 2014 - Câncer de Mama: é preciso falar disso
 
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptx
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptxTudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptx
Tudo-o-que-você-sempre-quis-saber-sobre-o-câncer-de-mama.pptx
 
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
TCF sobre "Entendendo o cancer de mama"
 
Outubro rosa e novembro azul 2018
Outubro rosa e novembro azul 2018Outubro rosa e novembro azul 2018
Outubro rosa e novembro azul 2018
 
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro RosaArtigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
Artigo com Nathalia Belletato sobre o Outubro Rosa
 
importancia do conhecimento do Cancro da mama.ppt
importancia do conhecimento do Cancro da mama.pptimportancia do conhecimento do Cancro da mama.ppt
importancia do conhecimento do Cancro da mama.ppt
 
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdf
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdfaula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdf
aula_tumoresfemininos_mulherporinteiro.pdf
 
Laço lutamos contra o cancro da mama
Laço lutamos contra o cancro da mamaLaço lutamos contra o cancro da mama
Laço lutamos contra o cancro da mama
 
LaçO Lutamos Contra O Cancro Da Mama
LaçO   Lutamos Contra O Cancro Da MamaLaçO   Lutamos Contra O Cancro Da Mama
LaçO Lutamos Contra O Cancro Da Mama
 
Outubro Rosa
Outubro RosaOutubro Rosa
Outubro Rosa
 
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptx
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptxApresentação Outubro Rosa.pptx.pptx
Apresentação Outubro Rosa.pptx.pptx
 
Campanha Outubro Rosa
Campanha Outubro RosaCampanha Outubro Rosa
Campanha Outubro Rosa
 
eBook - Câncer de mama
eBook - Câncer de mamaeBook - Câncer de mama
eBook - Câncer de mama
 
outubro-rosa-sugestao
outubro-rosa-sugestaooutubro-rosa-sugestao
outubro-rosa-sugestao
 
outubro rosa.pptx
outubro rosa.pptxoutubro rosa.pptx
outubro rosa.pptx
 
Arte outubro folder
Arte outubro folderArte outubro folder
Arte outubro folder
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
 
Sb debate em saude
Sb debate em saudeSb debate em saude
Sb debate em saude
 
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
Debate em Saúde: A mamografia na prevenção do câncer de mama: qual a idade id...
 

Mais de MarcelaTessalia

principios basicos da anestesia para enfermagem
principios basicos da anestesia para enfermagemprincipios basicos da anestesia para enfermagem
principios basicos da anestesia para enfermagemMarcelaTessalia
 
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptx
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptxRECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptx
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptxMarcelaTessalia
 
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptxpatologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptxMarcelaTessalia
 
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptx
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptxTRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptx
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptxMarcelaTessalia
 
Sistema circulatorio.pptx
Sistema circulatorio.pptxSistema circulatorio.pptx
Sistema circulatorio.pptxMarcelaTessalia
 
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdf
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdftrabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdf
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdfMarcelaTessalia
 
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptx
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptxDOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptx
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptxMarcelaTessalia
 
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdf
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdfmanual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdf
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdfMarcelaTessalia
 
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdf
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdfCONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdf
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdfMarcelaTessalia
 
leishmaniose-visceral.ppt
leishmaniose-visceral.pptleishmaniose-visceral.ppt
leishmaniose-visceral.pptMarcelaTessalia
 

Mais de MarcelaTessalia (12)

principios basicos da anestesia para enfermagem
principios basicos da anestesia para enfermagemprincipios basicos da anestesia para enfermagem
principios basicos da anestesia para enfermagem
 
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptx
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptxRECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptx
RECURSOS HUMANOS E O PAPEL DO ENFERMEIRO NO.pptx
 
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptxpatologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
patologia DO SISTEMA RESPIRATÓRIO.pptx
 
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptx
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptxTRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptx
TRABALHO DE PARTO E PARTO DE RISCO HABITUAL.pptx
 
Sistema circulatorio.pptx
Sistema circulatorio.pptxSistema circulatorio.pptx
Sistema circulatorio.pptx
 
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdf
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdftrabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdf
trabalhodepatologia-131110183626-phpapp01.pdf
 
Patologia
Patologia Patologia
Patologia
 
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptx
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptxDOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptx
DOENÇAS CRÔNICAS HAS.pptx
 
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdf
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdfmanual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdf
manual_vigilancia_leishmaniose_tegumentar.pdf
 
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdf
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdfCONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdf
CONSULTA DE PUERICULTURA ENF ANGÉLICA.pdf
 
COMPLETA.pptx
COMPLETA.pptxCOMPLETA.pptx
COMPLETA.pptx
 
leishmaniose-visceral.ppt
leishmaniose-visceral.pptleishmaniose-visceral.ppt
leishmaniose-visceral.ppt
 

Último

63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf
63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf
63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdfLEANDROSPANHOL1
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALDEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALCarlosLinsJr
 
MICROBIOLOGIA aula curso tecnico em enfermagem.pdf
MICROBIOLOGIA  aula  curso tecnico em enfermagem.pdfMICROBIOLOGIA  aula  curso tecnico em enfermagem.pdf
MICROBIOLOGIA aula curso tecnico em enfermagem.pdfkathleenrichardanton
 
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfMarceloMonteiro213738
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinaaula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinajarlianezootecnista
 
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999vanessa270433
 
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptos-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptfernandoalvescosta3
 
avaliação pratica. pdf
avaliação pratica.                           pdfavaliação pratica.                           pdf
avaliação pratica. pdfHELLEN CRISTINA
 
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obrasosnikobus1
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdfHELLEN CRISTINA
 
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoTécnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoPamelaMariaMoreiraFo
 
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfAromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfanalucia839701
 

Último (14)

63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf
63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf
63mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm7769.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTALDEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
DEPRESSÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM - SAÚDE MENTAL
 
MICROBIOLOGIA aula curso tecnico em enfermagem.pdf
MICROBIOLOGIA  aula  curso tecnico em enfermagem.pdfMICROBIOLOGIA  aula  curso tecnico em enfermagem.pdf
MICROBIOLOGIA aula curso tecnico em enfermagem.pdf
 
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdfA HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
A HISTÓRIA DA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA..pdf
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteinaaula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
aula 7. proteínas.ppt. conceitos de proteina
 
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
AULA 12 Sistema urinário.pptx9999999999999
 
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.pptos-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
os-principios-das-leis-da-genetica-ou-mendelianas.ppt
 
avaliação pratica. pdf
avaliação pratica.                           pdfavaliação pratica.                           pdf
avaliação pratica. pdf
 
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
1. 2 PLACAS DE SINALIAÇÃO - (1).pptx Material de obras
 
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdfPLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I  GESTaO.pdf
PLANO DE ENSINO Disciplina Projeto Integrado I GESTaO.pdf
 
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamentoTécnica Shantala para bebês: relaxamento
Técnica Shantala para bebês: relaxamento
 
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdfAromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções-Aromaterapia e emoções.pdf
 

Câncer de mama: Fatores de risco e prevenção

  • 6. Por que falar sobre o câncer de mama? Talvez porque é a principal causa de morte por câncer entre as mulheres no Brasil e no mundo... Taxas de mortalidade por câncer de mama feminina, mulheres. específicas por faixas etárias, por 100.000 Brasil, 1990 a 2020. Fonte: INCA, 2020. Olhem como foi no Brasil entre 1990 e 2020 12,79% de óbitos a cada 100.000 mulheres
  • 7. FATORES DE RISCO FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia O fato de ser mulher, já caracteriza um fator de risco, mulheres são 100x mais propensas a desenvolver que homens.
  • 8. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia 1 em cada 8 cânceres de mama são encontrados em mulheres com menos de 45 anos 2 de 3 cânceres invasivos são diagnosticados em mulheres acima dos 55 anos .
  • 9. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia Cerca de 5% a 10% dos câncer de mama são hereditários
  • 10. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia Parente feminino, em primeiro grau, dobra o risco de câncer de mama. Dois parentes de primeiro grau: triplica o risco!
  • 11. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia O risco de desenvolver um novo câncer na mesma mama aumenta depois do primeiro diagnóstico
  • 12. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia Mulheres com mamas densas possuem 1,2 a 2 vezes maior risco de câncer do que aquelas com densidade normal.
  • 13. FATORES DE RISCO •Sexo •Idade •Fatores de risco genéticos •História familiar de câncer de mama •História pessoal de câncer de mama •Densidade do tecido mamário •Menarca precoce e menopausa tardia Menarca antes dos 12 anos e menopausa após os 55 anos ; Maior tempo de exposição os hormônios: estrógeno e progesterona; Fator que pode ser influenciado pelo uso de anticoncepcional
  • 14. Como reduzir a mortalidade por câncer de mama? Reconhecendo os sinais e sintomas do câncer mama de Tendo acesso rápido e facilitado aos serviços saúde de Detectar inicial – a doença em sua fase diagnóstico precoce
  • 15. Vejam os principais sinais do câncer de mama https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
  • 16.
  • 17. Cuide de suas mamas! Esteja consciente da saúde de suas mamas. Vá ao médico para examinar suas mamas pelo menos uma vez ao ano. Aproveite o momento da consulta ginecológica para isso! Olhe, apalpe suas mamas sempre que se sentir confortável! Não há técnica, nem periodicidade para isso!!! https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
  • 18. Não fique esperando um sinal para cuidar de suas mamas! Mesmo sem sinais, se você tem idade de 50 a 69 anos faça mamografia uma vez a cada dois anos. Se sua irmã e/ou mãe já tiveram câncer de mama, você passa a ter maior risco de ter a doença. Então, não espere os 50 anos para consultar um especialista. https://www.google.com/imghp?hl=pt-BR
  • 19. Mitos e verdades sobre o câncer de mama
  • 20. Alimentos cozidos em formo microondas podem provocar cancer? As micro-ondas não tornam o alimento radioativo, não apresentam risco desde que usadas corretamente
  • 21. Amamentar é um meio de prevenção? Devido a fisiologia da amamentação, as células focam em produção de leite, e não em replicação celular
  • 22. Só as mulheres podem ter cancer de mama? Homens também podem desenvolver, pois possuem glândulas mamárias
  • 23. O câncer de mama pode ser causado por um trauma (batida) nos seios? A batida não é capaz de desencadear o tumor. Não é por causa de um trauma que as células malignas vão se multiplicar de maneira desenfreada.
  • 24. Se eu fizer o autoexame todos os meses, não preciso fazer a mamografia A batida não é capaz de desencadear o tumor. Não é por causa de um trauma que as células malignas vão se multiplicar de maneira desenfreada.
  • 25. Chás, "gummy bears", shots da imunidade, remédios e outros “milagres” ajudam a prevenir câncer de mama A melhor maneira de prevenir o câncer de mama é ter uma vida saudável, com atividade física regular, dieta pobre em gordura e peso adequado para altura. Existe boa evidência científica que isto reduz o risco de câncer de mama.
  • 26. A prática regular de atividade física (pelo menos 150 minutos por semana),traz benefícios a saúde em geral, a curto e longo prazo, e ajuda a prevenir uma série de problemas crônicos e agudos. No que diz respeito ao câncer de mama, segundo o Inca, a obesidade e o sedentarismo estão fortemente ligados ao risco de desenvolvimento da doença Atividades físicas ajudam prevenir o câncer de mama
  • 27. Vamos nessa? Cuide de suas mamas!!!!
  • 28. Referências • Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2020 : incidência de câncer no Brasil / Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. – Rio de Janeiro : INCA, 2019. Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. II – Novas recomendações nacionais, principais evidências e controvérsias. Cad Saude Publica. 2018 Jun 21;34(6):e00074817. Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. III – Desafios à implementação. Cad Saude Publica. 2018 Jun 25;34(6):e00046317. http://www.scielo.br/pdf/csp/v34n6/1678-4464-csp-34-06-e00046317.pdf BRASIL. Ministério da Saúde. SIASUS: Sistema de informações ambulatoriais do SUS. Rio de Janeiro, 2019. 1 base de dados. Disponível em: http://sia.datasus.gov.br/ principal/index.php. Acesso em: 15 setembro 2020. BRASIL. Ministério da Saúde. SISCAN: Sistema de informação do câncer: versão 1.7.1. [Brasília, DF: Ministério da Saúde], 2019. 1 base de dados. Disponível em: http:// siscan.saude.gov.br. Acesso em: 20 setembro 2020. • • • •