SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Prof. Sérgio Lenz  – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 E-mail : sergio.joinville@gmail.com  BLOG :http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN : sergiolenz@hotmail.com Li ç ão 9 –  27 de Fevereiro de 2011 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Penha - SC A Conversão de Paulo
Texto Áureo: Verdade Prática: “ Porém o Senhor disse: Vá fazer o que Eu digo, porque Saulo é o meu instrumento escolhido para levar a minha mensagem às nações e diante de reis, tanto como ao povo de Israel. E Eu mostrarei a ele quanto deve sofrer por Mim". (1)   Mt 5:11 Na urgência da evangelização mundial, o SENHOR Jesus continua a convocar e a capacitar vasos escolhidos para a sua seara. (1)  A Bíblia Viva – edição para todos . Ed. Mundo Cristão. SP: 1981. Edição Eletrônica
Esboço da Lição: 3  – PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 2   – A CONVERSÃO DE SAULO 1  –  SAULO DE TARSO
I N T R O D U Ç Ã O Paulo. O apóstolo dos gentios. Depois de Jesus, é considerado o mais o personagem mais importante. Quase metade do NT e 17 dos 28 capítulos de Atos são de sua responsabilidade. Aprendamos mais a respeito de sua vida e obra. O Apóstolo Paulo Pintura de Andrei Rublev, 1407
I - SAULO DE TARSO 1.1 – A formação cultural de Paulo: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
I - SAULO DE TARSO 1.2 – Paulo, cidadão romano: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CAMINHO DE DAMASCO II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus:
Em At 9:3-18 a narração parece ser dirigida a Igreja. II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus: Em At 22:6-21 a narração parece ser dirigida aos judeus. Em At 26:12-18 a narração parece ser dirigida aos gentios. Em todos os casos não há contradição nas narrações, senão a adaptação de uma história completa à compreensão de seus ouvintes…
II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.2 – Ananias visita a Paulo: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.3 – Saulo, de perseguidor a perseguido: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.4 –  Sua vida pode ser dividida em quatro períodos: MESTERS, Carlos.  Uma entrevista com o Apóstolo Paulo . CEBI, Coleção “A Palavra na Vida”, n.° 1, 1988, p. 39
[object Object],[object Object],II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.4 –  Sua vida pode ser dividida em quatro períodos: MESTERS, Carlos.  Uma entrevista com o Apóstolo Paulo . CEBI, Coleção “A Palavra na Vida”, n.° 1, 1988, p. 39
III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.1 – Conhecer a vontade de Deus: VIVENDO  SEM ANSIEDADE VIVENDO A BÍBLIA SAGRADA VIVENDO EM ORAÇÃO VIVENDO PELA FÉ COMO  SABER A VONTADE DE DEUS
III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
OS JUDEUS PENSAVAM QUE A SALVAÇÃO ERA SÓ PARA ELES. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
PAULO ENTENDEU QUE A SALVAÇÃO ERA PARA TODAS AS PESSOAS. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.3 – Sofrer a favor de Cristo e do Evangelho: EU SOU O ÚNICO QUE POSSO ME SEPARAR DO AMOR DE CRISTO criaturas potestades anjos porvir presente morte nudez persegui- ção escassez angústia tribulação Nada nos separa do amor de Cristo
C O N C L U S Ã O A conversão e vocação de Paulo ensinam-nos que Deus chama e capacita a quem Ele quer para ministérios específicos. Ele transforma o mais terrível dos homens num “vaso escolhido”, a fim de que proclame o Seu Evangelho até aos confins da terra. Você foi chamado para anunciar a mensagem da cruz? Obedeça, já. É o tempo de segar.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Milas Aldrin Alves
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
Cleudson Corrêa
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Ezequiel Gomes
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
Moisés Sampaio
 

Mais procurados (20)

Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na VerdadeLição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
Lição 1 - As Cartas de Pedro: Vivendo em Esperança e Firmados na Verdade
 
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
Os três campos de batalha   parte 1 - a menteOs três campos de batalha   parte 1 - a mente
Os três campos de batalha parte 1 - a mente
 
3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus3. O Evangelho Segundo Mateus
3. O Evangelho Segundo Mateus
 
7. arrebatamento
7. arrebatamento7. arrebatamento
7. arrebatamento
 
Palestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familiaPalestra sobre o papel de cada um na familia
Palestra sobre o papel de cada um na familia
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas HeresiasLição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
Lição 11 - Alerta Contra os Falsos Mestres e Suas Heresias
 
A primeira viagem missionaria de paulo
A primeira viagem missionaria de pauloA primeira viagem missionaria de paulo
A primeira viagem missionaria de paulo
 
Fortalezas espirituais
Fortalezas espirituaisFortalezas espirituais
Fortalezas espirituais
 
Esperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesusEsperando a volta de jesus
Esperando a volta de jesus
 
Os Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da CarneOs Perigos das Obras da Carne
Os Perigos das Obras da Carne
 
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemiFechamento da porta da graça iasd iguatemi
Fechamento da porta da graça iasd iguatemi
 
Soteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da SalvaçãoSoteriologia - Doutrina da Salvação
Soteriologia - Doutrina da Salvação
 
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetasLição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
Lição 8 O perigo de ser enganado por falsos profetas
 
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
Curto Cirucuito - Palestra Para Jovens Evangélicos.
 
O que é orgulho
O que é orgulhoO que é orgulho
O que é orgulho
 
4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos4. O Evangelho Segundo Marcos
4. O Evangelho Segundo Marcos
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demôniosO poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
O poder de Jesus sobre a natureza e os demônios
 
Gnosticismo
GnosticismoGnosticismo
Gnosticismo
 

Semelhante a A Conversão de Paulo

I e ii_tessalonicenses.b
I e ii_tessalonicenses.bI e ii_tessalonicenses.b
I e ii_tessalonicenses.b
ricardosantista
 

Semelhante a A Conversão de Paulo (20)

Sao Paulo, Aapostolo 1 (portuguese) Cultura y Conversao
Sao Paulo, Aapostolo   1 (portuguese) Cultura y ConversaoSao Paulo, Aapostolo   1 (portuguese) Cultura y Conversao
Sao Paulo, Aapostolo 1 (portuguese) Cultura y Conversao
 
ESTUDOS NO NOVO TESTAMENTO AS CARTAS PAULINAS
ESTUDOS NO NOVO TESTAMENTO AS CARTAS PAULINAS ESTUDOS NO NOVO TESTAMENTO AS CARTAS PAULINAS
ESTUDOS NO NOVO TESTAMENTO AS CARTAS PAULINAS
 
STNB-NT2-M1
STNB-NT2-M1STNB-NT2-M1
STNB-NT2-M1
 
Licao 2 4 t - 2021 - cpad - 16x9
Licao 2   4 t - 2021 - cpad - 16x9Licao 2   4 t - 2021 - cpad - 16x9
Licao 2 4 t - 2021 - cpad - 16x9
 
EBOOK-Viagens-Missionarias-Paulo.pdf
EBOOK-Viagens-Missionarias-Paulo.pdfEBOOK-Viagens-Missionarias-Paulo.pdf
EBOOK-Viagens-Missionarias-Paulo.pdf
 
panorama-biblico un estudio sistematico.ppt
panorama-biblico un estudio sistematico.pptpanorama-biblico un estudio sistematico.ppt
panorama-biblico un estudio sistematico.ppt
 
1 he1-estudo
1   he1-estudo1   he1-estudo
1 he1-estudo
 
I e ii_tessalonicenses
I e ii_tessalonicensesI e ii_tessalonicenses
I e ii_tessalonicenses
 
I e ii_tessalonicenses.b
I e ii_tessalonicenses.bI e ii_tessalonicenses.b
I e ii_tessalonicenses.b
 
Epistolas paulinas
Epistolas paulinasEpistolas paulinas
Epistolas paulinas
 
ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdfATOS DOS APSTOLOS  ATUALIZADO Reparado.pdf
ATOS DOS APSTOLOS ATUALIZADO Reparado.pdf
 
AS CARTAS DE PAULO.pdf
AS CARTAS DE PAULO.pdfAS CARTAS DE PAULO.pdf
AS CARTAS DE PAULO.pdf
 
Historia da igreja I aula 2
Historia da igreja I  aula 2Historia da igreja I  aula 2
Historia da igreja I aula 2
 
Absg 12-q3-p-l03-t
Absg 12-q3-p-l03-tAbsg 12-q3-p-l03-t
Absg 12-q3-p-l03-t
 
Atos dos apostolos
Atos dos apostolos Atos dos apostolos
Atos dos apostolos
 
Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1Epístolas gerais - aula 1
Epístolas gerais - aula 1
 
epistolaspaulinascorrigidas.pdf
epistolaspaulinascorrigidas.pdfepistolaspaulinascorrigidas.pdf
epistolaspaulinascorrigidas.pdf
 
Panorama do nt 3
Panorama do nt 3Panorama do nt 3
Panorama do nt 3
 
Lição 9 Confrontando os Inimigos da Cruz
Lição 9 Confrontando os Inimigos da CruzLição 9 Confrontando os Inimigos da Cruz
Lição 9 Confrontando os Inimigos da Cruz
 
panorama NT 2022.ppt
panorama NT 2022.pptpanorama NT 2022.ppt
panorama NT 2022.ppt
 

Mais de Igreja Evangélica Assembleia de Deus

Mais de Igreja Evangélica Assembleia de Deus (20)

LIÇÃO 09 - ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO RELIGIOSO
LIÇÃO 09 - ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO RELIGIOSOLIÇÃO 09 - ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO RELIGIOSO
LIÇÃO 09 - ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO RELIGIOSO
 
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTOLIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
LIÇÃO - 06 NEEMIAS LIDERA UM GENUÍNO AVIVAMENTO
 
COMO ENFRENTAR A OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS
COMO ENFRENTAR A OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUSCOMO ENFRENTAR A OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS
COMO ENFRENTAR A OPOSIÇÃO À OBRA DE DEUS
 
EBD LIÇÃO 13 - A PLENITUDE DO REINO DE DEUS
EBD LIÇÃO 13 - A PLENITUDE DO REINO DE DEUSEBD LIÇÃO 13 - A PLENITUDE DO REINO DE DEUS
EBD LIÇÃO 13 - A PLENITUDE DO REINO DE DEUS
 
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃLIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ
 
Apresentação historia da ebd
Apresentação historia da ebdApresentação historia da ebd
Apresentação historia da ebd
 
Dia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola DominicalDia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola Dominical
 
EBD LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
EBD LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJAEBD LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
EBD LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
 
EBD - LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
EBD - LIÇÃO 11  A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJAEBD - LIÇÃO 11  A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
EBD - LIÇÃO 11 A INFLUENCIA CULTURAL DA IGREJA
 
LIÇÃO 09 - PRESERVANDO A IDENTIDADE DA IGREJA
LIÇÃO 09 - PRESERVANDO A IDENTIDADE DA IGREJALIÇÃO 09 - PRESERVANDO A IDENTIDADE DA IGREJA
LIÇÃO 09 - PRESERVANDO A IDENTIDADE DA IGREJA
 
LIÇÃO 08 - IGREJA - AGENTE TRANSFORMADOR DA SOCIEDADE1)
LIÇÃO 08 - IGREJA - AGENTE TRANSFORMADOR DA SOCIEDADE1)LIÇÃO 08 - IGREJA - AGENTE TRANSFORMADOR DA SOCIEDADE1)
LIÇÃO 08 - IGREJA - AGENTE TRANSFORMADOR DA SOCIEDADE1)
 
LIÇÃO 07 - A BELEZA DO SERVIÇO CRISTÃO
LIÇÃO 07 - A BELEZA DO SERVIÇO CRISTÃOLIÇÃO 07 - A BELEZA DO SERVIÇO CRISTÃO
LIÇÃO 07 - A BELEZA DO SERVIÇO CRISTÃO
 
LIÇÃO 06 A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO
LIÇÃO 06  A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃOLIÇÃO 06  A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO
LIÇÃO 06 A EFICÁCIA DO TESTEMUNHO CRISTÃO
 
O Reino de Deus Através da Igreja
O Reino de Deus Através da IgrejaO Reino de Deus Através da Igreja
O Reino de Deus Através da Igreja
 
Comissão cultural e a grande comissão pdf
Comissão cultural e a grande comissão pdfComissão cultural e a grande comissão pdf
Comissão cultural e a grande comissão pdf
 
A vida do novo convertido
A vida do novo convertidoA vida do novo convertido
A vida do novo convertido
 
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
O PROJETO ORIGINAL DO REINO DE DEUS
 
LIÇÃO 11 - UMA IGREJA AUTENTICAMENTE PENTECOSTAL
LIÇÃO 11 - UMA IGREJA AUTENTICAMENTE PENTECOSTALLIÇÃO 11 - UMA IGREJA AUTENTICAMENTE PENTECOSTAL
LIÇÃO 11 - UMA IGREJA AUTENTICAMENTE PENTECOSTAL
 
Centenário das Assembléias de Deus no Brasil
Centenário das Assembléias de Deus no BrasilCentenário das Assembléias de Deus no Brasil
Centenário das Assembléias de Deus no Brasil
 
EBD - LIÇÃO - 9 A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
EBD - LIÇÃO - 9  A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTALEBD - LIÇÃO - 9  A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
EBD - LIÇÃO - 9 A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 

A Conversão de Paulo

  • 1. Prof. Sérgio Lenz – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 E-mail : sergio.joinville@gmail.com BLOG :http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN : sergiolenz@hotmail.com Li ç ão 9 – 27 de Fevereiro de 2011 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Penha - SC A Conversão de Paulo
  • 2. Texto Áureo: Verdade Prática: “ Porém o Senhor disse: Vá fazer o que Eu digo, porque Saulo é o meu instrumento escolhido para levar a minha mensagem às nações e diante de reis, tanto como ao povo de Israel. E Eu mostrarei a ele quanto deve sofrer por Mim". (1) Mt 5:11 Na urgência da evangelização mundial, o SENHOR Jesus continua a convocar e a capacitar vasos escolhidos para a sua seara. (1) A Bíblia Viva – edição para todos . Ed. Mundo Cristão. SP: 1981. Edição Eletrônica
  • 3. Esboço da Lição: 3 – PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 2 – A CONVERSÃO DE SAULO 1 – SAULO DE TARSO
  • 4. I N T R O D U Ç Ã O Paulo. O apóstolo dos gentios. Depois de Jesus, é considerado o mais o personagem mais importante. Quase metade do NT e 17 dos 28 capítulos de Atos são de sua responsabilidade. Aprendamos mais a respeito de sua vida e obra. O Apóstolo Paulo Pintura de Andrei Rublev, 1407
  • 5.
  • 6.
  • 7. CAMINHO DE DAMASCO II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus:
  • 8. Em At 9:3-18 a narração parece ser dirigida a Igreja. II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus: Em At 22:6-21 a narração parece ser dirigida aos judeus. Em At 26:12-18 a narração parece ser dirigida aos gentios. Em todos os casos não há contradição nas narrações, senão a adaptação de uma história completa à compreensão de seus ouvintes…
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.1 – Conhecer a vontade de Deus: VIVENDO SEM ANSIEDADE VIVENDO A BÍBLIA SAGRADA VIVENDO EM ORAÇÃO VIVENDO PELA FÉ COMO SABER A VONTADE DE DEUS
  • 14.
  • 15. OS JUDEUS PENSAVAM QUE A SALVAÇÃO ERA SÓ PARA ELES. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
  • 16. PAULO ENTENDEU QUE A SALVAÇÃO ERA PARA TODAS AS PESSOAS. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
  • 17. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.3 – Sofrer a favor de Cristo e do Evangelho: EU SOU O ÚNICO QUE POSSO ME SEPARAR DO AMOR DE CRISTO criaturas potestades anjos porvir presente morte nudez persegui- ção escassez angústia tribulação Nada nos separa do amor de Cristo
  • 18. C O N C L U S Ã O A conversão e vocação de Paulo ensinam-nos que Deus chama e capacita a quem Ele quer para ministérios específicos. Ele transforma o mais terrível dos homens num “vaso escolhido”, a fim de que proclame o Seu Evangelho até aos confins da terra. Você foi chamado para anunciar a mensagem da cruz? Obedeça, já. É o tempo de segar.