LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ

4.171 visualizações

Publicada em

Elaborado por:
Ev. Sergio Lens

Publicada em: Espiritual
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
306
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
81
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LIÇÃO - 12 A INTEGRIDADE DA DOUTRINA CRISTÃ

  1. 1. Igreja Evangélica Assembléia de Deus São José - SC EBD Lição 12 18/09/2011 Prof. Sérgio Lenz Fones (48) 8856-0625 ou 8855-0110 E-mail: sergio.joinville@gmail.com MSN: sergiolenz@hotmail.com
  2. 2. Lição 12 18 de Setembro de 2011 Texto Áureo “Toda Escritura divinamente inspirada éproveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, para que ohomem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra.” (II Tm 3:16,17) VERDADE PRÁTICA A verdadeira doutrina cristã supre plenamente as necessidades da alma humana.
  3. 3. 1– A Esboço da Lição: DOUTRINABÍBLICA E O HOMEM 2– RESISTÊNCIA A SÃ DOUTRINA 3– ATITUDES EM RELAÇÃO A SÃ DOUTRINA
  4. 4. Nesta lição veremos a importância e a aplicabilidade da doutrina cristã no dia-a-dia do crente.
  5. 5. 1.1 – Alimentando a alma: FOME DA BÍBLIA:Lembremo-nos que os bebês gritam defome – às vezes os velhos não sentemfome alguma.Normalmente os doentes não sentem fome(dependendo da doença).A alma enfraquecida (não alimentada) ésujeita às tentações diabólicas emundanas.Os alimentos, além de nos darem asatisfação e prazer da deglutição,fornecem também as vitaminas e demaiscompostos que fortalecem nossoorganismo. O mesmo pode-se dizer dasEscrituras em relação a nossa alma…
  6. 6. 1.2 – Doutrina é vida: As marcas de uma Igreja doutrinada biblicamente são:• Liderança capacitadora• Ministérios orientados por dons• Espiritualidade Contagiante• Estruturas Funcionais• Culto Inspirador• Discipulado• Evangelização orientada para as necessidades• Relacionamentos marcados pelo amor fraterno
  7. 7. 1.3 – Doutrina é vida: consigo SER com as coisas/com as pessoas meio ambiente com Deus
  8. 8. 1 – O que é doutrina?2 – Qual o principal objetivo da doutrina?3 – Qual o principal dever de um pastor?
  9. 9. 2.1 – A inversão de valores: “O que não desejas para ti, não o façaspara os outros” (Confúcio, 551-479 a.C.) “Tudo que desejais que os outros vosfaçam, fazei-o também vós a eles” (Jesus) “Age apenas segundo uma máxima tal quepossas, ao mesmo tempo, querer que ela setorne lei universal” (Kant, 1724-1804)
  10. 10. 2.2 – Desviando os ouvidos da verdade:
  11. 11. 2.3 – Fábulas e mitos:
  12. 12. 4 – A vida abundante que Cristo nos dá envolve quais aspectos?
  13. 13. 3.1 – Fidelidade a Deus: A igreja de Cristo não pode andar às cegas… …tampouco não pode “tatear” à procura de vida espiritual… …o mínimo é que ela voe as alturas de uma vida espiritual com Cristo! Para isso, Aquele que sonda as mentes e os coraçõesprecisa estar no centro da Igreja. Por essa causa a Igrejanão pode descuidar da sã doutrina e da devida disciplina.
  14. 14. 3.2 – Discernindo os enganos e sutilezas: Para não sermos levados pelos ardis de Satanás devemos: • 1) aprender a desenvolver a mente de Cristo (I Co. 2.16); • 2) não nos conformar com as vontades deste mundo (Rm. 12.2); • 3) conhecer as estratégias de Satanás (I Pe. 5.8; II Co. 2.10,11), e • 4) defender a fé que uma vez foi entregue aos santos (Jd. v.3; II Pe. 2.1; Fp. 1.16).
  15. 15. 3.3 – Plenitude de vida:Viver a plenitude divina a nós proposta implica em escolhas!
  16. 16. 5 – O que nos faz seguir as doutrinas bíblicas e os preceitos do SENHOR?
  17. 17. Aquele que ama a Deus guarda a Sua Palavra e faz a Sua vontade, pois a nossa obediênciamostra que o Espírito Santo vem operando em nossos corações desde o momento em que recebemos a Cristo como nosso Salvador e Senhor.

×