Asma
INTRODUÇÃO• A asma é um problema de saúde pública mundial que acometepessoas de todas as idades, com graus variados de gra...
INTRODUÇÃO• Doença pulmonar caracterizada pelo estreitamento dosbrônquios (canais que levam o ar aos pulmões), provocaepis...
CAUSAS• O estreitamento dos brônquios nos indivíduos com asma podeser provocado pela reação a substâncias alergênicas, com...
• Quando ocorre uma crise de asma, os brônquios ficaminchados, quase fechados e cheios de muco, devido à inflamaçãodos tec...
 Falta de ar Tosse Chiado no peitoSINTOMAS• As crises asmáticas variam em frequência e intensidade.• A crise de asma é ...
• O diagnóstico da asma se baseia nas condições clínicas efuncionais do paciente.• É comum a apresentação de um ou mais do...
• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento para cadacaso.• Som...
O tratamento da doença, cujo objetivo é aliviar as crises e evitarsua frequência, consiste na utilização de duas classes d...
TRATAMENTO• Ambos os medicamentos podem ser administrados pornebulização, spray (conhecido popularmente como“bombinha”), c...
• Não há como curar a asma, mas é possível prevenir as crisesde falta de ar com medicamentos de uso profilático ou pormuda...
Consulte sempre o seu médico.Fontes:Manual Merck. Biblioteca Médica Online. http://www.manualmerck.net.Mayo Clinic. http:/...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação asma

5.094 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
216
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação asma

  1. 1. Asma
  2. 2. INTRODUÇÃO• A asma é um problema de saúde pública mundial que acometepessoas de todas as idades, com graus variados de gravidade efrequência.• Sua prevalência, principalmente em crianças, está aumentandoem todas as regiões do planeta.
  3. 3. INTRODUÇÃO• Doença pulmonar caracterizada pelo estreitamento dosbrônquios (canais que levam o ar aos pulmões), provocaepisódios de tosse e falta de ar.• De acordo com a Organização Mundial da Saúde(OMS), estima-se que 100 a 150 milhões de pessoas no mundosejam asmáticas, sem distinção social, racial ou de idade.
  4. 4. CAUSAS• O estreitamento dos brônquios nos indivíduos com asma podeser provocado pela reação a substâncias alergênicas, como:Pólen das floresÁcaros(presentes na poeira da casa)Pelos de animaisdomésticos Fumaça de cigarrosAr frio Exercício físico
  5. 5. • Quando ocorre uma crise de asma, os brônquios ficaminchados, quase fechados e cheios de muco, devido à inflamaçãodos tecidos que revestem as vias aéreas.• Essa reação causa um processo de broncoconstrição (odiâmetro dos brônquios diminui), dificultando a respiração dopaciente.• Em geral, indivíduos com asma possuem histórico familiar depessoas portadoras da mesma doença, sejam pais, avós, irmãosou filhos, ou, ainda, de outras causas. O caráter genético dadoença já está comprovado e parece ser o principal fatorpredisponente.CAUSAS
  6. 6.  Falta de ar Tosse Chiado no peitoSINTOMAS• As crises asmáticas variam em frequência e intensidade.• A crise de asma é caracterizada por:• Tais sintomas podem surgir em qualquer hora do dia, porém sãopredominantes durante a manhã e à noite.• Elas tendem a se agravar após infecções virais, esforço e/ouexposição a agentes alérgicos ou irritantes.
  7. 7. • O diagnóstico da asma se baseia nas condições clínicas efuncionais do paciente.• É comum a apresentação de um ou mais dos seguintessintomas: falta de ar, tosse crônica, sibilância (chiado no peito) eaperto no peito ou desconforto torácico, particularmente à noite ounas primeiras horas da manhã.• Para complementar o diagnóstico estão indicados radiografia dotórax e exames de sangue para verificar se o paciente éalérgico, além da espirometria, que identifica e quantifica aobstrução ao fluxo de ar.DIAGNÓSTICO
  8. 8. • Procurar um médico aos primeiros sinais da doença éfundamental para a indicação do melhor tratamento para cadacaso.• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relaçãoaos procedimentos adequados e ao uso de remédios.TRATAMENTO
  9. 9. O tratamento da doença, cujo objetivo é aliviar as crises e evitarsua frequência, consiste na utilização de duas classes demedicamento:TRATAMENTOAnti-inflamatórios (corticoides inalatórios)São eficazes no combate à inflamação, porém somente sãoindicados nas crises mais fortes de asma. Eles previnemtambém o agravamento da doença, além de aumentar ointervalo entre uma crise e outra.BroncodilatadoresDilatam os brônquios, permitindo o fluxo normal de ar nas viasrespiratórias. Alguns apresentam efeito curto e outros, maisprolongados, de até 12 horas. A indicação dependerá daevolução dos sintomas.
  10. 10. TRATAMENTO• Ambos os medicamentos podem ser administrados pornebulização, spray (conhecido popularmente como“bombinha”), comprimido e xarope.• A preferência, entretanto, é pela nebulização, por ser maiseficaz e causar menos efeitos indesejáveis.
  11. 11. • Não há como curar a asma, mas é possível prevenir as crisesde falta de ar com medicamentos de uso profilático ou pormudança de comportamento, evitando-se os agentes alérgicos eirritantes do ar livre.• O asmático é capaz de aprender a reconhecer os sinais deuma crise iminente, como, por exemplo, uma leve tosse, umchiado no peito ou falta de ar.• É indispensável que os ambientes de casa e de trabalho semantenham os mais limpos possíveis.PREVENÇÃO
  12. 12. Consulte sempre o seu médico.Fontes:Manual Merck. Biblioteca Médica Online. http://www.manualmerck.net.Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.com.OMS. http://www.who.int/countries/bra.SBP. www.sbp.com.br/show_item2.cfm?id.Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

×