A Conversão de Paulo

9.331 visualizações

Publicada em

A Conversão de Paulo - Elaborado por: Ev. Sergio Lens

Publicada em: Educação, Espiritual, Negócios
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
209
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Conversão de Paulo

  1. 1. Prof. Sérgio Lenz – fone (47) 9932-6230 ou 9221-4433 E-mail : sergio.joinville@gmail.com BLOG :http://cristianismoequilibrado.blogspot.com MSN : sergiolenz@hotmail.com Li ç ão 9 – 27 de Fevereiro de 2011 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Penha - SC A Conversão de Paulo
  2. 2. Texto Áureo: Verdade Prática: “ Porém o Senhor disse: Vá fazer o que Eu digo, porque Saulo é o meu instrumento escolhido para levar a minha mensagem às nações e diante de reis, tanto como ao povo de Israel. E Eu mostrarei a ele quanto deve sofrer por Mim". (1) Mt 5:11 Na urgência da evangelização mundial, o SENHOR Jesus continua a convocar e a capacitar vasos escolhidos para a sua seara. (1) A Bíblia Viva – edição para todos . Ed. Mundo Cristão. SP: 1981. Edição Eletrônica
  3. 3. Esboço da Lição: 3 – PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 2 – A CONVERSÃO DE SAULO 1 – SAULO DE TARSO
  4. 4. I N T R O D U Ç Ã O Paulo. O apóstolo dos gentios. Depois de Jesus, é considerado o mais o personagem mais importante. Quase metade do NT e 17 dos 28 capítulos de Atos são de sua responsabilidade. Aprendamos mais a respeito de sua vida e obra. O Apóstolo Paulo Pintura de Andrei Rublev, 1407
  5. 5. I - SAULO DE TARSO 1.1 – A formação cultural de Paulo: <ul><li>Sua família parecia ter bastante influência política e comercial </li></ul><ul><li>Era bem provável que fizesse parte do Sinédrio com grande respeito desse. </li></ul><ul><li>Filho de fariseu respeitado tinha também a cidadania romana. </li></ul><ul><li>Aprendeu aos pés de Gamaliel, neto de Hilel. </li></ul><ul><li>Recebeu a influência do centro intelectual oriental que fica em Tarso, que era a famosa escola de filosofia estóica. </li></ul>
  6. 6. I - SAULO DE TARSO 1.2 – Paulo, cidadão romano: <ul><li>Nascido em Tarso na cidade principal da Cilícia. </li></ul><ul><li>Pertencente a tribo de Benjamim. </li></ul><ul><li>Tradição antiga diz que foi levado de Giscala, em Galiléia pelos romanos, depois que estes tomaram este último lugar. </li></ul><ul><li>Haviam 3 maneiras de se conseguir a cidadania romana: </li></ul><ul><li>Por nascimento em terras imperiais (certamente o mais importante) </li></ul><ul><li>Por concessão imperial (bravura, heroísmo, dedicação, etc)] </li></ul><ul><li>Por aquisição pecuniária ($) </li></ul>
  7. 7. CAMINHO DE DAMASCO II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus:
  8. 8. Em At 9:3-18 a narração parece ser dirigida a Igreja. II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.1 – O encontro com Jesus: Em At 22:6-21 a narração parece ser dirigida aos judeus. Em At 26:12-18 a narração parece ser dirigida aos gentios. Em todos os casos não há contradição nas narrações, senão a adaptação de uma história completa à compreensão de seus ouvintes…
  9. 9. II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.2 – Ananias visita a Paulo: <ul><li>O SENHOR não explicou para Ananias o que havia acontecido com Saulo. Apenas lhe ordenou que fosse. Isto nos lembra que: </li></ul><ul><li>Deus, às vezes, nos pede coisas estranhas. </li></ul><ul><li>Suas promessas são esquisitas à compreensão humana. </li></ul><ul><li>Suas ordens são inquestionáveis. </li></ul>
  10. 10. II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.3 – Saulo, de perseguidor a perseguido: <ul><li>Trabalho árduo com as mãos para sustento próprio. </li></ul><ul><li>39 açoites em 5 ocasiões. </li></ul><ul><li>3 vezes açoitado com varas. </li></ul><ul><li>3 naufrágios. </li></ul><ul><li>24 hs no abismo (?). </li></ul><ul><li>Perigos: de rios, de salteadores, de traidores pátrios, urbanos, no deserto, nos mares, entre falsos irmãos. </li></ul><ul><li>Fadiga, fome, frio, sede, e até nudez. </li></ul><ul><li>Prisões foram suas moradas até a morte. </li></ul><ul><li>II Coríntios 11:23-27 </li></ul><ul><li>Sobram-lhe credenciais para dizer: “Sofri por amor a Cristo!” </li></ul>
  11. 11. <ul><li>1 - Do nascimento aos 28 anos de idade. É o período antes da conversão, em que ele vive como israelita fiel e observante. </li></ul><ul><li>2 - Da conversão, aos 28 anos, até o envio para a missão, aos 41 anos. Período pouco conhecido. </li></ul>II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.4 – Sua vida pode ser dividida em quatro períodos: MESTERS, Carlos. Uma entrevista com o Apóstolo Paulo . CEBI, Coleção “A Palavra na Vida”, n.° 1, 1988, p. 39
  12. 12. <ul><li>3 - Dos 41 aos 53 anos. É o período das viagens missionárias, que foram três, e bem grandes para aquela época. </li></ul><ul><li>4 - Dos 53 anos até a morte, aos 63 anos de idade. É o período das prisões e da organização das comunidades </li></ul>II - A CONVERSÃO DE PAULO 2.4 – Sua vida pode ser dividida em quatro períodos: MESTERS, Carlos. Uma entrevista com o Apóstolo Paulo . CEBI, Coleção “A Palavra na Vida”, n.° 1, 1988, p. 39
  13. 13. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.1 – Conhecer a vontade de Deus: VIVENDO SEM ANSIEDADE VIVENDO A BÍBLIA SAGRADA VIVENDO EM ORAÇÃO VIVENDO PELA FÉ COMO SABER A VONTADE DE DEUS
  14. 14. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus: <ul><li>Paulo quebrou os protocolos religiosos de sua época: </li></ul><ul><li>Como apóstolo é um “nascido fora do tempo”… </li></ul><ul><li>Como pregador não esperou a “organização” mandar… </li></ul><ul><li>Após ser reconhecido como missionário, não ficou preso às regras e costumes que tanto amarram a igreja ainda hoje – foi também aos gentios. </li></ul><ul><li>Ensinou o bom senso e o equilíbrio na vida cristã, sem contudo exigir o famigerado jugo desigual… </li></ul><ul><li>Foi um campeão – porém nem sempre reconhecido! </li></ul>
  15. 15. OS JUDEUS PENSAVAM QUE A SALVAÇÃO ERA SÓ PARA ELES. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
  16. 16. PAULO ENTENDEU QUE A SALVAÇÃO ERA PARA TODAS AS PESSOAS. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.2 – Tornar-se ministro e testemunha de Jesus:
  17. 17. III - PROPÓSITOS DA VOCAÇÃO DE PAULO 3.3 – Sofrer a favor de Cristo e do Evangelho: EU SOU O ÚNICO QUE POSSO ME SEPARAR DO AMOR DE CRISTO criaturas potestades anjos porvir presente morte nudez persegui- ção escassez angústia tribulação Nada nos separa do amor de Cristo
  18. 18. C O N C L U S Ã O A conversão e vocação de Paulo ensinam-nos que Deus chama e capacita a quem Ele quer para ministérios específicos. Ele transforma o mais terrível dos homens num “vaso escolhido”, a fim de que proclame o Seu Evangelho até aos confins da terra. Você foi chamado para anunciar a mensagem da cruz? Obedeça, já. É o tempo de segar.

×